gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Cultured Perl: More one-line Perl scripts
Contribuído por scorpio em 20-03-03 16:59
do departamento one-liners
Perl Anonimo Cobarde escreve "From printing a range of lines to listing a file\'s contents in reverse order, this article shows how to do more with less using these succinct, one-line Perl scripts. You should take a look at the first One-liners 101 article, which appeared in a previous installment of Cultured Perl. The earlier article is an absolute requirement for understanding the material here, so please take a look at it before you continue. The goal of this article, as with its predecessor, is to show legible and reusable code, not necessarily the shortest or most efficient version of a program. "

Novidades do MySQL 4 e buraco da MSFT | Novo site da Caixa Mágica  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • article
  • One-liners 101
  • Mais acerca Perl
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Passar o tempo... (Pontos:1, Engraçado)
    por Anonimo Cobarde em 20-03-03 17:41 GMT (#1)
    Ora aqui está um bom artigo para todos aqueles que investiram no Perl e agora estão no desemprego por nao saberem Java ou VB.net passarem o tempo. Se bem que dominó no banco do jardim não seria pior... :-)
    O ataque dos clones... (Pontos:3, Esclarecedor)
    por cgd em 20-03-03 18:07 GMT (#2)
    (Utilizador Info)

    Argh... o gildot sempre lutou para não ser um clone do slashdot, e agora parece estar a tornar-se um clone da ibm developers ou oreilly network. Estes sites têm de facto variados artigos técnicos (uns bons, outros nem por isso), mas sinceramente quem está interessado sabe lá ir à sua procura. A solução do VD há dias foi boa e "ingenious": fez um pack com uma série de artigos num só. Mesmo assim, penso que deve haver alguma consideração sobre a colocação destes artigos (e estou-me a referir aos próprios proponentes, não aos editores!)

    Dito isto, ficam aqui os sites de origem que quem está interessado deve consultar regularmente, em vez de vir ao gildot buscar umas pinguinhas:
    developer/linux, na IBM de onde têm vindo estes artigos
    oreilly network classificado na grandes areas de IT: java, .net, linux, perl, python, web services ...
    alphaworks da IBM ao contrario dos outros dois, este aqui tem produtos e tecnologias em vez de artigos

    Sobre o tema propriamente dito, no meu tutorial de há dois anos tinha feito uma série de one-liners em perl (pág 21, 12.4. One liners).

    Tb relacionado, existe o sed one liners.


    -- carlos

    Re:O ataque dos clones... (Pontos:2)
    por leitao em 20-03-03 18:30 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Dude -- chil -- nao vejo o problema de de vez em quando aparecer um artigo vindo da IBM developers ou da O'Reilly net.


    "Arguing on the Internet is like running in the Special Olympics -- Even if you win you're still retarded."

    Re:O ataque dos clones... (Pontos:2)
    por jig em 20-03-03 21:00 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Então mas segundo o vd, os artigos são recusados por serem uma transcrição de outros artigos e/ou serem em inglês ou há casos especiais (...)?
    Porque é que os editores não fazem uma lista de "pré-requisitos" a quem propõe evitando assim que as pessoas percam tempo na tentativa de ajudar o gildot (como muita gente gosta de dizer) com artigos que não se sabe se oferecem a qualidade pretendida pelos editores?
    O constante atropelo pelas vossas próprias regras é algo de extremamente desmotivador para quem encontra notícias se dá ao trabalho de escrever um texto em português e depois a notícia é recusada ou nem sequer tem resposta.

    Re:O ataque dos clones... (Pontos:2)
    por jig em 20-03-03 21:14 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Eu nunca gostei de perl (o trabalho que dá vale mais a pena fazer as coisas em C ) mas o teu tutorial está giro simples de ler e despertou-me interesse.Parabéns.
    Mais vale a pena fazer em C? (Pontos:1)
    por sab em 21-03-03 15:05 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://virtual.inesc.pt/~sab/
    Tás tontinho com certeza! Ou nunca programaste em perl, ou nunca programaste em C. Comparar as duas linguagens é como comparar Assembeler e C++.
    Obviamente o perl não serve para tudo, mas para massajar ficheiros de texto (a razão pela qual apareceu) é imbatível. Há oneliners de perl que para serem feitos em C precisavam para aí de 3 ou 4 páginas de código (no melhor dos casos) e o equivalente a 10x o tempo de desenvolvimento.
    -Sab "Um mundo melhor é deixado como um exercício para o leitor, Paul Graham"
    Re:Mais vale a pena fazer em C? (Pontos:2)
    por jig em 21-03-03 17:59 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Deixa-me completar: "nunca gostei de perl (nem nunca programei porque:..."
    Nunca encontrei nenhum exemplo em que visse uma maravilha feita por perl em relação a C mas pelo que li das tuas palavras sou um azarado.
    Re:Mais vale a pena fazer em C? (Pontos:2)
    por mlopes em 21-03-03 18:46 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Isto mostra-te o conteudo de um ficheiro, em quantas linhas fazes isto em C? while() {print $_}

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:Mais vale a pena fazer em C? (Pontos:2)
    por jig em 22-03-03 1:00 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Mais obviamente.
    Não quero gerar aqui nenhuma falmewar mas porque é que eu haveria de fazer isso em C quando tenho um cat ou um less.
    Acho que não vale a pena responderem.Eu garanto que vou ler o artigo sobre perl ;)
    Re:Mais vale a pena fazer em C? (Pontos:2)
    por mlopes em 24-03-03 11:49 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Substitui o print por qq código que queiras e talvez já tenhas um motivo, isto é só um exemplo muito básico de como pode ser simples abrir um ficheiro em perl e fazer qq coisa com o conteudo!

    Nunca encontrei nenhum exemplo em que visse uma maravilha feita por perl em relação a C

    Parece-me que a questão aqui não é a utilidade do código mas sim um exemplo que mostre uma possivél diferença entre o Perl e o C dentro do tópico que se fala (one-line perl scripts).

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]