gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Nintendo contra-ataca e baixa preço da GameCube
Contribuído por npf em 22-04-02 22:29
do departamento consolas
News Filipe escreve "Segundo este artigo do Diário Digital, a duas semanas do seu lançamento na Europa, a GameCube, a nova consola da Nintendo, também baixou o seu preço. Determinada a não perder a sua quota de mercado devido à baixa de preços dos seus mais directos adversários – Microsoft e Sony – a empresa japonesa anunciou esta segunda-feira que a nova consola vai custar apenas 199 euros, a mais barata do mercado. "

Programa do Governo para a Sociedade de Informação | Linux no Governo... da Extremadura  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Filipe
  • artigo
  • Diário Digital
  • Mais acerca News
  • Também por npf
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Eu nao percebo... (Pontos:2)
    por vd em 23-04-02 9:04 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    ... quem e' que compra uma consola onde nao se pode copiar os jogos ?

    Os portugueses sempre viveram da pirataria, preferem comprar um telemovel topo de gama carissimo do que um unico jogo (software), onde e' que em Portugal a Game Cube vai ter mercado ?

    A game cube faz-me lembrar uma frase que se costuma dizer pelos meus lados .. "Quem passa por Alcobaça, nunca mais la' passa"...
    Basicamente, Quem "passa" pela Nintendo, nunca mais la' "passa".



    Cumprimentos,
    vd
    Re:Eu nao percebo... (Pontos:2)
    por pls em 23-04-02 9:14 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    ... quem e' que compra uma consola onde nao se pode copiar os jogos ?

    Pessoas honestas para quem roubar software não seja uma opção válida? Para essas o "preço dos jogos" e das "consolas" interessa.

    PLS
    Re:Eu nao percebo... (Pontos:3, Esclarecedor)
    por ribeiro em 23-04-02 9:35 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://ruka12.tripod.com
    Existe aqui um pressuposto -> para os utilizadores serem honestos, a cadeia de produção tem também de ser honesta.
    Os portugueses vivem da pirataria porque não gostam de ser enganados e chupados até ao tutano.
    Abraços,
    Rui
    --
    Re:Eu nao percebo... (Pontos:2)
    por vd em 23-04-02 9:55 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Repara, penso que nao seja bem assim.

    Acho que os portugueses preferem gastar dinheiro em coisas do genero "fogo de vista", do que gastar dinheiro em coisas que nao da' para copiar.

    Ou seja, ao terem uma PS2 de um lado (copiavel) e uma Game Cube do outro, a escolha sera' obvia.

    Aproveitam para comprar a PS2, e o dinheiro que "deveriam" de gastar em jogos originais para ela, compram o ultimo telemovel ou placa grafica.

    Cumprimentos,
    vd
    Re:Eu nao percebo... (Pontos:3, Interessante)
    por pls em 23-04-02 10:11 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    Existe aqui um pressuposto -> para os utilizadores serem honestos, a cadeia de produção tem também de ser honesta.
    Os portugueses vivem da pirataria porque não gostam de ser enganados e chupados até ao tutano.


    Essa lógica de Robin dos bosques é completamente despropositada... e perigosa. Lembra o "se toda a gente faz é porque não está errado".

    Não. Os portugueses (salvo seja, uma parte deles) vivem da/com pirataria porque ~se sentem indiferentes ao acto de estar a roubar algo que não lhes pertence.

    O resto são desculpas foleiras: os donos dos jogos podem meter o preço que quiserem nos ditos cujos. Aos consumidores resta uma opção honesta; comprar ou não. Roubar não é uma opção honesta. É, no entanto, uma opção para muita gente. O que isso significa?

    Isto é como tu decidires que "para comer aranhas cobras 1000 contos por aranha e só comes em conjuntos de 10 aranhas por cliente, em sessões privadas". Eu por achar que é caro, ou que a tua atitude não é licita, não tenho direito de colocar camaras escondidas no local do banquete e depois vender cópias sem te dar um tostão. Tu és o dono e estrela do show, tu metes o preço que quiseres.

    PLS
    Re:Eu nao percebo... (Pontos:1)
    por deathontwolegs em 24-04-02 4:47 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    "Os portugueses (salvo seja, uma parte deles) vivem da/com pirataria porque ~se sentem indiferentes ao acto de estar a roubar algo que não lhes pertence."

    nao axo k os portugueses sejam indiferentes ao acto de roubar. axo k qdo pesam entre pagar 1 balurdio por apenas 1 jogo k nao tem outra utilidade k nao jogar e comprar outro acessorio carissimo mas k ainda lhes deixa uns trocos para 1s cds piratas, axo k n restam muitas duvidas qto ao comportamento seguido.

    «Em situações de crise, a imaginação é melhor que a sabedoria!»

    Albert Einstein

    Re:Eu nao percebo... (Pontos:2)
    por vd em 23-04-02 9:48 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Num pais onde
    " - Foram fiscalizados 39 agentes económicos e instaurados 15 processos crime por reprodução e utilização ilegítima de programas de computador;"

    Um pouco mais de metade sao honestas...

    No entanto, se fossemos todos honestos, certamente que as outras consolas teriam o mesmo sistema (cartuchos) que a Game Cube, ou estou enganado ? ;)

    Cumprimentos,
    vd
    Re:Eu nao percebo... (Pontos:2)
    por pls em 23-04-02 10:03 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    No entanto, se fossemos todos honestos, certamente que as outras consolas teriam o mesmo sistema (cartuchos) que a Game Cube, ou estou enganado ? ;)

    A gamecube utiliza mini-DVD e não cartuchos. O formato é tão proprietário com os da ps2 e da Xbox. O facto dos mni-DVD's serem mais pequenos dá um ar mais esoterico à coisa, mas é considerávelmente menos estranho que o formato da Xbox por exemplo.

    PLS
    Re:Eu nao percebo... (Pontos:2)
    por vd em 23-04-02 10:27 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    mas é considerávelmente menos estranho que o formato da Xbox por exemplo.

    http://www.usatoday.com/life/cyber/tech/2002/04/23/xbox.htm

    Xbox designer resigns amid slumping sales
    The man generally regarded as the father of Microsoft's high-profile entry into the video game universe resigned Tuesday amid continuing reports of sales setbacks.

    Seamus Blackley, who co-created the system, was the most public cheerleader for Xbox to game fans and software designers. "This guy is the Crash Bandicoot or Sonic or Mario of Xbox — the most visible face attached to the system, if you take away Bill Gates," says Victor Ireland of game developer Working Designs.

    :) Sera o tamanho (formato) problema ?...

    Cumprimentos,
    vd
    A XBOX vai ser um "flop"? (Pontos:2)
    por pls em 23-04-02 14:24 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    A Xbox _é_ um flop. De momento. O que faz com que alguns dos responsáveis coloquem o seu lugar à disposição.

    Mas francamente a Xbox tem o seu lugar no mercado. A ser considerada uma consola (que eu não acho que seja), é a mais potente das três (em termos de capacidade de processamento), vem de origem com placa de rede (que a ser bem explorada permite uma serie de brincadeiras engraçadas, quer localmente quer na Internet) e é a mais simples das três opções em termos de desenvolvimento (i.e. é um PC com windows e as API de windows). Acho que tem o seu justo lugar no mercado.

    A Xbox está a ser erradamente comercializada para o mercado da PS2 e Gamecube. Devia, na minha opinião ser comercializada como um "PC" para jogos, com teclado (opcional), rato (opcional) e saida de VGA (a suportar resoluções de PC quando ligada a um monitor). Todo o Interface deveria ser orientado para miúdos, vir com um "microsoft works" look-a-like) e uma porta paralela.

    Se assim fosse seria a desculpa ideal para "comprar o computador do miúdo", onde ele joga, faz trabalhos e navega na web. Para os mais novos a opção televisor seria excelente, para os mais velhitos o monitor a opção de eleição. A 100 contitos seria uma excelente compra como PC "com hardware estável" para os jogos e "mais qualquer coisa em potencial".

    A ideia de competir no mercado das consolas pode sair cara à Microsoft. É um mercado em que tradicionalmente são os grandes titulos que marcam pontos junto do consumidor e em que os pais tradicionalmente não demonstram interesse próprio (que não seja calar o puto que não se cala a pedir a dita consola).

    A Gamecube vai na minha opinião ser a "consola" pura mais vendida, a PS2 é um misto de consola e leitor de DVD que desempenha de forma "suficiente" ambas as funções (i.e. vai vender o equivalente à gamecube somada às vendas de um leitor de DVD baratucho). Mas acredito que a Gamecube vá dominar as tabelas de venda dos jogos (à semelhança do que se passou com a N64 vs PS1, em que titulos como o Super Mario 64, Legend of Zelda e Pokemon stadium dominaram as tabelas de venda de todo o mundo. Vão repetir a dose. Jogos de grande qualidade (vs muitos jogos) e dirigidos à faixa etária que demonstra maior interesse em consolas, um pacote mais adaptado aos putos (i.e. mais resistente, com mais aspecto de brinquedo), colorido é melhor candidato à segunda televisão da casa que o DVD da PS2 que muitos papás querem na 16:9 lá do burgo.

    Enfim. Acho que a Xbox está a milhas da Gamecube, a competir muito mais pelo mercado da PS2 (a ver pelo tipo de jogos, mais violentos, mais tipo PC, o apelo do DVD, etc), onde me parece estar a chegar tarde... já tinha passado a febre da corrida ao oiro quando a Microsoft se lembro de lançar a nova "picareta". E o timming é tudo nesta matéria (i.e. ser vendedor de "picaretas" implica estar lá quando alguém grita que "há oiro no rio", não pode ser um ano mais tarde.

    PLS

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]