gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Dinheiro Publico,Codigo Privado
Contribuído por AsHeS em 16-01-02 22:25
do departamento private-code-?
Web leitao escreve "A Salon publicou um artigo que tem provado ser muito controverso: a prática das Universidades Norte-Americanas de comercializar os resultados de investigação científica que foram pagos com fundos publicos. O artigo começa com uma visão algo (na minha opinião) perturbada do actual responsável pela propriedade intelectual da Universidade de Berkeley (Bill Hoskins), em que este diz que se o TCP/IP tivesse sido criado hoje em dia a UCB não teria licenciado o código de uma forma grátis, mas sim teria-a aproveitado de uma forma comercial."

LaTeX, XML e afins | Kernel 2.5.2  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Salon
  • artigo
  • controverso
  • Mais acerca Web
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Controverso? (Pontos:2)
    por Strange em 17-01-02 0:05 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    Nem me parece que seja controverso, os comentários que vi eram todos do contra... :)

    Afinal, quem no seu perfeito juízo gostaria de andar a subsidiar uma empresa sem receber nada de volta? É o que acontece se os nossos impostos serem usados para financiar r&d cujos frutos não sejam públicos...

    hugs
    Strange

    perdoai-os ... e' da mentalidade 'Money Oriented' (Pontos:2)
    por psm em 17-01-02 0:30 GMT (#2)
    (Utilizador Info)

    Esse comportamento desviatorio esta' intimamente relacionado com a mentalidade 'money oriented' que impera nas Universidades Americanas ... quando se ouve um Professor americano (com quem trabalhei) a vangloriar-se diariamente perante os colegas que tem um projecto de 5 million dollars, a noticia do artigo nao me pode chocar :) ... la' e' realmente vital ter lucro ... em Portugal ainda estamos a acordar para a realidade das Universidades-Empresa - o caminho logico em paises ditos desenvolvidos ... mas por enquanto continuamos sob efeito anestesico "socialista" e tolerante (olha as flames!) que tolera buracos financeiros no "Instituto Superior Tecnico" ... hehehe e' um pais "faz de conta" :]


    Re:perdoai-os ... e' da mentalidade 'Money Oriente (Pontos:2)
    por Strange em 17-01-02 0:48 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    "a realidade das Universidades-Empresa - o caminho logico em paises ditos desenvolvidos"

    Não concordo com isso, pois como contra exemplo temos os próprios estados unidos na altura em que o BSD e os pré-Ciscos foram desenvolvidos e as universidades não podiam ganhar com isso. Ainda penso que a grande vantagem tecnológica que tinham há uns anos era devido a essa abertura da pesquisa e desenvolvimento nas universidades.

    hugs
    Strange

    Re:perdoai-os ... e' da mentalidade 'Money Oriente (Pontos:3, Interessante)
    por TarHai em 17-01-02 3:27 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.dilbert.com
    Ca em Portugal (e creio eu na europa) quem faz investigacao com bolsas de doutoramento ou pos doutoramento, seja ca ou no estrangeiro, nao tem a minima obrigacao para com a fundacao de ciencia e tecnologia no que respeita a patentes, lucros e aplicabilidade comercial dos projectos desenvolvidos.

    Regra geral, as instituicoes so aceitam alguem para desenvolver um projecto mediante a assinatura de um contrato de cedencia de propriedade intelectual. Em biologia isso implica que todos os registos escritos (cadernos de lab, relatorios, ficheiros de computador) sejam propriedade da instituicao.

    Isto funciona a favor da instituicao e do investigador, ja que significa prestigio, dinheiro de projectos e eventualmente dinheiro de patentes.

    O mundo da investigacao esta cada vez mais competitivo. E cada vez mais caro e e cada vez mais complexo. Se a algumas decadas publicar pouco mas de qualidade era suficiente, hoje e cada vez mais dificil. Isto nao e fatalista, e simplesmente evolucao e crescimento. Produzir resultados depressa e de qualidade requer um grande investimento, e faz financiadores e universidades pensar duas vezes antes de deitar fora uma oportunidade de "lucro".

    O assunto de patentes, defesa de patentes e lucros das patentes e extremamente complexo. Poucas instituicoes tem capital para defender patentes e ainda menos instituicoes conseguem ter lucros com elas. Defender uma patente contra uma biotech como a Merk so esta acessivel a grandes instituicoes. Os pequenos, ou fazem do dominio publico, ou tem de as vender o mais depressa possivel a uma grande companhia antes que os roubem.

    Ummm... "Projectos de XXXXX Million Dollars" parece-me uma expressao usada para se referir a "grants" recebidas (provavelmente uma altamente desejavel e luxuriante grant do NIH, que permitem a investigaddores universitarios competir com empresas grandes) e nao a previsoes de lucros.


    ---
    É o futuro da universidade portuguesa (Pontos:4, Informativo)
    por jneves em 17-01-02 9:55 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://silvaneves.org/
    A mentalidade "Money Oriented" é o futuro da universidade portuguesa. Vejamos:

    - Alunos estão (e vão continuar) a diminuir em número.
    - O estado paga às universidades por um rácio que depende do número de alunos.
    - Portanto o financiamento estatal às universidades vai reduzir.
    - Professores que não podem ser despedidos.
    - Estado define a carreira docente e o salário dos professores.
    - Portanto a maior parte dos custos vai manter-se e pode até aumentar devido a pressão dos professores universitários.
    - Conclusão: a universidade vai ter arranjar novas formas de se financiar.

    O interessante é o como... Os projectos de investigação em Portugal são uma brincadeira que beneficiam, quando muito, as empresas que propõem projectos europeus. Neste país desenvolve-se tecnologia de ponta sem se dar ao trabalho de educar uma indústria que, na maior parte dos casos, está 20 ou 30 anos atrás em termos tecnológicos.
    Re:É o futuro da universidade portuguesa (Pontos:2)
    por TarHai em 17-01-02 11:44 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.dilbert.com
    Ainda assim, na area das telecomunicacoes parece que a situacao nao e tao atrazada como nos outros casos.

    Existe um numero respeitavel de startups nesse sector lideradas por estuudantes de universidades (pelo menos foi o que o presidente da FCT disse). O caso da biotech e que e inexistente.

    Isto pode ser avaliado pelo numero de estudantes de doutoramento inscritos nas univs. Em telecoms existe algo semelhante a pleno emprego, logo nao existem muitos doutorandos inscitos. O mesmo nao se pode dizer das areas de ciencias da vida, onde o numero de doutorandos e uma fatia significativa dos licenciados.

    ---
    PTnet ! (Pontos:1, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 17-01-02 20:16 GMT (#8)
    A mim faz lembrar a PTnet (RCCN, FCCN, whatever...) com o código todo ripado da dalnet ao abrigo do GNU/GPL que não é disponibilizado como deveria ser. Escondido fortemente a sete chaves (já parece software da M$).
    Como podem ver não é preciso ir para tão longe. Em Portugal isso já existe há muitos anos :-)

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]