gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Os amigos da NET do nosso filho ....
Contribuído por vd em 15-02-03 16:49
do departamento sociedade-doentia
perguntas Hoje, ao comprar a edição do Expresso, na revista "Única" vem um texto sobre um rapaz que se suicidou no quarto com drogas.
Até aqui nada que não aconteça por muitos cantos deste mundo, mas o que me chamou à atenção foi que este jovem estava ligado no IRC, com a sua Webcam, a tomar drogas para os "amigos" assistirem.
O pior de tudo foi que eles, de acordo com os logs do IRC, incitaram a que tomasse mais e mais e mais... Até morrer. Nenhum dos que estava a assistir tomou medidas para evitar o sucedido.

Continua...

Invês de o ajudarem, de chamarem a policia, os pais, o hospital, disseram que ainda iam só ao quarto dele buscar as drogas...

Escusado será dizer que estas mentes doentias só telefonaram por ajuda quando a WebCam se desligou.

"On January 12, 2003, Brandon Vedas, AKA "ripper," died of a massive overdose of prescr1ption drugs while onlookers cheered him on in an IRC chat room."

O log do IRC pode ser encontrado aqui, a noticia na BBC e o site de "tributo".

Será que devemos tomar atitudes drasticas para com os nossos filhos, amigos e conhecidos no sentido de mostar o que "os amigos da NET" podem fazer à vida de uma pessoa ? Será que a actual rede portuguesa PTNet, poderá ser mais um meio de levar certas pessoas à loucura total, com a ajuda dos amigos ?
Será que esta geração nova de "net friends" precisa de umas doses de senso comum, de valores, de respeito pela vida e de educação ?

Se no meu tempo, os meus pais conheciam os meus amigos, porque eram pessoas que eles viam na escola, na rua, aqui e acolá, agora com a Internet, IRC, webcam, os pais nunca chegam a conhecer ou a saber os amigos que os filhos possuem. Será este novo meio de amizade seguro e aconselhavel ?

Gcc Myths and Facts | Velha profissoes, novos meios  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • aqui
  • BBC
  • "tributo"
  • Mais acerca perguntas
  • Também por vd
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Arrepiante (Pontos:1)
    por ashes em 15-02-03 17:27 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.grupolinux.org/~ashes
    Numa palavra: Arrepiante .
    Acabei de ler, por alto, o log ... arrepiante.
    Acho que não é dada, por parte dos pais, a devida atenção aos filhos no que diz respeito ao uso da internet. Especialmente quando estão na fase dos 13-16 anos.

    HoDiE MiHi CrAs TiBi

    Re:Arrepiante (Pontos:1)
    por shore em 17-02-03 9:30 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    Por favor não entrem em exageros! Já me fazem lembrar os gajos dos jogos... os tais que alegam que os jogos incitam a violência etc... O que se passou nesse dia no IRC, passa-se todos os fins-de-semana num bar qualquer, sem que os pais se apercebam, e com os "amiguinhos" queridos, que até são vizinhos e de boas familias... Não culpem (ou melhor, não se desculpem com) o IRC por uma questão que está extritamente relacionada com a formação que cada um dá aos seus filhos e com atenção que lhes reserva.
    IY - http://intensity.clanhosted.com/
    Ninguém fez nada (Pontos:1, Esclarecedor)
    por Anonimo Cobarde em 15-02-03 18:31 GMT (#2)
    se forem à PTnet e se ligarem ao canal #suicidio, o que não faltam são gajos a dizer que se vão suicidar de 5 em 5 minutos, será que devemos chamar a polícia?
    Secalhar o #suicidio e o #suicide deviam ser canais banidos da PTnet
    Re:Ninguém fez nada (Pontos:2)
    por biduxe em 15-02-03 19:25 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://bdx.no-ip.info
    O suicida, nquanto vai ao canal e tecla as ameaças, por isso acho que até é benéfico existir o canal.
    ------ EOFim.
    Re:Ninguém fez nada (Pontos:1)
    por wZ em 16-02-03 17:14 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Quando uma pessoa que se quer matar, vai procurar ajuda para o IRC, é porque muita coisa já correu mal..

    «Quando nem mesmo a vida se compreende, como poderia entender-se a morte?» Confúcio

    Hellllllllllllooo... (Pontos:1)
    por Xf em 15-02-03 21:10 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    reparaste na palavra "webcam", no artigo?


    Shake dreams from your hair my pretty child, my sweet one...
    liberdade (Pontos:2)
    por joao em 15-02-03 19:36 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Este é uma daquelas situações em que a melhor resposta é: "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety".

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    Re:liberdade (Pontos:0, Engraçado)
    por Anonimo Cobarde em 15-02-03 22:37 GMT (#17)
    Este é uma daquelas situações em que a melhor resposta é: "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety".

    epa essa e' uma daquelas frases :Q que se utiliza e fica bem em qualquer altura :Q

    ate qd um gajo ta prestes a casar :D
    Re:liberdade (Pontos:2)
    por cgd em 17-02-03 11:32 GMT (#38)
    (Utilizador Info)

    essa e' uma daquelas frases :Q que se utiliza e fica bem em qualquer altura

    É uma citação de Benjamin Franklin, circa 1759.


    -- carlos

    errr (Pontos:1)
    por tOkIo em 15-02-03 19:40 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Da maneira que falas parece que nao ha problemas nas escolas,e que la os putos tb nao se matam todos uns aos outros.
    Pessoas a suicidarem-se ha todos os dias ... acho q nao ha nenhum soluçao, pq provavelmente s ele nao s suicidava no irc, suicidar-se-ia uns anos mais tarde...
    Eu n sou um expert nesta materia ... mas acho que uma pessoa q s suicida, e pq ja tinha tendencias suicidas...quase que me apetece dizer q ela ja s ia suicidir e ia [claro q esta ultima frase nao e o q eu penso totalmente]
    __tOkIo
    Re:errr (Pontos:2)
    por vd em 15-02-03 22:08 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Enquanto pai, posso levar o meu filho para outra escola, para outra cidade, para outro pais para fugir aos "problemas nas escolas", até encontrar uma que me satisfaca e que me assegure segurança minima.

    A grande diferença é que enquanto pai na IRL (In Real Life) posso assegurar de forma mais ou menos eficaz o controle sobre o meu filho. Podendo em medida extrema o seguir até ao fim do mundo.

    Seguindo a frase de "diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és", não se aplica ao mundo virtual.

    Nenhum pai consegue controlar, ou porque não sabe como, ou porque não está sensibilizado para tal, os "conteudos", os "amigos da net" do seu filho.

    Esse mundo virtual à parte do mundo fisico controlavel, para os pais é desconhecido.
    Muitas das vezes oferece-se este "escape" da realidade aos filhos para eles ficarem calados e uns anitos mais tarde nota-se como isso os afectou.

    Os castigos de ontem, as formas de controlar os filhos já não são os mesmos de hoje.
    O IRC é um exemplo concreto disso. Nenhum pai consegue, ou pelo menos conhece os amigos do irc do seu filho. Até porque muitos são mesmo virtuais e nada "fisicos".

    vd
    Controlo? (Pontos:1)
    por wZ em 16-02-03 17:22 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    O segredo é transmitires valores e a experiencia de vida que tens ao teu filho.
    Não adianta nada dizeres ao teu filho para não atravessar "aquela" porta ( até porque, com isso só o estás a insentivar ).Faz-lhe ver, de acordo com a tua experiencia de vida, o que o poderá esperar para lá das duas portas. É importante que seja ele a optar.
    Ser livre é poder escolher. No momento em que tens que optar, não escolhes a porta certa nem porta errada, escolhes sim o caminho que te parece mais satisfatório. Só percorrendo o caminho é que poderás saber se escolheras bem ou mal. Não barres caminhos ao teu filho.

    «Quando nem mesmo a vida se compreende, como poderia entender-se a morte?» Confúcio

    PJ já imitiu um alerta (Pontos:1, Informativo)
    por CREMAToRIO em 15-02-03 19:47 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Parece que a PJ já está a par do assunto. Emitiu um alerta aos pais em http://www.policiajudiciaria.pt/htm/noticias/alerta_internet.htm

    Re:PJ já imitiu um alerta (Pontos:2)
    por MavicX em 15-02-03 20:39 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://www.startux.org
    Isso não tem nada a ver com esta história e vem no seguimento de uma noticia de mais outro médico preso de 47 anos que aliciava menores via IRC oferencendo dinheiro e chegou a manter contactos fisicos com alguns deles.

    E é no seguimento dessa noticia que a PJ emitiu esse comunicado.


    Pedro Esteves

    Re:PJ já imitiu um alerta (Pontos:1)
    por CREMAToRIO em 15-02-03 22:21 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    Obrigado MavicX!!!
    Julguei mal, pensei que tivesse a ver com isto.

    Suicidio? Mais correctamente acidente. (Pontos:4, Informativo)
    por joaobranco em 15-02-03 19:58 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Pelo que li nos logs, não me parece que se tratasse efectivamente de um suicidio intencional, parece-me que foi suicidio acidental por overdose.

    O Brandon enganou-se em relação à quantidade de drogas (na realidade medicamentos, mas tomados com álcool e com efeitos alucinogénicos) que conseguia aguentar. Provavelmente estava também a tentar mostrar-se um "duro". Os "amigos" (na realidade, conhecidos dele do IRC) inicialmente pensaram que ele estava a fazer algo que controlava, apesar de à medida que aquilo se desenrolou terem algumas dúvidas. Quando os efeitos se tornaram patentes muitos tentaram ver o que poderiam fazer para o ajudar, mas aparentemente não conseguiram obter a informação que julgavam necessária.

    Isto quer dizer que eles estão inocentes? Provavelmente não completamente, mas a situação é menos clara do que o que ser fazer pensar. Obviamente alguns deles estavam a tentar ajudar, a levá-lo a parar, mas não os conseguiram, alguns não deram pelo que estava realmente a ocorrer até ser demasiado tarde. Não encontrei nenhuma frase de ninguém que assumisse que ele ia morrer e o encorajasse...


    Cumps, JB

    Re:Suicidio? Mais correctamente acidente. (Pontos:3, Informativo)
    por jig em 15-02-03 20:06 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    "mas aparentemente não conseguiram obter a informação que julgavam necessária"

    Isto é o comentário do irmão acerca dos logs.Ao que parece todos os outros intervenientes tinham idade inferior a 21 anos.

    Commentary on the logs:
    Brandon's domain registration did contain a fake phone number but the address was accurate. Additionally, he gave a descr1ption of the cars in the driveway. I have talked with emergency officials who assure me he could have been found if this information was reported.

    Also, cell phone numbers can be used by 911 to track a person.

    So please don't assume that the statements of the participants in that room are accurate in this regard. They clearly did NOT do all they could....nobody in the room that night made any kind of valiant efforts...they acted as cowards.

    All that being said...that does not place blame on them for what happened, but instead I hope it makes everyone think more about the way they react to tough situations.


    Re:Suicidio? Mais correctamente acidente. (Pontos:2)
    por vd em 15-02-03 22:13 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Parece-me que nâo tomaste grande atenção aos logs, contudo quero acreditar que tu numa situação igual terias a decência, hombridade, respeito pela outra pessoa e alertavas as autoridades para o sucedido, certo ? E não incentivavas propriamente e explicitamente o consumo.

    Consegues compreender que o estava aqui em causa, não foi muito as tendências suicidas do rapaz, mas sim as "amizades" incentivadoras à morte ?

    vd
    Re:Suicidio? Mais correctamente acidente. (Pontos:2)
    por Lowgitek em 16-02-03 20:45 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://www.youthinkwedo.com
    Acho que pores as culpas só nos pais é bastante facil.
    Os pais sem dúvida terão sempre a quota parte deles em realação a falta de acompanhamento dos filhos, mas sem dúvida também que são os jovens os últimos a tomar as decisões em suas vidas.

    Ele escolheu a morte que quis ter, indiferente ou não de o poder fazer ele o fez, matou-se, se foi porque talves num acto de pura estupidez, pensar poder valer se daquilo que estava a fazer, sabia no fundo que aquilo poderia o levar a morte, e quase sempre é assim a busca infinita dos limites existentes que levam a morte milhares e milhares de pessoas, que pessam que tem o direito de desafiar a propria vida tudo e a todos, não respeitando nada nem a sus próprias vidas.

    AAcho sinceramente como pai, que penso que o fardo de ver um filho morrer por si só uma culpa muito pesada para se levar nas costas, principalmente em casos desses em que poderia se evitar com o acompanhamento adequado.


    FUD (Pontos:5, Esclarecedor)
    por mvalente em 15-02-03 20:00 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Será este novo meio de amizade seguro e aconselhavel ?

    Numa palavra: FUD. Fear, Uncertainty e Doubt. Nao há pachorra. Primeiro sao os cartoes Visa; depois a pedofilia; agora o IRC, o suicidio e os amigos...

    Nao há pachorra para o "vai nao volta a Internet é um antro".

    Quando é que as pessoas vao compreender que a Internet é como qq outro meio ? O pobre do rapaz tanto se podia ter suicidado com os amigos a incitarem-no no IRC como num canto escondido do liceu... com amigos tb a incitarem ("maricas!", "nao es homem nao es nada!", etc). Isso aconteceu, acontece e acontecerá. Seja qual for o meio onde se encontrem tais "amigos". Resta a cada um ter a formação e o caracter para passar pelas agruras da vida.

    Cumprimentos

    Mario Valente

    Re:FUD (Pontos:2)
    por vd em 15-02-03 22:21 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Nao há pachorra para o "vai nao volta a Internet é um antro".

    Estou de acordo contigo, mas o ponto aqui são as amizades, valores e respeito minimo pela vida em qualquer situação. Acabou por acontecer num meio que toca a uma grande comunidade.

    Nesse sentido e por ter andado algum tempo IRC noto que a maioria dos valores que levam as pessoas a este meio não é um dos melhores.

    E por se fazer amigos com facilidade, de um momento para o outro, a quem se conta coisas intimas, poderão levar certas pessoas mais influênciaveis a atitudes imbecis com o consentimento de quem incentivou.

    Quando é que as pessoas vao compreender que a Internet é como qq outro meio ?

    Antes fosse!
    Caso contrário poderia "mandar" o meu filho para outro lugar para conhecer novos amigos, talvez mais conscientes da realidade.
    Caso contrário poderia controlar os amigos do meu filho do IRC ou até mesmo saber se o melhor amigo dele virtual é pessoa com a minima capacidade de o ajudar em caso de suicido.

    vd
    Re:FUD (Pontos:1)
    por moonrider em 16-02-03 3:10 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Caso contrário poderia controlar os amigos do meu filho do IRC ou até mesmo saber se o melhor amigo dele virtual é pessoa com a minima capacidade de o ajudar em caso de suicido.

    E sabes se o melhor amigo "real" dele tem essa capacidade de o "ajudar em caso de suicidio" ?
    Re:FUD (Pontos:2)
    por vd em 16-02-03 16:30 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Mas esse, eu conheco-o...

    vd
    Re:FUD (Pontos:1)
    por moonrider em 16-02-03 17:04 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    Mas esse, eu conheco-o...

    E porque não conhecer os "virtuais" também ? Tal como o Mário referiu, a Internet é igual a qualquer outro meio. A situação que é descrita no artigo podia ter acontecido de outra forma e ter exactamente o mesmo desfecho.

    Se não confiam, ou se não têm forma de saber se podem confiar ou não, no tipo de conversas que os vossos filhos têm através da internet, apertem a vigilância ! Façam exactamente o mesmo que fariam se fossem "amigos" da escola.
    Re:FUD (Pontos:2)
    por vd em 17-02-03 12:45 GMT (#39)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    E porque não conhecer os "virtuais" também ?

    Por vezes nem ele os conheçe, quanto mais eu.
    Parece-me que se confia demasiado nestes "amigos não fisicos".

    Façam exactamente o mesmo que fariam se fossem "amigos" da escola.

    Onde e´ que consigo "seguir" o meu filho numa conversa privada no IRC ou em qualquer portal existente com chat ?

    vd
    Re:FUD (Pontos:2)
    por mvalente em 17-02-03 16:20 GMT (#41)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Onde e´ que consigo "seguir" o meu filho numa conversa privada no IRC ou em qualquer portal existente com chat ?

    • instala um proxy
    • filtra no proxy sites que saibas possam ser "prejudiciais" (há software/proxies como o NetNanny que bloqueia esses sites automaticamente)
    • verifica os logs do proxy para ver que sites/serviços sao acedidos
    • instala um software de keylogging (ou melhor, um hardware keylogger)
    • instala o backorifice ou o vnc para poderes monitorar remotamente o ecran do computador
    • instala um software de permanent screenshoting (basicamente vai-te tirando screenshots do ecran de X em X tempo permitindo depois ver um movie do uso do computador)

    Cumprimentos

    Mario Valente

    Re:FUD (Pontos:2)
    por vd em 17-02-03 12:49 GMT (#40)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Então e onde é que tinhas andado tu,

    Certamente fora do mundo virtual "dele".
    Fora do isolamento do quarto, do ecrã, do computador, da "outra vida virtual".
    Essa mesmo que ninguem consegue controlar, essa mesmo que se consegue manter longe da vista, longe de tudo e perto dos loucos.

    vd
    Re:FUD (Pontos:2)
    por Lowgitek em 16-02-03 20:59 GMT (#31)
    (Utilizador Info) http://www.youthinkwedo.com
    Mario a questão aqui não é dizer a internet é um antro, mas sim avisar a todos aqueles que ainda não tiveram a capacidade de ver e de se manter a par do poder e da realidade dos dias de hoje, e ver que a internet tal como ela hoje é, foi e tem sido, pode ser perigosa e prejudicial, se não for dado o respectivo controlle e acompanhamento. Não querendo apoiar com isso a censura mas sim o desenvolvimento de toda uma cultura, que a cada dia que passa esquece os valores da família, daquilo que e certo ou daquilo é errado.

    A informação esta ai, quer se queira quer se não. O problema não esta em manter-se na ignorância e deixa andar. Muitos pais esquecem-se do seu papel, mas não só os pais, a propria família amigos professores, etc... muitas vezes esquecem do seu papel activo e de intervenção nas materias do dia a dia delegando para outros as suas responsabilidades.

    Porque é muito mais facil comprar o pc para o menino, ou dar lhe o dinheiro para a night do que estar a atura-lo e a dar o tempo devido na sua formação.

    Este é mais um daqueles casos que poderia ter se passado em qualquer lado, e na verdade é o que acontece no dia a dia, concordo contigo do factor IRC não ser o mais relevante na questão, a mim chocou-me ou talvez não a indiferença de todos, sim é a realidade, mas tal como sempre é sempre dura de ver. Chocou-me, ou talvez não ver o quao degradada esta a nossa sociedade (sim não foi em terriotio nacional mas podia ter sido perfeitamente).

    Enfim, para terminar só queria dizer, não a nossa intenção não é mostrar que a internet só faz mau, mas mau utilizada e sem acompanhamento torna-se numa arma como qualquer outra.

    Em todos estes anos de internet e de vida já vi muita coisa, muitas delas devido a falta de amizade e de acompanhamento, porque é a questão é simples, se quem de direito não o fazer o certo o mais certo de tudo e que aquele que tiver a falta vai encontra-la certamente no lugar errado, não em casa com a família, não com os verdadeiros amigos, não na igreja, mas sim com os "amigos" que estarão sempre, sempre dispostos a ajudar em tudo, até na propria morte.


    Re:FUD (Pontos:2)
    por Lowgitek em 17-02-03 8:49 GMT (#36)
    (Utilizador Info) http://www.youthinkwedo.com
    E pela tua resposta começo a pensar o mesmo de ti....

    Sou pai e dou a devida liberdade aos meus filhos, não confundir liberdade com relachamento, não confundir acompanhamento com excesso de protecção. E sim ainternet pode ser uma arma como qualquer outra coisa com o mesmo tipo de poder, e não a internet não é só desgraças porque a mesma pode servir para coisas realmente muito boas e impossíveis de conseguir de outra maneira cabe a cada um usar da sua inteligência e saber distinguir o mau do bem e sempre que possível orientados e nunca obrigados a saberem fazer essa distinção.

    E quando era mais puto do que sou hoje, gostava de ter um pai atento aos meus problemas e que mos ajudasse a resolvê-los mas nunca que os resolvesse por mim sem deixar me por isso aprender a tomar as decisões com quem não devia mas acompanhando do me no pergunsso e deixando me eu a tomar as decisões e apoiando me quando essas fossem correctas.

    A titulo de curiosidade... (Pontos:0, Despropositado)
    por Presley em 16-02-03 13:30 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://fm.magicx.net
    ...o rapaz usava Debian.
    ja vem tudo de tras.. (Pontos:2, Interessante)
    por wZ em 16-02-03 17:13 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    As coisas não são tão lineares como poderão parecer á partida.
    Sinceramente, não li os logs nem estou a fazer conta de ler. Se há coisa que me aborrece é ler logs de IRC.
    Há uma frase, que salvo erro é do Pitagoras, que diz qualquer coisa do genero: "Eduquem o rapaz para não bater no homem." Quero com isto dizer que o papel dos pais na educação de um filho é bastante importante e a meu ver é aqui que tudo começa.

    "Será que devemos tomar atitudes drasticas para com os nossos filhos, amigos e conhecidos no sentido de mostar o que "os amigos da NET" podem fazer à vida de uma pessoa ?"
    Conheci a minha primeira namorada através do IRC.Tal como a ultima e os meus tres melhores amigos.
    Lembraste daquela mulher que á coisa de meio ano, morreu ao atender o telefone? Todo o sitio, é um bom sitio para morrer.
    O mundo do IRC é analogo ao mundo denonimado de "real"; há um pouco de tudo. Cabe a quem frequenta o IRC, saber onde se encaixa.

    "Será que esta geração nova de "net friends" precisa de umas doses de senso comum, de valores, de respeito pela vida e de educação ?"
    Claro que precisa. É esse o papel dos pais. Louvados sejam aqueles que o fazem.

    "Se no meu tempo, os meus pais conheciam os meus amigos, porque eram pessoas que eles viam na escola, na rua, aqui e acolá, agora com a Internet, IRC, webcam, os pais nunca chegam a conhecer ou a saber os amigos que os filhos possuem."
    Á coisa de uns quatro anos, tive uns problemas com um amigo meu que era Punk. As pessoas, leia-se pais e vizinhos, diziam que ficava mal á minha beira. O que eles não sabiam era que, esse amigo meu Punk, fora o unico amigo que tive até á altura que nunca me oferecera droga.

    "Será este novo meio de amizade seguro e aconselhavel ?"
    Subscrevo o que o Mario Valente disse.

    Sobre aparecerem pessoas no canal #suicidio a dizer que se vão matar, por ventura que uma parte significativa dessas pessoas fala verdade. O que muita gente parece não saber é que a morte é vista, não como a morte propriamente dita, mas sim pelo fim do sofrimento. Todas as tentativas de suicidio, mesmo aquelas que são apenas manifestadas por palavras, são todas para chamar a atenção. E se estão a chamar a atenção, é porque necessitam de atenção. Aqui, quando o problema ainda é de facil resolução, muita gente já está a falhar.
    Um dos indicios de uma depressão é o isolamento. Uma das principais causas das pessoas consumirem drogas é não verem as coisas a médio prazo e por não terem capacidade de as resolver, refugiando-se assim atras de algo que faça esquece-las dos problemas. E é aqui que os pais devem começar a trabalhar.
    O meu irmão desde muito pequeno foi habituado a não ter tudo o que queria, e mesmo o que tinha a não o ter no momento.
    Sabe-se que ao adiar o prazer, como por exemplo, dizer a um rapaz de dois / tres anos que o brinquedo que ele quer, não o vai ter hoje mas sim daqui a uma semana, vai fazer com que ele comece a ver tudo a medio prazo. Passado uns anos, quando tiver um problema, tambem vai tentar arranjar uma solução a medio prazo em detrimento de se meter no alcool ou na droga.
    Sabe-se tambem que ao não fazer todas as vontades a uma criança, como por exemplo comprar-lhe sempre brinquedos novos, essa criança sente-se obrigada a inventar novas formas de brincar sendo elas cada vez mais complexas. Com isto, desenvolve criatividade, concentraçao etc; aspectos esses que poderão fazer a diferença em situações de aperto.

    Tudo isto para dizer que, uma correcta ( boa fé está longe de chegar ) educação por parte dos pais, leva a que muitos destes cenários não aconteçam.
    Não é a arma que mata uma pessoa. É o dedo que está por detrás do gatilho.

    «Quando nem mesmo a vida se compreende, como poderia entender-se a morte?» Confúcio

    .... Sem palavras (Pontos:2)
    por Lowgitek em 16-02-03 20:18 GMT (#29)
    (Utilizador Info) http://www.youthinkwedo.com
    Vou tentar resumir o meu sentimento a uma só frase...

    Este mundo esta completamente perdido...

    Sinceramente acho que foi ... enfim... Só espero sinceramente que haja pais que possam olhar melhor pelos seus filhos como deve de ser e não só os pais mas que os filhos tenham o dicernimento de saber o que se deve ou não fazer e aonde se meterem...

    Os meus pesames aos familiares amigos.

    Totally numbed... (Pontos:1)
    por |sTar|| em 20-02-03 1:05 GMT (#49)
    (Utilizador Info)
    Podemos dizer que cada vez menos confiamos na nossa sociedade onde tudo é preconceituoso, vingativo e mesquinho. No caso deste adolescente era um rapaz que quem não conhecesse diria que não tinha problemas, mas como se diz 'as aparências iludem' o que serve também para os supostos 'amigos da net' da tal madrugada. Acredito que se façam grandes amizades na net, assim como nos podemos dar muito mal, como em tudo na vida. Conheco pessoas que refizeram a sua vida na net e por isso não podemos rotulá-la de um meio de comunicação 'mau', se isso existe ou seja ou que for... Pelo que me apercebi o rapaz sofria de depressão, (pelo menos era para a sua cura o propósitos das 'drogas') ou seja, ele já tinha problemas por isso não podemos culpabilizar os tais 'amigos da net' que provavelmente nem isso o eram. Acho que nem eles tiveram a consciência de o estar a incitar... Poderemos supor até que o sucedido (pelo lado de Brandon) não foi inconsciente e talvez não fosse totalmente irracional (baseio-me na dita depressão) 'suicida é aquele que por um lado corta a garganta e por outro grita socorro', poderia nesse caso uma maneira de chamar a atenção e conseguiu-o... Não sou mãe, e sim filha e como tal (como já aqui foi dito) penso que não se devem controlar os filhos, não somos 'marionetas' e temos a nossa liberdade, mas obviamente tudo tem limites e até que ponto a podem limitar os pais? Penso apenas que os pais deviam ter mais consciência das nossas/deles acções em relação à situação em questão e aos limites que raramente são impostos... Não penso que nem o rapaz, nem o chamados 'amigos da net' ou a familia tivesse a culpa ou talvez sejam todos a culpabilizar um conjunto de situações e uma junção de problemas... Pressão feita sobre o rapaz, exagero, um exibicionismo de situação perante o que comecou como brincadeira ou teria ele de principio algo mais em mente? Não podemos ver só um lado da moeda... Não existem 'maus' nem 'bons', talvez os actos n tenham sido os mais certos, mas não vamos apontar agora o dedo à Net quando sabemos que situações ainda mais decadentes acontecem, a nossa sociedade está podre e foi criada pela mão do homem. Olhem à vossa volta antes de apontarem o dedo a um meio de comunicação que inconscientemente o usam e contribuem para a sua proliferação. Talvez se não existisse net muitos mais suicidios tivessem acontecido, muitas vezes recorre-se a ela (chats; Mirc, msn, entre outros) quando temos mais confiança nesses amigos do que estão ao nosso lado e nos é dificil olhar nos olhos... Quanto ao canal #suicidio ou #suicide julgo que a maioria dos users desse canal são pessoas que como disse na frase ou pretendem gritar socorro ou já passaram por essa experiência e existe um sentido de entre-ajuda e não de incentivar ao suicidio. Os humanos não são perfeitos e muitos dos seus actos são quase irracionais, não podemos prever as situações e quando temos nas mãos um caso destes olhamos à nossa volta e entramos pela hipótese mais fácil que às vezes pode ser a menos certa...
    No minimo delinquente... (Pontos:1)
    por J_Square em 22-02-03 2:09 GMT (#57)
    (Utilizador Info)
    Bem eu ja sou utilizador do IRC ha mtos anos, e de facto nunca tinha visto coisa semelhante! Digamos que é no minimo estupido, o que aquele rapaz fez. Enfim, um exibicionismo excesivo, do qual nao obteve qualquer proveito, é o que eu vejo pelo log! De qualquer das formas, acho que, quer na PTnet, DALnet ou outro provedor qualquer, não tem qualquer responsabilidade por tais comportamentos! O mirc é um instrumento de conversação tal como outro qualquer, as pessoas que o utilizam, devem ter em conta todas as regras direitos e deveres que lhe são dados e impostos por cada provedor, tal como na sociedade em que está inserido diariamente, e com as pessoas com que lidam diariamente! É a mesma coisa! Dando o meu exemplo: Eu tenho muitos amigos, e muitos deles, conheci-os pelos canais de Chat do mIRC, falei com eles, trocava-mos fotos, e um dia conheciamo-nos pessoalmente! Para que mais serve o mIRC? Querem pegar em casos pontuais de delinquencia e infantilidade para difamar provedores de servicos, usuarios, canais.. generalizar idiotices? Não defendo estes casos, so que tudo parte de educação e civilização! Não digo que seja, o politico ou o socialmente correcto, ou seguir a "Netetiquette" (conjunto de regras de etiqueta que se devem usar na PTnet) à justa, com rigor, mas no minimo com decência, e sobretudo de forma a se poder fazer amigos ou apenas conversar e pedir conselhos, dicas.. ser-se agradável, pacifico, e respeitador! Nao deixo de mostrar o meu desagrado e a minha admiração como cybernauta pelo facto de se ter sucedido tal estupidez! E mais uma vez, nao generalizem... pq isso é no minimo, absurdo, porque se assim fosse, teriam que censurar tambem o jogo CounterStrike porque houve dois cybernautas Chineses ou Japoneses (nao sei precisar) que morreram depois de estarem 2 ou 3 dias seguidos a jogar! É quase a mesma coisa! Se querem acabar com os problemas das drogas, nao comecem onde elas nao existem!

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]