gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Pedido desesperado
Contribuído por BladeRunner em 22-03-02 17:36
do departamento the-missing-tape
perguntas Viva!
Na edição de ontem (ou anteontem, não sei bem) do programa curtocircuito da SIC radical passou uma análise de 3 ou 4 minutos (segundo me disseram) ao startux.org do qual sou o founding father.
Como não vi e já contactei a produção do programa e a SIC e me responderam que é impossível enviarem-me uma cópia, perguntava aqui se alguém por acaso gravou esse programa e me poderia enviar uma cassette com ele.
Eu pago todas as despesas como é óbvio.
Se me puderem ajudar, podem mailar-me para gamito@aeiou.pt e agradeço desde já.
Obrigado.

"Lindows" ganha processo contra Microsoft | The Sims: O Jogo mais vendido da história  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • startux.org
  • gamito@aeiou.pt
  • Mais acerca perguntas
  • Também por BladeRunner
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Curto Circuito (Pontos:0, Informativo)
    por Anonimo Cobarde em 22-03-02 18:11 GMT (#1)
    Boas.

    O CC repete à noite, prai às 2 ou 3 da manhã, mas com um pequeno diff de 1 semana, não sei bem. Ou seja, o programa de hoje repete-se um dia destes à noite.

    É questão de ir vendo a programação, e de ir fazendo umas noites com a Tv on SicRadical. :-)

    @792, Nbk

    P.s. - Sócio nº 69 do clube de fãns da irina. :-) Lol...

    Re:Curto Circuito (Pontos:0, Esclarecedor)
    por Anonimo Cobarde em 23-03-02 20:43 GMT (#12)
    Boas.

    Ok. Confesso. Eu sou daqueles que até tem pena do sono dos outros.

    Sic Radical:
    http://wms.tvcabo.pt/sic_radical

    ASFRecorder:
    http://freshmeat.net/projects/asfrecorder/

    @899, Nbk

    Repetições (Pontos:1)
    por dammad em 22-03-02 18:30 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    As edições do curto circuito costumam ser repetidas nos dias seguintes de manhã e à noite (aos fins de semana acho que as repetições só dão de madrugada).
    O melhor é consultar a programação da SIC Radical na pagina da TVCabo.
    Espero que tenha ajudado :)
    Repetições.... (Pontos:1)
    por Ludos em 22-03-02 19:08 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Se foi de ante-ontem hoje, i.e. esta madrugada ás 2am dão a repetição de 4ª feira ( acho eu ) ás 2am de domingo dão a repetição do programa de 5ª feira, e ás 2am de segunda dão a repetição de sexta e assim sucessivamente... Julgo estar correcto, agora ja sabes ás 2am poes-te a gramar o programa aguentas até ás 5am a ver se realmente foi no programa X que eles fizeram referencia ao startux.org :P
    --------
    leech to live !
    acho que já não dá (Pontos:3, Informativo)
    por MavicX em 22-03-02 20:03 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    O episodio do CC 238 que foi o que eu vi onde apareceu o startux, hoje de manha repetição de quarta feira em directo, de acordo com a programação já não vai dar, o de hoje á noite (5 da manha) é o episodio 236. Podes ver a programação em http://programas.siconline.pt/radical/radical_programacao_default.asp?dia=6

    Pedro Esteves

    Novo Tópico (Pontos:0, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 23-03-02 1:52 GMT (#5)
    Que tal criar o novo tópico "Artigos AutoAprovados Pelo Bladerunner" ? É que de "perguntas" este artigo nao tem nada..Quanto muito "televisao". E é de facto uma noticia deveras interessante. Não havia nada de mais interessante para aprovar ? Se este artigo fosse proposto pelo Ze Ninguem que viu o site na tv, seria aprovado ? fica a questao no ar...
    Vanitas vanitatum omnia vanitas (Pontos:5, Interessante)
    por js em 23-03-02 3:11 GMT (#6)
    (Utilizador Info)

    Pois, é capaz de ser polémico, mas eu classifico este artigo como SPAM. Ocorre-me traduzir muito livremente (e algo despropositadamente) uma fantástica frase do John Fitzgerald Kennedy: "Não pergunteis o que é que o Gildot pode fazer por vós; perguntai o que é que podeis fazer pelo Gildot."

    Já agora, apesar de não ter (quase) nada a ver, fica o discurso como referência: Inaugural Address, President John F. Kennedy

    Re:Vanitas vanitatum omnia vanitas (Pontos:1)
    por Xf em 23-03-02 14:12 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Pergunta: Não pergunteis o que é que o LINUX pode fazer por vós; perguntai o que é que podeis fazer pelo LINUX."
    Resposta: Startux.org!´
    E tu, o que é que já fizeste pelo Gildot ou pelo Linux?

    PS-Parabéns ao Mário Gamito pelo reconhecimento do seu (e dos outros que fazem parte da equipa) trabalho meritório


    Shake dreams from your hair my pretty child, my sweet one...
    Re:Vanitas vanitatum omnia vanitas (Pontos:2, Interessante)
    por js em 23-03-02 17:19 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    "Pergunta: Não pergunteis o que é que o LINUX pode fazer por vós; perguntai o que é que podeis fazer pelo LINUX."
    Resposta: Startux.org!´
    E tu, o que é que já fizeste pelo Gildot ou pelo Linux?"

    E tu, porque é que esperas que eu *te* responda a essa pergunta?

    "PS-Parabéns ao Mário Gamito pelo reconhecimento do seu (e dos outros que fazem parte da equipa) trabalho meritório"

    Parabéns pelo trabalho meritório, concerteza, mas não me arrogo estar habilitado para os apresentar, pois não conheço o trabalho em causa. Quanto aos parabéns pelo reconhecimento, sou mais cauteloso. Eu já me habituei há muito a ter cuidado quando dou cumprimentos pelo reconhecimento, pois esse cumprimento é antes de mais para quem reconhece, e não para quem é reconhecido. Eu não tenho nenhuma razão especial para elevar a equipa da SIC Radical/CC à categoria de especialista emérita na área da Internet -- uma espécie de "Academia Sueca" da coisa. Mas reconheço a minha ignorância acerca das habilitações deles e do trabalho que dedicam ao estudo das coisas de que vão falar na TV. Tu tens informações concretas, ou estás apenas a cair na armadilha de considerar que "como aparece na TV é porque é importante"?

    Em todo o caso, convém que eu não perca de vista o foco desta questão, e ele é o seguinte: Eu não considero que uma coisa tão pouco importante como a perda de um programa de TV que *me* interessa pessoalmente *me* dê o direito de usar o meu *poder* como editor do Gildot para escrever esse *meu* problema nos ecrans de todos os visitantes do Gildot. É por isso que classifico a coisa de SPAM. Ou mais exactamente, para que a discussão não derive para questões semânticas estéreis, classifico-a de abuso de poder. Tens uma opinião diferente?

    Re:Vanitas vanitatum omnia vanitas (Pontos:1)
    por Xf em 25-03-02 0:44 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Tenho tanta legitimitade para esperar que me respondas como tu tens para esperar que eu responda à tua do comentário anterior...além de que era mais para reflectir(es) que o editor e autor do post é alguém que fez/faz algo pela comunidade *nix.

    Em relação ao segundo ponto, nem tenho informações concretas nem considero que por aparecer na TV é importante. Acho é que visibilidade é sempre bemvinda, seja para que projecto for. Além disso, essa exposição origina "good-will" junto do público do CC relativamente ao startux em particular mas sobretudo relativamente ao Linux em geral. O que é sempre bom, dada a "intoxicação" de contra-informação que empresas como por exemplo a MS fomenta nesse mesmo segmento.

    Quanto ao c(H)erne da questão, que como tu dizes, e bem, convém não perder de vista, discordo, e foi esse ponto de vista que eu tentei defender no meu post inicial: sou a favor da flexibilidade das regras, isto é, não acho que deva existir uma regra que proíba este tipo de comportamentos. A meu ver, os editores devem ser conscientes e ter a noção daquilo que implica o estatuto de editores de um site como o Gildot. No entanto, considero que possa/deva haver um pouco de "fechar os olhos" ao incumprimento desse dito "comportamento politicamente correcto" quando alguém precisa de ajuda (a título pessoal) e recorre a esse estatuto para tentar obtê-la, mais ainda quando esse alguém não se coíbe de ajudar as mesmas pessoas a quem pede ajuda, quando estas o fazem (e correndo o risco de estar enganado, julgo ter sido ele que aqui à uns tempos admitiu que ser editor deo Gildot lhe trazia alguns amargos de boca - não posso precisar porque já não me recordo ao certo e agora não tenho tempo para ir verificar)

    PS- sorry pela demora a responder ;-)

    Shake dreams from your hair my pretty child, my sweet one...
    Re:Vanitas vanitatum omnia vanitas (Pontos:1)
    por js em 25-03-02 17:16 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    "Tenho tanta legitimitade para esperar que me respondas como tu tens para esperar que eu responda à tua do comentário anterior..."

    Exactamente! Nenhuma! Ainda bem que estamos de acordo. Ainda bem que a minha atitude deliberadamente mal educada de te responder com uma pergunta feita à bruta serviu para que entendesses que a tua pergunta inicial foi despropositada.

    " além de que era mais para reflectir(es) que o editor e autor do post é alguém que fez/faz algo pela comunidade *nix "

    Isso não é lá muito relevante. Se eu for atropelado numa passadeira, não quero saber se o condutor deu passagem aos peões na passadeira anterior, ou se até saiu do carro para ajudar, ou se até oferece cadeiras de rodas aos lares da terceira idade. O meu problema não é querer saber a vida toda do homem. O meu problema é estar numa passadeira e ser atropelado.

    É de esperar que as infracções anteriores agravem as novas, mas não é de esperar que os bons comportamentos anteriores sirvam de "capital" que pode ser gasto a fazer coisas indevidas. Pensa um bocado nisso, e pensa um bocado em como seria mau se fosse doutra maneira.

    Tal como não é preciso saber a vida toda do condutor para decidir da sua culpa naquele atropelamento, também não é preciso ser um santo para ter direito a atravessar na passadeira sem ser atropelado. A atitude de ignorar a substância da crítica e atacar quem criticou é típica, e das duas uma: Ou é uma atitude irreftectida e deve ser pedagogicamente corrigida, ou é uma tentativa maliciosa de desviar a conversa para tentar driblar a crítica e pôr o crítico à defesa e deve ser vigorosmente denunciada.

    Não é demais insistir nisto, portanto dou outro exemplo. Imagina que o gajo que foi atropelado na passadeira escreve uma queixa num papel e leva o papel à polícia. Assim que lá chega, a polícia olha para o papel, refila com a côr da tinta, diz que devia estar escrito à máquina, refila porque o gajo está despenteado, goza com os ténis dele, enfim, faz tudo menos ler a porcaria do papel. Acharias isso bonito?

    " Quanto ao c(H)erne da questão, que como tu dizes, e bem, convém não perder de vista, discordo, e foi esse ponto de vista que eu tentei defender no meu post inicial: sou a favor da flexibilidade das regras, isto é, não acho que deva existir uma regra que proíba este tipo de comportamentos. A meu ver, os editores devem ser conscientes e ter a noção daquilo que implica o estatuto de editores de um site como o Gildot. No entanto, considero que possa/deva haver um pouco de "fechar os olhos" ao incumprimento desse dito "comportamento politicamente correcto" quando alguém precisa de ajuda (a título pessoal) e recorre a esse estatuto para tentar obtê-la, mais ainda quando esse alguém não se coíbe de ajudar as mesmas pessoas a quem pede ajuda, quando estas o fazem (e correndo o risco de estar enganado, julgo ter sido ele que aqui à uns tempos admitiu que ser editor deo Gildot lhe trazia alguns amargos de boca - não posso precisar porque já não me recordo ao certo e agora não tenho tempo para ir verificar)"

    Eu também não defendo que deva haver uma regra rígida a dizer o que é que se deve publicar. Neste caso, limitei-me a dizer que considero *este* artigo despropositado. Se quiseres, podes pensar que se calhar haviam (não sei se é o caso mas costumam haver) outros artigos, que podiam ter sido publicados mas não foram. O espaço para publicar coisas não é infinito, e para entrar umas saem outras. Um editor deve ter presente que cada vez que publica um artigo está a pôr outros de fora. Ou seja, está a ser uma espécie de "juiz" que decide quais são os artigos que merecem ser publicados. Quando os artigos são do interesse do próprio editor, seria bom que ele tivesse presente que ninguém é bom juiz em causa própria. Ou seja, nenhum editor é competente para avaliar qual de dois artigos é mais importante para a comunidade quando um deles é importante para o próprio.

    Neste caso, na minha opinião, o BladeRunner errou nesse juízo impossível que teve a imprudência de se arriscar a fazer, e se não havia mais nada para aprovar tinha feito melhor em não publicar aquilo, que no mínimo tem o defeito de empurrar os outros artigos para baixo. Tens outra opinião, tudo bem, tens direito a ela. Mas não me espantava se os autores doutros artigos, que ainda não foram publicados, e que vêm que é publicado "isto" em vez da coisa que tiveram a generosidade de escrever, discordassem bastante de ti.

    Re:Vanitas vanitatum omnia vanitas (Pontos:2)
    por Gamito em 23-03-02 14:28 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://gamito.freezope.org/
    Viva js e o AC de cima!

    O Mario Gamito que escreveu este SPAM, foi o mesmo que aprovou o SPAM do nosso amigo que pediu ajuda para instalar na sua escola uma intranet com software livre e colocou o seu e-mail a disposiçao para ajudar e e' o mesmo Mario Gamito que ja tem aprovado pedidos de ajuda a outras pessoas neste mesmo local.

    Fica bem :-)

    Mário Gamito
    Re:Vanitas vanitatum omnia vanitas (Pontos:1)
    por js em 23-03-02 16:35 GMT (#9)
    (Utilizador Info)

    Precisamente, eu não falei desses casos. Porque é que os referes? Eu preferia não ficar na situação de ter que me interrogar se esses casos que referes tinham alguma factura implícita -- pois eu, na minha cegueira, não vejo outra razão para que os refiras.

    Enfim, isto é o Gildot e tem a importância do Gildot. Não é necessário fazer da coisa um caso de vida ou morte.

    Re:Vanitas vanitatum omnia vanitas (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Gamito em 23-03-02 18:02 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://gamito.freezope.org/
    Claro que nao.
    A minha politica e' sempre: o que e' que podemos fazer uns pelos outros.


    Mário Gamito
    Re:Vanitas vanitatum omnia vanitas (Pontos:0, Engraçado)
    por Anonimo Cobarde em 24-03-02 12:33 GMT (#13)
    Gamito,
    Já tás no CEU!!! Agora já podes agir naturalmente, a Madre Teresa à tua beira não é nada...

    AVé! Avé! Avé Gamito!
    Re:Vanitas vanitatum omnia vanitas (Pontos:0, Engraçado)
    por Anonimo Cobarde em 24-03-02 23:01 GMT (#15)
    Clap, clap...
    ps: Eu tb perdi o meu cão no outro dia... posso postar aqui a foto dele ? ;-)

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]