gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Como lidar com os attachments em Word
Contribuído por BladeRunner em 11-01-02 23:01
do departamento richard-stallman
GNU fog escreve "Na sua mais recente cronica, Richard Stallman, debruça-se sobre a enorme praga que todos nós passamos, (pelo menos aqueles que só têm um Sistema Operativo instalado no computador e que por acaso não é nem o da Micro$oft nem o da Apple), o de receber por mail attachments, de documentos em formato secreto. Neste artigo são ainda sugeridos alguns exemplos de como lidar com esta situação. "

Web hosting em Portugal? | Liberalizacao da PT -- analise do FT.  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Apple
  • fog
  • cronica
  • Mais acerca GNU
  • Também por BladeRunner
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Santa Inocencia. (Pontos:2, Engraçado)
    por leitao em 12-01-02 0:02 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://linuxfreesite.com/~nunoleitao/

    1 - Quando o teu patrao te pedir as "timesheets" em Microsoft Excel respondes: ?

    • lamento, mas nao uso software proprietario -- nao pode ser antes em HTML ?
    • Excel ?!? Bohf! Levas com um CSV editado em vi e ja' vais com sorte!
    • Crias um scr1pt em Perl que gera a timesheet aleatoriamente atraves da Web, e das o URL 'a senhora da contabilidade para ela ir la' todas as semanas e converter aquilo para Excel

    2 - Estas a trabalhar num projecto para um cliente. Este pede um "progress report" para o mes currente em formato Word, o que fazes: ?

    • dd if=/dev/random bs=1024 count=16 | mail -s "Relatorio" boss@cliente.com e quando ele nao conseguir abrir dizes que o PC dele esta' avariado
    • Respondes "Word nao pode ser, e que tal LaTeX ?"
    • Ignoras o pedido e colas um sticker de "Designed for WindowsXP" na tampa da sanita do escritorio dele

    O Richard Stalman devia escrever um livro com o titulo How to loose your job in 21 days!. Isto na realidade e' uma conspiracao dele para ficar com o mercado de freelancer so' para ele ;-)


    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias

    Qual é a espiga? (Pontos:3, Informativo)
    por Astrónomo em 12-01-02 1:12 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Quando o teu patrao te pedir as "timesheets" em Microsoft Excel respondes: ?
    Simples. Faço-as no StarOffice e gravo-as em formato Excel.
    Estas a trabalhar num projecto para um cliente. Este pede um "progress report" para o mes currente em formato Word, o que fazes?
    Simples. Escrevo-o no StarOffice e gravo-o em formato Word.

    Acho incrível como é que existe um software tão potente como o StarOffice e ainda tanta gente o ignora e julga que não há alternativa ao MS Office.
    Na minha empresa, há muito que se utiliza StarOffice em Windows. E quando alguém de fora pretende um documento em formato Word, e o filtro de Word do Star Writer desformata um pouco o documento, transforma-se em PDF. Simples, e universalmente lido.

    Re:Santa Inocencia. (Pontos:2, Interessante)
    por slug em 12-01-02 2:15 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    este forum (gildot) existe porque há um formato aberto e (supostamente) compativel entre os vários SO para troca de informação. se tal não acontecesse provavelmente a net não existiria tal como ela é hoje. nem penso em falar em tcp/ip e noutras coisas mais básicas como tomadas de rede ou de electricidade :)

    já viste se eu te oferecesse um leitor de CD com ficha 220V Microsoft e tu só tinhas tomadas da Apple ? ;)

    infelizmente tenho de concordar nalguns aspectos com o Sr. Stallman, e já tenho por diversas vezes respondido a emails que me interessam com anexos em formatos proprietários da MS, a pedir uma cópia em PDF ou ASCII. até agora ainda ninguém se negou a faze-lo...é chato é quando enviam SÓ o anexo de várias dezenas de kB apenas com a mensagem inserida de 2 ou 3 linhas!!

    Re:Santa Inocencia. (Pontos:1)
    por leitao em 12-01-02 4:35 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://linuxfreesite.com/~nunoleitao/

        Sim, sem duvida. Mas o que te esqueces e' que hoje em dia *o* formato standard para trocar documentos entre empresas *e'* o Microsoft Word -- isto quer a gente goste, quer nao.

        Regards,

    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias
    Formato[s] "standard" para tornar a vida colorida (Pontos:4, Interessante)
    por jmce em 12-01-02 11:50 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://jmce.artenumerica.org/
    Com prejuízos técnicos para as próprias empresas, qualquer que seja a posição "ideológica" delas face ao software e aos formatos. Começando pelo formato "standard" que bolas, devem tem outra versão na empresa da frente ou na sala do lado e aqui não se vê nada que porcaria de fontes é que eles usaram livra não se consegue ver a tabela, que treta o computador ficou pendurado. E acabando em precisamos do anti-vírus novo, que o relatório do Antunes deve ter-me infectado isto tudo. Nem sempre o outro lado é autista nesta questão. Não é essencial ajudar a consolidar a asneira colectiva. Já para não falar dos outros formatos "standard" para trocar mensagens: HTML para dizer "olá, como estás", Excel para mandar qualquer coisa com números e figuras, PowerPoint para combinar almoços. Belos formatos standard para poupar tempo a quem produz e consome os documentos e poupar largura da banda. Especialmente para as empresas ligadas ao mundo por 64kbits/s.
    Re:Formato[s] "standard" para tornar a vida colori (Pontos:2, Esclarecedor)
    por Dehumanizer em 12-01-02 20:32 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Pequeno aviso à moderação:

    Não confundir "despropositado" com "não concordo!"

    "Despropositado" é "isto não tem nada a ver com esta história" ou "isto não era aqui chamado". Não é o caso - o Leitão deu apenas uma opinião, com a qual eu NÃO concordo em nada, mas TEM a ver com a questão, não é "lança-chamas", e por isso nunca deveria ter sido moderada para baixo.

    Este meu post, sim, pode ser. :) Mas senti que era preciso alguém dizer isto...


    "Prepare to be seduced by my Psycho-Power!"
    - M. Bison, Street Fighter Alpha 3
    Re:Formato[s] "standard" para tornar a vida colori (Pontos:2)
    por mlopes em 13-01-02 16:17 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    Por acaso acho que já fazia falta alguêm dizer isto, já por diversas vezes reparei que o pessoal tem tendencia a moderar para baixo, bons comentários, com os quais discordam.
    $#%$#%#$ (Pontos:1)
    por higuita em 14-01-02 4:26 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://raff.fe.up.pt/~eq92025/
    merda, enganei-me a subir a moderacao, acabei por baixar mais... 8(
    pelo menos com este post posso desfazer a minha asneira, mas nao posso ajudar a corrigir a situacao
    Higuita
    Re:Santa Inocencia. (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 12-01-02 20:26 GMT (#11)
    (Utilizador Info)

    1 - Quando o teu patrao te pedir as "timesheets" em Microsoft Excel respondes: ?

    Ainda bem que o meu patrão tem miolos suficientes para não pedir tal coisa. :) Se não tivesse, era só mudar de patrão. :)

    2 - Estas a trabalhar num projecto para um cliente. Este pede um "progress report" para o mes currente em formato Word, o que fazes: ?

    A primeira resposta mantém-se. :) Se tiver paciência, envio o progress report em RTF e digo "não se preocupe, o Word abre isso, e tem a vantagem de que não pode ter vírus".

    O Richard Stalman devia escrever um livro com o titulo How to loose your job in 21 days

    "Loose" é soltar. Acho que queres dizer "lose", perder. Considera isto um elogio, não perco tempo a corrigir quem dá erros regularmente. :)

    De qq maneira, há "jobs" e "jobs". Ou trabalhamos para um atrasado mental a fazer algo de que não gostamos, unicamente pela transferência bancária do fim do mês, ou trabalhamos a fazer uma coisa em que acreditamos, que nos satisfaz profissionalmente, para um chefe cuja competência respeitamos. O ordenado é um bónus. :)


    "Prepare to be seduced by my Psycho-Power!"
    - M. Bison, Street Fighter Alpha 3

    Re:Santa Inocencia. (Pontos:1)
    por leitao em 12-01-02 23:51 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://linuxfreesite.com/~nunoleitao/
    "Loose" é soltar. Acho que queres dizer "lose", perder. Considera isto um elogio, não perco tempo a corrigir quem dá erros regularmente. :)

    Bem visto -- um "o" a mais, mas nao tenho tempo para reler tudo o que escrevo antes de fazer submit :). Mas ja' agora, "loose" nao e' bem soltar -- soltar (ou largar) em geral e' "release", "loose" aplica-se quando queres dizer, por exemplo, "loose that screw".

    De qq maneira, há "jobs" e "jobs". Ou trabalhamos para um atrasado mental a fazer algo de que não gostamos, unicamente pela transferência bancária do fim do mês, ou trabalhamos a fazer uma coisa em que acreditamos, que nos satisfaz profissionalmente, para um chefe cuja competência respeitamos.

    Um patrao nao tem que ser tecnicamente competente para o respeitares -- trabalhei para "patroes" que tecnicamente eram Deus (ou assim se viam) e no entanto nao tinha respeito por eles. Nao sei se tambem ja' pensaste que algumas pessoas sentem-se satisfeitas quando no dia a dia usam ferramentas da Microsoft (Word e afins), e podem ser igualmente competentes. A competencia nao e' dominio exclusivo de um grupo de pessoas que usa um conjunto particular de ferramentas.

    He who hasn't hacked assembly language as a youth has no heart. He who does as an adult has no brain. (John Moore)

    Regards,


    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias

    Re:Santa Inocencia. (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 13-01-02 0:06 GMT (#14)
    (Utilizador Info)

    Um patrao nao tem que ser tecnicamente competente para o respeitares -- trabalhei para "patroes" que tecnicamente eram Deus (ou assim se viam) e no entanto nao tinha respeito por eles. Nao sei se tambem ja' pensaste que algumas pessoas sentem-se satisfeitas quando no dia a dia usam ferramentas da Microsoft (Word e afins), e podem ser igualmente competentes. A competencia nao e' dominio exclusivo de um grupo de pessoas que usa um conjunto particular de ferramentas.

    Tens razão, mas eu não disse "tecnicamente competente", disse "competente". Um tipo que me exija um documento em Word, que se recuse a receber/abrir um .txt, .rtf, .pdf, .html, etc. porque não é o "standard" (ou, mais provavelmente, porque ele nem sabe que texto pode não ser feito em Word) é um idiota. (claro que há formas bem mais graves de se ser um idiota.) Felizmente, não tenho actualmente de lidar com esse tipo de gente. Já tive...

    Se calhar não me estou a explicar muito bem... O que quero dizer é que não tenho problemas em que o meu chefe (ou colega, ou o que quer que seja) use Windows e Word, mas tenho problemas se ele me quiser forçar a usar. Se me enviarem um .doc que eu veja que é importante, eu abro (kword ou abiword), mas acho mal ter de o fazer (se me enviassem um texto ditado em mp3 e eu não tivesse uma placa de som, tinha de a ir comprar?), e evito ao máximo criá-los eu próprio.

    Open standards are our friends.

    He who hasn't hacked assembly language as a youth has no heart. He who does as an adult has no brain.

    Por acaso conheço essa frase, mas em relação a ser de esquerda e ser de direita. Ou a ser idealista e ser pragmatista. E não concordo, é claro.


    "Prepare to be seduced by my Psycho-Power!"
    - M. Bison, Street Fighter Alpha 3

    Re:Santa Inocencia. (Pontos:2)
    por leitao em 13-01-02 2:55 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://linuxfreesite.com/~nunoleitao/
    Tens razão, mas eu não disse "tecnicamente competente", disse "competente". Um tipo que me exija um documento em Word, que se recuse a receber/abrir um .txt, .rtf, .pdf, .html, etc. porque não é o "standard" (ou, mais provavelmente, porque ele nem sabe que texto pode não ser feito em Word) é um idiota.

    Ok -- acabas de dizer que alguem que queira receber um documento em Word e nao aceita outro formato e' um idiota... hummm... vou-te dar um contra exemplo: na minha empresa o formato interno para documentos e' Word, o externo e' PDF. As razoes sao simples:

    • O formato Word tem uma coisa chamada "templates" o que significa que e' muito facil criar um documento novo para quem nao conhece a norma interna de escrita,
    • Toda a gente (da secretaria ate' ao MD) consegue usar competentemente,
    • A licenca nao e' horrivelmente cara,
    • As pessoas podem usar em casa e no trabalho,
    • E' uma boa combinacao de flexibilidade e facilidade de uso.

    O externo (PDF) e' outra historia:

    • Toda a gente o conhece
    • Nao e' facilmente editavel
    • Imprime bem
    • E' um bom formato para publicar documentos na web.

    Ou seja, quem trabalha aqui usa Word (vem pre' instalado no portatil) -- se perguntar porque, esta e' a explicacao. Se nao concordar entao que use o que quiser desde que me chegue 'as maos algo que acaba em ".doc", esteja formatado de acordo com o template para o documento em questao e que o Word seja capaz de ler. Se nao for capaz de seguir esta simples regra entao que procure emprego noutro lado -- fundamentalismos sao uma coisa muito ma' quando estas a tentar crescer um negocio.

    Open standards are our friends.

    Claro que sao -- mas considera o seguinte: imagina que tens uma empresa de consultoria em IT, o custo hora de cada consultor e', digamos, 50 Euros. Assume que um consultor leva 2x mais tempo a escrever um documento em HTML, RTF ou outro formato "open standard" -- se em media um consultor escrever um documento por semana, e levar 4 horas para o escrever (num "open standard") o custo por ano/consultor e' de 10400 Euros -- se a tua empresa tiver 50 consultores o total e' de 520000 Euros! (104000 cts)

    Se no entanto este usar Word (2x mais rapido) custa 260000 Euros (52000 cts) -- nao sei se estas a ver o raciocinio de standartizar as ferramentas de Office Automation ?!

    Afinal, o que queremos e' que as empresas sejam eficientes, nao "politicamente correctas". Mas espera... se calhar isto e' um argumento de direita para ti... para mim e' um argumento de logica e eficiencia economica.


    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias

    Re:Santa Inocencia. (Pontos:1)
    por Astrónomo em 14-01-02 5:59 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    O formato Word tem uma coisa chamada "templates" o que significa que e' muito facil criar um documento novo para quem nao conhece a norma interna de escrita,
    Também o StarOffice tem. Tal e qual os do Word.
    Toda a gente (da secretaria ate' ao MD) consegue usar competentemente,
    Na minha empresa, quase-leigos em Informática utilizam o StarOffice com a mesma facilidade que utilizam o MS Office. O StarOffice é tão simples de usar como o MS Office à excepção do Equation Editor que é mais difícil (mas acho que na tua empresa não escrevem fracções e integrais, pois não? :-)
    A licenca nao e' horrivelmente cara,
    A do StarOffice é horrivelmente barata...
    As pessoas podem usar em casa e no trabalho,
    Exactamente o mesmo se passa com o StarOffice.
    E' uma boa combinacao de flexibilidade e facilidade de uso.
    O StarOffice é tão flexível como o MS Office. Até se quiseres fazer diagramas não muito complexos, podes fazê-los lá e poupar uma licença do Visio!
    Assume que um consultor leva 2x mais tempo a escrever um documento em HTML, RTF ou outro formato "open standard"
    No StarOffice leva exactamente o mesmo tempo. E, no final, pode gravar em formato do próprio SO, ou em formato MS Word, Wordperfect, HTML, RTF, etc., etc.
    Afinal, o que queremos e' que as empresas sejam eficientes, nao "politicamente correctas".
    A avaliar pela generalizada adopção de ferramentas Microsoft em Portugal, as empresas portuguesas devem ser eficientíssimas não haja dúvida...
    Re:Santa Inocencia. (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 14-01-02 17:17 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Se o que está definido como standard é mau (pode levar vírus, torna-nos reféns de uma empresa, é 10x maior do que devia) é altuara de mudar o standard.

    Se não se consegue, é como disseste, "o melhor é ir procurar um outro local onde se possa ser feliz". Sei lá, um local onde as pessoas PENSEM?!?


    "Prepare to be seduced by my Psycho-Power!"
    - M. Bison, Street Fighter Alpha 3
    Re:Santa Inocencia. (Pontos:2)
    por leitao em 14-01-02 18:06 GMT (#26)
    (Utilizador Info) http://linuxfreesite.com/~nunoleitao/
    Se o que está definido como standard é mau (pode levar vírus, torna-nos reféns de uma empresa, é 10x maior do que devia) é altuara de mudar o standard.

    Refem de uma empresa ? Olha la', a TetraPak controla quase totalmente tudo o que e' embalagem para liquidos alimentares (de cada vez que compras um pacote de leite estas a pagar 'a TetraPak), e isso quer dizer que toda a gente e' refem deles ?!? Porque cara**o e' que nao fazes uma campanha contra eles ?

    Se não se consegue, é como disseste, "o melhor é ir procurar um outro local onde se possa ser feliz". Sei lá, um local onde as pessoas PENSEM?!?

    Se calhar algumas pessoas teem coisas mais importantes em que pensar...

    Regards,


    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias

    Re:Santa Inocencia. (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 14-01-02 18:51 GMT (#27)
    (Utilizador Info)

    Refem de uma empresa ? Olha la', a TetraPak controla quase totalmente tudo o que e' embalagem para liquidos alimentares (de cada vez que compras um pacote de leite estas a pagar 'a TetraPak), e isso quer dizer que toda a gente e' refem deles ?!? Porque cara**o e' que nao fazes uma campanha contra eles ?

    Má comparação. Não estamos a falar de monopólios, mas de formatos proprietários e incompatíveis. Que eu saiba, não há problemas de compatibilidade entre embalagens e tipos de leite...

    Se calhar algumas pessoas teem coisas mais importantes em que pensar...

    Se não viesse essa é que eu ficava espantado. :) É tão confortável não nos importarmos com nada que não afecte directamente o nosso dinheirinho no fim do mês, não é?

    Porque é que estamos a discutir isto, já agora? É simples: se uma pessoa não concorda com a política (seja técnica, seja de salários, seja de tratamento das pessoas) da empresa onde trabalha, pode ou não sujeitar-se. Isso é decisão de cada um.

    O que me irrita é quando uma pessoa se sujeita e depois anda a insinuar imaturidade (ou "têm coisas mais importantes em que pensar") nas pessoas que não se sujeitam. Ring any bells?


    "Prepare to be seduced by my Psycho-Power!"
    - M. Bison, Street Fighter Alpha 3

    Re:Santa Inocencia. (Pontos:2)
    por leitao em 14-01-02 19:34 GMT (#31)
    (Utilizador Info) http://linuxfreesite.com/~nunoleitao/

    Má comparação. Não estamos a falar de monopólios, mas de formatos proprietários e incompatíveis. Que eu saiba, não há problemas de compatibilidade entre embalagens e tipos de leite...

    Nao, nao tem nada a ver com incompatibilidades -- tem a ver com porque e' que a TetraPak se tornou o formato standard para embalagens de liquidos -- ha' concorrentes com produtos tao bons ou melhores -- mas a TetraPak oferece um standard reconhecido na industria a um custo razoavel, e logo conquistou o mercado. Nao 'a diferenca com o caso da Microsoft.

    Se não viesse essa é que eu ficava espantado. :) É tão confortável não nos importarmos com nada que não afecte directamente o nosso dinheirinho no fim do mês, não é?

    Olha, vou-te dar um exemplo -- a SONAE em .pt emprega milhares de pessoas. Se o Belmiro ou a equipa de gestao tivesse que andar a discutir qual o formato aberto para transferencia de documentos por esta altura ainda estavas na caixa do Continente a pagar as compras do mes.

    As decisoes numa empresa nao giram 'a volta do "absolutamente certo", mas sim do "mais certo possivel dadas as circunstancias" -- se nunca tiveste um cargo de gestao, entao nao me admira que nao compreendas isto.

    O que me irrita é quando uma pessoa se sujeita e depois anda a insinuar imaturidade (ou "têm coisas mais importantes em que pensar") nas pessoas que não se sujeitam. Ring any bells?

    Nao tem nada a ver com te sujeitares ou nao -- tem a ver com fazer o melhor possivel dadas as circunstancias. Eu (e acredito, a maioria das pessoas)nao me sujeito 'as situacoes -- faco o melhor que posso delas -- tens que saber desistir quando nao adianta, mas tambem tens que saber tentar mudar as coisas pela positiva.

    Percebeste o meu ponto de vista ?

    Regards,


    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias

    Re:Santa Inocencia. (Pontos:1)
    por Astrónomo em 14-01-02 21:48 GMT (#32)
    (Utilizador Info)
    Olha, vou-te dar um exemplo -- a SONAE em .pt emprega milhares de pessoas. Se o Belmiro ou a equipa de gestao tivesse que andar a discutir qual o formato aberto para transferencia de documentos por esta altura ainda estavas na caixa do Continente a pagar as compras do mes.
    Não se trata de andar a discutir mas de optar e ponto final. Se uma empresa da dimensão da Sonae optasse pelo StarOffice qual era o seu problema? Nenhum. Quando muito, uma empresa que lidasse com a Sonae poderia sujeitar-se a receber, de vez em quando, uns documentos em formato StarOffice que algum funcionário mais distraído se tinha esquecido de converter para um "formato manada" (i.e. MS Office). Logo, essa empresa teria que arranjar e instalar o StarOffice (o que é uma coisa dificílima, como todos sabemos...).

    Para fazer o site do Continente, a Sonae comprou uma plataforma de comércio electrónico que mais nenhuma empresa tem em Portugal: a Blue Martini. Poderia ter seguido a via mais fácil e ter comprado o Commerce Server da Microsoft. Vistas bem as coisas, há muitas mais pessoas em Portugal a perceberem de ASP do que de Java. No entanto, a SONAE não seguiu a manada.


    Re:Santa Inocencia. (Pontos:2)
    por leitao em 14-01-02 22:08 GMT (#33)
    (Utilizador Info) http://linuxfreesite.com/~nunoleitao/
    Não se trata de andar a discutir mas de optar e ponto final. Se uma empresa da dimensão da Sonae optasse pelo StarOffice qual era o seu problema?

    Absolutamente nenhum. Podiam era chegar 'a conclusao que o $$ que perdiam para treinar os empregados, ou o tempo perdido pelos mesmos a aprender por eles proprios nao compensava a diferenca de custo... opinioes...


    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias

    Re:Santa Inocencia. (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 14-01-02 19:14 GMT (#29)
    (Utilizador Info)
    Interprestas-me mal. Não sou tão convencido assim. :) E não estou a tentar convencer ninguém... só dei a minha opinião.

    Costuma-se dizer que "quem está mal, muda-se", e eu acredito nisso. Pelos vistos, muita gente não.

    Para muita gente, "quem está mal, aguenta, acomoda-se, convence-se de que está bem, e ainda chama coisas desagradáveis a quem tenta fazer algo para melhorar as coisas".

    Conheces o Dilbert? É uma empresa em que toda a gente detesta o que faz, sabe que o trabalho não tem futuro, o chefe é um atrasado mental sádico, e o único escapismo é uma forma de humor negro, que acaba por ser o que atrai as pessoas a essa BD.

    Curiosamente, ninguém nessa empresa alguma vez pensa em sair para melhor.


    "Prepare to be seduced by my Psycho-Power!"
    - M. Bison, Street Fighter Alpha 3
    Re:Santa Inocencia. (Pontos:1, Lança-chamas)
    por Dehumanizer em 14-01-02 19:21 GMT (#30)
    (Utilizador Info)
    Interpretas-me, não "interprestas-me". :)

    "Prepare to be seduced by my Psycho-Power!"
    - M. Bison, Street Fighter Alpha 3
    Uma pergunta (Pontos:1)
    por gggm em 12-01-02 2:51 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Não existe já um formato, mais ou menos universal armazenar documentos, o rtf - rich text format?
    Acho que também foi desenvolvido pela microsoft, mas é standart, ele guarda informação num ficheiro, em ascii, com informação tambem acerca da formatação do documento, tipo fonte, tamanho, margens, etc...

    A verdade é que ninguém usa isto, mas pronto...
    Re:Uma pergunta (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 12-01-02 20:19 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    E o mais divertido é isto:

    Imagina que, por qq razão (tens de dar graxa a alguém, o tipo do outro lado é mesmo burro, etc.) aquilo TEM mesmo de ir em .doc...

    Simples. Gravas em RTF mas mudas a extensão para .DOC. O MS Word em Windows engole isso sem se queixar, e efectivamente o atrasado do outro lado fica perfeitamente convencido de que lhe enviaste aquilo em formato Word!

    O ficheiro será um pouco mais pequeno do que o costume, mas duvido que se queixem. :)

    "E porque não gravar mesmo em Word?" Porque, além de TODAS as outras razões, os filtros de Word de aplicações tipo AbiWord, StarOffice, KWord, etc. não estão perfeitos (pelo menos para as últimas versões de Word), enquanto os de RTF estão (o formato nunca mudou, que eu saiba).


    "Prepare to be seduced by my Psycho-Power!"
    - M. Bison, Street Fighter Alpha 3
    Re:Uma pergunta (Pontos:3, Informativo)
    por xeon em 13-01-02 1:11 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://pthelp.org
    Destesto ser lanca-chamas mas:

    - uma busca na IETF sobre standards (RFC) com "RTF" ou "Rich Text Format" nao retornaram resultados.

    - Em compensacao, uma busca no google retornou um hit interessante:
    http://support.microsoft.com/default.aspx?scid=kb;EN-US;q86999

    Passo a citar:

    "To obtain the "Rich Text Format (RTF) Specifications, version 1.6", please browse to the following Microsoft MSDN Web site:

    http://msdn.microsoft.com/library/?url=/library/en-us/dnrtfspec/html/rtfspec.asp?frame=tru e "

    E nesse URL, algumas perolas como esta:
    "RTF Version 1.6 includes all new control words introduced by Microsoft Word for Windows 95 version 7.0, Word 97 for Windows, Word 98 for the Macintosh, and Word 2000 for Windows, as well as other Microsoft products."

    Assim, pelo que leio, RTF e' so' mais um "Microsoft Standard" ...

    --
    We're born naked, wet and hungry. Then things get worse.
    Re:Uma pergunta (Pontos:2)
    por z0mbi3 em 13-01-02 14:47 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://z0mbi3.sempre.nu
    o MacOS X usa o RTF como o tipo default de texto.
    O TextEdit ate acho que so grava em RTF (mas nao consigo confirmar...nao tenho o portatil aqui agora).
    Para editar em texto PURO (ascii), tive de arranjar outro editor (TideText, ou la como se chama, alem do tipico vim 6.0 no Terminal).

    Re:Uma pergunta (Pontos:3, Informativo)
    por BlueNote em 13-01-02 21:34 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Tens razão, o RTF é um standard aberto, embora não saiba se está formalisado nalgum ISO, toda a gente pode obter a especificação e usar.

    Um pormenor curioso é que quando se escolhe no Word da Microsoft gravar em formatos das versões anteriores (6.0, por exemplo) ele grava o ficheiro em RTF e dá-lhe a extensão .doc :) É a única forma de nenhuma versão do Word ter problemas :)) Aliás, o Word do Office para Mac grava tudo em RTF :) e não naquele lindo formato binário do Office para Windows. Giro não é??
    Re:não há paciencia.... (Pontos:1)
    por jmce em 12-01-02 11:57 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://jmce.artenumerica.org/
    Ainda bem que ele é chatinho. Especialmente enquanto houver gente que merece ser chateada e nos chateia diariamente com email desnecessariamente problemático (até por vezes com prejuízo dos que gostam de trabalhar em Windows). MS Office pirateado? Escondido para quê? Pelo pazer secreto de o usar? Tenho bases para copos com software mais fiável lá gravado...

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]