gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Microsoft recua na estratégia .Net
Contribuído por jmce em 14-04-02 13:34
do departamento R.I.P.
Microsoft Filipe escreve "Segundo este artigo do Diário Digital, a Microsoft viu-se obrigada a abandonar parte da sua estratégia .Net, que pretendia converter o computador pessoal num imenso centro comercial. A primeira vítima da falta de êxito da estratégia online da gigante informática foi o serviço Hailstorm, que seria a peça fundamental do seu programa. Este artigo tem como base outro originalmente publicado pelo New York Times. "

Olimpíadas dos motores de busca | Protesto SMS contra Ariel Sharon  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Filipe
  • artigo
  • Diário Digital
  • Microsoft
  • outro
  • New York Times
  • Mais acerca Microsoft
  • Também por jmce
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    ! (Pontos:5, Engraçado)
    por CrLf em 14-04-02 13:52 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    Paz à sua alma.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:! (Pontos:2, Engraçado)
    por jorgelaranjo em 14-04-02 16:03 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://naecum.com/
    .NET ... Alguém me vai conseguir explicar o que é isso do .NET ? É mais filosofico ou mais paradigmatico ? Preciso de ajuda... Só .NET em todo o lado e ainda nao percebi para que serve... Talvez o meu problema seja LINUX a mais nao ?
    regards,
    Jorge Laranjo
    Webprof
    Re:! (Pontos:2)
    por Filipe em 14-04-02 16:48 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://www.mamasumae.net/
    A resposta para o seu (e meu!) problema poderá estar aqui!
    Re:! (Pontos:3, Informativo)
    por CrLf em 14-04-02 16:55 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    Este artigo é bastante elucidativo.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:! (Pontos:1)
    por falco em 14-04-02 19:32 GMT (#7)
    (Utilizador Info)

    Tambem podes obter informação sobre o .NET em http://www.w3schools.com/ngws/default.asp e informações sobre o Mono em http://www.ximian.com/devzone/projects/mono.html


    .NET (Pontos:3, Engraçado)
    por NokiaMan em 14-04-02 17:37 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Na minha opinião gosto da plataforma .NET, não me estou a referir á ideia da MS querer quardar os credit cards numbers porque isso é uma perfeita estupidez, mas sim da plataforma em sí, o .NET é que o java sonhava ser, ou seja, o bytecode do java corre em qulquer plataforma que tenha uma Java VM, o .NET corre em qualquer plataforma que tenha o .NET Framework(a MS suforta oficialmnte o windows e o FreeBSD, mas por exemplo o MONO da ximinan suporta o Linux) mas com a vantagem de poder usar qualquer inguagem, ao contrário do Bytecode do Java, que só suporta a linguagem Java. Reparem, provavelmente os novos produtos da MS vão ser feitos em .NET, melhor, isso quer dizer que pode correr em qualquer sitio que tenha o .NET framework, talvez até o MONO consiga correr o MS-Office!
    ------------------------------ - BigBrother is Watching You - ------------------------------
    Re:.NET (Pontos:3, Informativo)
    por CrLf em 14-04-02 20:03 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    (...)mas com a vantagem de poder usar qualquer inguagem, ao contrário do Bytecode do Java, que só suporta a linguagem Java.(...)

    A Java VM não suporta apenas Java, o maior exemplo disto é o Python.
    O "qualquer linguagem" do .NET quer dizer qualquer linguagem desde que massajada para se assemelhar ao C#, o C++ por exemplo perde a herança múltipla quando compilado para .NET.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:.NET (Pontos:1, Lança-chamas)
    por NokiaMan em 14-04-02 21:16 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    compila-me lá um proggy em C/C++ tendo como target a Java VM.
    ------------------------------ - BigBrother is Watching You - ------------------------------
    Re:.NET (Pontos:2)
    por CrLf em 15-04-02 1:39 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    É só alguém preocupar-se em fazer um compilador para elas. Mas entretanto podes ir vendo quantas destas linguagens são suportadas pelo .NET. Smalltalk? LISP? Scheme? Prolog? Ruby? Realmente não sei porque ainda não existe suporte para C++, talvez porque é uma linguagem mais tradicional e associada a programas nativos.

    Mas noutra nota, o Java teve sucesso mesmo sendo só Java. Ninguém sentiu a falta do C/C++ na Java VM e não tou a ver a grande necessidade do C/C++ para o .NET, muito menos um C++ mutilado. Cada macaco no seu galho if you ask me.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:.NET (Pontos:2)
    por cgd em 15-04-02 9:30 GMT (#22)
    (Utilizador Info)

    Mas noutra nota, o Java teve sucesso mesmo sendo só Java. Ninguém sentiu a falta do C/C++

    Hmm? O JNI existe entao para que? quando se fala em integrar codigo nativo, nao se esta a falar de fortran, mas sim de C. alias, o javah produz headers de C/C++. podia-se ainda argumentar que a principal motivacao do jni seria poder integrar legacy applications em java, mas nem isso pega (como é que fazes um getpid() em java, ou signal handling?! java->jni-c).

    alem do mais, o java está a adoptar cada vez mais construcoes do c/c++ (entre outras coisas): o 1.4 vem com o assert (c/c++), e na 1.5 ha-de vir a familia printf/scanf que so nao veio na 1.4 porque nao ficou pronto a tempo o standard.

    outra coisa que se anda a estudar, é a integracao de parametrized types, also-known-as templates de c++.

    enfim, a lista de certo nao ficará por aqui. e isto para quem nao sentiu falta do c ou do c++, imagino se tivessem !

    cya


    -- carlos

    Re:.NET (Pontos:2)
    por CrLf em 15-04-02 14:10 GMT (#37)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    Eu falava em sentir a falta do C/C++ a compilar para a Java VM, nao na necessidade de usar funcionalidades que so estao disponiveis em APIs C.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:.NET (Pontos:2)
    por drdude em 15-04-02 1:55 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    todas as linguagens a ser compiladas pelo .NET serão C# com sintaxe diferente. a propria MS já assumiu isso.
    Re:.NET (Pontos:2)
    por cgd em 15-04-02 9:48 GMT (#24)
    (Utilizador Info)

    podes dizer o mesmo para java.

    o bytecode dessas linguagens (enquanto linguagem, no caso do java), é feito para suportar determinadas construcoes: alocacao de memoria, garbage collecting, array bound check, heranca singular de objectos, objectos com metodos e funcoes, estaticas ou de instancia, varios niveis de acessos, overloading de funcoes, etc...

    todas as linguagens que produzam byte code java, ou bytecode c#, ou ignoram parcialmente muitos destes items, ou fazem grande ginastica para poder compatibilizar os varios modelos.

    por exemplo ,nao faco a minima ideia como é que a multiheranca do python é implementada em java bytecode, mas de certeza que deve levar um layer de software em cima, ou seja, o python nao é compilado directamente em java bytecode ,mas sim num esqueleto que adiciona codigo para suportar multiheranca-like atraves de java (ver isto por exemplo).

    no caso do perl, li na documentacao que foram usados uma serie de truques para as coisas funcionaram, mas nao percebi se era ao usar java a partir de perl, ou ao usar perl a partir de java, nem sequer que truques eram (ver package JPL).

    no caso do java, faz 'javap -c' de um .class file para ver o "assembler" java. todas as linguagens vao ter que ser mapeadas naquilo, ou entao gerar java como linguagem intermedia, mas essa é das ideias mais ridiculas que tenho visto (e curiosamente, é defendida por muita gente)


    -- carlos

    .NET a experiência! (Pontos:3, Interessante)
    por mlopes em 14-04-02 18:16 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Pela minha pouca experiêncian com o .NET, a minha opinião é negativa.

    1ª PARTE - A APRESENTAÇÃO:

    Quando comecei a utilizar o .NET, e apesar da minha pouca receptividade aos produtos da M$ pelos motivos que todos nós já nos habituamos, até me pareceu uma coisa com alguma utilidade e que poderia vir a aumentar a rapidez com que se desenvolve uma aplicação, claro que as utilidades e aplicações foram-me explicadas por um M$ fãn, dos mais incondicionais, eu que até à data sempre tinha ignorado completamente a plataforma, por motivos profissionais, lá fui fazer um programinha em .NET e até convencido que o desenvolvimento seria mais rápido e fácil.

    2ª Parte - A OPINIÃO:

    Quase 2 meses depois, estou a acabar o mini-projecto, e já tenho uma opinião formmada, fundamentada na elaboração desse projecto e na experiencia que tive com a plataforma, considero que o .NET apesar de se propor a facilitar uma série de coisas, na realidade não o faz, simplesmente facilita uma pequena quantiade de coisas e acaba por complicar o desenvolvimento do programa em si,tudo aquilo que o .NET faz é suprimir a necessidade do programador fazer as suas livrarias com código que reutiliza frequentemente, acrescentado o fardo de complicar e tornar penoso o desenvolvimento e de desflexibilizar (será que esta palavra existe mesmo?) o desenvolvimento da aplicação.

    3ª Parte - CONCLUSÃO:

    A ideia até é boa a implementação é que, como já é habitual por parte da M$, não foi a melhor.
    Claro que serve-lhes um bocado como desculpa o facto de aquilo a que eles se propunham não ser nada fácil, de qualquer maneira eles propuseram-se a fazê-lo logo deveriam ter se esforçado mais.
    O Visual Studio .NET (versão final incluida) está cheio de bugs e features (são mesmo features que alteram o código à lá Microsoft, não estou a gozar) que alteram o código estragando-o todo por vezes a ponto de não funcionar, estas features, poderão não ser vistas como desvantagens para os programadores Microsoft, mas para mim que considero as linguagens M$ (VB, VC, C#, etc...) tortuosas e infelxiveis, é um péssimo aspecto da plataforma.


    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:.NET a experiência! (Pontos:2)
    por NokiaMan em 14-04-02 20:04 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    sim, ok, tens um bocado de razão, mas acho que o ser Cross-platform pode colmatar algumas dessas falhas... quanto aos bugs MS VStudio.NET, podes usar até o Notepad, ao contrário do que as pessoas pensam para usar o .NET, não é necessário o VStudio.NET, embora facilite, e até podes usar o MONO em do .NET framework.

    PS-> a source da .NET framework está disponivel em MS-Shared Source e compila em Windows e FreeBSD.
    ------------------------------ - BigBrother is Watching You - ------------------------------
    Re:.NET a experiência! (Pontos:3, Esclarecedor)
    por mlopes em 14-04-02 23:58 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Por acaso sabia disso de poder utilizar qq editor, mesmo o Notepad, mas o visual studio apesar de tudo para este tipo de coisas ainda vai dando um certo jeito.
    A critica que fiz ao visual studio, é um bocado tipo um "à parte", já que este não faz parte do .NET.

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:.NET a experiência! (Pontos:2)
    por CrLf em 15-04-02 1:57 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    (...)o ser Cross-platform(...)

    Cross-(Windows)-platform.

    (...)aos bugs MS VStudio.NET, podes usar até o Notepad(...)

    Isto sim um grande incentivo para a Microsoft. Não vale a pena corrigir os bugs do VS porque as pessoas podem usar o Notepad...

    (...)a source da .NET framework está disponivel em MS-Shared Source e compila em Windows e FreeBSD.(...)

    Quanto ao shared-source nem vale a pena comentar, agora a utilidade do .NET que é disponibilizado em shared-source equivale à de um Ferrari sem rodas... muito útil.

    PS: Sim, hoje estou numa de deita-abaixo :).

    -- Carlos Rodrigues
    Re:.NET a experiência! (Pontos:2)
    por NokiaMan em 15-04-02 12:23 GMT (#34)
    (Utilizador Info)
    eu prefiro um Ferrari sem rodas do que um Citroen Saxo com rodas, compro uma rodas para o ferrari e pronto.
    ------------------------------ - BigBrother is Watching You - ------------------------------
    Re:.NET a experiência! (Pontos:2)
    por CrLf em 15-04-02 14:13 GMT (#38)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    Neste caso tens de fazer as tuas proprias rodas a mao e sem ferramentas.

    PS: O Ferrari era so um exemplo, para mim o .NET e mais um Fiat Uno.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:.NET a experiência! (Pontos:2, Esclarecedor)
    por PimpMastah em 14-04-02 20:25 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Obviamente que a ideia com que posso ficar de ti após ler o teu comentário é que (mesmo dando o devido desconto de seres fundamentalista) é que não deves saber programar.. mas enfim

    1 parte)
    Mais rápido e fácil? Depende. Se o teu programinha processar o mail por várias mailboxes .NET é capaz de não ser tão apropriado. Mas já devias saber que cada linguagem / plataforma tem o seu domínio de aplicação...

    Obviamente que se partes de má fé os resultados serão sempre negativos...

    2 parte)
    O .NET é principalmente uma framework e obviamente que é objectivo de uma framework fornecer-te bases para trabalhar sem teres que estar a reinventar as rodas que compôem os nossos "programinhas"

    Não percebo porque é que dizes que "torna penoso o desenvolvimento" e "desflexibiliza" a aplicação. Para mim esta afirmação vale simplesmente 0 e parece-me ser resultado da tua má fé inicial (não tens culpa, és fundamentalista :) )

    Se não queres usar as bibliotecas do framework não uses! Em que raio é que isso torna a aplicação infléxivel ? ou penosa de desenvolver?

    3 parte)
    "A ideia é boa, mas a implementação é má". Ou seja, em cima dizes que a ideia é má, penosa e infléxivel agora já é ao contrário? Estás a ser incoerente.

    Sinceramente não sei onde é que vais inventar esse visual studio "cheio de bugs". Eu uso o programa há bastante mais tempo do que tu e encontro 2 ou 3 na interface gráfica que são chatos... mas daí a dizer "cheio de bugs" é mais má fé, de certeza :)

    Quando a alterar o código.. eu gosto que o VS me complete o nome das variáveis e das classes à medida que vou escrevendo. Gosto também que coloque no código as declarações dos objectos e eventos dos objectos que coloco numa qualquer janela.. E acredita que sempre que o código deixou de funcionar o problema esteve sempre entre o teclado e a cadeira...

    Também não vejo razão para dizeres que C# é infléxivel.. já agora Java também o deve ser.. ou até o C... Se calhar deviamos todos migrar para perl, não? :)

    A minha conclusão é que se tens pouca experiência mais vale estares calado.
    Re:.NET a experiência! (Pontos:0, Redundante)
    por Baía em 14-04-02 23:27 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Tiveste muito, mas muito bem mesmo!!!
    Re:.NET a experiência! (Pontos:2)
    por mlopes em 14-04-02 23:58 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Se não tens capacidade de compreender o que digo, tambêm não sou eu que vou gastar o meu tempo a explicar, volta lá para a tua pseudo-programação em VB e semelhantes, que eu volto com aquilo a que por algum motivo chamas fundamentalismo (já que eu até admito má vontade, mais do que justificada por sinal, da minha parte em relação à m$, mas mesmo assim fui dar-lhe o beneficio da dúvida) ao perl e aos Unix e Linux.

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    keep talking (Pontos:1)
    por PimpMastah em 15-04-02 8:10 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Só para fazer uma pequena correcção, eu não programo em VB.. que horror..

    De qualquer forma gostei da forma como justificaste o teu ponto de vista deturpado com este: "não sou eu que vou gastar o tempo a explicar"

    Então não expliques! Faz uninstall e sê feliz :)
    Re:keep talking (Pontos:2)
    por mlopes em 15-04-02 9:44 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    Queres uma explicação? Então lê isto até compreenderes, depois quando deres uma resposta com algum sentido no contexto daquilo que digo então eu respondo-te com mais promenores. Até lá....

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:keep talking (Pontos:2)
    por PimpMastah em 15-04-02 10:17 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    dude. Estás a ser parvo. O teu modesto "programinha" contra a minha experiência em .net não tem qualquer valor.

    Repara... Fizeste qq coisa, mas não dizes bem o quê. Tens a mania que sabes o que é um framework e odeias que o IDE faça trabalho por ti e depois chegas aqui, mandas umas postas de pescada e toda a gente tem que seguir religiosamente. Só podes estar a gozar...

    Eu volto a repetir-me. Se não sabes do que falas mais vale estares calado. Assim poupas-nos essas figuras tristes e patológicamente raivosas
    Re:keep talking (Pontos:2)
    por mlopes em 15-04-02 10:41 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    Então "Grande Mestre" do .NET, em vez de mandares postas de pescada faz o que eu fiz e apresenta argumentos a favor do .NET e das linguagens por ele suportadas, em vez de fazeres comentários que mais demonstram um fanático da Microsoft com o orgulho ferido do que alguém que domina algum tipo de técnologia.

    Eu já expliquei que ao principio até me pareceu que aquilo era bom e apressava o desenvolvimento de aplicações, mas que no final de quase dois meses de utilização conclui que aquilo parece mas não é, e que de facto acaba por não ajudar nada, agora tu em vez de vires por em questão os conhecimentos dos outros, demonstra os teus e prova-nos que o .NET é uma maravilha que faz tudo e mais alguma coisa.

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:keep talking (Pontos:1)
    por PimpMastah em 15-04-02 10:53 GMT (#29)
    (Utilizador Info)
    :) Como disse recuso-me a comparar os teus parcos argumentos com a minha experiência.

    Não tenho nada que apresentar argumentos a favor do .net. Tu é que o podes fazer contra o .net, mas de forma decente e justificada.. não com a quantidade de disparates patente no post original.

    Só posso rir quando olho para cima e leio "em vez de vires por em questão os conhecimentos dos outros". Lê muitas vezes a primeira linha deste reply, oki? :***

    over and out.

    Re:keep talking (Pontos:2)
    por mlopes em 15-04-02 11:04 GMT (#30)
    (Utilizador Info)
    Não preciso de comparar os teus pseudo-conhecimentos, sabes é que pagam-me pelos meus conhecimentos( que felizmente são maioritariamente fora das técnologias Microsoft) e bem, talvez um dia venhas a compreender, mas isso faz um enorme bem ao ego!

    Já que estamos numa de dizer que se sabe e não demonstrar conhecimento podes ler a linha abaixo
    €€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:.NET a experiência! (Pontos:2)
    por CrLf em 15-04-02 1:50 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    (...)eu gosto que o VS me complete o nome das variáveis e das classes à medida que vou escrevendo.(...)

    Curiosamente as caixinhas com os nomes dos métodos e "ajudas" que tais são as primeiras coisas que desligo no Visual Studio logo depois de o instalar. O efeito que têm sobre mim é semelhante ao paper-clip do Office.
    (...)Se calhar deviamos todos migrar para perl(...)

    Hmmm, não. Se fosse para Python...

    -- Carlos Rodrigues
    Re:.NET a experiência! (Pontos:2)
    por CrLf em 15-04-02 2:04 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    (...)Obviamente que se partes de má fé os resultados serão sempre negativos...(...)

    Partir de má fé quando se trata de algo da Microsoft é normal, e a má fé será ainda maior quando já se programou mais do que 5 minutos usando as APIs brilhantes do pessoal de Seattle. Em mil anos que viva nunca me vou habituar aquela notação húngara que está por toda a API Win32. O tipo que a inventou devia ser pFuzilado.
    Ahhh, que linda que é a API do Unix...

    -- Carlos Rodrigues
    Re:.NET a experiência! (Pontos:1)
    por rollerball em 15-04-02 12:14 GMT (#33)
    (Utilizador Info)
    Explica melhor essa das API's ?!?

    Rollerball - The world most dangerous game !
    Re:.NET a experiência! (Pontos:1)
    por rollerball em 16-04-02 13:38 GMT (#44)
    (Utilizador Info)
    Que frase tão explicita!
    Deixa lá os putos do infantario e tenta construir frases com mais nexo!

    Rollerball - The world most dangerous game !
    Re:.NET a experiência! (Pontos:2)
    por cgd em 15-04-02 9:55 GMT (#25)
    (Utilizador Info)

    tudo aquilo que o .NET faz é suprimir a necessidade do programador fazer as suas livrarias com código que reutiliza frequentemente

    e... integrar essas bibliotecas (nao digas livrarias!) ou APIs como se diz em mumbo-jumbo, entre si, de forma a estabelecer uma plataforma, ou framework (a bold estao as buzzwords).

    exacto, tens razao. .NET é isso. J2EE é isso.

    APIs, specs, standards, tudo bem mexidinho.

    cya


    -- carlos

    Re:.NET a experiência! (Pontos:1)
    por rollerball em 15-04-02 10:49 GMT (#28)
    (Utilizador Info)
    Por pontos:

    Pq consideras tortuosa e inflexivel a linguagem C# ?

    O VS.NET é um editor muito completo e que tem alguns bugs mas senão gostas dessas features pq não usas outro sem elas? Provavelmente iria tornar melhor a tua experiencia com .Net!

    A framework .Net é relativamente complexa e se pensavas que por ser M$ seria uns click's e já estava enganaste-te completamente. Antes de começares a programar deverias perder algum tempo só a perceber a framework e as suas ferramentas. Certamente iria minimizar o tempo de desenvolvimento de uma aplicação.

    Rollerball - The world most dangerous game !
    Re:.NET a experiência! (Pontos:2)
    por mlopes em 15-04-02 11:33 GMT (#31)
    (Utilizador Info)
    Eu estive a ter formação antes de começar na tentativa de perceber a framework e a filosofia por trás, foi uma das coisas que me levou a pensar que aquilo até era bom, até porque o entusiasmo do formador (que é um colega meu que estava em outsourcing) e a descrição feita (apesar de ser verdadeira, esquecime de dar o desconto dos já habituais problemas das plataformas Microsoft) faziam prever que o .NET poderia vir a ser uma revolução. Neste momento penso que é só mais uma técnologia para o molho.

    Quanto à opinião sobre o C#, talvez se deva ao facto de eu estar mais habituado a lingugens de nivél mais baixo logo mais fléxiveis e para quem já tem uns anitos disto é mais fácil de pôr a fazer aquilo que queremos, para mim as linguagens de alto nivél, são boas para quem quer aprender mas não para desenvolvimento, claro que há pessoal que vem logo dizer que VB é que é Nivél Alto e que C# é nivél Médio ou qq outra coisa, para mim não me parece, C# é mais um VB (VB aqui é utilizado como expressão para generalizar um tipo de linguagem e não a linguagem Visual Basic em si) com uma sintaxe um pouco diferente.

    "They that can give up essential liberty to obtain a little temporary safety deserve neither liberty nor safety."

    -- Benjamin Franklin, 1759
    Re:.NET a experiência! (Pontos:1)
    por rollerball em 15-04-02 11:57 GMT (#32)
    (Utilizador Info)
    Em relação ao C# devo dizer-te que estou a ter muito boa experiencia e parece-me que é uma linguagem ao mesmo nivel (no mesmo contexto por ti utilizado) que muitas outras como o Java,PHP,etc. ! E é bastante diferente de VB, pelo menos da versão 6.0 pq ainda não mexi muito em VB.Net !
    Em relação à plataforma, não tenho tido grandes problemas mas optei por uma auto-formação. Tentei ver .Net sem preconceitos e analisar a fundo a framework e suas dependencias. A O'Reillys tem uns livros porreiros sobre o assunto!
    É obvio que ainda é uma tecnologia jovem e há certamente muito caminho por desbravar, mas diria mesmo que a M$ se esmerou e supreendentemente se abriu com este projecto .Net !
    Se precisares de alguma ajuda apita - rollerball@oninet.pt !

    Rollerball - The world most dangerous game !
    .Net é o melhor que a M$ fez nos ultimos tempos! (Pontos:2, Informativo)
    por rollerball em 15-04-02 8:54 GMT (#21)
    (Utilizador Info)
    Reparei que ao longo deste comentário que se fez muitas confusões entre framework e IDE!

    Primeiro devo dizer que o .Net framework conseguiu recolher o melhor do Java e organiza-lo de forma muito interessante (não muito original mas muito útil). As "libraries" são muito completas e estão muito melhor organizadas que as do Java!

    A linguagem por excelencia da plataforma é o C# que segue a sintaxe e a estrutura do Java logo criticar esta linguagem é quase o mesmo que estar a criticar o Java. Além disso tem uma "feature" muito gira de utilização de apontadores caso a aplicação asim o exiga !

    E o melhor é que a framework vem com imensos programas (command line) para uma gestão de libraries e recursos! E mantendo compatibilidades com a estrutura Com/Com+ !

    E a cereja em cima do bolo é que não é preciso VS.Net para nada disto ! Só notepad ou "Sharp Develop" (sintaxe highlight e noção de projecto) que são free! Claro que se quiserem fazer umas aplicações com muitas janelas :o), o VS.Net facilita muito mas o mesmo se passa com Java, que para usar Awt e Swing convem ter um editor "visual" !

    A unica coisa que eu compreendo que critiquem é o facto de terem "copiado" o Java, fazendo algumas melhorias quando poderiam usar o proprio Java para isso! Mas isso são outras guerras entre a M$ e outra empresa cujos principios são tão criticaveis como os da M$ !

    Rollerball - The world most dangerous game !
    Re:.Net é o melhor que a M$ fez nos ultimos tempos (Pontos:1)
    por Lowgitek em 15-04-02 19:31 GMT (#39)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    "A unica coisa que eu compreendo que critiquem é o facto de terem "copiado" o Java, fazendo algumas melhorias quando poderiam usar o proprio Java para isso! Mas isso são outras guerras entre a M$ e outra empresa cujos principios são tão criticaveis como os da M$ !"

    Para não comentar o teu post por inteiro basta me esta linha... POR AMOR DE DEUS! não me ponhas o java com o .net na mesma salada, simples mente porque primeiro o C# por exemplo nada mais é que um j++ reeescrito para que a ms não levasse com um processo em cima e dai dizer que esta melhor organizado melhor que o java o crime ainda me parece maior.

    Antes de a microsoft sonhar com o .net muito do que a mesma tecnologia promete e tem como partida de inovador ja existia ou ja estav contemplada pela sun com o java e a seguri com o SUN ONE, a diferença e que a ms esta sempre a se borrifar para os standards e se acha no direito de dizer que standards é o que eles fazem e todos os outros carneiros que o sigam quanto a mim só há uma coisa a dizer e que dou parabens a Sun que ao inves de sair a correr com uma plataforma pelo mercado tenha optado (embora seja uma tatica arriscada) para obedecer e seguir as regras impostas pelo verdadeiro standards existentes que vão aparecendo garantindo assim a funcionalidade a 100% em todos os lados ao contrario da microsoft que esta dependente de tecnologia da ms e paga.

    Não me venham agora dizer que uma lingaguem que aparece a meio caminho tem a maturidade de um Java que já tem porvas dadas e que continua a dar cartas.

    E aos amantes do .net so digo ... azarito! Aos que gostam da filosofia do .net mas tem aversão a coisa aconselho a dar uma olha nas paginas da sun e ler realmente o verdadeiro poto da questão e a olhar para o "Sun One" este sim um caminho a seguir para quem gosta de coisas standards!

    Não te chateis que eu tb não o q detesto e ver caramelos como ja vi gajos da propria ms no site official dizerem que o xml foi uma linguagem porreira inventada pela microsoft e representava um dos primeiros avanços tralalalalala etc etc e que a filosofia .net era totalmente inovadora e de invençao da microsoft.. enfim descobriram a roda!

    :))

    My 2 cents.

    Elton Machado.
    Re:.Net é o melhor que a M$ fez nos ultimos tempos (Pontos:2)
    por Lowgitek em 15-04-02 19:49 GMT (#40)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    Com essa conversa toda esqueci-me de dar o url: http://wwws.sun.com/software/sunone/index.html

    Para aqueles que ainda não conhecem o Sun ONE
    Re:.Net é o melhor que a M$ fez nos ultimos tempos (Pontos:1)
    por rollerball em 15-04-02 21:23 GMT (#41)
    (Utilizador Info)
    Eu concordo com quase tudo o que dizes no teu post e não penso que discordas assim tanto do meu comentário.
    É obvio que a M$.Net tem anos de atraso em relação ao Java. O que penso é a M$ fez muito bem em adoptar o modelo do Java. Se é um bom modelo porque não usa-lo? Claro que deu o seu toque, se foi para melhor ou para pior já depende da opinião !
    Um ponto que eu acho muito curioso é a grande diferença de reputação que a Sun e a M$ tem aqui no Gildot. Não me parece que as politicas sejam assim tão diferentes e penso que a unica difrença é que uns conseguiram triunfar e os outros não.

    Rollerball - The world most dangerous game !
    Re:.Net é o melhor que a M$ fez nos ultimos tempos (Pontos:2)
    por Lowgitek em 18-04-02 23:49 GMT (#45)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    Eu pelo menos penso assim ... prefiro um gigante que partilhe comigo parte do que tem do que outro que so pensa em me explorar.

    Em relação a Sun embora não seje 100% a favor daqueles senhores por muitas tácticas dúvidosas, podes ter a certeza que por mais dúvidosas que sejam sempre serão muito mais transparentes que a da microsoft.
    Re:.Off-Topic : 'rollerball' (Pontos:1)
    por rollerball em 15-04-02 14:05 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    Não sei que idade julgas que eu tenho mas se calhar vi o rollerball (e o original porque não há outro ;o) ) antes de ti!
    Em relação à assinatura achei o slogan adequado para as flames do gildot! Não te parece ?!

    PS: primeira vez que vi o Rollerball foi em BetaMax !!

    Rollerball - The world most dangerous game !

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]