gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Emissões radiofónicas na internet
Contribuído por npf em 07-08-02 8:59
do departamento radio-over-ip
Internet Cláudio Franco escreve "Neste artigo da Tek, é referido um "novo" software que quebra a maioria das leis da rádio "online" de alguns países. Segundo o Tek, o software "Peercast" (disponivel em www.peercast.org) faz a emissão de ficheiros radiofónicos e não de "media files". Desta forma podes criar a tua "rádio" legal. No fórum do site, pude ver que por ex, na alemanha por apenas 15 euros mensais, podes ter a tua rádio online, sim.. mesmo broadcast, like shoutcast, etc sem teres que pagar mais direitos de autor. Vendo bem... o que ganhamos em estar em portugal? "

DEFCON 10 acabou mais um encontro de sucesso em La | Microsoft and User's Privacy... or not  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Cláudio Franco
  • artigo
  • www.peercast.org
  • Mais acerca Internet
  • Também por npf
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    ... (Pontos:0, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 07-08-02 10:05 GMT (#1)
    O que ganhamos em estar em Portugal? NADA. Portugal vai de mal a pior. Como dizia o outro: qualquer dia.. ahn.. acontece a Portugal o mesmo que aconteceu à Argentina.
    Espera para ver.....
    Sempre o mesmo discurso provincial (Pontos:3, Interessante)
    por MortH2O em 07-08-02 17:26 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://go.to/mortagua2000
    Francamente!... Este tipo de comentários mostra o quão provinciais, retrógrados, e bota abaixo os portugueses teimam em ser!

    "O que é de fora é que é bom!", ou "Em Françe isto não acontecia!", ou pior "Isto está mal e não há maneira de ir ao sítio!", são comentários como estes que saiem logo da boca do portuga quando vem à baila algo que, de facto, está mal no nosso país ou sociedade. Todos dizem mal, todos contestam, todos preferem o que é de fora, mas NINGUÉM move uma palha para, pelo menos, tentar mudar e fazer bem.

    Porra! Que está mal sabemos todos, e que tal fazer algo para inverter? Que tal começar por mudar essa mentalidade?

    Fiquem sabendo que, para mim, podemos (e somos) tão bons quanto os outros "lá de fora!". Só que enquanto a inépcia e o "deixa-andar" prevalecerem, a mentalidade desta sociedade portuguesa não permitirá ultrapassar o nível dos outros países que tantos dizem adorar. Veja-se, por exemplo, a situação das nossas estradas: acidentes com fartura, más estradas, sinalização deficiente, condutores irresponsáveis; todos reconhecem mas praticamente ninguém altera os seus hábitos (por vezes assassinos) de condução. "Que mudem os outros!", dizem muitos de vocês, não é verdade? Egoístas!

    Reclamar é fácil, fazer pela mudança nem por isso. E se à partida a motivação é contrária ao desejado, não se irá a lado nenhum!

    Tentemos ser menos egoístas, falar menos e fazer mais. Se está mal, não se conformem, discutam, refilem, mas façam algo que traga a mudança. O esforço de um só não chega, mas de muitos e ao mesmo tempo pode mover, como o outro diz, montanhas!

    Por fim, acreditem na vossa capacidade e acreditem na capacidade colectiva. Portugal não é menos que os outros. Talvez haja quem queira que os portugueses pensem o contrário, só para se aproveitarem disso. Há muito, aliás, que isto acontece. E se o tal provincialismo continua a subsistir na mentalidade dos portugueses, aí, acreditem que continuaremos cada vez mais na mesma!

    MortH2O

    Re:Sempre o mesmo discurso provincial (Pontos:1)
    por MortH2O em 07-08-02 22:30 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://go.to/mortagua2000
    "Concordo com muito do que dizes... mas escrever tanto e nao apontar soluções ?"

    Não acabei por ser igual, porque, se reparares bem, o meu discurso pauta-se pelo discurso "nós" e não "vocês", mas no entanto, apontei soluções - e tal como pedido, aqui estão elas novamente:

    sejamos menos egoístas;
    mudemos de atitude e sentimentos de inferioridade em relação aos outros países
    saibemos trabalhar realmente em grupo.

    E digo-te mais: tú acabaste de agir tal qual o tipo de pessoa que se enquadra na mentalidade bota-abaixo típica portuguesa: concordas, achaste bem, mas teve que ser outro a começar(neste caso, esta discussão, e atenção, discussão de ideias é algo que pode levar à mudança) e que terminas com a confirmação à velha afirmação: "Algo tem que ser feito, mas que o façam os outros, ou que os outros digam o que fazer".

    Eu fiz a minha parte... por hoje. Sim, porque o que realmente se está a falar não se muda de um dia para o outro, e exige luta constante. E tú? Já fizeste hoje a tua parte para melhorar algo que achas que está mal?

    MortH2O PS: O meu post anterior não era uma resposta directa ao artigo, mas sim a um comentário anónimo.

    Re:Sempre o mesmo discurso provincial (Pontos:1)
    por MortH2O em 07-08-02 22:32 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://go.to/mortagua2000
    Correcção: saibamos trabalhar realmente em grupo.
    Re:Sempre o mesmo discurso provincial (Pontos:1)
    por jorgelaranjo em 07-08-02 23:18 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.naecum.com/fueg0/
    Eu faço a minha parte todos os dias... Se me conheceres melhor vais ver que sim... E tu? Ja fizeste a tua ? Só falar não serve... Eu prefiro fazer e nao falar.. mas cada um é como cada qual!

    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    Re:Sempre o mesmo discurso provincial (Pontos:1)
    por MortH2O em 08-08-02 9:58 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://go.to/mortagua2000
    Amigo,

    a minha parte, ou acção, aqui foi lançar o desafio a todos nós para que mudemos de mentalidade. Se achas que já fazes alguma coisa, ainda bem. Agora, não estejas sempre a mandar abaixo os outros, ou a criticar as tentativas de mudança dos outros, ou simplesmente (tal qual a dita mentalidade provincial aqui discutida) mandas fazer aos outros, pois achas que já fizeste muito. Não sejas egoísta. E não te conheço assim tão bem. Aliás, tenho algumas más impressões de ti. Se tens memória curta, tenho pena de ti, mas lembra-te de alguns posts no lesi4ever que me enviaste...

    MortH2O

    Re:Sempre o mesmo discurso provincial (Pontos:1)
    por jorgelaranjo em 08-08-02 12:53 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://www.naecum.com/fueg0/
    ah! e n sei pq m o opera pos isto em A C? Eu assino...

    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    Estar em portugal (Pontos:3, Engraçado)
    por Maeglin em 07-08-02 10:35 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Sol ? Bom Tempo ? Muita coisa para a malta dizer mal... Se fossemos para um pais civilizado o Gil não existia (tal como é).


    "When I answered where I wanted to go today, they just hung up" (Unknown Author)
    O que ganhamos? (Pontos:2, Engraçado)
    por Presley em 07-08-02 13:16 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://fm.alcobaca.net
    Olha, eu não sei de ti, mas eu não conheço pais tão divertido como Portugal. Ainda falam dos brazucas serem um pais feliz e divertido, mas acho que o português é que se ri mais.

    A nossa televisão tem uns 9 ou 10 programas diários de piadas. Começa no Jornal da Manhã e acaba no 24 horas.

    Vê lá que agora até o benfica pode pagar dividas com acções de si próprio. Eu acho que isto é o principio do fim das dividas do pais. Vamos pagar as nossas dividas com acções do pais. Cada portugues paga as dividas com acções de si próprio. Qualquer dia somos todos donos de tudo.

    Depois tens o clima. Ainda anteontem fui a Lx para descobrir que já nem em Agosto se está bem em Lx. Ninguém foi de férias para não perder o calor fenomenal que se faz sentir em Carcavelos e Santo Amaro.

    E depois temos algumas das belezas naturais mais cobiçadas pelos especuladores imobiliarios (com sucesso).

    Eu acho Portugal um must. Só saio daqui se a minha esposa decidir que é melhor para a nossa filha morar no país dela... (tou a torcer).
    Re:O que ganhamos? (Pontos:2)
    por racme em 07-08-02 18:35 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Eu acho Portugal um must. Só saio daqui se a minha esposa decidir que é melhor para a nossa filha morar no país dela... (tou a torcer).

    ...por alguma razao falaste nisso portanto aqui vaia pergunta

    E qual é o pais dela?

    qt ao resto, ta engracado :P


    ...no reino de Quelthalas...
    im awake, im awake!
    Re:O que ganhamos? (Pontos:1)
    por Presley em 08-08-02 14:03 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://fm.alcobaca.net
    Brásiu cara!!!

    Encostadinho no Rio di Jáneiro...
    Vendo bem... o que ganhamos em estar em portugal? (Pontos:2, Engraçado)
    por jorgelaranjo em 07-08-02 14:00 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.naecum.com/fueg0/

    "Vendo bem... o que ganhamos em estar em portugal?"

    Oh não... outra crise de valores...?? isso não acontece só na juventude ??

    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    Re:Vendo bem... o que ganhamos em estar em portuga (Pontos:2)
    por BlueNote em 08-08-02 8:51 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Oh não... outra crise de valores...?? isso não acontece só na juventude ??

    Não! Pelo contrário... quando um tipo é jovem e está a estudar, acredita que o país não é tão mau como o pintam, que as coisas têm solução, que se todos nos esforçarmos por fazer aquilo que é correcto, trabalharmos muito, séria e honestamente, sem querer deitar "cascas de banana" aos nossos concidadãos, o país acabará por se tornar um lugar melhor e mais civilizado para se viver.

    Depois acabas de estudar. Entras no mercado de trabalho. Há medida que vais penetrando mais a fundo na sociedade, há medida que te vais apercebendo de como tudo, mas mesmo tudo, está minado até aos alicerces e que tudo o que te ensinaram e em que acreditavas é letra morta e nada vale, é que vem a "crise de valores".

    Quanto mais te afastas da juventude, pior.

    Legal? (Pontos:3, Esclarecedor)
    por raxx7 em 07-08-02 17:34 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://raxx7.no.sapo.pt/
    Se emitires músicas sem consentimento dos detentores do direitos de autor, é ilegal. Ponto final. O método não interessa.

    Remember to be the Killer, not the Victim! (Nuklear Girl)
    Re:Legal? (Pontos:1)
    por Presley em 08-08-02 17:55 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://fm.alcobaca.net
    Mas pera lá, tu numa rádio não tens o consentimento de todos os autores que passas. Pagas um quanto a não sei bem quem para emitires a musica que tiveres, com umas limitações definidas.

    Certo?
    O que ganhamos? (Pontos:1)
    por Endymion em 09-08-02 18:04 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    1)Liberdade. N temos lista de livros censurados, e apesar de existir alguma censura na televisao, n caímos no extremo dos US. Ao mesmo tempo k temos liberdade de expressao: ou seja, pouca gente aqui se dá ao luxo de mandar alguem para o tribunal por abrir a boca. 2)Segurança: Apesar de alguns problemas ocasionais, especialmente em determinadas areas, portugal n tem uma percentagem significativa da população a passar ferias na cadeia. 3)Tradição: Apesar de muitas vezes n lhe ser dada o devido valor, temos resmas de historias para contar. Não nascemos em dois dias, e fomos uma super-potencia mundial, o que é incrivel dada a nossa dimensao. 4)Ambiente: ok, há inumeros atentados, e muitos incendios. Mas se existem eh pk tb temos mta floresta. Se viajarem de uma ponta à outra do país encontram um Portugal essencialmente verde, tirando por aglomerados urbanos onde a maioria da população tende a concentrar-se. 5)Geografia privilegiada: Temos um clima invejavel e vivemos praticamente no eixo de 3 continentes. Entre Portugal Continental e as ilhas, temos jurisdição sobre uma parte significativa do Atlantico. Pena tal nao ser devidamente aproveitado. 6)Yah, temos impostos.. mas a maioria das pessoas n vive naquela ansia de enriquecer depressa, de tirar proveito dos outros sempre que pode, de competir a qualquer custo. Yah, n somos tao "competitivos" em termos de mercado, mas mtas vezes somos mais prestativos. Podia continuar indefenidamente a debater as inumeras razões pk amo este país em particular, mas acho k n vale a pena. Tudo tem o seu preço, e se há alguma coisa que n temos neste momento a culpa em grande parte tb é nossa. Pk se há coisa que muitos portugueses tb sao, é ou algo preguiçosos, ou indiferentes ao que se passa num raio acima de 20km da zona onde vivem.
    Re:O que ganhamos? (Pontos:1)
    por Endymion em 09-08-02 18:07 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Raios..eskecime de meter paragrafos. Desculpem.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]