gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Linux Vx Windows
Contribuído por BladeRunner em 25-04-03 23:12
do departamento same-old-story
perguntas Anonimo Cobarde escreve "Estou a fazer um pequeno levantamento das vantagens do linux sobre o windows... e neste momento continuo a não conseguir convecer-me a mim próprio que conseguia sem grandes problemas substituir os Janelas da empresa por chapeus vermelhos. Alguem daqui já fez este estudo recentemente? e conclusoes? Obrigado!"

Falemos de sistemas de componentes em Linux | Certicação SSL de Borla  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Mais acerca perguntas
  • Também por BladeRunner
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Mais uma pergunta DUMMY ? (Pontos:4, Esclarecedor)
    por jorgelaranjo em 25-04-03 23:44 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://lesi.host.sk/fueg0/

    Em primeiro lugar deixo os links para artigos cá da casa.
    Em segundo lugar, custa-me ver que um editor não consegue usar a funcao busca para ver o que eu vi usando esta função busca!!!

    Agora os links:
    Why Windows is better than Linux
    Linux vs. MS Windows
    Finalmente ficou provado que windows é superior ao Linux
    Windows mais seguro do que Linux?!?
    Windows / Linux
    Adeus Windows... olá Linux :)
    Linux não significa o fim do Windows
    Linux vs. Windows 2000

    Ja devem chegar...



    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    http://fueg0.tk
    Re:Mais uma pergunta DUMMY ? (Pontos:2)
    por joao em 26-04-03 0:04 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Se leres o "departamento" percebes que o editor estava perfeitamente consciente desse "problema".

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    Re:Mais uma pergunta DUMMY ? (Pontos:2)
    por jorgelaranjo em 26-04-03 1:48 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://lesi.host.sk/fueg0/
    Eu reparei. Mas se estava, para que é que publicou ?
    A pergunta pode parecer estúpida... mas...

    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    http://fueg0.tk
    Re:Mais uma pergunta DUMMY ? (Pontos:2)
    por joao em 26-04-03 2:38 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Não te sei responder a essa pergunta. Tens que perguntar ao próprio. Mas será que me podias responder a esta: porque é que és tão contestatário?

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    Re:Mais uma pergunta DUMMY ? (Pontos:2)
    por jorgelaranjo em 26-04-03 12:23 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://lesi.host.sk/fueg0/
    Acredito que seja da idade joao e que vá passando com o decorrer dos anos...

    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    http://fueg0.tk
    Re:Mais uma pergunta DUMMY ? (Pontos:5, Esclarecedor)
    por js em 26-04-03 3:21 GMT (#6)
    (Utilizador Info)

    Pessoalmente, não me horroriza nada que artigos sobre velhos assuntos de interesse voltem a ser publicados de vez em quando. Se há interesse, porque não continuar a publicar? Para dar um exemplo entre muitos, as revistas de moda repetem em cada Verão artigos sobre o velho assunto das queimaduras por excesso de exposição solar. E fazem bem em repetir!

    Há um monte de razões para repetir artigos sobre assuntos de interesse. Eis algumas de que me lembro agora, por ordem arbitrária:

    • O assunto é de interesse! :^)
    • Não há artigos mais interessantes propostos.
    • Há coisas novas a dizer sobre o mesmo assunto.
    • As discussões anteriores já foram scrolladas para o esquecimento e não foram definitivamente conclusivas como um "teorema matemático" -- ou seja, o problema continua em aberto e vale a pena continuar a ser discutido.
    • Todos os dias nasce gente.
    • Quem submete artigos de interesse gosta de os ver publicados.
    • O editor não tem tempo infinito e, ao publicar, pede implicitamente ajuda à comunidade para indicar as referências de discussões antigas -- dando oportunidade a que todos contribuam com respostas para uma dúvida interessante.

    A respeito deste último item, tu próprio indicaste uma colecção de links preciosos para discussões anteriores. Ora bem, nem mais! É mesmo essa a ideia!

    Como sempre, deve haver algum bom senso. As razões que apontei acima, e outras de que me esqueci, devem ser ponderadas para se tomar uma das duas únicas decisões possíveis: Publicar ou não. Repara que optar pela decisão de não publicar é sempre mau, pois isso implica recusar um assunto interessante, rejeitar uma contribuição dum autor, e se calhar no fim até implica não publicar *nada* porque se acaba por rejeitar tudo!

    Nota: Acima, quando falo de "repetir artigos", quero dizer "repetir assuntos": Publicar artigos novos sobre assuntos velhos.

    Linux versus Windows, Intel versus Sparc (Pontos:3, Esclarecedor)
    por MiguelA em 26-04-03 1:19 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://anetmorreu.blogspot.com
    Caros,

    esta discussão de Linux versus Windows deves das discutidas mais batidas no mundo da informática, não menos célebre do que a Intel versus Sparc.

    Não venho aqui defender nenhuma das posições, mas apenas afirmar que a escolha de uma ou mais tecnologias está directamente relacionada com a estratégia a utilizar para os fins desejados.

    Em alguns casos rapidamente se chega à conclusão que Linux é de facto o OS a usar, mas (e sim, podem não acreditar), não é de todo um espanto que para outras situações seja preferível adoptar tecnologias Microsoft.

    O mesmo se passa no mundo do Hardware, com velhas disputas Intel versus Sparc, mas essa discussão fica para outros dias.

    Porém, a questão aqui não é tanto de serem sistemas Open Source ou não, pois acredito que mais cedo ou mais tarde a própria Microsoft irá adoptar um formato pseudo Open Source (if you can't beat them, joined them...and then beat them...).

    Portanto, depende muito de cada um de nós (e vós) e das empresas em si. Quanto às vantagens e desvantagens, já ficaram aí uma série de links sobre as vantagens do Linux sobre a Microsoft. Se quiseres saber as vantagens da Microsoft, pois basta que vás ao site deles, que eles nunca fizeram questão de esconder a sua opinião.

    Cumps,
    Miguel Albano
    If Spam was Money...then I'd be filthy Rich... But I'm not, so why try to sell me anything ?!?
    Re:Linux versus Windows, Intel versus Sparc (Pontos:3, Interessante)
    por rollerball em 08-05-03 8:49 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Se a maior parte das pessoas que frequenta o gildot concordasse com o teu post , o numero de flames threads reduzia-se em 90% !!!
    Porque Linux? (Pontos:2, Interessante)
    por sobrinho em 26-04-03 7:05 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Olá

    estou sempre pesquisando sobre esse assunto e coloco as conclusões na minha página pessoal (é em português do Brasil)

    http://planeta.terra.com.br/neg ocios/softwarelivre/

    Um abraço

    Sobrinho

    give it a try (Pontos:4, Esclarecedor)
    por vd em 26-04-03 13:48 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    e neste momento continuo a não conseguir convecer-me a mim próprio que conseguia sem grandes problemas substituir os Janelas da empresa por chapeus vermelhos

    E que tal experimentares ? Da' um tempo de experiência 'as distros de linux, instala, configura e cria as tuas proprias conclusoes.

    Por o Linux ser diversificado, significa que tambem existem opinioes diversificadas. A melhor de todas e' a que tu podes ter realmente, depois de teres colocado mãos 'a obra.

    //vd
    Re:give it a try (Pontos:2, Interessante)
    por [Cliff] em 26-04-03 16:00 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Debian... ou então uma qualquer outra distribuição com o apt4rpm (uso em casa o SuSE 8.0 que neste momento está à espera que eu arranje paciência para ir meter o kernel como deve ser porque está a dar um kernel panic :D )
    A grande vantagem do APT é o facto de matar à nascença o maior problema que eu identifiquei no Linux: a resolução de dependências!
    Apesar de não ser um sistema perfeito, sempre que quero fazer o download de qualquer coisa uso o apt-get install package name e ele não só puxa o que eu quero como as suas dependências (e as dependencias das dependencias lol). Com sorte até configura alguma coisita que deva ser configurada, como no Debian em que tive de instalar o Apache e o PHP. Puxei o Apache seguido do PHP, e o apt configurou automaticamente o Apache (deve ter um script qualquer para fazer este tipo de coisas) :)
    Now that's simplicity for ya :)

    Próximo passo é instalar o WineX e fazer a maria feliz com o SimCity 4 em Linux lol




    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    Re:give it a try (Pontos:3, Informativo)
    por quantic_oscillation em 26-04-03 17:17 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://fs-oss.cjb.net
    Boycott WineX:

    "We feel that TransGaming's products based on Windows emulation should be boycotted. Here are our reasons why:

            * TransGaming writes incredibly enthusiastic pieces of propaganda which are mostly discussing software they did not write. The LGPL wine (the original codebase) has been developed for 9+ years, but TransGaming forked their version very recently, and does not contribute code back.
            * TransGaming has consistently claimed that their approach is superior to native porting in every manner. However, native ports are typically more stable and run faster than games in WineX. TransGaming claims that emulation leads to a faster development process, but many native ports have been completed in a matter of weeks or even days.
            * TransGaming once promised to give back code to what was Wine, before it changed to the LGPL license. After it changed, they removed all mention of giving back code from their website.
            * Note that other companies, like Lindows, and Codeweavers _are_ giving back code, and being good open source citizens. TransGaming encourages the misconception that their product is not an emulator, despite the fact that the founder of the Wine project refers to it as such. In order to replace the term "emulation", they refer to WineX as a "portability technology", stretching definitions of both "portability" and "technology". If TransGaming really wishes to avoid the term "emulation", they should replace it with a phrase that actually reflects what WineX does, such as "compatibility layer".
            * TransGaming's WineX may discourage developers considering native ports from following through with them. Developers may wrongly assume that their game works well enough under WineX that a native version is not necessary.
            * TransGaming has willingly stripped out all methods of debugging the Wine source base in their packaged releases, greatly slowing down the process of fixing bugs.
            * Support for games varies wildly between releases, and even their vaunted "DirectX 8.0 support" is already one rev behind and about to be a second rev behind. It still doesn't provide access to all the nice features that the cards, DirectX, and the games support.
            * Obviously, TransGaming does not, and cannot control the development of DirectX, it's a moving target they can't hit. This is the carrot on the stick for the gamer, to keep you subscribing in the futile hope that some day, the emulation will be near perfect for whatever game you want.
            * TransGaming promises much, yet delivers little. Many people use WineX to play Half-Life and the Counter-Strike modification. This mod is the most popular mod ever. In fact, if you buy the 'Mandrake Gaming Edition' (seemingly billing a non-native WineX "port" of The Sims as a Linux game), the feature list offers Half-Life: Counter-Strike support. Still, there are many problems with the Half-Life emulation. The most notable of these problems is that the menus do not work, causing a significant drop in user-friendliness.
            * These same Counter-Strike players couldn't play online for some time. Valve had implemented new anti-cheating software which detected Wine users as cheaters.
            * As the anti-cheating software demonstrates, TransGaming does not control it's own destiny. If a game works, it is pure coincidence, and it can never be guaranteed that it will work with a future patch.
            * There are many, good arguments against Wine(X) from other people, as well as us.
            * TransGaming had a dirty little affair with Debian.
            * TransGaming seems to be bringing the warez people to Linux. We don't want them. But all too often, we see people using Linux, and WineX, to play Warez.
            * TransGaming's list of games contains 24 games that are otherwise available natively.
            * Perhaps the worst problem with TransGaming is the fact they are potentially killing some native ports. WineX already killed a native port of Sacrifice. The port was in negotiation with Tribsoft, but they stopped negotiating when they found out that it worked (to whatever extent) under WineX

    If you feel similarly, we suggest buying native Linux games when you see them in retail stores, and online, at places like TuxGames. Please do not send hate-mail to developers like TimeGate who let rights to their ports go to TransGaming. TimeGate is doing the right thing in offering those rights, it's just a shame that the wrong people got them."

    apoiado a 1000...

    Re:give it a try (Pontos:1)
    por [Cliff] em 27-04-03 11:17 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    antes a 200%! A questão é que quando não há suporte nativo, a populaça (eu) contenta-se muito bem com uma emulação :D

    Mesmo que seja de uma empresa de quem a comunidade não gosta ;)


    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    Re:give it a try (Pontos:3, Engraçado)
    por Pink em 27-04-03 20:33 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://www.PinksWorld.8m.com
    Tétrico... 8-(

    Campanha redícula e elitista.


    * TransGaming once promised to give back code to what was Wine, before it changed to the LGPL license. After it changed, they removed all mention of giving back code from their website. * Note that other companies, like Lindows, and Codeweavers _are_ giving back code, [...]

    Que a licença do wine não tivesse mudado para LGPL.

    Não dá pra reclamar, o fato é que a LGPL abre espaço pros caras fazerem isso.


    * TransGaming's WineX may discourage developers considering native ports from following through with them. Developers may wrongly assume that their game works well enough under WineX that a native version is not necessary.

    Se um developer cai nesta ladainha, acredite em mim.. É um developer que não merece estar no mercado.

    Se o winex tá com tantos problemas assim, é óbvio que o desenvolvedor do software vai perceber isto ANTES (Q.A.) de soltar o produto no mercado.

    Se o cara não liga pra isto, o problema é do developer que tá se lixando pro Linux.


    * TransGaming has willingly stripped out all methods of debugging the Wine source base in their packaged releases, greatly slowing down the process of fixing bugs.

    Excelente. Problemas no wine serão resolvidos mais cedo, levando à uma melhor qualidade de código. Voltam à GPL e os problemas terminam.


    * As the anti-cheating software demonstrates, TransGaming does not control it's own destiny. If a game works, it is pure coincidence, and it can never be guaranteed that it will work with a future patch.

    Isto também significa que sem suporte dos developers, não há o que fazer. E os developers só suportarão Linux quando for rentável.

    Não existe uma Indústria do Eu Sozinho.


    * TransGaming seems to be bringing the warez people to Linux. We don't want them. But all too often, we see people using Linux, and WineX, to play Warez.

    Oh, meu Deus!!! 8-(

    E desde quando o uso que se faz do Software Livre é da conta de alguém?

    Quem este bando de babaca pensa que é pra definir quem deve e quem não deve usar Software Livre?


    * Perhaps the worst problem with TransGaming is the fact they are potentially killing some native ports. WineX already killed a native port of Sacrifice. The port was in negotiation with Tribsoft, but they stopped negotiating when they found out that it worked (to whatever extent) under WineX

    Se as pessoas que usarem Sacrifice em Linux se contentam com uma emulação meia boca, então tá limpo.

    Se as pessoas que usarem Sacrifice se irritarem por comprar um produto que não pode ser usado em sua extensão em Linux (embora o fabricante afirme que dá suporte à Linux via winex), o fabricante que se lasque.

    Querer definir, arbitráriamente, o que um developer deve usar em seus produtos é arrogância, e é contra os princípios do S.L.

    []s,
    Pink@Manaus.Amazon.Brazil.America.Earth.SolarSystem.OrionArm.MilkyWay.Universe

    Re:give it a try (Pontos:2)
    por Cyclops em 27-04-03 21:47 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Informa-te! :)

    Que a licença do wine não tivesse mudado para LGPL.
    Não dá pra reclamar, o fato é que a LGPL abre espaço pros caras fazerem isso.

    A licença mudou de algo que permitia derivados não livres para algo que não permite derivados não livres. Contudo, programas não livres ainda podem utilizar as suas bibliotecas.

    Excelente. Problemas no wine serão resolvidos mais cedo, levando à uma melhor qualidade de código. Voltam à GPL e os problemas terminam.
    2 problemas:
    a) os problemas não serão resolvidos mais cedo precisamente pela ausência de símbolos de debugging
    b) A licença anterior não era a GPL (se fosse, o WineX não livre nunca teria existido em primeiro lugar)

    Não existe uma Indústria do Eu Sozinho.
    Que é precisamente o que estão a fazer os tipos do WineX

    E desde quando o uso que se faz do Software Livre é da conta de alguém?
    O WineX não é software livre. De qualquer das formas, estão a emitir a sua opinião, de que não estão interessados em atrair o pessoal do warez.

    Querer definir, arbitráriamente, o que um developer deve usar em seus produtos é arrogância, e é contra os princípios do S.L.
    É o mesmo argumento típico de quem não está habituado à liberdade de expressão. Eles estão a promover uma acção de boicote ao WineX. Não estão a obrigar ninguém a segui-la com o canudo de uma caçadeira encostado na sua cabeça!

    Cyke
    Re:give it a try (Pontos:2)
    por Pink em 28-04-03 5:30 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://www.PinksWorld.8m.com
    Informa-te! :)

    PLAFT!! Aqui se faz, aqui se paga. 8-P O raxx7 deve tá morrando de rir!!!!

    Dando a mão à palmatória, qual era a licença? BSD-style?


    A licença mudou de algo que permitia derivados não livres para algo que não permite derivados não livres. Contudo, programas não livres ainda podem utilizar as suas bibliotecas.

    Bom, de qualquer jeito, continuo afirmando que não dá pra reclamar.

    Se a licença original permitia, tá limpo. Por mais que que o pessoal do S.L. considere anti-ético, enquanto a licença permitir, não dá pra reclamar com quem (ab)usa o código. Só com quem licencia.

    IMHO, esta falha é do pessoal do WINE-HQ, não do WINEX. Não se pode condenar uma empresa por agir dentro da lei. Possivelmente, no meu país, não se pode nem boicotar (mas é algo que devo verificar).


    a) os problemas não serão resolvidos mais cedo precisamente pela ausência de símbolos de debugging
    b) A licença anterior não era a GPL (se fosse, o WineX não livre nunca teria existido em primeiro lugar)

    a) Exatamente o meu ponto. O WINEX tende à parar no tempo, o WINE-HQ não. Quer melhor motivo para evitar o WINEX??

    b) Anotado. Este besteira não repito mais...8-P


    Não existe uma Indústria do Eu Sozinho.

    Que é precisamente o que estão a fazer os tipos do WineX

    Não, eles não estão. A base de código deles vai ficar estagnada, e em breve a diferença de qualidade do WINEX comparada à da WINE será suficiente para que o WINEX não seja mais considerada uma opção aceitável.

    Como eu disse, não exite uma Indústria do Eu Sozinho. A WINEX não dispõe de recursos para manter seu produto atualizado.

    Como eu não consigo imaginar que uma pessoa (física ou jurídica) vá contribuir de graça para os caras, como indústria eles estão mortos : possuem um produto nas mãos o qual não podem dar conta.


    O WineX não é software livre.

    Bom ponto.

    Mas não sendo Software Livre, porque devemos boicotar a empresa usando o argumento de que ela não segue os preceitos do Software Livre??


    De qualquer das formas, estão a emitir a sua opinião, de que não estão interessados em atrair o pessoal do warez.

    E eu estou à emitir a minha, afirmando que é uma posição fascista boicotar uma empresa por este motivo.

    É o mesmo argumento típico de quem não está habituado à liberdade de expressão. Eles estão a promover uma acção de boicote ao WineX. Não estão a obrigar ninguém a segui-la com o canudo de uma caçadeira encostado na sua cabeça!

    A Liberdade de Expressão não me autoriza à manter um site de ódio racial aqui no meu país. Ok, quanto ao seu não sei.

    De qualquer jeito, eu não disse que promover boicotes é ridículo e elitista.

    Eu disse que este boicote é ridículo e elitista. Boicotar uma empresa por "estar trazendo ao Linux usuários de Warez" é elitismo. Quem nunca botou uma GIF no seu site que atire o primeiro disquete!!


    []s,
    Pink@Manaus.Amazon.Brazil.America.Earth.SolarSystem.OrionArm.MilkyWay.Universe

    Re:give it a try (Pontos:2)
    por vd em 26-04-03 20:51 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Compreendo as razoes e necessidade do apt4rpm.

    Mas deixaria ao criterio de cada um a opcao do seu sistema operativo favorito.

    Nao existe pior coisa que estar a dizer a um novato que o X e' melhor que o Y. O X e' melhor para ti, que por sua vez pode ser pior que o Y do que o novato gosta (ou podera' vir a gostar).

    Eu, por exemplo nao me dou bem com o vi que muitas pessoas adoram. Prefiro algo mais simples. Mas tu podes dizer que o vim e' mais simples ou que "faz tudo". Mas eu que ja' o experimentei, juntamente com tantos outros e optei por outro.

    //vd
    Re:give it a try (Pontos:1)
    por [Cliff] em 27-04-03 11:11 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Joseph's Own Editor :D Por curiosidade corri uma vez o vi.
    Fechei-o com kill -9 lol




    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    Linux x Windows (Pontos:3, Esclarecedor)
    por mpinho em 27-04-03 0:30 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Felizmente tenho mais de 30 anos e tive o prazer de me iniciar em informática antes da popularização dos PCs. Lidei com Sinclairs, ZX Spectrums, MSX, Apple II, TRS-80, etc quando criança e na faculdade Sun Sparcs, HP 9000, Mainframes IBM e Burroughs. Nunca tive problemas em me adaptar a esses variados ambientes.

    Vejo as pessoas de hoje tão viciadas na dupla PC/Windows que não conseguem entender informática em outros ambientes computacionais. Esse é o principal mal da excessiva padronização em torno da plataforma Wintel. Essas pessoas não conseguem entender algo que não tenha janelas gráficas e um mouse e não conseguem e/ou não querem aprender nada de novo, como se saber usar Windows estivesse no DNA humano.

    Do ponto de vista técnico, cada vez há menos diferenças significativas em usar NT ou Linux/Unix (não falo de Windows 9x, que foi uma piada de mau gosto). A diferença fundamental é a filosofia dos 2 sistemas.

    Usar Windows é ter a comodidade relativa de ter um número enorme de aplicativos comerciais à disposição, muito deles sem alternativas para uso profissional. O problema é que os preços são absurdos e, fora estações de trabalho de finalidades muto específicas, é praticamente impossível manter-se completamente regularizado do ponto de vista da pirataria. Outro problema é sentir que se usa uma caixa preta e que se está a mercê de uma empresa monopolista que força upgrades desnecessários o tempo todo.

    Usar linux é ter a liberdade de controlar o sistema. Claro que implica em necessidade de aprender novos conceitos e ir muito mais a fundo, mas para muita gente como eu é um prazer aprender isso. É saber que não existem licenças absurdas e perseguições de associações anti-pirataria. É ter um sistema básico (internet, edição de textos, etc) a custo zero ou muito baixo.

    Não vejo problemas técnicos no uso do linux em desktops. O que existe é uma grande inércia das pessoas e software-houses, além da carência de certos aplicativos comerciais muito especializados (CADs, programas gráficos, etc).

    O que vejo é que as pessoas não usam o Windows porque gostam. Usam porque geralmente não conhecem nada além e porque houve uma concentração da indústria da informática em cima da plataforma Wintel, impedindo o lançamento de muitos softwares e inovações para outras plataformas como o linux. Isso afeta também todas as outras plataformas não-wintel (é só ver o que aconteceu com o OS/2, BeOS e cia). O linux é o único que tem alguma chance, justamente porque é um software livre e neutro em relação às empresas de informática.
    Re:Linux x Windows (Pontos:2)
    por McB em 02-05-03 13:06 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Se tivesse pontos de moderacao, dava-te.

    Conseguiste simplificar as coisas de uma forma e po-las tao transparentes!E e' mesmo assim como tu dizes...

    Congrats!
    Yours,
    McB!

    They told me it need Windows 95 or better, so I chose Linux

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]