gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Lobbies de hollywood
Contribuído por joao em 10-12-02 14:04
do departamento justiça-cega
Verdinhas ParadoXo escreve "Como podem ler aqui um jovem na Noruega vai ser processado pelas autoridades norueguesas, com uma ajudinha da "THE MOTION PICTURE Association of America (MPAA)", porque quando tinha 15 anos usou um software que usava o DeCSS em linux para ver um dvd.
O mais estranho de tudo, é que ainda por cima ele era dono do DVD.

O que pensam disto? "

[Joao: leiam ainda a mesma história na Wired]

Internet Portuguesa na Idade das Trevas | Taxação ilegal de trafego internacional  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Wired
  • aqui
  • Mais acerca Verdinhas
  • Também por joao
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    tsc (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Strange em 10-12-02 14:30 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.no-ip.org/
    Nao e' por ter visto dvd usando decss, mas por ter pertencido ao grupo que o criou e distribuiu.

    E' pena isto ter acontecido mas a ver se agora o juiz corrige a lei norueguesa.

    hugs
    Strange

    Re:tsc (Pontos:2)
    por humpback em 10-12-02 15:16 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://www.felisberto.net
    Isto é uma parvoeira e tem de ser tratado rapidamente pela raiz. Porque basicamente distribuir codigo que prova uma falha de segurança não pode ser ilegal.
    As questões de propriedade intelectual são sem duvida complicadas, mas convem mostrar aos nossos legisladores que pirataria não é igual a uso legitimo. E o caso dos dvs's é um bom exemplo. Para duplicar dvd's não é necessário crackar o css, mas para ver o filme é.

    Já era boa altura de a ANsol e outras organizações do estilo largarem um pouco a bandeira do Software livre e passar a conceitos mais basicos, e mostrar aos nossos legisladores que o povo TEM O DIREITO de escolha.
    E tambem de contra atacar, pois eu ja apanhei por ai muito CD que tem a etiqueta de cd-audio e napa de avisos que nao toca em computador e depois qaundo vou testar ouvir no portatil nepias. Já agora se alguem quiser pode sacar a libdvdcss, pelo menos enquanto na frança nao for ilegal.
    Gustavo Felisberto
    72ef1d7183eb2ea89420b94c0cf3e1f1
    apt-get install anarchism

    Re:tsc (Pontos:1)
    por lmpinto em 10-12-02 15:31 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Para já não falar de publicidade enganosa - se a Disney diz, por exemplo, 'Own it on VHS or DVD', e 'own' implica posse, então é meu. Devo ter o direito de o ver como/quando/onde quiser, com alguns limites. Se se percebe que não possa ir para um café mostrar o dvd à malta, não se percebe que não o possa ver em casa, no meu computador, cujo único defeito é ter apenas Linux ou qualquer outro sistema operativo não comercial.
    Mas basicamente isto não é grande admiração - o lobby da industria cinematografica começou logo a matar no ramo dos dvd's com a história das regiões. Raios - se eu nas férias for aos States, ou mesmo comprar na amazon.com um livro, sou livre de o ler onde quiser, nem que seja no Afeganistão. E no entanto, se comprar um dvd, teoricamente não o posso ver no meu equipamento? Tretas!
    Re:tsc (Pontos:2)
    por mlopes em 10-12-02 16:48 GMT (#5)
    (Utilizador Info)

    Já era boa altura de a ANsol e outras organizações do estilo largarem um pouco a bandeira do Software livre e passar a conceitos mais basicos

    Até proque isto impede qq software livre de descodificar DVD's.


    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:tsc (Pontos:2)
    por leitao em 10-12-02 16:57 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Porque basicamente distribuir codigo que prova uma falha de segurança não pode ser ilegal.

    Poder != Dever. Claro que nao deve ser ilegal -- mas se houver legislacao passa a ser. Neste caso foi o que aconteceu -- na Noruega a legislacao existe, e o gajo arrisca-se a parar na pildra. O que duvido muito e' que um juiz com um minimo de cabeca condene o tipo, a nao ser que seja demonstravel que ele tenha causado prejuizo 'a editora com a accao que tomou (nesse caso, a lei deve ser aplicada).

    As questões de propriedade intelectual são sem duvida complicadas, mas convem mostrar aos nossos legisladores que pirataria não é igual a uso legitimo.

    Sem duvida -- mas quem se mete nisto esta' a patinar em "thin ice".

    Já era boa altura de a ANsol e outras organizações do estilo largarem um pouco a bandeira do Software livre e passar a conceitos mais basicos, e mostrar aos nossos legisladores que o povo TEM O DIREITO de escolha.

    Isso e' mais a tarefa da EFF -- nao me parece que a ANSOL tenha a proteccao dos direitos digitais em mente.

    E tambem de contra atacar, pois eu ja apanhei por ai muito CD que tem a etiqueta de cd-audio e napa de avisos que nao toca em computador e depois qaundo vou testar ouvir no portatil nepias.

    Essa nunca vi -- nos US (e UK) de onde veem a maioria dos CD's e' um requisito legal que as editoras coloquem visivelmente um aviso que ou o CD nao funciona num PC, ou que precisas de software especial para funcionar (que e' o caso do ultimo CD dos Foo Fighters por exemplo).


    "Monogamy is for guys that can't get pussy." --Steve-O.

    TO be or not to be a CD (Pontos:2)
    por GdoL em 10-12-02 17:19 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.gazetadolinux.com
    O uso da etiqueta CD COMPACT DISK está protegido (PHILIPS, AFAIK) e só pode ser utilizado em discos que respeitem os prérequisitos.

    eBoX:email

    Leiam a Linux Gazette

    Re:TO be or not to be a CD (Pontos:2)
    por leitao em 10-12-02 17:58 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Exacto -- agora que falas nisso o CD dos Foo Fighters *nao tem* o logotipo do "CDp".


    "Monogamy is for guys that can't get pussy." --Steve-O.

    Re:TO be or not to be a CD (Pontos:2)
    por Gimp em 10-12-02 18:43 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    Por fora, o último cd do Mário laginha/Maria João, também não, mas dentro...é na caixa e no próprio cd se não estou em erro.


    "No comments"

    Re:tsc (Pontos:2)
    por GdoL em 10-12-02 18:37 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://www.gazetadolinux.com
    Quando compramos um CD não estamos a receber autorizacação para "quebrar" código.
    Há alguns anos em França um programador foi condenado por "quebrar" o código dos chips "inteligentes" de cartões bancários. Neste caso to programador também não tentou distribuir o código.
    Quando compramos este tipo de produtos estamos a pagar uma autorização para usar o conteúdo. Não para "quebrar" software ou código.
    Neste caso para termos software, livre ou não, deste tipo temos de ter licença do fabricante.

    eBoX:email

    Leiam a Linux Gazette

    Re:tsc (Pontos:2)
    por higuita em 10-12-02 18:33 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://raff.fe.up.pt/~eq92025/
    Já era boa altura de a ANsol e outras organizações do estilo largarem um pouco a bandeira do Software livre e passar a conceitos mais basicos, e mostrar aos nossos legisladores que o povo TEM O DIREITO de escolha.

    isto prova que nao sabes o que a ANSOL anda a fazer...
    se o objectivo final da ANSOL e' a promocao do software livre, o objectivo imediacto e' precisamente impedir que coisas como as patentes de software e o EUCD (o DMCA europeu) de acontecerem... e tem sido precisamente nisto que se tem gasto mais tempo

    da' uma olhadela no site

    a ANSOL para ja' e' pouco representativa, logo o ideal era o pessoal deixar de esperar que os outros resolvam a situacao e comecar a escrever cartas e email para os politicos nacionais, quer no parlamento nacional e outros, quer no parlamento europeu...

    muitos contactos com a imprensa tambem ajudariam bastante a elevar o assunto para um nivel em que se possa ver que as aparentes vantagens afinal apenas sao boas para meia duzia de pessoas/empresas e o resto da populacao so' apanha desvantagens...

    e' preciso fazer perceber a populacao e politicos que os piratas querem la' saber se e' legal ou ilegal, vao continuar a existir e a trabalhar, a serem presos (talvez) e a vir outros para os seus lugares...
    exactamente como a prostituicao e a droga, se ha' procura, havera' sempre oferta, agora pode ser mais visivel ou mais escondida, mas existira' sempre!

    Criem-se chain-mails, mandam-se emails e cartas, chateiem os media (em formato tradicional e digital), mas o que importa e' que estes dois assuntos comecem a ser mais discutidos

    Higuita
    Para quem estiver interessado em ver o software... (Pontos:1)
    por Lello Minsk em 10-12-02 14:35 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    ...podem fazer o download aqui
    Re:Para quem estiver interessado em ver o software (Pontos:1)
    por tOkIo em 10-12-02 16:49 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    é melhor nao arriscar :/ ... é que eu nao quero ir preso!
    [Ainda bem que neste país não há policia, nem controle]
    Ver dvds no computador da qts anos de prisao?
    lol
    __tOkIo
    Re:Para quem estiver interessado em ver o software (Pontos:3, Interessante)
    por humpback em 10-12-02 17:38 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://www.felisberto.net
    Pelo que eu aqui a tempos me informei não dá nenhum. Porque Portugal nao esta abrangido pela versão internacional do DMCA.
    Nem Portugal nem a Noruega, amenos que se use um subterfujio qq que foi o que aconteceu ao outro caramelo. A lei da Noruega fala de saltar sobre protecções para aceder a dados que não são nossos, e os DVD's usados na brincadeira tinham sido comprados.
    Por causa disto é que eu considero que a ANSOL tem uma palavra a dar, o DVD é meu ou da editora? A base de dados em Access é minha ou da Microsoft? Se eu criar um documento com o Acrobat Distiller e perder a password não o posso crackar pois é da Adobe?


    Gustavo Felisberto
    72ef1d7183eb2ea89420b94c0cf3e1f1
    apt-get install anarchism

    Re:Para quem estiver interessado em ver o software (Pontos:4, Esclarecedor)
    por BlueNote em 10-12-02 22:47 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Por causa disto é que eu considero que a ANSOL tem uma palavra a dar, o DVD é meu ou da editora? A base de dados em Access é minha ou da Microsoft? Se eu criar um documento com o Acrobat Distiller e perder a password não o posso crackar pois é da Adobe?

    Tocas no ponto mais preocupante de tudo isto. A "indústria" de "conteúdos", desde as editoras/livreiros aos produtores de fonogramas e videogramas estão a pressionar (e a conseguir!) que as novas legislações de direitos de autor respondam a essa pergunta como "a propriedade é do produtor/editor".

    As práticas iniciadas pelos EULA das indústrias de software levaram toda a gente a pegar na ideia e a transformá-la em lei e agora querem fazer passar a mensagem (e estão a conseguir!) de que os proprietários não tomam posse daquilo que compraram: o livro que compraram não lhes pertence, o cd não lhes pertence, o dvd não lhes pertence: apenas lhes pertence uma autorização de uso/leitura/visionamento/audição nos termos que o produtor/editor autorizar!

    É o maior ataque de sempre aos direitos dos consumidores! E, espantosamente, todo o edfício político-jurídico está a cair na esparrela e ninguém se mexe!!

    Além disso, se levado às últimas consequências, toda a estrutura da transmissão de conhecimento que vigorou desde o Renascimento até hoje está em perigo, visto que mesmo a citação de trexos de um texto ou de uma fonte pode ser ilegal dependendo do editor!

    É realmente estranho que toda a gente se alheie disto: consumidores, escritores, autores, comunidade científica... Esperem pela martelada e depos queixem-se!

    Re:Para quem estiver interessado em ver o software (Pontos:1)
    por faustino em 11-12-02 14:48 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    Podes se tiveres feito o compilador :))))))
    Eu gostava de ter uma assinatura gira.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]