gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Como fazer uma miniBD à medida ?
Contribuído por BladeRunner em 02-05-02 9:47
do departamento 10x10
perguntas LostStar escreve "Todos nós temos os nossos objectos de colecção. Alguns coleccionam postais, outros selos, outros caricas. Na nova era da informação (maybe not that so young) o que está a dar é coleccionar musicas, filmes, cds de bugiganga em geral.
Qual é o programador que ainda não teve vontade de fazer um programa para criar uma base de dados pessoal feita a medida, usando um nivel de abstracção do genero sql, mas sem ter que usar um servidor de sql aparte?
Para ser um pouco mais especifico, existe alguma biblioteca (c/c++) que permita manipular tabelas como em sql ou similar e grava-las para disco sem que tenha que ser tudo feito à mão ?
Obrigado"

Porque não usar apple? | Lampadas  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Mais acerca perguntas
  • Também por BladeRunner
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    serve em perl ? (Pontos:2, Informativo)
    por nin em 02-05-02 9:59 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Se quiseres usar perl acho q isto pode servir DBD-SQLite.

    É claro q deves ter q instalar o DBI antes.

    rgds
    --- "burn, baby burn!"

    SQL. (Pontos:3, Informativo)
    por leitao em 02-05-02 11:38 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www10.brinkster.com/nunol/

        Compreendo a tua pergunta, mas nao percebo porque nao usar uma base de dados directamente -- podes rapida e facilmente usar MySQL ou Postgres sem grande esforco -- e uma instalacao minima destas e' relativamente pequena. Outra vantagem e' que depois podes ter clientes sofisticados em qualquer linguagem que usem ODBC ou JDBC para aceder aos dados.

        Regards,

    echo '[dO%O+38%O+PO/d00]Fi22os0CC4BA64E418CE7l0xAP'|dc
    Re:SQL. (Pontos:1)
    por LostStar em 02-05-02 12:34 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Sem duvida que é a melhor opção para te em casa, mas estava a pensar em termos de portabilidade dos dados e do próprio programa.
    Imagina que tens uma colecção enorme de mp3, filme e livros e queres partilhar essa informação com os teus amigos. Que escolhas tens ?
    1. Podes usar o excel ou um excel-alike para criar uma lista á mão ou um simplesmente texto, mas :
      • -Tem uma dificil criação e manutenção dos dados
      • -As pesquisas não são aqui que se espera das bases de dados
      • +Mas está tudo no mesmo ficheiro.
    2. Crias uma base de dados em casa com mysql/postgresql/oracle(poix claro) mas :
      • -Sempre que quiseres consultar os dados tens que correr o servidor da bd mais o cliente.
      • -Não existe um ficheiro unico para os dados (estão dispersos em varios ficheiros)
      • -Quando quiseres oferecer os dados aos teus amigos, têm que levar tudo o que tu tens ou tens que fazer um "port" dos dados para um formato qualquer tipo html.
    3. Crias o teu proprio programa para guardas as coisas como tu queres, onde tu queres e :
      • +Podes oferecer os teus dados com o teu programa para poderem ve-los convenientemente tipo como mp3control faz para os mp3
      • -Tens uma carrada de trabalho para fazer o programa
      • +Tens o gozo de ver alguma coisa realmente a funcionar
    A outra opção é fazer o programa directamente com tabelas de dispersão ou com arvores B+, mas além de dar muito mais trabalho , é muito menos flexivel.

    ------------------------------------------
    "You got to make it right this time, 'cause this time is all you have."
    prot , in K-PAX
    sqlite... (Pontos:2)
    por cgd em 02-05-02 15:06 GMT (#6)
    (Utilizador Info)

    foi dito logo no inicio: serve em perl? e indicado do DBD-Sqlite. Na verdade, o sqlite é um lib em C, com bindings directos para TCL.

    sqlite.

    a versao actual é implementada sobre db files (usando a berkeley db), mas as primeiras versoes eram implementadas em cima de plain-ascii files. aconselho-te estas versoes.

    mas falando em perl :-) tens o DBD-CSV que implementa tb SQL em cima de plain-ascii files comma separated.

    mas o mais elegante, embora lento, é Gadfly para python. implementa uma subset de SQL (como o sqlite), e é implementado em cima de .. python, i.e. os proprios ficheiros de dados são codigo python.

    para teres mais info sobre este assunto, consulta estes dois artigos na freshmeat: sql based, e non-sql based.

    ps: acho que esta pergunta já aqui tinha sido feita anteriormente

    cya


    -- carlos

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]