gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Quero o meu milhão de dólares
Contribuído por scorpio em 14-06-02 9:38
do departamento moh brain
Rapidinhas raxx7 escreve "Encontrei esta preciosidade no NewsForge. Um pouco de humor acerca do interminável tema da pirataria e das perdas que as empresas reclamam. E algumas verdades também...
"

Maratona Inter-Universitária de Programação 2002 | Paradigmas de programação  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • raxx7
  • preciosidade
  • NewsForge
  • Mais acerca Rapidinhas
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Idiotice. (Pontos:2)
    por leitao em 14-06-02 10:00 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    So' um idiota e' que leva este exemplo como conclusivo.

    Se eu tiver uma copia do Photoshop ou outro software qualquer e a usar sem pagar a licenca, estou a ter um beneficio de graca. Seguir um link que diz "take more money than you spend" nao estou a ter um beneficio visivel (alem de me dizerem algo obvio). i.e., neste caso a "propriedade intelectual" do Rob nao tem valor.

    Logo, a comparacao e' no minimo idiota.

    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc
    Re:Idiotice. (Pontos:2)
    por Cyclops em 14-06-02 10:38 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    Idiotice porque?

    Com o photoshop obtiveste uma copia de um programa que custa um certo preco.

    Seguindo aquele link obtiveste uma copia de um documento que custa um certo preco.

    Nao vejo diferenca significativa.

    Estou a ver que es mas e' um grande criminoso 'a procura de motivos para nao pagar! ;)
    Re:Idiotice. (Pontos:2)
    por leitao em 14-06-02 11:04 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Se quiseres ler o que te tenho a dizer tens que me pagar $1,000,000.

    Acho que nao estas a distinguir os conceito economicos do "valor" e "beneficio".

    Eu posso achar que o que acabo de escrever vale $1,000,000 -- mas ate' tu (o mercado) achar que esta informacao te traz um beneficio quantificavel o que escrevi nao vale um chavo.

    O Photoshop traz um beneficio (poderes tratar imagens digitais), o que o Rob escreveu nao traz beneficio nenhum -- logo o valor e' 0. Got it ?

    Ja' para nao dizer que ele nao fez nada com o objectivo de tornar a informacao segura. Ou seja, qualquer um podia a obter, sem saber que tem um preco.


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc
    Re:Idiotice. (Pontos:1, Redundante)
    por Dehumanizer em 14-06-02 14:38 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    Desculpa, mas o "valor" (seja ele absoluto ou relativo) não me parece que entre na questão.

    Se eu puxar mp3s da Britney (livra...) e for apanhado, posso dizer ao juiz que não fiz nada de mal, porque a música é uma m****, e não tem qualquer valor?


    "We have no choice! Our Communist overlords will slay us if we fail in our mission!"
    - A chinese military officer, "Tales of Suspense" #50, 1964
    Re:Idiotice. (Pontos:2)
    por Maeglin em 14-06-02 15:06 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    Podes , mas devias ir preso na mesma... :-)
    "As opiniões têm um inimigo mortal:os factos que , tarde ou cedo , se hão-de impor"
    Re:Idiotice. (Pontos:1, Despropositado)
    por Dehumanizer em 14-06-02 16:01 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    My point exactly. :)


    "We have no choice! Our Communist overlords will slay us if we fail in our mission!"
    - A chinese military officer, "Tales of Suspense" #50, 1964
    Re:Idiotice. (Pontos:2)
    por Maeglin em 14-06-02 20:04 GMT (#34)
    (Utilizador Info)
    Estava a referir-me ao facto de ser downloads da Britney. Se o Juiz fosse serio prendia-te por mau gosto. :-))

       
    "As opiniões têm um inimigo mortal:os factos que , tarde ou cedo , se hão-de impor"
    Re:Idiotice. (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 14-06-02 23:54 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    Ah, ok. E concordo contigo, é claro. :)


    "We have no choice! Our Communist overlords will slay us if we fail in our mission!"
    - A chinese military officer, "Tales of Suspense" #50, 1964
    Re:Idiotice. (Pontos:1, Gozão)
    por Dehumanizer em 17-06-02 19:57 GMT (#44)
    (Utilizador Info)
    Quem é que se anda a divertir com a moderação? Buckley?


    "We have no choice! Our Communist overlords will slay us if we fail in our mission!"
    - A chinese military officer, "Tales of Suspense" #50, 1964
    Re:Idiotice. (Pontos:2)
    por mlopes em 14-06-02 11:12 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Eu comprei o mandrake, e todo o software que lá tenho , ou é o que vinha no CD ou é GPL!

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:Idiotice. (Pontos:2)
    por mlopes em 14-06-02 11:12 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Nos CD's aliás, são 7!

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:Idiotice. (Pontos:0, Informativo)
    por Anonimo Cobarde em 14-06-02 17:03 GMT (#30)
    eu tb pertenço! tens alguma coisa contra? e olha que tenho gravador de cdr para os meus dados!
    Re:Idiotice. (Pontos:2)
    por Lowgitek em 14-06-02 18:58 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    E tu os outros tantos que ficam contentes por cometerem algo que é ilegal. Ou escrito noutras palavras um winuser que pensa qe toda gente é obrigada a usar cópias ilegais simplesmente porque la em casa é lei não ter leis...

    Elton Machado (e sim sou daqueles que não preciso estar anonimo para poder dar a minha opniao sem receios pois tal como milhares de outros utilizadores fizeram questão por pagar para poder usar o que tem legalmente, es as vezes nem sequer isso bastando para isso ser suficientemente esperto em utilizar produtos que valem todo o preço pedido e que a maioria das vezes são oferecidos sem contra medidas)
    Re:Idiotice. (Pontos:3, Esclarecedor)
    por vfp em 14-06-02 11:10 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    So' um idiota e' que leva este exemplo como conclusivo.
    Sim, é apenas um exemplo e como exemplo que é, não é de esperar que a analogia seja perfeita. No entanto, na minha opinião, não é totalmente descabido.

    Pela tua ordem de ideias, só devo pagar pelo software/propriedade intelectual/whatever se tiver benefício visível. Agora, *imagina* que eu compro 10 licensas do Windows (só imaginando mesmo ;) ), instalo e chego à conclusão (obvia!) que aquilo não funciona como prometido e que afinal não cumpre aquilo que eu estava à espera que fizesse. Achas que a Microsoft me devolvia o dinheiro?

    Agora ou exemplo: esta manhã, tirei o Best Of do António Variações das news. Tirei apenas porque o António Variações é um dos "icones" dos anos 80 em Portugal e apesar de não gostar muito, conhecer o seu trabalho é conhecer mais um pouco da cultura do nosso país. Nestes casos é comum as editoras dizerem que já "lhes roubei" cerca de 15€. Acontece que este é um genero de CD que eu dificilmente compraria. Como é que a editora pode dizer que perdeu dinheiro que nunca ganhou nem ganharia sequer? Ou melhor imagina, que tal como acontece muitas vezes, tirava da net, ouvia, gostava tanto que ia comprar o CD à loja. Vês as editoras a reclamar neste caso?

    A tua lógica de só pagar se tiver beneficio acaba por ser ela própria uma justificação da pirataria: porquê que alguém há-de pagar preços elevados se o benefício tirado é pouco ou nenhum? Que raios pagam as pessoas as fabricantes, se os fabricantes não dão garantias, não prestam apoio, nem prestam qualquer tipo de serviço adicional que justifique o preço?

    Eu também não gosto de pirataria. Por isso prefiro usar sempre que posso Software Livre. Mas apesar de não dar 100% de razão aos piratas, também não dou 100% de razão aos "pirateados" e este é que é o centro do artigo! O artigo é bem explicito quando inclusivé reconhece que o exemplo dado, do "One Million Bucks", é obiviamente exagerado. Mas o exemplo é como uma figura de estilo, uma hiperbóle.

    O teu comentário passa totalmente ao lado do verdadeiro significado do artigo e é o teu comentário que, IMHO, me parece um pouco ilógico.

    Re:Idiotice. (Pontos:2)
    por leitao em 14-06-02 12:57 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Pela tua ordem de ideias, só devo pagar pelo software/propriedade intelectual/whatever se tiver benefício visível. Agora, *imagina* que eu compro 10 licensas do Windows (só imaginando mesmo ;) ), instalo e chego à conclusão (obvia!) que aquilo não funciona como prometido e que afinal não cumpre aquilo que eu estava à espera que fizesse. Achas que a Microsoft me devolvia o dinheiro?

    Estas muito confuso... so' um idiota e' que iria comprar um documento que diz ser a solucao que tornaria todos os e-businesses lucrativos. Se algum nabo acreditar, ainda esta' protegido por lei por forma a receber o dinheiro de volta -- chama-se "fraude" e "publicidade enganosa".

    Por muito que nao gostes dos produtos da Microsoft, estes fazem o que dizem [melhor ou pior], logo -- nao podes simplesmente dizer que queres o dinheiro de volta porque "nao gostas". E' o mesmo que comprares um carro -- se fores fazer um test-drive de um Audi TT, e chegares 'a conclusao que "nao gostas" porque o radio tem um butao de on/off plastico evidentemente ninguem te vai dar o dinheiro de volta. Mas se tiveres um problema serio (o carro tem tendencia a capotar nas curvas), entao estas protegido por lei e podes reclamar.

    A tua lógica de só pagar se tiver beneficio acaba por ser ela própria uma justificação da pirataria: porquê que alguém há-de pagar preços elevados se o benefício tirado é pouco ou nenhum?

    Deves estar a brincar -- se comprares um automovel, e concluires que tiras pouco beneficio deste (porque trabalhas a 100 metros de casa, e a tua familia vive toda a 500 metros de distancia) achas honestamente que isso e' responsabilidade de quem vendeu, ou tua ? So' porque *tu* nao tiras beneficio de algo, nao quer dizer que outros nao tirem.

    O teu comentário passa totalmente ao lado do verdadeiro significado do artigo e é o teu comentário que, IMHO, me parece um pouco ilógico.

    Vais longe vais...


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:Idiotice. (Pontos:2)
    por Gimp em 14-06-02 14:36 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Por muito que nao gostes dos produtos da Microsoft, estes fazem o que dizem [melhor ou pior], logo -- nao podes simplesmente dizer que queres o dinheiro de volta porque "nao gostas". E' o mesmo que comprares um carro -- se fores fazer um test-drive de um Audi TT, e chegares 'a conclusao que "nao gostas" porque o radio tem um butao de on/off plastico evidentemente ninguem te vai dar o dinheiro de volta. Mas se tiveres um problema serio (o carro tem tendencia a capotar nas curvas), entao estas protegido por lei e podes reclamar.

    A Microsoft ou qualquer outra empresa de software não me indemniza no caso de perda de informação provocado por problemas do software. Os pseudos sistemas operativos da Microsoft, os programas de outras empresas, como gerem tão mal a memória e os programas são afectados, não me garatem nenhum direito. Se compro um carro, tenho uma garantia, no software olham para as nuvens e assobiam. Apesar de haver leis estas não me ajudam e muito menos obrigam os productores de software a fornecer uma garantia. O artigo anda à volta da prepotência das tais associações, que vêm um pirata em cada esquina. Recuso-me a ser acusado de criminoso pelo simples facto de alguém o ser.


    "No comments"

    Re:Idiotice. (Pontos:2)
    por leitao em 14-06-02 14:53 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Microsoft ou qualquer outra empresa de software não me indemniza no caso de perda de informação provocado por problemas do software.

    Exacto -- nem a Microsoft, nem os responsaveis por projectos open-source. Logo, isso nao e' uma questao do software proprietario, mas sim da industria em si.

    Como tal -- o exemplo do Rob ainda se torna mais disconexo com a realidade.


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:Idiotice. (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 14-06-02 16:03 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    O exemplo do Rob é a gozar com os argumentos de "perdemos milhões de dólares! prendam esses piratas!" da RIAA, MPAA, Microsoft e cia., que são tão ridículos como os dele.

    Penso que é com esse "tão ridículos" que tu não concordas...


    "We have no choice! Our Communist overlords will slay us if we fail in our mission!"
    - A chinese military officer, "Tales of Suspense" #50, 1964
    Antes idiotice assim que sucedâneos de jornalismo (Pontos:5, Interessante)
    por jmce em 14-06-02 15:09 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://jmce.artenumerica.org/

    Cuidado para a idiotice não contaminar as refutações. É claro que o exemplo é intencionalmente simplista. Mas ainda assim parece-me excelente para sublinhar o ridículo dos montantes alegados como "perdas" pela BSA, RIAA, ASSOFT e amigos. Alguns idiotas (infelizmente, alguns com bastante poder) que acreditam nos números deles precisam que lhes expliquem as coisas com parábolas e exemplos simplezinhos.

    Idiotas somos todos, e muito mais, por nos deixarmos tratar como criminosos a priori. Alguém da "indústria" declara que cada um de nós rouba X em software, Y em música e Z em vídeo e somos forçado a pagar "taxas compensatórias" por isso, com o Estado a fornecer a guarda pretoriana e a "protecção paga" para apoiar a chantagem pré-busca como nos raids queridos ao Manuel Cerqueira da ASSOFT (seria interessante saber que fracção de recursos da PJ acabam ao serviço de tão nobre e nacional-urgente causa).

    Se os alegados jornalistas que publicam alegado jornalismo como este se dessem ao trabalho de investigar (por exemplo, apresentar também o valor das tais "compensações") antes de papaguear press releases, talvez houvesse menos necessidade de artigos "idiotas" a explicar a situação.

    E aqui pelo menos ainda há suporte para um coro a gritar "idiota". Sítios "jornalisticamente" refinados como o Público incluem links para comentários mas depois poupam-se a publicá-los... como aconteceu com a nota que há dias lhes enviei actualizando a informação sobre a descoberta da password da base de dados de uma colecção de livros norueguesa.

    Re:Antes idiotice assim que sucedâneos de jornalis (Pontos:2)
    por leitao em 14-06-02 15:24 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Cuidado para a idiotice não contaminar as refutações. É claro que o exemplo é intencionalmente simplista. Mas ainda assim parece-me excelente para sublinhar o ridículo dos montantes alegados como "perdas" pela BSA, RIAA, ASSOFT e amigos.

    Diz-me -- em que te baseias para refutar os numeros ? Como sabes se estes sao validos ou nao ?

    Idiotas somos todos, e muito mais, por nos deixarmos tratar como criminosos a priori. Alguém da "indústria" declara que cada um de nós rouba X em software, Y em música e Z em vídeo e somos forçado a pagar "taxas compensatórias"

    Quais taxas ? Se nao gostas do preco de um determinado produto, nao compras! E' assim que o mercado funciona. Alguem da BSA ja' te foi bater 'a porta a pedir a tua parte ?

    "taxas compensatórias" por isso, com o Estado a fornecer a guarda pretoriana e a "protecção paga" para apoiar a chantagem pré-busca como nos raids queridos ao Manuel Cerqueira da ASSOFT

    Sim, sim... .pt ate' e' um paraiso do software legal.

    Se os alegados jornalistas que publicam alegado jornalismo como este se dessem ao trabalho de investigar (por exemplo, apresentar também o valor das tais "compensações") antes de papaguear press releases, talvez houvesse menos necessidade de artigos "idiotas" a explicar a situação.

    Existem dois tipos de jornalismo, o que referes e' jornalismo investigativo -- neste caso o artigo referiu os factos como foram apresentados -- os jornalistas nao teem todos que ir verificar os factos. Se o banco de portugal publicar que a inflacao em 2001 foi de 2.8% esperas que um jornalista va' verificar isto ?

    como aconteceu com a nota que há dias lhes enviei actualizando a informação sobre a descoberta da password da base de dados de uma colecção de livros norueguesa.

    Tambem ja' tive comentarios que foram recusados na BBC, Expresso e outros -- o que nao quer dizer que estes nao sejam serios e tentem representar as opinioes de forma justa.


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:Antes idiotice assim que sucedâneos de jornalis (Pontos:2)
    por Gimp em 14-06-02 15:37 GMT (#21)
    (Utilizador Info)
    Quais taxas ? Se nao gostas do preco de um determinado produto, nao compras! E' assim que o mercado funciona. Alguem da BSA ja' te foi bater 'a porta a pedir a tua parte ?

    Ummm...os fabricantes de CDR, K7(de todo o tipo), tudo o que seja suporte para cópia, não pagam um valor à cabeça por cada unidade? E esse valor é taxado ao consumidor.


    "No comments"

    Re:Antes idiotice assim que sucedâneos de jornalis (Pontos:2)
    por leitao em 14-06-02 15:50 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Ummm...os fabricantes de CDR, K7(de todo o tipo), tudo o que seja suporte para cópia, não pagam um valor à cabeça por cada unidade? E esse valor é taxado ao consumidor.

    E ? Cada vez que compras um pacote de leite pagas uma royalty 'a TetraPak que tambem e' imputado ao consumidor.


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:Antes idiotice assim que sucedâneos de jornalis (Pontos:2)
    por Gimp em 14-06-02 16:14 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    Bem, por aqui tentar comprar embalagens de leite que não sejam TetraPak é complicado, vou deixar de comprar leite? Até posso, já que onde moro perto tem uma vacaria eheheheh. O caro Leitão às vezes quer tanto argumentar que perde o tino :-). Homen, se não compro um cdr, como raio é que vou gravar o RedHat sempre que sai uma nova versão? Em placas de cera? Não critiquei a sua argumentação, simplesmente essas taxas existem nesta indústria e nós pagámo-las, porque os productores disseram que em cada um de nós vive um perna-de-pau.


    "No comments"

    ...E que diz o artigo de novo? (Pontos:2)
    por ribeiro em 14-06-02 10:56 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    Pois, é como o assunto diz, o senhor que escreveu isto deve ser um supra-sumo para descobrir algo que nós não sabiamos...
    Convenhamos que a moda hoje em dia é escrever artigos, mesmo que seja apenas pelo exercicio de escrever. Nem que se digam as maiores asneiras. É ver artigos na linuxtoday, nos jornais, ... os professores a disparatar nas universidades, os jornalistas na televisão... etc.
    Proponho é que sejamos um bocado mais selectivos, e não tragamos os disparates para aqui.
    Abraços,
    Rui
    --
    Re:...E que diz o artigo de novo? (Pontos:2, Interessante)
    por vfp em 14-06-02 11:20 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    O que o artigo traz de novo? Olha o mesmo que todos os artigos vindos a público sobre as perdas das editoras ou industria de software... Se não te queixas destes últimos, porque te queixas do primeiro?

    Realmente hoje em dia cada um pode escrever os disparates que quizer sem consequencias desde que não prejudique as liberdades dos outros. Acho que é uma "moda nova" chamada "Liberdade de Expressão" ou coisa assim...

    Claro que temos de ser critícos com o que lemos: não podemos acreditar em tudo o que ouvimos ( muito menos se vem da net... :) Mas não me parece no caso deste artigo que seja um disparate, nem à pessoa que o submeteu, nem ao editor que o aprovou...

    E o que diz o comentário de novo? (Pontos:2)
    por jmce em 14-06-02 14:35 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://jmce.artenumerica.org/
    1. O que é que "sabiamos"? E o que é que sabem os políticos que lêem as lamúrias da ASSOFT e da BSA e da RIAA? Consideras-te omnisciente ou consideras já que toda a humanidade é omnisciente?
    2. O que consideras, neste caso, "disparate"?
    3. E se já sabiamos tudo daquilo, será que o teu comentário não é redundante também? Ou é a materialização do suposto enfado colectivo? Hmmm, afinal ainda há necessidade de escrever coisas que "todos sabíamos", será isso?

    Re:E o que diz o comentário de novo? (Pontos:2)
    por leitao em 14-06-02 14:55 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    O que consideras, neste caso, "disparate"?

    O exemplo que o artigo da'. Podes honestamente comparar o exemplo dele com a industria do software ?


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:E o que diz o comentário de novo? (Pontos:2)
    por Gimp em 14-06-02 15:56 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    Um pouco simples mas às vezes a simplicidade é sinónimo de eficácia. IMHO o artigo ilustra e bem que para certas pessoas os seus semelhantes são criminosos em potêncial. Tipo; fulano X ouve música, então deve ter música piratada em casa. O caso do artigo é similar, alguém carregou no link e não pagou, então 99% dos que visitam a página também carregam no link. Não se está a falar se alguém ao fazer uma cópia está a tirar um proveito disso, mas sim que se alguém copiou, então o fulano ao meu lado também o fez, sem se ter a mínima prova para corroborar a acusação. E daí andar-se com brigadas anti-pirata e chantagear/intimidar é um passo natural, embora condenável.


    "No comments"

    Re:E o que diz o comentário de novo? (Pontos:2)
    por leitao em 14-06-02 15:58 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    IMHO o artigo ilustra e bem que para certas pessoas os seus semelhantes são criminosos em potêncial. Tipo; fulano X ouve música, então deve ter música piratada em casa. O caso do artigo é similar, alguém carregou no link e não pagou, então 99% dos que visitam a página também carregam no link. Não se está a falar se alguém ao fazer uma cópia está a tirar um proveito disso, mas sim que se alguém copiou, então o fulano ao meu lado também o fez, sem se ter a mínima prova para corroborar a acusação. E daí andar-se com brigadas anti-pirata e chantagear/intimidar é um passo natural, embora condenável.

    Hammm?!?

    Chantagear ? Intimidar ? Quem ? Aonde ? Quando ? Nao conheco nenhuma empresa que tenha sido "chantageada" ou "intimidade"... podes dar exemplos ?


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:E o que diz o comentário de novo? (Pontos:2)
    por Gimp em 14-06-02 16:25 GMT (#28)
    (Utilizador Info)
    Assoft e campanhas de moralização promovidas por esta :-). As grandes empresas muitas vezes não são mencionadas (vergonhoso não era?), mas de vez em quando são indicadas instituições bancárias por exemplo(e ligadas ao estado), não me perguntes nomes que não me lembro, mas é do conhecimento público. Depois, foi o que se passou há uns tempos atrás e que teve direito a tempo de antena e reportagens no local do crime :-).


    "No comments"

    Re:E o que diz o comentário de novo? (Pontos:2)
    por leitao em 14-06-02 19:22 GMT (#33)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Ha! Ja' percebi -- e' daquelas coisas que e' do "conhecimento publico" -- como o "eles" nas teorias de conspiracao.

    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc
    Re:E o que diz o comentário de novo? (Pontos:2)
    por ribeiro em 17-06-02 6:06 GMT (#41)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    Nope... um dos casos mais mediáticos há uns anos, se a memória não me falha, foi a SONAE ou a Salvador Caetano (se calhar até foram as duas).
    Em linha de contas, quem usa Windows merece tudo que lhe cair em cima. *grin*

    --
    Re:E o que diz o comentário de novo? (Pontos:2)
    por Cyclops em 15-06-02 10:03 GMT (#40)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    Como eu demonstrei acima, a menos de uma troca da sujeitos sim.

    O valor que o autor (ou editor) da a um producto nao e' necessariamente o valor que tu lhe das.

    No entanto, legalmente o valor e' o que ele escolheu. Tough.
    Re:E o que diz o comentário de novo? (Pontos:2)
    por ribeiro em 17-06-02 6:08 GMT (#42)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    Isso tem, ou no minimo terá que ter limites.
    Vou escrever um "Hello Word" e dizer que vale 1.000.000.00 Euros...
    --
    Re:E o que diz o comentário de novo? (Pontos:1)
    por HiTek DeVil em 15-06-02 3:33 GMT (#39)
    (Utilizador Info)
    Eu cá não acho que as empresas ligadas as ditas associações, tenham prejuizos.... é possivel sim terem menos lucros, mas prejuizos, seria já como a ministra Ferreira Leite disse há uns tempos sobre a reforma fiscal, como é que uma empresa com prejuizos, sobrevive durante mais de um ano sem fechar as portas?

    Verdade seja dita, pirateia-se software porque ele é caro, e aumentam-se (inflacionam-se) os preços porque o software deles é pirateado.... (digo software, mas pode ser qualquer outro producto).....

    Conclusão? Quem acha que o preço é justo, que pague, quem não acha, que continue a fazer o que faz, se não tiver medo do que poderá um dia acontecer....


    HiTek DeVil
    Pirataria... (Pontos:2, Engraçado)
    por blacksheep em 14-06-02 11:34 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Em Portugal, não há fiscalização quanto à pirataria.
    Numa loja do Centro Comercial de Cedofeita, no Porto, até os polícias, da esquadra q é mesmo ao lado, vão lá comprar jogos (obviamente sabendo q são piratiados :-)
    500$/CD e, se quisermos um jogo para a PS/PS2, por mais 200$, ele dá-nos num CD como os da PS (pretos).
    Re:Pirataria... (Pontos:3, Esclarecedor)
    por bgravato em 14-06-02 17:18 GMT (#31)
    (Utilizador Info)
    Não havia necessidade...

    Agora os gajos da assoft que estão a ler isto já lá vão bater à porta desses mocinhos, e os polícias já não podem oferecer os jogos mais baratos aos filhos... que não tendo jogos vão chatear os pais, que acabam por se divorciar, e os polícias ficam irritados, cumprem menos bem o seu dever e a criminalidade aumenta...

    Às vezes mais vale estar calado!! :-P

    Cumprimentos,
    Bruno Gravato.


    Re:Pirataria... (Pontos:1)
    por Mulder3 em 14-06-02 22:58 GMT (#35)
    (Utilizador Info)
    Gostei dessa
    Re:Pirataria... (Pontos:1)
    por blacksheep em 17-06-02 15:11 GMT (#43)
    (Utilizador Info)
    A atenção ñ é denunciá-los, mas sim ajudá-los a piratiar mais produtos Micro$oft. ;-)
    E este exemplo? (Pontos:5, Esclarecedor)
    por mazevedo em 15-06-02 0:34 GMT (#37)
    (Utilizador Info) http://mazevedo.welcome.to
    Vejamos um caso prático:

    Um joalheiro tem uma joalharia, mas o negócio tá mal e não dá para pagar a renda... O senhorio despede-o e o desgraçado do homem fica com umas 15 caixas de jóias e está sentado na rua, quando passa um polícia:

    "Ouça lá, você tem aí uma grande quantidade de joias... Vai andar pela rua a vende-las?"

    Ao que o homem responde: "Tenho um novo modelo de negócio. Eu deixo as joias na rua, com um papel a dizer "Esta joia vale € 5000, se a quiser levar, por favor pague-me no café da esquina. Sou o Sr de bigode que está a ler a bola...""

    Ao que o polícia responde: "Vai deixar as suas coisas na rua, não esteja à espera que o vá defender caso as roubem, pois não tenho meios, nem tempo para uma coisa que deveria ser você a disponibilizar: segurança para as suas coisas".

    E notem que o Sr tinha 15 caixas de joias, portanto não tinha assim tão poucas joias.

    Acontece que o Sr foi roubado (e de que maneira..., só uma senhora de idade é que tinha gostado muito de uns brincos e resolveu ir pagar, até porque o preço estava mal marcado e eram realmente uma pechincha)

    Além da conclusão de que este senhor não entende nada de negócios vem,

    A questão: Colocas o tal link numa página pública e esperas não ser roubado, não é igual ao caso deste Sr? Que tribunal é que te dava razão? Provavelmente nenhum, pois tu não tomaste qualquer medida para proteger a tua propriedade.

    A questão é que a cópia de software ilegal à partida já está a violar os direitos de autor, direitos esses que não andavam aos pontapés para quem quisesse e pagasse depois, mas estavam de certa forma seguros (em caixas numa loja, no site do fabricante protegidos de alguma forma). Em suma, tinhas de pagar para ver essa "segurança" removida, ou por outras palavras, para ter acesso a algo que não tens direito se não pagares.

    Agora, se clicares para um link que vá dar acesso a um conteúdo pago (e que está protegido) o mais provável é estares de facto a fazer pirataria... De outra forma poderia até ser, mas diz-me: comprarias uma joia ao senhor?
    ----
    //\anuel /|zevedo

    Para descontrarir... :) (Pontos:2)
    por vfp em 17-06-02 21:52 GMT (#45)
    (Utilizador Info)
    Boas!

    Não sabes em que linguagem programar? Qual o melhor paradigma? Este artigo é a solução para o teu problema!

    Certamente já te disseram que se usares a linguagem errada para um dado problema, podes dar um tiro no pé! Agora já podes saber como na tua linguagem preferida! :-D

    Re:Para descontrarir... :) (Pontos:2)
    por vfp em 17-06-02 22:02 GMT (#46)
    (Utilizador Info)
    Como os mais atentos já devem ter reparado, este post veio parar à discussão errada. Desde já peço imensa desculpa pois não era minha intenção fazer um post offtopic. Seja como for, já coloquei o post no sitio correcto.

    Obrigado.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]