gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Lusóf.s representam 5% da comunidade de PHP no mundo
Contribuído por BladeRunner em 12-04-02 22:50
do departamento PHP
php mlemos escreve "

Dois assuntos relacionados: numa mensagem recente na lista PHP-PT relacionados divulguei que de acordo com estatísticas acumuladas, os utilizadores portugueses e brasileiros do site PHP Classes repository somam quase 5% do total de utilizadores que se autenticaram nos últimos 30 dias. Seria interessante saber se as comunidades lusófonas de outros projectos Open Source também têem uma presença igualmente significativa no mundo."
[BladeRunner]: Linux na UA só mesmo com amigos :-)
Ah pois, o PHP também corre em Windows não é ? Deve ser por isso que o CICUA tem um fórum interno à UA a correr um PHP-Nuke em Windows :P
P. S.: lá se vai safando o ftp.ua.pt

As estatísticas sobre a origem nacional dos utilizadores são razoavelmente rigorosas porque se baseiam na informação fornecida pelo serviço NetGeo que informa a localização geográfica de um dado endereço IP. Para os interessados, disponibilizei este componente pronto que permite que consultem o serviço programaticamente a partir de scr1pts em PHP.

O outro assunto é que apesar do tamanho significativo da comunidade lusófona que usa PHP, desde a semana passada que anunciei a disponibilização do conteúdo do site para serem replicados em sites espelho, não recebi pedidos de Portugal e do Brasil, ao contrário da grande quantidade que recebi de vários outros países do mundo. Excepção feita à Universidade de Aveiro da qual recebi a colaboração de velhos amigos e ex-colegas para ter o primeiro site espelho alojado em Portugal fora do site principal.

Bem, penso que isto talvez se tenha devido à falta de maior divulgação pela minha parte. Portanto, quem estiver interessado em colaborar na replicação do site em Portugal, no Brasil ou onde quer que esteja, que consulte esta página. Para além de contribuir para melhor servir a comunidade Open Source que usa PHP na sua região, o site oferece a possibilidade de divulgar a instituição que alojar o site espelho através de banners dessa instituição que são mostrados nesse mesmo site espelho. Penso que é uma contrapartida justa.

Computer Professionals for Social Responsibility | protesto  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • NetGeo
  • componente pronto
  • sites espelho
  • Universidade de Aveiro
  • página
  • mlemos
  • mensagem recente
  • lista PHP-PT
  • estatísticas
  • PHP Classes repository
  • Mais acerca php
  • Também por BladeRunner
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    ua.pt (Pontos:0, Engraçado)
    por Anonimo Cobarde em 13-04-02 0:01 GMT (#1)
    O ua.pt não era o do "informatic engineering"?
    Universidade do Minho || THE SAME OF THE SAME (Pontos:1)
    por jorgelaranjo em 13-04-02 17:24 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://naecum.com/
    Apenas no departamentos de informatica vi apache + php + mysql ou apache + perl + mysql

    Nem imaginas o que tive de fazer para que me deixassem colocar mysql a correr com IIS + php !!!

    Foi uma maratona... Todos queriam MSSQL. E nada de PHP ! Queriam ASP !!

    :)
    Quem venceu ?
    php + mysql
    Mas é mesmo assim... usamos linux mas o resto da universidade usa M$ !!
    regards,
    Jorge Laranjo
    Webprof
    Re:Universidade do Minho || THE SAME OF THE SAME (Pontos:1)
    por jorgelaranjo em 13-04-02 17:25 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://naecum.com/
    AH! Nao disse, mas tive de colocar na Escola de Economia e Gestao (http://www.eeg.uminho.pt)
    regards,
    Jorge Laranjo
    Webprof
    Re:Universidade do Minho || THE SAME OF THE SAME (Pontos:2)
    por Gamito em 13-04-02 18:13 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://gamito.freezope.org/
    Eu consegui no Departamento de Didáctica e Tecnologia Educativa meter os servidores e serviços em Linux, mas só graças ao Presidente do Conselho Directivo que apesar de ser da área das letras foi uma pessoa que revelou um fantástico espírito de abertura e pragmatismo: "Funciona ? Serve para aquilo que queremos ? Não dá as mesmas chatices que as máquinas M... ? Bute com isso então".

    Mas acho que é um caso isolado.

    Mário Gamito
    Comentario ao Comentario do BladeRunner (Pontos:1)
    por Shlak em 13-04-02 21:46 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://sweet.ua.pt/~etdgomes
    Como Aluno da Univ de Aveiro, gostaria de repor alguma verdade ao teu comentario, de verdade no inicio do ano o site da secretaria virtual só permitia acessos via IE no entanto o GLUA e varios alunos a titulo individual alertaram o prof Rafael (Responsavel pelos projectos Sistemas de Informaçao da Reitoria) para essa mesma peculiriedade incompreensivel. Assim se hoje visitares o Paco com o Mozilla por exemplo podes ter acesso a todos serviços ate agora restritos a utilizadores IE.

    Quanto a utilizaçao de Linux/FreeBSD/etc realmente tenho de concordar contigo, o cenario é negro mas em muito se deve a pouca vontade dos "tecnicos" em usar estes Sistemas. No entanto devo lembrar-te que o sweet.ua.pt (servidor de homepages da UA) sempre foi um freeBSD e eh dos poucos serviços que no CICUA nunca me falharam, O Zeus (HP/UX) tb tive conhecimento que brevemente sera substituido por um novo servidor Linux q disponibilizara shell's a todos alunos interessados. Ou seja, isto ta mal, mas nós (Comunidade Academica & Utilizadores Linux) tb temos alguma culpa em nao nos mexermos de forma a apoiar as pessoas responsaveis na implementaçao de soluçoes baseadas em linux

    Re:Comentario ao Comentario do BladeRunner (Pontos:2)
    por Gamito em 14-04-02 0:44 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://gamito.freezope.org/
    Na realidade, deconhecia que aquela coisa que dava pelo nome de scretaria virtual já tinha sido substituída por outra, embora continue sem perceber porque é que num serviço tão importante como é o da inscrição de alunos, não haja uns tostõezitos para se comprar um certificado "válido".

    Já agora que falas no GLUA - Grupo Linux da Universidade de Aveir0 -, não deveria ser antes Grupo Linux do Departamento de Electrónica da Universidade de Aveiro ?

    É que em tempos já lá idos fui lá pedir uma distro ao armazém e o funcionário disse-me que era só para alunos de ET. Por acaso foi um bacano, mas o melhor que me pôde fazer foi emprestar-me os CDs para gravar durante a hora de almoço e mesmo assim tive que lhe deixar o BI (salvo erro), o tel. interno de onde trabalhava na altura e sei lá mais o quê.

    Já alteraram essa política ?

    Mário Gamito
    Re:Comentario ao Comentario do BladeRunner (Pontos:1)
    por Shlak em 14-04-02 15:56 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://sweet.ua.pt/~etdgomes
    Pois infelizmente não. Mas tal é uma politica interna do departamento no q se refere ao material de armazem, no entanto na sala 124 do DET (onde se encontra instalado o GLUA) temos la varias distribuiçoes que emprestamos a qq pessoa sejam ou nao da UA. Infelizmente o seu numero eh insufeciente e nem todas as pessoas sao "responsaveis" ao ponto de devolver com brevidade os referidos CD's no entanto mantemos essa nossa disponibilidade em fazer os mesmos emprestimos.

    De futuro esperamos vir a ter na sala do glua um gravador de cd's que nos permita fazer copias das distribuiçoes disponiveis no nosso ftp para cd virgens que os interessados nas copias deverao trazer. Infelizmente devido a cortes orçamentais no DET este nosso objectivo tem sido adiado mas a medio prazo esperamos ver o mesmo resolvido

    Re:Comentario ao Comentario do BladeRunner (Pontos:1)
    por jorgelaranjo em 14-04-02 20:15 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://naecum.com/
    Na UM os operadores copiam os CD's para nós !!!
    regards,
    Jorge Laranjo
    Webprof
    Re:Comentario ao Comentario do BladeRunner (Pontos:2)
    por Gamito em 14-04-02 21:15 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://gamito.freezope.org/
    Ó Shlak, tu no teu post dizes tudo.

    Vou falar agora, porque já não pertenço a essa festa e assim não sou acusado de trying to jump on the bandwagon:

    O problema do GLUA é congénito.
    Repara...
    Meia dúzia de carolas de Eng. Eléctrónica e Telecomunicações resolveram fazer o GLUA - Grupo Linux da Universidade de Aveiro. Ou seja, chamaram a si através do nome GLUA toda a Universidade, no entanto sem que (pelo menos eu tenha visto) tivessem antes espalhado uns cartazes pelos Departamentos e enviassem um mailing para a lista geral da Universidade a convidar quem quisesse a participar.
    Lembraram-se de contactar a Associação de Antigos Alunos da Universidade de Aveiro ? Há lá muita gente que tem hoje cargos de responsabilidade no Estado e em empresas.
    Portanto, chamara-se GLUA a vós prórpios, começaram por glua.dte.ua.pt e depois de inistirem lá conseguiram passar a glua.ua.pt, o que veio reforçar a ideia de açambarcamento por parte da tal meia-dúzia, da comunidade inteira. Não faz sentido.

    E posso dar o meu exemplo pessoal: tu sabias perfeitamente que eu era utilziador Linux, que era estudante do Dep. de Física, que trabalhava no Dep. de Didáctica e Tecnologia Educativa (a 2 passos do vosso), que tinha conseguido meter Linux lá dentro e... esqueceste-te de perguntar se estava interessado em pertencer ao GLUA - Grupo Linux da UNIVERSIDADE de AVEIRO. É pá, numa Universidade onde o Linux é quase inexistente, será que eu não teria nada de interessante para dizer ? Ou era por não ser do vosso Departamento ?

    Dito isot, instalaram um servidor web a correr um PHP-Nuke(!!!), um servidor FTP com umas distros, uma ml e está feito o GLUA.
    Ora uma das principais e louváveis coisas a que se propunham era que os alunos pudessem ir ao GLUA e levar uma distro.
    O pior é que quando um aluno vai à sala 124, de lá é mandado ao armazém e aí lhe é dito que os CDs são só para alunos de ET, fica-se a pensar com que legitimidade é que a meia-dúzia de carolas chmaram a si o nome GLUA.

    Entendes ?
    As tais políticas internas do departamento (que sendo GLUA, deviam ser antes da Universidade. continuamos com choques de atribuições), deviam ter sido pensadas antes, i. e., antes de o GLUA ter sido feito, deviam ter sido ponderados todos estes aspectos, de modo a legitimar o nome GLUA e a fazer com que este não fosse o GLMDCDRT - Grupo Linux de Meia-Dúzia de Carolas do Dep. de Eléctrónica e Telecomunicações.

    Para terminar... o problema de as pessoas não devolverem os CDs é de fácil resolução: deixam lá o cartãozinho de estudante que só poderão reaver contra a devolução dos CDs e multas para atrasos.

    Mário Gamito
    Re:Comentario ao Comentario do BladeRunner (Pontos:1)
    por worker em 15-04-02 2:40 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Bom, como deves saber, o grupo de linux da universidade de aveiro não foi criado a pensar em todos os problemas que poderiam daí advir. De qualquer forma, tamném não foi criado a pensar na exclusão das pessoas ou numa maneira de aumentar o espaço já existente entre os diversos departamentos. Não estás cientes disto, mas é-nos muitas vezes pedida ajuda fora do nosso departamento e nós vamos aos sítios e fazemos o q eh preciso fazer.
    De qualquer forma, ao contrário do q disseste, o glua esta aberto a todos os que kiserem juntar-se. Agradecemos a ajuda e quantos mais, melhor.
    A recente falta de actividade deve-se a q todos os membros q realmente se dao ao trabalho de fazer alguma coisa estao atafulhados em trabalhos do 4o ano. Se queres ajudar, ou conheces quem keira, POR FAVOR fálo, mas não venhas dizer q nos auto-intitulamos e que não fazemos nada, pq tanto eu como os outros fomos convidados para fazer parte do grupo e o fazemos por gosto. Se nao fazemos mais é pq nao podemos. Passamos a maioria do tempo fora de aulas no gabinete para podermos ajudar e estamos em constantes lutas contra este tipo de coisas que nao trazem bem a ninguem.
    Os foruns no "foleiro PHP-nuke" que foi criado na altura do lançamento do grupo deram bastante trabalho e foi pena nao se poder ter seguido com eles, mas é impossivel perdermos diariamente 2 a 3 horas a corrigir trabalhos e responder perguntas sobre áreas que realmente também não nos interessavam. Esperamos aproveitar assim o pouco tempo que dispomos para melhorar a qualidade das respostas e serviços que prestamos ao linux. Quando houver gente disposta a ajudar, entao podemos apontar novamente para estas áreas.
    Acho que posso dizer duma maneira bastante confiante que nenhum de nohs quer saber das politicas envolvidas. Não é o nosso papel e eu pessoalmente acho que soh atrasa o acesso e contacto com as pessoas.
    Tenho realmente pena que tenhas tornado isto uma questao pessoal e que tenhas tratado um grupo que tanto se esforçou duma maneira tao vulgar.
    Claro que as coisas podiam funcionar melhor, podem sempre. Mas nao foi por falta de trabalho dos constituintes nem por questoes politicas adjacentes ao grupo. Sabes bem que se soubessemos que alunos/ou outros fora do DET iriam ter problemas em requisitar os cds, q nós pessoalmente o faríamos da mesma forma que no início: utilizavamos cópias pessoais das dist.
    O grupo de linux da universidade de aveiro serve a universidade e nao o departamento. Se não vimos nas páginas amarelas, desculpa, mas acho que nunca ninguém teve problemas em encontrar o sítio. Se duvidas, tenta perguntar num outro departamento a alguém que use o sistema operativo, se conhece o glua.
    Não insultes os membros por causa da política que isso não é justo. Sabes bem que a tua ajuda e participação é sempre benvinda, como membro do GLUA ou não. (não vais encontrar nomes associados ao grupo em papel timbrado, a nao ser talvez a do fundador do grupo que deu a cara à chefia, desta forma, o grupo não está definido por escrito a nível de membros, e eu na minha opiniao, dizer que se usas linux na universidade, és um membro, e membros entreajudam-se, não é nenhum exagero).

    Não sei que mais dizer, mas quando li isto, fiquei mesmo muito triste, pq o papel de nós todos devia ser fugir às politiquices e apostar mais no crescimento e expansao da comunidade. Assim nao leva a nada.
    Se achas que estamos a fazer um papel assim tao mau, por favor arranja solucoes e pessoas, que nohs bem tentamos, mas também não somos perfeitos.
    O que realmente é necessário agora, na nossa visao é sangue novo. Não temos publicitado com papeis nas paredes, mas todos os anos temos o cuidado de dar uma volta nos nossos caloiros e nos dos outros à procura de pessoal.
    Sao mesmo todos benvindos, e, podes nao saber isto, mas há membros que nem da universidade são mas que se propuseram a ajudar a universidade.

    Uma pequena correcção: o grupo de linux não foi criado pelo curso de Eng Electronica e Telecomunicacoes, mas por um curso que tinha na altura 2 anos, Eng Computadores e Telematica, e deves compreender que isso tornou a nossa tarefa ainda mais complicada por sermos os invasores num departamento que era maioritariamente "nao nosso". (o glua serve a universidade mas está sediado no DET e conta com o apoio financeiro do mesmo)

    Sempre que quiseres, és benvindo na nossa pequenina sala para discutir estes assuntos ou outros.

    Joao Girao
    (membro do GLUA)

    Re:Comentario ao Comentario do BladeRunner (Pontos:2)
    por Gamito em 15-04-02 7:06 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://gamito.freezope.org/
    Só um reparo: eu não disse que o GLUA foi pensado na exclusão de quem quer que fosse.

    O que eu disse foi que apesar da vossa evidente boa vontade, as coisas podiam ter sido mais bem feitas e que podia dar essa impressão.

    Sucessos...

    Mário Gamito
    Re:Comentario ao Comentario do BladeRunner (Pontos:1)
    por Hagar em 15-04-02 10:27 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Realmente, no inicio, pensamos que as coisas iriam correr de uma forma diferente. Esperavamos mais apoios por parte de algumas pessoas. As vezes não basta a vontade de correr pela camisola. O director do DET (Prof José Luís Oliveira) tem sido uma pessoa fantastica mas está preso aos constrangimentos de recursos que afectam todo o ensino superior.

    Tendo em conta o número de pessoas que somos, os apoios que temos e o tempo que temos, considero que muito ja foi feito.

    Quanto aos CDs: no principio emprestavamos os nossos CDs, pena a maioria das pessoas nao terem a responsabilidade necessária para devolver o CDs em tempo util. Passamos a pedir CDs virgens e a gravar os CDs em casa. Como o volume de distribuições pedidas aumentou, pedimos ao DET um gravador de CDs. Foi dito que sim, mas que entretanto os alunos poderiam ir ao armazem de componentes e requisitar as dist... Penso que a situação será breve.

    Se alguem estiver interessado em criar um projecto ligado ao Linux ou em fazer crescer o GLUA venham até cá, mandem EMAIL... Serão muito bem recebidos. O GLUA está a aberto a todos, sejam eles do DET, da UA ou de outro ponto qualquer do mundo.

    João Paulo Barraca
    (membro do GLUA)
    Re:Comentario ao Comentario do BladeRunner (Pontos:2)
    por Gamito em 15-04-02 13:24 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://gamito.freezope.org/
    "Se alguem estiver interessado em criar um projecto ligado ao Linux ou em fazer crescer o GLUA venham até cá, mandem EMAIL... Serão muito bem recebidos. O GLUA está a aberto a todos, sejam eles do DET, da UA ou de outro ponto qualquer do mundo."

    É óbvio que acredito na vossa boa-fé.
    A questão é a da velha mulher de César... não basta sê-lo, também é preciso parecê-lo.

    Portanto, esta abertura devia ter sido feita aprioristicamente e não depois do facto GLUA consumado, entendes ?
    É que senão, arriscam-se a ficar expostos ao mesmo problema do linux.pt e a perguntarem-vos quem vos passou carta de alforria para falarem em nome da comunidade do Campus, sem antes terem consultado essa mesma comunidade.
    E depois a terem que dizer que a política do Departamento isto e a boa vontade só aquilo. Essas coisas são ponderadas antes.
    Quanto a ajudar já não o vou poder fazer porque a minha vida já não passa pela UA e por isso mesmo só agora vos escrevo estas palavras.

    Mas tenho a certeza de que haverá (se quiserem procurar, não estejam só à espera que venham ter convosco) muita gente a querer colaborar.

    De qualquer modo, foi bom terem feito o GLUA. Começaram mal, mas ainda estão muito a tempo de arrepiar caminho.

    Mário Gamito

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]