gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Vamos começar a mudar o dominio Media Player mas..
Contribuído por scorpio em 06-07-02 22:04
do departamento streaming
News Cláudio Franco escreve "Aproveitando a maré do artigo que, estando muito bem, demonstrou o domínio quase "ilegal" da MS sobre o software de Browsing, Clientes de e-mail, e Streaming, venho apoiar também essa lógica, mas na prática.
Tenho como projecto algo como a cotonete.iol.pt, sei que é legal fazer streaming pois não consta em distribuir música, mas apenas ouvir, (claro k dá para aldrabar mas...), se eu utilizasse o Windows Media era muito fácil, com o próprio WMP ou mesmo o Music Match converto facilmente para .wma e toca a fazer upload. Um "object" embutido no html e está um player feito, não tenho nada a perder visto que a larga maioria usa IE. Mas, disposto a mudar, peço soluções que deem para fazer o mesmo em Linux e Win sem ser preciso grandes instalações por parte do cliente. Lembrem-se, convinha poder ser like applet... embutido no html.
Obrigado."

DNS - Que escolher e porquê | US$ 200,000 pelo Linux na X-Box  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Cláudio Franco
  • cotonete.iol.pt
  • Mais acerca News
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Alternativas ao Windows Media Player (Pontos:1)
    por henrique em 06-07-02 23:36 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Vais desculpar-me, mas não compreendi bem o que pretendes. Queres proporcionar aos visitantes do Cotonete.iol.pt um streaming alternativo e queres que o player esteja embebido no HTML?

    Se é isso que pretendes, então tens duas formas de o fazer:

    • Colocas dois pequenos ícones junto ao conteúdo sonoro (tal como aqui), um ícone é um link apontando para um stream Real Audio e outro aponta, por exemplo, para um stream Windows Media. Quando o utilizador clica num deles, o player respectivo abre. Funciona bem tanto em Linux, como em Windows.
    • Outra forma é haver somente um ícone que, quando clicado, abre uma pop-up window. Aqui dás a escolher ao utilizador qual player quer utilizar (como acontece aqui). Depois dele escolher, podes optar por um de dois métodos:
      1. Invocas o player (chamando o URL do stream) e guardas a escolha do utilizador numa variável de sessão. Assim, da próxima vez (na mesma sessão) que ele clicar num link, já não aparecerá a janela a perguntar que player quer. O site memorizou a escolha dele na variável de sessão e envia-lhe logo o URL do stream adequado ao player da preferência dele.
      2. Alternativamente, abres o stream numa área da pop-up window, embebido no HTML. Aqui também podes guardar a escolha numa variável de sessão.

    A tua pergunta não abordava a questão da criação do ficheiro de streaming, assim como do servidor de streaming. Isto também tem que se lhe diga. Mas antes que descreva como isto se faz, convinha que te explicasses melhor.

    Re:Alternativas ao Windows Media Player (Pontos:3, Informativo)
    por henrique em 07-07-02 17:24 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    O que tu fizeste só funciona no Internet Explorer, é importante que se diga...

    Para fazeres o mesmo, mas multi-plataforma, e sem teres que instalar um servidor de streaming, podes utilizar Real Media, em vez de Windows Media. Envolve o seguinte:

    1. Para criação de ficheiros Real Media (.rm) em Windows podes importar o RealOne gratuito. O RealOne permite ripar CDs directamente para formato RealAudio 8 with ATRAC3. É de notar que este formato consegue a mesma qualidade do MP3 com cerca de metade da bit rate. Alternativamente, para criares ficheiros .rm podes usar o RealSystem Producer Basic que é gratuito e tem, também, uma versão para Linux. Depois é só fazeres upload dos ficheiros .rm para o servidor tal como actualmente fazes com os .wma. (dica: os nomes das músicas não devem ter espaços)
    2. Precisas de fazer uma alteração à forma como embebes o player no teu "barra.php". Isto pode ser feito com a tag <EMBED> ou com a tag <OBJECT>. Encontrarás uma explicação exaustiva no Production Guide. Também podes dar uma espreitadela ao código fonte desta interessante página da BBC Radio.

    E pronto! Como vês, não é difícil implementar soluções Microsoft-free. Convém é que testes depois para ver se funciona em diferentes browsers: o IE e o Netscape têm formas diferentes de incluir plugins; vê o código fonte de outros sites para ver como funciona, ou então lê a documentação da Real.

    não sei se é isto mas dá uma olhada - xiph (Pontos:4, Informativo)
    por quantic_oscillation em 07-07-02 17:14 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://homepage.oninet.pt/095mad/opensourceforever.html
    The Xiph.org Foundation agreed with On2 Technologies Inc. to provide a free open-source multimedia package that includes a Server, a Player and a Personal Video Recorder to the desktop users.

    The Xiph.org Foundation has recently provided us with Ogg Vorbis, one of the leading patent-free audio compression schemes. While still in development, Ogg Vorbis is used widely by end-users for their multimedia needs. Many talk of Vorbis as the rival of MP3, the latter being highly established over the Internet, mainly for music distribution. Vorbis is totally free and the licence that comes with its source allows companies to integrate it into their applications without any cost at all.

    o artigo completo
    As vantagens de usar um servidor de streaming (Pontos:1)
    por humpback em 08-07-02 12:20 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Qualidade Qualidade Qualidade.

    Usar http para fazer streaming de audio e/ou video e uma grande parvoice. Consegues muito melhor qualidade usando uma das disponiveis tecnologias de streaming Windows Media Server (acho que e assim que se chama), Real Server. A vantagem do Real Server e existirem players para Linux em x86.

    Nao uses o shoutcast pois basicamente aquilo e um servidor de http.

    Gustavo Felisberto
    72ef1d7183eb2ea89420b94c0cf3e1f1
    apt-get install anarchism

    Icecast (Pontos:2)
    por bgravato em 09-07-02 3:58 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Há uns tempos andei a brincar com o "Icecast" (agora não tenho aqui nenhum link, mas não deve ser difícil lá chegar com uma pesquisa no google, por exemplo).

    O Icecast é um servidor que faz broadcast de audio, tanto em mp3, como em ogg vorbis.

    Para fazer o streaming usei o liveice (que existe(ia) em versão "standalone" ou como um plugin para o xmms), mas penso que existem outros (acho que o próprio icecast já tem um cliente para isso).

    Para ouvir... funciona tanto no xmms como no winamp (fazer Ctrl-L e inserir URL, ou então talvez seja também possível invocar o programa directamente a partir de um link html, mas eu dessas coisas todas "automáticas" percebo pouco)
    Acho que com o RealPlayer também funciona, e provavelmente também com o Windows Media Player.

    O icecast é semelhante ao shoutcast. Na altura experimentei os dois, só para comparar, e devo dizer que o shoutcast era um bocado mau, especialmente a nível de estabilidade, e tinha menos opções que o icecast (e demorei mais tempo para conseguir pôr o shoutcast a funcionar do que o icecast).

    O server do icecast penso que existe tanto em versão para linux como para windows.

    Cumprimentos,
    Bruno Gravato.


    Streaming em linux (Pontos:1)
    por pferreira em 09-07-02 11:04 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://gape.ist.utl.pt/~paulo
    Encontrei agora isto no freshmeat. Talvez te interesse. http://freshmeat.net/projects/senator/?topic_id=12

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]