gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Hiperligações não são da BT
Contribuído por AsHeS em 03-09-02 21:34
do departamento patentes-fora-de-prazo-?
News Filipe escreve "Segundo este artigo do Público, as hiperligações não estão protegidas por uma patente do operador telefónico inglês British Telecommunications (BT) - decidiu, em Agosto, um tribunal norte-americano. As hiperligações são a forma técnica que permite a um utilizador clicar num endereço de uma página da Web e passar automaticamente para outra página ou sítio na Web. Segundo a juíza do tribunal de Nova Iorque que apreciou o caso, não é possível garantir que uma patente detida pela BT desde 1976 e concedida em 1989 - antes do advento da World Wide Web - seja aplicável nos dias de hoje. "

Monitorização na Redes | 2 Portugueses em Missao Espacial na ESA  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Filipe
  • este
  • Mais acerca News
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Re:patentes de software (Pontos:2)
    por leitao em 04-09-02 9:05 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Diz-me -- de que forma e' que a lei de patentes dos EUA e' ridicula ?


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:patentes de software (Pontos:2)
    por Gimp em 04-09-02 10:37 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Ummm...quem foi que ficou com a patente do "click" na internet? Era uma coisa do género de transações em que se carregava uma só vez num submit ou que punha os artigos em lista para a compra. Alguma coisa assim do género. Acho que foi requerida pela Amazom. Click,clickwww.google.com , aah eis um artigo relacionado: http://www.webreview.com/swaine/2000/03_10_00.shtml


    "No comments"

    Re:patentes de software (Pontos:2)
    por Gimp em 04-09-02 11:16 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    A lei quando foi criada era para proteger o inventor e permitir a inovação. O estúpido das leis de patentes é que obriga a um processo em tribunal à posteriori em vem de obrigar os funcionários a investigar e principalmente a PENSAR. A terminar uma patente soberba. http://www.arthurian.nu/hb/archive.php3?file_id=197 e a confirmação no site do USPTO http://patft.uspto.gov/netacgi/nph-Parser?Sect1=PTO1&Sect2=HITOFF&d=PALL&p=1&u=/netahtml/s rchnum.htm&r=1&f=G&l=50&s1='5443036'.WKU.&OS=PN/5443036&RS=PN/5443036


    "No comments"

    Re:patentes de software (Pontos:2)
    por leitao em 04-09-02 11:42 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Bom -- uma patente e' "estupida" porque a achas ridicula. O que nao quer dizer que em termos tecnicos nao seja aceitavel, e como tal deva ser registada.


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:patentes de software (Pontos:2)
    por Gimp em 04-09-02 12:24 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Perguntaste ao outro "Diz-me -- de que forma e' que a lei de patentes dos EUA e' ridicula ?".

    Eu acho que estúpidos são aqueles que concedem as patentes sendo estas ridículas. O exemplo da patente do gato é demonstrativo disso mesmo. Técnicamente lógica mas existe prior art. Se um pirilampo se atravessa na frente do gato este exercita-se ao perseguir a fonte de luz. Outro exemplo do que seria uma patente ridícula é o do método de respiração praticado pelas grávidas. Aquando das contracções é ensinado às grávidas a respirar de determinada maneira para aliviar as dores e controlar o trabalho de parto. Ora, quem se lembrou disso podia ter patenteado o método. Mas não respiramos nós todos? Seja de que maneira fôr? Quem me diz a mim que não há alguém, por qualquer razão, que respira da mesma maneira que é descrita no método? Bom-senso parece ser algo descabido para os funcionários do USPTO.


    "No comments"

    Re:patentes de software (Pontos:1)
    por zecapedra em 04-09-02 13:10 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    O tal método de respiração para (alívio das) grávidas é denominado por método Lamaze, dum tal Dr. Fernand Lamaze, e existe uma organização internacional que a promove: lamaze.org. O que eu não tenho a certeza é se o mesmo não está patenteado, mas certamente existirão muitas nele baseadas, mesmo que para outros fins.
    Re:patentes de software (Pontos:1, Gozão)
    por racme em 04-09-02 14:17 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    leitao cortate aqui pra dentro deste frasquinho ou emprestame um cabelo teu para eu patentear o teu ADN e depois dizme se em termos tecnicos não é aceitavel ;)



    ...no reino de Quelthalas...
    im awake, im awake!
    Re:patentes de software (Pontos:2)
    por leitao em 04-09-02 14:41 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Isso e' uma discussao diferente -- as patentes de codigo genetico e' discutivel devido 'as suas implicacoes eticas, nao por ser tecnicamente valido ou nao.

    A questao da lei de patentes nos EUA e' de certa forma comparavel aos do registo de dominios .com/org/net e registos em .pt/fr/etc.

    Nos USA escolheu-se uma politica mais liberal (permitindo assim acesso livre ao registo de patentes) em vez de um processo que coloca obstaculos que normalmente so' podem ser ultrapassados por quem tem montes de $$$$.

    Pessoalmente eu prefiro ter um sistema aberto com algumas patentes "estupidas", do que ter um sistema fechado (o Europeu) que e' muito politicamente correcto mas que impede muita gente de patentear ideias devido 'a impermeabilidade do sistema.


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:patentes de software (Pontos:2)
    por racme em 04-09-02 19:52 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    claro que nao se pode comparar as patentes de software com as patentes genéticas, e' inimaginavel, é impensavel, é um ultrage.

    Por outro lado a do tipo que queria patentear a roda do rato, ou os hiperlinks, o ler/ejectar um cd por tray em vez de gaveta, os clicks do mouse, a webcam em forma de triangulo, ou os fones/mic de uma so haste, isso sim, isso ja é perfeitamente e eticamente aceitavel. ;)

    Pessoalmente eu prefiro ter um sistema aberto com algumas patentes "estupidas", do que ter um sistema fechado (o Europeu) que e' muito politicamente correcto mas que impede muita gente de patentear ideias devido 'a impermeabilidade do sistema.

    preferes ter ideias e depois nao avancar porque nao as podes patentear, (modelo ____)
    ou preferes nao ter possibilidade de ter ideias, com medo de tropecar numa patente ja existente (modelo _____).

    ok concordo com o disseste, mas sou totalmente contra as patentes de software ;)


    ...no reino de Quelthalas...
    im awake, im awake!
    Re:patentes de software (Pontos:2)
    por js em 04-09-02 20:44 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    "Pessoalmente eu prefiro ter um sistema aberto com algumas patentes "estupidas", do que ter um sistema fechado (o Europeu) que e' muito politicamente correcto mas que impede muita gente de patentear ideias devido 'a impermeabilidade do sistema."

    Dizes então que achas bom que as ideias sejam patenteáveis? Fantástico. Deves achar montes de pilhéria quando tiveres uma ideia *tua*, a aplicares num negócio, ele for rentável e então descobrires uma carta dum advogado no correio a dizer "desculpe lá, mas a sua ideia já tem dono e você deve-nos um balúrdio".

    Patentear ideias é equivalente a proibir outras pessoas de ter a mesma ideia. Parece-me que proibir pessoas de ter ideias é um bocadito bera, especialmente se as ideias são trivialidades ao alcance de qualquer gajo num curso do ramo. Qual é a sociedade que se quer construir com isto? Uma em que não se pode ter uma ideia se não se tiver um escritório de advogados atrás? Uma em que as empresas fazem da vida uma corrida ao patenteamento das ideias todas que calharem, seja para se proteger seja porque "pode ser que dê"? G'anda pinta que deve ser...

    Re:patentes de software (Pontos:1)
    por Arrepiadd em 05-09-02 22:30 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Existem uns premios chamados Ignobel (o contrario dos premios nobel, como o nome indica) que se destinam a premiar feitos que nao devem ser repetidos.

    O ano passado, segundo noticia do publico (provavelmente em novembro, ja nao sei precisar), um dos premios foi atribuido ao servico de patentes da australia por aceitar um pedido de patente que se referia a um objecto circular que facilitava o movimento. Ora o dito objecto nao e mais do que a roda. Sera que queres comecar a pagar por utilizares rodas?! Se calhar ha patentes que deviam ser cuidadosamente analisadas.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]