gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Microsoft Halloween VII
Contribuído por npf em 09-11-02 12:39
do departamento halloween
Microsoft Psiwar escreve "Para quem não sabe, por alturas do Halloween a M$ lança um memo interno acerca da estratégia a seguir para combater o software Open Source (mais nomeadamente o Linux). Claro que de uma maneira ou de outra estes memos acabam sempre por sair cá para fora e até acho que eles já nem se importam. No entanto, o último que surgiu apareceu numa reunião nos escritórios da M$ em Berlim, mostra uma verdadeira preocupação relativamente ao Open Source."


Nesta página poderão encontrar o memorando, comentários a este por parte da comunidade e também links para os memorandos mais antigos.

Aqui está uma parte curiosa:
Microsoft's FUD attacks on open source have not only failed, they have backfired strongly enough to show up in Microsoft's own market research as a problem.
Hell-on-Win for M$?

PESSOAL... E TRANSMISSÍVEL - Maria João Pires | Altavista de volta com cara renovada  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Nesta página
  • Psiwar
  • Mais acerca Microsoft
  • Também por npf
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Propositado ?... (Pontos:2, Esclarecedor)
    por moonrider em 09-11-02 13:47 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    É difícil acreditar que estes documentos sejam de facto confidenciais na Microsoft. Parece-me que sejam propositadamente divulgados...
    De qualquer forma, e mais especificamente em relação ao documento em si, é óbvio que a MS teme OpenSource, tal como a Sun, a IBM e outros fabricantes... e só isso explica o facto de esses mesmos fabricantes terem aderido a vários projectos opensource... não há muito tempo atrás seria inconcebível imaginar que a Sun tivesse a sua própria distribuição de Linux, ou que a IBM apostasse numa mainframe a correr Linux... ventos de mudança, sem dúvida... E a relação resultado/preço é um grande contributo para isso.
    Re:Propositado ?... (Pontos:2)
    por joao em 09-11-02 14:19 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Smart companies try to commoditize their products' complements.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    Re:Propositado ?... (Pontos:1)
    por lucipher em 10-11-02 7:54 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.unsecurity.org/
    Existe aqui alguns contra-sensos, mas tudo acaba por ser um jogo/estratégia de marketing. O problema em questão não é as grandes empresas de desenvolvimento de software e hardware temerem o OpenSource, mas sim as vantagens que podem obter. Se repararmos, as empresas que não publicam o código fonte dos seus produtos têm sempre desvantagem de que se o seu produto for mesmo bom e fizer algo que seja práticamente "inédito", mais cedo ou mais tarde algum reverse engineer irá publicar o conceito que está "por detrás das cortinas", se o produto for bom, o que vai impedir dele ser publicado no warez? nada!. Então quais são as desvantagens das empresas tornarem o seu código opensource? a resposta mais conveniente que me ocorreu até hoje é a re-utilização do código, fruto de pesquisa dos programadores pagos pela empresa em produtos da concorrência gerando aqui um ciclo vicioso em que a grande maioria não quer dar o braço a torcer. No entanto, face à aderência das grandes empresas como a IBM e SUN adoptarem o uso e desenvolverem produtos OpenSource, é um bom começo e se calhar uma forma de estimular outras empresas para seguirem os seus passos, afinal... OpenSource não significa que é gratuito.

    Cheers,
    "Reality is merely an illusion, albeit a very persistent one." -- A. Einstein
    Re:Propositado ?... (Pontos:2)
    por leitao em 10-11-02 23:09 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Se repararmos, as empresas que não publicam o código fonte dos seus produtos têm sempre desvantagem de que se o seu produto for mesmo bom e fizer algo que seja práticamente "inédito", mais cedo ou mais tarde algum reverse engineer irá publicar o conceito que está "por detrás das cortinas", se o produto for bom, o que vai impedir dele ser publicado no warez? nada!. Então quais são as desvantagens das empresas tornarem o seu código opensource? a resposta mais conveniente que me ocorreu até hoje é a re-utilização do código, fruto de pesquisa dos programadores pagos pela empresa em produtos da concorrência gerando aqui um ciclo vicioso em que a grande maioria não quer dar o braço a torcer.

    Isso que dizes acaba por cair sobre o ambito de uma so' questao: propriedade intelectual.

    Repara que nem a Sun, nem a IBM teem produtos que considerem a "joia da coroa" (i.e., os produtos que de facto geram o revenue) em licencas livres. Isto acontece em parte pelo que dizes -- mas tambem pelo facto de que o software que de facto gera o dinheiro ao fim do mes (o DB2 ou o Lotus Notes por exemplo) absorveram quantidades tremendas de cashflow para desenvolver (e como tal nao e' facilmente justificavel tornar a sua propriedade intelectual do dominio publico).

    No entanto, face à aderência das grandes empresas como a IBM e SUN adoptarem o uso e desenvolverem produtos OpenSource, é um bom começo e se calhar uma forma de estimular outras empresas para seguirem os seus passos, afinal...

    Que produtos sao estes ? Repara que o software do qual a Sun, IBM ou outra qualquer empresa de software gera o revenue nao e' o software na parte de baixo da stack (sistemas operativos, ferramentas de desenvolvimento, etc.) -- e' sim o software empresarial (bases de dados, ERP, etc.). Se alguma vez vires software a este nivel a ser open-source entao acredita que vou ficar mesmo muito surpreendido.


    "Monogamy is for guys that can't get pussy." --Steve-O.

    A velha historia do TCO (Pontos:1, Redundante)
    por humpback em 09-11-02 18:54 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://www.felisberto.net
    #We need to keep Microsoft's feet to the fire on the TCO issue. Their figures indicate that we're winning that battle (no surprise, especially not after the XP licensing changes).

    Hmmmm então não era ao contrario? Uma série de artigos tem aparecido a dizer que o TCO de windows é mais baixo.... Que estranho.....

    Gustavo Felisberto
    72ef1d7183eb2ea89420b94c0cf3e1f1
    apt-get install anarchism

    Re:A velha historia do TCO (Pontos:2)
    por Branc0 em 09-11-02 20:03 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.syners.org
    Mais abaixo no documento vem a explicar. O que está a acontecer à Microsoft é que apesar dos artigos sobre TCO mais baixo a maioria das pessoas continuam sem acreditar nisso.

    Por outro lado, a MS faz tenções de continuar com a sua intervenção nesta área do TCO bem marcada, uma vez que o seu estudo interno revela que o argumento está a passar.

    Também em relação ao TCO existe uma parte em que a MS acha que tem que ter cuidado, citando:
    Some criticisms of OSS backfire: Ratings for messages that were meant to be negative actually had a positive response among the respondents. For example, when read what was supposed to be a negative OSS message about OSS and proprietary software having a similar TCO, nearly half (49%) of all respondents said that having heard this message they were now MORE FAVORABLE towards OSS.

    The world of economics my friend, it's a wonderfull thing :)


    "Se vi mais além do que outro, é porque estava nos ombros de gigantes."
    Sir Isaac Newton

    Re:A velha historia do TCO (Pontos:1)
    por njsf em 09-11-02 20:03 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    É só olhar para quem "paga" os artigos...
    Ena... (Pontos:1)
    por Endymion em 11-11-02 7:57 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    O site como um todo, desde o primeiro capitulo ao ultimo é uma leitura bastante interessante e cheia de humor :) Hilariante mesmo.
    M$ Shared Source Philosophy (Pontos:2)
    por rollerball em 11-11-02 11:51 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Parece-me que a M$ não anda a dormir e como sempre tenta adaptar-se ao que os clientes querem.
    Aliás na minha opinião, a grande qualidade e o segredo do seu sucesso é fornecer quase sempre o que a maioria quer ou pelo menos pensa que quer ;o)!
    Podem ver aqui [M$] uma opinião oficial sobre o Open Source e como a M$ se relaciona com este modelo.


    Nuno Paulino aka Rollerball
    Re:M$ Shared Source Philosophy (Pontos:2)
    por ribeiro em 12-11-02 7:06 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    Na minha opinião, a Microsoft não está a tentar adaptar-se ao que os clientes querem, senão já estava em OpenSource.
    Eles possuem é uma força de marketing muito grande para iludir os clientes de forma a estes pensarem que ela lhe dá o que eles querem.
    Abraços,
    Rui
    --

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]