gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Telemóveis prejudiciais à saúde?
Contribuído por BladeRunner em 21-06-02 8:40
do departamento sitting-preety-radio-waves
News Anonimo Cobarde escreve "Como podem ler neste artigo da Health - Reuters, um estudo feito por cientistas na Finlandia alerta que as radições emitidas pelos telemóveis podem causar alterações ou danos nas células cerebrais e nao só!
É certo que este não é o primeiro artigo a por em causa o risco dos telemóveis para a saúde do Homem, mas quando é que será que as pessoas darão alguma importância a estes estudos? Ou será que já dão?
No caso de portugal, em que a taxa de pessoas com telemóvel é assustadora, será que as pessoas se importam realmente, com os malefícios provocados ou não pelos telemoveis, ou acham que é um bem demasiado valioso para prescindir?
E quanto ao futuro? Será que vamos encontrar uma batalha entre os cientistas contra as empresas de telecomunicações?
Qual e a vossa opinião?"

United Linux na SIConline | O Governo Francês acolhe Mandrake Linux  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • artigo
  • Mais acerca News
  • Também por BladeRunner
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    A minha opinião (Pontos:3, Interessante)
    por Gamito em 21-06-02 8:59 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.gamito.org/
    A minha opinião é que só daqui a uns quantos bons anos quando for possível efectuarem-se estudos estatísticos sobre pessoas com cancro no cérebro que usam telemóveis contra outras que não usam é que se pode começar a ter alguma luz sobre o assunto.

    Não creio à priori que seja uma coisa fácil de provar que os telemóveis fazem ou não mal ao cérebro.

    Claro que se podem meter umas células in vitro e submetê-las a radições electromagnéticas e ver os resultados, mas isso é difícil de extrapolar para um organismo vivo.
    Além do mais, as células do cérebro são completamente diferentes das outras. Por exemplo são as únicas que não têm capacidade de produzir glucose, pelo que esta tem que lhe chegar via circulação sanguínea. Daí o coma nos diabéticos se se descuidam com a insulina.

    Adiante que isto era só para dar um exemplo de como as células do cérebro ainda por cima são um caso à parte...
    Por um lado, não me parece que as frequências utilizadas pelos telemóveis sejam suficientemente energéticas para provocar danos, mas por outro às vezes nestes casos a potência é mais importante do que a frequência e o DNA é especialmente susceptível a este factor. Se bem me lembro, que já fiz a cadeira de Ondas há muito tempo, esta é inversamente proporcianal ao cubo da distância. Ora tendo o telemóvel mesmo encostado à cabeça, o decaimento energético com a distância é desprezível, embora não saiba por exemplo qual é a capacidade que o osso craniano tem de absorver radiações nestas frequências (o decaimento energético é exponencial e depende do material).

    Enfim, pelo sim pelo não mais valem cautelas e caldos de galinha que nunca fizeram mal a ninguém.

    Se não, daqui a uns anos quando tivermos todos cancerosos do cérebro processamos os fabricantes de telemoveis como se faz às tabaqueiras e morremos todos ricos.

    Eu acho reamente que só mesmo estudos estatístico-epidemológicos é que lançarão alguma luz sobre o assunto. Mas vamos ter que esperar uns anos.
    Entretanto hão-de surgir milhentos estudos de laboratório num ou noutro sentido.


    Mário Gamito
    Re:A minha opinião (Pontos:2)
    por zaroastra em 21-06-02 14:01 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Por um lado, não me parece que as frequências utilizadas pelos telemóveis sejam suficientemente energéticas para provocar danos

    Como explicas então as broncas q tem acontecido em españa, onde só numa escola (que por acaso era rodeada por 4 big antenas de telemoveis) aparecessem N casos de leucemia e etc?

    Ha relativamente pouco tempo apareceu um artigo aqui no giltod acerca disto, onde pus la uns posts que não me apetece repetir (alarmes e alarmismos era o titulo), mas agora não encontro o link.

    Re:A minha opinião (Pontos:2)
    por Gamito em 21-06-02 14:14 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://www.gamito.org/
    Estás a confundir as coisas. Os responsáveis por essas barracas são campos electromagnéticos de forte intensidade que já de há muito tempo se sabe que produzem leucemia nas crianças. Isto porque já de há muito que existem centrais eléctricas ou cabos de alta tensão próximas de habitações e é já muito conhecido que causam a dita doença.

    Mário Gamito
    Re:A minha opinião (Pontos:2)
    por zaroastra em 21-06-02 17:18 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    mas no caso especifico nao sao nem cabos de alta tensao nem centrais electricas.
    sao antenas de telemoveis mesmo.

    Alarmismo! (Pontos:1)
    por mad em 21-06-02 9:43 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Penso que tem muita razão de ser, este comentário alarmista. Isto está a fugir para uma situação incontrolável. Digo porque não imagino que daqui a uns anos, onde o mercado de telefones movéis e afins estará mais integrado e será impensável simplesmente dizer às empresas para deixar de fabricar telefones movéis diferentes.
    O mesmo se assemelha aos veiculos hoje em dia, o automóvel hoje passa tão despercebido como uma árvore num jardim. Sabemos que esta treta da poluição está a crescer cada vez mais, e que fazemos para isso, implementámos regras que as empresas tem que seguir como taxas mínimas de poluição,mas isso é o minimo que eles pode fazer, mas não é o suficiente! Sabemos que os veiculos têm que ser repensados, por este motivo e porque o combustivel que se utiliza hoje, não dura para sempre.
    É impossivel dizer às dezenas de empresas que fabricam carros, digamos assim, para modificar o método de fabrico, é impossivel! Após tantos anos de aperceiçoamento e investimento as empresas, o negócio, o capitalismo não deixa, é irreversível!
    Re:Alarmismo! (Pontos:2)
    por Cyclops em 21-06-02 9:55 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    Nao foram nem uma nem duas as empresas que foram a falencia porque as pessoas deixaram de usar os seus productos. Se surgir um susto... estou mesmo a ver as empresas de telemoveis a estar a rasca para manter as suas margens de lucro.
    Re:Alarmismo! (Pontos:1)
    por Mulder3 em 21-06-02 13:27 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Não tou a ver grandes empresas como a nokia ou a motorola irem á falencia, muitas das empresas que fabricam telemoveis frabicam atmbém outras coisas, por exemplo a nokia fabrica equipamentos de networking entre outras coisas, agora pensa em outra coisa o que acontecia á economia da Finlandia ou Suecia se a Nokia ou Ericsson fali-se?
    telemoveis e tabaco (Pontos:1)
    por Sodki em 21-06-02 10:23 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://www.rnl.ist.utl.pt/~hmtr/shining_kingdom
    tambem toda a gente sabe o mal que o tabaco faz a saude e nao e por causa disso que as pessoas deixam de fumar. com os telemoveis passa-se a mesma coisa.
    Tantas dizem que daqui a pouco ninguém acredita (Pontos:2)
    por mazevedo em 21-06-02 11:26 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://mazevedo.welcome.to
    Esta história toda faz-me lembrar a história do Pedro e o Lobo. Tal como o Gamito referiu, ainda não há de facto estudos estatísticos conclusivos, pelo que a opinião pública tende a afastar-se de pensar nisso e os fabricantes a manterem-se na mesma.

    Um dia se efectivamente se provar que provoca cancro, quanto crédito é que se dará? Quem acreditará à primeira: "Então das últimas vezes não provaram nada, agora é que é? Tretas..."
    ----
    //\anuel /|zevedo

    Re:Tantas dizem que daqui a pouco ninguém acredita (Pontos:2)
    por Gamito em 21-06-02 12:20 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.gamito.org/
    ""Então das últimas vezes não provaram nada, agora é que é? Tretas..."

    Pois, isto é como a história das vacas loucas.
    Em vários anos: primeiro não era transmissível ao homem. Passados uns tempos lá se lembraram que pelo sim pelo não era melhor não comer mioleira. Depois veio o intestino e o estômago. A seguir o fígado e as cartilagens ósseas. Para terminar estamos no nervo do músculo, salvo erro.

    Vamos a ver se não chega o dia em que se descobre que afinal se transmite pelo leite.

    Mas em relação aos telemóveis o que acho mais piada é aquela das capas protectoras :-)

    Mário Gamito
    Re:Tantas dizem que daqui a pouco ninguém acredita (Pontos:1)
    por Vitor Domingues em 21-06-02 16:42 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Também acho piada que aja tantos telemóveis num pais aonde se paga tão caro pelo seu uso e aonde muita gente não compra um computador para os filhos porque são muito caros e depois andam a comprar telemóveis quase anualmente porque os putos ou os perdem, estragam ou são robados conhecendo eu miudos que já vão no 3º,4º e 5º telemoveis em muito pouco tempo, isto a uma média acima dos 150€
    Faltou referir que... (Pontos:1)
    por ssn em 24-06-02 13:44 GMT (#16)
    (Utilizador Info)

    ... o próprio investigador disse que nem ele, nem a família (mulher e filhos) iriam deixar de usar telemóveis. :-)


     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]