gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Trabalhar com Software Livre ou Proprietário?
Contribuído por scorpio em 20-08-02 9:29
do departamento werk
perguntas gotcha escreve "Para quem ainda não está no mundo do trabalho, vão optar quando chegar a altura por trabalhar com software livre ou com software proprietário? Vão chegar a ter sequer esse dilema? E quem já teve de optar, quem optou por ganhar a vida a usar e a desenvolver software livre, que soluções encontrou? A minha perspectiva é que se escolher trabalhar com software livre vou-me mais realizado e terei mais gosto pelo meu emprego mas por exemplo no ramo da segurança, não se escolhe o sistema que o cliente usa e temos de dominar todas as tecnologias. Para já não falar na remuneração monetária que é muito maior para quem trabalha com software proprietário. "

Linux em chines | Proxy Server  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • gotcha
  • Mais acerca perguntas
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Depende de quem paga o software proprietario (Pontos:2)
    por TarHai em 20-08-02 10:14 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.dilbert.com
    e do trabalho em si.

    No dia a dia uso frequentemente o mathematica, um software nao so proprietario como extremamente caro e com uma politica de upgrades facilmente confundida com extorsao.

    Nao conheco nada de software livre que se lhe compare e agora que estou a chegar ao fim do projecto comeco a questionar-se se alguma vez vou poder voltar a utilizar todo o trabalho e formacao que desenvolvido em mathematica.

    Esta situacao tem um sabor agri-doce, o mathematica permitiu-me aumentar a produtividade a curto/medio prazo, mas tenho duvidadas se poderei fazer uso dessa produtividade a longo prazo.

    Esta fora de questao eu comprar uma licenca e nao sei se o meu futuro empregador (quem quer q seja) estara disposto a faze-lo.


    ---
    BZZZT WRONG!!!! (Pontos:2)
    por mlopes em 20-08-02 10:18 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    A remuneração não é maior para quem trabalha com software proprietário, a remuneração é normalmente maior para quem trabalha com Unix ou Unix Like OS's, independentemente de ser Software Livre ou proprietário, isso acontece devido a haver menos mão de obra nestas áreas e porque a que existe, ao contrario da regra em algumas outras tecnologias, costuma ser competente!

    Eu já estou no mercado de trabalho há uns anitos, e nos vários empregos que tive sempre tentei optar por empregos em que fizesse algo relacionado com SO's Unix ou Unix like, os mais facéis de encontrar por ai são regra geral Solaris e Linux, neste tipo de empregos normalmente não existem objeções à utilização de SO's não MS no desktop!

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    resposta honesta: o que calhar... (Pontos:2)
    por BlueNote em 20-08-02 11:37 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    a resposta honesta é... és um profissional - trabalhas com aquilo que tiver que ser.
    O mercado de trabalho está em contracção e já é bom ter trabalho sem ter de ir para comercial.

    Da minha experiência, que ainda não é muito extensa mas também já não é assim tão curta, se não fores trabalhar para uma empresa de média/grande dimensão raramente encontras ambientes unix. E empresas de média/grande dimensão são poucas fora de Lx.

    As PME raramente conhecem algo extra-windows. E não pensas que lhes interessa a tua opinião. Tipicamente, à PME só interessa ganhar dinheiro a fazer aquilo a que estão habituados sem ter de fazer grandes mudanças. Se é bom ou mau não interessa.

    Se fores programar, prepara-te para aturar muito "legacy code" horrível feito por "jeitosos" nos anos 80 que se tem de manter e nem se pode pensar em mudar, não interessa se é tecnicamente bom ou mau...

    Prepara-te para muito software pirata ("Licenças? Isso é para totós!").

    Desenvolvimento de software para ambientes de escritório, software de gestão, facturação, contabilidade produzidos em PT são raros os projectos que não são apenas windows.

    I&D e desenvolvimento a sério também é muito pouco fora de Lx. E há muita gente a disputar os mesmos lugares.

    Presentemente estou no desenvolvimento de software numa PME - windows, claro :(
    Mas pelo menos é em C++ e não VisualBasic! Sempre é algum consolo...

    Entretanto, se conheceres ofertas de trabalho avisa. O meu contrato está (finalmente!) a acabar e eu não quero ser obrigado a renová-lo ;)

    Re:resposta honesta: o que calhar... (Pontos:2)
    por asoares em 20-08-02 12:20 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Prepara-te para muito software pirata ("Licenças? Isso é para totós!").
    Se eu tivesse pontos de moderação, só por esta frase já tinhas ganho um Esclarecedor...

    Foi das coisas que mais me impressionou quando cheguei ao mercado, foi ver que, tal como os individuos (aquele que nunca copiou nada que atire a primeira pedra) as organizações são n vezes piores, pois o tipo de software é software com licensas n vezes mais caras... Ou normalmente usa-se uma versão x dias e vai-se alterando a data do computador...

    Para responder à pergunta a minha posição é também um pouco de:
    ...trabalhas com aquilo que tiver que ser.
    Felizmente vou trabalhando em projectos que me permitem ser o unico a ter Linux instalado na impresa (aparte dos servidores web, mail, etc)... Mas tenho um presentimento que, mal acabe os dois projecto abertos, me vão pedir para instalar VisualStudio.Net! :-)

    É a vida...

    --
    antonio soares
    Windows has stopped. Press CTRL+ALT+DELETE to restart your computer.
    Re:resposta honesta: o que calhar... (Pontos:2)
    por Branc0 em 20-08-02 13:18 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://www.syners.org
    Foi das coisas que mais me impressionou quando cheguei ao mercado, foi ver que, tal como os individuos (aquele que nunca copiou nada que atire a primeira pedra) as organizações são n vezes piores, pois o tipo de software é software com licensas n vezes mais caras... Ou normalmente usa-se uma versão x dias e vai-se alterando a data do computador

    Realmente com protecção anti-pirataria destas as licenças é mesmo só para totós...


    "Se vi mais além do que outro, é porque estava nos ombros de gigantes."
    Sir Isaac Newton

    Re:resposta honesta: o que calhar... (Pontos:2)
    por Cyclops em 20-08-02 13:20 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    > a resposta honesta é... és um profissional - trabalhas com aquilo que tiver que ser.

    Estas a confundir escravatura com profissionalismo.

    A resposta honesta e': tu defines o teu grau de tolerancia/recusa de software proprietario ou escolhes os clientes (no caso de teres essa hipotese).

    Eu diria que o mercado esta particularmente aberto ao trabalho independente ou novas empresas que envolvam um modelo de negocio alternativo, que nao e' baseado na extorsao dos clientes (dado que eles querem poupar muito!).
    Re:resposta honesta: o que calhar... (Pontos:2)
    por BlueNote em 20-08-02 13:26 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    A resposta honesta e': tu defines o teu grau de tolerancia/recusa de software proprietario ou escolhes os clientes (no caso de teres essa hipotese).

    O catch está à vista, né???

    Re:resposta honesta: o que calhar... (Pontos:2)
    por Cyclops em 20-08-02 15:17 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    Ha sempre a hipotese que esta nas entrelinhas...
    Re:resposta honesta: o que calhar... (Pontos:1)
    por tripas em 20-08-02 14:58 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Concordo com o que disseste. Infelizmente a realidade é mesmo essa. No entanto há quem use como eu um "mix" de software proprietário/livre. No meu caso desenvolvo para a web num ambiente Windows 2000 mas consegui convencer o boss a usar o PHP e o mySQL. Aqui podemos ser nós próprios a acenar a "cenoura" aos empregadores já que o software open-source não implica licenças prós tótós. Um abraço.
    Re:resposta honesta: o que calhar... (Pontos:1)
    por jorgelaranjo em 20-08-02 15:14 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://fueg0.tk/
    Já somos dois.
    Consegui convencer os admins dos servidores do http://www.eeg.uminho.pt/ a utilizar mySQL em vez de msSQL.
    E Php, embora utilize o IIS. Eu bem que queria o Apache, mas eles preferem usar NT / IIS...
    Nem sempre podemos ter tudo, mas se cada um fizer um pouco.
    Quanto à remuneração: Não me parece que haja diferenças, porque as pessoas pagam pelo serviço e não pelo tipo de software.
    Assim, se tivermos de colocar uma solução com IIS / NT / msSQL / ASP e tivermos de pagar as licenças, quem as vai pagar é o cliente.
    Nós recebemos o mesmo pelo serviço prestado.


    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    http://fueg0.tk
    linux no local de trabalho (Pontos:2)
    por ribeiro em 20-08-02 12:44 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    Por aqui, o linux (era) visto com muita desconfiança, mas aos poucos tenho conseguido ganhar algum terreno.
    No entanto, se alguém souber de oportunidades ou de um site em que apareçam muitas oportunidades de emprego em linux, digam... ;-> Rui
    --
    Optar? (Pontos:2, Esclarecedor)
    por flipoide em 20-08-02 12:49 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    "Para quem ainda não está no mundo do trabalho, vão optar quando chegar a altura por trabalhar com software livre ou com software proprietário?

    Já não dá para optar!! Nesta altura do campeonato já é bom ter emprego.. :o)

    --
    1000110 1101100 1101001 1110000

    Re:Optar? (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 20-08-02 20:57 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Espero mesmo que estejas a ser irónico. :)


    "To underestimate one's self is as much a departure from truth as to exaggerate one's own powers"
    - Sherlock Holmes
    Re:Optar? (Pontos:2)
    por vd em 21-08-02 1:38 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Esta a ser o mais realista possivel!

    Pega no ExpressoEmprego de ha' um ano e no deste ano.

    A diferenca esta' em 10 paginas a menos agora.

    Cumprimentos,
    vd
    Re:Optar? (Pontos:2)
    por ribeiro em 21-08-02 5:48 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    Vejamos, deixemos de ser derrotistas. Muitas empresas estão-se a conter porque contrataram macacos a mais. No entanto, muitos só sabem escrever relatórios bonitos e fazer point-and-click. Uma grande percentagem nem sequer devia estar a trabalhar em TI.
    Esperem mais um bocadinho, é sempre preciso alguém para fazer o trabalho a sério...
    --
    Re:Optar? (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 21-08-02 13:39 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Exacto.


    "To underestimate one's self is as much a departure from truth as to exaggerate one's own powers"
    - Sherlock Holmes
    Acho que a questão é outra... (Pontos:3, Interessante)
    por Dehumanizer em 20-08-02 15:32 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Até que ponto é importante fazer algo de que gostamos. Ou se, em alternativa, "já é bom ter emprego".

    Isto ultrapassa muito a questão do software livre ou proprietário.

    Acho também que, neste caso, cada um sabe de si. Para mim, por exemplo, trabalhar com Unix é agradável e divertido; trabalhar com Windows é desagradável, frustrante, e dá a sensação de que somos impotentes em relação aos problemas - os sysadmins de Windows que conheço já se mentalizaram que é normal reiniciar as máquinas quando estas dão problemas... eu acho que não aguentaria isso, vai contra a minha maneira de ser.

    Isto tudo é "para mim". Muita gente, é claro, tem gostos e/ou prioridades completamente diferentes - a maior parte das pessoas que conheço aceita que o trabalho não é suposto ser agradável (ou fazer, sequer, sentido) - é apenas um "sacrifício" que se faz 8 horas por dia para sermos pagos no fim do mês.


    "To underestimate one's self is as much a departure from truth as to exaggerate one's own powers"
    - Sherlock Holmes
    My 2 cents (Pontos:2)
    por Gamito em 20-08-02 18:44 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://www.gamito.org/
    Olha, eu estou no meu 2º emprego.

    No primeiro, no Estado, convenci sem muita dificuldade o pessoal a mudar os servidores para Linux, tais eram as dores de cabeça que os NTs davam. Posso dizer-te que foi um sucesso absoluto e ainda hoje apesar de já lá não estar é com muito gozo que de borla (e pelo respeito que as pessoas para quem trabalhei me merecem) vou administrando os servidores à distância.

    No segundo caso (presente) fui para uma empresa privada trabalhar especificamente em Linux.

    Acho que sou um afortunado, mas cada vez mais me vou convencendo de que o que é mesmo importante é ser-se bom naquilo que se faz e ser-se honesto. Dizer às pessoas, "a melhor solução é esta", independetemente do que quer que seja. No fundo, o software existe para resolver problemas mais rapidamente, certo ?

    Não me caem as calças se disser que além de administrar servidores, também desencravo impressoras e ando atrás de um cabo ethernet a ver onde é que alguém deu cabo dele.

    Como em minha opinião, o software não é necessariamente bom bom por ser livre ou mau por ser proprietário, diria que deves apostar no bom software e ser acima de tudo bom naquilo que fazes. Quer seja a administrar servidores bué da 133t Linux ou a programar em Visual Basic.

    Por exemplo, ando a desenvolver a intranet da minha empresa e se obviamente uso Linux/Apache/PHP/MySQL, também não me custa nada dizer que uso Dreamweaver. Aproveito o melhor dos dois mundos.
    Digamos que tento ser o melhor possível nos vários mundos e não me tenho dado mal com isso.

    Mário Gamito
    www.gamito.org
    Revenue || Profit (Pontos:1)
    por lbruno em 20-08-02 22:23 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://i.hate.spammers.yi.org/
    Para já não falar na remuneração monetária que é muito maior para quem trabalha com software proprietário.
    Não confundamos o conceito de vendas com lucro. Podes trabalhar com Oracle, e receber mais dinheiro devido ao custo da licença. É lucro? Infelizmente não...

    Cheers,
    Luis Bruno

    trablhar con software livre (Pontos:0, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 21-08-02 3:50 GMT (#19)
    Confeso que aqui na minha terra, Santiago / CHILE eu pensei que so com reza brava eu tirava alguma grana con software livre, hoje por hoje estou trabalhando con linux, sou uma especie de Chefe_de_projeto/programador/administrador de variados projetos LINUX/PHP/MYSQL/POSTGRESQL, basicamente eu trabahlo con todo o que seja GNU na empresa, iso sim, estou sozinho, se a coisa vai bem, bem por mim, si nao, mau por mim.
    Mais eu admito estar muito contente, poucos sao os problemas que e tido com os linux na empresa (sao 6), agora estou terminando e melhorando uma projeto de "ELEARNING" 100% solucao linux, mais portavel pelo PHP e o uso de PHP/DB para cualquer plataforma que o cliente ter, ademas de estar administrando os recursos de un CALLCENTER por POSTGRESQL..
    Iso sim, me considero um privilegiado, nao todos estao com emprego por aqui tambem.
    Meus projetos futuros incluien uma alianza con SHARP-CHILE para un portal sobre ZAURUS, que me chegou faiz 3 semanas, como se pode ver, software livre por todo lado, ate na PDA!!!

    Re:trablhar con software livre (Pontos:1)
    por gotcha em 21-08-02 4:27 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://alunos.uevora.pt/~l13591
    Gostei do espirito =)
    Re:trabalhar com software livre (Pontos:2)
    por mlopes em 21-08-02 9:05 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    Isso é que é!
    Felizmente neste momento a minha situação é semelhante, estou a desenvolver projectos em Perl ou em PHP sobre Apache e MySQL, os servidores evidentemente são Linux, o meu desktop tambêm é Linux!
    Infelizmente nem sempre foi assim, e desde Março a Junho deste ano estive a desenvolver em ASP .NET e ASP sobre IIS e MSSQL, custou um bocado, já que tinha vindo de um emprego em que desenvolvia em PHP sobre Apache e Oracle ou MySQL, mas felizmente foram só 4 meses a desenvolver sobre MS.
    Parece-me que se ouver conhecimento na matéria e vontade não é dificil arranjar qq coisa a trabalhar naquilo que se gosta, seja software livre ou não!

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:trabalhar com software livre (Pontos:2)
    por Gamito em 21-08-02 14:58 GMT (#25)
    (Utilizador Info) http://www.gamito.org/
    "Parece-me que se ouver conhecimento na matéria e vontade não é dificil arranjar qq coisa a trabalhar naquilo que se gosta, seja software livre ou não!"

    That's the spirit!

    Mário Gamito
    www.gamito.org

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]