gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Xandros: Windows Killer?
Contribuído por scorpio em 23-10-02 21:43
do departamento distros
News Gimp escreve "Não deixa de ser uma distro review mas pelo que pude ler no The Register e após visualizar alguns dos screenshots a coisa promete. O único handicap à partida será o suporte de hardware, nem tudo funcionará, mas neste momento, dentre as distros de linux, comerciais e não comerciais, deverá ser a melhor a nível de desktop. Aah, esta Xandros teve como precursor o Corel linux. "

Vulnerabilidades da Microsoft? | Flame Warriors - Os mais procurados  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • The Register
  • screenshots
  • Mais acerca News
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    re:Xandros: Windows Killer? (Pontos:1)
    por FeLoN em 23-10-02 23:37 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    E é baseada no Debian :)
    Velho do Restelo ou anti-seguidismo? (Pontos:3, Interessante)
    por CrLf em 23-10-02 23:39 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Ter tido como percursor o Corel Linux não me parece que seja motivo de orgulho.

    Outra nota refere-se ao titulo... "Windows Killer"... não me parece que vá algum dia aparecer alguma distribuição de Linux que seja um "Windows Killer", muito menos uma que usa como ponto forte a compatibilidade com aplicações Windows. Tal como já tenho dito aqui diversas vezes o Linux é uma alternativa viável em certos tipos de desktop mas pelas suas próprias razões e não como um substituto do Windows. Para correr programas do Windows o Windows é claramente superior, a emulação só prolonga o efeito "vamos só lançar isto para Windows que os tristes que usam linux depois correm com o Wine" (Corel Photopaint anyone?).

    Cada vez que ouço "wine" ou "windows compatibility" associado com o nome de uma distribuição "fracasso" é a palavra que me ocorre instantâneamente. IMHO tentar atirar o Linux como um substituto directo para o Windows é para mim o equivalente a dizer "o Windows é melhor mas se queres poupar uns trocos usa aqui esta coisa do Linux que é de borla". Resumindo... it sucks!

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Velho do Restelo ou anti-seguidismo? (Pontos:0, Informativo)
    por Anonimo Cobarde em 24-10-02 0:54 GMT (#4)
    Tens razão em parte mas o facto de poderes correr alguns progs do windows já é um incentivo a usar o novo SO. É que quer queiram quer não o Linux e programas para este por exemplo opeoffice é tudo muito bonito mas, a grande maioria das pessoas que trabalha com o windows usa o office, tipo o word, e passar para o writer do openoffice não é facil pois se reparares nessas pessoas, se tu mudares a cor do desktop e os icons de sitio ja não sabem lá ir. É que infelismente as pessoas (por exemplo na função publica) agarram-se às aplicações que aprenderam e não querem saber de mais nada se lhes mudas a treta é como se lhes corta-ses as pernas. E se no Linux poderes correr o M$ Office podes intruduzir uma mudança suave, sem levantar muitas ondas, e sem darem por isso as pessoas acabam por mudar.
    Re:Velho do Restelo ou anti-seguidismo? (Pontos:0, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 24-10-02 1:25 GMT (#5)
    Não deixas de ter o teu ponto de razão, mas se essas pessoas forem confrontadas com uma aplicação nova e simplesmente tiverem que trabalhar com ela, não terão outro remédio. Num encontro de linux nas Caldas da Rainha o Paulo Trezentos falou dum caso muito interessante da Radio Popular que passou de usar windows+browser+office para linux+netscape+openoffice com uma elevada taxa de sucesso. a minha questão neste sistema operativo é, "Porquê?" quando se pode ter tudo com um pouco mais de trabalho mas completamente de borla? Cumprimentos, Ricardo Loureiro
    Re:Velho do Restelo ou anti-seguidismo? (Pontos:3, Engraçado)
    por pmsac em 24-10-02 8:18 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://2130706433/
    A função pública é um mau exemplo. Para substituir todos os "janelas" que andam por lá bastaria usar Linux + X/Windowing System, sem Window Manager, e correr directamente um xSolitaireClone. Com o dinheiro poupado, até se poderia adicionar o sistema de "backups": um baralho de cartas :^)

    -- pmsac.oO(Cogito sumere potum alterum)
    Re:Velho do Restelo ou anti-seguidismo? (Pontos:2)
    por ^S^ em 24-10-02 8:21 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.zbit.pt/~luis
    LMAO
    ^S^
    Make it yourself (Pontos:1)
    por ambs em 24-10-02 7:36 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://alfarrabio.di.uminho.pt/~albie
    Não sei se repararam bem, mas um linux qualquer (até mesmo slackware) com um KDE instalado fica muito parecido! Além do mais, parece-me que o Xandros em relação ao RH ou ao Mandrake só deve ter mais 'eye candy' :) Ainda assim, não há nada como um Slackware com gnome2 ;)
    -------------------------------------- Estes romanos são doidos...
    Complementos (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Gimp em 24-10-02 8:59 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    O artigo tem carácter informativo e só. Se repararem coloquei um ? e não um ! O facto de se poder usar aplicações do windows facilita a migração, diminui tempos de formação e acima de tudo mostra-se a estabilidade da plataforma. Claro que se pode seguir o exemplo da Rádio Popular, do qual tenho conhecimento a nível institucional e já o tinha referido mas não explicítamente aqui no Gildot, e fazer uma mudança inversa. Staroffice 5.2 no windows e dual-boot. A dada altura os utilizadores já não sabiam em que SO estavam (com a ajudinha do 2º desktop do SOffice). Começaram a habitar-se também à estabilidade que nunca tinham conhecido. Um bom caso de sucesso porque os passos foram bem planeados. Quanto a haver motivos de orgulho ou não por terem origem no Corel Linux, isso para mim é irrelevante. Tal como na empresa onde trabalho, há outras tantas que estão agarradas a aplicações do windows. Poder mudar o OS e manter os colaboradores a trabalhar é muito bom. Entretanto substitui-se, na medida do possível, todas as aplicações para app baseadas em web. Só para dar um exemplo, os Win98 todos os dias dão problemas de DHCP. Diminui-se os custos por paragem e no licenciamento. Para não me alongar mais uma analogia: o IExplorer quando saiu era uma porcaria, respeitava +- os standard, mas acima de tudo vinha com o windows. Agora domina. Ver a coisa ao contrário: as aplicações correm na distro XPTO. Nessa XPTO há um substituto para a aplicação XYZ. As aplicações windows morrem.


    "No comments"

    Não sei, mas.... (Pontos:2)
    por mlopes em 24-10-02 10:23 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    O logotipo faz-me lembrar um bocado o do windows!

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:Não sei, mas.... (Pontos:2)
    por grumpy bulgarian em 24-10-02 13:10 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://10.10.11.2
    alias, uma manobra interessante era a Microsoft lançar todas as semanas uma distribuição de linux ligeiramente diferente com um nome próprio, anunciando que ia ser a nova revolução no desktop. os aficionados ficavam felizes por haver montes de variedade na fauna e flora dos SO, os utilizadores windows continuavam a nao querer meter-se nesse bicho de 7 cabeças. agradava-se a gregos e troianos.


    Grumpy B)

    MacOs X parte 2. (Pontos:1)
    por Tuaregue em 24-10-02 14:50 GMT (#15)
    (Utilizador Info)

    Este debate se assim se pode dizer já está a parecer, o debate que houve aqui sobre o MacOS X, temos de uma lado da barricada os puristas que dizem que o windows faz o papel dele e o Linux faz o que lhe compete a ele e ao windows mas melhor. Depois temos os recem chegados que dizem: "Bom já posso usar o Office no meu Linux". E como não pode deixar de ser os que até gostam do produto que por encrivel que pareça, ou até não, tem uma opiniao aparecida á dos recem-chegados, ou seja: "Assim já posso utilizar o IE, o Office e outras coisas do windows, no meu Linux, e ainda tenho a fiabilidade de um Linux baseado pela Debian."
    Com isto tudo só podemos ver os pontos positivos e os pontos negativos.

    Pontos positivos:

    • Baseado no Debian, com a ajuda dos programadores da Debian.
    • Instalação e integração com as redes windows facilitada.
    • Correr o Office, para as empresas isto é bom, quer se queira quer não.
    • Tem um Desktop da distro, KDE martelado.

    Pontos negativos:

    • como utilizadores do Mozzila e do OpenOffice, vamos ver a cota de utilizadores a ser cada vez mais diminuta.
    • Como ainda não o testei nao posso apontar mais pontos negativos.

    será que pode correr os jogos do windows???

    --------------------------------------------------
    OMNIA MUTANTUR, NOS ET MUTANTUR IN ILLIS
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

    A Solução Final... (Pontos:2)
    por Lowgitek em 24-10-02 21:09 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    Bem esperem ... !

    Já estou mesmo a ver. O people todo contente da vida a usar o Xandros ou la o raio do nome coisa, e porque ?? Não repararam ainda naquele belo icone do Internet Explorer no desktop ??

    Bem maravilha, até que enfim "podemos" ir ao gildot e não so, e usar o nosso browser preferido sem utilizar o raio do windows. Porque afinal isto é .. bem isto é o que mesmo ? Ahhh !! um coisa chamada linux cheio de eyes candy para vista e com botõezinhos iguais ao meu windows nice!

    Não sei porque mas acho que não terei nem o gosto de tentar experimentar essa nova distro(?). Não pensando melhor não tenho mesmo vontade nenhuma, primeiro pelo preço e depois porque simplesmente, penso que a mesma não adciona mais nada ao linux ou ao mundo do linux, nada que ja não tenha ou possa se fazer por outra distro qualquer, a não ser claro pelo preço... ;)


    Re:Não encontro o download (Pontos:2)
    por Gimp em 24-10-02 9:00 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    É uma distribução comercial :-). $99


    "No comments"

    Re:Não encontro o download (Pontos:2)
    por bgravato em 24-10-02 11:58 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Procura no mesmo sítio onde encontras o iso do windows (assim uma coisa parecida com um cartão de crédito por exemplo).


    Re:Não encontro o download (Pontos:1)
    por ciup-man em 24-10-02 16:38 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    No site deles tens um "technology demo.. " que podes experimentar
    --- Neste mundo existem 10 tipos de pessoas... As que entendem binário e as que não entendem!!

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]