gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Fim do zmail.pt gratuito
Contribuído por AsHeS em 07-01-03 22:59
do departamento das borlas
News Red escreve " Em mail enviado aos utilizadores do zmail, a administração diz que o fim do serviço gratuito está em vias de extinção. O elevado número de utilizadores (45.000, dizem) foi demais para o que se tinham proposto inicialmente. Os constantes upgrades de espaço e de largura de banda e o não apoio de cerca de 6.000 empresas contactadas (dizem) ditaram o fim deste serviço único em Portugal (com 100 MB de espaço e acesso pop3). Resta agora aos utilizadores que quiserem continuar, pagar 1€ por mês para manter a sua caixa de correio (agora com 150 MB). Boas intenções ou golpe de marketing? De qualquer maneira é pena. A ser verdade, o facto de apenas uma empresa das contactadas se dispor a pagar publicidade vem demostrar que a net em Portugal ainda tem muito que andar. Bye, Red "

Optimização da ligação broadband em Windows XP | Beowulf  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Mais acerca News
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    hmmmm... (Pontos:3, Interessante)
    por Psiwar em 07-01-03 23:50 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    Sigh... este tipo de história não me é estranha... :(
    Só não percebo é como deixaram chegar tão longe sem render euros. É que 45 mil utilizadores a 100 MB = 4,5 Tera em disco e sabe-se lá quanto de largura de banda por mês.

    De resto... serviço de email? 1 Euro por mês tendo em conta a concorrência que tem? Boa sorte... bem vão precisar.
    Re:hmmmm... (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 08-01-03 8:05 GMT (#17)
    É que 45 mil utilizadores a 100 MB = 4,5 Tera

    Não julgues que têm *mesmo* 100MB por utilizador. Certamente que a maioria dos utilizadores não utiliza sequer uma pequena parte desses 100MB. Alias, o serviço esteve activo durante tão pouco tempo que nem deu para receber 100MB de mail :->


    been there... (Pontos:3, Interessante)
    por SUp3rFM em 08-01-03 0:03 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://dont-go-to.phalanx-ut.com
    O zmail parece uma das tantas empresas dot com que o Fuckedcompany.com noticia, à excepção que o zmail não teve as tais "million dollar launch parties!".

    Era óbvio que tinha de avançar para um modelo a pagantes. O preço é, no entanto, porreiro. É barato. Mas mesmo que haja alguns que adiram... será que chega para suportar todos os custos? Boa sorte. :-)

    A minha anterior assinatura era ainda pior que esta.

    *aham* (Pontos:2)
    por [WaR] em 08-01-03 0:12 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://war.genhex.org/
    Ora vejamos...
    Um serviço de mail gratuito, sem limites, que usa como plataforma o MDaemon ($$), a correr sobre Windows (+$$), a correr sobre VMware GSX (+$$).

    Alguém se esqueceu de fazer um business plan não ?

    PS: se percebi bem pelo site, eles começaram em Outubro... em 2 meses atingiram 45000 users ? I doubt that.

    -- [WaR]
    "If you can't hack it, hit it with a hammer"
    Re:*aham* (Pontos:4, Informativo)
    por sena em 08-01-03 0:40 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://sena.smux.net/

    [...]que usa como plataforma o MDaemon ($$), a correr sobre Windows (+$$), a correr sobre VMware GSX (+$$)[...]

    Também é preciso ver que a ZSystems (a empresa por trás do Zmail.pt) é representante da VMWare e representante exclusiva em Portugal da ALT-N (a empresa que faz o MDaemon).

    Talvez não lhes saia assim tão caro...


    --
    sena@smux.net
    http://sena.smux.net/
    uh? (Pontos:1)
    por edsonmedina em 08-01-03 0:51 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    e quem paga a largura de banda?

    e os salários?

    e o hardware?

    e a renda?

    sabes que os custos de um negócio destes não estão só no software, não sabes?

    era tão bom que a vida fosse assim tão simples ...
    Re:uh? (Pontos:2)
    por pls em 08-01-03 1:36 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    e quem paga a largura de banda?
    e os salários?
    e o hardware?
    e a renda?
    sabes que os custos de um negócio destes não estão só no software, não sabes?
    era tão bom que a vida fosse assim tão simples ...


    ... e a agua, luz, telefones, etc, etc, etc...

    "Deviam" ser os banners ou coisa parecida... yeah, right... vamos ser todos ricos em semana e meia... ganhe 1500 euros sem sair de casa... venda detergentes da amway e impinja a ideia a 40 amigos para ver os seus galhos escalar para além dos seus sonhos mais ousados... enfim...

    PLS
    Re:*aham* (Pontos:2)
    por [WaR] em 08-01-03 0:53 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://war.genhex.org/
    Talvez... mas do(s) windows não se safam.

    Independentemente disso, péssimas opções para um serviço à borliu :)

    -- [WaR]
    "If you can't hack it, hit it with a hammer"
    Re:*aham* (Pontos:2)
    por pls em 08-01-03 1:39 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    Talvez... mas do(s) windows não se safam.

    Independentemente disso, péssimas opções para um serviço à borliu :)


    Naaaa... essas coisas maravilhosas da microsoft nem precisam de administração e know how, é só clicar que aquilo é tudo muito bom, escala bem, tem grande performance e apoios magnificos. Até há montes de microsoft certified somethings por aí no desemprego.

    PLS
    Re:*aham* (Pontos:2)
    por vd em 08-01-03 10:25 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Até há montes de microsoft certified somethings por aí no desemprego.

    Nunca foi uma coisa que me agradou esses cursos MSC* ...
    Já tive oportunidade de poder tirar uns quantos mas nunca quis.
    Recentemente um amigo meu que tem dois ou três cursos "desses" está desempregado e dedica-se à fotografia.

    Resultado: Meses perdidos, dinheiro perdido, em nada.

    vd
    Re:*aham* (Pontos:2)
    por Montanelas em 09-01-03 11:24 GMT (#46)
    (Utilizador Info) http://www.war-zone.net
    O MCSE sózinho já não vale quase a ponta de um corno. Serve é de trampolim para outras certificações.
    O Chico-Esperto pensa sempre em cima do joelho, incapaz de levantar a cabeça para ver ao longe, pois tem a espinha partida e os olhos cravados no umbigo.
    Re:*aham* (Pontos:1)
    por jamaica em 08-01-03 1:20 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://ainda.nao.tenho
    e percebi bem pelo site, eles começaram em Outubro... em 2 meses atingiram 45000 users ? I doubt that

    andas desfasado da realidade.. simples, tao simples quanto isto: se cada maluquinho se lembra de criar 5 contas de e-mail então anda à volta de .. hum.. lol façam as contas. só eu, por exemplo, criei prái umas 8..
    ---------------------
    The worst moment for the atheist is when he is really thankful and has nobody to thank. Dante Rossetti

    Re:*aham* (Pontos:2)
    por [WaR] em 08-01-03 1:52 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://war.genhex.org/
    Exacto. Portanto serão (com muito boa vontade...) 48000 contas de mail, e nao 48000 utilizadores.

    -- [WaR]
    "If you can't hack it, hit it with a hammer"
    O E-Mail em causa.... (Pontos:1, Informativo)
    por Anonimo Cobarde em 08-01-03 0:41 GMT (#5)
    Caro ZMailiano(a):

    A ZMail, começou a ser desenvolvida em fins de Julho de
    2002, e abriu para testes em fins de Agosto de 2002. No início
    de Setembro, abrimos os testes a todos os que desejassem
    inscrever-se. Nessa altura, o crescimento da ZMail, foi
    calculado que iria atingir cerca de 10,000 utilizadores num
    espaço de um (1) ano, e cerca de 25,000 em dois (2) anos, e como
    tal, a empresa mãe ( ZSystems ) preparou uma estratégia de
    marketing baseado nesse espaço de tempo.
    No entanto, atingimos 48,000 utilizadores em apenas 4 meses,
    actualmente a uma média de 1,700 novos utilizadores por dia.
    Para nós, foi o limiar de qualquer sonho possível. Com tal
    crescimento alucinante, quase balístico, a ZMail necessita de
    quase constantes aumentos de tudo. Largura de banda, discos,
    servidores, software, mão-de-obra, etc. Como tal, as despesas
    resultantes tem-se avolumado de forma (quase) assustadora. A
    ZSystems, tem feito sérios esforços para rentabilizar a ZMail,
    tem vindo a contactar perto de 6,000 empresas de todos os ramos
    de actividade para fazerem publicidade na ZMail, visto a ZMail
    estar com 5,500,000 pageviews e uma média actual de 200,000
    pageviews diariamente, sendo assim a ZMail uma "apetecível" e-
    montra de publicidade. No entanto, dessas 6,000 empresas, as
    respostas foram nulas ( respondeu apenas uma (1) empresa! )
    mesmo com preços de publicidade verdadeiramente arrasadores como
    foram propostos, muito devido à situação financeira que o país
    atravessa, mas também da mentalida
    de ainda muito fechada para com a Internet.
    Como tal, e visto a ZMail necessitar de mais um degrau em
    upgrades, degrau este que custa "meramente" 45,000? e a ZSystems
    não ter este valor para despender na ZMail, entrámos num beco
    sem saída. Vimo-nos assim obrigados a tomar uma duríssima
    decisão. Fechar a ZMail.
    Não existem condições de mercado para sustentar a ZMail e a
    ZSystems está praticamente no fim de todos os seus recursos
    financeiros para continuar a sustentar este projecto. Sem
    retornos, sem investidores, sem clientes, a ZMail é um projecto
    com fim à vista. Mas como este projecto tem sido extremamente
    bem sucedido, temos tido muitíssimo feedback positivo por meio
    dos nossos ZMailianos, como muitos se expressaram de forma muito
    positiva sobre a ZMail, decidimos engolir em seco, olhando
    atentamente para os nossos objectivos que eram de nunca cobrar
    aos utilizadores o sustento da ZMail, vimo-nos obrigados desta
    forma cobrar pelas caixas de correio. Isto vai contra o nosso
    modo de pensar e de estar, vai contra a filosofia da própria
    ZMail, vai contra tudo aquilo em que acreditamos e contra todos
    os nossos objectivos. Mas não temos escolha. Ou cobramos as
    caixas ou fechamos a ZMail. Actualmente, não temos alternativa.

    Sendo assim, a administração da ZSystems optou pelo seguinte:

    - O valor a cobrar por cada uma das caixas, será de 1? ( com
    Iva ) por mês, o que significa que iremos receber apenas 0,40?
    por caixa, pois o restante é para o estado em forma de IVA
    (19%), impostos (34% ao fim do ano), e taxas de comissão da
    Unicre pela utilização do serviço Multibanco ( que variam entre
    os 5% e os 7% ).

    - O valor de cada caixa, tem que ser pago anualmente, ou seja,
    em Janeiro de cada ano, é pago todo o ano em questão. Como este
    ano iniciamos a cobrar apenas em Fevereiro, deverá ser pago o
    valor de 11? ( com IVA ) que abrange todo o ano de 2003.

    - Quem não desejar ingressar no sistema de pagamento, deverá
    remover da sua caixa todos os emails que considere importantes,
    pois em 1 de Fevereiro, todos os que não manifestarem a vontade
    de continuar com as suas contas na ZMail, as contas serão
    bloqueadas. Bloqueadas no sentido, que a caixa deixa de poder
    receber emails de fora da ZMail e de poder enviar emails para
    fora da ZMail, mas ainda pode aceder à caixa por Web, IMAP4 ou
    POP3. Somente no fim de Fevereiro, é que as caixas daqueles que
    não estejam interessados é que serão definitivamente apagadas.

    - Quem desejar continuar na ZMail, deverá entrar em contacto
    connosco através do email pagamentos.zmail@zsystems.pt o mais
    rapidamente possível para receber mais informações como poderá
    fazer o pagamento e receber a sua factura.

    - Como contrapartida, as caixas passaram dos actuais 100Mb
    actuais para uns mais expressivos 150Mb.

    Pensamos que este seja um valor justo, e apesar de 60% do valor
    cobrado desaparecer "pelo caminho", o que recebemos será
    suficiente para manter a ZMail viva, e para garantir a sua
    continuidade.

    Esta decisão entra em vigor, a partir de 1 de Fevereiro de 2003.

    A administração
    Re:O E-Mail em causa.... (Pontos:2)
    por jazzy em 08-01-03 10:07 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org
    Se vos custa assim tanto acabar com o serviço, ou torná-lo pago, e não têm dinheiro para o upgrade, têm uma alternativa: não aceitem novos utilizadores, em nome da qualidade de serviço.


    Jazzy
    hihihi (Pontos:1)
    por edsonmedina em 08-01-03 0:53 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    a administração diz que o fim do serviço gratuito está em vias de extinção

    É estranho ainda ninguem ter comentado esta lindíssima frase. :)
    Re:hihihi (Pontos:2)
    por pls em 08-01-03 1:30 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    a administração diz que o fim do serviço gratuito está em vias de extinção
    É estranho ainda ninguem ter comentado esta lindíssima frase. :)


    Este tipo de mensagens (destas administrações) lembram-me a imagem do maulquinho que dava marteladas nos dedos dos pés para sentir o alivio dos intervalos... :-))))

    PLS
    Re:hihihi (Pontos:1)
    por Red em 08-01-03 1:37 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Ehehhe, got me
    Bye, Red
    Re:hihihi (Pontos:2)
    por vd em 08-01-03 10:06 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Nunca concordei com serviços gratuitos (nem tão pouco com o serviço militar obrigatório.. mas isso é outra história).

    O que aconteceu, foi que as espectativas de publicidade para o site (leia-se remuneração por um serviço) fracassou.

    Isto acontece em qualquer caso "gratuito" por ai existente. Alias, não consigo imaginar uma pessoa oferecer algo gratuito sem ter alguma coisa em retorno com isso.

    vd
    Fixe... another one bites the dust... (Pontos:5, Interessante)
    por pls em 08-01-03 1:25 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    Como já dei a minha opinião sobre estas aventuras de serviços gratuitos, a proposito do terravista, num post anterior do gildot não vou repetir o paleio.

    É importante que o mercado siga o seu curso. Para que apareçam (mais) serviços (pagos) decentes e convenientemente administrados é fundamental que acabem com a ilusão do é "gratuíto". Francamente acho que a conversão do "gratuíto" em "serviço pago" é sempre complicada. Os utilizadores sentem-se com direitos adquiridos (que são obviamente uma ilusão), de alguma forma traidos pela alteração (que não estão a ser; ninguém lhes prometeu nada de borla para sempre) e, a assinar/comprar alguma coisa, tendem a preferir ir a outro lado.

    O que me chateia mais é que os principais promotores destes disparates são alguns ISP's, que ainda por cima chamam "gratuito" (ou "custa nix", ou outra porra de slogan idiota qualquer) a chamadas de valor acrescentado. A ideia de acrescentar aos "serviços basicos de conectividade" coisas como o "mail", "news", "espaço web", "assistência a clientes ilimitada" (que não deve ser bem como os anuncios do clix - a julgar pela minha experiência na esoterica), etc, tudo "pseudo-gratuíto é absolutamente estupida. estraga o mercado todo de que os próprios ISP podiam em primeira instância beneficiar, e pior que isso são pagos por pessoas que se estão marimbando para esses serviços. É como ir ao supermercado comprar cerveja, ter de pagar mais para voltar para casa com uma data de bebidas de sumo concentradas "de borla". Isso não existe.

    Como é que aparecem estes serviços "se borla" fora dos ISP's é para mim um mistério. Nos ISP's ainda há o valor acrescentado das chamadas ou da venda de conectividade (adsl/cabo) para suportar estas trampas... nestas outras empresas a minha mente explode a tentar descobrir no que raio acreditaram para gastarem dinheiro a prestar serviços à borla. A tanga da publicidade? Vender "banners" e "click-thrus"? Era essa a cenoura que perseguiam?

    Acredito na Internet. Acredito em negócios na Internet. Mas... ou se compra algo, ou se vende algo (bem ou serviço), ou se é um intermediário necessário no negocio. Sem se estar numa destas posições é preciso ter uma imaginação do catano para se pagar as contas. Juro que não entendo os modelos de negócio de aventuras "gratuítas" (i.e. não sem um mercado indirecto óbvio que funcione).

    Eu, na Mr Net vendo serviços. Sou um dos vendedores de picaretas de uma comunidade onde a corrida ao oiro já foi mais popular. Já vi de tudo; velhotas que queriam gastar a reforma em sites para venderem bordados (não, não as aceitei como clientes), tias de cascais a qyererem fazer sites de receitas (idem), sujeitos a quererem fazer "estas pessegadas" gratuítas (mais uns recusados como clientes)...

    Acredito em sites que prestam serviços de borla, como "hobbies", por oposição a "negócios") de quem produz a informação. Já fiz uma serie deles e continuo a suportar (parcialmente ou na totalidade) os ditos cujos como hobbies que são (i.e. tipo mecenato; alguém entra com conteúdos e eu entro com tecnologia, hosting, etc), e encarados como tal. Exemplos: startux (que muitos utilizadores do gildot conhecem bem), cinema 2000 (um site fabuloso de cinema feito por criticos profissionais; João Lopes, Eurico de Barros, Vasco Camara e Nuno Henrique Luz), FRA (um site de/para estudantes universitários),bikers corner (yap eu sou um motard convicto), a temporáriamente inacessível unsecurity.org (que espero que volte; malta se o problema for hosting eu ajudo! Digam ao Gonçalo e companhia!), etc. São também hobbies meus, nos quais gosto de participar e ajudar. Se há quem os queira fazer (i.e. que é mesmo o grosso do trabalho de se ter um site) eu acho piada a cuidar dos problemas técnicos associados. Em troca lá vou promovendo o Siteseed e a Mr Net e tendo com que brincar no meu tempo livre. São as vantagens de ter uma empresa como a Mr Net, dá para de alguma forma juntar o hobby ao trabalho de todos os dias e divertir-me no processo.

    Nos tempos da BBS (BAT e VISUS) as "regras eram óbvias"; algumas pessoas, por hobby, mantinham comunidades de utilizadores. Forneciam o equipamento, pagavam telefones e divertiam-se à brava. Nada disso mudou para mim, continuo a tirar um gozo tremendo das comunidades que ajudo a criar. Mas nunca confundi os hobbies com negócios. Fazer estes sites é "brincadeira" e "um gozo", vender serviço via Mr Net é outro campeonato... e é desse outro campeonato que vem o dinheiro. Só fazendo ma$$a é que depois se pode brincar e gastar com as coisas de que gostamos (ah, sim, e também vivo desse negocio pelo que é importante para mim que funcione bem e que não se confunda com a brincadeira).

    PLS
    Re:Fixe... another one bites the dust... (Pontos:2)
    por Montanelas em 08-01-03 6:41 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://www.war-zone.net
    O mais estranho é ter 100 MB e POP3.

    Mais vale ter apenas 20MB ou mesmo 10MB e oferecer o POP3. Porque na concorrência, o POP3, habitualmente é pago.

    Acerca das comunidades, e falando da malta dos jogos online, há por aí pessoal que tem clãs mais ou menos estáveis e até sítios de referência para os respectivos jogos, ok não lhes vou chamar de portais, que terminam por não encontrarem hospedeiro gratuito, alguém que ofereça a tecnologia (Siteseed) em troca dos conteúdos.

    Será possível reencaminhá-los para vossa excelência?
    O Chico-Esperto pensa sempre em cima do joelho, incapaz de levantar a cabeça para ver ao longe, pois tem a espinha partida e os olhos cravados no umbigo.
    Re:Fixe... another one bites the dust... (Pontos:2)
    por pls em 08-01-03 11:45 GMT (#25)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    Acerca das comunidades, e falando da malta dos jogos online, há por aí pessoal que tem clãs mais ou menos estáveis e até sítios de referência para os respectivos jogos, ok não lhes vou chamar de portais, que terminam por não encontrarem hospedeiro gratuito, alguém que ofereça a tecnologia (Siteseed) em troca dos conteúdos.

    Será possível reencaminhá-los para vossa excelência?


    Claro... E se tiveres malta do starcraft à espera de ajuda diz que eu faço questão de jogar!

    PLS
    Re:Fixe... another one bites the dust... (Pontos:2)
    por Montanelas em 09-01-03 11:11 GMT (#44)
    (Utilizador Info) http://www.war-zone.net
    Por acaso, tenho o Seleccionador Nacional de StarCraft Brood War a pedir ao Ex-Seleccionador Nacional de StarCraft Brood War, se conhece algum sítio onde se possa criar e alojar a página da selecção.

    Vou contactar-te por e-mail e depois ponho-te em contacto com o seleccionador nacional. ;)


    O Chico-Esperto pensa sempre em cima do joelho, incapaz de levantar a cabeça para ver ao longe, pois tem a espinha partida e os olhos cravados no umbigo.
    Re:Fixe... another one bites the dust... (Pontos:2)
    por mvalente em 09-01-03 2:45 GMT (#39)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    há por aí pessoal que tem clãs mais ou menos estáveis e até sítios de referência para os respectivos jogos, ok não lhes vou chamar de portais, que terminam por não encontrarem hospedeiro gratuito, alguém que ofereça a tecnologia (Siteseed) em troca dos conteúdos.
    Será possível reencaminhá-los para vossa excelência?

    Experimenta manda-los dar um salto ao BlogDot.

    Cumprimentos

    Mario Valente

    Re:Fixe... another one bites the dust... (Pontos:2)
    por Montanelas em 09-01-03 11:20 GMT (#45)
    (Utilizador Info) http://www.war-zone.net
    Obrigado pela sugestão, mas para conversar sobre Jogos Online já tenho poiso: War-Zone Forum.

    O que a malta do StarCraft Brood War precisa é de um sítio onde colocar os reps dos jogos que vai realizando, os perfis dos seleccionados, entre outras coisas (pr0n, d!vX, etc...) >%->>>


    O Chico-Esperto pensa sempre em cima do joelho, incapaz de levantar a cabeça para ver ao longe, pois tem a espinha partida e os olhos cravados no umbigo.
    Re:Fixe... another one bites the dust... (Pontos:2)
    por mvalente em 09-01-03 12:23 GMT (#49)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Entao sugiro o dAaZ

    Cumprimentos

    Mario Valente

    Re:Fixe... another one bites the dust... (Pontos:1)
    por macphisto em 08-01-03 8:40 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Concordo com muitas coisas Paulo, mas acho uma enorme curiosidade ver post's deste género vindos de grandes defensores dos Linux's e afins, que curiosamente são gratuitos...
    Gratuitos ou Livres? (Pontos:2)
    por joaobranco em 08-01-03 9:51 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    ... mas acho uma enorme curiosidade ver post's deste género vindos de grandes defensores dos Linux's e afins, que curiosamente são gratuitos...

    Para mim, e suponho que para muita gente, o mais importante no Linux e afins não é ser gratuito, é ser livre...

    Não me importo absolutamente nada de pagar por um serviço, desde que tenha liberdade de escolha, não fique preso a ele, e que as condições de prestação do mesmo estejam definidas à partida e respeitada pelos dois contratantes.

    Não me parece correcto no entanto ser obrigado a pagar por um serviço que não desejo ou que as regras mudem "a meio do jogo" por imposição da parte mais forte na relação contractual, o que é uma das razões por que prefiro software livre a software proprietário. Por esta razão, não vejo nenhum problema ou contradição na posição do PLS com a posição de muita gente que usa software livre e mesmo apenas software de código aberto.

    Cumps, JB

    Re:Fixe... another one bites the dust... (Pontos:2)
    por pls em 08-01-03 11:51 GMT (#26)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    Concordo com muitas coisas Paulo, mas acho uma enorme curiosidade ver post's deste género vindos de grandes defensores dos Linux's e afins, que curiosamente são gratuitos...

    É "livre" (GPL), não forçosamente "gratuíto". Mas nota que eu não defendo o Linux (ou os BSD) por serem "livres" ou terem um "preço porreiro", mas sim por serem bons sistemas operativos (o livre é um execelente "extra" :-). Utilizo também (no desktop) o Mac OS X que não é (na sua totalidade) nem "livre" (algumas partes são) nem "gratuíto" (até é caro, o ultimo upgrade custou umas notas, sem falar do hardware da apple necessário para o correr).

    PLS
    Gratuito e Pago (Pontos:2)
    por vd em 08-01-03 10:22 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Tocaste nos pontos essenciais.

    1- Nada é gratuito e tudo se paga com alguma coisa
    2- O que existe gratuito é mantido por carolice ou hobby ou até mesmo prazer.
    A estes não se pode exigir muito nem esperar muito. Por serem gratuitos não possuem o peso que o pago possui.

    Vi também um outro comentário de que "estes posts vem de quem defende o linux". A mim parece-me que o Paulo não defende o linux como sendo gratuito, aliás ele defende que cada um usa o que lhe der mais jeito e for mais útil num menor espaço de tempo (ele que me corrija se estiver enganado).

    Contudo, para mim, o que me agrada mais no linux é o envolvente e não ser "grates".
    Ter uma comunidade a desenvolver um sistema (que pode ser um produto ou não) é realmente entusiasmante. O facto de ser livre (poder usar com e onde quiser) é um factor relevante, mas o facto de ser gratuito é um "+" num mar imenso de funcionalidades que a comunidade desenvolve (umas pagas ou não). É isso que torna o Linux tão apelativo para mim.

    Por isso é que gosto de sites que são mantidos por carolice (gildot, ptnix, o meu).
    Mas se uma pessoa vem com a ideia para o mercado de que vai lançar um serviço gratuito à espera de retorno por outros meios, pode ficar quietinha no seu canto e dedicar-se à banda desenhada.

    vd
    Re:Gratuito e Pago (Pontos:2)
    por Psiwar em 08-01-03 13:20 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    pode ficar quietinha no seu canto e dedicar-se à banda desenhada.

    Quê?! Já não há pesca?
    Re:Gratuito e Pago (Pontos:2)
    por vd em 08-01-03 13:29 GMT (#29)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Na BD sempre se aprende alguma coisa...

    vd
    Re:Gratuito e Pago (Pontos:2)
    por Psiwar em 08-01-03 14:35 GMT (#31)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    Mas na pesca agora aprende-se a limpar crude das praias...
    Re:Fixe... another one bites the dust... (Pontos:1)
    por lucipher em 09-01-03 6:22 GMT (#40)
    (Utilizador Info) http://www.unsecurity.org/
    temporáriamente inacessível unsecurity.org (que espero que volte; malta se o problema for hosting eu ajudo! Digam ao Gonçalo e companhia!)

    há que realçar que a ajuda que nos deste e que te propões a dar é infindável! acho que a maioria dos intervenientes deste fórum mudariam de opinião se soubessem que puseste a tua equipa da MrNet a trabalhar na conversão do unsecurity para unsecurity-siteseed durante um mês gratuitamente (pelo menos para nós; e para desde já cortar perguntas sobre o banner do siteseed e referência à MrNet, este foi colocado de livre e espontânea vontade por mim) e que ainda mesmo assim estavas disposto a perder uma tarde fornecendo (mais uma vez gratuitamente) à equipa de editores do unsecurity. Penso que isto dá para dar uma ideia, penso eu.

    Mas não, felizmente o problema não é hosting, já temos uma máquina dedicada e alojada, gratuitamente também por sinal; mas, realmente o problema aconteceu na mudança do siteseed de uma maquina para a outra, como os updates não tinham sido feitos do siteseed houve uma barraca qualquer, mas como o tempo disponível para manutenção do site, nomeadamente publicação de notícias, moderação de fóruns, criação ou moderação de artigos; era pouco ou nenhum, o site encerrou. No entanto, andam ai umas ideias a flutuar, que ainda hoje as comentei num email com o [WaR], e que será talvez uma das opções viáveis para trazer o site de volta, mas com um modus operandi diferente.

    Não sei se reparaste nos logs dos teus filtros (se tens filtros), mas já te enviei uns 10 emails !!

    Se puderes, contacta-me lucipher%promisc!org ou garmg%unsecurity!org, é que estou com a impressão que não tenho o teu email correcto, gostaria de falar das ideias que tenho em mente e ouvir algum feedback teu ;) (sim, o siteseed está incluído na mudança--assim tenho a certeza que me envias um mail ;)).

    Um grande obrigado por tudo!

    Cheers,
    -lucipher
    "Reality is merely an illusion, albeit a very persistent one." -- A. Einstein
    Spam! (Pontos:2)
    por Gimp em 08-01-03 11:52 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    Vítimas meus amigos! Eles foram vítimas de spammers(?) que abriram contas de email à ganância!!


    "No comments"

    Re:Spam! (Pontos:1)
    por Arrepiadd em 08-01-03 22:45 GMT (#35)
    (Utilizador Info)
    Nahhhhhhhhh

    andas desfasado da realidade.. simples, tao simples quanto isto: se cada maluquinho se lembra de criar 5 contas de e-mail então anda à volta de .. hum.. lol façam as contas. só eu, por exemplo, criei prái umas 8.. Dito pelo Jamaica, nesta thread.

    Em parte concordo contigo, algumas pessoas abusam. Conheço uma ou duas pessoas que criaram mais que um mail e nunca usam mais de 200 ou 300 kb. Não lhes serve para nada mais que 2 MB e mesmo assim têm 200 ou 300 MB!

    De qualquer forma, num mundo onde está mais que visto que as coisas custam, onde o gratuito não sobrevive, achar que só porque oferecemos 100 MB toda a gente vai querer fazer publicidade no nosso site é estupido. Mas pronto, cada um sabe de si.

    Eu criei uma conta no Zmail. Se vou continuar com o serviço? Não!! Não me serve de nada os 150 MB, nem os 100! Não vou pagar por isto. O meu ISP dá-me 35 MB e chega-me perfeitamente.

    Agora, aqueles que criaram x contas, com x > 1, devem ter mesmo muitas necessidades. Deve ser para mandar...

    Re:Spam! (Pontos:1)
    por umf em 09-01-03 0:50 GMT (#38)
    (Utilizador Info)
    "Agora, aqueles que criaram x contas, com x > 1, devem ter mesmo muitas necessidades. Deve ser para mandar..."

    Pois deve ser para mandar a eles próprios ou então para servir de "disco rigido..."

    Ulisses Fonseca
    Re:Spam! (Pontos:2)
    por Gimp em 09-01-03 11:38 GMT (#48)
    (Utilizador Info)
    Errr, onde foi que falhei? Isto era uma piada...devia ter posto o smile.


    "No comments"

    Viral Marketing still works... (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 08-01-03 14:24 GMT (#30)

    Acho que a coisa mais interessante a retirar deste episódio é que o 'viral marketing' (aka passa palavra) ainda funciona como nos melhores tempos da Internet.

    Não vi um único banner (ainda existem?) sobre o zmail, no entanto muita gente já tinha ouvido falar do serviço e, pelos vistos, subscrito.
    Outra coisa me parece evidente, há mercado no correio electrónico online, caso contrário a "ânsia"/procura não seria tanta... Agora o truque é descobrir como extrair dinheiro daí... maior facilidade nos pagamentos? Pagamentos via SMS parece-me uma hipótese interessante... se os operadores não cobrassem margens absurdas... :/


    Re:Viral Marketing still works... (Pontos:2)
    por Montanelas em 09-01-03 10:59 GMT (#43)
    (Utilizador Info) http://www.war-zone.net
    Mais uma base-de-dados criada para vender posteriormente...?


    O Chico-Esperto pensa sempre em cima do joelho, incapaz de levantar a cabeça para ver ao longe, pois tem a espinha partida e os olhos cravados no umbigo.
    Negocio da china.. (Pontos:1)
    por NeVErMinD em 08-01-03 17:58 GMT (#32)
    (Utilizador Info)
    Nao conheço o serviço, já tenho caixas de emails que cheguem. Como céptico que sou, quem é que me garante que isto nao foi apenas uma manobra publicitária, ou seja, manda-se um serviço gratuito por uns meses cativando assim muitos utilizadores e durante esse tempo suportar os prejuízos, para depois uns tempos mais tarde mudar as regras do negocio e começar a lucrar.
    Se o que se disse aqui é verdade, 45000€ aka 9000 cts por mês, dá para as despezas de certeza, sotfware proprietario/ banda / hardware..etc,
    IMHO, para as coisas serem politicamente correctas, as pessoas que já tem conta continuavam a usa-la gratuitamente, quem viesse agora pagava.
    Isto faz-me lembrar os Bancos Nacionais, que viciaram a populaçao a usar para tudo e mais alguma coisa o Multibanco, para uns anos mais tarde tentarem impor taxas de utilizacao sobre esse serviço.
    Yet! ANOTHER one bites the dust? (Pontos:2)
    por pls em 08-01-03 21:29 GMT (#34)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    A última notícia da Digito tem mais de uma semana, será que estão de férias de Natal? :->

    Não sei se está ou não a acontecer alguma coisa na digito... mas pelo menos duas pessoas que conheço ligadas a projectos on-line da sonae perderam o emprego recentemente... estará a sangrar?

    PLS
    Burn baby burn (Pontos:2)
    por vd em 09-01-03 8:57 GMT (#41)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt


    vd
    Re:Burn baby burn (Pontos:2)
    por Montanelas em 09-01-03 10:56 GMT (#42)
    (Utilizador Info) http://www.war-zone.net
    Parece que fecharam para balanço. Definitivamente...?
    O Chico-Esperto pensa sempre em cima do joelho, incapaz de levantar a cabeça para ver ao longe, pois tem a espinha partida e os olhos cravados no umbigo.
    Re:Yet! ANOTHER one bites the dust? (Pontos:2)
    por vd em 09-01-03 11:32 GMT (#47)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    estará a sangrar?

    Está a arrepiar caminho por entre a realidade portuguesa.


    vd
    Re:Parece não se o único.... (Pontos:1)
    por Arrepiadd em 08-01-03 22:50 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    A última notícia da Digito tem mais de uma semana, será que estão de férias de Natal? :->

    Já me lembro de ter notado há uns tempos que deixaram de por notícias ao sábado. No inicio, quando comecei a ir ao site, havia actualização ao sábado. Agora já não. E esta semana, quando finalmente voltei à net, depois das férias, vi que conhecia a maioria das noticias da digito (velhas...). Talvez esteja mesmo a morrer. Parece que aquele carrinho (publicidade) que apitava a cada 20 segundos, não rendeu assim tanto.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]