gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Renovar e aprofundar - C++ e Java
Contribuído por BladeRunner em 11-07-02 7:40
do departamento formação
News BlueRibbon escreve "Tal como muitos alunos universitários, tive cadeiras de programação, basicamente de C++ e de Java, mas sinto que ultimamente não tenho feito nada com elas, não tenho utilizado nem aprofundado os conhecimentos que tenho e que certamente irei perder com o tempo. Gostaria assim de saber se já passaram por situações semelhantes e como é as trataram? Estava a pensar em recorrer a uma espécie de projectos, mas não sei onde nem como, mas gostaria de ouvir as vossas sugestões. Obrigado."

CE com pé atrás | knoppix  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Mais acerca News
  • Também por BladeRunner
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Divã (Pontos:3, Engraçado)
    por Gimp em 11-07-02 8:23 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Aconselho vivamente o caro colega a consultar um psicanalista antes de entrar em depressão profunda :-).


    "No comments"

    O que eu acho... (Pontos:2, Interessante)
    por ciupman em 11-07-02 8:27 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    As universidades estão lá para nos dar as bases, e a partir daí podes fazer tudo o que quiseres.. Depende do modo como encaras a programação.

    Por vezes sinto-me como tu, e ultimamente ando a tentar arranjar motivações (e tempo) para desenvolver algo, o que não é facil. Ao tempo que já não programo, vi-me obrigado a rever as bases (o que é um pouco frustrante quando se quer fazer algo maior).

    Como sou um aficcionado por video , compressão de video, etc, começei por tentar entender os vários processos que lhe são inerentes, tipo, algoritmos de compressão, matemáticas, etc. Neste momento estou a tentar implementar o algoritmo de huffman em C, mais tarde o DCT, etc. Faço-o unicamente como hobby ;)

    cumps ;D


    Acho que és maluco! (Pontos:1)
    por jamaica em 12-07-02 22:30 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://ainda.nao.tenho
    LoL ainda ehs mais maluco do que eu pensava!! Ia dando em doido quando comecei a aprender C, tanto que quando ia dormir soh via struct's e pointer's de arrays's.. :)

    Faz como eu e dedica-te mazeh ao UT ;) kidding. O meu proximo projecto eh tentar fazer reverse engineering ao netcode do Unreal :) Good look para o huffman compression code.. yuck!!
    ---------------------
    The worst moment for the atheist is when he is really thankful and has nobody to thank. Dante Rossetti

    Feelings.... (Pontos:1)
    por [C4] em 11-07-02 8:36 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://clix.to/c4
    Eu pessoalmente sinto o mesmo. Aprendi umas quantas linguagens na Universidade e mais outras por conta propria, mas faltam ideias para projectos ou na maioria dos casos alguem que me esclareca pq é que o C ta a dar mais um erro "sem logica aparente". Daqueles que so a experiencia sabe resolver. Boa Sorte!


    "Mata-te a estudar e serás um cadaver culto"
    É altura de retornar algo à Comunidade! (Pontos:4, Interessante)
    por rollerball em 11-07-02 9:08 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Viva!
    Eu tenho uma formação academica de programação e passei os dois primeiros anos de licenciado a programar intensivamente usando principalmente perl e php ( desde do 3.1.12 segundo me parece).
    Hoje em dia, infelizmente, profissionalmente programo muito pouco e tenho que confessar que sempre que tenho que fazer um pequeno scr1pt demoro normalmente mais tempo a adaptar-me à sintaxe da linguagem do que a fazer o prprio scr1pt :o) !
    Recentemente, por hobby e para não perder o habito, comecei a fazer pequenos projectos tais como foruns, leilões entre outros usando linguagens que nunca tenha usado. Neste momento estou a usar C# sobre M$ (Vai ser giro colocar estes programas em C# sobre GPL)!
    Quando era mais novo fazia-me confusão como havia pessoas que tinham tempo/disposição para fazer programas e distribui-los. E digo distribui-los porque há uma grande diferença entre fazer um programa que nos dá jeito e fazer outro que seja utilizavel por muitas pessoas/ em várias linguas/etc. Agora, talvez mais maduro e com a necessidade de continua aprendizagem sou eu que estou a fazer esse tipo de programas.
    Parece-me que chegou a vez da minha geração, que tantos programas desenvolvidos por outros usou, retribuir à Comunidade!

    Rollerball - The world most dangerous game !
    Robocode (Pontos:2, Interessante)
    por flipoide em 11-07-02 9:24 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Podes sempre brincar com o robocode. É baseado em java, é giro e dá para fazer qualquer coisa mesmo não sabendo muito java. Há outros projectos semelhantes mas usando outras linguages. :)

    --
    1000110 1101100 1101001 1110000
    Sucesso dos projectos opensource... (Pontos:1, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 11-07-02 9:32 GMT (#6)

    ...será esta uma das razões para o sucesso dos projectos opensource, que permitem às pessoas fazerem o que lhes apetece?


    eu tinha o mesmo problema... (Pontos:0, Engraçado)
    por Anonimo Cobarde em 11-07-02 9:44 GMT (#7)
    ...por isso concorri a um lugar de programador numa PME. Mal pago.

    Ainda hoje me arrependo da minha estupidez. Só ainda não a deixei porque preciso do dinheiro e ainda não tenho alternativa. Resumindo, sou como uma puta.

    Ainda por cima o momento actual do mercado é mau para arranjar emprego. Mas agora atravesso o inferno pessoal de trabalhar num sítio contraproducente.

    Resumindo ainda mais, cuidado com o que desejam.

    Re:eu tinha o mesmo problema... (Pontos:2)
    por ribeiro em 11-07-02 10:15 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    "...por isso concorri a um lugar de programador numa PME. Mal pago. Ainda hoje me arrependo da minha estupidez. Só ainda não a deixei porque preciso do dinheiro e ainda não tenho alternativa. Resumindo, sou como uma puta." eh, se tivesse pontos fazia-te um mod para cima.
    Se gostas do que fazes, e queres continuar a fazê-lo, já pensas-te em emigrar?
    --
    Re:eu tinha o mesmo problema... (Pontos:1)
    por YuggY em 11-07-02 11:00 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    :-) ois, passo exactamente pelo mesmo prob! o chato é que sou lisboeta de 3ª geração e não conheço ninguém que habite em países civilizados e que possa dar algum insight! Portanto vou estando de certa forma condicionado à estúpida vidinha em portugal!

    Considero-me um investigador, quando furo algo que me interessa não conheço horas, refeições, sono ou fins de semana! mas trabalhar como programador a mudar 'legacy code' (que não foi desenhado inicialmente para fazer o que se pede agora) é, para mim, trabalho pior do que vender o corpo e o espírito!

    Só se vai fazendo porque a vida a isso obriga!

    O pior é que a minha capacidade produtiva vai estando de tal forma atrofiada que já me considero um mau programador, e sinto-me a converter lentamente numa pessoa intelectualmente amorfa!

    A programação feita para empresas que querem tudo para ontem, sem olharem á qualidade, inovação e criação de código versátil é uma subversão ao espírito pioneiro e investigador do programador!

    The worst possible thing to see is wasted talent
    Re:eu tinha o mesmo problema... (Pontos:3, Informativo)
    por leitao em 11-07-02 12:24 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    :-) ois, passo exactamente pelo mesmo prob! o chato é que sou lisboeta de 3ª geração e não conheço ninguém que habite em países civilizados e que possa dar algum insight! Portanto vou estando de certa forma condicionado à estúpida vidinha em portugal!

    Nao julgues que a vida fora de .pt e' assim tao diferente -- se trabalhares para uma empresa comercial tens *exactamente* os mesmos stress's seja em que pais for. Fora de .pt provavelmente ainda tens mais stress [os deadlines tendem a ser cumpridos 'a risca, e quando nao os cumpres "it's your ass" -- em geral nao da' para te esconderes].

    Alem disso, sendo um Portugues que ja' trabalhou em diversos paises e continentes, posso-te dizer que o metodo de trabalho nao e' muito diferente: i.e., tens muitas vezes a mesma desorganizacao, as mesmas guerras tecnologicas e o mesmo numero de "acefalos" com quem por vezes tens que colaborar.

    A maior diferenca esta' na vida fora do trabalho -- que sem duvida (IMHO) e' de facto muito mais variada.

    O que sugiro (assumindo que fazes desenvolvimento de software) e' mudar para uma area onde tenhas mais variedade de problemas para resolver: eu sou um gestor de projecto/integrador de sistemas, o que profissionalmente e' uma carreira muito compensador pois da-te a oportunidade de trabalhares com muitas tecnologias diferentes, e teres uma variedade significativa no trabalho do dia a dia.

    Regards,


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:eu tinha o mesmo problema... (Pontos:2)
    por ribeiro em 12-07-02 6:23 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    "Nao julgues que a vida fora de .pt e' assim tao diferente -- se trabalhares para uma empresa comercial tens *exactamente* os mesmos stress's seja em que pais for."
    "A maior diferenca esta' na vida fora do trabalho -- que sem duvida (IMHO) e' de facto muito mais variada. "
    ahammm, e como consegues tempo para a vida fora do trabalho?
    Não é verdade que o ritmo de trabalho em .pt é estúpido porque as pessoas assim o querem?
    No privado, chega-se quase às 11h, sai-se praticamente às 20h.
    Na função pública, entra-se a horas, fica-se a ler o jornal e em amena cavaqueira, faz-se de conta que se trabalha das 11h ao 12h30m, e sai-se às 17h.
    Quem não trabalhou durante o dia é frequente ficar a fazer horas extraordinárias.
    eh, só por ai já *tem* tudo a ver com o estrangeiro.
    E de resto, em termos de emprego, basta comparar:
    http://http://www.expressoemprego.pt/ --> informática
    http://www.it.jobserve.com/jobserve/homepage.asp
    ehh
    O problema muita vezes é que em .pt as coisas andam ao sabor do vento, e não existe qualquer tipo de estratégia de gestão.
    --
    Re:eu tinha o mesmo problema... (Pontos:2)
    por leitao em 12-07-02 8:57 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    ahammm, e como consegues tempo para a vida fora do trabalho?

    Da mesma forma que tu ou qualquer outra pessoa -- tens que organizar o teu tempo devidamente.

    Na função pública, entra-se a horas, fica-se a ler o jornal e em amena cavaqueira, faz-se de conta que se trabalha das 11h ao 12h30m, e sai-se às 17h.

    Uma generalizacao um bocado grande...

    E de resto, em termos de emprego, basta comparar:

    Claro que o mercado no estrangeiro e' maior -- quanto a isso sem duvida.


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:eu tinha o mesmo problema... (Pontos:2)
    por ribeiro em 12-07-02 13:53 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    Estou no privado, e aqui a maior parte do pessoal só aparece pelas 10h30m. Consigo estar bem 2 horas sozinho antes de aparecer alguém.
    Noutros clientes em lx não é muito diferente.
    O mercado não é só maior, é mais interessante. O tipico daqui é técnico hw, consultor treta, instalação sw/fw, ou manutenção de aplicações do tempo dos afonsinhos.

    --
    Re:eu tinha o mesmo problema... (Pontos:1)
    por ciupman em 11-07-02 10:36 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Desculpa lá .. mas acho que as "putas" devem receber melhor.. ;) O mercado anda mal .. esperemos por melhores dias.
    Acorda (Pontos:2)
    por Gimp em 11-07-02 10:45 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Em relação ao despropositado nem comento além destas linhas. Seguinte.

    Tal como muitos alunos universitários, tive cadeiras de programação, basicamente de C++ e de Java, mas sinto que ultimamente não tenho feito nada com elas, não tenho utilizado nem aprofundado os conhecimentos que tenho e que certamente irei perder com o tempo.

    Porque aprendeste linguagem X ou Y tens de forçosamente de utilizá-las??? Meu amigo, é como andar de bicicleta, un gajo fica enferrujado mas não perde o que aprendeu. No meu caso tenho umas certas ideias guardadas no baú para utlização de Prolog em software agents mas não fico a "chorar" porque ainda não pude testar a coisa.

    Estava a pensar em recorrer a uma espécie de projectos, mas não sei onde nem como, mas gostaria de ouvir as vossas sugestões.

    Pá, há uma míriade de projectos "out there". Escolhe um que te agrade. Java? Olha vai aqui http://jakarta.apache.org/ e diverte-te


    "No comments"

    Re:Acorda (Pontos:2)
    por Gimp em 11-07-02 10:54 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Correcção: onde se lê "...tens de forçosamente de..." ler "...forçosamente de...". O verdadeiro dialecto tripeiro ehehehe.


    "No comments"

    Re:Acorda (Pontos:1)
    por ciupman em 11-07-02 11:02 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    Em relação ao despropositado nem comento além destas linhas
    Já te meta-moderaram pá ! ;D Eu sei que foi uma piada, mas quando ele pediu sugestões, não estava a pensar em recomendações para ir ao psiquiatra... Não melindremos as pessoas ... ;D
    KDE (Pontos:0, Informativo)
    por Anonimo Cobarde em 11-07-02 10:55 GMT (#12)
    Segundo vários comentários no dot.kde.org, o KDE e o KOffice estão com falta de programadores.

    As bibliotecas KDE/Qt são muito faceis de utilizar e existe muita info sobre elas em:
    http://kde.org/kde-books.html
    Atenção q alguns destes livros são sobre como utilizar o KDE e não como desenvolver sob as bibiliotecas do KDE.

    Existem bindings para outras linguagens, para quem não gostar de C++.
    Sair da rotina... (Pontos:3, Informativo)
    por mvalente em 11-07-02 11:02 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Duas tácticas para sair da rotina da linguagem de programção X:
    • Programar um jogo em X. Pode ser o Jogo do Galo, depois o Breakout e depois o PacMan. Garantido que põe em causa tudo o q um gajo aprendeu (ou não :-)
    • Mudar de linguagem. Aprender Python, ou Tcl, ou Assembler, whatever. Os conhecimentos de X passam a ser vistos sob uma nova luz (as vantagens e as desvantagens)
    Cumprimentos

    Mario Valente

    motivacao? (Pontos:2)
    por racme em 11-07-02 19:06 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    olha vai é aqui e decerto q arranjaras alguma motivacao :)

    jordan.openprojects.net, port 6667


    .:What Are you doing Arthas?!
    .:Im succeeding you, my FAtherrr!!!!
    entra na maratona.... (Pontos:4, Informativo)
    por blind em 12-07-02 0:16 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Recentemente recebi um email de um docente da U. da Madeira sobre a 2a. MARATONA INTER-UNIVERSITÁRIA DE PROGRAMAÇÃO que se realiza a 12 Outubro 2002 em Lisboa.
    http://miup2002.fc.ul.pt/
    Esta maratona é organizada pelo Departamento de Informática, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.
    Ja podes começar a treinar ;)

    blind@wood.island
    "Nos últimos anos gastou-se muito mais em implantes de seios,implantes de pénis e no Viagra do que na doença de Alzheimer. Dentro em pouco haverá por aí muita gente dotada com grandes seios ou pénis compridos sem se lembrarem para que é servem..."

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]