gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Telemóveis no Metro de Lisboa só em 2004
Contribuído por joao em 02-02-03 23:42
do departamento monopolio-subterrâneo
wireless Filipe escreve "Segundo este artigo do Público, a possibilidade de os passageiros poderem usar telefones móveis enquanto viajam foi aventada há já um ano pela administração do Metropolitano de Lisboa. Mas de acordo com o presidente da empresa, têm surgido "problemas formais na constituição da sociedade que há-de explorar a rede" de antenas subterrâneas. Os equipamentos a instalar serão capazes de garantir o funcionamento de todos os aparelhos, possibilitando condições para a operação das tecnologias GSM e UMTS. Depois de concluída, a rede poderá ser negociada com os operadores nacionais que para oferecer aos seus clientes o serviço, terão de pagar uma renda mensal à empresa gestora da rede subterrânea. "

Cyclone: o C com segurança | Novidades no DivX  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Filipe
  • este artigo
  • Mais acerca wireless
  • Também por joao
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    LOL (Pontos:2, Engraçado)
    por Dante em 02-02-03 23:53 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    E aqui no porto???? lá para 2010, não? ;-)
    Re:LOL (Pontos:0, Engraçado)
    por Anonimo Cobarde em 03-02-03 8:10 GMT (#13)
    Metro no Porto?
    Pela televisão aquilo parecia mais um electrico ;)
    Re:LOL (Pontos:1)
    por Shadlan em 03-02-03 12:22 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://alunos.uportu.pt/~al18420/
    É um sistema misto. A diferença entre metro e eléctrico é que o metro tem uma linha 100% independente que nunca se cruza com nada. Se reparares, nas zonas dentro da cidade do Porto a linha é indepentente, com passagens de nível e tudo, mas nas zonas de Matosinhos já não é, tem apenas semáforos a travar o trânsito.
    Re:LOL (Pontos:2)
    por MacLeod em 03-02-03 19:54 GMT (#28)
    (Utilizador Info)
    Parece que há uma estação (casa da Música) em que eles construiram por baixo de terra, para poderem dizer que tinham metro ;-)
    Re:LOL (Pontos:1)
    por MrVi em 04-02-03 21:52 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://nuno.eth.pt/

    Hello?!!? :-)

    Em lisboa ha necessidade pq la em baixo nao ha rede. No porto, só poderá haver necessidade em algumas zonas cobertas que são poucas, pq a maioria é na superficie..

    ---------
    Nuno Loureiro
    NUNCA seria melhor (Pontos:2, Engraçado)
    por foo em 03-02-03 0:24 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    a coisa mais irritante que deve existir é estar enfiado numa carruagem do metro e estarem 6/7 pessoas a falarem ao mesmo tempo no telemóvel ou então 10 bip-bip ao mesmo tempo, deve ser de uma pessoa dar em doido.
    ainda para mais a maioria das pessoas tem o hábito de falar aos berros ao telemóvel o que piora ainda a situação.
    Re:NUNCA seria melhor (Pontos:1)
    por RedBot em 03-02-03 0:56 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.ebserver.org
    Ptt nunca utilizaste outros transportes publicos como comboio ou autocarro, onde isso ja acontece todos os dias? pra mim o pior sao os novos telemoveis "polifonicos", e telemoveis "gameboy" (as duas coisas juntas uiii!!)

    http://www.ebserver.org
    Há 10 tipos de pessoas no mundo, as que entendem binário, e as que nao entendem. [stolen
    Re:NUNCA seria melhor (Pontos:1)
    por foo em 03-02-03 1:05 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    a última vez que andei de autocarro os telemóveis ainda não eram moda, normalmente ando sempre de metro.
    ando de camioneta umas 2x por ano e passo-me quando já tão 2 ou 3 pessoas aos berros a falar para dentro do telemóvel :)
    há um rapaz onde trabalho que tem um desses: horrível :)
    Re:NUNCA seria melhor (Pontos:1)
    por foo em 03-02-03 3:05 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    passo a explicar o meu ponto de vista:

    autocarro: serviço de transporte interno da cidade, por exemplo os autocarros da carris :)
    camioneta: liga 2 cidades, como por exemplo de lisboa ao porto

    apanho a camioneta quando vou de férias

    Re:NUNCA seria melhor (Pontos:3, Engraçado)
    por joao em 03-02-03 3:06 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Autocarros são as camionetas que andam na cidade. Camionetas são os autocarros de longa distância.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    Re:NUNCA seria melhor (Pontos:2)
    por MacLeod em 03-02-03 1:08 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    O que irrita mesmo é quando há atrasados mentais no comboio ou no autocarro que se põem a experimentar toques. Lembro-me de uma vez um anormal que deu duas voltas aos toques todos.
    Re:NUNCA seria melhor (Pontos:2)
    por André Simões em 03-02-03 2:16 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://hesperion.catus.net
    Os toques polifónicos são a maior praga do momento, não há pachorra. Polifónica para mim só mesmo a música (renascimento).
    --- Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    Re:NUNCA seria melhor (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 03-02-03 9:23 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://www.dehumanizer.com
    It WILL get worse...

    Em breve vai estar na moda gravar os nossos próprios sons e usá-los como toques.

    Até dói imaginar o que poderão fazer com isso..


    "It is every citizen's final duty to go into the tanks and become one with all the people."
    - Chairman Sheng-ji Yang, "Ethics for Tomorrow"
    Re:NUNCA seria melhor (Pontos:2)
    por grumpy bulgarian em 03-02-03 11:38 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://10.10.11.2
    olha, o cagão do meu chefe está a ligar-me ....


    Grumpy B)

    Re:NUNCA seria melhor (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 03-02-03 18:22 GMT (#27)
    (Utilizador Info) http://www.dehumanizer.com
    Por exemplo. :)

    Ou sons "nojentos", tipo gravados numa casa de banho.

    Ou gritos.

    Ou pedaços de músicas (e conhecendo o bom gosto musical do povo português jovem... aaaaaaaaargh!!!)

    Ou o som de uma broca de dentista.

    Ou...


    "It is every citizen's final duty to go into the tanks and become one with all the people."
    - Chairman Sheng-ji Yang, "Ethics for Tomorrow"
    As operadoras estão a tentar... (Pontos:3, Informativo)
    por bracaman em 03-02-03 1:20 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Segundo esta notícia do Expresso, as operadoras têm recebido sinal negativo por parte da administração do Metro:

    "A curto prazo, a Optimus vai ainda possibilitar aos seus clientes a utilização de telemóveis nas estações do Metropolitano de Lisboa. «A cobertura dos túneis é mais complicada» e, além disso, a empresa ainda não está autorizada pelo Metro a estudar a solução mais adequada e a instalar antenas."

    Além da Optimus, pode-se ler no artigo que o mesmo acontece com a Telecel.

    Estão agora a dizer: "Oh meu, já não se chama Telecel, agora é Vodafone.". Pois é, mas se repararem a notícia data de 26/9/1998 (!!)

    É mesmo Portugal... Já passaram quase 5 anos e na altura disse-se "a curto prazo..." :-)

    Cumprimentos


    Re:As operadoras estão a tentar... (Pontos:2)
    por CrLf em 03-02-03 2:02 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Isso porque na altura a ideia era das operadoras. A ideia que se quer implementar agora é ser o próprio Metro a gerir a rede subterrânea, o que faz mais sentido uma vez que é uma extensão da actual rede celular do Metro. E como este não é dependente do estado e não é propriamente uma operadora de telecomunicações as questões burocráticas fazem arrastar o processo...

    -- Carlos Rodrigues
    Ainda bem que ... (Pontos:3, Interessante)
    por vd em 03-02-03 11:20 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Ainda bem que não ando de metro e ainda bem que não ando em qualquer transporte público.

    O Metro, por ser subterrâneo, possui caracteristicas próprias que afectam qualquer individuo, sejam elas do foro psiquico ou social.
    Por estarem tantas pessoas num espaço pequeno, debaixo de terra e com a pressão do meio envolvente, estou convencido que ao se estar a adicionar mais uma condicionante, seja levar com os toques monstrofónicos, bipes bipes, ou qualquer espécie amórfica, está-se a criar um ambiente não tão propicio para gente sã.

    Para além do facto da pessoa do lado ouvir a nossa conversa, que resulta numa falta de privacidade, o simples facto de o telemovel tocar poderá incomodar essa mesma pessoa. Aliás, não consigo imaginar na abertura das portas, em hora de ponta, ali no Marquês do Pombal as pessoas atenderem o telemovel.

    Se me disserem que apenas as paragens vão ter rede, então poderei concordar, agora entre paragens (percurso de minutos) não se justifica.

    vd
    Re:Ainda bem que ... (Pontos:1)
    por Presley em 03-02-03 12:49 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://fm.magicx.net
    Acho bem que haja telemovel em todo o lado. E toques polimórficos, bip's exclusivos e telefones que vibram e tocam ao mesmo tempo (alguém ainda me há-de explicar porque razão o telefone vibra e toca).

    Agora, se afecta o foro psiquico e social haver telefone no metro?

    Um gajo anda 14 horas do dia agarrado a telemoveis, a ver telemoveis, a ouvir telemoveis, e acho que anda muito mais gente afectada por entrar no metro e não ter telemovel. Ficam logo todo stressados a pensar que pode estar o amigo, esposa, colega de trabalho ou amante a telefonarem com a noticia mais bombastica dos ultimos meses.

    Recomendo as saidas dos metropolitanos. A primeira coisa que as pessoas fazem mal chegam a um ponto com rede, é ver o telemovel, e muitas nem esperam pelo bip de mensagem de voz, vão logo ver se têm alguma.

    Por tudo isto, telemoveis no metro sim. Quem, como eu, não aguentar ouvir o mesmo toque politrónico duas vezes, diga uma piadinha bem mandada que a segunda vez que o telefone do transeunte tocar, já só vibra...
    Re:Ainda bem que ... (Pontos:2)
    por MacLeod em 03-02-03 20:02 GMT (#29)
    (Utilizador Info)
    alguém ainda me há-de explicar porque razão o telefone vibra e toca

    É simples. Eu tenho o telemóvel a vibrar e a tocar. Isto porque quando estou num ambiente barulhento nem sempre o consigo ouvir, mas consigo senti-lo no bolso ou na mala. Quando está menos barulho ou quando me estou a deslocar (não sei se já reparaste, mas ter o telemóvel no bolso quando vais a andar muitas vezes não permite sentir a vibração).

    Um gajo anda 14 horas do dia agarrado a telemoveis, a ver telemoveis, a ouvir telemoveis, e acho que anda muito mais gente afectada por entrar no metro e não ter telemovel. Ficam logo todo stressados a pensar que pode estar o amigo, esposa, colega de trabalho ou amante a telefonarem com a noticia mais bombastica dos ultimos meses.

    Exacto...

    Re:Ainda bem que ... (Pontos:1, Lança-chamas)
    por joaorf em 03-02-03 13:04 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Ainda bem que não ando de metro e ainda bem que não ando em qualquer transporte público.
    Ainda mal, diria eu. Preferes usar o teu pópózinho e poluir o ambiente (poluição atmosférica e sonora), assim como entupir as ruas das cidades, dar uma ajudinha para aumentar a dependência energética de Portugal, alimentar ditaduras medievais com as da Arábia Saudita, agravar o efeito de estufa, e propiciar os derrames de petróleo (Prestige, rings the bell?).

    Muitos portugueses ainda não abandonaram essa aspiração terceiro-mundista de possuirem um carro seu, outro para a mulher e outro para o filho. Cada carro com um passageiro, que lindo. Que eficiência energética! Que racionalização de recursos!

    Na Holanda e Dinamarca chove e faz um frio de rachar no Inverno, mas vejam quantas pessoas andam de bicleta. São países planos, é certo, mas Portugal podia ter o mesmo relevo, que a prioridade seria sempre dada aos automóveis.

    Re:Ainda bem que ... (Pontos:2)
    por vd em 03-02-03 13:13 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Sei que não tenho de me justificar perante quem quer que seja, mas não faças juizo de valores a pessoas que não conheçes.

    referes usar o teu pópózinho e poluir o ambiente

    Não possuo alternativas, sejam caras ou baratas, para me deslocar ao emprego.

    Muitos portugueses ainda não abandonaram essa aspiração terceiro-mundista de possuirem um carro seu, outro para a mulher e outro para o filho. Cada carro com um passageiro, que lindo. Que eficiência energética! Que racionalização de recursos!

    O meu carro é de 2+2 (não 4) e vai sempre com 2 pessoas. Antes deste tive um de 2 lugares, também sempre ocupado.

    vd
    Re:Ainda bem que ... (Pontos:2, Engraçado)
    por Maeglin em 03-02-03 14:33 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    Ok... ganhaste .. a que horas é que passas pela minha casa amanhâ para me levares ao trabalho ?


    «Nunca discutas com um idiota. Ele colocará a conversa ao seu nível e bater-te-á pela maior experiência» Mark Twain
    Re:Ainda bem que ... (Pontos:2)
    por mlopes em 04-02-03 12:08 GMT (#31)
    (Utilizador Info)

    Muitos portugueses ainda não abandonaram essa aspiração terceiro-mundista de possuirem um carro seu, outro para a mulher e outro para o filho.

    Tu andas mesmo de transportes públicos? Primeiro, o metro não é alternativa para ninguém, depois das alterações que tiveram o ano passado, se não sabes fica já informado que com este sistema de saidas e entradas nas estações a DECO diz que se houver um problema no metro, um incêndio por exemplo, este transforma-se numa catátrofe, a própria proteção cívil afirmou que não foram chamados para verificar as condições de segurança do metro, daqui pode-se concluir, que temos duas escolhas, correr o risco de morrer no metro por falta de condições para resolver uma situação de acidente e alimentar um regime onde se pode construir transportes em massa que são um risco para a população e ninguém faz nada para impedir, ou correr o risco de morrer daqui a uns anos por causa da poluição atmosférica e alimentar um regime medieval!!!
    Decisões, Decisões!

    Quanto aos autocarros, neste momento mesmo que fosse de autocarro para o trabalho já não ia para o Marquês, mas aqui há uns anos quando ia para o Marquês de autocarro, cheguei a ficar 2 horas à espera do autocarro na paragem debaixo de chuva (o pior é que ao fim de meia hora a paragem já não chega para toda a gente e a opção é mesmo ficar à chuva), isto para mim não é opção.
    Para agravar junta-se o facto de para vir para o meu local de trabalho tenho que apanhar 2 transportes que não estão cordenados o que faz com que demore cerca de 1 hora para chegar ao trabalho (se tudo correr bem e não houver atrasos, right!!!!) de carro demoro menos de 15 minutos a andar devagar.
    Da ultima vez que o carro foi à revisão vim de transportes, e ainda estava à espera do primeiro transporte à hora que costumo chegar a casa, amanhã o carro vai resolver um problema no fecho centralizado e adivinha.... pois é, venho de taxi porque não estou para perder duas horas num dia só em transportes, e porque tenho horas para fazer as coisas.

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:Ainda bem que ... (Pontos:2)
    por MavicX em 03-02-03 14:11 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://www.startux.org
    "O Metro, por ser subterrâneo, possui caracteristicas próprias que afectam qualquer individuo, sejam elas do foro psiquico ou social...criar um ambiente não tão propicio para gente sã"

    Principalmente se andares de metro á noite ( depois das 22 horas) sentes uma beca isso.

    "Se me disserem que apenas as paragens vão ter rede, então poderei concordar, agora entre paragens (percurso de minutos) não se justifica."

    Espero que não seja assim. Mas mesmo se fôr assim já é benéfico. Porque se demora sempre algum tempo nas estações á espera do metro e especialmente a fazer transbordos entre as linhas.

    Pedro Esteves

    Pessoalmente... (Pontos:2)
    por Endymion em 03-02-03 16:53 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Eu gosto bastante de metro. E de tudo o que ande sobre carris. Normalmente chega-se rapidamente a qualquer lugar, sem problemas. Não sendo de Lisboa, desde cedo usei as estações do metro e as diversas linhas de comboios como pontos de referência. Ser-se subterraneo é uma vantagem, no sentido em que não retira espaço à cidade. E se achas que o metro afecta o individuo por ser subterraneo, deverias experimentar as longas esperas em paragens de autocarros e congestionamentos na margem sul para qualquer trausente publico, especialmente na epoca pre-comboio, ou mesmo antes de existirem os barcos da fertagus. Oh, claro que ter transporte proprio tem inumeras vantagens. Mas tambem tem desvantagens. Para alem dos encargos que comporta, quem dirige tem de à priori, estar em condições de dirigir. O que quer dizer que não são recomendados para quem está a cair de sono, ou com alguma qtidade de alcool a mais. Ou em situações onde o stress torna as pessoas altamente incautas. Tambem não tens de aturar arrumadores de carros e a probalidade de te fanarem peças é maior e provavelmente mais dispendiosa do que seres assaltado em pleno metro. Por isso sim, gosto imenso de metropolitano. Posso dormitar mais tranquilamente que num autocarro, n aturo esperas interminaveis, nem aquele autocarro que nunca chega a vir pq o condutor se baldou, ou morreu de ataque de coração algures no percurso. Qto melhor for a infraestrutura de transportes publicos, tanto em conforto qto em alcance, maior o beneficio para toda a gente a meu ver.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]