gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Governo Japonês aposta forte no Linux
Contribuído por joao em 12-02-03 11:25
do departamento o-conquistador
Linux CREMAToRIO escreve "Segundo esta notícia o governo japonês prepara-se para investir 8.3 milhões de dólares no desenvolvimento do Linux por terras asiáticas.

Tóquio irá investir 416,000 dólares num estudo sobre as possibilidades de mudança dos sistemas operativos do governo para OS’s open-source. "

Curso sobre Propriedade Intelectual | AMD anuncia processador de elevado desempenho Athl  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • esta notícia
  • Mais acerca Linux
  • Também por joao
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Re:E para quando ... (Pontos:2)
    por mlopes em 12-02-03 13:56 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Dream on!!!
    Em Portugal quando à falta de dinheiro cobram-se 20 contos de portagens por mês aos trabalhadores, em vez de se cortar nos gastos com grandes multinacionais!

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:E para quando ... (Pontos:0, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 12-02-03 14:12 GMT (#4)
    O maior problema em Portugal é toda a gente ficar à espera que o governo descubra as potencialidades do Software Livre, por acaso as pessoas com competência em TI, e que conhecem profundamente este tipo de software mas tb o software dito proprietário, como dizia, essas pessoas todas já se uniram e formaram um lobby para pelo menos mostrar ao governo que existem alternativas???

    depois de mostrarem ao governo as potencialidades do Software Livre, GNU/Linux, BSD's, de preferência até fazendo um documento baseado em estudos já feitos por outros países e empresas, aí sim se o governo continuar a assobiar para o lado, porrada neles....!!!!

    quantic_oscillation


    Re:E para quando ... (Pontos:2)
    por nmarques em 12-02-03 17:07 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://morgul.xpto.org
    E mandas para o desemprego os adeptos do VB/ASP ? :D

    --------------------------------------------
    If there is such a thing as too much power...
    I've not discovered it...I
    Re:E para quando ... (Pontos:1)
    por lbruno em 13-02-03 12:18 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://click.here.for.something.useful.yi.org/
    E mandas para o desemprego os adeptos do VB/ASP? :D

    Francamente, se vires o nivel técnico de algumas pessoas em algumas mailing-lists (ocorre-me a lusocoders@yahoo.com), verás que a maior parte das dúvidas se resolve através de RTFM. Se eles nao sao capazes de o fazer, bem, que se vão para o desemprego! Se eu fui capaz de aprender a RTFM e a estudar por mim próprio, que aprendam também.

    RTFM: Tecnica pela qual se resolve problemas; fundamentalmente incompativel com os mause-ingineers.

    (PS: Tou a desenvolver a tua critica implicita; sei que pensas da mesma forma, felizmente :)

    Retardado é quem diz que discutir na Internet é como competir nas olimpíadas especiais.

    Re:E para quando ... (Pontos:1)
    por lbruno em 13-02-03 12:38 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://click.here.for.something.useful.yi.org/
    as pessoas com competência em TI, e que conhecem profundamente este tipo de software mas tb o software dito proprietário, [...] já se uniram e formaram um lobby para pelo menos mostrar ao governo que existem alternativas???

    Ocorrem-me:

    • a ANSOL, que se formou na lista da fsf-europe e que apresenta essas alternativas pela mao de elementos destacados da comunidade do software aberto
    • os elementos da organizacao do Porto Cidade Tecnologica
    • minho campus party
    • alguns grupos de alunos dos politecnicos e universidades que tentam organizar eventos de divulgacao do linux

    A tua ajuda e' bem vinda. (Jovem, salta connosco! 8-D)

    Retardado é quem diz que discutir na Internet é como competir nas olimpíadas especiais.

    Re:E para quando ... (Pontos:2, Interessante)
    por 4Gr em 12-02-03 15:34 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Caso mlopes, Tornar-se-ia impensável reduzir os gastos das multinacionais, visto estas albergarem milhares de postos de trabalho, e serem uma percentagem significativa no pib. Ora, as medidas para contrariar a conjectura económica, segundo os princípios económicos livres, não podem passar pelo corte na fonte, mas sim no aumentar das receitas onde, actualmente, elas não existem: caso prático, portagens! É louvável o trabalho do governo Japonês (se se confirmar a veracidade da informação), pois julgo eu, e muitos de nós, que o avanço da informática e de toda a infra-estrutura fisica e virtual das TI passa pelo desenvolvimento pleno das Open Sources... Uns colegas meus (Engenheiros Informáticos) diziam de forma muito sarcástica: se o Bill Gates jogasse futebol em vez de se sentar à frente de um computador, neste momento a tecnologia estaria 15x's mais adiantada do que está agora! Em suma, o monopólio, embora favoreca a visão privada, em nada contribui para o desenvolvimento global, e esse sim, sumativo.
    Re:E para quando ... (Pontos:2)
    por mlopes em 12-02-03 15:55 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Não me parece que a Microsoft por exemplo albergue assim tantos postos de trabalho em Portugal, e nem sequer me parece que o facto de o estado passar a usar software livre causasse uma retirada da Microsoft do mercado português!

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:E para quando ... (Pontos:2)
    por dINAMItE em 12-02-03 17:02 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://www.ferro.eu.org
    Sem querer defender a M$ qual será o impacto q esta terá na economia em Portugal através das parcerias com as Universidades, empresas de formação, etc.?
    Re:E para quando ... (Pontos:1)
    por Pink em 12-02-03 17:32 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://www.PinksWorld.8m.com
    Aqui no Brasil são cerca de 280... Fonte: InstoÉ Dinheiro.

    []s,
    Pink@Manaus.Amazon.Brazil.America.Earth.SolarSystem.OrionArm.MilkyWay.Universe

    Re:E para quando ... (Pontos:2)
    por Gimp em 12-02-03 17:42 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Em Portugal devem ser mais, só de manda-chuvas e consultores...


    "No comments"

    Re:E para quando ... (Pontos:2)
    por joaorf em 12-02-03 17:59 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Autoestradas são um luxo para um país de fracos recursos como Portugal. Como tal, os luxos têm que pagar-se.
    Quem não quiser pagar portagens, vai pela estrada nacional ou, melhor ainda porque polui menos, de transportes públicos.

    Re:E para quando ... (Pontos:1, Despropositado)
    por mlopes em 12-02-03 14:30 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Por que haveria o estado de estar a gastar dinheiro para me ensinar a escrever se sai mais barato deixar que um "Anonimo Cobarde" faça a mesma coisa grátis?

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:E para quando ... (Pontos:1)
    por bracaman em 12-02-03 16:25 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Por que haveria o estado de estar a gastar dinheiro para me ensinar a escrever se sai mais barato deixar que um "Anonimo Cobarde" faça a mesma coisa grátis?

    Porque assim serias mais um a saber escrever.. Depois contratavam-te para escreveres relatórios e ofícios no M$ Word :-)


    Re:E para quando ... (Pontos:1)
    por bracaman em 12-02-03 17:17 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Quem?
    Re:E para quando ... (Pontos:1)
    por Pink em 12-02-03 17:21 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://www.PinksWorld.8m.com
    Não, vc tbm está errado... ;-)

    "Em Portugal, quanto à falta de dinheiro, [...]"

    []s,
    Pink@Manaus.Amazon.Brazil.America.Earth.SolarSystem.OrionArm.MilkyWay.Universe

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]