gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Protecção contra cópia
Contribuído por AsHeS em 26-11-02 23:08
do departamento ouves onde eu quero
News Gimp escreve "Acabo de dar uma olhadela num CD de um colega, o último trabalho de Mário Laginha e Maria João, editora Universal, e o próprio estava a verificar que no seu Xispe nada de som. Na capa avisa ser um CD com protecção, nada de símbolo Compact Disc, só no próprio CD que pode ser reproduzido no windows mas (pois), que poderá não funcionar correctamente. Traduzindo: não dá! Observo o conteúdo e lá tem um leitor.exe, skins e um autorun. Isto a propósito de quê? "

" Não sou a favor da proliferação de cópias pirata, não gosto dos preços que as editoras praticam, mas acima de tudo não admito que uma editora me considere um criminoso à partida e que me impeça de ouvir o que comprei onde quer que seja. Claro que podem dizer, "não compres". Isso é o argumento redutor e fácil. O que fica em causa é que os artistas mencionados não são favorecidos porque como eu, haverá muitos que não vão comprar o CD, não porque não dê para copiar mas sim porque fica complicado usufruí-lo em qq leitor... "

Kazza in trouble | HP "Invent" contrata Alan Kay  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Mais acerca News
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Tendo em conta a entrevista... (Pontos:2)
    por Cyclops em 26-11-02 23:33 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    ... que a Maria João deu recentemente na TSF, pergunto-me se ela saberá, e qual a sua opinião a respeito disto...
    Re:Tendo em conta a entrevista... (Pontos:4, Interessante)
    por jpgm em 26-11-02 23:50 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Posso estar enganado, mas parece-me que a Maria João que deu a entrevista foi a Maria João Pires, pianista, e não a Maria João, do Jazz, que canta com o Mario Laginha!
    Quanto aos cds com protecção anti-cópia, a minha experiencia foi curiosa, sempre tive o cuidado de verificar que os cds que compro não tem essa protecção. Há cerca de um mês atrás, comprei um cd protegido por distração, ao colocar o cd no computador, quando em windows, ele instala um player próprio e só toca com esse player, sendo a qualidade da musica batante baixa. Por curiosidade fiz o mesmo em Linux, e o cd tocou sem o menor problema, não só isso, como, com o cdparanoia ou o cdda2wav consigo ripalo e converte-lo para mp3 sem o menor problema.... Já tentei isto noutro linuxe a coisa não funcionou, logo assumo que será graças, não só ao linux, como ao próprio leitor de cdrom. Nunca cheguei a ler nada sobre este tipo de potecção nem sobre como a ultrapassar, tenho ideia que esta protecção se baseia em colocar erros no cd propositadamente, mas de facto ainda não tive oportunidade de fazer uma busca mais aprofundada. Alguem quer tecer um comentário técnico sobre este tipo de protecção e o que pode fazer com que um leitor em linux leia os cds e outro leitor, na mesma versão de linux já não o faça?
    Cumprimentos! zp
    Re:Tendo em conta a entrevista... almost OT (Pontos:3, Informativo)
    por pcardoso em 27-11-02 0:02 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Julgo que a entrevista que o Cyclops mencionou foi na Antena 3 e não na TSF.

    Num post meu abaixo falei também de um programa que deu na antena 3 na semana passada, e por acaso foi depois dessa mesma entrevista com a Maria João.

    Foi na 3a feira passada, e lembro-me pq ia de carro para coimbra e ia a ouvir a antena3. Quando entrei na IP3 (viseu->coimbra) comecei a ouvir a entrevista (eram ~ 18.10) e quando cheguei eram 19.10, que deu para ouvir ainda os primeiros minutos do tal programa sobre pirataria. E nesse dia fazia anos a jornalista da antena3 (Mónica Mendes? Raquel Bulha? whatever!) e ainda estiveram as duas a comer bolo de anos.

    Incrível o que me ainda lembro... Só quando jogo Trivial Pursuit é que não me lembro de tantas trivialidades! :)


    Re:Tendo em conta a entrevista... (Pontos:2, Esclarecedor)
    por skizofrenik em 27-11-02 1:27 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Boas!
    Actualmente o hardware Phillips passa por cima de alguns sistemas anti-copia sem grandes problemas. A razão?! Ainda segundo a Phillips, esses mesmos sistemas violam a norma Red Book (criada conjuntamente com a japonesa Sony), norma essa pela qual se regem todos os cd´s audio. Daí a razão pela qual os cd´s que incluem esses sistemas de cópia nao possuirem o logo "compact disc digital audio".
    Quanto a problemas a nivel de so, penso que desligando o auto-run do Win o problema da instalação do player próprio deixa de existir...

    "Give blood. 8 billion mosquitos can´t be wrong"

    Re:Tendo em conta a entrevista... (Pontos:2)
    por Branc0 em 27-11-02 10:21 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://www.syners.org
    Segundo o que eu li algures a cópia de protecção consiste em meter lixo no final do CD.

    O que parece que acontece é que os leitores de CD-ROM vão ler esse final do pseudo-CD e como só vêem lixo não o tocam, enquanto que os leitores de CD das aparelhagens normais, vão direitos ao principio do CD e começam a lê-lo facilmente. Infelizmente acontece que alguns leitores de CDs portáteis e outros leitores para ter no auto-rádio também não conseguem ler assim o CD impossibilitando bastante o fair use.

    Também segundo li, bastava os fabricantes de leitores de CD's alterarem o firmware dos leitores e a protecção anti-cópia deixava de funcionar para nada. O que pode ter acontecido no teu caso é tu teres um dos leitores que em vez de procurar o final do CD procura o principio como fazem as aparelhagens normais.

    O que também pode estar a acontecer é, visto que eu não percebo nada disto, estar para aqui a dizer um monte de asneiras :)


    "Se vi mais além do que outro, é porque estava nos ombros de gigantes."
    Sir Isaac Newton

    Re:Tendo em conta a entrevista... (Pontos:1, Lança-chamas)
    por leitao em 26-11-02 23:54 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Como disse o jpgm, estamos a falar da Maria Joao (Jazz) e nao da Maria Joao Pires (classica).

    Mas se ela (MJP) fosse confrontada com uma situacao semelhante, suspeito que a prioridade seria o $$$ a entrar na carteira dela... mas posso estar enganado.


    "Monogamy is for guys that can't get pussy." --Steve-O.

    Não é novidade e a minha posição (Pontos:4, Interessante)
    por jneves em 26-11-02 23:37 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://silvaneves.org/
    A história não é nova, nem no gildot. Se procurares na net descobres informação sobre como ler os CDs, quais os formatos, etc.

    Eu deixei de comprar CDs. Tenho 3 leitores de CDs e apenas um é numa aparelhagem (que tem as piores colunas dos 3...). Assim nenhum desses CDs é realmente útil para mim.

    Acho interessante algo que um amigo meu me disse à pouco tempo. Segundo ele, encontrou na Worten um CD com uma etiqueta verde que dizia que tocava em PCs e aparelhagens: reação ao desagrado das pessoas ?
    os autores nem sabem... (Pontos:4, Interessante)
    por pcardoso em 26-11-02 23:52 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Lembrei-me de um episódio caricato que me contaram há uns dias.

    Um colega meu trabalha numa rádio local (viseu) e tem um programa lá um programa de música alternativa que faz há bastantes anos (entre 15 e 20).

    Há cerca de um ano ele andava ligado à organização de um concerto de promoção ao último CD dos Da Weasel, o primeiro CD português a ter protecção anti-cópia. Então um amigo dele antes de um concerto pede ao pacman (vocalista) para lhe autografar um CD... ou melhor, um CD-R! O pacman vê a cópia descarada e começa com um "bem.. não devia fazer isto...", mas lá lhe autografa o CD...

    O que quero dizer é que os artistas provavelmente nem têem nada a dizer em relação aos próprios CDs. A editora decide meter protecções e mete-as... Na antena3 na semana passada deu um programa ao fim da tarde sobre pirataria, e ouvi falar um jornalista do Blitz a dizer que fazia cópias e sacava da net, devido quer aos preços praticados por CD (de que apenas 6 ou 7% do preço final vão para o autor, num contrato bom), quer à escassez ou indisponibilidade de alguns géneros ou grupos. Só pude ouvir o início do programa mas pareceu interessante pelo tom da conversa inicial.

    EORant
    Re:os autores nem sabem... (Pontos:3, Interessante)
    por SUp3rFM em 27-11-02 0:01 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://dont-go-to.phalanx-ut.com
    Por acaso, o Pacman sabe que o CD deles vinha com essa protecção. :)

    Ele numa entrevista à Ant3na, na altura do lançamento, confessou que puxava mp3 e que só conhece muito mais música devido a esse fenómeno. Digamos que a imposição daquela protecção partiu da editora e não do grupo. Disse também que se "servia" de mp3 para comprar cds que lhe interessavam. Puxa uma, gosta, compra. São coerentes, ao contrário de outros...

    A minha anterior assinatura era ainda pior que esta.

    Re:os autores nem sabem... (Pontos:2, Interessante)
    por pcardoso em 27-11-02 0:14 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Tens razão.. Eu já ouvi a história em 2a mão e há coisas que se perdem.

    Os Mp3 nem são o problema maior.. Os piratas que prensam CDs em massa são o maior problema, pq quem compra o cd piratado não vai comprar o original, e quem saca o mp3 possivelmente vai comprar para ter algo de palpável sem ter de andar a gravar CDs e imprimir capas. Para os copiadores em massa a protecção é brincadeira de miúdos.

    Falo por mim. Saco da net e copio também, mas quando encontro algo que vale a pena compro o CD. Em Kazaas e afins só encontro mp3 a 128kb que parecem que foram ripados em analógico e usaram uma das 1as versões do Xing mp3 encoder. E também só se encontra em quantidade o que passa no momento na MTV. Tentem procurar por coisas obscuras e é como procurar uma agulha num palheiro.

    E os senhores das discográficas queixam-se da quebra de vendas. Estamos no meio de uma recessão em que tudo aumentou de preço. O ordenado é o mesmo e então há que cortar no superfluo.

    Uma pessoa tem a familia para cuidar e o que deve fazer com o seu dinheiro? Comprar comida e pagar as despesas da casa ou comprar os últimos CDs da brittney, aguilera e do descartável grupo do momento?
    Re:os autores nem sabem... (Pontos:2)
    por Psiwar em 27-11-02 1:12 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    Ora nem mais. Mas o pessoal das editoras não está interessado nessa vertente. Elas não querem que tu só compres bons produtos, elas querem que tu compres todos os seus maus produtos!

    Quantos não são os casos que ai não existem, de pessoas que começaram por sacar musicas de uma determinada banda e depois se tornaram fans e começaram a comprar os seguintes trabalhos dessas bandas. Claro que serve de pouco, tendo em conta que eles recebem uma infima percentagem por CD. Assim só quem vende muito é que se safa (aka as pop).

    Porque é que as bandas não colocam os mp3/ogg em venda directa nos seus sites? Não percebo como eles não conseguem ver a oportunidade que tem à frente dos olhos para se livrarem das editoras. Podiam até por um preço muito mais barato e mesmo assim ficavam a ganhar. No site até se poderia pedir para gravar os cds, para quem quisesse comprar em formato fisico. Ora se a música já está na web e já (pirateada), porque não hão-de eles tentar disponibilizá-las para quem as quer aquirir de maneira legítima mas sem ser xulado pelas editoras?

    Tem que se conseguir educar os artistas antes que as editoras consigam desligar a Internet! (sim exagero :P)
    Re:os autores nem sabem... (Pontos:3, Interessante)
    por nmarques em 27-11-02 10:48 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://morgul.xpto.org
    Aconselho esta leitura. As bandas nao o podem fazer porque as musicas sao na maior parte dos casos propriedade da editora e nao da banda, logo se o fizerem teem processo em cima... Nao sei ate que ponto o link que dei sugere algo, e ate que ponto e' a realidade, ate pq nem confio muito na Courtney Love, mas alguma verdade deve ter.

    --------------------------------------------
    If there is such a thing as too much power...
    I've not discovered it.../I
    Re:os autores nem sabem... (Pontos:2, Esclarecedor)
    por paipo em 27-11-02 12:58 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    Isso depende do contrato que os autores fizeram com as editoras... se calhar os mais pequeninos passam os direitos de autor para a editora, enquanto os grandes mantêm os seus direitos.
    O problema é que as editoras ficam quase sempre com os direitos exclusivos da publicação/distribuição da música... nem os autores podem distribuir as músicas no seu site sem a autorização da editora.

    PedrOliveira
    Re:os autores nem sabem... (Pontos:1)
    por Lowgitek em 27-11-02 14:01 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://www.youthinkwedo.com
    Acho que o problema aqui é mesmo esse evitarem se meter com as editoras e tentarem gravar por si os seus discos e por a disposição do seu público por eles proprios.

    é óbvio que a maioria das bandas novas não tem capital suficiente para gravar em estudios como devem de ser e com equipamento como deve de ser, mas tambem estou certo que não será algo totalmente impossivel e assim que se começar o mesmo movimento muito mais oportunidades dessas vão aparecer.


    Re:os autores nem sabem... (Pontos:1)
    por paipo em 27-11-02 13:01 GMT (#28)
    (Utilizador Info)
    Também ouvi o Pacman numa entrevista na televisão a dizer que eles não puderam opinar nada em relação à inclusão do sistema "anti-cópia" no CD... e que talvez isso até tenha sido uma causa para o pouco sucesso do album.

    PedrOliveira
    Discriminação ao Macintosh... (Pontos:2, Interessante)
    por Oldtimer em 27-11-02 1:02 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://na-cama.com/rcarmo

    Eu achei hilariante ler, em dois dos CDs que comprei este fim-de-semana (dois da EMI, por sinal), a inscrição "PROTECÇÃO CONTRA CÓPIA - NÃO LÊ EM MACINTOSH".

    Sim, assim mesmo, estas exactas palavras, em letras garrafais. Os outros quatro CDs que comprei (de outras editoras) não indicavam nada, embora um deles (um dos albuns dos Red Hot Chilli Peppers, que fui buscar agora) tenha umas estrias semelhantes.

    Não tenho aqui os links, mas creio que isto veio na onda de protestos de utilizadores de Mac que não conseguiram fazer eject destes "CDs" (que têm pistas anómalas que baralham totalmente as drives).

    (Sim, infelizmente há gente que nem eject do CD sabe fazer... Enfim. Continuemos...)

    Tacanhas como são as editoras, preferiram imprimir um dístico ridículo como este a educar devidamente o público. E, pior do que isso, pelo menos um dos CDs - o único que experimentei, e ainda assim num PC com leitor antiquérrimo de caddy, para poder tirar o CD rapidamente em caso de estragos - tem um player ranhoso lançado no autorun do Windows que toca qualquer coisa do disco (assumo que fossem MP3) a um bitrate totalmente ranhoso.

    A meu ver, estas iniciativas vão ter um sucesso tremendo - porque, tal como dantes, quem quer comprar o CD vai e compra, e os illuminati das editoras vão interpretar valores estáveis de vendas como sinal que as medidas anti-cópia ajudaram a garantir vendas.

    Por outro lado, se as vendas decrescerem (independentemente da crise económica, ataques terroristas, guerras com o Iraque e até mesmo uma falta de gosto tremenda das próprias editoras), então eles vão interpretar isso como perdas devidas à (largamente inexistente) pirataria e aumentar os investimentos em tecnologia anti-cópia.

    Duh.

    Basicamente, a estupidez vai auto-justificar-se seja como for, e quem quiser passar a música (que pagou a peso de ouro, já agora) para outro suporte vai passar a sentir-se cada vez mais como um criminoso.

    Pior do que isso, com estes atropelos ao formato dos CDs, é bem provável que, mais dia menos dia, entremos numa nova guerra Beta-VHS (os enhanced CDs vêm aí, já agora...). Entretanto, eu, que até acho uma certa piada aos títulos da EMI, vou continuar a comprar CDs deles, mas vou testá-los em tudo (Discman, DVD, etc.) e ao mínimo problema, volta para a loja.


    ^D
    Re:Discriminação ao Macintosh... (Pontos:1)
    por theMage em 27-11-02 9:29 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://themage.camelot.co.pt
    Hi,

      Eu penso que é mesmo por aqui que passa a resolução mais efectiva do problema. Eu compre CDs para ouvir no meu computador enquanto estou a trabalhar. Se quando chego a casa o CD não funciona, não apenas vou troca-lo á loja, como depois trato de enviar um email á editora, e sempre que possivel ao autor a protestar acerca desse facto.

    TheMage.
    Re:Discriminação ao Macintosh... (Pontos:1)
    por paipo em 27-11-02 10:39 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    Eu também comprei um desses, mais exactamente o novo CD do Jorge Palma. Experimentei em todos os meus leitores (PC-win98, aparelhagem, dvd, leitor portatil cd/mp3) e aquilo funcionou perfeitamente em todos. No pc, se tiveres auto-run ele lança um player qq mas podes tocar o cd normalmente no winamp.
    Depois disto tentei a clássica cópia directa de CD; o nero não copia, queixa-se que não consegue ler o original ao fim de mastigar um bocado; com o clonecd ele copiou ao fim de um bom bocado, só que a cópia está com a 1ª faixa completamente janada e para aí 1 minuto inicial da 2ª faixa. A partir daí estão todas ok.
    Por último tentei de novo o nero, desta vez para extrair o áudio... funcionou! Extraíu o áudio, e só uma vez se queixou. Mas uma segunda tentativa extraíu perfeitamente...

    Conclusão: mais um sistema de protecção que é ultrapassado por software legítimo... eles estão à espera de impedir o quê? Os típos das editoras são completamente autistas se pensam que impedem a cópia de CDs! Quando é que alguém lhes explica que dados não têm uma protecção contra cópia rentável?

    PedrOliveira
    Re:Discriminação ao Macintosh... (Pontos:2)
    por pmsac em 27-11-02 18:24 GMT (#34)
    (Utilizador Info) http://2130706433/
    <fun>Há bits mais bits do que outros...</fun>

    Um exemplo clássico, a protecção contra cópia dos CDs das PLayStation, sobre o qual podes ler aqui uma explicação: www.megagames.com


    -- pmsac.oO(Cogito sumere potum alterum)
    Anti-cópia (Pontos:3, Interessante)
    por Dr.CornFlakes em 27-11-02 9:02 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    As editoras, na minha opinião, arriscam-se a algo pior.

    Cenário 1.

    Passo 1 - Sai um CD com protecção anti-cópia.
    Passo 2 - X% dos potenciais compradores usam-no em dispositivos "suspeitos". Como o CD não funciona nesses dispositivos, os compradores não compram. Normalmente a história acabaria aqui.
    Passo 3 - A internet, como todos sabemos, permite a partilha de informação em tempo real sem qualquer obstáculo. A esta hora, e pelos relatos que vejo um pouco por todo o lado, já alguém conseguiu (seja lá de que forma fôr) "ripar" o CD em questão e colocar os MP3 online.
    Passo 4 - Quem não comprou o CD, vai à procura do MP3, encontra o MP3 e guarda. Com um pouco mais de saber grava-o para um CD (sem ser no formato MP3) que funcione na maior parte dos leitores que possui.

    Conclusão: a editora não vende, a cópia ilegal é incentivada.
    Tenho noção que estão a experimentar reacções e problemas. Mas na minha opinião este não é efectivamente o caminho a seguir pelas editoras.
    Mas a questão coloca-se: quanto é que será X%?

    Na minha humilde opinião (IMHO) a cópia ilegal afecta principalmente (como alguém aqui diz) o hit do momento. O pão nosso de cada dia das editoras. Aquela coisa normalmente "fabricada" para as massas que se ouve durante 2 meses e depois esquece (Trivia: quem foi Scatman John?). Ora, o que é que há melhor que o MP3 para estes hits com prazo de validade? Não se gasta dinheiro ao comprar um CD (que como já foi referido, se compra por uma ou duas faixas), que ficará na prateleira sem utilização durante quase toda a sua vida. No entanto, estes hits representarão para a editora bem mais de 50% da sua facturação (dados retirados do meu cérebro analítico, sem qualquer base factual). E quando alguém ameaça 50% do vosso negócio, o que é que vocês fazem para o impedir? Tudo!

    Sugiro que apresentem outros cenários, apenas a título de curiosidade.

    Re:Anti-cópia (Pontos:2)
    por SUp3rFM em 27-11-02 10:46 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://dont-go-to.phalanx-ut.com
    Há uns tempos atrás estive presente numa conferência apresentada por um prof. brasileiro sobre gestão e formas de re-inventar negócios. A conferência foi excelente, a todos os níveis. Num dos exemplos que ele referiu de formas de estar foi a da MS... Nem mais, provavelmente a empresa mais "pirateada" por esse mundo fora e mesmo assim consegue facturar ziliões. Porque será? Será que as editoras/distribuidoras pararam no tempo? Pagar 3 ou 4 contos por um CD em que só duas ou três músicas me interessam? Até o mais papista puxa a faixa e ouve, sem pensar em comprá-lo. Enquanto não perceberem que têm que mudar de atitute, estão tramados e culpam a Internet por tudo e por nada. (Se fosse no South Park, alguém gritaria "BLAME CANADA!")

    Faz-me lembrar o futebol e os preços dos bilhetes. O "espectáculo" pouco mudou desde há uns anos, os estádios ganharam umas cadeiras de plástico e os bilhetes subiram na ordem dos 100%, a violência sempre houve, apesar de hoje estar mais mediatizada. A juntar a isto temos os tempos que correm. Apesar deste cenário, os senhores do futebol continuam a dizer duas coisas:

    1) O preço dos bilhetes é justo;
    2) Os estádios estão a ficar cada vez mais vazios.

    HELLLLLLOOOOOOOOOOOO???

    A minha anterior assinatura era ainda pior que esta.

    Re:Anti-cópia (Pontos:3, Engraçado)
    por mlopes em 27-11-02 11:52 GMT (#22)
    (Utilizador Info)

    1) O preço dos bilhetes é justo;
    2) Os estádios estão a ficar cada vez mais vazios.

    Se calhar o pessoal anda a fazer pirataria de futebol na internet!

    BLAME P2P!

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:Anti-cópia (Pontos:2)
    por TarHai em 27-11-02 16:04 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://www.dilbert.com
    A culpa é da televisão, dos gravadores de vídeo e dos jornais desportivos.


    --- "Esta voz!?!..." Cpt Francis Blake -- S.O.S. Meteoros
    proponho uma campanha (Pontos:4, Interessante)
    por biduxe em 27-11-02 10:13 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://bdx.no-ip.info
    isto é desrespeito pelo consumidor honesto que só tem leitor de cd no computador.
    Acho que melhor do que não comprar o cd, a campanha que teria mais efeito é muita gente comprar o cd, para no dia seguinte devolver à loja e exigir o reembolso pelo facto do cd não tocar.
    Imaginem o custo disto para as distribuidoras e editoras.
    gato escaldado de água fria tem medo e devíamos mostrar às editoras que a via "todo o consumidor é um ladrão que nos quer levar o couro cabeludo" não é a correcta.
    ------ EOFim.
    Re:proponho uma campanha (Pontos:2)
    por humpback em 27-11-02 12:29 GMT (#25)
    (Utilizador Info) http://www.felisberto.net
    O unico problema da ideia é que estes CD's normalmente indicam que não pde ser lido no PC. Logo muitas lojas provavelmente não iriam aceitar a devolução.
    Gustavo Felisberto
    72ef1d7183eb2ea89420b94c0cf3e1f1
    apt-get install anarchism
    Re:proponho uma campanha (Pontos:3, Interessante)
    por mlopes em 27-11-02 12:59 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    Não podem ser lidos num PC? E podem ser lidos numa workstation da SUN? Aquilo não é um PC logo assumo que posso ler lá os CD's, se não puder então posso devolver o CD porque tem um defeito e não funciona no meu leitor!

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Estava à espera de encontrar nesta thread... (Pontos:0, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 27-11-02 10:59 GMT (#21)
    Estava à espera de encontrar nesta thread...

    um link para um programa que permita rippar estes CDs. :-)
    Re:Estava à espera de encontrar nesta thread... (Pontos:4, Informativo)
    por mlopes em 27-11-02 11:55 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    easy

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    E que tal... (Pontos:1)
    por sincronia em 27-11-02 12:04 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://www.haxmen.org/
    E que tal enviar os CDs non-conforming à especificação CDAudio de volta às editoras e pedir o reembolso, uma vez que os ditos são (quase) como monos?

    Acho que eles só vão reparar quando lhes tocar onde mais sentem... os bolsos.

    Organize-se o dia do reenvio do CD, como aquele da AOL. :)

    Tenho dito
    Protecao lame... (Pontos:2)
    por nmarques em 28-11-02 14:06 GMT (#37)
    (Utilizador Info) http://morgul.xpto.org
    A protecao de CD's audio e' basica e asquerosa... Basicamente num CD audio existe uma table of contents... Os leitores das aparelhagens e afins nao sao tao sofisticados como os CDROMS, logo o que se passa e' o seguinte...

    Leitor De aparelhagem: Vai ler directamente a primeira table of contents, e continua... Se existirem mais que uma, ele so le a primeira.

    Leitor CDROM PC: Se existirem mais que uma table of contents, ele pega na ultima, passando para a ante-penultima e assim sucessivamente, e' precisamente aqui que a protecao anti copia existe. O CD tem mais que uma ToC, nas aparelhagens eles vao ler a primeira que e' valida, e como ignoram por completo outras que existam, o CD corre... Nos CDROMS dos PC's, vao apanhar primeiro com o lixo todo da protecao e o drive nao consegue fazer a operacao e da os mais estranhos efeitos...

    Qualquer fabricante poderia anular isto por firmware, mas estao a fazer exactamente o contrario e agora com orange book revision 2 e 3, as coisas vao comecar a piorar...

    Cumps,

    nelson

    --------------------------------------------
    If there is such a thing as too much power...
    I've not discovered it.../I
    Re:GREVE AO CD (Pontos:2)
    por biduxe em 27-11-02 22:40 GMT (#36)
    (Utilizador Info) http://bdx.no-ip.info
    por isso é melhor comprar e devolcer.
    ------ EOFim.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]