gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Os usos idiotas do Bluetooth
Contribuído por dario em 27-10-02 19:32
do departamento se-conduzir-não-telefone
News Se alguém tem dúvidas que a esperteza saloia não conhece limites, então leia este artigo da BBC . Há estudos que mostram que usar o telemóvel enquanto se conduz tem o mesmo efeito que conduzir bêbado, sobretudo porque o cérebro é incapaz de se concentrar nas duas tarefas (conduzir e conversar) ao mesmo tempo. Mas ao que parece, há companhias que pensam usar kits-mãos-livres Bluetooth para contornar a lei. Esperemos que seja só anedota.

2010 até Novembro | Google restringe acesso à rede  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • este artigo da BBC
  • Mais acerca News
  • Também por dario
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    idiota? (Pontos:0, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 27-10-02 20:12 GMT (#1)
    Idiota? Anedota?

    Gostava que explicasses o teu ponto de vista, o que te leva a dizer isso. E' idiota so' porque agora existem kits maos-livres que utilizam a tecnologia Bluetooth? Entao e os kits maos-livres convencionais que ja' existem ha' varios anos? Tambem sao idiotas e anedotas? E os auriculares mais convencionais? Tambem sao idiotas e anedotas?

    Entao, na tua opiniao, e' melhor ver a parolada que prai' anda, a segurar o telemovel com uma mao, e a coçar os tomates com a outra, e a conduzir com o joelho?

    Eu sou, regra geral, absolutamente contra conduzir e falar ao telefone, mas, nao sejamos desonestos, ha' alturas em que nao se pode evitar. Segundo a tua opiniao, entao, e porque e' "esperteza saloia", devo ou nao atender (esquece la' o facto de que o teu irmao mais novo teve um acidente e esta' 'as portas da morte) porque vou numa via onde nao se pode parar, ou tirar uma das maos do volante para poder segurar no telemovel? Desculpa, mas isso e' absurdo.

    Ate' porque a lei portuguesa nao proibe o uso de auriculares ou sistemas de alta-voz. O que os ingleses fazem ou deixam de fazer interessa-me muito pouco -- alias, considerando que 70 e tal porcento deles nao sabe sequer quem e' o Saddam Hussein, e outros tantos nao conseguem dizer o nome de um membro do governo que nao o Tony Blair, apesar de dizerem de tras para a frente o elenco completo do "Anjo Selvagem" la' do sitio, o "East Enders"...

    Sinceramente, li este artigo varias vezes, nao fosse o defeito de compreensao estar na minha parte, e quanto mais o leio, mais imcompreensivel o acho. Artigos que ventilam opinioes pessoais auto-aprovados? Ja' nao bastava o outro?
    Re:idiota? (Pontos:3, Esclarecedor)
    por joaobranco em 27-10-02 20:23 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Idiota, (do ponto de vista dos fabricantes) não necessáriamente, mas esperteza saloia sim, se a ideia por detráz disto for contornar alguma lei que proiba todo o uso de telemóveis dentro de carros por parte do condutor, como parece poder vir a ser o caso na Grã-Bretanha.

    Eu não tenho nada contra Bluetooth em carros se for para fornecer uma alternativa legal ao uso legal de auriculares ou kits-mãos-livres. Parece-me um uso interessante de uma funcionalidade normalizada. E até pode criar possibilidades interessantes...

    No entanto, o que parece estar subjacente à medida é - antes que banam o uso de telemóveis de todo, vamos criar um suporte para telemóveis na própria especificação do carro, de forma a que se possa dizer que não se instalou posteriormente nada ilegal e se use à mesma o telefone. E isto é pelo menos esperteza saloia.

    Nota que o que causa acidentes não é apenas o teres uma mão no volante e outra no trélélé, pode ser estares preocupado a ouvir a outra pessoa e responder-lhe... Mas claro que se esta lógica for aplicada, poderia tornar-se ilegal usar autorádios ou um passageiro conversar com o condutor.

    Cumps, JB

    Re:idiota? (Pontos:2, Esclarecedor)
    por Arrepiadd em 27-10-02 21:00 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Mas claro que se esta lógica for aplicada, poderia tornar-se ilegal usar autorádios ou um passageiro conversar com o condutor.

    Isto ja foi estudado e chegaram a conclusao que um passageiro a conversar com um condutor apresenta um risco muito menor que uma pessoa a falar ao telefone. E e compreensivel. Um passageiro vai no transito e sabe calar-se quando estao numa situacao mais apertada. Tu proprio o fazes quando vais dentro de um carro a acompanhar alguem. Uma pessoa que fale contigo ao telemovel nao sabe quando estas numa situacao que exige concentracao total e por isso continua a falar e as tantas ate te exige uma resposta quando estas prestes a ter um acidente...

    Re:idiota? (Pontos:3, Informativo)
    por biduxe em 27-10-02 23:18 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://bdx.no-ip.info
    Uma pessoa que fale contigo ao telemovel nao sabe quando estas numa situacao que exige concentracao total e por isso continua a falar e as tantas ate te exige uma resposta quando estas prestes a ter um acidente...
    Toda a nova tecnologia exige um tempo de adaptação, durante a qual tem perigos que vão diminuindo conforme os utilizadores ganham formação ou experiência.
    Depois de 3 ou 4 gatos cozidos eu aprendi que não podia secar o gato no micro-ondas.
    Para o uso do telemóvel no carro fui mais rápido a aprender. quando preciso falar mesmo, falo, mesmo a conduzir e sem mãos livres, mas quando a situação fica complicada, eu calo-me e deixo de prestar atenção à conversa, peço depois para repetir, seja patrão ou namorada. Dica: para justificar o silêncio ou a não audiência do interlocutor, quando se trata de uma pessoa que não posso ofender por pretensa indiferença, digo que passei pela polícia e tive que largar o telemóvel mesmo que não seja o caso. Por enquanto tive sorte e espero não queimar nenhum gato com o meu novo micro-ondas.
     
    ------ EOFim.
    Re:idiota? (Pontos:2, Interessante)
    por Presley em 27-10-02 23:47 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://fm.magicx.net
    Desculpa desculpa desculpa....

    Toda a nova tecnologia exige um tempo de adaptação, durante a qual tem perigos que vão diminuindo conforme os utilizadores ganham formação ou experiência.????????

    A vida de inocentes é então um preço justo a pagar?

    Quanto ao teu largar do telemovel em situações delicadas, diz-me uma coisa Schumacher!
    Eu no meu modesto automóvel e com a minha modesta aptidão para conduzir, acho pouco o tempo que Deus disponibilizou entre os 50km/h e o salto de uma criança para a estrada.

    Tu no teu Ferrari consegues largar o telemovel nesses mesmos milisegundos?
    Re:idiota? (Pontos:3, Interessante)
    por biduxe em 28-10-02 0:17 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://bdx.no-ip.info
    A vida de inocentes é então um preço justo a pagar?
    Porque é que achas que eu já conduzo prudentemente? Achas que já tenho uns quatro ou cinco inocentes no currículo é? Aquilo sobre os gatos que já cozi no micro-ondas é falso, brincadeira, juro!
    acho pouco o tempo que Deus disponibilizou entre os 50km/h e o salto de uma criança para a estrada.
    Eu também, por isso, quando estou numa situação em uma criança pode saltar para a estrada sem eu poder ver com antecedência, -isto é, num área urbanizada, ou em que tenho carros estacionados a esconder potenciais crianças, ou outras diversas razões que o justifiquem- ando abaixo dos 50km/h, bastante abaixo até se estiver ao telefone.

    Acrescento que por ter andado muito de mota e bicicleta na circulação urbana, sempre observei com atenção se os condutores dos veículos à minha volta estavam a telefonar para evitar as asneiras mais clássicas. Qualquer motociclista urbano pode confirmar: o problema das pessoas que estam a telefonar não é deixar de travar ao ver um obstáculo pela frente, mas sim mudar de faixa, ou de direcção sem avisar e sem verificar se aparece alguém dos lados ou no retrovisor. Resumindo, o condutor ao telefone, não olha, ou olha pouco para os lados e para o retrovisor, e concentra toda a sua atenção para a frente, é isso que fundamenta a comparação com a condução em estado de embriaguez, com o mesmo efeito de túnel, embora não se aplicando os outros efeitos do álcool. Eu só converso em situações em que não mudo de direcção nem de faixa.

    O problema que salientas é real mas tem mais a ver com a relação entre visibilidade e velocidade, do que especificamente com telemóvel.

    Abre os olhos. Pessoas a conversar conduzindo, com ou sem mãos livres, haverá sempre, mesmo que seja proíbido e reprimido. Agora se há soluções, como kits mãos livres, ou informação aos condutores sobre os efeitos dessa conduta, que possam minimizar os riscos, tanto melhor.

    Peço-te por favor, para não olhares para mim como uma pessoa que tem o Ferrari cheio de sangue de crianças inocentes... O que os outros vão achar de mim! ;)

    Ah um detalhe, não é Deus que disponibiliza o tempo que tenho para evitar as crianças que se atiram contra o meu Ferrari, sou eu, segundo a velocidade a que ando, em função da visibilidade que tenho, esta é a minha responsabilidade, acusar Deus de dar muito pouco tempo, não é a minha política.

    ------ EOFim.
    Re:idiota? (Pontos:1)
    por Presley em 28-10-02 11:55 GMT (#29)
    (Utilizador Info) http://fm.magicx.net
    Mas, Schumacher, acho demais pedir que um gajo, condutor mediano como eu, tome atenção aos semáforos, carros estacionados em segunda fila, carros estacionados em cima de passadeiras, semáforos avariados, sinalização escondida por camionetas, 3 retrovisores, Rádio Comercial e ainda tenha tempo para ver quais os condutores que estão com telemovel.

    Se juntarmos escalar as louras boazudas e as crianças no passeio, alguma coisa tem de sair fora. E eu sou um condutor mediano, anda muita gente a conduzir que nem isso é.

    Para mais, ensinaram-me muita coisa nas aulas de condução, mas nunca me falaram de olhar para ver quem está ao telefone.

    E não te preocupes Schumacher, eu sei que o teu Ferrari não está coberto de sangue, mas muitos Ferraris como o teu andam...
    Re:idiota? (Pontos:2)
    por biduxe em 28-10-02 14:53 GMT (#38)
    (Utilizador Info) http://bdx.no-ip.info
    Para mais, ensinaram-me muita coisa nas aulas de condução, mas nunca me falaram de olhar para ver quem está ao telefone.
    Isso eu não aprendi nas aulas de condução, até porque só observo isso quando estou de mota ou de bicicleta. Suponho que de carro o campo visual fica restrito demais para conseguir ver isso.
    ------ EOFim.
    Re:idiota? (Pontos:2, Interessante)
    por Presley em 28-10-02 12:14 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://fm.magicx.net
    E atenção, eu sei que tu não cozeste gatos e sei que conduzes em segurança, no que julgas ser os teus limites, mas um gajo só sabe onde ficam os limites quando os quebra.

    Eu também conduzo dentro dos meus limites, e até hoje ainda não os quebrei, mas tenho plena consciência que muitos dos números nas estatisticas que fazem Portugal ser o primeiro em pelo menos alguma coisa depois de perdermos no Hoquei, muitos desses numeros eram pessoas como eu e tu , que conheciam os seus limites e que olhavam para as crianças no passeio.

    O meu pai é um chato a conduzir. Mas com a sua bela idade, nunca teve um único acidente. O meu pai abomina as pessoas que usam telemoveis, e eu já o vi com estes olhos a dar uma lição a um condutor que 50 mil multas não podiam ensinar.
    Civismo a conduzir é necessário, aliás, urgente, para que deixem de acontecer acidentes como o deste fim de semana no Algarve, em que 5 pessoas julgaram que não precisavam de ir na camioneta que a associação de estudantes disponibilizou para a festa da cerveja, e só 2 deles ficaram para comprovar que estavam errados. Ficaram vivos, quero eu dizer....
    Re:idiota? (Pontos:1)
    por taf em 28-10-02 9:19 GMT (#21)
    (Utilizador Info)
    Isto ja foi estudado e chegaram a conclusao que um passageiro a conversar com um condutor apresenta um risco muito menor que uma pessoa a falar ao telefone. E e compreensivel. Um passageiro vai no transito e sabe calar-se quando estao numa situacao mais apertada. Curioso , ja vi mais acidentes em que o condutor tem a cara espetada no volante , MAS com um jornal entre a cara e o volante que acidentes provocados por telemoveis...
    Aliás, é muito mais perigoso quando vais na rua e vês pessoas a conduzir com a mão esquerda completmaente de fora da janela... (pronto , eu admito , aos fins de semana vê-se muito isso , imagine-se lã porque...)
    Se a possoa não está a pensar na conversa está a cantar a musica que está a passar na rádio, ou a pensar que a filha dá mais quecas que ela própria ...
    Já agora, um detalhes, acho cómico falar ao telemovel no carro e segurando-o com a mão direita...
    Re:idiota? (Pontos:2)
    por mlopes em 28-10-02 11:49 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    Desculpem lá os que têem cérebro e que já perceberam quais os problemas de conduzir enquanto se fala ao télemovel! Mas este é um assunto que me irrita profundamente e vou ter que responder a este senhor!

    Olha, se queres uma definição de esperteza saloia, compa um espelhinho que não te vai custar a perceber o que é!
    Em relação ao teu irmão, eu quero é que ele vá morrer longe, não estou disposto a levar com um anormal em cima só porque o xico esperto achou que podia pôr a minha vida (e a de outros inocentes) em risco porque acha imprescindível andar a falar ao telefone enquanto conduz! Ou achas que o facto de estar uma vida em risco justifica pôr em risco várias outras vidas que nada têem a haver com o assunto? Se não te sabes comportar na estrada anda de transportes publicos!

    Já sei que vou ficar com -2 pontos, mas é que estas bestas que têem a mania que têem o direito de pôr a vida dos outros em risco por comodismo irritam-me solenemente!

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:idiota? (Pontos:2)
    por mlopes em 28-10-02 16:08 GMT (#42)
    (Utilizador Info)

    E nao so', so' que boa educacao e civismo, infelizmente, nao se compram nas lojas

    A boa educação e o civismo guardo para quem as merece, os assassinos conscientes que diariamente pôem em perigo a mim e a minha familia, não merecem tal tratamento!

    A proxima vez que alguem da tua familia estiver a morrer numa qualquer cama de hospital e tu nao saibas de nada, aposto que _depois_ vais desejar que todos os telemoveis do mundo tivessem estado contigo, estivesses tu na A3, no cimo do monte evereste ou na floresta amazonica.

    Primeiro quero deixar claro que ao contrário do que tentas fazer parecer, nada tenho contra os télemoveis, desde que sejam usados nas circunstâncias correctas! Podes procurar um outro post meu nesta thread onde vais encontrar um link para o site da dgv, lá encontras um bom concelho para o que deves fazer quando o télemovel toca! É algo do género encostas no primeiro sitio onde te for permitido e atendes ou ligas de volta!?

    Por alguma razao obscura, ja' paraste para pensar (surpresa, surpresa...), ja' te passou pela cabeca que atender uma chamada enquanto se conduz (usando um auricular ou sistema de alta-voz) nao implica automaticamente que nos transformemos num "anormal"

    Já, já parei para pensar nisso, e penso que de facto não implica que quem o faz se transforme num anormal por o fazer, mas que já o é senão nunca o teria feito!

    Enfim, extremismos(...)

    Enfim, a habitual frase de quem não tem argumentos para tentar desculpar-se pelo indesculpável!

    Realmente, gostava de um dia destes te ver a conduzir, 'es um Deus supremo e nunca cometes erros, por mais infimos que sejam.

    Que bonito!!!! Então consideras que cometer erros é tão mau como conscientemente pôr em perigo a vida de outros! Só me vens dar mais razãoes para desprezar essa gentinha que não tem respeito nenhum pela vida das outras pessoas e que são ignorantes demais para se aperceberm da sua própria ignorância!

    pelo menos tem a hombridade de assumir a sua quota parte de distracçoes e erros

    Estou a ver que continuas a não saber distinguir erros de atitudes acéfalas conscientes!

    tendo em conta o nivel de profissionalismo da maioria dos condutores de autocarros e afins, esses sim, deviam ser _quase_ todos impedidos de conduzir veiculos com algumas dezenas de toneladas.

    Finalmente algo em que concordo contigo, e que extendo aos taxistas!

    Por isso, se calhar mais valia era barafustares contra o governo por deixar transparecer a mensagem de que, se vai conduzir, beba mais um copinho

    Primeiro nunca vi essa atitude por parte do governo, mas mesmo que isso seja verdade, podes de novo consultar o linkzito para o site da dgv e ver lá que afinal o que fazes é tão grave como aquilo que fez o anormal alcolizado que causou vitimas inocentes, mas como ai não eras tu o condutor, já te dignas a chamá-lo de energumeno!

    Mais respeito, se faz favor, que eu nao te ofendi!

    Fazes pior que isso ao pôr em perigo a vida de todos aqueles que infelizmente têem que partilhar as estradas contigo!

    E ja' agora, tu tambem tens a mania que podes regular a liberdade dos outros, nao achas?

    A liberdade de uma pessoa acaba onde começa a de outra! O teu direito de ser um assassino ao volante acaba quando entram outras pessoas na estrada, cuja intenção não é serem assassinadas por alguêm que não pode deixar de atender um télemovel!

    Já agora gostaria de ver em que lado da discussão estarias se o tema em vez de ser "condutores ao télemovel" fosse sobre "condutores alcoolizados"!


    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:idiota? (Pontos:2)
    por mlopes em 28-10-02 17:17 GMT (#47)
    (Utilizador Info)
    A taxa máxima de 0.2 na minha opinião é um pouco extremista, e acho que 0.5 é uma taxa aceitável, apesar de eu não beber absolutamente nada quando vou conduzir!

    Quanto ao restante, é a tua opinião e não a vou discutir, é uma opinião não fundamentada mas estás à vontade para retirar exemplos de distorção, descontextualização, mentira e manipulação do meu discurso e assim fundamentares o que dizes, talvez aí eu perca o meu tempo a considera-la ponto por ponto!

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Por Falar em Bluetooth (Pontos:3, Informativo)
    por MavicX em 27-10-02 20:40 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    A microsoft vai comercializar a partir de dia 1 de Novembro um teclado e rato com tecnologia Bluetooth. Uma das maiores vantagens é permitir a comunicação até 9 metros em vez dos habituais 2 metro da tecnologia rádio.

    Até aqui parece tudo bem, e parece um bom produto. Mas fiquem a saber que o unico SO que funciona é o Windows XP SP1 .

    fonte : http://www.clubic.com/n/gen/n6960.html

    Pedro Esteves

    Re:Por Falar em Bluetooth (Pontos:3, Engraçado)
    por biduxe em 28-10-02 0:25 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://bdx.no-ip.info
    É escandaloso!!! Tenho a certeza que só inventaram isso para contornar a lei que proíbe usar o laptop a conduzir. Agora qualquer esperto saloio pode agarrar num desses teclados, pousar no regaço e usar enquanto conduz, e argumentar que não está a usar o laptop pousado no assento do passageiro.

    Vou já comprar um... só funciona com XP?... hum... Alguém sabe se o XP funciona num 486 DX 50Mhz com 24Mo de ram, vou já verificar se o meu laptop tem blue tooth!
    ------ EOFim.
    Re:Por Falar em Bluetooth (Pontos:2)
    por CrLf em 28-10-02 0:39 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Mas fiquem a saber que o unico SO que funciona é o Windows XP SP1.

    E eu que pensava que o XP não funcionava... afinal estava enganado ;)

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Por Falar em Bluetooth (Pontos:2, Informativo)
    por mazevedo em 28-10-02 5:14 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://mazevedo.welcome.to
    E de facto não estás. Para os que não tem Bluetooth, e pelos vistos quem escreveu o comentário acima NÃO TEM, O Windows XP com SP1 ainda NÃO TEM SUPORTE DE BLUETOOTH! Se queres Bluetooth, instalas todos os drivers do fabricante e respectivos "shell extensions" para permitir um "deficiente" funcionamento do Bluetooth no XP.

    Já agora, esta norma aplica-se a todos os SOs da Microsoft, com a excepção, suponho do Windows 95. Mas mais uma vez, não tens suporte oficial (até à data) da parte da Microsoft.

    Alias, já tinha submetido à coisa de mês e tal um artigo, que infelizmente não foi aprovado, onde, acho que mencionava o facto da Microsoft ainda não ter suporte nativo de Bluetooth uma das razões que é tão dificil a tecnologia aparecer.
    ----
    //\anuel /|zevedo

    Re:Por Falar em Bluetooth (Pontos:1)
    por caxica em 28-10-02 15:12 GMT (#41)
    (Utilizador Info)
    Do q e q adianta ter este alcance suplementar?
      IMHO nao se pode fazer muito a mais de 2 metros do ecran, mesmo se estiver a ver um filme num 21" e ate para isso ha os comandos infra vermelhos que sao muito melhores.

    E se for para uma sala com projector ligado ao computador, qual e a utilidade dum tal sistema?

    Mais uma da M$ para convencer o pessoal que precisam de uma coisa inutil. Mas ha muitos q vao cair...
    E fiabilidade ? (Pontos:2)
    por jneves em 27-10-02 21:37 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://silvaneves.org/
    Já vi um destes kits mãos livres com bluetooth em acção. De vez em quando perdia a ligação ao telemóvel, o software do telemóvel crashava, se uma chamada começasse usando o kit mãos livres não era possível passá-lo para o telemóvel (o que é um bocado chato quando a ligação bluetooth se perde). A maior parte destes problemas pode ser atribuído ao telemóvel. Alguém tem experiências melhores com este tipo de equipamento ?
    Nunca percebi muito bem... (Pontos:0, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 27-10-02 22:23 GMT (#8)
    Há estudos que mostram que usar o telemóvel enquanto se conduz tem o mesmo efeito que conduzir bêbado, sobretudo porque o cérebro é incapaz de se concentrar nas duas tarefas (conduzir e conversar) ao mesmo tempo.

    Ok... então passem a colocar mordaças em todos os ocupantes do automóvel ou tampões nos ouvidos do condutor.

    Re:Nunca percebi muito bem... (Pontos:2)
    por CrLf em 28-10-02 0:36 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Não tem nada a ver... O esforço mental que é necessário para se concentrar no que a pessoa que está do outro lado da "linha" está a dizer é imensamente superior àquele que é necessário numa conversa "ao vivo".

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Nunca percebi muito bem... (Pontos:1)
    por SlickFox em 28-10-02 0:56 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    "é imensamente superior"

    porque? para além de possível ruido de fundo não estou a ver a diferença!

    Cumps
    Re:Nunca percebi muito bem... (Pontos:1)
    por Arrepiadd em 28-10-02 21:27 GMT (#53)
    (Utilizador Info)
    Eu acho que ja referi isso num outro comentario mas:

    Quando tu vais a falar com uma pessoa que vai ao teu lado e vais por exemplo no transito a pessoa ve quando e minimamente aconselhavel estar calado. Quando estao numa situacao mais confusa a pessoa cala-se para ver tambem o que se esta a passar.

    Por outro lado quando vais ao telemovel, como a pessoa nao sabe por que situacao estas a passar, nao para de falar. Acabas por ter a distraccao que nao tinhas com a pessoa ao teu lado, porque esta se calava.

    Re:Nunca percebi muito bem... (Pontos:1)
    por dduarte em 29-10-02 1:14 GMT (#59)
    (Utilizador Info) http://www.codeminds.com
    e o que acontece quando estou a ouvir as noticias no radio do carro? será que não consigo focar a minha atenção no que quero sem que sejam os outros a calarem-se para que isso aconteça?
    Re:Nunca percebi muito bem... (Pontos:2)
    por mlopes em 29-10-02 11:02 GMT (#61)
    (Utilizador Info)
    Costumas responder ao homem das notícias da rádio?

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Errrr.... é simples.... (Pontos:2)
    por CrLf em 29-10-02 23:29 GMT (#69)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Dou só um exemplo. Estás a falar ao telefone, alguém chega ao pé de ti e começa a falar... consegues manter as duas conversas ao mesmo tempo? Ou a pessoa de fora impede que compreendas o que a pessoa ao telefone está a dizer?

    A qualidade do som ao telefone elimina algumas entoações e outros elementos que numa conversa ao vivo permitem nunca perder o fio à meada mesmo que algumas palavras sejam completamente ignoradas, daí que falar ao telefone exige muito maior concentração. Além disso numa conversa ao vivo a outra pessoa normalmente apercebe-se de que não tomámos atenção e ou repete ou muda o ritmo para se adequar à situação, ao telefone isso não acontece.

    Já agora pensem nisto, porque é que se consegue ter uma conversa ao vivo no meio do barulho mas se fôr ao telefone toda a gente se afasta para um sítio mais calmo para poder falar?

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Nunca percebi muito bem... (Pontos:2, Despropositado)
    por mlopes em 28-10-02 11:40 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    és mesmo estupido e compreensão lenta!

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:Nunca percebi muito bem... (Pontos:2)
    por xeon em 28-10-02 13:32 GMT (#33)
    (Utilizador Info) http://pthelp.org
    Podem ja' agora proibir os taxistas de usar os "radio-taxis" :-)

    Sim, sao tanto ou mais distractivos que um telemovel ...


    -- Reading the FM
    Os porquês do idiota (Pontos:3, Esclarecedor)
    por dario em 28-10-02 8:31 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Enfim, desilude-me que seja preciso explicar tudo tintim por tintim, mas vendo os comentários a esta história, parece-me que há muita gente que não percebeu.

    Em primeiro lugar: reafirmo que é uma aplicação idiota para Bluetooth. O perigo do telemóvel enquanto se conduz está especialmente no facto de que o cérebro é incapaz de se concentrar nas duas tarefas ao mesmo tempo. É claro que ter uma mão ocupada com o télélé também não ajuda muito, mas não é esse o factor mais importante: com ou sem kits mãos-livres, telefonar quando se conduz é perigoso.

    Quanto aos kits mãos-livres sem Bluetooth que já existem, é claro que são também perigosos. E se a lei os permite, é porque que quando a lei foi feita pensava-se que o único risco dos telemóveis advinha da tal mão que estava ocupada. Se os legisladores tiverem dois dedos de testa, será apenas uma questão de tempo até que os kits mãos-livres sejam também proíbidos enquanto se conduz.

    E já agora, para a malta que tem dúvidas: experimentem realizar ao mesmo tempo duas tarefas que exijam concentração e coordenação. Não sobrestimem a capacidade das vossas cabecinhas!

    Por último, e que dizer das conversas com os passageiros? Não é a mesma coisa que falar ao telemóvel? Não. Os passageiros encontram-se no mesmo contexto que o condutor, e sabem calar-se quando a situação se aperta.

    Percebem agora porque é que este tipo de iniciativas do estilo "vamos dar-lhes a volta com Bluetooth" são esperteza saloia?

    Re:Os porquês do idiota (Pontos:0, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 28-10-02 9:20 GMT (#22)
    Por último, e que dizer das conversas com os passageiros? Não é a mesma coisa que falar ao telemóvel? Não. Os passageiros encontram-se no mesmo contexto que o condutor, e sabem calar-se quando a situação se aperta.

    Ok, admito que não sou loiro ou louro (nem sou papagaio) mas...
    Então não se colocam mordaças nos acompanhantes nem tampões nos condutores.

    Então e em relação às crianças?

    (...)

    "quero fazer xixi..."

    (...)

    "já chegamos?"

    (...)

    "tenho fome..."

    (...)

    "quero fazer xixi..."

    (...)

    "já chegamos?"

    (...)

    "tenho fome..."

    (...)

    "quero fazer xixi..."

    (...)

    "já chegamos?"

    (...)

    "tenho fome..."

    (...)

    "quero fazer xixi..."

    TAMBÉM VÃO PROIBIR O USO DE CRIANÇAS AO VOLANTE?

    É que para mim desconcentram bem mais que uma conversa telefónica.

    E as notícias? E o Homem que mordeu o Cão? E o Fórum TSF? Não é fazer duas coisas ao mesmo tempo? Ouvir, perceber, estar com atenção e conduzir?

    Prontos. Já vi que vos toquei no botão "que este gajo é mesmo muita estúpido!"
    O que eu quero dizer: acho que é perigoso manter uma conversa telefónica e conduzir ao mesmo tempo (sem mãos livres então nem coloco a questão). Claro que como em qualquer coisa existem graus de gravidade/perigo. Mas nesta ordem de ideias (desconcentração) deveria ser proibido fazer algumas coisas que actualmente são permitidas. E temos que ver que este comportamento é relativamente recente: se uma pessoa se adaptar a conversar e conduzir ao mesmo tempo até se considerar um comportamento natural, a insegurança pode ser tão séria quanto conversar com o acompanhante.
    A minha conclusão (que não percebo nada disto e por isso é que sou AC): as coisas não são tão lineares quanto isso, não há preto e branco, há sim, uma série de questões complicadas que nuns casos são assim e noutros são assado. :)

    O que há é um certo receio de deixar a outra pessoa pendurada, deixar cair o telemóvel - quantos de nós não fizeram autênticas peripécias para não deixar cair aquela porcaria? - relegando para segundo plano a condução até ao momento em que está quase...

    Pronto, já me consegui contradizer mais do que a média diária, por isso vou ficar por aqui.

    Re:Os porquês do idiota (Pontos:1)
    por Arrepiadd em 28-10-02 21:46 GMT (#54)
    (Utilizador Info)
    E as notícias? E o Homem que mordeu o Cão? E o Fórum TSF? Não é fazer duas coisas ao mesmo tempo? Ouvir, perceber, estar com atenção e conduzir?

    So que o radio n e especificamente para ti. Tu sabes que no radio o Nuno Markl (se ainda e ele que faz o "Homem que Mordeu o Cao") nao esta a dirigir-se directamente a ti, fala para [queria ele] 10 milhoes de portugueses. Por isso, ate podes desligar da conversa dele quando vais no transito.

    Quando vais a falar ao telemovel, o provavel e que comeces por pedir para ligarem mais tarde a todas as chamadas nao cruciais. O que te deixa a atender as chamadas que requerem mais pensamento e concentracao. E isso tem que ser retirado de algum lado.

    Re:Os porquês do idiota (Pontos:2)
    por jazzy em 29-10-02 14:56 GMT (#65)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org
    TAMBÉM VÃO PROIBIR O USO DE CRIANÇAS AO VOLANTE?
    Eu não costumo usar as minhas filhas ao volante. :P
    Normalmente quem conduz sou eu. Quando não sou eu, é a minha mulher. As minhas filhas vão SEMPRE no banco de trás.


    Jazzy
    Re:Os porquês do idiota (Pontos:2)
    por jazzy em 29-10-02 14:57 GMT (#66)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org
    Alias, eu não uso criancinhas... :P


    Jazzy
    A conversa não é o problema (Pontos:3, Engraçado)
    por chbm em 28-10-02 10:34 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://chbm.nu/
    O problema e marcar com uma mão, segurar a agenda na outra e operar os pedais com os pés.

    De qualquer modo, esses auriculares maravilha são irrelevantes em Portugal em que se agarra o telefone, fuma e lê o jornal alegremente a 140 km/h.
    Re:A conversa não é o problema (Pontos:2)
    por xeon em 28-10-02 23:42 GMT (#56)
    (Utilizador Info) http://pthelp.org
    Esqueceste-te do facto de que, normalmente, os carros veem com 1 de 2 extras:
    - Carta de conducao
    - Indicadores de mudanca de direccao (piscas)


    -- Reading the FM
    Mãos... (Pontos:2)
    por vd em 28-10-02 11:07 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Eu ainda sou do tempo que as pessoas possuem duas mãos apenas, onde pelo menos uma delas serve para segurar o volante e a outra para meter/tirar mudanças ou segurar o volante enquanto a outra levanta/baixa os vidros.

    Usar o telémovel, leia-se carregar em mais que 1 botão, não se enquadra no que aprendi (há alguns anos) e que vêm no código da estrada.

    Sinceramente penso que o uso do telemóvel deveria de ser proibido, mas até eu o uso.
    Uso, salvo seja, mal chego ao carro coloco o auricular caso tenha de atender chamadas.
    E uso-o também para chamar aquela pessoa que tem uma extensão de voz associada.

    Mas convêm dividir isto em duas partes:
    - Usar auricular (bluetooth) e não o telemovel propriamente dito
    - Falar ao telemóvel.

    A primeira parte, se usado o auricular causa realmente menos "danos" na via pública que carregar , ou ter de olhar para o telemovel.

    Mas o outro ponto vem logo atrás e esse ninguem foge independentemente do sistema que usa.

    Realmente noto que fico um pouco "distraido" quando o uso, principalmente quando o que falo requere atenção e preciso de pensar no que dizer.

    Quando é para dizer, "olha vou chegar atrasado para jantar" não noto grandes diferenças na minha condução.

    Acho que para resolver isto (problema!) as pessoas deveriam de ter dois cuidados, que para mim servem e resultam:
    - Quando usam o telemovel no carro, que o façam com o auricular (ou outro sistema).
    - Quanto precisam de falar e precisam de atenção quase completa ao telemovel, que o façam paradas ou encostadas por forma a não causarem problemas aos outros.

    Eu próprio já perdi a conta das vezes que dou por mim com os 4 piscas ligados só para dedicar 50% da minha atenção ao telefonema....

    Cumprimentos,
    vd
    Conta, peso e medida... (Pontos:1, Interessante)
    por xeon em 28-10-02 12:04 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://pthelp.org
    Como em tudo na vida, tem que haver conta, peso e medida.

    Acho um absurdo a lei que proibe a utilizacao do telemovel enquanto se conduz, dado que e' generica demais.
    Nao vejo problemas em usar o telemovel, p.ex, em auto-estrada, ou enquanto se esta' "encalhado" em plena 2a circular/IC19/a_sua_cruz_aqui para dizer que se vai chegar atrasado.
    Ja' acho errado que, em plena circulacao citadina, se use telemovel. Com ou sem kits maos-livres. A quantidade de "variaveis" que o cerebro tem que processar e' inifinitamente maior que nos casos que citei acima.

    Mas como e' complicado ao legislador definir isto sem entrar no campo do absurdo, tem que se deixar ao bom-senso dos agentes da autoridade a aplicacao ou nao de coimas nestas situacoes. E aqui entra outro problema ... mas nao para esta thread :-)

    Either way, o maior problema (seja com telemoveis, autoradios, criancas, bebida, velocidade, etc, etc, etc) continua a ser a falta de civismo/sentido de responsabilidade por parte dos condutores (sim, tambem me incluo na lista: tenho a minha quota-parte de asneiras na estrada causadas por distraccoes relacionadas com pontos da lista acima).
    E enquanto nao houver esse civismo, ate' podem aumentar as multas em 2000% ... que nao adiantara' de nada.
    Vejam-se as estatisticas: desde a entrada em vigor do "novo" codigo de estrada, o numero de mortos e feridos nas estradas ainda nao demonstrou que vai descer ...
    E sejamos francos: quantos de nos andam a 50kms/h no interior da cidade ? A 120kms/h na auto-estrada ? Quantos e' que nao atendem o telemovel dentro do carro em situacao alguma ?

    Desculpem o desabafo :-)


    -- Reading the FM
    Re:Conta, peso e medida... (Pontos:2)
    por mlopes em 29-10-02 15:24 GMT (#67)
    (Utilizador Info)

    E sejamos francos: quantos de nos andam a 50kms/h no interior da cidade ? A 120kms/h na auto-estrada ? Quantos e' que nao atendem o telemovel dentro do carro em situacao alguma ?

    Eu não atendo télemoveis enquanto conduzo, tal como não bebo antes de conduzir! Não faças confusões, nem toda a gente perdeu o respeito pelos outros e pela autoridade!


    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:Conta, peso e medida... (Pontos:2)
    por mlopes em 30-10-02 11:33 GMT (#70)
    (Utilizador Info)
    Podias aproveitar a oportunidade para te registares com o nick "monocolhão"!
    E podes crer que eu apostava os dois em como nunca atendi, e no final acabava com mais um do que tu!

    Ridículo pareces tu que pareces ainda não ter percebido que nem todos somos iguais e eu definitivamente não sou igual a ti nem aos outros que atendem telemoveis ou se embebedam quando conduzem!

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:Conta, peso e medida... (Pontos:3, Engraçado)
    por mlopes em 30-10-02 13:34 GMT (#72)
    (Utilizador Info)
    Não, não são e isso está inclusive explicitado pela DGV como podes ver aqui e que passo a transcrever!

    Atenção

    Os efeitos no condutor quando da manutenção de uma conversa ao telefone enquanto está a conduzir podem ser comparados aos efeitos decorrentes de uma condução sob a influência do álcool.

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:Conta, peso e medida... (Pontos:2)
    por mlopes em 30-10-02 16:51 GMT (#73)
    (Utilizador Info)
    Gostei da moderação como engraçado!!!
    É algum novo método de tentativa de descrédito para opiniões contrárias?

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:Conta, peso e medida... (Pontos:2)
    por mlopes em 30-10-02 18:21 GMT (#75)
    (Utilizador Info)
    Já agora podes pôr ao lado um autocolante a dizer "Se fores um atrasado que estás mais preocupado com as suas comodidades do que com a segurança dos outros, dos seus e de te ti prórpio, então estaciona o carro um dia que o MLOPES venha ao porto!"
    Assim limpas a estrada de mais uns quantos antes de estacionares tu próprio!
    Tem piada como a tua falta de argumentos e o facto de tu mesmo saberes o ridiculo do que defendes te leva a tentar manipular as situações, porquê que em vez de comparares 4,97g/l de alccol no sangue com uma chamada de 15 segundos, não comparas a condução com 0.5g/l com atender uma chamada de duração entre 15 a 30 minutos, no meio de uma cidade ou vila, ou mesmo na A5 com muito movimento?

    P.S: Não vivo no Porto nem se prespectiva uma visita ao mesmo para breve!

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Esclarecimento. (Pontos:3, Esclarecedor)
    por mlopes em 28-10-02 12:06 GMT (#31)
    (Utilizador Info)
    Aqui está um link sobre condução e télemoveis em simultaneo no site da dgv, espero que sirva para esclarecer alguns cérebros menos iluminados que por aqui apareceram.

    Aqui está um link sobre o uso de auriculares.

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:Esclarecimento. (Pontos:2, Engraçado)
    por biduxe em 28-10-02 15:07 GMT (#40)
    (Utilizador Info) http://bdx.no-ip.info
    tirado do link que forneces :
    Tendência para não parar nas passagens de peões a fim de lhes permitir atravessar a faixa de rodagem com mais segurança. Cerca de ¾ dos condutores ao telefone não cumprem esta regra do Código da Estrada. Frequentemente os condutores nesta situação não se apercebem dos peões
    3/4 dos condutores ? Bem! já é um quarto a menos que o habitual... Conclusão: o uso do telemóvel em conversa aumenta o civismo
    ------ EOFim.
    Re:Esclarecimento. (Pontos:2)
    por spyder em 28-10-02 17:04 GMT (#45)
    (Utilizador Info)
    Lembras-me um australiano no Slashdot, que viu uma campanha do tipo "1 terço das fatalidades na estrada no ano XY não usavam o cinto de segurança", e concluiu que usar o cinto duplicava a probabilidade de se estampar :-)
    Re:Esclarecimento. (OFFTOPIC) (Pontos:2)
    por xeon em 28-10-02 23:47 GMT (#57)
    (Utilizador Info) http://pthelp.org
    Hmm...
    Lembro-me de ler em qualquer lado que a utilizacao do cinto de seguranca em acidentes ate' aos 50Kms/h podia ser mais prejudicial que benefica ... mas depois de ver imagens de crash-tests a 55kms/h ... ja' duvido :-)

    Best "use M$ Windows" definition ever: "Eat sh*t: 50 billion flys can't be wrong"

    Whatever ... ja' estou a delirar...estas mudancas de hora desiquilibram-me o metabolismo...


    -- Reading the FM
    Os usos idiotas da palavra (Pontos:2)
    por BuBbA em 28-10-02 17:12 GMT (#46)
    (Utilizador Info) http://www.BuBix.net
    http://www.gildot.org/article.pl?sid=02/10/27/1943236&mode=thread
    Re:Mãos-livres? (Pontos:1)
    por Arrepiadd em 27-10-02 21:08 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Quero dizer, actualmente já não se pode falar ao telemovel enquanto se conduz, mas a lei tb já foi contornada com os actuais kits, certo?

    Errado.

    O que e ilegal e falar agarrando ao telemovel. Os kits maos livres sao legais. Durante uns tempos so eram permitidos os kits de automovel, mas neste momento qualquer kit maos livres e permitido. Dai a estupidez desta noticia. A ideia subjacente a lei e que o que e perigoso e ir com uma mao ocupada, dai qualquer auricular poder ser usado, com ou sem fios.

    E os cigarros? (Pontos:2)
    por jazzy em 28-10-02 11:52 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org
    Mas isto é uma tanga! Se o problema fosse ir com uma mão ocupada era proibido (porra, vai demorar muito até se perceber que NÃO leva acento...) fumar enquanto se conduz (já agora, conduzir com o braço de fora da janela, etc...).


    Jazzy
    Re:E os cigarros? (Pontos:1)
    por Arrepiadd em 28-10-02 21:09 GMT (#52)
    (Utilizador Info)
    A diferenca e q um cigarro seguro por dois dedos pode, enquanto nao esta a ser fumado, ir junto ao volante e quanto muito queimas-te numa situacao mais grave mas com alguma probabilidade consegues evitar um acidente grave.

    Uma mao a janela volta para dentro (ok, estou a partir do principio que quem conduz pensa. Talvez seja um pressuposto errado...) em caso de potencial perigo.

    Uma mao agarrada a um telemovel, muito provavelmente nao larga o telemovel quando ha perigo. Tenta fazer trezentas coisas com uma mao apenas. E esse o problema. Um cigarro, nao impede que tu segures um volante com a mao esquerda e metas uma mudança com a mao direita. Uma mao de fora da janela segura um volante quando tens que por uma mudança. Uma mao a segurar um telemovel, mete um joelho a segurar o volante para a mesma operacao. E essa a diferença...

    Re:E os cigarros? (Pontos:2)
    por xeon em 28-10-02 23:38 GMT (#55)
    (Utilizador Info) http://pthelp.org
    .-= Topic 1 =-.

    Segundo uma pessoa que anda (muito) comigo de carro (sendo eu o condutor) e que ja' levou muitas vezes comigo a atender chamadas em andamento (nao, nao uso auricular e nao tenho nenhum ferrari manchado de sangue de criancinhas inocentes - esta chocou-me pessoalmente ... mas mais sobre isto 'a frente), nao se "nota" na minha conducao que de vou a conduzir e a falar ao telemovel.
    Nao sou superhomem (nem nada que se pareca _mesmo_ ), nem tenho curso de conducao desportiva (gostava, mas nao tenho ... ). Tenho talvez... como dizer ... cuidado. Sei perfeitamente o risco que se corre ao fazer o que faco. Sei que a minha atencao ao que se passa na estrada diminui substancialmente. Sei ainda o efeito proximo do "efeito de tunel" causado pelo alcool... notaram o "trend" ? "SEI". E' a linha comum ao meu raciocinio. Ou seja, e para quem nao entendeu 'a primeira, tenho perfeita consciencia do que se passa e dos riscos associados. E como sou um animal-pensante (*g*), limito-me a isso mesmo: pensar. Esforco-me por redobrar a minha atencao, olho conscientemente para retrovisores, para os lados, para a frente. Reduzo a velocidade. E se a conversa for absorvente demais ou de facto de extrema importancia (sim, tenho algumas), encosto o carro e uso a minha atencao toda na conversa.
    Gostava que alguem me explicasse onde entra o auricular aqui... nao tenho problemas nenhuns em conduzir com (passo a expressao) uma mao a menos...
    Afinal o problema com o telemovel nao e' ... a atencao ? Ou e' a falta da mao ? Subscrevo a teoria da mao de fora ou mesmo a do cigarro ...

    .-= Topic 2 =-.

    Criancas e frentes de ferraris ensanguentadas.

    Tenho (infelizmente) no meu 'curriculum' um atropelamento mortal do qual nao tive a culpa. Estava perfeitamente sobrio (0,0mg), ia a 50Kms/h numa via de sentido unico, mas a crianca teve a infelicidade de decidir atravessar a rua de bicicleta, saindo da minha esquerda de uma viela para a qual eu nao tinha visibilidade directamente para a frente do meu "ferrari" (Uno45, na altura).
    Segundo as medidas tiradas pela GNR, eu tive 2m e uns trocos de derrapagem antes do impacto (o que, segundo as contas da altura, dava um tempo de reaccao muito baixo).
    Como referi, nao tive culpa nem tao pouco fui culpabilizado (nem criminal nem civilmente).

    Deixo-vos a pensar nisto: se fosse a falar ao telemovel e com as variaveis acima descritas... tinha culpa ?

    P.S. - Nao me apetece fazer scroll up para ver qual o autor da do "ferrari de frente ensanguentada com o sangue de criancinhas". Gostava so' de lhe dizer que a escolha de palavras nao foi a mais acertada... conseguiu fazer-me reviver o pesadelo que me persegue desde Abril de 1990, que e' a sequencia de imagens que ficam impressas na cabeca de quem tentou desesperadamente parar um carro antes de acertar numa crianca que brincava na rua (como muitos de nos fizemos quando putos) e se viu impotente para o fazer.
    Acredita... e' algo que nao desejo a ninguem, nem ao meu pior inimigo...
    Como se costuma dizer, "been there, done that, got the nightmare", portanto garanto-te que se ha' alguem com a frente do "ferrari ensanguentada com o sangue de criancinhas" sou eu.
    Com muito medo, talvez ... ha' coisas que nunca esquecem ...


    -- Reading the FM
    Re:E os cigarros? (Pontos:2)
    por mlopes em 29-10-02 11:00 GMT (#60)
    (Utilizador Info)

    Sei que a minha atencao ao que se passa na estrada diminui substancialmente. Sei ainda o efeito proximo do "efeito de tunel" causado pelo alcool...

    Isto faz-me lembrar o discurso daquele alentejano dos 4.8 ou 4.9g de alcool no sangue, ele tambêm tinha a noção de que era um perigo para os outros mas continuava a beber e a conduzir!

    Afinal o problema com o telemovel nao e' ... a atencao ? Ou e' a falta da mao ?

    É definitivamente a atenção, como aliás é referido no site da dgv, a história da mão ocupada são desculpas apresentadas pela população para continuarem a fazer coisas que não devem!

    se fosse a falar ao telemovel e com as variaveis acima descritas... tinha culpa ?

    Com as variáveis acima descritas não terias culpa, pelo menos moralmente, mas se calhar aumentar-te-ia o peso na consciencia, porque provávelmente ficarias a pensar que se calhar se não fosses ao trlemovel podias evitar, mesmo que te dissessem que não! Mas de qualquer modo, o problema surge quando essas variáveis aumentam de valor e o acidente podia ser evitado mas não o é porque o condutor ia com atenção à conversa em vez de ir com atenção às criancinhas (o que evitentemente não foi o teu caso)!

    garanto-te que se ha' alguem com a frente do "ferrari ensanguentada com o sangue de criancinhas" sou eu

    É um caso completamente diferente daquele que aqui se está a falar, o teu caso é um caso onde não havia maneira de evitar o que se passou, enquanto o caso que se fala aqui é dos casos em que um condutor conscientemente pôem em perigo a vida de crianças e adultos só porque acha que a conversa não po de esperar 5 minutos!


    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:Mãos-livres? (Pontos:1)
    por Arrepiadd em 28-10-02 20:57 GMT (#51)
    (Utilizador Info)
    Sim, estava ai um erro, na realidade o que queria dizer era:

    Falar agarrando o telemovel enquanto se conduz e ilegal, no entanto, utilizando um kit maos-livres podes falar livre e legalmente.

    Peco desculpa mas durante o antever escapou-me isso. Flip anywhere? :)

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]