gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
A Morte (anunciada) da Ficção Científica em Português
Contribuído por scorpio em 12-05-02 20:52
do departamento leituras
Notícias Nom_de_plume escreve "Recentemente na Mailling List portuguesa de Ficção Científica e Fantasia chegou a notícia de que a última colecção de Ficção Científica em Português acabou...
A Caminho resolveu fechar a Caminho Azul. A última e única colecção de FC que publicava autores em língua portuguesa foi fechada por razões desconhecidas.
O Tio Barreiros (autor e co-autor de alguns livros Ficção Científica Portuguesa, tais como "O caçador de brinquedos" e "Terrarium" juntamente com Luís Filipe Silva) deu a notícia:... "
(sic)
"Telefonou-me o Belmiro Guimarães (o director da dita colecção) e, embora eu nesse momento não estivesse em casa, deixou o recado a quem cá estava:
A COLECÇÂO ACABOU! FINITO. DE UMA VEZ POR TODAS.
E assim sendo, também acabou com ela toda a FC portuguesa.
Com um mero estalar de dedos. Snap.
Ponto final na história.
A partir daqui, bem podem oferecer os vossos manuscr1ptos inéditos a um pobre.

Viva o easy reading ! Vivam as vozes das tias loucas ! Vivam os romances onfálicos, o Paulo coelho e a Suzana Tamaro. Porque para nós, acabou-se.

Já não há mais Caminho Azul
Já não há mais CONTACTO da Gradiva.
Já não há mais LIMITES da Clássica.
Já não há mais Europa-América de bolso."


"Porque depois de nós... O SILÊNCIO..."

Acabou-se a ficção científica escrita em português por portugueses..

E quem disser que nunca foi muita ou de qualidade, é porque nunca a leu ou comprou... Vejam somente esta crítica.


Para quem quiser saber mais sobre as actividades de Ficção Científica em Portugal,
poderá consultar a FAQ Portuguesa da FC ou a enciclopédia de Ficção Científica Portuguesa ou editada em Portugal.

Mozilla RC2 | Perl Golf - Perl, C, Befunge e BrainFuck  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • crítica
  • FAQ Portuguesa da FC
  • enciclopédia de Ficção Científica Portuguesa ou editada em Portugal
  • Nom_de_plume
  • Mailling List portuguesa de Ficção Científica e Fantasia
  • Caminho
  • Mais acerca Notícias
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Isto é mesmo mau (Pontos:2)
    por mazevedo em 12-05-02 21:49 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://mazevedo.welcome.to
    Logo agora que me estava a dedicar a escrever alguns contos...

    É pena.

    Por falar nisso, será que alguém ainda sabe onde posso encontrar esses pequenos livrinhos da Europa América? Estão cada vez mais raros e CAROS! Já cheguei a comprar uma boa porrada deles a 100$00 (desculpem, € 0,50).
    ----
    //\anuel /|zevedo

    E a Argonauta da Livros do Brasil? (Pontos:1)
    por joaobranco em 12-05-02 22:05 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Eu sei que não é ficção cientifica portuguêsa, mas é ficção cientifica em português...

    Isto dito, é pena que tenha terminado, porque a Caminho (Azul) publicou muita ficção cientifica muito interessante, portuguêsa e não só.

    JB

    Re:E a Argonauta da Livros do Brasil? (Pontos:1)
    por zaroastra em 13-05-02 16:08 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Perdoem-me, mas para mim braziles não é portugues.
    'E parecido, da para comprender, mas nitidamente não 'e portugues.

    Z
    Re:E a Argonauta da Livros do Brasil? (Pontos:2)
    por BlueNote em 13-05-02 21:12 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Jovem,

    A "Livros do Brasil" é uma editora portuguesa!!!!!

    Re:E a Argonauta da Livros do Brasil? (Pontos:2)
    por BlueNote em 13-05-02 17:12 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    O problema da argonauta é que a qualidade da edição, tradução incluída, é pior do que má. Dói-me o coração de cada vez que releio os meu volumes da Anne McCafrey. Ela não merecia.
    Re:E a Argonauta da Livros do Brasil? (Pontos:2)
    por grumbler em 13-05-02 9:29 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Já para não falar que as traduções da Argonauta deixam muito a desejar.. mesmo sem o Enrico Saló lá (o tipo chegou a traduzir cyberpunk para cibermaniaco.. peloamordasanta!!!) as qualidades das traduções não são das melhores.. mas pelo menos a Argonauta Gigante está a publicar o Night's Dawn Triology do Peter Hamilton.. uma tour de force com mais de 3000 páginas no total..

    --
    What, Me Worry?
    Ficção cientifica e outros. (Pontos:2)
    por ribeiro em 13-05-02 7:13 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    Lamento esta situação, pelo seu valor. Mas de qualquer forma, eu também já só comprava ficção escrita em inglês.
    Um facto é que os livros portugueses estão caros. Qualquer livro de merdinha hoje em dia custa entre 15 a 25 Euros. É caricato que eu compre livros importados do UK e USA bem mais baratos. E estes preços incluem autores portugueses.
    A minha irmã comprou o LOTR em português, e eu em inglês. Eu poupei 20 Euros.
    Claro que a solução não passa por aumentar o preço dos livros importados...
    Abraços,
    Rui
    --
    Re:Ficção cientifica e outros. (Pontos:2)
    por grumbler em 13-05-02 9:31 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    A grande diferença é q a Caminho lá ia publicando autores portugueses.. e sim, existem autores portugueses de FC, e alguns muito bons por sinal.. recomento vivamente o "Caçador de Brinquedos e outras histórias" do João Barreiros, o "Galxmente" e o "Vinganças" do Luis Filipe Silva, bem como o "A Pedra de Lucífer" do Daniel Tércio.. alguns dos entendidos estranharão a não recomendação do Terrarium (obra conjunta do Barreiros e do LFS) mas parece-me que estando cheio de referencias só tem interesse mesmo para os leitores regulares do género.

    --
    What, Me Worry?
    Re:Ficção cientifica e outros. (Pontos:2)
    por BlueNote em 13-05-02 21:02 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Bem, embora eu concorde que os livros estão muito caros, estás a esquecer que traduzir livros (e traduzir bem, não as "traduções" que aparecem na colecção Argonauta da Livros do Brasil e mesmo noutros géneros literários e em editoras que deviam ser mais cuidadosas, como a Teorema, ou "O Último Suspiro do Mouro" do Rushdie, ou as "traduções" das obras do Shakespeare na Europa-América -- edições cujo único mérito é serem bilingues... a lista seria interminável) tem um custo que forçosamente se repercute no preço final do livro.

    Pessoalmente, dificilmente seria capaz de ler regularmente romances, e ficção de um modo geral (não apenas FC) noutra língua que não o português. O "overhead" de ler uma língua estrangeira estragaria esses momentos de repouso acompanhado por um livro.

    Embora confesse que às vezes me irrito muito com a falta de qualidade das edições.

    Mercado. (Pontos:2)
    por leitao em 13-05-02 13:05 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www10.brinkster.com/nunol/
    Bom, a minha resposta do costume aplica-se -- se nao ha' mercado (i.e., pessoas suficientes a comprar os livros), entao o que se pode fazer ?

    Talvez os autores possam escrever em Ingles, e desta forma aumentar a audiencia.

    Regards,

    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc
    Re:Mercado. (Pontos:2)
    por ribeiro em 13-05-02 13:23 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    Conheci casos de alguns, que lançavam livros em Português, mas com pseudónimo de autor inglês para aumentar as vendas.
    --
    Re:Mercado. (Pontos:2, Interessante)
    por Nom_de_plume em 13-05-02 13:24 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    A questão é que há mercado!!!

    As editoras é que não sabem lidar com ele!!
    Estão cada vez mais preguiçosas e acomodadas...


    Os autores são todos mal-tratados e enganados. Nunca chegam a receber os seus direitos de autor.. As editoras limitam-se a acumular contratos e direitos de publicação. Os livros ficam a acumular pó nos armazéns.

    Se houvesse uma "fandom" activa que aplica-se o torniquete aos editores, talvez a coisa mudasse, mas depois do fiasco da Simetria, não se pode dizer grande coisa acerca dos "movimentos de massas".
    Re:Mercado. (Pontos:2)
    por leitao em 13-05-02 15:09 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://www10.brinkster.com/nunol/
    A questão é que há mercado!!! As editoras é que não sabem lidar com ele!! Estão cada vez mais preguiçosas e acomodadas...

    Nao conheco o mercado, logo tenho que ter cuidado com o que digo -- mas de alguma forma acho dificil que o mercado exista, e as editoras sejam estupidas e nao o aproveitem. O que talvez esteja a acontecer e' que o mercado existe, mas nao tenha massa critica para ser lucrativo (do ponto de vista de uma editora, nao um individuo).

    Best Regards,


    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc

    Re:Mercado. (Pontos:2)
    por joao em 13-05-02 17:00 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    O problema talvez seja outro. O mercado pode existir, as empresas que existem é que são ineficientes e só sobrevivem à custa de esquemas.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    Re:Mercado. (Pontos:2)
    por raxx7 em 13-05-02 19:47 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://raxx7.no.sapo.pt/
    Certo... os portugueses até se fartam de ler livros!

    Remember to be the Killer, not the Victim! (Nuklear Girl)

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]