gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Chip7 exclui outros OS's além dos da M$.
Contribuído por scorpio em 06-06-02 9:37
do departamento WTF?
Microsoft celiorod escreve "Exclusões à garantia: A garantia cessa nas seguintes situações: .... 4. Se tiver sido instalado outro sistema operativo diferente do WINDOWS 9x, Me ou 2000 da Microsoft. .... Texto completo aqui: página "

Mozilla 1.0 está aí | kartoo arranca graças à gildot  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • celiorod
  • página
  • Mais acerca Microsoft
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Por acaso nunca lá gastei dinheiro..... (Pontos:2)
    por mlopes em 06-06-02 9:45 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    .... nem estava a pensar faze-lo, mas se surgisse oportunidade eu até compraria lá qq coisa, agora assim garanto que não vêem um tostão meu!

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Ilegal (Pontos:3, Informativo)
    por Shadlan em 06-06-02 9:49 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://alunos.uportu.pt/~al18420/
    Temos que ter em conta que pela lei portuguesa, são obrigados a dar 1 ano de garantia sobre o equipamento, independentemente do sistema operativo que o utilizador lá coloca, por isso acho que não há nada que preocupar. Todos nós sabemos que instalar Linux numa máquina não é um dano mas sim um melhoramento dos bons, portanto eles bem podem ir pastar com essa clausula.
    Re:Ilegal (Pontos:3, Esclarecedor)
    por jazzy em 06-06-02 10:24 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Esta exclusão aplica-se apenas à garantia vitalícia que eles oferecem. De qq forma, são muitos pontos para baixo na minha cotação.
    Re:Ilegal (Pontos:2)
    por Lowgitek em 06-06-02 20:17 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    Só o uso do termo vitalicia deveria ser tido como proibido.... Já viram os termos do "vitalicipo", compara aquilo com propaganda enganosa.

    Cheers.
    Ummm (Pontos:2)
    por Gimp em 06-06-02 10:23 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Posso tar enganado mas isto da Chip7 já foi referenciado aqui no Gildot. E a opinião geral foi isso mesmo, náo podem impôr uma condição dessas.


    "No comments"

    mais um para cortar da lista (Pontos:1)
    por mpcosta em 06-06-02 10:24 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    pois e... por acaso ate estava a considerar encomendar la quase duas dezenas de postos de trabalho... mas , de repente, perdi a vontade... Ha mais quem queira fazer negocio... E tao "fixe" ter o poder de decisao nas maos eheheheh
    Eu já exclui a chip7 há muito tempo.... (Pontos:2, Informativo)
    por ciup-man em 06-06-02 10:28 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Eu já la fazia compras em 94, quando aquilo ainda era uma pequena loja no centro comercial STOP no Porto.. e desde aí os tipos eram intrujões.. Têm um mau atendimento ao cliente (pelo menos da ultima vez que lá fui)... já me venderam um modem usado como novo.. (o engraçado é que para além de ver que o modem já tinha sido usado, a caixa ainda continha a factura do cliente anterior .. do ano anterior ..) é certo que mo trocaram e me pedira desculpa.. (caso eu nao tivesse a factura, não sei se isso se passaria assim), mas para além disso mais coisas do genero se passaram ..
    Re:Eu já exclui a chip7 há muito tempo.... (Pontos:2)
    por ribeiro em 06-06-02 10:49 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    Chamo a atenção para quem moderou o comentário do ciup-man para baixo, que ele tem...razão. Abraços, Rui
    --
    Re:Eu já exclui a chip7 há muito tempo.... (Pontos:2)
    por mlopes em 06-06-02 10:53 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Não te preocupes, estes gajos perdem tempo a fazer moderação para tentar estragar o forum, mas a meta-moderação resolve isso!

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:Eu já exclui a chip7 há muito tempo.... (Pontos:1)
    por Myke em 06-06-02 11:16 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Devias ter visto o problema que tive com um cd-rw que comprei lá, começou a dar problemas de gravação duas semanas depois e demorei quase 4 meses até conseguir que me trocassem.
    A primeira vez que lá levei o cd-rw, estiveram quase um mês a analisar o que se passava com o aparelho, com testes intensivos como definiram e sempre com atrasos (tinham me dito que em 4 dias estaria pronto). Para quando o fui levantar afinal terem apenas montado o gravador e feito duas cópias que funcionaram (o problema do cd-rw era quando sobre carga, ou seja ao fim de uma série de gravações, uma duzia delas, deixava de funcionar, como lhes tinha dito) e, demoraram quase um mês para isto.
    Após muita insistência e muitas idas lá, sugeriram-me que me davam em troca do aparelho menos de metade do preço que paguei pois era o seu valor comercial se eu comprasse lá outro. Por fim, acabei por conseguir falar com o técnico directamente e dar-lhe instruções de como devia fazer os testes, só então consegui que detectassem o erro e me trocassem o aparelho por outro.
    De salientar a supresa deles quando viram que foi necessário fazerem uma série de cópias consecutivas para perceber o erro que acontecia quando... se fazia uma série de cópias consecutivas.
    Re:Eu já exclui a chip7 há muito tempo.... (Pontos:1, Lança-chamas)
    por Astrónomo em 06-06-02 11:20 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Realmente é incrível como é que alguém não compreende que o post do ciup-man é despropositado.
    Estamos a falar de políticas de garantia, e vêm gajos a falar na compra de um modem usado por novo...
    Re:Eu já exclui a chip7 há muito tempo.... (Pontos:1)
    por ciup-man em 06-06-02 17:20 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Não concordo que seja despropositado, dado que este caso está directamente relacionado com o mau atendimento, que por si só também engloba más politicas de garantia. Também posso dizer que já que se abordou o termo da CHIP7, aproveitei para "desabafar" a(s) minha(s) má experiência(s) O exemplo do modem (existem mais), foi o escolhido porque chega a ser caricato e engraçado, se pensarmos na factura do antigo proprietario ainda dentro da caixa... (terá sido uma troca dentro da garantia????) cumps a todos ;)
    são todos uma cambada (Pontos:2)
    por BlueNote em 06-06-02 17:43 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    Da minha experiência com os vendedores de material informático "marca branca" cá do burgo são todos parecidos.
    Uma vez tive um problema num PC comprado à Suprides. No arranque, em cada 3 vezes, em 2 a bios dava erro e obrigava-me a configurar os settings dela outra vez. Levei lá o PC e uns dias depois telefonaram a dizer que estava pronto. Fui lá, voltei para casa, ligo o PC... e a bios dá erro e obriga-me a configurá-la!!

    Volto lá, digo que está na mesma, pedem desculpa. Mais dois dias, telefonam, está pronto.

    Chego lá, asseguram que testaram tudo muito bem. Peço para experimentar. Desembalo o PC, ligo-o e... a bios dá erro, etc! Passo-me da cabeça, eles pedem muita desculpa... No dia seguinte está pronto, trocaram-me a motherboard.

    Porreiro, não?


    Não é bem assim (Pontos:3, Informativo)
    por thx1011 em 06-06-02 10:31 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Pessoal essa cláusula é só se quiserem adquirir a garantia vitalícia para o equipamento. As garantias normais estão em vigor nomeadamente um ano para o equipamento e um/três anos para os monitores. Eu também lá adquiri, e não comprei a garantia devido a isso mesmo... Não entendo o que o SO tem a ver com a garantia. De qualquer forma a garantia só cobre certas partes do computador, como fonte de alimentação, CPU e ventoinhas entre outras (poucas) coisas mas só sobre as peças originais. Para quem anda sempre a fazer upgrades não vale a pena. Por isso, volto a repetir é a limitação é só para a garantia vitalícia e é só para quem quer. De resto é igual às outras lojas. Thx1011
    não se entende (Pontos:2)
    por joao em 06-06-02 10:53 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Há coisas que não se entendem sobre estas lojas de vender computadores.

    À primeira vista, eles têm vantagens em encher os computadores que vendem de software livre. É livre de riscos, porque não é pirataria. Valoriza os computadores, porque as pessoas estão mais interessadas no software do que na performance da máquina.

    Agora, porque é que eles não enchem os computadores de Openoffices e dual boots? O que me ocorre é que eles não querem ter trabalho com instalações. Mas será assim tão dificil automatizar a instalação?

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura

    Re:não se entende (Pontos:1)
    por Mulder3 em 06-06-02 17:08 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    na minha opinião isso não faz sentido, achas mesmo que um average user ou um gamer que fosse comprar um PC novo e lhe vendessem um com o Linux instalado o que achas que ele dizia? mandava vir com o loja a dizer que não cria aquilo e que lhe estala a ocupar espaço em disco que ele podia por logos, provavelmente essa loja perdia um cliente, claro que essa clausula da Chip7 é completamente absurda, mas daí até as lojas venderem PCs com dual boot Windows/Linux, sem ser a pedido do cliente, vai um grande passo... temos que também ser realistas.
    Re:não se entende (Pontos:2)
    por Lowgitek em 06-06-02 20:22 GMT (#31)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    Tas a ver mau a questao se o cliente nao quiser o linux é simples basta tira-lo e se quiser pode pagar as licensas da microsoft ou ainda se preferir nao pagar nada e viver na ilegalidade, o que falta a muitas "lojas de vender computadores" é tomates no sitio e uma mudança de atitude.

    O processo de instalação hj em dia do linux é muito mais rapido num ambiente de serie do que maquinas com windows.
    Re:não se entende (Pontos:1)
    por Mulder3 em 07-06-02 13:32 GMT (#43)
    (Utilizador Info)
    Não concordo, existe muito boa gente que quer um computador mas não lhe interessa nem quer saber sobre instalar/desintalar SOs, a loja que fizesse isso acabava por perder clientes por não trazer o windows, tu estás a a partir do princípio que quem compra o PC sabe remover sistemas operativos, mas não podes partir desse princípio, a maioria não sabe sequer o que é o Linux, quando mais tira-lo.
    Re:não se entende (Pontos:2)
    por Lowgitek em 08-06-02 14:38 GMT (#57)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    Tenho que te pedir desculpa mas quem ta a tirar pressupostos errados es tu, primeiro é defender que os compudares possam vir com o linux outra é defender que os computadores devam vir com softwar elivre é acho que é nesse ponto que deve insistir.

    A juntar a isso e pelo facto de a maioria dos clientes nem sequer saber o que um sistema operativo é, e que grande parte das avarias se devem a errors de má utilizaçao do software incluido, ou seja, a minha teoria seria que se o software seja esse o linux ou outro qualquer, devido a sua propria estrutura e forma de como esta feito evitaria boa parte desses problemas.

    Como é óbvio nao sou daqueles extremistas que dizem que nao poderá haver software OEM em lado nenhum, o que digo é que haja mas que haja tb a possibilidade de escolha e não uma tendÊncia a levar a que todos os clientes acabem por pagar aquilo que pensariam que poderiam ter mas se fossem cumprir o que esta escritonas licensas então não teriam. O que digo é que se usem software livre de maneira legal e consciente na medida da necessidade de cada um sem precisar de ser forçado a entrar na ilegalidade. E quando falo isso falo principalmente para as empresas visto ser ai a maior preucupaçao das autoridades em ver o que esta legal ou o que não esta mas como é claro é sempre extensível ao utilizador doméstico.
    Re:não se entende (Pontos:2)
    por zaroastra em 06-06-02 17:25 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    À primeira vista, eles têm vantagens em encher os computadores que vendem de software livre.

    Estas enganado... eles tem vantagens em vender software M$.
    Ganham uma pequena % do software OEM, o utilizador nao aparece de 2 em 2 dias com duvidas, e se der bronca, tem pessoal q consegue resolver o problema (pelo aqui apresentado, duvido q consigam resolver problemas linux).

    Mais uma vez saliento q a transição para software livre não dispensa uma reformulação do sistema, nomeadamente formação de tecnicos e utilizadores.

    Quanto ao factor economico, enfim, podiam sempre ganhar dinheiro SO com o hardware, mas os lucros de software nao dao trabalho nenhum.

    Z

    Re:não se entende (Pontos:2)
    por Lowgitek em 06-06-02 20:26 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    Com todo respeito acho quem quem esta enganado es tu, tendo em conta que a percentagem de lucro com software livre é de quase 100%, e mesmo tendo em conta que a maioria de utilizadores podereiam a vir a ter problemas no linux que nao teriam no windows (tenho algumas duvidas em relação a isso) esqueces-te e que poderia essa mesma oportunidade para abrir portas a outro nincho de mercado que é a formação em ambientes não windows, pouco popularizada ca entre nós.

    Em relação ao utilizador que aparece de 2 em 2 dias, se não estivermos a falar do windows xp, que suporta um bocadinho melhor os utilizadores estupidos entao qualquer nabo que queira ser nabo seja em que ambiente for vai fazer asneira.
    Re:não se entende (Pontos:1)
    por zaroastra em 06-06-02 22:59 GMT (#33)
    (Utilizador Info)
    nao concordo... 100% de 0$ = 0 (ou o software livre agora ja se paga e nao sabia?) A unica coisa que poderiam levar dinheiro era pela copia, mas isso hoje em dia, a cada pontape numa pedra aparece um gravador de cd's, logo pelas leis do mercado tambem nao seria muito caro.


    wrong, wrong, wrong... (Pontos:2)
    por [WaR] em 07-06-02 1:42 GMT (#37)
    (Utilizador Info) http://war.genhex.org/
    > nao concordo... 100% de 0$ = 0 (ou o software livre agora ja se paga e nao sabia?)

    Acho que precisas de ler isto

    O Software Livre não é "livre" no preço, é "livre" na sua utilização. "Free as in Speech, not as in Beer". O RedHat 7.3 Professional custa US$200. Não é à borla. E isso não é só pela cópia, obviamente.

    -- [WaR]
    "If you can't hack it, hit it with a hammer"
    Re:wrong, wrong, wrong... (Pontos:2)
    por zaroastra em 07-06-02 3:35 GMT (#38)
    (Utilizador Info)
    Li o mesmo que tu e ve só:
    The freedom to redistribute copies so you can help your neighbor (freedom 2).
    Pagas o preço de distribuição se quiseres o pacote com os manuais e etc.
    Se quiseres uma cópia, ela será gratis.
    Ora, para o utilizador comum, não existe necessidade nenhuma de ter o pacote completo (a não ser que queira especificamente ter) Numa empresa também não(1).
    Logo, a não ser que o vendedor impinja um pacote a cada cliente (algo muito incorrecto) vão acabar por vender MUITO poucas cópias de free software.
    Porra! Queres melhor argumento de que eles ganham mais dinheiro e menos dores de cabeca com software OEM, do que continuarem a vende-lo?
    Obviamente que a questão de fundo aqui é a formação, e uma mudança de paradigma, onde as empresas deixam de lucrar com o software e passam a ganha-lo com a assistencia.
    Mas isso não é trivial, e exige algum investimento em formação, etc. Para alêm do facto tão nosso conhecido que o M$ software esta tão implantado que é difícil fugir-lhe e que detêm a quase exclusividade do mercado dos home-pc's (games) e bussines-pc's (offices).
    Mudança de mentalidade precissa-se, não só para o software, para muitas outras coisas como p.e. a ecologia, cidadania, etc, mas enquanto ela não acontecer, as lojas vão continuar a vender OEM porque é o mais simples e mais lucrativo.
    (E noutros casos não existe pura e simplesmente alternativa. Quantos softwares pralem dos jogos queres que te apresente que não tem equivalente F.S. ?)

    Z

    (1) mas sugiro a todas as pessoas em posição de fazer isso que paguem pelo menos um "pacote" de cada distribuição que usarem. Estarão a fomentar o desenvolvimento de algo que utilizam, e sem o seu dinheiro empresas que fazem um bem a todos nos podem ir a falência num ápice.

    Re:wrong, wrong, wrong again... (Pontos:2)
    por mlopes em 07-06-02 10:02 GMT (#41)
    (Utilizador Info)

    The freedom to redistribute copies so you can help your neighbor (freedom 2). Pagas o preço de distribuição se quiseres o pacote com os manuais e etc. Se quiseres uma cópia, ela será gratis.

    Wrong again!!! O que isto quer dizer é que podes fazer cópias e distribuir, se quiseres podes cobrar por elas, nada te impede de o fazer! Quanto ao lucro a vender software oem, desde quando o facto de o software ser comercial impediu o vizinho de fazer uma cópia para o vizinho do lado? A unica diferênça neste caso é que quando o vizinho faz a cópia, não está a cometer um crime!


    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:wrong, wrong, wrong again... (Pontos:2)
    por zaroastra em 07-06-02 14:54 GMT (#45)
    (Utilizador Info)
    Voces so estao a desconversar.
    So estao a pegar em picuinhices para meter uns posts, sentem-se felizes?

    Quanto ao lucro a vender software oem, desde quando o facto de o software ser comercial impediu o vizinho de fazer uma cópia para o vizinho do lado?
    Gracas a deus nunca (e dai, se calhar gracas ao diabo. Se pagassem o software que usam, muita gente seria forcada a utilizar free software)

    Mas nao te esquecas que as copias OEM muitas vezes sao impingidas com os computadores, sendo o caso mais crasso os portateis. Mas tambem estao todas as promocoes das cadeias de hipermercados/office centers/etc, nos quais ou pagas o OEM e usas, ou pagas o OEM e deixas a ganhar po para um canto. Nao tens mais hipoteses.

    Quem rebate:

    1)eles tem vantagens em vender software M$.
    2)e se der bronca, tem pessoal q consegue resolver o problema (pelo aqui apresentado, duvido q consigam resolver problemas linux).
    3)podiam sempre ganhar dinheiro SO com o hardware, mas os lucros de software nao dao trabalho nenhum.
    4)Queres melhor argumento de que eles ganham mais dinheiro e menos dores de cabeca com software OEM, do que continuarem a vende-lo?
    5)Para alêm do facto tão nosso conhecido que o M$ software esta tão implantado que é difícil fugir-lhe e que detêm a quase exclusividade do mercado dos home-pc's (games) e bussines-pc's (offices).
    6)mas enquanto ela não acontecer, as lojas vão continuar a vender OEM porque é o mais simples e mais lucrativo.
    7)E noutros casos não existe pura e simplesmente alternativa.


    E ja agora, quem justifica:
    1)tendo em conta que a percentagem de lucro com software livre é de quase 100%
    2) 100% de que?


    Va la! Sempre quero ver alguem a justificar q um revendedor de hardware ganha mais dinheiro (a curto prazo, 'e o que esta em causa aqui), a vender software livre do que OEM.

    Se alguem conseguir, parabens, acaba de provar que todos os revendedores deste pais sao todos burros.

    Montem uma empresa de hardware, pode ser q tenham sorte...

    Z
    Re:wrong, wrong, wrong again... (Pontos:2)
    por mlopes em 07-06-02 15:25 GMT (#46)
    (Utilizador Info)

    Quanto ao lucro a vender software oem, desde quando o facto de o software ser comercial impediu o vizinho de fazer uma cópia para o vizinho do lado?

    Desculpa se não fui explicito, com isto queria dizer que a tua justificação de que o software livre não é lucrativo porque podes pedir uma cópia ao vizinho do lado, não serve de argumento, porque podes (e há muitos que o fazem) fazer o mesmo com o software comercial!

    Mas nao te esquecas que as copias OEM muitas vezes sao impingidas com os computadores(...)

    É exactamente isso que está aqui em discussão, e a eventual possibilidade de se fazer o mesmo com software livre!

    1)eles tem vantagens em vender software M$.

    Porquê? Áparte do facto de terem técnicos que só sabem mexer em windows, comercialmente não vejo vantagens a não ser a comodidade de se manter naquilo que já se conhece!

    E ja agora, quem justifica: 1)tendo em conta que a percentagem de lucro com software livre é de quase 100% 2) 100% de que?

    O lucro ser de 100% significa que tudo o que te pagam é para ti e não para pagar as despesas e compra do produto, como o software livre, está acessivél a todos os que saibam como o arranjar de um modo geral a preços simbólicos, quase todo o lucro vai para quem o vende, logo tens um lucro de quase 100%

    Com excepção do teu ponto 2 e ponto 5 onde tens toda a razão, os restantes pontos continuam a ser verdadeiras e a fazer sentido se substituires a palavra OEM/software proprietário por software livre!

    E já agora, não vejo porque não fazer pré-instalações de Windows com software livre incluido(tipo OpenOffice.org, etc...) como mais valia, e vantagem competitiva em relação a quem não o faz!(Tipo: Os nossos computadores já vão com processador de texto, folha de calculo, etc...)


    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:wrong, wrong, wrong again... (Pontos:2)
    por [WaR] em 07-06-02 16:01 GMT (#49)
    (Utilizador Info) http://war.genhex.org/
    > 1)eles tem vantagens em vender software M$.

    Que vantagens ?

    > 2)e se der bronca, tem pessoal q consegue resolver o problema (pelo aqui apresentado, duvido q consigam resolver problemas linux).

    Concordo.

    > 3)podiam sempre ganhar dinheiro SO com o hardware, mas os lucros de software nao dao trabalho nenhum.

    Concordo. Quer seja software comercial ou livre. A vantagem do livre é o lucro (ver abaixo).

    > 4)Queres melhor argumento de que eles ganham mais dinheiro e menos dores de cabeca com software OEM, do que continuarem a vende-lo?

    nao percebi questao.

    > 5)Para alêm do facto tão nosso conhecido que o M$ software esta tão implantado que é difícil fugir-lhe e que detêm a quase exclusividade do mercado dos home-pc's (games) e bussines-pc's (offices).

    E se eles vendessem os computadores com o OpenOffice instalado em cima de software M$ ? Não era uma mais valia ? Não ganhavam mais do que se vendessem com MS-Office (quem é que ia pagar mais 50 ou 100 cts por causa do office!?)?

    > 1)tendo em conta que a percentagem de lucro com software livre é de quase 100%
    > 2) 100% de que?

    pode ser de 1000%. Se eles sacarem o OpenOffice da net e instalarem nos PCs, e venderem por mais €7.5 esses PCs, ganharam a diferença do que gastaram no download. Ora, se venderem nem que sejam 100 PCs com essa opção, e lhes custar €5 fazer o download, têm de lucro €7495.

    Software livre não é só linux...

    -- [WaR]


    "If you can't hack it, hit it with a hammer"
    Correcção: Re:wrong, wrong, wrong again... (Pontos:2)
    por [WaR] em 07-06-02 16:04 GMT (#50)
    (Utilizador Info) http://war.genhex.org/
    > e venderem por mais €7.5

    Queria dizer €75. :)

    -- [WaR]
    "If you can't hack it, hit it with a hammer"
    Re:wrong, wrong, wrong again... (Pontos:2)
    por Lowgitek em 08-06-02 14:26 GMT (#56)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    Isso dos portateis já não é bem como era algumas marcas ja poem como opção a compra do portátil sem sistema operativo.

    So voltando a pegar no que disseste no outro post, a venda de software livre pode ser tao lucrativa ou mais vantajosas que o dito software OEM (estou a falar claro de OEM não open source ou ainda de software livre) , visto que as mas valias são muito maiores a longo prazo, digo por exemplo a fidelidade do cliente e a satisfação do mesmo. Traz ainda vantagens no que diz respeito ao facto de por haver ainda pouca concorrencia no mercado, um nicho bastante atractivo sem dúvida nenhuma.

    Se o maior argumento de quem vende software não livre é o que o OEM da mais lucro por dar mais chatisses então ai acabas por dar o maior argumento ao "SF" porque tinhas menos "chatisses" e o lucro era só teu :) get it?
    Re:wrong, wrong, wrong again... (Pontos:1)
    por fmimoso em 08-06-02 18:48 GMT (#58)
    (Utilizador Info) http://www.mobi.com.pt
    Isso dos portateis já não é bem como era algumas marcas ja poem como opção a compra do portátil sem sistema operativo.

    Este é um caso prático: a Inforlandia vende e faz distribuição de portáteis sob a marca InSystems. Todos os equipamentos são vendidos sem sistema operativo. O sistema operativo Windows é vendido à parte, mas a instalação de um sistema operativo Linux (distribuição Mandrake) é gratuita.

    mobi - computadores portáteis, de bolso, PDAs e acessórios (entre outros)
    Re:não se entende (Pontos:2)
    por zaroastra em 07-06-02 1:32 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    concordo contigo, eu tb sou a favor de software livre, e acerrimamente quero um mundo livre de M$.
    apenas retorqui porque disseram q as empresas (revendedores de hardware) ganhavam mais com software livre.
    E isso não 'e (directamente) verdade, pois como disse, eles ganham a % software OEM, e nao iam ganhar nada com S.L.
    Z
    Re:não se entende (Pontos:2)
    por mlopes em 07-06-02 9:56 GMT (#40)
    (Utilizador Info)
    Não existe nada que impeça uma empresa de cobrar pela instalação de software livre numa, máquina, portanto os lucros seriam os que a empresa quisesse ter e o cliente achasse razoável!

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:não se entende (Pontos:2)
    por zaroastra em 07-06-02 14:46 GMT (#44)
    (Utilizador Info)
    Ganhem juizo.
    Re:não se entende (Pontos:2)
    por mlopes em 07-06-02 15:28 GMT (#47)
    (Utilizador Info)
    É só isso que tens a dizer? se fores aqui vais ver que há empresas que tem sucesso a vender software livre!

    Outra coisa que não falta por ai, são sites a vender CDR's com distribuições gravadas, não existe impeditivo legal nenhum de o fazer, dai(entre outros motivos) ser chamado software livre!

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:não se entende (Pontos:2)
    por jmce em 07-06-02 15:49 GMT (#48)
    (Utilizador Info) http://jmce.artenumerica.org/
    Ganha informação. Entre outras actividades, sou pago para instalar software livre.
    Re:não se entende (Pontos:2)
    por Lowgitek em 08-06-02 14:19 GMT (#55)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    Juizo ?

    As contas são simples se se consegue fazer o mesmo e melhor com um custo de base inferior para quem vende logo as mergens poderiam ser cobradas consoante o valor prestado e não sobre um valor ficticio de mercado.
    Oh, não... (Pontos:2)
    por asoares em 06-06-02 11:02 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    ...quer dizer que não posso pedir garantia vitalicia para o Windows ChisPê???
    Ora bolas...

    --
    antonio soares
    Windows has stopped. Press CTRL+ALT+DELETE to restart your computer.
    Re:Oh, não... (Pontos:1)
    por Mulder3 em 06-06-02 19:01 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    então e o Windows 3.x ? ou o MS-ShittyServer.NET? lol
    ... o que é que o *ú tem a ver com as calças! (Pontos:1)
    por ParadoXo em 06-06-02 11:09 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Sinceramente não estou a ver o que é que o facto de ter instalado o sistema operativo XPTO tem a ver com o hardware que eles vendem, e ao qual deveriam dar um bom suporte. Ainda mais, o facto de ser uma garantia vitalicia, não deveria prever esse tipo de situações, ridiculas no minimo.

    Cumprimentos.

    PS: Qualquer desculpa é uma boa desculpa para a incompetêcia.

    Re:... o que é que o *ú tem a ver com as calças! (Pontos:2)
    por mlopes em 06-06-02 11:13 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    Tem a haver com a ignorância dos técnicos, se tu lhes puseres lá um computador sem Windows eles nem sabem o que fazer para o testar!
    O teu PS está completamente correcto, o problema é mesmo incompetência!

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:... o que é que o *ú tem a ver com as calças! (Pontos:2)
    por grumpy bulgarian em 06-06-02 14:43 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://oink.com/bizarrity/bizarrity.html
    provavelmente é isto mesmo. imagino que se eu levar la um PC com um problema qualquer, eles experimentem aquilo que conseguirem e falhando isso, formatam o disco e rezam para que o problema se vá embora.

    enfim, é o tipo de coisa que me leva a sugerir aos leigos que comprem Macs...


    Grumpy B)

    Re:... o que é que o *ú tem a ver com as calças! (Pontos:1)
    por rollerball em 06-06-02 15:10 GMT (#21)
    (Utilizador Info)
    "é o tipo de coisa que me leva a sugerir aos leigos que comprem Macs.."

    E não só os leigos !!

    Rollerball - The world most dangerous game !
    Re:... o que é que o *ú tem a ver com as calças! (Pontos:2)
    por TarHai em 06-06-02 19:15 GMT (#29)
    (Utilizador Info) http://www.dilbert.com

    Ja andei a brincar macosx... Parece realmente ser anos-luz do jurassico macos-menor-que-9.

    ---
    AH-AH-AH (Pontos:2)
    por chbm em 06-06-02 14:25 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://chbm.nu/
    No caso do computador pessoal ser comercializado sem Sistema Operativo, o Cliente será responsável pela correcta instalação e configuração do mesmo.
    Desde que seja o que eles mandam claro. PqP
    Falta de capacidade técnica? (Pontos:2, Interessante)
    por jazzy em 06-06-02 14:53 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Será que põe essa clausula para não terem que lidar com Linux, por falta de know-how do seu departamento técnico?
    Re:Falta de capacidade técnica? (Pontos:2)
    por zaroastra em 07-06-02 3:40 GMT (#39)
    (Utilizador Info)
    também, mas não só (Ver outros posts meus neste artigo)
    Querem chatear o gajo que pôs isso assim? (Pontos:0, Informativo)
    por Anonimo Cobarde em 06-06-02 19:04 GMT (#28)
    Queixem-se a quem deve ouvi-las:

    http://www.miguelmonteiro.com

    mailto:miguelmonteiro@seara.com

    E é melhor agora... Antes de se tornar demasiado importante... O gajo já é vice-presidente da ANJE... (Club de caça da JSD e JP)
    Vitalicia.... Se.... (Pontos:3, Esclarecedor)
    por [WaR] em 07-06-02 1:23 GMT (#35)
    (Utilizador Info) http://war.genhex.org/
    Portanto, a garantia é vitalícia, mas o tans^Wutilizador tem q usar um dos 3 SOs que eles dizem.

    Daqui a 30 anos a garantia ainda é válida, desde que use windows9x/ME/2000... errr Ninguém nota nada de errado nisto ? :>

    Gostava de ter um comp deles só para poder daqui a 20 anos ir lá com ele, mas tb acho q daqui a 20 anos já foram à vida há uns 15...

    -- [WaR]
    "If you can't hack it, hit it with a hammer"
    Ora bolas... (Pontos:1)
    por mvitorino em 07-06-02 19:11 GMT (#52)
    (Utilizador Info)
    Viva!

    Cliquei no link (http://www.chip7.pt/garantia/) e...
    "
    Active Server Pages error 'ASP 0126'

    Include file not found

    /admentor/include/admentor2.asp, line 1

    The include file 'admentordb.asp' was not found.
    "

    Sem mais comentários...

    um abraço,

    m i g u e l   v i t o r i n o, Blog

    GARANTIA CHIP7 (Pontos:1)
    por Chip7 em 07-06-02 19:15 GMT (#53)
    (Utilizador Info)
    Atendendo à polémica aqui instalada em torno das condições de garantia
    vitalícia CHIP7, gostaríamos de esclarecer não ser, nem nunca ter sido,
    nossa intenção limitar a sua aplicação a equipamentos sob sistemas
    operativos da Microsoft.
    O que pretendemos salvaguardar são as inúmeras situações com que nos
    confrontamos de problemas verificados com Clientes que pretendem instalar
    alguns dispositivos sob sistemas operativos para os quais não existem
    drivers.
    Esta limitação deve-se ao facto de os componentes que constituem os
    computadores que comercializamos serem acompanhados na sua maioria de
    drivers para uma qualquer versão de MS Windows, garantindo assim a CHIP7 o
    seu perfeito funcionamento.
    Algumas versões de drivers para outros sistemas operativos extraídos da
    Internet causam anomalias de funcionamento de alguns componentes sem existir
    qualquer deficiência física do produto, mas levando o Cliente a pensar
    tratar-se de uma avaria.
    É exactamente este tipo de questões de difícil entendimento pelo utilizador
    comum que tentamos evitar com o texto já divulgado neste fórum.
    Porém, e porque concordamos plenamente com as críticas aqui apresentadas,
    propomo-nos a introduzir uma nova versão desse texto mais clara e objectiva.
    Tal deverá ocorrer nos próximos dias.
    Não queríamos deixar passar a oportunidade de felicitar este fórum pela
    pertinência dos assuntos tratados e apresentar as nossas desculpas pelo
    mal-entendido gerado.

    Sem mais pelo momento e agradecendo a atenção...

    José Basto
    Dir. Técnico
    josebasto@chip7.pt
    www.chip7.pt


    Re:GARANTIA CHIP7 (Pontos:2, Interessante)
    por mvitorino em 07-06-02 19:46 GMT (#54)
    (Utilizador Info)
    Viva!

    Não consegui aceder ao vosso site para ler o texto da garantia (continua em baixo) mas parece-me que seria vantajoso separarem a garantia do software da do hardware. No caso do software, indicariam que apenas suportam o sistema operativo X ou Y. Quem não quisesse este tipo de garantia poderia ter um desconto - por exemplo do valor exacto que pagam pela licença do Windows.
    Ou seja, em vez de estarem a correr o risco de serem mal vistos pela comunidade Open Source, fariam um brilharete!

    um abraço,

    m i g u e l   v i t o r i n o, Blog

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]