gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Clix Turbo Enganador
Contribuído por scorpio em 03-11-02 8:20
do departamento no-nat?
perguntas feijao escreve "Boas,
Estava eu a dar uma vista de olhos nas propostas ADSL pois quero trocar a minha ligação NetCobra por uma qualquer ligação ADSL quando me deparo com o inesperado!!!
Vejam as regras do Clix Turbo:

(...)
PARTILHA DE LIGAÇÃO

Em nenhuma ocasião será permitida ao Cliente a partilha da largura de banda disponibilizada através do acesso Clix Turbo com outros equipamentos e utilizadores. O serviço Clix Turbo pressupõe a sua utilização em um só computador pessoal.
(...)
É caso para dizer e esta, hem???!!"

O Ogg Vorbis do vídeo. | Do You Copy?  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Mais acerca perguntas
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Obviamente... (Pontos:1)
    por moonrider em 03-11-02 10:48 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    O produto não se destina a uma empresa mas sim a "utilizadores residenciais". Tem obrigatoriamente que haver algumas restrições, nem que sejam apenas a nível do contrato... Claro que, tecnicamente, essa ligação pode ser partilhada com quantos computadores se quiser.
    Re:Obviamente... (Pontos:2)
    por Cyclops em 03-11-02 12:04 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    >O produto não se destina a uma empresa mas sim a "utilizadores residenciais".Tem obrigatoriamente que haver algumas restrições, nem que sejam apenas a nível do contrato...

    A sério, qual é a diferença? Que restrições consideras válidas?

    Sinceramente, para mim esse argumento não passa de uma BPoBS.

    Deve-se convencer as empresas a usar outras soluções porque elas são melhores, não porque são construídas limitações artificiais nos productos (que eu até me questiono sobre a sua legalidade) vendidos.
    Re:Obviamente... (Pontos:1)
    por moonrider em 03-11-02 13:00 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    >A sério, qual é a diferença? Que restrições >consideras válidas?

    A diferença é que se uma determinada empresa vende um serviço, tem que ter condições para o suportar. Se este serviço permitisse a utilização em redes, muito provavelmente o zezinho iria precisar de ajuda na instalação do produto, e, quem sabe, da sua própria "rede caseira".
    Define-se um produto com a finalidade de o poder fornecer e de se protejer da má interpretação do mesmo. Além do mais, uma empresa pode suportar a aquisição de produtos mais caros e com outras potencialidades de escalabilidade, em favor do utilizador particular, que, por norma, quer pagar o mínimo possível pela prestação do serviço. Principalmente cá em Portugal onde as pessoas pensam que na internet é tudo gratuito, inclusivé o acesso à mesma. Mas isso é outra questão...
    Re:Obviamente... (Pontos:2)
    por Cyclops em 03-11-02 15:06 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    2 parágrafos para nada dizer.

    A diferença é entre uma entidade colectiva cliente e uma entidade singular cliente. Porque é que há uma diferença artificial como a sugerida? Não pode um singular ser mais economicamente poderoso que um colectivo? Isso faz com que logo à partida a medida artificial seja ridícula.

    O serviço fornecido pelo ISP não têm de suportar 'redes caseiras'. Não há obrigação nenhuma. Declaram que não suportam e já está. Queres fazer, desenrasca-te. Queres suporte para isso, paga mais.

    Agora proibir? Hello?
    Re:Obviamente... (Pontos:1)
    por njsf em 03-11-02 15:37 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Até porque não precisam de proibir :)

    Nos EUA o que os ISP de DSL fazem é dizer:
    Quer partilhar a ligação à internet ? Então compre um destes Routers DSL (usualmente D-Link ou LinkSys). Se tiver problemas contacte o suporte do Router.

    E esta hein ?

    Re:Obviamente... (Pontos:1)
    por moonrider em 03-11-02 19:57 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    Nos EUA

    Stop right there !
    Porque estão sempre a comparar com os EU ? Felizmente não somos os EUA, e estamos longe de funcionar da mesma forma !
    Re:Obviamente... (Pontos:1)
    por HiTek DeVil em 04-11-02 0:58 GMT (#35)
    (Utilizador Info)
    *BIIIIIIIIIIIIIIP* WRONG!!!! os Estados Unidos à frente da Europa em termos de DSL? Essa é para rir... na Europa temos maior taxa de adesão aos serviços de banda larga (e não falo só de DSL) do que os EUA (e não só banda larga... o que eles estão à nossa frente, e isso sim, é no comércio electrónico, compras pela internet, etc..)... lembro-me de ter visto há um ou dois meses atrás as estatísticas de acesso dos EUA em comparação com a UE, e os EUA tinham na ordem dos 90 e muito porcento da ligação a ser efectuada por modem de 56k... E salvo erro, segundo um estudo qualquer que vinha num jornal qualquer há uns dias atrás, Portugal está entre os países da UE com maior taxa de adesão a serviços de banda larga... E salvo erro, o país do mundo com maior adesão à internet, e ao mesmo tempo à banda larga, é a Coreia (não me lembro qual), ou a Formosa (tou confuso, por causa do World Cyber Games, e não sei se a Coreia só me veio à cabeça porque os WCG estão a ser realizados nesta altura na Coreia, mas a Formosa também me vem à cabeça), em que as casas são avaliadas pela largura de banda que suportam, ou possam suportar... por exemplo, uma casa perto dum fornecedor de adsl seria mais cara... eu lembro-me de ver isso ou na cnn, no site, ou na wired... se encontrar os links, tanto para as estatisticas, como para o caso Coreia/Taiwan, faço novo comentário... se alguem souber de links, então que me poupe o trabalho de os procurar de novo, e os ponha, sff.

    (Sei que está uma confusão danada, mas por hoje é o melhor que consigo num "post")


    HiTek DeVil
    Re:Obviamente... (Pontos:1)
    por njsf em 04-11-02 2:55 GMT (#40)
    (Utilizador Info)
    Podem não estar em termos de adesão. Mas em opções dadas aos consumidores... Um exemplo foi o que dei de eles não se importarem de tu teres uma rede inteira por detras do teu acesso.
    Na verdade apenas querem que tu uses 1 único IP da pool deles.
    Outro é a não existência de limites de download.
    E sabes qual a razão de tanto acesso Dial-Up ? Porque a Dell, Gateway, etc quando compras um computador oferecem-te 1 ano grátis de ISP em Dial-Up (MSN e AOL são os principais culpados). Quando acaba esse ano, muitos trocam de computador e recebem mais um ano grátis.
    Isto para não falar de quando os ISP mandam um CD para casa com 3 meses grátis.
    Claro que só funciona quando as chamadas locais custam US$0.10 qualquer que seja a duração.
    Mesmo assim é mais fácil ter Banda Larga nos US que aí em Portugal. Tenta ter DSL ou Internet por Cabo no interior...
    Re:Obviamente... (Pontos:1)
    por HiTek DeVil em 04-11-02 22:20 GMT (#50)
    (Utilizador Info)
    Se calhar também te fazia bem lembrar que falei no caso da Europa, não sei quantos habitantes tem, mas não serão só os 10 milhoes de portugueses... só referi o caso portugues, porque é o caso dentro da europa, que se tem visto crescer mais (mesmo o serviço não sendo a maravilha que muitos queriam ter... temos pena... mas não é por isso um dos mais baratos)... Essa amostra, em comparação com os 250 milhoes dos EUA, serve?

    Em relação a viveres nos EUA, também tenho muitos familiares a viver espalhados pelos EUA... o serviço português não é melhor que os dos EUA, nem se torna pior por ser português... como em todo o lado, há operadores melhores (no ponto de vista do cliente) e piores... Mas há nos EUA casos de operadores de cable que bloqueiam portas aos clientes (genero, serviços: ftp, etc.)... E não te esqueças que moras numa zona de grande densidade populacional, comparado com muitas outras zonas dos EUA (que mais parecem desertos)... A vantagem nesse caso é haver concorrencia, coisa que em Portugal seria dificil... se fossem empresas a nivel Europeu, acredito que melhoraria bastante, porque o mercado seria outro, e não seriam empresas de "provincia" como as que cá temos, comparadas com a maioria das ditas 15 operadoras que dizes ter na tua zona... senão teriamos outro caso de operadores de rede fixa, mas neste caso, ISP (sim... uma mão cheia de operadores, e 6 meses depois, todos a desistir)...

    Para rematar, as estatisticas eram feitas tendo em conta o numero de clientes que efectivamente acediam às operadoras, e não estatísticas como muitas vezes se fazem (e como um amigo meu fazia num centro de estatísticas) "se telefonarem para aí, diz que bebes tal bebida, que fumas tal marca e que lês tal jornal", porque era essa pessoa que fazia os inqueritos, e siga para bingo...

    E sim, dou-te razão ao caso de implementação vs penetração, tal como disse no final do post, era o maximo que conseguia dar ontem, tava "rebentado", depois de passar uma carrada de horas à frente do computador a programar um projecto para a semana passada, simplesmente porque à ultima da hora um colega meu resolveu formatar o pc sem fazer backup ao projecto (à parte dele)... Mas não é caso para vires com com "bocas" de não perceber Português... Percebo muito bem português, leio muito, já que grande parte dos desportos que praticava para para libertar o stress, não os posso praticar, porque o joelho não deixa (sim, prefiro chegar aos 30 ainda com o joelho a mexer-se minimamente), então uma forma de libertar algum do stress passa por ler livros... E não é espalhar FUD... Se são dados recolhidos junto dos ISP's, não sou eu que os faço, por isso, o peixe que estava a vender, não era meu, mas sim de centors de estatistica ligadas ao governo dos EUA, para terem dados estatisticos sobre isso, e a vários estudos de mercado na Europa... Pena não ter os links, porque assim ajudava um pouco mais a dar um corpo ao meu comentário...

    HiTek DeVil
    Re:Obviamente... (Pontos:0, Despropositado)
    por moonrider em 03-11-02 19:53 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    Declaram que não suportam e já está. Queres fazer, desenrasca-te. Queres suporte para isso, paga mais.

    Ok, porque não tentas o mundo real por um pouco para te apreceberes que esse tipo de postura não é bem assim que funciona ? :-)
    Re:Obviamente... (Pontos:1)
    por Arrepiadd em 03-11-02 23:01 GMT (#31)
    (Utilizador Info)
    Ok, porque não tentas o mundo real por um pouco para te apreceberes que esse tipo de postura não é bem assim que funciona ? :-)

    Ai nao?!

    enganador, como? (Pontos:1)
    por will em 03-11-02 12:24 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    onde está a casca de banana? já por outro lado ninguem ainda referiu que os 2GB de limite quando não usados transitam para o mês seguinte, e não apenas os GB que se compram por acréscimo.
    Re:enganador, como? (Pontos:1, Redundante)
    por Oldtimer em 03-11-02 15:55 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://na-cama.com/rcarmo
    Erm... Atão o civismo, Mário?

    (Insultar as massas anónimas - mesmo as com cornos - só lhes dá vontade de continuar a guerra...)

    ^D
    Re:enganador, como? (Pontos:2)
    por Montanelas em 03-11-02 16:45 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://www.war-zone.net
    Ele estava stava metaforicamente falando, metaforicamente... >%->>>
    Re:enganador, como? (Pontos:2)
    por js em 03-11-02 16:50 GMT (#15)
    (Utilizador Info)

    És tu, ou gamaram-te a password? :^)

    Julgo que não estás a ser inteiramente coerente. Repara: Não interessa lá muito essa coisa de "favor ao país", uma vez que o país é uma espécie de entidade colectiva e, se bem entendo a filosofia da "coisa", a malta está-se bem cagando para as entidades colectivas...

    Re:enganador, como? (Pontos:1)
    por SlickFox em 03-11-02 17:02 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    ora aí está uma boa maneira de controlar a natalidade :-)
    Re:enganador, como? (Pontos:1)
    por Arrepiadd em 03-11-02 23:12 GMT (#32)
    (Utilizador Info)
    Transitam?
    Olhe que não... olhe que não...

    Eu, pelo menos, na minha contagem de Novembro nao vi nenhum megabyte de Outubro...

    Eu conheco gente que tinha 2.78 GB. Tendo em conta que a mensalidade inclui 2.00 GB, nao me parece muito dificil concluir que o trafego nao utilizado transita para o mes seguinte.

    The choice is yours (Pontos:1, Redundante)
    por mvalente em 03-11-02 15:37 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Estava eu a dar uma vista de olhos nas propostas ADSL pois quero trocar a minha ligação NetCobra por uma qualquer ligação ADSL quando me deparo com o inesperado!!! Vejam as regras do Clix Turbo:

    São as regras deles. Quem não gosta...não come.

    Cumprimentos

    Mario Valente

    Re:The choice is yours (Pontos:1)
    por njsf em 03-11-02 15:39 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    E claro, se não ouver gente suficiente a "comer" a comida deixa de ser produzida....
    Re:The choice is yours (Pontos:2)
    por Psiwar em 03-11-02 21:56 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    E se não for possível comer nada... morre-se de fome.
    Re:The choice is yours (Pontos:2)
    por mvalente em 04-11-02 7:35 GMT (#41)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Se não gostares MESMO de nada... não me parece que sobrevivas muito tempo.

    Mas experimenta, pode ser que te habitues.

    Cumprimentos

    Mario Valente

    Re:The choice is yours (Pontos:2)
    por Psiwar em 04-11-02 11:37 GMT (#42)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    Quer então dizer que preferes uma politica de sobrevivência, a uma politica de desenvolvimento? É que se todos tiverem contratos daquela natureza e continuarem a seguir essa tendência, o desenvolvimento só irá chegar a quem tiver muitos €€€.

    Perpetuar as elites num país devastado por esse mal, huh?
    Re:The choice is yours (Pontos:2)
    por mvalente em 04-11-02 13:09 GMT (#44)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Uma politica de sobrevivencia tem como consequencia o desenvolvimento. O que se tem notado na pratica é que as politicas de desenvolvimento desenbocam muito frequentemente em sobrevivencia.

    Quanto ao argumento do "desenvolvimento chegar a quem tem muito €€€": e qual é o problema disso ? Pode ser que leve os "coça tomates" a trabalhar mais para ganhar mais €€€. Quem não ganhar, azar. Quem nao tem €€€ não tem vicios. Mas olha que mesmo acredito que apareceria mais rapido um abaixamento de preços do que os "coça tomates" deixarem de esperar a "papa feita" com "politicas de desenvolvimento"....

    Cumprimentos

    Mario Valente

    Re:The choice is yours (Pontos:2)
    por Psiwar em 04-11-02 13:38 GMT (#45)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    Uma politica de sobrevivencia tem como consequencia o desenvolvimento.

    Gostava de ver uma aplicação prática dessa afirmação. É que uma politica de sobrevivência serve para implementar medidas que ajudem a resolver uma determinada crise (presente), para depois se poder adoptar politicas de desenvolvimento que ajudem a evitar crises futuras. Mas tu lá sabes...

    Quem não ganhar, azar.

    Se partires do principio que a distribuição de riqueza é justa, até se poderia dizer isso. Mas tendo em conta que este é o mundo real... não podes.

    Aparentemente para ti só existe "quem trabalha muito" e quem "coça os tomates" e esqueces-te do meio termo que é onde está a grande maioria. E tendo em conta o grande número de pessoas que trabalham muito e não ganham nada e de "coça-tomates" que ganham muito e nãp fazem nada, o teu argumento demagógico de "queres mais €€€, trabalha mais", é tremendamente falacioso e irrealista.

    É pá mas deste que tu ganhes o teu que se lixem os outros, né?
    Re:The choice is yours (Pontos:2)
    por mvalente em 04-11-02 15:21 GMT (#48)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    É pá mas deste que tu ganhes o teu que se lixem os outros, né?

    Precisamente. Eu não o teria dito melhor.

    Cumprimentos

    Mario Valente

    Legalidade (Pontos:1)
    por taf em 03-11-02 17:02 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Em nenhuma ocasião será permitida ao Cliente a partilha da largura de banda disponibilizada através do acesso Clix Turbo com outros equipamentos e utilizadores. O serviço Clix Turbo pressupõe a sua utilização em um só computador pessoal.

    O facto de isto estar no contrato não quer dizer que seja legal...
    Aliás, eles vendem o serviço de acesso com uma largura de banda e um tráfego, agora, quanto a fornecer o acesso a outros PC's não é nada com eles...

    Mais grave ainda, eles vão priobir que eu tenha uma rede interna em casa? Devem querer que lá por ter o serviço deles ( que n tenho ) que desligue a PC que tem acesso da rede... No mínimo é cómico !

    Só em PT...

    Re:Legalidade (Pontos:2)
    por Cyclops em 03-11-02 17:17 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    Mais grave ainda, eles vão priobir que eu tenha uma rede interna em casa? Devem querer que lá por ter o serviço deles ( que n tenho ) que desligue a PC que tem acesso da rede... No mínimo é cómico !

    Não, a intenção não é que desligues o teu pc da rede, mas que compres N kits clix turbo (onde N é o número de pc's que iriam ter acesso à net.
    TTL (Pontos:3, Interessante)
    por jmce em 03-11-02 17:27 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://jmce.artenumerica.org/

    Suponho que uma das vias para o Clix "policiar" a obediência a esta cláusula imbecil seria inspeccionar o TTL dos pacotes vindos de casa: havendo pacotes com TTLs variados, isso indicaria a presença de computadores "por detrás" do ligado directamente, já que em cada acto de routing é normalmente subtraído 1 ao TTL.

    O kernel do Linux (na máquina que faz NAT/masquerading) pode dar uma ajudinha uniformizando à saída o valor dos TTLs: veja-se a secção sobre o alvo TTL no "Iptables Tutorial".

    Mas em vez de enganar os (como chama o tutorial) "bully ISPs", o melhor ainda é passar-lhes a mensagem de uma forma que melhor penetre os crânios duros das cabeças do marketing:

    1. divulgando e explicando o significado destas cláusulas a quem possa estar menos atento;
    2. fazendo o dinheiro falar e negociando com outros, pelo menos enquanto houver escolha.

    Re:TTL (Pontos:2)
    por biduxe em 03-11-02 18:54 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://bdx.no-ip.info
    Estive quase a mandar um comentario semelhante, mas depois pensei... E quem me tira de, com apenas um computador, usar varios ttl diferentes? Nao é assim tao raro, as vezes antes de fazer um download faco varios traceroutes a varios mirrors.
    ------ EOFim.
    O que é que eles têm a ver com a minha vida? (Pontos:2)
    por js em 03-11-02 20:30 GMT (#25)
    (Utilizador Info)

    Perante esta bela cláusula, é caso é para perguntar: O que é que eles têm a ver com a minha vida? O que é que eles têm a ver com o que eu ligo às fichas do meu PC? Mais: como provavelmente há para aí uma Lei qualquer que diz que eles não podem impôr condições destas ao que eu faço dentro da minha casa, às tantas o contrato é inválido. O que não deixa de ser interessante: Será que isso pode ser aproveitado para chular vilmente o Clix anulando alguma outra cláusula? Era o que eles mereciam. Há alturas em que tenho pena de não ser advogado...

    Re:O que é que eles têm a ver com a minha vida? (Pontos:1)
    por moonrider em 03-11-02 20:51 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    O que é que eles têm a ver com a minha vida?

    Desculpa lá, mas esta teve imensa piada... :-)
    Eles nada têm a ver com a tua vida, nem sequer querem saber da tua existência... até ao momento que lhes compraste um produto e que, ao faze-lo, aceitaste o contrato proposto.
    Já agora, alguém já leu com atenção o contrato dos outros ISPs ? É que tenho a sensação de que o Clix não é o único com esta cláusula, e garanto-vos que não foi o primeiro.
    Re:O que é que eles têm a ver com a minha vida? (Pontos:1)
    por HiTek DeVil em 04-11-02 1:08 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    Eu não sei, mas essa cláusula não será identica ao contrato da tvcabo há uns anos atrás, em que fazia subentender que para cada televisão a mais que quisesses ter tvcabo, terias de ter mais uma ficha tvcabo instalada? (que para cada ficha instalada eram perto de 10 ou 15 contos)?

    P.S.- Eu só fiz o contrato da tvcabo quando mudei de casa, porque na outra casa tinha 5 antenas parabólicas repartidas pelos 5 lotes de prédios, e cada antena "apanhava" 5 ou 6 canais, entre eles a maior parte dos que a tvcabo tinha na altura em que assinei o contrato na nova casa, isto à uns 2 anos, e no meu contrato não dizia nada sobre as fichas, e nessa altura cada ficha adicional eram 5 contos, mas um vizinho meu falou-me nisso na altura em que instalou, mas não sei como era... quem saiba, que responda :)


    HiTek DeVil
    Re:O que é que eles têm a ver com a minha vida? (Pontos:2)
    por js em 04-11-02 1:51 GMT (#39)
    (Utilizador Info)

    A questão é: Eu não considero legítimo que eles imponham regras desta natureza para o que eu posso ou não fazer dentro da minha casa. Por esta cláusula interferir com o que eu faço da minha porta para dentro é que perguntei, e repito: O que é que eles têm a ver com a minha vida?

    Repara que não estou a dizer que tenho direito a fazer tudo dentro de minha casa. Há coisas que continuam a ser crime, tipo espancar pessoas, etc.. Não me parece é que ligar um computador a outro seja uma espécie de acção susceptível de ser equiparada ao espancamento de pessoas.

    Repara ainda que me refiro ao que faço estritamente dentro da minha casa. Não estou a falar de fornecer serviço a terceiros, fora de casa. Por exemplo, não estou a defender que devo ter direito a fornecer rede ao prédio todo a partir do meu acesso. Por outro lado, se eu convidar um amigo para jantar, ele levar um portátil e o quiser ligar à rede, porque não o hei-de ligar através da minha máquina? Porque a clix diz? Ora, metam-se mas é na vossa vida!

    Re:O que é que eles têm a ver com a minha vida? (Pontos:2)
    por js em 04-11-02 1:37 GMT (#38)
    (Utilizador Info)

    A prespectiva é outra: Se achares que o contrato é inválido e que podes usar essa sua característica para tirar partido dele para além do que a clix queria, então se estiveres numa se ser sacana se calhar até te interessa assiná-lo. Até encontras facilmente justificação "moral" para o fazer: O contrato, elaborado pela clix, estipula cláusulas abusivas com pretensões a interferir com o que podes ou não fazer dentro de tua casa? Fixe, nada melhor que fazer-lhes sair o tiro pela culatra! Tinha cá uma pena...

    Tenho uma certa curiosidade em saber até que ponto é que o `gang' que elabora contratos com cláusulas desta estirpe não está, de facto, a usar uma estratégia puramente comercial "a ver se pega", do tipo "deixa cá ver se a gente assusta uns patos com isto para eles comprarem mais coisas do que realmente precisam"...

    Tenho também uma certa curiosidade em saber se a difusão em larga escala de contratos com cláusulas da família da desta não pode ser condenada em tribunal. Sei lá, penso que há pelo menos um bocado de má-fé da parte de quem elabora o contrato. Há outros casos de contratos com cláusulas abusivas, por exemplo, contratos bancários para cartões de crédito. O que se passa é que a entidade que faz o contrato sabe muito mais do que o cliente, e tira alarvemente partido da ignorância do cliente para lhe impôr (pelo menos, psicologicamente) condições ilegais.

    Qual é, juridicamente, a diferença entre este procedimento e o de vender o Mosteiro dos Jerónimos tirando partido de que o comprador ignora que aquilo não está à venda? Não é tudo uma espécie de burla?

    Enfim, pergunto apenas, pois não entendo nada de leis...

    Salvaguarda... :-S (Pontos:2, Esclarecedor)
    por ppx2001 em 03-11-02 23:40 GMT (#34)
    (Utilizador Info)
    Boas! Pelo que sei (inside info... ;-)), esse tipo de cláusula destina-se a salvaguardar o suporte técnico no caso de ser necessária algum tipo de intervenção. Ou seja: ligas para lá com um problema na ligação. Eles tentam ajudar-te. Não conseguem. Chegam à conclusão de que tens uma rede lá "pendurada". Lamentam mas não te podem ajudar porque não estás a usar o serviço dentro das condições estabelecidas e aceites pelo cliente... cumps!
    ppx2001
    Re:Salvaguarda... :-S (Pontos:1)
    por HiTek DeVil em 04-11-02 1:11 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    Sim, mas nesse caso, no suporte técnico, simplesmente recusariam a prestar suporte porque no contrato salvaguardariam isso, mas não na forma de "proibir".... porque eles não estão simplesmente a salvaguardar o suporte técnico para o caso de terem de prestar suporte a quem tenha uma rede em casa... estão a proibir de ter uma rede ligada a essa ligação...


    HiTek DeVil
    Engraçado (Pontos:1)
    por rewt em 05-11-02 10:26 GMT (#52)
    (Utilizador Info)
    Boas tardes

    Entao a Clix nao deixa que uma pessoa comum possa fazer NAT? Engraçado! Pois todos os outros Operadores deixam, apenas dizem que nao se responsabilizam pela Rede! Ou seja, quer isto dizer que nao nos ajudam de qualquer forma! Contudo, é possivel, porque uma rede, de poucos computadores, nao vai engolir a largura de banda toda, e com isto todos podem navegar normalmente, so se forem muito azelhas naquilo que fazem! O clix, la esta... Vai ser mais um operador a ficar para tras, mais cedo ou mais tarde... uma questao de tempo! O mercado, nao pode dar ao luxo de estes ISPS estarem cá, pois a regra é igual para todos: "A LEI DO MAIS FORTE!" e a clix vai perder com isto!

    Linux, a proof of concept!

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]