gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Linux pode substituir Win?
Contribuído por ajc em 14-12-01 13:04
do departamento testemunhos
Linux Vampiro escreve "Segundo esta autora, Linda, depois de alguns meses de trabalho num projecto Linux, escreve em resposta a seus clientes: Ligar um computador com Linux e um c/ Windows na mesma rede, e partilhar ficheiros Office 97/2000 entre deferentes SOs, é fácil e funcional.Como decidiram alguns clientes, o Linux é um bom investimento, Red Hat 7.1 pode ser usado em alternativa ao Win 2000. Neste artigo é possível ver as equivalências existentes em aplicações em diferentes SOs. "

FBI Virus e afins | Numa mão o veneno, noutra a cura  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Red Hat
  • escreve
  • Mais acerca Linux
  • Também por ajc
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Alguns comentarios... (Pontos:4, Informativo)
    por monkey em 14-12-01 13:55 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    O artigo é bastante interessante. De qualquer modo, existem certas incoerências (talvez provocadas por falta de informação) que achei por bem salientar. Uma delas, é, como sempre, a questão da desktop. É dito que, por exemplo, o facto da distribuição em causa usar fontes de 75dpi em contraste com windows, que usa fontes de 92dpi, torna o uso da desktop algo difícil, ou incomodo. Isto não é bem assim. Há sempre a alternativa de usar fontes de 100dpi, como todos sabem. É uma questão de gosto pessoal / possibilidades. Outra caracteristica negativa apontada a linux, são os upgrades de software. Há que considerar o facto que upgrades feitos à mão, são para ser feitos por utilizadores experientes, que não se pareçe verificar neste caso. Isto porque existem frontends para actualizações do sistema que estão a ser desenvolvidos bastante rapidamente, e com grande qualidade. Falo, de, entre outros, o sistema urpmi, red-carpet, e a tool de updates de redhat (cujo nome sinceramente não me lembro, visto que nao uso esta distribuição em particular).

    Outros factos apontados são por exemplo a inconsistencia de argumentos em programas de consoles. Isto acontece claramente por não haver, infelizmente, uma standardização deste tipo de coisas, mas, mais uma vez, é algo a que qualquer utilizador se habitua, sendo portanto, facilmente ignorável. Outra coisa apontada é o facto das extensões dos ficheiros serem diferentes, p.e. em ficheiros de configuração. Isto acontece também em sistemas windows, logo, não vejo qual é o problema aqui. De qualquer maneira, é logico que em *nix, é necessária uma intervenção directa sobre os ficheiros, mas de qualquer modo, nao é nada que leitura de documentação nao resolva. Até porque os ficheiros de configuração estão quase sempre na mesma directoria.

    Ou seja, e para finalizar, é sempre bom ver que a substituição de software pago por software livre e open source continua, o que benificia toda a gente (isto na minha opinião). Agora só falta um pouco de espírito de aventura e adaptação por parte dos utilizadores, para se habituarem a estas inconsistencias, que de qualquer modo, tendem para diminuir ou terminar.

    Frederico Oliveira
    fred@box.sk

    Re:Alguns comentarios... (Pontos:3, Esclarecedor)
    por TarHai em 14-12-01 15:00 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.dilbert.com
    Uso fontes a 96dpi com o KDE2 e antia-aliasing.

    Nota-se alguma diferenca entre 100 e 96 dpis, principalmente nas fontes truetype e type1. Uso 96dpi com um monitor de 15" 1024x768 e AA ligado :).

    Gostei do artigo. Tem algumas falhas mas parece um mais profundo (e honesto) q o normal "windows suka e linux rula" (ou vice-versa).
    ---
    Re:Alguns comentarios... (Pontos:3, Informativo)
    por TarHai em 15-12-01 17:32 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.dilbert.com
    E muito simples.

    1. Via linha de comando (sem login grafico)

    startx -- -dpi 100

    2. Usando o login grafico

    editar (como root) o ficheiro

    /etc/X11/xdm/Xservers

    Modificar a linha com ":0 local /usr/X11R6/bin/X" acrescentando no fim "-dpi 96"

    No meu caso tenho (mandrake 8.1, 96 dpi)

    :0 local /usr/X11R6/bin/X -deferglyphs 16 -dpi 96

    ( o deferglyphs ja la estava ).

    3. Alternativamente, podes especificar as dimensoes do monitor no XFree86 e o driver calcula as dpi por ti. Isso nao sei como fazer.
    ---
    Documentation (Pontos:1)
    por psm em 14-12-01 22:49 GMT (#3)
    (Utilizador Info)

    Em The ugly...: Some of the Linux documentation is inaccurate, incomplete or missing. Many authors simply say "I do not have the time to write documentation", or "The program is self-explanatory". Give us a break!

    :]
    Re:Documentation (Pontos:2)
    por CrLf em 14-12-01 23:18 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    Quando se trata de documentação estilo "help" dos programas, isso sim, está em falta na esmagadora maioria, agora quanto aos HOWTOs e coisas afins, o Linux está bastante melhor do que o Windows.

    Outro aspecto que se nota bastante diferença é na documentação das APIs, o Linux está mais uma vez muito à frente (até por muitos dos utilizadores serem developers). Neste aspecto o Windows é uma miséria, mil vezes uma man page de algumas dezenas de linhas contra a porcaria da documentação do MSDN. É uma questão de informação directa e prática contra palha, palha e mais palha.

    -- Carlos Rodrigues

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]