gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Governo da Noruega recusa contratos à là M$
Contribuído por scorpio em 15-07-02 17:59
do departamento o bico do prego
Microsoft axel escreve "É por causa de muitas coisas e desta também que cada vez mais gosto dos nórdicos ...
O Governo Norueguês fecha a porta à M$ e justifica-se muito bem com a necessidade de com esta medida, criar a oportunidade a soluções OpenSource e de menor custo. Isto é o que se chama uma verdadeira medida de estimulação da industria de TIs dentro de portas.
Sendo a Noruega um dos lideres mundiais em termos de penetração da internet e TI, esta é um facto que outros estados Europeus deveria ter em atenção e em especial os nossos governantes para as suas futuras iniciaticas de e-gov. "

Usar marcas de água em imagens | Que música alternativa ?  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • axel
  • desta também
  • fecha a porta
  • e-gov
  • Mais acerca Microsoft
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Pessoalmente... (Pontos:3, Interessante)
    por Dehumanizer em 15-07-02 18:30 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    ... acho que o estão a fazer pelas razões erradas.

    Isto é como a história de "os hipermercados não podem estar abertos no Domingo à tarde, porque temos de proteger o pequeno comércio". É absurdo.

    Aqui, na minha opinião, é a mesma coisa - recusam contratos com a MS para "fomentar o desenvolvimento de alternativas Open Source"? Isso parece... caridade, sei lá.

    Deviam fazê-lo para/porque:

    - não estarem dependentes de uma empresa estrangeira;

    - evitar a possibilidade de $NSA_KEYs e outras backdoors;

    - o Windows não é exactamente conhecido pela sua segurança, estabilidade e eficiência

    - só tendo o código fonte é que se garante que não se fica dependente do "vendor" para actualizações / bugfixes / patches de segurança

    - e, sim, para poupar o dinheiro dos contribuintes.

    Em vez disto, vêm com o argumento de "proteger os pequenos". Francamente... :(


    "To underestimate one's self is as much a departure from truth as to exaggerate one's own powers"
    - Sherlock Holmes
    Re:Pessoalmente... (Pontos:2, Esclarecedor)
    por joaorf em 15-07-02 21:56 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Proteger os pequenos, significa evitar os males, já há muito identificados, dos monopólios e oligopólios.
    Ao proteger os pequenos, estão a criar condições para o desenvolvimento de uma indústria de software no seu país, algo mais difícil de conseguir utilizando tecnologias proprietárias.

    E há outra razão muito poderosa. Suponhamos que a Microsoft até tem um conjunto de produtos (próprios ou third-party) que satisfazem as necessidades de um país. Actualmente, isto até é verdade. Mas imagina que, qualquer dia, a Microsoft toma uma atitude claramente impopular, impondo condições abusivas, que suscita a necessidade de se encontrarem alternativas. Nesse momento, é bom saber que há uma alternativa. E essa alternativa existirá, em parte, porque houve quem decidiu, em bom tempo, proteger os mais fracos.

    Re:Pessoalmente... (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 16-07-02 8:56 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    É aqui que discordamos...

    Tu pareces achar que a MS até não é nada má, os seus produtos são perfeitamente bons, mas que os governos devem interferir no mercado para garantir que "os outros também têm a sua vez".

    Eu, por outro lado, acho que os produtos da MS *são* maus, a própria MS já provou não ser de confiança, e há imensas razões válidas para um governo não escolher/usar os produtos da mesma. Mas, por outro lado, os governos não têm de (ou devem) "equilibrar" mercados de uma forma artificial. Devem, sim, impedir *abusos* de monopólios, o que é algo bem diferente.

    Mas aqui entramos em discussões político-económicas, e não tarda muito já alguém está a dizer que sou desprezável e contraditório. Devia pôr isso na minha assinatura... ;)

    Anyway, o [War], no post abaixo, já revelou que realmente a notícia foi mal citada - o governo da Noruega simplesmente acabou com a exclusividade em relação à MS, por os produtos desta serem muito caros (como se não houvesse razões muito mais fortes... enfim...).


    "To underestimate one's self is as much a departure from truth as to exaggerate one's own powers"
    - Sherlock Holmes
    nao é bem assim... (Pontos:4, Esclarecedor)
    por [WaR] em 15-07-02 19:04 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://war.genhex.org/
    Eu nao li a noticia original (o meu norueguês anda fraco), mas do que li na digito (à excepção do titulo) não dizia isso... O que diz é q a M$ deixou de ter *EXCLUSIVIDADE* de fornecimento de software para o governo por ser muito caro de manter. Em lado nenhum falam em usar opensource, apenas dizem que isto estimulará a concorrência, e que poderão aparecer alternativas. Sobre opensource quem falou foi a Comissão Europeia.

    Resumindo, a notícia diz uma coisa no título que depois não diz no resto. :)

    -- [WaR]
    "If you can't hack it, hit it with a hammer"
    Re:nao é bem assim... (Pontos:1)
    por jazzy em 16-07-02 9:51 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org
    Só te faltou dizer que o que levou o governo Norueguês a tomar esta atitude foi a nova taxa de assinatura regular que a M$ impõe aos seus clientes.

    Jazzy


    Jazzy
    Se não fosse tão frio... (Pontos:1)
    por Psiwar em 15-07-02 22:23 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    Há já algum tempo que os países nórdicos são os mais desenvolvidos da Europa. Basta ver o sucesso da Nokia (Finlândia) e da Ericsson (Suécia) a até indústria dos jogos se desenvolveu (um bom indicador da presença de tecnologia entre os jovens), enviando cá para fora jogos como Max Payne ou The Longest Journey. Isto graças a uma boa política de educação e uma excelente integração de imigrantes (ao contrário de outros países menos desenvolvidos como... Portugal). Sabiam que eles pagam os impostos mais altos da Europa mas não se importam,dado que sabem que esse dinheiro é de facto bem aproveitado? Quando de nós podem dizer o mesmo?...

    Quanto ao tópico, não vejo nenhum mal em um governo de um determinado país proteger os "pequenos". Se as grandes corporações como a M$ podem usar o dinheiro e práticas menos competitivas para subir ao topo porque não proteger os pequenos developers e o open source, como maneira de estimular ainda mais o avanço científico e conseguir indepêndencia informática?

    É mais um ponto que somam os países nórdicos. E se um dia juntar dinheiro suficiente para comprar um aquecedor e mais umas mantinhaspode ser que até aprenda a falar aquelas línguas horríveis e me mude para lá... =)

    Enfim, este país está mal entregue e existe uma razão cultural para termos perdido a nossa influência no mundo. Ou seja, porque será que um Português no Luxemburgo contribui com 5 vezes mais para o PIB do que em Portugal? Será praias e calor a mais?...
    Re:Se não fosse tão frio... (Pontos:3, Engraçado)
    por nmarques em 15-07-02 22:43 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://morgul.xpto.org
    Nao gostas de Tolkien ? O Tolkien era um grande fan da Finlandia, e o "elvish" e' baseado em finlandes... A influencia no mundo perdes-te com atitudes estupidas vindas da nobreza mercantil que nao foi capaz de acompanhar a evolucao e perdes-te prestigio para os Holandeses, Ingleses e Espanjois... Perdes-te tudo, sobretudo o prestigio... Agora tem la calma com o que dizes de ser tudo uma coisa tao bonita, porque tens por exemplo paises como a Suecia que sao os mais caros da Europa, com leis estupidas como a do alcool, e com mentalidades meias pro dificil de compreender, como as virgins suecas so serem virgens dos ouvidos... :P

    Portugal esta em vias de evolucao e assim la vai continuar... no entando pelo que vi/vejo, o grupo de resistentes em Portugal a usar sempre open-source e' possivelmente o maior e onde escontras mais... Por exemplo aqui na holanda e' NT+Novel+Citrix+Oracle, tudo o resto simplesmente, nao existe... ou e' usado por um grupinho mesmo minusculo... As leis sao apenas burocracias e quando sao realmente aprovadas, ninguem cumpre !.

    --------------------------------------------
    If there is such a thing as too much power...
    I've not discovered it.../I
    Re:Se não fosse tão frio... (Pontos:1)
    por joaorf em 16-07-02 1:53 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Por exemplo aqui na holanda e' NT+Novel+Citrix+Oracle, tudo o resto simplesmente, nao existe

    Bem, em Portugal agora é pior: NT+NT+NT+SQLServer...

    Na Holanda, a Philips é conhecida por utilizar muito Java para embeber (essencialmente a título experimental) em dispositivos como electrodomésticos, etc.

    E não esqueçamos Andrew S. Tanenbaum, percursor do Linux e admirado autor de livros sobre Sistemas Operativos, que vive e trabalha nos Países Baixos.

    Re:Se não fosse tão frio... (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 16-07-02 14:18 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Não o vi chamar-lhe estúpido. A parte de o chumbar é verdade, e ele disse também que o maior problema do Linux era ser monolítico.


    "To underestimate one's self is as much a departure from truth as to exaggerate one's own powers"
    - Sherlock Holmes
    Re:Se não fosse tão frio... (Pontos:1)
    por joaorf em 16-07-02 22:39 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Percursor no sentido em que foi inspirado no Minix que o Linus começou a desenvolver o Linux. Aliás, o Linus utilizava o Minix como plataforma para desenvolver o Linux. Além disso, o Minix é percursor do Linux também no sentido em que foi o primeiro clone de Unix open-source para processadores Intel.
    Re:Se não fosse tão frio... (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 18-07-02 8:10 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    Não quero ser chato, mas o Minix não era open source, pelo menos não no sentido que damos à expressão hoje em dia.


    "To underestimate one's self is as much a departure from truth as to exaggerate one's own powers"
    - Sherlock Holmes
    Re:Se não fosse tão frio... (Pontos:2)
    por ribeiro em 16-07-02 6:19 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    eh... Não sei que tens contra as suecas gostarem de sexo.
    Abstenho-me de mais comentários... ;->
    --
    Re:Se não fosse tão frio... (Pontos:2)
    por mlopes em 16-07-02 8:53 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Parece que ainda há pessoal que acha que as mulheres estão bem é sexualmente reprimidas!

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:Se não fosse tão frio... (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 16-07-02 10:13 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Exacto. Aliás, o sexo é uma coisa nojenta e imoral, não é...?


    "To underestimate one's self is as much a departure from truth as to exaggerate one's own powers"
    - Sherlock Holmes
    Re:Se não fosse tão frio... (Pontos:2)
    por mlopes em 16-07-02 11:29 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Há quem diga que sim.... eu nunca tinha reparado! Mas vou-me esforçar mais a ver se descubro por quê que alguns dizem que é nojento! Devem andar a fazer alguma coisa que eu nunca descobri!

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:Se não fosse tão frio... (Pontos:2)
    por mlopes em 16-07-02 13:18 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    a tua frase, reflete a tua maneira de pensar, isto é "eu como sou homem sou um granda macho e devo comer o máximo de gajas que puder!" - "As gajas que têm uma atitude igual à minha são todas umas p*tas!"

    Felizmente eu não penso assim(e escusam de vir com o argumento do cresce e logo vais perceber, porque estou a menos de 10 dias de fazer 27 anos, não me parece que a minha mentalidade vá mudar agora!), claro que quando tiver uma filha de 11, 15, 18, ou 30 anos, vou-me esforçar por esclarecê-la e aconselha-la com aquilo que for melhor para ela, porque uma coisa te garanto, não é por tu seres contra que ela vai fazer ou deixar de fazer seja lá o que fôr, assim, quando ela tiver onze anos, concerteza que não a ia aconselhar ou encorajar a, como tu dizes "levar com o chouriço", mas quando não estiver por perto, não sei o que ela andará a fazer! De qualquer maneira, não quero, se um dia tiver uma filha, pressioná-la a ser reprimida sexualmente (muitas vezes mais por preconceitos da própria pessoa do que da própria sociedade, que hoje em dia, especialmente nos grandes centros urbanos já é muito menos repressiva)!

    <sarcasmo> E olha que realmente o exemplo do não vai passar para o sexto ano porque pratica sexo, é um argumento do mais inteligente que tenho visto!</sarcasmo>

    Bom, e fico-me por aqui, que esta conversa já vai "way off-topic"!

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:Se não fosse tão frio... (Pontos:2)
    por ribeiro em 16-07-02 15:00 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    eh. És triste pá. Tenho pena da tua filha.
    --
    Re:Se não fosse tão frio... (Pontos:2)
    por nmarques em 16-07-02 15:05 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://morgul.xpto.org
    Calma la... eu nao disse isso, apenas comentei uma circunstancia engracada e tentei dar um tom mais descontraido... nao quer dizer que aos 11 anos elas andam todas a brincar "ao penetra"... A 2 metros de mim trabalha 1 sueco e mais la para o fundo do escritorio uma sueca (nao trabalho apra a Ericsson :P), e das historias que ja ouvi, os proprios suecos condenam esta situacao que por regra geral aos 16 anos ja nao existe virgindade numa miuda e a expressao e' a mesma que eles utilizam... "Virgem so se for das orelhas"... Nem tao pouco quiz por em causa a emancipacao da mulher sueca!.

    --------------------------------------------
    If there is such a thing as too much power...
    I've not discovered it.../I
    Re:Se não fosse tão frio... (Pontos:2)
    por ribeiro em 17-07-02 5:29 GMT (#25)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    eh, se eles têm problemas com a perca de virgindade antes dos 16, que esperassem *eles* pelos 110.
    Cada qual é livre de fazer o que quer.
    O que interessa é ter uma educação sexual, e tomar as devidas precauções.
    eh, lembro-me de haver uma escandaleira à uns anos no UK, por haver clinicas que andavam a dar preservativos... a putos de 9 anos.

    --
    Re:Se não fosse tão frio... (Pontos:2, Informativo)
    por slug em 18-07-02 14:50 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    carissimos. aprendam a escrever por favor
    não é "mudas-te" , é mudaste
    não é "perdes-te" , é perdeste


     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]