gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Intel C++ vs. GCC vs. Visual C++
Contribuído por AsHeS em 11-02-02 23:34
do departamento compiladores
Intel CrLf escreve "Este artigo (fonte: linuxtoday) compara a performance do gcc (2.95) e do Visual C++ contra o Intel C++, os resultados indicam aumentos de performance significativos (35% em Windows e 47% em Linux).
Curiosamente os meus resultados gcc vs. Intel C++ dão resultados diferentes pondo o gcc (neste caso 2.96 do RedHat 7.2) par a par com o Intel C++, tendo este último gerado um POV-Ray ligeiramente mais lento mesmo quando optimizado para o meu processador (PIII 450) e com vectorização. Em velocidade de compilação aí sim, em C++ o Intel C++ é muitíssimo mais rápido (em C nem por isso). "

Newsletter da DECO | Quão mais seguro seria o mundo se as passwds tivessem 18770 chars  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Red Hat
  • Intel
  • CrLf
  • artigo
  • linuxtoday
  • POV-Ray
  • Mais acerca Intel
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Questionar a relevância (Pontos:2, Interessante)
    por henrique em 12-02-02 0:07 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Nos anos 80, limitados que estávamos a processadores de humildes prestações, eram muito comuns medições comparativas de desempenho entre compiladores. À medida que os processadores se foram tornando mais rápidos, tais comparações foram tornando-se menos frequentes. Em especial no Windows, os compiladores passaram a fazer parte integrante de um IDE, e aqui pesava bem mais a rapidez com que o IDE permitia o desenvolvimento, do que os décimos de segundo a mais ou a menos que o executável final demorava.

    Neste comparativo, tal como em muitas outras ocasiões, é ignorado aquele que, desde há alguns anos, é o melhor IDE para desenvolvimento em C++ existente em qualquer sistema operativo. É uma ferramenta de desenvolvimento magnífica a todos os níveis, que só não tem uma quota de mercado maior em Windows fruto do nosso velho e bem conhecido espírito de manada (que neste caso aponta para o MS VC++). Possibilidades há que a Borland faça uma versão para Linux...

    Re:Questionar a relevância (Pontos:2)
    por cao_negro em 12-02-02 11:05 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Está aqui  C++ Builder 6 goals

    The goals for C++ Builder 6 are:

    • Increase the speed of C++ development.
    • Improve Project Management in the IDE.
    • Start down the cross-platform path with easy migration to our forthcoming C++ product for Linux.
    • Increase compliance with the ANSI C++ standard.
    • Provide e-business and internet development, with rapid web server and web services development.
    O artigo completo pode ser lido aqui

    Re:Questionar a relevância (Pontos:2)
    por MavicX em 12-02-02 11:52 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    " Create cross-platform-ready solutions for currently planned Borland C++ products for the Linux® platform with CLX™ "

    Fixe ainda não tinha exprimentado o C++ Builder mas quando sair o Trial da versão 6 ver se exprimento.

    Pedro Esteves

    Re:Questionar a relevância (Pontos:2)
    por raxx7 em 12-02-02 18:08 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://raxx7.no.sapo.pt/
    O artigo refere-se à performance do código gerado pelos compiladores, não do tempo que eles levam a compilar.
    Já agora, o ICC não está associado a nenhum IDE segundo sei, se bem que possa ser utilizado no Visual C++ em vez do compilador da Microsoft.

    Remember to be the Killer, not the Victim! (Nuklear Girl)
    Re:mais uma análise rasca7 (Pontos:2)
    por raxx7 em 12-02-02 20:30 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://raxx7.no.sapo.pt/
    Oh... ainda recebo emails à conta disso. Não ligues que eu também não.

    Remember to be the Killer, not the Victim! (Nuklear Girl)
    Mais um AC a precisar de educação (Pontos:2)
    por raxx7 em 12-02-02 20:47 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://raxx7.no.sapo.pt/
    Em especial no Windows, os compiladores passaram a fazer parte integrante de um IDE, e aqui pesava bem mais a rapidez com que o IDE permitia o desenvolvimento, do que os décimos de segundo a mais ou a menos que o executável final demorava.

    Quando o henrique se referiu a IDEs e ao associar a performace dos compiladores aos IDEs, a conclusão que tirei foi a de que se estava a referir à velocidade da compilação, parte do tempo de desenvolvimento. Não é que ele não tenha razão. Só achei que ele devia ter explicitado que se estava a referir apenas a isso, quando a parte mais importante do artigo é, obviamente, a performance do código gerado pelos compiladores.
    Se ele se estivesse a referir à performance do código gerado pelo compilador o post dele não faria sentido nenhum:

  • A qualidade dos compiladores disponiveis é importante e uma fonte de competição (a exemplo, a Sun conseguiu recentemente um aumento de performance tal que a primeira coisa que se disse foi: isto não pode funcionar bem. Mas parece que funciona).
  • Comparações entre a performance do código gerado pelos compiladores são frequentes.
  • Os IDEs não têm nada a ver com essa conversa.

    Remember to be the Killer, not the Victim! (Nuklear Girl)
  • Re:Povray C++? (Pontos:2)
    por CrLf em 13-02-02 0:49 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    Uma vez que o C é um subset do C++, estar optimizado para C++ é estar optimizado para C. Mas penso que o nível de optimização é o mesmo para os dois (tal como para FORTRAN cujo compilador apesar de ser separado tem as mesmas optimizações).

    O povray é C.

    -- Carlos Rodrigues

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]