gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Brasileiros têm de carregar 25 teclas para votar
Contribuído por scorpio em 04-10-02 11:01
do departamento clickety-click...
Brasil Filipe escreve "Segundo este artigo do Portugal Diário, os eleitores brasileiros que votam domingo terão que fazer seis operações e digitar 19 números numa urna electrónica, ou seja clicar em 25 teclas, para eleger o presidente do país, governadores, senadores e deputados. É este recurso a meios electrónicos sofisticados no Brasil - as eleições do dia 6 serão as primeiras totalmente informatizadas - que permitirá o mais rápido apuramento do mundo de resultados eleitorais. "

Despedimentos nas Telecoms | Apple iSync: o famoso digital Hub  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Filipe
  • este artigo
  • Mais acerca Brasil
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    25 teclas????? (Pontos:3, Lança-chamas)
    por mlopes em 04-10-02 11:40 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    parece-me mais uma estratégia para manipular as eleições! Para um utilizador normal, carregar em 25 teclas vai causar uma quantidade enorme de erros, especialmente um pais onde o nivél cultural é tão baixo!

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:25 teclas????? (Pontos:2, Engraçado)
    por RaTao em 04-10-02 12:04 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Aparentemente estão mais avançados que .pt.

    Isto faz-me lembrar que, quando fui votar da última vez, a mísera esferográfica, que estava atada a um dos furos da caixilharia de metal já muito usado, nem sequer escrevia...

    E a mesa não tinha outra... Fiquei à espera que a pessoa que estava do outro lado da caixilharia de metal votasse (sim.. é tipo biombo, mas deve haver pior por aí fora :>) para poder votar.

    Além do mais chuveu o dia todo!!!!!!!!!!!

    QUERO IR PARA O BRASIL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    :)


    Regards,
    Nuno Silva aka RaTao
    Re:25 teclas????? (Pontos:2)
    por mlopes em 04-10-02 12:15 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Refiro-me ao nivél cultural da população em percentagem e não ao nivél técnológico do pais em geral!

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:25 teclas????? (Pontos:1)
    por RaTao em 06-10-02 2:56 GMT (#30)
    (Utilizador Info)
    "nivél"?

    Como é que dizia o Perry Mason? "I rest my case" :-)

    Regards,
    Nuno Silva aka RaTao
    Re:25 teclas????? (Pontos:2)
    por mlopes em 07-10-02 10:49 GMT (#32)
    (Utilizador Info)
    Como diria "Marco Lopes", se consideras uma assunto arrumado por causa de um erro ortográfico, então és um enorme idiota!

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:25 teclas????? (Pontos:2, Despropositado)
    por leitao em 04-10-02 13:16 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Sim o Brasil esta' anos luz mais avancado que Portugal...

    E' so bestas...


    "The Hog is Saint and Sinner and right up front!"

    Re:25 teclas????? (Pontos:0, Despropositado)
    por leitao em 04-10-02 13:58 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Pqra proxima arranja algo com uma escala a portuguesa ou seja "pequena" ... não sei se me faço entender.

    Fazes-te entender perfeitamente -- es um lerdo.


    "The Hog is Saint and Sinner and right up front!"

    Re:25 teclas????? (Pontos:2)
    por leitao em 05-10-02 0:41 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Nao sejas burro pa' -- nao percebeste que chamei lerdo ao gajo que comparou o estado de desenvolvimento do brasil e portugal, nao aos brasileiros. E reeitero que qualquer um que queira comparar os dois e' burro -- ou vais comparar o brasil, um pais que literalmente esta' no terceiro mundo a portugal ?


    "The Hog is Saint and Sinner and right up front!"

    Re:25 teclas????? (Pontos:2)
    por mlopes em 07-10-02 10:55 GMT (#33)
    (Utilizador Info)
    Acho que vocês devia começar a frequentar mais psicólogos para ver se esse vosso trauma com os escravos desaparece!

    Já agora; vocês passam a vida a acusar-nos a nós portugueses de escravatura, mas o que é certo é que nem em portugal nem nas ex-colónias portuguesas, se vê problemas relacionados com escravatura, parece-me a mim que o vocês (povo Brasileiro) é que fizeram forte uso da escravatura e agora veem descarregar os traumas em cima do "pai"!

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:25 teclas????? (Pontos:1, Despropositado)
    por leitao em 04-10-02 14:02 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Noto em comentários como o teu e a besta do leitão uma certa dor de cotovelo....

    Sim -- tenho uma dor de corno em relacao ao Brasil que e' uma desbunda.


    "The Hog is Saint and Sinner and right up front!"

    Eleições Closed Source (Pontos:2, Interessante)
    por biduxe em 04-10-02 16:16 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://bdx.no-ip.info
    Por razões que todos nós sabemos é óbvio que as urnas deviam ser Open Source. Enquanto há votos em papel, as urnas só são abertas na mesa de contagem, e nessa mesma mesa de contagem estão presentes representantes de tos os candidatos. isso é a garantia de uma contagem correcta.
    Numa urna electrónica closed source, nada me tira de fazer o programa de forma a que todos os votos sejam para um candidato que eu escolher. E isso da impressão dos boletins de votos nada impede, já que se só são vistos de pos de aberta a urna, também podem ser manipulados. Chega um votante e vota no candidato X a disquete e o smartmedia registam o voto no candidato Y e para mais segurança imprime um boletim com o candidato Y para a urna.
    Para isso só preciso de ter a cumplicidade de todos os que têem acesso ao código, que oportunamente são poucos.

    Este debate do Closed Source já tem antecedentes na política Brasileira. Acho que é na assembleia federal (ou outro nome dogênero) existe um painel gigante que regista os votos dos deputados federais e proclama os resultados das votações, há cerca de nove meses houve uma avaria nesse painel durante uma votação muito importante, (tipo o nosso orçamento de estado), que alguns acusaram de ter sido provocada, por o resultado não agradar a alguns. Gerou-se grande alarido, e o painel foi auditado para ver o que aconteceu. Não sei como ficou esse assunto, mas sei que na altura falou-se muito acerca de pôr úm código aberto para fazer funcionar esse painel.
    ------ EOFim.
    Re:Eleições Closed Source (Pontos:1)
    por Montanelas em 07-10-02 21:59 GMT (#36)
    (Utilizador Info) http://www.war-zone.net/news.asp
    O código fonte foi disponibilizado a todos os partidos intervenientes e convenientemente auditado. De closed pouco ou nada tem.
    Re:25 teclas????? (Pontos:2, Esclarecedor)
    por Anonimo Cobarde em 04-10-02 12:37 GMT (#5)
    As urnas possuem telas de cristal líqüido que mostram o partido, número, nome e foto do candidato, evitando erros de digitação. Primeiro digita-se o número, conferem-se os dados no visor, e pressiona a tecla 'Confirma'. Em caso de problemas, basta teclar 'Corrige' e redigitar o número. Para votar nulo, digite um número inexistente (ex: 99999) e confirme. Para votar em Branco, aperte a tecla branca e confirme. Cada urna possui dois dispositivos de memória FLASH, um com o sistema operacional e outro para armazenamento dos votos, além de um drive de disquetes comum, lacrado, onde uma cópia de segurança dos votos é guardada. Ao final da votação retira-se o disquete, que é enviado à junta eleitoral para apuração. Em caso de problemas, é feita a consulta a uma das unidades de memória Flash da urna. Se houver um telefone por perto, não é preciso enviar o disquete à junta eleitoral. Pode-se conectar a urna à central de apuração via modem, para contagem praticamente instantânea dos votos. Algumas das novas urnas utilizadas este ano têm também impressoras, que irão imprimir cópias dos votos (guardadas em uma outra urna, de lona, lacrada), usadas para auditoria. E você pode levar uma 'cola', um papelzinho com os números dos candidatos anotados, para não se esquecer deles na hora de votar. Algumas pessoas, principalmente os idosos, não acostumados aos computadores, podem ter problemas na hora de votar, e há discussões sobre a a segurança do sistema, mas no geral tudo funciona bem. Graças à ele, saberemos o resultado das eleições deste domingo em menos de quatro horas. 'Covarde Anônimo' Brasileiro
    Re:25 teclas????? (Pontos:3, Interessante)
    por Lowgitek em 04-10-02 13:50 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    " Para um utilizador normal, carregar em 25 teclas vai causar uma quantidade enorme de erros, especialmente um pais onde o nivél cultural é tão baixo!"

    E consideras que dar uma caneta e um papel seria melhor a esses iliterados, que boa parte não sabe ler ?

      E qual seria a melhor opçao ter dezenas de folhas ao estilo banda desenhada ?

    Eu acho que a atitude e de louvar e isso só mostra que o Brasil em muita coisa ainda consegue ser maior que Portugal. É claro que não a metodos perfeitos, mas tendo em conta o tamanho do país e da quantidade de votantes não deixa de ser altamente providencial uma atitude dessas.

    Infelizmente algumas almas do gildot, misturam um pouco as coisas e confumdem politica interna e situação geral do pais e da magnitude dos problemas e do tamanho das coisas e a escala em que se vive la do outro lado do atlantico e como numa atitude minimalista, quiça, para não dizer outra coisa pouco inteligente de dizer que isto não é um avanço em termos tecnologicos e de enfrentar a realidade.

    E claro que todo o processo poderia ser melhorado mas acho que só o facto de disponibilizarem algo do genero, algo de bastante interesse e importancia principalmente para as camadas sociais que não teriam qualquer hipotese de saber se estariam a fazer a escolha certa ou nao, refirome aos iliterados que nem sequer sabem escrever e que vem agora uma oportunidade de fazer valer a sua opnião.

    Cheers
    Re:25 teclas????? (Pontos:2)
    por BuBbA em 05-10-02 14:50 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://www.BuBix.net
    Ja foste ao Brasil? Ainda não vi nenhum brasileiro a escrever "nivél".
    câde ? ... achou ? (Pontos:4, Despropositado)
    por vd em 04-10-02 14:27 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Um brasileiro, entre milhões de brasileiros, vai "vôtá"!
    E carrega então em 2 candidatos simultâneamente.

    "- xi, mamãe! Esta bôdega esblokeou!
    - câdê o countroul-altze-deletxe? "

    Vai o presidente da sala

    "- uoé! Tá alí pô!...
    - ondxe? ... "

    Nisto mostra-lhe o PC que está por trás em Windoze e um teclado com apenas 3 teclas.

    " - txé! não resulta! "

    Vai o primeiro secretário

    "- óia aí a fixa! voçê tem de a tirár do sítio néh?"

    Resultado:
    Por cada 2 votos, existe alguem que carrega em 3 teclas e tira uma ficha da tomada.

    subtotal: 25 teclas + 3 = 28 teclas por 2 votos

    [Disclaimer]
    Piada de joelho!
    Não aconselhavel a dilberts!

    Cumprimentos,
    vd
    O problema não é ser electrónico (Pontos:2, Interessante)
    por mlemos em 04-10-02 15:08 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://www.ManuelLemos.net/
    O problema não é ser electrónico, o problema é concentrarem várias eleições numa só votação. É natural que muita gente nem saiba em que votar e acabe por escolher aleatoriamente mesmo podendo anular porque concerteza não entendem que voto obrigatório não significa voto válido.

    De resto, num país que geograficamente é maior que toda a Europa, a eleição electrónica é uma benção porque não fica um monte de desgraçados uma eternidade a contar votos à mão, sujeitos a corrupção ou outras falhas como os broncos dos norte-americanos que para umas coisas são muito evoluídos mas em questão de eleições ainda vivem na idade da pedra pelo menos em relação ao Brasil.

    O processo pode e deve ser melhorado, mas há que reconhecer que neste aspecto o Brasil se desevolveu de forma pioneira à custa das necessidades locais, mas mesmo assim dão um bom exemplo a ser seguido por outros países, especialmente se forem de grande tamanho como é o caso.
    Re:O problema não é ser electrónico (Pontos:1)
    por biduxe em 04-10-02 15:59 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://bdx.no-ip.info
    O problema não é ser electrónico, o problema é concentrarem várias eleições numa só votação. É natural que muita gente nem saiba em que votar e acabe por escolher aleatoriamente mesmo podendo anular porque concerteza não entendem que voto obrigatório não significa voto válido

    A concentração das eleições no Brasil é uma coisa de doidos mesmo... Recebi um mail de um conhecido meu do Brasil a dizer mais ou menos:

    "Já sei mais ou menos o que vou votar domingo. Para presidente, o Sr. tal, para deputado federal, o Fulano, para deputado estadual o cicrânio, para vereador do município o Sr. Não-sei-que-mais, e o Zé ninguém é o meu candidato para representante do bairro, o Beira Mar chefe do gang de morro lá perto de casa e o Sr. joaquim do terceiro andar é que vai tratar das contas do condomínio este ano"... e por aí em diante.

    Qualquer um fica doido com essas cenas, é difícel não esquecer ninguém. Além disso o supremo tribunal eleitoral aínda obrigou os partidos que fazem alianças a nível nacional a fazer as mesmas a nível local... É uma confusão. Além de ser confuso, o debate nacional para a presidência ofusca totalmente os outros debates sobre os problemas locais

    O pior é que como as eleições são obrigatórias toda a gente vai votar, mesmo que não tenha a mínima ideia de em quem vai votar, claro que existe a hipótese de votar branco ou nulo (fiquei surpreendido com essa explicação do voto nulo selecionando outro número... que imaginação!! Acham que era mesmop necessário?), mas normalmente as pessoas preferem votar no candidato mais bonito do que votar nulo ou branco.
    Por causa dessa obrigatoriedade do voto é que há tanta gente a fazer campanha até À entrada das mesa lá no Brasil, embora este ano isso vá ser fortemente reprimido. (será que com o mesmo critério para todos os partidos?)
    ------ EOFim.
    Importância da informatização (Pontos:2, Interessante)
    por biduxe em 04-10-02 15:40 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://bdx.no-ip.info
    Era mesmo indispensável o Brasil avançar com a informatização das eleições. A democracia não é compatível com 4 dias de contagem de votos.
    PAra um sistema democrático funcionar mesmo os cidadãos têm que ver logo as consequências doseu voto, e não 4dias depois. É que quatro dias dão muita margem candidatos menos escrupulosos manipularem os reultados das eleições, assim com cria incertezas muito prejudiciais à política e também à economia do país
    Depois de fechadas as urnas o candidato X, apoiado por uma grande rede de mass-media, reclama a vitória com base em sondagens realizadas na saída das urnas. Em quatro dias, e apesar dos protestos dos outros candidatos, acaba por criar a ideia de que teve mesmo uma vitória esmagadora. Quando finalmente os resultados saem, a ideia de que o candidato X venceu as eleições já está tão presente que, facilmente se conclui que a sua derota nas urnas só se pode dever a uma fraude eleitoral.
    Outro exemplo, depois de fechadas as urnas, os simpatizantes do candidato X, além de reclamar a vitória, provocam um clima de violência destinado a pressionar quem conta os votos. O objectivo é que quem contasse os votos acabe por dar a vitória ao candidato X para evitar uma escalada da violência. Isto foi o caso concreto do referendo de 1999 em Timor, com algumas diferença, primeiro era um referendo, por imperativos técnicos o prazo da divulgação dos resultados fora fixados a 7 dias (acho eu) porque as urnas dos que votam fora do país tinham de ser repatriadas a Timor (foram os integracionistas que insistiram para tal). Depois foi a violência que se viu. Os organizadores das eleições acabaram por tomar a dicisão corajosa, mas que se impunha, de proclamar antecipadamente os resultados das eleições, para pôr fim a quaisqueres dúvidas.
    Mais um exemplo, depois de fechadas as urnas, estando à vista que o seu candidato não vai ganhar as eleições, poderosos grupos económicos decidem sabotar a economia do país, fazer desvalorizar a moeda, isso com o objectivo de tirar quais queres condições de governabilidade ao candidato vencedor, forçando a sua demissão e encurtando assim o prazo até novas eleições em que outro candidato será provavelmente eleito. Este é um cenário possível para o Brasil nestas eleições, em que o Lula aínda assusta os interesses de muitos lobbies poderosos que aínda contam com o apoio de potências estrangeiras (não, não estou a insinuar que os EUA poderiam fazer ingerência na política do Brasil... Nunca fariam isso... Nem no Brasil, nem no Chile, nem na Venezuela, nem no Guatemala, nem na Nicarágua, nem no Panamá, nem na Argentina, nem em lugar algum)
    Último expemplo, o mais básico: quatro dias é tempo mais que suficiente para alterar a contagem dos votos.

    Portanto não há dúvidas de que a votação electrónica é indspensável para o Brasil. Agora acho que a comparação com Portugal é despropositada. Aqui em Portugal a contagem dos votos demora entre 4 e 6 horas, sendo que geralmente em 3 horas a contagem está de tal maneira avançada que já não há margem para dúvidas sobre o vencedor das eleições. Acelerar o processo, não só não me parece útil, como aínda me parece prejudicar a democracia. Num país como Portugal a abstenção é um flagelo que ao atingir a classe política, tirando-lhe credibilidade, atinge toda a população. As noites de eleição são pontos de encontro para toda a população ver que rumo vai tomar o país. O interesse da população é atestado pelas audiências dos canais de televisão, felizmente não estamos mal ao ponto de o Big Brother tomar o lugar dos programas sobre as eleições. Essas noites são a ocasião de observar "manobras políticas" (que fazem parte da democracia) alguns exemplos das últimas eleições legislativas em Portugal:
    Logo que percebe o rumo das coisas o PP divulga a palavra de ordem "PP no governo" para pressionar os vencedores das eleições a fazer uma coligação de governo. Não fosse essa estratégia acho que o PSD teria optado por governar sozinho.
    A demora do PS em reconhecer a vitória da direita. Simplesmente o PS quis esperar para ver se os resultados permitiriam uma coligação à esquerda. Contrariamente ao que Santana Lopes afirmou em palavras indignas, isso não foi um atentado à democracia, nem uma tentativa de roubar a vitória à direita, pois essa coligação, só se poderia fazer se reunisse uma maioria de votos.
    Como atestam estes exemplos, essas noites são emocionantes e fazem com que os portugueses se interessem à vida política, pelo menos no meu caso. Seria uma pena às oito horas e cinco minutos um engenheiro informático ir à televisão anunciar os resultados definitivos. Em Portugal eu achjo que o voto electónico só é útil nos casos dos votos dos emigrantes, cujo resultado só é apurado alguns dias depois, e no caso das pessoas que têm pouca mobilidade (idosos, doentes internados, paralíticos, reclusos). A propôsito alguém sabe se os emigrantes brasileiros também vão votar "com cliques"?
    ------ EOFim.
    Re:Importância da informatização (Pontos:2)
    por MacLeod em 04-10-02 16:02 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Concordo com o que dizes sobre a possível aceleração do processo em Portugal. Embora, claro, a desculpa das noites em frente à televisão à espera dos resultados das eleições seja um remendo para um problema socio-político importante.
    Para os brasileiros e não só... (Pontos:2)
    por Lowgitek em 07-10-02 1:10 GMT (#31)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    Para os brasileiros que queriam votar mas não tiveram oportunidade, ou ainda alguem que tenha curiosidade de como a votação era feita, fica aqui um link de como seria a votação feita: http://www.tse.gov.br/el eicoes/eleicoes2002/urna/urna.html

    Cheers,

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]