gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Prémio "jornalismo à pedrada"
Contribuído por jmce em 12-08-02 11:01
do departamento culto-da-carga
And now for... :-) quantic_oscillation escreve "O jornal online, ou devo dizer PSEUDO JORNAL DIÁRIO DIGITAL consegue bater tudo e todos nas calinadas que produz sobre o software FS/OSS [software livre/open source] e outros. Depois de fazer uma pesquisa por Linux no site acima referido encontei estas pérolas; provavelmente há mais, até fora do tema informática. Mas depois de vermos tanta "calinada" junta, será que este pseudo-jornal tem alguma credibilidade?? Isto é incompreensível, tanto mais que até tenho em boa conta o seu director."
[exemplos no desenvolvimento]

Eis alguns exemplos:

1. Desde a habitual asneira dos media com "os hackers, esses malfeitores": "Os vírus e os hackers são outras preocupações de quem gere uma rede de computadores."

2. "O Panda antivírus permite também efectuar algumas definições técnicas específicas como a integração com as aplicações comuns de Linux - Red Hat, Mandrake, Debian e OpenBSD"

3. "Os admiradores do Linux salientam que a maior contribuição do sistema foi a popularização do conceito «software open-source», o qual permite aos programadores trocar livremente entre si a propriedade intelectual das aplicações."

4. Esta então é para rir, ou chorar, dependendo do ponto de vista: "Ou não tivesse sido Gates um desses jovens informáticos que um dia criou com um grupo de amigos um sistema operativo a partir do quase nada...".
Se calhar deviam ler qualquer coisita sobre a história da INFORMÁTICA. Podem começar por dar uma vista de olhos aqui.

5. Esta então bate tudo, gostava imenso de saber onde é que o sr/srª que escreveu isto tirou o seu curso(??) de jornalismo(????): "O FreeBSD, um sistema operativo baseado no Linux, é conhecido não só por ser um código aberto, mas também por integrar o PCP/IP - aquilo no sistema operativo que se encarrega de gerir as comunicações - o seu ponto forte."

6. Mais um título sugestivo; tratam o linux como se fosse uma empresa/entidade: "Linux perto de lançar a sua versão do Opera 5"

7. "As empresas que estão a actualizar os sistemas dos seus computadores do Windows 2000 para o NT 4 estão a expor-se a graves riscos de segurança."

Dijkstra morreu... | DMCA chega à Europa  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Debian
  • Red Hat
  • "Os vírus e os hackers são outras preocupações de quem gere uma rede de computadores."
  • "O Panda antivírus permite também efectuar algumas definições técnicas específicas como a integração com as aplicações comuns de Linux - Red Hat, Mandrake, Debian e OpenBSD"
  • "Os admiradores do Linux salientam que a maior contribuição do sistema foi a popularização do conceito «software open-source», o qual permite aos programadores trocar livremente entre si a propriedade intelectual das aplicações."
  • "Ou não tivesse sido Gates um desses jovens informáticos que um dia criou com um grupo de amigos um sistema operativo a partir do quase nada..."
  • aqui.
  • "O FreeBSD, um sistema operativo baseado no Linux, é conhecido não só por ser um código aberto, mas também por integrar o PCP/IP - aquilo no sistema operativo que se encarrega de gerir as comunicações - o seu ponto forte."
  • "Linux perto de lançar a sua versão do Opera 5"
  • "As empresas que estão a actualizar os sistemas dos seus computadores do Windows 2000 para o NT 4 estão a expor-se a graves riscos de segurança."
  • DIÁRIO DIGITAL
  • Mais acerca And now for... :-)
  • Também por jmce
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    no comments (Pontos:2)
    por nmarques em 12-08-02 11:15 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://morgul.xpto.org
    Heh, melhor so aqui.

    --------------------------------------------
    If there is such a thing as too much power...
    I've not discovered it.../I
    Re:no comments (Pontos:2)
    por nmarques em 12-08-02 11:16 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://morgul.xpto.org
    www.rinkworks.com/stupid - Enganei-me no link :P

    --------------------------------------------
    If there is such a thing as too much power...
    I've not discovered it.../I
    Re:no comments (Pontos:1, Informativo)
    por Anonimo Cobarde em 12-08-02 11:32 GMT (#4)
    Hum.. mas esse link soa-me mais a bofh, enquanto os outros artigos eram supostamente _jornalismo_.
    As barbaridades sao as mesmas, o que difere é a gravidade de um deles ser proveniente da imprensa (meio de comunicação).
    Impressionante (Pontos:2)
    por TarHai em 12-08-02 12:02 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.dilbert.com
    Quase se qualifica como uma campanha de desinformacao premeditada.

    O credito proficional dos jornalistas anda pela rua da amargura, talvez fosse bom promover um bocado de feed-back. Que tal instituir os "Premios Calhau" para premiar as melhores perolas jornalisticas que por ai andam?

    Podia-se ate fazer a "gala do calhau" para atribuir os premios. Seria servida sopa de pedra e de sobremesa qq coisa a base de nabos.

    ---
    Flagrantes da vida real (Pontos:2, Engraçado)
    por Psiwar em 12-08-02 12:47 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    1. Desde que o filme com o título em inglês Hackers foi "traduzido" para distribuição em Portugal com o título Hackers: Piratas Informáticos que está tudo dito. Por mais que queiram explicar a diferença entre hackers e crackers, o poder dos média é que decide. Até o próprio pessoal que sabe a diferença já se cansou de usar os 2 termos...

    2. Não sei qual é o escândalo... toda a gente sabe que o Linux e o BSD é baseado no DOS. Por isso não faz mal meter tudo no mesmo saco... :P

    3. Altamente... já tenho mais uma quantidade de coisas para pôr no meu curriculo!

    4. O Bill Gates tem amigos?

    5. PCP/IP, huh? Aqui está a prova definitiva que no open source é tudo comuna!

    6. Eles não deviam utilizar jogos de puzzles como software de correção de textos. Utilize as seguintes palavras para formar uma frase correcta "Opera Linux versão lançar perto 5".

    7. Não sabem mesmo fazer puzzles de palavras... tsc, tsc. Bem... pelo menos o conselho é bom, lol.

    -----------

    Agora a sério... diz-me que encontraste isto na secção de anedotas ou artigos de 1 de Abril. :)
    Re:Flagrantes da vida real (Pontos:1)
    por ^magico^ em 12-08-02 13:00 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    <redundante>
    Eu moderei este comentário como engraçado, mas uma coisa vos garanto, se podesse moderava-o como talvez o comentário mais engraçado que vi aqui nos últimos anos. :)
    </redundante>
    Qualidade do Jornalismo. (Pontos:1, Redundante)
    por leitao em 12-08-02 14:15 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Nao se pode julgar a qualidade jornalistica pela qualidade dos seus artigos tecnicos. Nos somos tecnicos mas 99% dos jornalistas nao -- logo deve-se dar um certo espaco de manobra a estas publicacoes.

    Deve-se comentar sim a qualidade jornalistica por outros factores, como a imparcialidade, qualidade da informacao e originalidade.

    Desatar a bater na Digito so' porque tem incorreccoes tecnicas em alguns artigos sobre open-source e' uma atitude algo pedantica a meu ver e nao poe estes comentarios em boa luz.

    Just my 2 cents.


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Prémio Macacos Bebados (Pontos:2)
    por chbm em 12-08-02 15:22 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://chbm.nu/
    Não tamos a bater na Digito, tamos bater no DiárioDigital. Mas ok, lá vai:

    Imparcialidade: n/a (tomar partido implica ter um discurso coerente)
    Qualidade: 0
    Originalidade: 10
    Crak: 10


    Re:Prémio Macacos Bebados (Pontos:2)
    por leitao em 12-08-02 15:32 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Não tamos a bater na Digito, tamos bater no DiárioDigital.

    My mistake -- queria dizer o Diario Digital. Mas isso apenas reforca o que disse -- o Diario Digital e' uma publicacao generica, logo nao se espera total precisao em artigos tecnicos. O mesmo acontece em muitas publicacoes, mesmo as de renome.


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:Prémio Macacos Bebados (Pontos:2)
    por pmsac em 12-08-02 18:05 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://2130706433/
    <joke>
    Sim, sim... espera até levares com um ataque POP3 (como li há algum tempo numa revista)
    </joke>

    -- pmsac.oO(Cogito sumere potum alterum)
    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:2)
    por mlopes em 12-08-02 15:28 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Se naquilo em que temos conhecimentos, os jornalistas só dizem asneiras, o que me garante que naquilo em que não tenho conhecimentos eles não fazem o mesmo?
    A função dos jornalistas é suposto ser informar, não deveria ser encher papel de tinta (ou páginas web, ou o que for!) só porque sim!
    Se não sabem, informem-se agora escrever asneiras e entregarem-nas ao público como se fossem verdades não é jornalismo! O que ganha um leitor ao ler um artigo destes? Não traz nada que seja verdade, pelo contrário só vai fazer com que esse leitor fique convencido que as asneiras lá escritas são

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:2)
    por leitao em 12-08-02 15:34 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Se não sabem, informem-se agora escrever asneiras e entregarem-nas ao público como se fossem verdades não é jornalismo!

    Um leitor consciente e responsavel procura-se informar atraves de varias fontes. Se nao o faz e' porque merece a qualidade de jornalismo que tem.


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:1)
    por overflow em 12-08-02 15:56 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Boa.. agora a culpa de artigos mal documentados é do leitor..
    Isto mais ou menos a mesma coisa que um advogado frente a um juri, que não têm os mesmos conhecimentos que o advogado, dizer barbaridades ( não é que não aconteca :) ), mas que está incorrecto, está. O jornalista deve procurar explicar a informação de modo a que todos a percebam, quer a técnicos quer aos outros.
    Agora não me venham desculpar o jornalista porque não percebe. Se não percebe para explicar, que procure quem percebe e que escreva depois.
    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:2)
    por leitao em 12-08-02 16:22 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Boa.. agora a culpa de artigos mal documentados é do leitor..

    Eu disse isso ? O que eu disse e' que um leitor que confia cegamente numa so' publicacao merece o pobre jornalismo que tem.

    Isto mais ou menos a mesma coisa que um advogado frente a um juri, que não têm os mesmos conhecimentos que o advogado, dizer barbaridades ( não é que não aconteca :) ), mas que está incorrecto, está.

    Claro que o que esta' incorrecto esta'. Mas isso nao impede os jornalistas de cometerem erros nas areas do qual percebem pouco -- tal e qual como no gildot se ve as maiores bacoradas sobre economia, financas e outras areas que nao sao a especialidade do forum. A diferenca e' que as publicacoes vendem os seus artigos, mas o erro nao e' muito diferente -- e' a publicacao de um entendimento que e' o melhor possivel que o jornalista faz com as limitacoes que tem (tempo, $$$, etc.).

    Ou esperas que um jornal generalista gaste montes de $$$$ para publicar artigos tecnicos perfeitos que apenas atingem um alvo pequeno dos seus leitores ?

    O jornalista deve procurar explicar a informação de modo a que todos a percebam, quer a técnicos quer aos outros.

    Exacto -- e em muitos casos um artigo tecnicamente perfeito e sem "bacoradas" nao era entendido pela maioria dos leitores.

    Agora não me venham desculpar o jornalista porque não percebe. Se não percebe para explicar, que procure quem percebe e que escreva depois.

    You should try your own medicine.


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:1)
    por pedro em 12-08-02 16:57 GMT (#16)
    (Utilizador Info)

    Exacto -- e em muitos casos um artigo tecnicamente perfeito e sem "bacoradas" nao era entendido pela maioria dos leitores

    não posso de maneira nenhuma concordar com isto. então para se ser entendido por todos tem que se dizer bacoradas? isto é a desculpa fabulosa que os gajos que se enganam nas previsões do tempo e da bolsa procuram há anos!!! 'a malta engana-se de propósito para toda a gente perceber'.

    um artigo técnico num jornal generalista não tem que ser tecnicamente profundo, mas pcp/ip não é uma visão superficial da coisa, é um erro, a não ser que seja um typo. dizer que o freebsd é baseado no linux é como dizer que o am é baseado no fm: um erro. e que eu saiba, pactuar com os erros (mesmo fazendo de conta que 'não faz mal pq o gajo não sabe mais') é a melhor forma de os perpetuar...

    -- bgp is for those who can't keep it static long enough

    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:2)
    por leitao em 12-08-02 17:10 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    não posso de maneira nenhuma concordar com isto. então para se ser entendido por todos tem que se dizer bacoradas? isto é a desculpa fabulosa que os gajos que se enganam nas previsões do tempo e da bolsa procuram há anos!!! 'a malta engana-se de propósito para toda a gente perceber'.

    Percebeste bem que quando disse "bacoradas" quis dizer explicar as coisas mais superficialmente (the 30,000ft view) por forma a nao baralhar potenciais leitores que nao percebem profundamente do assunto. Por exemplo, tecnicamente o Linux nao e' um sistema operativo -- e' um kernel. No entanto nao vais tentar explicar isso num artigo do diario digital pois nao ? Vais sim referir o Linux como um sistema operativo por forma a ser entendido pela maioria das pessoas.

    um artigo técnico num jornal generalista não tem que ser tecnicamente profundo, mas pcp/ip não é uma visão superficial da coisa, é um erro, a não ser que seja um typo. dizer que o freebsd é baseado no linux é como dizer que o am é baseado no fm: um erro. e que eu saiba, pactuar com os erros (mesmo fazendo de conta que 'não faz mal pq o gajo não sabe mais') é a melhor forma de os perpetuar...

    Sem duvida -- sao erros. Mas nao podes julgar qualidade jornalistica apenas por meia duzia de artigos -- pelo menos nao deves. Tal e qual como nao deves acreditar em tudo o que les, seja qual for a origem. E' por isso que as pessoas teem cerebros -- para pensar e interpretar a realidade pelos seus olhos. Se ves um erro, escreve para o diario digital para eles colocarem uma errata no site. Vir tudo para aqui disparatar num artigo apenas a dizer mal duma publicacao qualquer na minha opiniao reflecte uma ma' imagem, e nao e' propriamente para o que o gildot esta' aqui (acho eu).


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:1)
    por overflow em 12-08-02 17:37 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Percebeste bem que quando disse "bacoradas" quis dizer explicar as coisas mais superficialmente (the 30,000ft view) por forma a nao baralhar potenciais leitores que nao percebem profundamente do assunto.

    Ya.. para não baralhar os leitores pode-se dizer que a internet pode vir na disquete. Que argumento mais idiota. Artigos de jornalismo não são eufemismos. São artigos que devem relatar a verdade e mais vale não escrever nada do que escrever errado.
    Uma coisa é não dizer tudo outra coisa é dizer asneiras.

    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:3, Esclarecedor)
    por leitao em 12-08-02 21:14 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Olha, vou-te explicar o que da minha experiencia pessoal acho ser um dos pecados mortais dos portugueses e de portugal. E' a mentalidade "despacha isso para hoje" -- o principio disto e' resumido pelo seguinte:

    Se a solucao nao resolve o problema amanha, mais vale nao fazer nada e desenrascar qualquer coisa que esconda o problema hoje.

    Funciona assim -- existe um problema (por exemplo a falta de qualidade tecnica de artigos sobre informatica publicados em portugal), mas ninguem sabe necessariamente como o resolver por forma a que este desaparece amanha. Como tal, falamos todos mal, atiramos pedras aos gajos e esperamos que por isto o problema desapareca hoje. Claro que o problema permanece, mas como sabemos que podemos continuar a dizer mal e sentimo-nos bem com isso ("eu sou tao macho que me rio na cara daqueles nabos que nem sabem escrever sobre informatica").

    Muitas vezes a solucao esta' 'a nossa frente (e.g., a educacao continua da classe jornalistica perante o problema), mas como a solucao desta forma esta' muuuuito longe (e nao temos pachorra para esperar, porque afinal -- somos muito machos) preferimos fecharmo-nos na nossa arrogancia e despotismo portuguesito e esperar a ver se aparece algum bravo com a resposta magica.

    O problema e' que nao ha' solucoes que resolvam o problema amanha -- e continuamos neste ciclo de:

    controi -> diz mal -> destroi -> constroi -> diz mal -> destroi...

    E' a vida...


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:1)
    por overflow em 13-08-02 9:29 GMT (#44)
    (Utilizador Info)
    Por esse andar de ideias nunca se fazia nada de decente no jornalismo portugues. Não sei se sabes, mas o "nosso" jornalismo já tem tido prémios ao nível internacional pela sua qualidade.
    É claro que essas peças obrigam a investigação e principalmente TRABALHO, coisa que, pela tua ordem de ideias, não se pode fazer porque não fica pronto para amanhã. Quando um artigo não está correcto, é problema do jornalista de procurar fontes para confirmar os dados. E se isso obrigar a trabalho, pois então que se trabalhe.
    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:2)
    por leitao em 13-08-02 14:54 GMT (#53)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Tens a certeza que leste o que eu disse ? Vai ler outra vez...


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:Qualidade do Jornalismo.. (Pontos:2, Despropositado)
    por leitao em 12-08-02 23:20 GMT (#35)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Acalma-te pa'! Com esse furor nacionalista ate' carregaste no submit duas vezes...!!

    Ca...ca...ca...ralho!


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:0, Esclarecedor)
    por Anonimo Cobarde em 13-08-02 12:25 GMT (#47)
    No entanto nao vais tentar explicar isso num artigo do diario digital pois nao ? Vais sim referir o Linux como um sistema operativo por forma a ser entendido pela maioria das pessoas.

    desculpa lá, mas a função de um artigo bem feito é para além de informar, tb explicar, se eese artigo fôr bem feito qualquer pessoa mesmo que não seja da área compreenderá o que lhe está a ser transmitido

    vamos para o caso da ciência, achas que todas as pessoas que leêm livros do Carl Sagan, Ann Druyan, Gerard L. Schroeder, são cientistas?? é óbvio, que são pessoas normalissimas, que leêm esses livros, e que os entendem, eles são é bem escritos, e conseguem explicar por vezes coisas dificeis de maneira simples.


    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:2)
    por leitao em 12-08-02 20:01 GMT (#25)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Ok -- compreendo o que dizes -- mas se chamas a:

    O credito proficional dos jornalistas anda pela rua da amargura, talvez fosse bom promover um bocado de feed-back. Que tal instituir os "Premios Calhau" para premiar as melhores perolas jornalisticas que por ai andam?

    ...entao para a proxima por favor alguem que faca uma critica destrutiva.

    Acho que uma conversa deste tipo aqui no Gildot pode trazer mais coerencia ao jornalismo portugues, e assim sendo nao vejo esta discussao como um disparate.

    Acho que podia sim senhora -- mas infelizmente nao parece fazer.

    Regards,


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:0, Despropositado)
    por jamaica em 12-08-02 21:01 GMT (#27)
    (Utilizador Info) http://ainda.nao.tenho
    és mesmo estupido, és mesmo muito estupido.. és leitão e basta!!
    ---------------------
    The worst moment for the atheist is when he is really thankful and has nobody to thank. Dante Rossetti
    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:2, Gozão)
    por leitao em 12-08-02 23:17 GMT (#34)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Ja' tomaste o Prozac hoje ? Vai tomar que estas a precisar...

    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc
    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:0, Despropositado)
    por jamaica em 13-08-02 18:26 GMT (#54)
    (Utilizador Info) http://ainda.nao.tenho
    Ja' tomaste (...) pah homem, isso era nos antigamentes quando ng tinha acentos configurados.. hoje em dia até em Linux eu vejo, escrevo e altero todo o tipo de acentos. Sai do passado e volta-te para o futuro..

    Já tomaste no cú hoje? Vai tomar que estás a precisar...
    ---------------------
    The worst moment for the atheist is when he is really thankful and has nobody to thank. Dante Rossetti

    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:2)
    por leitao em 14-08-02 11:47 GMT (#57)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Ja' tomaste (...) pah homem, isso era nos antigamentes quando ng tinha acentos configurados..

    Se tivesses um minimo de massa cinzenta percebias que o meu teclado nao e' .pt.


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:2, Engraçado)
    por Lameiro em 12-08-02 19:20 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://www.lesi4ever.com
    Ok. Tudo bem mas PCP/IP!... Que eu saiba aprende-se a fazer cópias na escola primária...
    -=[ Lameiro ]=-
    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:2)
    por leitao em 12-08-02 23:32 GMT (#36)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Fui ao google procurar por "PCP/IP" -- existem 259 (3 dos quais estao no site da Bay Networks e 2 na Cisco) documentos mais 478 mensagens em newsgroups que conteem essa string. Qual e' a explicacao mais logica ? Ha' assim tantos idiotas pelo mundo fora, ou sera' simplesmente um misprint ?

    Nao estou a sugerir a explicacao -- mas o Principio de Occam normalmente nao falha.


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:1)
    por ^S^ em 13-08-02 9:04 GMT (#42)
    (Utilizador Info) http://www.zbit.pt/~luis
    Procurei por TCP/IP...
    Results 1 - 10 of about 2,370,000
    É bom saber que existem "algumas pessoas mais" que sempre aprenderam a fazer as ditas cópias e que apenas, a grosso modo, 0.01% é que se baldou.
    ^S^
    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:2, Interessante)
    por samcruise em 12-08-02 23:43 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    leitao escreveu:
    *****
    >Nao se pode julgar a qualidade jornalistica pela
    >qualidade dos seus artigos tecnicos. Nos somos
    >tecnicos mas 99% dos jornalistas nao -- logo
    >deve-se dar um certo espaco de manobra a estas
    >publicacoes.
    ****

    Como alguém disse, esperamos que os jornalistas nos dêem os factos, a melhor aproximação possível à realidade. O problema é que hoje em dia os jornalistas são obrigados a escrever sobre coisas de que não percebem. Alguns investigam e ficam a perceber. Outros escrevem mal porque não se esforçam ou porque não têm mesmo tempo para mais.

    Mas a responsabilidade de uma publicação (e eu até prezo o Diário Digital) é ter especialistas ou consultores que dêem uma vista de olhos pelos artigos de informática, economia, etc.. E não é caro fazer isso: geralmente as matérias são suficientemente simples para um qualquer de nós olhar para um texto e corrigir o PCP/IP, em coisa de minutos! Quem não está habilitado a escrever artigos técnicos pede ajuda ou não publica.

    ****
    >Deve-se comentar sim a qualidade jornalistica por
    >outros factores, como a imparcialidade, qualidade
    >da informacao e originalidade.
    >Desatar a bater na Digito so' porque tem
    >incorreccoes tecnicas em alguns artigos sobre
    >open-source e' uma atitude algo pedantica a meu
    >ver e nao poe estes comentarios em boa luz.
    >Just my 2 cents.
    ****

    Qualidade da informação? Neste caso era bem pouca. A vontade é que era muita. E a qualidade jornalística tem de ser aferida pela capacidade de nos relatar os factos.
    Quanto às incorrecções, eram graves: precisamente porque eram até de coisas muito simples. Se não fossem, bem passaríamos à frente com um certo sorriso irónico mas sabendo que o leitor comum nem se ia aperceber.

    Valha a verdade que foram imparciais em enganarem-se tanto para o Linux como para o Windows, quando disseram que o NT ia substituir o Win2k! :-)

    E tenho uma defesa a fazer do trabalho do Diário Digital: trabalham em grande ritmo, com uma grande quantidade de artigos produzidos por dia e com um esforço para serem profissionais. Portanto, nem sempre têm tempo para investigar certas coisas. Por isso acho que aqui o que falha é precisamente não contarem com alguém que conheça minimamente a área e lhes faça as correcções / revisões necessárias.

    De resto o problema estende-se a muitos outros jornais e revistas.
    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:2)
    por André Simões em 13-08-02 2:14 GMT (#40)
    (Utilizador Info) http://hesperion.catus.net
    Eu continuo a achar que há um mínimo, um brio profissional a manter. Não me parece desculpável o facto de não serem técnicos. Num caso destes deve-se verificar os factos. Em última análise deveria haver alguém, mesmo não sendo o próprio jornalista, a verificar. É que realmente o bom jornalismo também se mede pela qualidade da informação, que se encontra ausente daqueles exemplos inenarráveis. Eu também não sou técnico, sou até da área de letras, mas nunca me passaria pela cabeça publicar fosse o que fosse sem verificar primeiro as minhas fontes.
    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    Re:Qualidade do Jornalismo. (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 13-08-02 9:21 GMT (#43)
    (Utilizador Info)
    Eu devo ser muito ingénuo nestas coisas, mas ainda acho que um jornal não é a mesma coisa que um indivíduo num fórum de discussão.

    Um jornal é suposto informar, sem dúvida, mas informar *bem*. É suposto ter especialistas em vários assuntos (política, economia, etc.) a trabalhar para o mesmo. E porque não um em informática? É algo assim tão raro/caro?


    "To underestimate one's self is as much a departure from truth as to exaggerate one's own powers"
    - Sherlock Holmes
    pTd (Pontos:1)
    por jorgelaranjo em 12-08-02 19:39 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://fueg0.tk/

    Se calhar era bom algum editor publicar a noticia do Paulo Querido sobre a estupidez da Exame Informática e a continuação do artigo, esta semana no Expreso...
    Não digam que custa muito aprovar os artigos...
    Para quem quiser ler deixo aqui os dois links: Primeira Parte e Segunda Parte

    Têm os dois a ver com a forma como os média [sim... os média e não os mídia] falam de computadores... :) e pricipalmente, como falam mal do FS/OSS ! :)



    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    http://fueg0.tk
    Re:pTd (Pontos:2)
    por BlueNote em 12-08-02 20:47 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    e pricipalmente, como falam mal do FS/OSS !

    Claro que falam mal! Ninguém lhes paga para falarem bem...

    Vamos ser sinceros... (Pontos:0, Esclarecedor)
    por Anonimo Cobarde em 12-08-02 23:03 GMT (#33)
    Sim, é verdade: Os jornalistas ditos "informáticos" cometem montes de asneiras. Vamos começar...

    Existe uma revista no mercado, a chamada "revista para estúpidos que não percebem nada de informática" que é feita por um conjunto de senhores que não percebem patavina de informática. No entanto, a revista vende como manteiga...
    Este caso não é único e conta-se pelos dedos, os "jornalistas" de especialidade que sabem o que é o POP3 ou como podemos "pingar" um determinado IP, ou até o que é um cracker e um hacker. De quem é a culpa?

    Nossa, que compramos esta e outras revistas!!!

    Existe muitas outras contradições em revistas online e físicas. As empresas normalmente dizem que os jornalistas fazem o "frete" de assistir aos seus lançamentos para receberem o press-kit. E é ridículo!!!

    A culpa está no sistema, que nasceu torto e há-de morrer torto.

    Re:Vamos ser sinceros... (Pontos:2)
    por grumpy bulgarian em 13-08-02 8:30 GMT (#41)
    (Utilizador Info) http://www.wired.com
    A culpa está no sistema, que nasceu torto e há-de morrer torto.

    o sistema é um problema... se bem me lembro dos tempos do liceu, a malta que falava em ir para Jornalismo/Direito era aquela malta que nao queria ter mais aulas de matemática, logo a partir do 9o ano (+/- 15 anos de idade).

    como se pode imaginar, se alguem escolhe a sua carreira mais por exclusão de partes do que por convicção... tem fracas bases para se motivar a ser bom profissional naquilo que escolheu.

    e depois é ver tanto "jornalista" a produzir peças com a qualidade da que foi citada, e nao necessariamente no ramo da informatica. reparem que em todas as peças jornalisticas sobre sinsitralidade rodoviaria, a conclusão é que "devia haver mais civismo". encerra-se a peça e passa à proxima. quando se fala de poluição e meio ambiente, conclui-se que "devia haver mais fiscalização". encerra-se a peça e passa à proxima...


    Grumpy B)

    Re:Vamos ser sinceros... (Pontos:2)
    por grumpy bulgarian em 13-08-02 14:03 GMT (#52)
    (Utilizador Info) http://www.wired.com
    tens razão, e olha que isso nao é comum num AC!

    então, agora com mais tempo aqui vao duas ideias acerca do ensino de matematica e portugues, que muitas vezes são citados como a raiz do problema:

    1) portugues. durante os 6 primeiros anos de escolaridade basicamente ensinam-te a escrever, a ler, e põe-te a decorar todos os pronomes, artigos, e passas uma data de tempo a classificar todas as palavras que há e todas as particulas que compoem uma frase. chegas ao 7o ano e, a meu ver, deixas de estudar portugues, e começas a estudar literatura portuguesa. por essa altura parte-se do principio que ja dominas a gramatica e a ortografia e parte-se para o "estudo da aplicação dessas tecnicas ao longo dos tempos" :) . por esses anos fora lês como é que Gil Vicente escrevia portugues, como os poetas galaico-portugueses do sec. XII cantavam cantigas de amigo em portunhol, os sonetos e os Lusiadas de Camoes, etc, etc... os alunos chegam aos testes de portugues e das outras disciplinas e continuam a aparecer casos de pessoal que não consegue formar frases inteligíveis. eu acho que isto quer dizer que se devia investir mais tempo na parte básica: como construir frases; como interpretar textos; como contar historias; como expressar um ponto de vista; textos de opinião vs. relatórios cientificos; coisas deste genero. há que dominar a tecnica base antes de partir para a evolução do estilo. (digo eu!)

    2) matematica: é uma coisa complicada, nao ha grande volta a dar-lhe. agora pode-se estudar a matematica do 9o ano como um instrumento que precisas para fazer a do 10o ano, ou talvez seja possível procurar ensinar a matematica como uma ferramenta que nos serve para entender coisas uteis no dia a dia. ex.: no outro dia passou no rodape do telejornal da TVI: População idosa do Brasil mais numerosa que população jovem. depois entrou em maior detalhe - taxa de crescimento da população com +65 anos superior à tx cresc. da pop. com - de 15 anos . era boa ideia as pessoas perceberem estas historias das percentagens, e das taxas antes de chegarem à univ. as bases da probabilidade e estatistica foram-me apresentadas no 1o e 2o ano da univ., se calhar podiam ter chegado antes. para mim, o caminho é ilustrar o que se ensina ao longo dos anos. quando eu estava no 9o ano, em que havia uma dose grande de geometria, e se começava a trigonometria, não havia computadores nas aulas (e frequentemente nem em casa, diga-se) nem graficos perfeitinhos. tenho alguma esperança que hoje em dia já se use esse tipo de ferramentas com frequencia para as coisas mais teoricas sejam visiveis em vez de "ficarem no ar"


    Grumpy B)

    Re:Vamos ser sinceros... (Pontos:1)
    por jamaica em 13-08-02 18:48 GMT (#55)
    (Utilizador Info) http://ainda.nao.tenho
    Fantasticamente dito: as ditas pessoas que supostamente tiraram um curso e subiram na vida à custa de cunhas são as mesmas que todos os dias nos bombardeiam com (des)informação estúpida, imbecil, irritante, idiota.. tudo o que quiseres.

    Estes jornalistas são, realmente, aqueles colegas burrinhos que não pescavam nada de Matemática e só foram para Letras pq nunca iriam tirar mais de 5 num exame de Matemática.
    ---------------------
    The worst moment for the atheist is when he is really thankful and has nobody to thank. Dante Rossetti

    Re:Vamos ser sinceros... (Pontos:1)
    por McB em 16-08-02 22:57 GMT (#58)
    (Utilizador Info)
    Estes jornalistas são, realmente, aqueles colegas burrinhos que não pescavam nada de Matemática e só foram para Letras pq nunca iriam tirar mais de 5 num exame de Matemática.

    Pois...
    Pensa mas é nos "engenheiros" que por aí andam e que não conseguem escrever uma frase inteira sem meter um erro do diferente do que ACABAS-TE de dizer À pouco.

    E esses, são inteligentes?
    Pensa nisso, e já agora, um bocado de educação também não te fazia mal nenhum...
    Não nos exaltemos, ok?

    Yours,
    McB!
    They told me it need Windows 95 or better, so I chose Linux
    objectivos (Pontos:2)
    por bgravato em 13-08-02 13:27 GMT (#51)
    (Utilizador Info)
    Eu não fico muito admirado com estas "calinadas".

    Temos é que ver qual é o objectivo de quem publica um jornal ou revista... ganhar dinheiro!

    É esse o objectivo que move 99.9% das pessoas, às quais não foge a classe dos jornalistas.

    Se calhar já houve alturas em que para se ter sucesso e vender muitos jornais/revistas era preciso que estes tivessem informação interessante, correcta e bem escrita. Actualmente parece que as coisas já não são bem assim.

    Quem percebe de informática, não vai comprar revistas, primeiro porque não precisa de ler coisas que já sabe, como esses artigos do estilo "dicas para principiantes", segundo porque se quer ler artigos interessantes sobre assuntos que lhe interessam sabe onde os encontrar.

    Quem compra revistas de informática, na sua esmagadora maioria, são pessoas leigas que querem aprender mais sobre o assunto, ou até mesmo aquelas que não estão muito interessadas, mas porque querem estar na "moda", ou a par das ultimas novidades informáticas, para mostrarem aos amigos que são muito cultas.
    E estas pessoas não têm conhecimentos suficientes para saber se os artigos são bons ou maus do ponto de vista técnico.

    Por todos estes motivos, a qualidade técnica dos artigos de jornais/revistas sobre informática é perfeitamente secundária, quando o público alvo é o zé povinho que não pesca nada de informática. O que os directores dos jornais/revistas querem é que lhes comprem os jornais/revistas e estão-se nas tintas se quem os lê vai aprender alguma coisa ou não.

    Esta é a realidade.

    Cumprimentos,
    Bruno Gravato.


     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]