gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Morte ao Linux?!
Contribuído por vaf em 11-02-03 6:36
do departamento cruzadas-&-intifadas
News mlemos escreve "Hoje fui surpreendido com este site dedicado atacar o software livre e Open Source em geral. Apesar de não lhe dar credibilidade nenhuma, e acreditar que logo logo o autor desiste por falta de tempo para manter o site, não deixa de ser interessante como a adopção software livre e Open Source em geral surge como uma ameaça até para o programador individual que deseja viver da comercialização do seu trabalho ao ponto de iniciar uma campanha para denegrir este tipo de software."
[vaf: Este site faz-nos pensar que quem está no outro extremo do espectro, pode nem ser um dos "suspeitos do costume", e ao mesmo tempo, quão grande esse espectro é. Aqui fica o Pensamento do Dia... :-)]

Coitadinhos... | Curso sobre Propriedade Intelectual  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • mlemos
  • site
  • Mais acerca News
  • Também por vaf
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Perplexo... (Pontos:1)
    por houston em 11-02-03 8:14 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://mega.ist.utl.pt/~cmca
    Este site é perplexo... Uns teenagers inconscientes com tempo livre demais, a vingança dos SCR1PT-kiddies ou front-end de mais interesses (duvido...)?
    Há umas pérolas interessantes, na secção Onde? referem-se a um Richars Stallman, nem tempo tiveram de ir verificar o nome do RMS...
    Depois vêm com isto:
    Open Source?

    É contra as regras básicas da sociedade atual

    Sim, e o que diriam a Sun, Apple...

    Há mais, a eterna luta pela segurança... Na secção Opinião, no fundo de uma pequena tabela, vem:
    Microsoft Windows 2000 24 vulnerabilidades
    Quem dera à M$...

    Por via das dúvidas, há mais uma linha do meu HOSTS:
    127.0.0.1 www.morteaolinux.com.br

    Carlos Alfaro
    Pica-Pedra
    Re:Perplexo... (Pontos:2)
    por cgd em 11-02-03 11:02 GMT (#14)
    (Utilizador Info)

    Richars Stallman, nem tempo tiveram de ir verificar o nome

    Epá, isso deve ser um typo: vê bem onde está o "s" e o "d" do teu teclado.

    Mas de facto eu tb estou perplexo! ... Pela importância que se dá a este lixo (e outro que se tem visto nos últimos tempos por aqui...)


    -- carlos

    Funny, laugh! (Pontos:2)
    por Cyclops em 11-02-03 9:31 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    Têm a certeza que isto não deveria estar na secção das piadolas? É que o que é dito no site é tão aberrante que me faz lembrar o Bonsai Kitten
    Isto agora é a TVI? :) (Pontos:1)
    por foo em 11-02-03 9:40 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    o que não deve faltar aí na web são gajos a dizer mal do linux... não percebo a relevancia do artigo..
    já agora, que tem tão interesante uma página toda preta?.. é a única coisa que consigo ver :)
    Por outro lado... (Pontos:2, Interessante)
    por moonrider em 11-02-03 10:02 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Os comentários que tenho visto por aqui em relação a este artigo não se distinguem, praticamente. É aquela primeira reacção de quem se sente ofendido por criticarem algo que gostam ( tipico de linuxers ).

    Ora, o autor do site peca em vários aspectos, disso ninguém tem dúvidas... a começar pelo título do mesmo... Antes de mais, opensource não é linux, linux é opensource. Esquecendo essas incorrecções, é preciso lembrar que nem toda a gente gosta de opensource e como o autor do site, existem milhões de pessoas com a mesma ideia. É óbvio que se de todas as empresas do mundo ( isto é apenas um cenário de exemplo ) resolvessem utilizar opensource, não seria o melhor dos casos para todos nós. É necessário haver software comercial e haver sempre quem o compre. Eu, como utilizador individual, gosto de utilizar software gratuito, embora utilize um SO proprietário ( não deixa de ser gratuito ), mas também compro software quando o mesmo me agrada ( staroffice, por exemplo ).
    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por moonrider em 11-02-03 10:11 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    ( "submeter" por engano... continuação :-) )

    A minha ideia é que se deve investir em software sempre que possível, porque há por detrás todo um circuito que tem que ser alimentado e que dá emprego a muita gente que não vive apenas do ar. Isto não quer dizer, obviamente, que o software opensource deixe de existir ! Pelo contrário... há espaço para todos e o opensource é muito importante para o software em geral.
    No caso específico deste site, o cenário está um pouco exagerado, mas há que meditar um pouco nas ideias diferentes das nossas antes de as negar...
    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por mlopes em 11-02-03 12:11 GMT (#22)
    (Utilizador Info)

    A minha ideia é que se deve investir em software sempre que possível, porque há por detrás todo um circuito que tem que ser alimentado e que dá emprego a muita gente que não vive apenas do ar.

    Manter vivo artificialmente um sistema sempre foi má ideia, os sistemas devem sobreviver por si próprios, se isto não acontecer é porque são desnecessários.
    Não penso que seja o caso específico software, acho que este não precisa que se force o uso para sobreviver.


    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por Gimp em 11-02-03 10:22 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    "Os comentários que tenho visto por aqui em relação a este artigo não se distinguem, praticamente. É aquela primeira reacção de quem se sente ofendido por criticarem algo que gostam ( tipico de linuxers )."

    E devo ter vergonha por me sentir "ofendido"? Também é típico os windozers criticarem o linux por isto e por aquilo e mais grave, defendem um producto que em 99% dos casos está a ser utilizado ilegalmente. Enfim, típico.


    "No comments"

    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por Eraser em 11-02-03 10:41 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Boas

    Isto já foi aqui debatido mais que uma vez mas convem sempre salientar: Open Source != grátis. Open Source pode ser comercial. É considerado um modelo de díficil viabilidade comercial mas não é incompatível.

    Fica bem!
    JP
    Re:Por outro lado... (Pontos:1)
    por moonrider em 11-02-03 11:07 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    Open Source pode ser comercial

    Tens toda a razão e no meu comentário eu refiro-me ao software gratuito e não a opensource exclusivamente.
    Obrigado pela correcção.
    Off-topic (Pontos:2)
    por jazzy em 11-02-03 14:51 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org
    Eraser,

    andam à tua procura aqui.


    Jazzy
    Re:Off-topic (Pontos:2)
    por Eraser em 12-02-03 12:18 GMT (#69)
    (Utilizador Info)

    Obrigado pela notifação.

    Fica bem!
    Eraser
    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por Cyclops em 11-02-03 10:45 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    É óbvio que se de todas as empresas do mundo ( isto é apenas um cenário de exemplo ) resolvessem utilizar opensource, não seria o melhor dos casos para todos nós.
    Óbvio? Onde? Não vejo nenhum caso onde seria mau para algum de nós que todas as empresas do mundo migrassem para Software Livre, tanto na utilização como na produção.

    É necessário haver software comercial e haver sempre quem o compre.
    Primeiro, clarificar águas. Estás a falar de software proprietário ou de software comercial?

    Se estiveres a falar de software proprietário, não considero que seja necessária a sua existência. Atenção que isto não quer dizer que uma empresa não possa usar, internamente, alterações não públicas a Software Livre, pois não só podem fazê-lo, como há quem faça.
    Se estiveres a falar de software comercial, continuo a não considerar necessária a sua existência. O Software Livre não necessita de ser comercializado! É inegável que quando comercializado surgem vários benefícios, como a possibilidade de pagar a developers um emprego full-time para desenvolver e/ou aperfeiçoar Software Livre, como é o caso da RedHat e outras companhias.

    Eu, como utilizador individual, gosto de utilizar software gratuito, embora utilize um SO proprietário (não deixa de ser gratuito),
    Não é o Microsoft Windows de certeza, pois esse não é gratuito :) Se o obtiveste como sendo um SO gratuito, então estás na posse de uma cópia ilegal, pelo que te recomendo que formates o disco antes que a ASSOFT comece a querer saber quem és!!

    mas também compro software quando o mesmo me agrada (staroffice, por exemplo).
    E podes continuar a fazê-lo com Software Livre. Podes comprar os CD's a uma distribuidora, podes doar o dinheiro que achares ser uma boa relação entre as tuas possibilidades e o que achas justo recompensar, podes comprar a assistência dos developers, etc etc... aliás, se achas tão importante comprar software, podes "comprar" cada programa que tens num cd duma distribuição aos seus developers directamente, e ainda assim manterás as liberdades que o Software Livre te trás.

    Parece-me um negócio muito melhor do que dar $ para uns tipos que não só não te dão liberdade nenhuma, como ainda te retiram liberdades através das suas licenças... ou não achas?
    Re:Por outro lado... (Pontos:1)
    por moonrider em 11-02-03 11:01 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    O Software Livre não necessita de ser comercializado! É inegável que quando comercializado surgem vários benefícios, como a possibilidade de pagar a developers um emprego full-time para desenvolver e/ou aperfeiçoar Software Livre

    Não será um bom motivo para comercializa-lo ? Garanto-te que sim.

    Se o obtiveste como sendo um SO gratuito, então estás na posse de uma cópia ilegal

    Informa-te.

    para uns tipos que não só não te dão liberdade nenhuma, como ainda te retiram liberdades através das suas licenças... ou não achas?

    Pela forma dramatica como apresentas o "problema", talvez. Vendo por outro lado, as empresas de software existem, têm que ganhar dinheiro, e têm como contrapartida a obrigação de ouvir o cliente e de o obdecer, caso contrário perdem-no. Coisa que no software livre, nem sempre funciona assim. Em ambientes críticos nem sempre podes estar dependente da boa disposição de quem escreve o software que utilizas.
    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por Cyclops em 11-02-03 12:04 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    Mordeste o isco. Informa-te tu porque isso não é gratuito e tem condições de utilização embora talvez tenha um preço mais justo. O que disse mantém-se. Ou obtiveste de forma legítima (não, a cópia redistribuída não vale) ou cuidado...

    Vendo por outro lado, as empresas de software existem, têm que ganhar dinheiro, e têm como contrapartida a obrigação de ouvir o cliente e de o obdecer, caso contrário perdem-no. Coisa que no software livre, nem sempre funciona assim. Em ambientes críticos nem sempre podes estar dependente da boa disposição de quem escreve o software que utilizas.

    Em que é que uma empresa baseada em Software Livre difere de uma baseada em software não livre nestes termos? Resposta: Nada. O contracto de suporte é uma questão completamente independente ao facto de o software ser Livre ou não livre.
    Estás a partir do pressuposto que uma empresa baseada em Software Livre não terá obrigação de ouvir o cliente e de obedecer, sob pena de o perder, o que é absurdo.
    Re:Por outro lado... (Pontos:1)
    por moonrider em 11-02-03 12:23 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Informa-te tu porque isso não é gratuito e tem condições de utilização

    Meu caro, leste bem o link que acabaste de enviar ? Se estou a dizer que o SO que uso é gratuito é porque sei do que estou a falar. O que tem a ver as condições de utilização com o preço ? Custa-me 0€ e precisa de uma licença que custa igualmente 0€.
    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por Cyclops em 11-02-03 12:51 GMT (#26)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    ``Now you can use the Solaris[tm] 8 or 9 Operating Environment at home or at work -- without paying a license fee. For only the cost of media plus shipping or download related costs, you can use the software on single processor computers supplied to you by Sun or its authorized distributors or based on the Intel architecture.''

    Portanto, CUSTO > 0€.

    E da FAQ:
    ``14. Q. Can I make copies of the Solaris runtime binaries and share them with others? Can I pass my copy of the Solaris software on to someone else?
    A. No in both cases. Under the terms of the program, all licensees must receive the software directly from Sun, and must register the number and type of systems on which the Solaris software is installed. So although you can use the Solaris software anywhere inside your organization, you cannot make copies to give to anyone else.''

    Conclusão, não só não é gratuito, como só o podes obter de uma única maneira. Para além disso, pouca vantagem trás para um GNU/Linux, onde podes copiar e instalar em quaisquer máquinas, desktop ou servidor, com qualquer número suportado de processadores

    Quem leu? Quem leu?
    Re:Por outro lado... (Pontos:1)
    por moonrider em 11-02-03 13:05 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    For only the cost of media plus shipping or download related costs

    Sabes o que isto quer dizer ? Quer dizer que o SO é gratuito, pagas a media se quiseres, porque caso contrário pagas apenas o preço do download. Sabes o que é o preço do download ? É o preço que pagas ao teu ISP. Ou seja, no teu ponto de vista nada é gratuito porque tudo tem um custo, mas isso já todos sabemos. Eu disse que não pago nada pelo SO, o que quer dizer que não pago nada pelo SO, percebeste ? Sabes o que é o SO ? Não é um CD, não é banda, quanto muito é o conteúdo dos mesmos ! Se não entendes isto, não vale a pena... acredita. :-)

    pouca vantagem trás para um GNU/Linux, onde podes copiar e instalar em quaisquer máquinas

    Mas quem está a comparar com GNU/Linux ou com qualquer outra coisa, rapaz ? Eu disse, SIMPLESMENTE, que não pago pelo SO que uso ! *SIGH*
    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por Cyclops em 11-02-03 13:45 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    O preço do download que eles se referem não é o que te custa a ti fazer o Download, é o que lhes custa a eles a largura de banda para suportar o teu Download, que é estimada e calculada.
    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por Cyclops em 11-02-03 13:50 GMT (#29)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    Efectivamente:

    Solaris 9 12/02 OE Downloads:
    Solaris 9 Operating Environment, SPARC Platform Edition - FREE (não coberto pela licença a que te referes)
    Solaris 9 Operating Environment, x86 Platform Edition - $20 US (coberto pela licença a que te referes)
    Re:Por outro lado... (Pontos:1)
    por moonrider em 11-02-03 15:30 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    Eu sabia que conseguias... depois de uma dezena de posts e de muita teimosia ( como é que consegues insistir tanto sobre algo que não conheces ? ), viste a luz. :-)

    Solaris 9 Operating Environment, SPARC Platform Edition - FREE (não coberto pela licença a que te referes)

    Como vês, ao contrário da tua insistência sobre algo que eu uso e que conheço, não pago pelo meu SO.

    Have a nice day !

    ps: mereço um prémio pela paciência.
    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por Cyclops em 11-02-03 16:12 GMT (#41)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    Peço desculpa, mas estava convito (em retrospectiva não sei bem porquê) que falávamos do ambiente x86. Mea culpa.

    ps: mereces, mas foi renhida a argumentação :)
    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por Cyclops em 11-02-03 16:45 GMT (#42)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    Chama-se Linux, nao GNU/Linux. A menos que lhe queiras chamar XFree/GNU/OpenStep/Motif/BSD/...(whatnot).../Linux.

    Vou simplesmente limitar-me a constatar factos, que espero que consigas refutar de forma a validar o teu argumento:
    • O projecto GNU, entre outras coisas, ambiciona proporcionar um sistema operativo inteiramente livre. Até o Linux surgir, faltava-lhe um kernel;
    • Linux, é um kernel. Aliás, na sua própria página principal, fala-se no kernel Linux e não no SO Linux;
    • O XFree, embora não seja um projecto GNU, está incluído no projecto GNU mas não é essencial ao funcionamento do sistema, como o são as ferramentas básicas do projecto GNU e o kernel Linux;
    • O motif é proprietário e não é usado nem distribuído (se bem me lembro) por nenhuma distribuição de GNU/Linux;
    • Muitas ferramentas são usadas tanto nos *BSD como no GNU/Linux como no Mac OS X e *pasme-se* no MS Windows;
    • O OpenStep não é sequer incluído ou referenciado junto com o projecto GNU, em vez disso, tens o GNUstep;

    Re:Por outro lado... (Pontos:0, Esclarecedor)
    por Anonimo Cobarde em 11-02-03 19:17 GMT (#47)
    Whatever. Para que continuar a bater num cavalo morto. Nao e' nem nunca sera' GNU/Linux, pelo menos ate' ao dia em que a FSF tenha a sua propria distribuicao, ai' podera' chamar-lhe GNU/Linux ou XPTO/Linux ou o que lhe apetecer.

    GNU/Linux talvez fizesse sentido ha' alguns anos atras. Hoje ja' nao. Primeiro porque os componentes _REALMENTE_ GNU do que eles chamam GNU sao meia duzia de programas sem grande utilidade que podem ser substituidos ate' pelos seus sucedaneos BSD. As duas joias da coroa, o gcc e a glibc ja' nao tem _NADA_ que ver com a FSF nem com o projecto GNU -- nem fundos, nem development, nada. E, ja' agora, o XFree86 _NAO_ faz parte do projecto GNU, nem _NUNCA_ fez. La' por o Stallman tambem ter andado no MIT nao implica que tenha metido la' o bico. Felizmente que nao.

    Mas, que legitimidade tem o Stallman para vir tentar atrelar-se ao Linux agora? E' interessante constatar que ele so' comecou a insistir na tecla GNU/Linux ha' uma meia duzia de anos, quando o Linux ganhou notoriedade e reconhecimento publico.

    Vai ler os arquivos da LKML, ha' uma thread muito interessante que se estendeu ao longo de quase todo o mes de Janeiro deste ano. E' muito elucidativa. Ve-se o lunatico do Stallman com o seu fervor quase religioso (mas infelizmente parece que com umas palas nos olhos, ou entao o mundo em que ele vive e' substancialmente diferente do meu), e o resto da malta a manda-lo passear. Alias, algures durante o ano passado, durante um dos interminaveis e incrivelmente offtopic spammings que ele faz na LKML (sim, leste bem, spamming, ele nao contribuiu com 1 linha que seja, limita-se a insistir porque e' que deve ser GNU/Linux e a apontar para URLS, visto ele ser tao elite que nao pode incomodar-se a sequer explicar 'as massas deseducadas o porquê da sua visao.) ja' varias pessoas pediam que o proibissem de fazer posts, visto so' servirem para regar a fogueira com gasolina, fazer figuras de urso e injectar doses massiças de ruido visual ao que se pretendia ser discussoes tecnicas. Por outras palavras, o senhor Stallman em vez de ajudar, estava a fazer um optimo trabalho a _dificultar_ o desenvolvimento.

    Um ponto curioso tambem, e' que alguem lhe sugeriu o inverso da medalha, que passasse a chamar Linux/Hurd ao Hurd, visto ter uma dose substancial de codigo "emprestado" do Linux. Va-se la' saber porque, ficamos todos 'a espera de resposta. Ate' hoje! Pelos vistos a liberdade e' para todos, so' que ha' uns mais livres que outros. E esta, hein ? Se ele quer ser respeitado e quer mudar seja o que for, tem ele tambem de estar aberto 'a mudanca, e ser o primeiro a faze-lo! "Tens de ser tu proprio as mudanças que queres ver no mundo", ja' dizia o nosso amigo Ghandi. Enfim. Stallman the hypocrite, film at 11.

    Seja como for, a base de codigo do XFree e' substancialmente maior que a do GNU (gcc e glibc nao entram nessas contas porque ja' sao projectos externos -- e ainda bem, senao a esta hora ainda andavamos na idade da pedra, ou entao chamavam-se Emacs C Compiler ou Emacs C Library), e o kernel e' substancialmente mais importante do que as userland-tools. Um sistema pode funcionar perfeitamente sem o GNU, ja' o propalado GNU nao pode funcionar sem o Linux. Posto tudo isto, continuar a insistir nessa fabula do GNU/Linux e', na minha opiniao, revelador de idiocia aguda.

    Ah, ja' agora, se me permitem, um exercicio para o leitor. Peguem numa qualquer distribuicao de Linux dos primordios (seja Yggdrasil, seja Slackware das primeiras versoes, whatever), e facam um grep em /bin /sbin /usr/bin e /usr/sbin por "Regents of the University of California". Espantoso, eh? Se calhar tambem lhe deviamos chamar GNU/BSD/Linux.

    Como diria o Larry McVoy, "How dare you hijack the work of thousands?"

    --
    "Emacs would be a great OS, if only it came with a decent editor.
    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por Cyclops em 12-02-03 0:14 GMT (#52)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    Por meia dúzia pretendes representar no mínimo (não sei com que frequência esta lista é actualizada) 247 projectos, dos quais fazem parte o gcc e a glibc e muitos deles representam por si muitos outros programas?

    E, ja' agora, o XFree86 _NAO_ faz parte do projecto GNU,
    Nem eu nunca disse isso, aliás, eu disse que O XFree, embora não seja um projecto GNU, está incluído no projecto GNU mas não é essencial ao funcionamento do sistema, como o são as ferramentas básicas do projecto GNU e o kernel Linux

    Mas, que legitimidade tem o Stallman para vir tentar atrelar-se ao Linux agora?
    Atrelar-se? O kernel linux surgiu alguns anos depois do projecto GNU, iniciado pelo Richard Stallman em 1983, sem o qual o kernel Linux teria ficado muito provavelmente numa gaveta.

    Um ponto curioso tambem, e' que alguem lhe sugeriu o inverso da medalha, que passasse a chamar Linux/Hurd ao Hurd, visto ter uma dose substancial de codigo "emprestado" do Linux. Va-se la' saber porque, ficamos todos 'a espera de resposta. Ate' hoje!
    Infelizmento não tenho a força do Stallman para resistir a comentar um argumento tão infantil e patético. Uma das vantagens do Software Livre é precisamente o ser desnecessário reinventar a roda. Para device drivers e filesystems, por exemplo, não faz sentido reinventar de raíz o código. Ele já existe. Acho que seria absurdamente estúpido e ineficiente não usar esse código, e perder um tempo fundamental com *coisas* já feitas, dedicando o tempo precioso a outros tipos de código inexistente e inovador.

    Se calhar tambem lhe deviamos chamar GNU/BSD/Linux.
    Ainda que associasses ao kernel Linux exclusivamente utilitários básicos não GNU, continuaria a ser o kernel Linux e não o sistema operativo Linux :)
    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por MacLeod em 12-02-03 0:58 GMT (#57)
    (Utilizador Info)
    Atrelar-se? O kernel linux surgiu alguns anos depois do projecto GNU, iniciado pelo Richard Stallman em 1983, sem o qual o kernel Linux teria ficado muito provavelmente numa gaveta.

    Nunca vamos saber se teria ficado na gaveta, embora eu tenha sérias duvidas. Acredito mais que o projecto GNU definhasse (Hurd rings a bell?) se não fosse o aparecimento do Linux.

    Para device drivers e filesystems, por exemplo, não faz sentido reinventar de raíz o código. Ele já existe. Acho que seria absurdamente estúpido e ineficiente não usar esse código, e perder um tempo fundamental com *coisas* já feitas, dedicando o tempo precioso a outros tipos de código inexistente e inovador.

    Ou seja, então concordas que se deveria chamar Linux/Hurd, visto que sem os device drivers e o filesystem do Linux o Hurd provavelmente _continuaria_ na gaveta.

    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por Cyclops em 12-02-03 1:21 GMT (#59)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    Va-se la' saber porque, ficamos todos 'a espera de resposta. Ate' hoje!

    as provas de que o que tu dizes é mentira apenas se acumulam
    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por Cyclops em 12-02-03 0:30 GMT (#54)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    Diria mesmo mais, o chorrilho de mentiras que são ditas no teu post é facilmente verificável. Acreditas mesmo nelas por ignorância ou representam má intenção da tua parte?

    Quem moderou como Esclarecedor o teu post também coopera, também é ignorante ou o post como AC foi a maneira usada para poder usar pontos de moderação de forma a manipular a verdade?
    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por MacLeod em 12-02-03 0:50 GMT (#56)
    (Utilizador Info)
    Das dezenas do género que já vi, este post é de facto o que melhor ilustra a situação fundamentalista do Stallman e do GNU/Linux. Só é pena a imprecisão do gcc e da glibc.

    De resto, excelente.

    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por Cyclops em 12-02-03 1:11 GMT (#58)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    Não sei o que ilustra, pois nem descreve nada. Na thread indicada, sim fui ver, apenas assisti a argumentos bem apresentados, e urros irados e imaturos de algumas pessoas. Pondo-me no papel de uma pessoa completamente à parte, é evidente quem toma uma posição fundamentalista e irracional naquela thread (hint, não é o Stallman).
    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por Cyclops em 12-02-03 15:27 GMT (#85)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    O GCC teve um fork, e depois houve um merge. Aliás, hoje em dia GCC não significa GNU C Compiler mas GNU Compiler Collection.

    Um programa não precisa ser desenvolvido em exclusividade, ou principalmente, pela Free Software Foundation para pertencer ao projecto GNU, nem mesmo transferir o direito de autor para a FSF.

    A Free Software Foundation não é uma empresa dedicada a comercializar o GNU/Linux mas uma entidade dedicada a promover o Software Livre (aliás, não se chama Linux Foundation). É muito bom que companhias como a RedHat estejam a ganhar dinheiro suficiente para pagar a developers para desenvolverem componentes do projecto GNU. Para além disso, ajudam a garantir a sua própria subsistência.
    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por mlopes em 11-02-03 12:21 GMT (#23)
    (Utilizador Info)

    Vendo por outro lado, as empresas de software existem, têm que ganhar dinheiro, e têm como contrapartida a obrigação de ouvir o cliente e de o obdecer

    Quando é que foi então a ultima vez que a Microsoft ou a SUN fizeram no seu software as alterações que lhes pediste?
    Esse argumento não serve, a RedHat por exemplo é uma empresa que trabalha com software livre, ao contrário da Microsoft, e penso que não há grandes dúvidas de qual se baseia mais no feedback da comunidade dos utilizadores dos seus softwares para decidir o rumo a tomar nas próximas releases.


    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por mlopes em 13-02-03 12:13 GMT (#94)
    (Utilizador Info)
    Yeah, right!!!
    Já estou mesmo a ver o Bill Gates para os programadores da Microsoft:
    - pessoal corrijam lá esse bug porque o Sr. Marco Lopes de Portugal pediu!
    Ao que os empregados da Microsoft respondem!
    -Mas ó Guilherme, o bug já cá anda há 5 anos, é como se fosse família, não o vamos retirar agora.
    -Ok, se é assim deixem lá o pobre bicho ficar!


    Mas por acaso até acreditava mais na SUN a fazer isso do que na Microsoft ou praticamente qq outra grande multinacional produtora de software, pelo menos a assistência pós venda da SUN pela experiência que tive é muitissimo boa, estou-me a lembrar especificamente de um certo local onde trabalhei onde havia uns Solaris com Oracle, onde a assistência da SUN foi excelente e o Solaris estava a correr afinadíssimo, graças não só à instalação que ficou por conta deles, como ao apoio que deram mais tarde na fase de configuração, enquanto o Oracle andava (e parece-me que ainda anda, apesar de já lá não estar há mais de um ano) aos soluços e os gajos da Oracle pouco mais faziam do que baldar-se às obrigações contratuais a que se tinham comprometido.

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por mlopes em 14-02-03 11:58 GMT (#104)
    (Utilizador Info)
    E só porque tu dizes!
    Eu pelo menos falo da experiência que tive, se tu achas que todas as empresas são iguais e nem sequer tens uma justificação para isso então para mim acabou-se por aqui.

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por Gimp em 11-02-03 12:21 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    "Em ambientes críticos nem sempre podes estar dependente da boa disposição de quem escreve o software que utilizas."

    "Tou xim? É da Micosesoft? Tenho instalado um webserver crítico, o vosso producto IISofre, e ouvi dizer que vai passar a chamar-se queijo suíço .net server 2003, podem enviar-me o SP50000 para a correcção do nome?"
    "Estimado cliente, agradecemos o seu contacto e prometemos para breve o SP que pretende, o calendas-gregas.exe. No entanto, devido ao último surto de gripe na nossa rede a coisa pode demorar, entretanto desenrasque-se! Muito obrigado".

    Moral da história: em ambientes críticos nem sempre o producto comercial é bom.


    "No comments"

    Re:Por outro lado... (Pontos:2)
    por mlopes em 13-02-03 12:24 GMT (#95)
    (Utilizador Info)
    Pois, não é verdade porque se ligares para a assistência da Microsoft dificilmente conseguirás ir tão longe em termos de assistência técnica, e olha que as (más )experiências que tenho (apesar de não ter sido eu a falar com a assistência, mas foi alguém do departamento onde eu estava) não é experiência individual mas sim integrado num dos maiores grupos de comunicação social portugueses, e isso não impediu que se acabasse por desistir e se passasse para o desenrascaço porque a assistência da Microsoft pouco mais fez do que tentar despachar o pessoal e dar desculpas desse género, mandam-te instalar os SP's todos e mais alguns, é mais o tempo que passas a confirmar que tens licenças do que a receber assistência, e finalmente quando a enxurrada de SP's acaba mandam-te esperar pelo próximo ou fazer backups dos dados e reinstalar, mas mesmo assim são raras as vezes que consegues sequer chegar a ter assistência (leia-se assistência como "dizerem para instalar os SP's).

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    já começaram a matança (Pontos:3, Interessante)
    por biduxe em 11-02-03 10:05 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://bdx.no-ip.info
    como podemos ver no net craft
    eles aínda Há 8 dias estavam com linux (mandrake) com apache para servidor.
    Parece que decidiram começar +por matar o seu linux.
    ------ EOFim.
    Santa ignorância... (Pontos:1)
    por McB em 11-02-03 11:23 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Dei uma vista de olhos ao site, e estou cheio de pena de mim próprio!
    Mas eu sou mais esperto, e consegui enganar os meus patrões durante dois anos e meio e usar ferramentas open source e Linux e mesmo assim ganhar dinheiro!

    <ironia>Se calhar sou a única pessoa no mundo que conseguiu fazer isso e eles ainda não sabem</ironia>
    Sim, fui PAGO para trabalhar com "sistemas operacionais" livres!

    Mas não pensem que vos vou revelar o segredo do meu sucesso!

    May you live in slavery forever! MUAHAHAHA

    Yours,
    McB!
    They told me it need Windows 95 or better, so I chose Linux
    FUD (Pontos:2)
    por mlopes em 11-02-03 11:26 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Acho que é das situações onde esta expressão mais se aplica, o que se passa é que este pessoal tem medo que o Linux se venha a implantar com alguma firmeza no Brasil e eles devido à sua ignorância fiquem sem oportunidades de emprego na área da informática.

    Já agora, alguêm leu a secção liberdade?
    Aquelas frazes fazem algum sentido para alguém?
    Depois de ler aquilo e aperceber-me das dificuldades de raciocinio de quem escreveu, percebo porquê que essas pessoas têm tanto medo do crescimento de outros SO que não o Windows.

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:FUD (Pontos:3, Engraçado)
    por CrLf em 11-02-03 15:15 GMT (#36)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Eu li. E numa tradução livre de português do Brasil pode ler-se: "Mim mouse-engineer! Mim amo VB!"

    -- Carlos Rodrigues
    Eu fico parvo.. (Pontos:2)
    por Lowgitek em 11-02-03 14:37 GMT (#31)
    (Utilizador Info) http://www.youthinkwedo.com
    Com a quantidade de tempo disponível por parte de anormais como aquele em perderem tempo numa página daquelas.

    Vê-se que o gajo é uma pessoa mesmo muuuuito perturbada. Não cheguei a precisar quase no site para poder ver isso. Começou logo por ver o url ... depois aqueles efeitos "tipo tic".

    Depois todos aqueles argumentos, que mais faliciosos não existem e que só poderiam vir de uma mente tão deficiente como a do autor daquele site.

    Enfim não ha palavras suficientes para descrever tão desinformada esta a mente daquele jovem(?), e quão distorcido esta da realidade. Eu nem queria comentar mas aquela tabela so me deu vontade de rir, e mesmo que ouvesse lugar a um ponto de verdade (o gajo já me faz lembrar os testemunhas de Jeová que se espelham em pedaços de texto e não pelo seu contexto), nem sequer foi capaz de ver que um windows bem configurado(seja lá o que isso for) não chega aos pes de um linux quase bem configurado... ;)

    Enfim....


    Re:Eu fico parvo.. (Pontos:2)
    por Montanelas em 12-02-03 11:02 GMT (#62)
    (Utilizador Info) http://www.war-zone.net
    Anormal é o facto de terem-lhe dado atenção.


    O Chico-Esperto pensa sempre em cima do joelho, incapaz de levantar a cabeça para ver ao longe, pois tem a espinha partida e os olhos cravados no umbigo.
    Re:Eu fico parvo.. (Pontos:1)
    por Lowgitek em 13-02-03 20:51 GMT (#101)
    (Utilizador Info) http://www.youthinkwedo.com
    Eu defendo é a minha carteira
    Anti-OpenSource? (Pontos:1)
    por dmaster em 11-02-03 14:59 GMT (#33)
    (Utilizador Info)
    Se eles são só programadores para poderem ganhar pão e esta é de facto a única forma honrosa de fazer código existente no mundo então como poderam começar um projecto web nos seus tempos livres ? Será que o subsídio para continuar a fazer HTML não chegou e acabaram logo com a manutenção do site porque claro isso iria contra as suas próprias regras de "no bucks, no code" ? Enfim, mais uma brilhante demonstração de uma página limbo feita num flash de inspiração de conversa de café -- e ainda por cima estamos a falar do Brazil!
    LOL! (Pontos:2)
    por CrLf em 11-02-03 15:08 GMT (#35)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Dizem eles que já são 800... Curioso, pensava que a Microsoft tinha umas dezenas de milhar de empregados...

    -- Carlos Rodrigues
    Re:LOL! (Pontos:2)
    por Psiwar em 11-02-03 15:50 GMT (#38)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    Sim... mas apenas um punhado sabe programar. :)
    *click* *arraste* *compilar* *ok*
    Re:LOL! (Pontos:1)
    por [Cliff] em 12-02-03 13:29 GMT (#76)
    (Utilizador Info)
    Confessa, não sabes é trabalhar com aquilo não é? ;)
    O VB, para quem desconhece ou apenas conhece o Form designer, realmente parece bastante básico. Mas lá no fundo no fundo, até tem umas funcionalidades hardcore jeitosas como por ex ponteiros para funções... ahhhh desconhecias certo? :D
    PS: Isto não é uma flame, por favor não o levar como tal!
    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    Re:LOL! (Pontos:2)
    por mlopes em 12-02-03 13:32 GMT (#77)
    (Utilizador Info)
    estou sem palavras....

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:LOL! (Pontos:1)
    por tripas em 12-02-03 14:53 GMT (#83)
    (Utilizador Info)
    De facto com um bocadinho de trabalho e investigação até se conseguem fazer umas coisas engraçadas com o Visual Basic.
    Tudo bem que o modelo OOP do VB é fracote, o mecanismo de tratamento de erros pavoroso, mas mesmo assim podem ser construídas aplicações aceitáveis na dita cuja linguagem.
    Claro que estou a falar na versão 6, não sei como está o VB.NET.
    O problema do VB é que como é uma ferramenta de programação básica (daí se basear em BASIC), muitas das vezes põem pessoas com fracos conhecimentos de programação (paradigmas, raciocínio e análise, etc) a usá-la e com prazos loucos, o que origina muito da má fama do VB. Isto aliás não é novo, é uma sina do BASIC que sempre foi a "prima ranhosa" das linguagens de programação.

    Já agora Cliff, explica-me se puderes como é que posso usar apontadores para funções em VB. Isso dava-me muito jeito... Obrigado!

    Re:LOL! (Pontos:1)
    por [Cliff] em 12-02-03 15:11 GMT (#84)
    (Utilizador Info)
    No VB6 tens a função addressof() que (segundo o MSDN):
    "If you're familiar with the C programming language, function pointers may be familiar to you. If you're not, the concept merits some explanation. A function pointer is a convention that enables you to pass the address of a user-defined function as an argument to another function you've declared for use within your application."
    Na minha opinião foi uma grande novidade implementada no VB6 mas, injustamente, passou ao lado do toolbox de muitos programadores.
    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    Re:LOL! (Pontos:1)
    por tripas em 12-02-03 16:30 GMT (#86)
    (Utilizador Info)
    Obrigado pela dica. E melhor pararmos aqui o off-topic, porque afinal o que esta aqui a ser discutido não é o VB.
    Foi simpático! (Pontos:1)
    por Arrepiadd em 11-02-03 23:57 GMT (#50)
    (Utilizador Info)
    Ao menos o gajo fez um site de tal forma que se pode aceder de um browser que não seja o IE. Foi simpático!
    Re:Não se podia esperar outra coisa ... (Pontos:1, Despropositado)
    por cgd em 11-02-03 11:00 GMT (#12)
    (Utilizador Info)

    [...] ainda são piores que os ciganos, os camones ou os francius

    LOL! A isto se chama discriminação qualitativa. Até os franceses e tudo (não que eu goste deles, mas normalmente não entram nestes campeonatos).
    Já agora esclarece-me lá, quem são os "camones"?


    -- carlos

    Re:Não se podia esperar outra coisa ... (Pontos:1, Informativo)
    por zaroastra em 11-02-03 11:09 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    camones... ingleses ou americanos, penso q o termo surgiu a gozar com "come on"

    Re:Não se podia esperar outra coisa ... (Pontos:1, Despropositado)
    por BlueNote em 11-02-03 11:15 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    Penso que camones são só os americanos. A origem é exactamente essa :)
    Os ingleses têm sido apelidados consistentemente através dos tempos de "bifes" (de beefeaters).
    Re:Não se podia esperar outra coisa ... (Pontos:1, Despropositado)
    por jazzy em 11-02-03 11:11 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org
    Eu voto neste post para Post da Semana!


    Jazzy
    Re:Linux ?? (Pontos:1)
    por Arrepiadd em 11-02-03 23:55 GMT (#49)
    (Utilizador Info)
    Apenas um pequeno comentário ao que afirmas...

    Como é que pode ser que o Linux seja assim tão mau (segundo as tuas palavras "uma bosta mesmo!") e tanta gente o use, quer a nível pessoal, quer a nível de trabalho. E não se resumem a Zés Ninguéns. Tal como referiu o Anónimo no Post acima, a Pixar mudou recentemente para Linux, e muitas outras empresas que não vale a pena referir porque mesmo que o faça dirás sempre (com uma mentalidade toldada por esse amor à microsoft) que são apenas um grão de areia na imensidão do deserto.

    Como pode ser que as empresas, suponho que Suse, Red Hat, etc. estejam a perder dinheiro e ano após ano lançam novas versões melhoradas quer a nível de capacidades do sistema operativo e de interacção com o utilizador comum. Como é possível que um sistema operativo que é assim tão mau e desenvolvido por quem nem sequer gosta, nem se interessa por ele(segundo as tuas palavras), seja assim tão estável! Como é possível que um sistema operativo tão bom como o Microsoft Windows (anything) não seja capaz de aguentar o Hotmail (há uns tempos não se mantinha nas canetas, hoje já não tenho a certeza, peço desculpa se isto for uma informação errada).

    Os comentários de utilizadores de Linux não são uma demonstração de fé cega. São uma demonstração de fé iluminada (não no sentido de perfeita...). Porque dado o monopólio da Microsoft, todos os utilizadores do Linux aqui presentes já contactaram com ele a fundo, quer no passado quer no presente. E contactam também com o Linux o que lhes dá uma perspectiva de ambos os lados. Por outro lado a maioria dos utilizadores de Windows que já ouviu falar em Linux retem apenas a frase de que o Linux é muito difícil, o que cada vez se verifica menos.

    Como é possível basear a afirmação (como é feito no site de que esta thread trata) de que o Windows tem menos bugs que o Linux simplesmente porque teve menos bugs corrigidos em 2001 (2001, wake up, já é 2003, já passou 1 ano!!!). Primeiro, bugs corrigidos != bugs existentes. Segundo, uma das coisas que os Linuxers dizem (e com razão) é que o facto de o código ser aberto permite a descoberta de bugs mais facilmente e como tal, mais facilmente vêm a público e mais facilmente são corrigidos, ao contrário da Microsoft que demora meses a resolver casos de bugs.

    E sim, o Linus trabalha. Infelizmente (ou talvez não) é preciso comer para sobreviver, mesmo que seja para desenvolver SO. E no país do Linus, a comida ainda se paga!

    Correcção (Pontos:1)
    por Arrepiadd em 12-02-03 0:08 GMT (#51)
    (Utilizador Info)
    Como se pode ver aqui o Hotmail corre em Windows 2000 com Microsof-IIS/5.0, ao contrário do que disse no meu post anterior. No entanto não deixa de ser interessante ver no mesmo site mas aqui que os sites com mais uptime são todos *NIX. O primeiro Windows aparece no 28º lugar. Dá uma ideia de quão bom é o Windows comparativamente com o resto...
    Re:Correcção (Pontos:1)
    por [Cliff] em 12-02-03 0:33 GMT (#55)
    (Utilizador Info)
    Supostamente a .Net framework irá ajudar a melhorar esses malfadados uptimes... vamos lá ver se isso vai acontecer ou não! :) PS: pf, não batam no ceguinho (eu!)
    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    Re:Linux ?? (Pontos:1)
    por [Cliff] em 12-02-03 0:27 GMT (#53)
    (Utilizador Info)
    Fácil fácil, só com o KDE :D Mas estas discussões sobre SO não levam a lado nenhum... Já deviam saber disso! É como discutir linguagens de programação, todas têm os prós e os contras.
    No mercado de trabalho se usamos esta de que gostamos mais em vez da outra que nos permite fazer o trabalho em metade do tempo algo vai mal :D
    Eu até acho esta coisa do Linux engraçada, só desgosto a trabalheira desgraçada que dá sempre que quero instalar qualquer coisa... Ora vejamos... uma aplicação :D No windows é puxar a instalação e siga para bingo. No linux é puxar o driver e make.. ALTO e pára o baile. É preciso a dependência XPTO.
    Toca de ir buscar as dependencias... instalando as dependencias c/ rpm (benditos =)) e... ALTO! as dependencias têm dependencias... pensamento da ordem: "hell f*ck it! reboot nesta m*rda e tá a correr o windows... não quero passar isto tudo só para ter acesso ao gaim!"
    Às tantas já tenho de andar a instalar Gtk+ e afins, coisas de que nunca mais vou precisar.
    Esta é, a meu ver, a cruz do Linux (SuSE 8.0 para não haver enganos).
    Mas sei que isto há-de mudar felizmente :D
    Só não sei é quando! :( A vantagem do Windows (que todos vocês desgostam eu sei, e nem se dêem ao trabalho de me dizerem o q sentem, porque EU SEI! :) ) é o facto de ser user-friendly. Só isso...
    Agora, se me perguntam o que penso do software livre, aí acho uma bela palhaçada pois tenho de puxar a braza à minha sardinha como programador profissional (quem me dera ter aprendido a pescar :) ). Não gostava nada que um cliente qualquer me dissesse que preferia outra aplicação não costumizada só porque era grátis... Ai o trauma do grátis. O que é grátis nem sempre é o melhor, infelizmente.
    Mas também vos digo, muito me espantam aqueles que pagam milhares de contos por uma solução e-commerce sem quererem arriscar nalgo tipo www.oscommerce.com :)
    E com esta me despeço.
    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    Re:Linux ?? (Pontos:2)
    por Psiwar em 12-02-03 11:47 GMT (#65)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    Nunca é de mais bater no ceguinho...

    Software Livre != Software Grátis
    Re:Linux ?? (Pontos:1)
    por [Cliff] em 12-02-03 13:26 GMT (#74)
    (Utilizador Info)
    Carissimo, não preciso de ir aprender o que é software livre pois o nome diz tudo. E ainda sei português, pelo que também sei a diferença entre livre e grátis (vide comentário um pouco mais acima).
    Um dos maiores obstáculos que já detectei na "comunidade" linux é que geralmente transparece uma pose de certa arrogância e pseudo-iluminismo tipo "eu é que fui iluminado e uso o linux por isso sou melhor que tu que ainda usas o Windows, além do mais vai lá aprender isto ou aquilo". Pose típica de condescendência que infelizmente teima em manter-se.
    Mas não é com todos e felizmente ainda existem aqueles que apenas e só consideram o linux como uma alternativa e que não se chocam por alguém usar o windows.
    E melhor que isso, em vez de tomarem uma postura arrogante e condescendente têm TODO o gosto em ajudar alguém a usar o linux e não criticam comentários tipo, é pouco user-friendly. Melhor que isso, geralmente indicam um website ou um qualquer email para onde podemos enviar as sugestões.
    Quando todos tiverem esta atitude as coisas mudarão mais rápido. Até porque, volto a repetir, o windows É user-friendly quer queiram quer não, gostem ou não gostem e quanto mais sugestões seguirem para o pessoal dos KDE's e Gnome's acerca da facilidade de utilização, mais todos têm a ganhar com isso.
    Estarei certo? :)
    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    Re:Linux ?? (Pontos:2)
    por mlopes em 12-02-03 13:51 GMT (#79)
    (Utilizador Info)

    o windows É user-friendly quer queiram quer não, gostem ou não gostem e quanto mais sugestões seguirem para o pessoal dos KDE's e Gnome's acerca da facilidade de utilização, mais todos têm a ganhar com isso. Estarei certo?

    Não e sim!
    A mania de que o Windows é a coisa mais userfriendly que existe à superficie da terra não é verdade, já pude comprovar e tenho lido e ouvido situações em que pessoas que não têm conhecimentos prévios da utilização de qq GUI têm tanta ou mais facilidade em se orientar em Linux com um bom windowmanager ou no windows, tenho dois exemplos, o meu avô de 77 anos e o meu primo de 10, ambos se orientam para fazer aquilo que querem (o meu avô sabe pôr e jogar jogos de cartas, e o meu primo sabe aceder aos menus e escolher os jogos que lá estão para jogar), no entanto o meu avô não sabe pôr um jogo de cartas em windows porque... ora bem, porque ninguém lhe ensinou :D!
    Se lhe fores perguntar, provávelmente ele vai-te dizer que o Linux é mais fácil, já que ele nem faz ideia de como se abre o menu no Windows, e quando tentar, provávelmente vai tentar fazer como faz no meu linux (botão direito sobre qq sitio do desktop) e vai-se baralhar porque aquilo vai-lhe mostrar algo estranho.

    O sim é referente à parte em que dizes "quanto mais sugestões seguirem para o pessoal dos KDE's e Gnome's acerca da facilidade de utilização, mais todos têm a ganhar com isso", apesar de que nos KDE's e Gnome's a facilidade de utilização é consequência daquilo que se escolhe, e mais uma vez convêm não confundir aqui facilidade de utilização com "copiar o Windows porque é o que os básicos sabem e não lhes apetece mexer um dedo para aprender", aliás uma das grandes vantagens dos WM's que há para Linux é exactamente o nível de promenor a que podem ser configurados de modo a que fiquem completamente "fine tuned" para o utilizador que o está a usar, e que tem como consequência um aumento na perfomance do utilizador, a grande desvantagem é que um utilizador vai para o computador do colega do lado e não faz a minima ideia de como é que faz alguma coisa (acontece-me aqui e tem acontecido pelos vários sitios onde passei onde havia utilizadores de linux com dektops completamente adaptados ao seu gosto).

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:Linux ?? (Pontos:1)
    por [Cliff] em 12-02-03 14:33 GMT (#81)
    (Utilizador Info)
    Concordo com muito do que dizes só que lá está, eu uso muito o Windows a nível profissional, e o que é user-friendly para mim pode não o ser para outra pessoa :D Por exemplo, gosto muito do management console para poder fazer as minhas "coisinhas" no IIS de desenvolvimento agora já não gosto muito da maneira como tenho de configurar o Apache e o Jakarta (ficheiros de texto, desconheço qualquer outra forma).
    Para terminar a conversa do user-friendly :) uma história curiosa: sabes porque é que os botões de UI têm a parte de cima e do lado esquerdo mais claros que a parte de baixo e o lado direito (vulgo sombreado dos botões)? Porque os senhores de redmond gastaram umas pipas de massa a investigar qual seria a luminosidade mais user-friendly lol eu acho isto uma autêntica palhaçada porque bem que podiam gastar a mesma pipa de massa noutras coisas mas pronto, eles lá sabem :)
    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    Re:Linux ?? (Pontos:1)
    por [Cliff] em 14-02-03 0:36 GMT (#103)
    (Utilizador Info)
    Pois, mas do que eu gosto mesmo é das janelinhas :) Não sei porquê, consigo ser menos error-prone.
    Podes indicar-me os links para as tais aplicações gráficas para eu poder fazer o download??
    Davam-me um jeitão tremendo! =)
    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    Re:Linux ?? (Pontos:2)
    por mlopes em 14-02-03 12:27 GMT (#105)
    (Utilizador Info)

    Não sei porquê, consigo ser menos error-prone.

    Ou assim te parece....

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:Linux ?? (Pontos:2)
    por mlopes em 12-02-03 12:21 GMT (#70)
    (Utilizador Info)
    Pela ininteligíbilidade do comentário presumo que o autor seja o mesmo dos textos do site, por isso vou fazer um comentário.

    Relativamente à argumentação anti-linux (ou anti-software livre, ainda não percebi bem contra qual deles és ou se pelo menos sabes o que isso é) não tenho nada a dizer pois a tua argumentação de tão fraca derruba-se a ela mesma, talvez se perdesses uns minutos a procurar informação sobre as coisas que dizes conseguisses perceber o ridículo que te estás a fazer passar.

    Relativamente aos comentários sobre os erros de português penso que são aqui bastante pertinentes já que, apesar de toda a gente dar alguns erros de vez em quando (provávelmente haverá alguns neste comentário) , no site existem erros de ortografia, semântica, construção frásica, etc... que fazem com que a menssagem que deveria ser passada nos textos fique completamente impercéptivel, como acontece no exemplo que dei acima sobre a secção "liberdades" do site, em que sinceramente não consigo perceber o que está escrito naquele texto, o mesmo acontece com algumas partes deste comentário(o facto do comentários não estar formatado não ajuda nada, se não sabes o básico de HTML escolhe na select box em baixo a opção "texto simples").

    Para acabar gostava só de te informar que sou programador e que há 5 anos que desenvolvo sobre e para software livre, e ganho dinheiro com isso (go figure), se calhar não devias ser contra o software livre, mas contra a ignorância e a perguiça que fazem com que 800(???) pessoas tenham medo de aprender algo novo, mesmo que esse algo seja melhor.

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:Linux ?? (Pontos:2)
    por mlopes em 12-02-03 13:54 GMT (#80)
    (Utilizador Info)
    Argumento esse que pode ser usado contra ele mesmo, ou será que ele se está a esquecer a idade que tinha o Bill Gates quando fundou a Microsoft?

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]