gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Sourceforge: uma armadilha?
Contribuído por ajc em 13-11-01 22:19
do departamento free-or-not-free
GNU Por intermédio da ANSOL pedem-nos que divulguemos este texto. Aparentemente a VA Linux tem vindo a modificar os termos de utilização do sourceforge, que deixaria de ser software livre e que podia por em causa os próprio projectos lá alojados. Preocupante...

Oracle concorre com Microsoft no mercado do e-mail | Casio lança novo laptop com Crusoe e Linux  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • ANSOL
  • este texto
  • sourceforge
  • Mais acerca GNU
  • Também por ajc
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    ansol (Pontos:3, Informativo)
    por joao em 13-11-01 23:40 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    ansol --> http://www.ansol.org/

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    Desatenção... (Pontos:2)
    por Strange em 13-11-01 23:59 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    O artigo do Loic Dachary já foi muito discutido na FSF-Europe e considerado de mau gosto e inapropriado e contraproducente. Até foram feitos pedidos para retirar esse artigo dos vários sítios onde foi publicado.

    Acho estranho os outros membros da ANSOL não terem reparado nisso. Eu teria dito qualquer coisa, se soubesse que afinal todos foram inscritos na nova lista excepto eu próprio...

    Algumas razões explicadas por MJ Ray porque este artigo é inapropriado e está a causar ou irá causar dano à imagem da FSF-Europe:

    I feel the overall tone of the piece and focus on a single company is the wrong way to do it. It would be far better to have an article called "Beyond SourceForge" that described the CoopX and Savannah NG ideas, mentioning why they have come about (SF's moves towards lock-in and non-free) later in the article. This piece leads in with lots of negative comments about the market leader and is headed "Avoid SourceForge", only mentioning SNG in passing and not mentioning CoopX directly at all.
    Regardless of the problem, I believe strongly that this breaks two golden rules of good publicity: it focuses on problems, not solutions; and it mentions a competitor by name. Quite understandably, this has put VA's people onto the defensive and they're FUDding about FSF like there's no tomorrow. I'm no expert, but I don't think this is a good outcome for anyone.

    hugs
    Strange

    Não acabaste a leitura (Pontos:2)
    por jneves em 14-11-01 0:41 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://silvaneves.org/
    1. A mailing-list fsfe-discussion é uma mailing-list pública em que qualquer um pode participar.

    2. O que apresentas é a opinião de uma pessoa que nem sequer tem qualquer relação com a FSF Europa.

    Posto isto, não vi nenhuma resposta até agora às procupações do Loic: que o maior repositório de projectos de software livre vai deixar de ser feito em software livre, perdendo a comunidade a garantia de que o projecto continuará para além do tempo de vida da VA Systems (ex-Linux) e que existe uma tentativa de apropriação do código desenvolvido por outras pessoas, entre os quais o próprio Loic, a quem foi pedido, sem quaisquer explicação, para ceder todos os direitos sobre o seu código à VA Systems.
    Re:Não acabaste a leitura (Pontos:2)
    por Strange em 14-11-01 1:09 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    1. Estou inscrito nessa lista e na lista fsfe-portugal. Criaram a nova e informaram que os actuais inscritos iriam passar a estar inscritos na nova também. Pelos vistos apenas eu não fui inscrito na nova... Um engano capaz de acontecer a qualquer um.

    2. Não tem qualquer relãção com a FSF Europa apenas por não pertencer a um qualquer quadro de administradores ou secretários ou whatever? Desconsideras assim todas as outras pessoas? E ignorando tudo isso, não tem uma certa razão? E ignorando essa razão, não seria melhor esperar depois de ver a polémica que isto anda a causar?

    3. O que a SourceForge anda a fazer é criticável. A resposta da FSF-Europe também é criticável. Isto claro opiniões minhas e posso me enganar em qualquer uma... O que se critica na resposta do Loic é o formato da resposta. Uma crítica à SourceForge tornou-se necessária pelos seus actos e mudanças de filosofia e até talvez pela hipocrisia, mas o tom e o conteúdo da resposta tornam-na desprestigiadora para a FSF-Europe.

    hugs
    Strange

    Re:Não acabaste a leitura (Pontos:2)
    por jneves em 14-11-01 1:31 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://silvaneves.org/
    1. Quanto à mailing-list, acabei de saber pelo responsável (olá Ruben) que tu tinhas algo de diferente dos outros, eras o único com o endereço como private. Como a pessoa que criou a mailing-list não teve acesso ao teu e-mail não te conseguiu por na lista nova.

    2. Tu disseste que o artigo foi "considerado de mau gosto e inapropriado e contraproducente". Se vires a respost a do Georg Greve, presidente da FSF Europa, chegas à conclusão que não é essa a opinião de todos. Aliás, o facto de haver projectos a abandonar (como o phpgroupware) ou a pensar abandonar o sourceforge indicam que nem todos concordam com o MJ Ray. Se é um risco este tipo de actuação ? É sempre. Estou-me a lembrar da acusação recente da FSF sobre o facto de a patente sobre o RTLinux ser uma violação da GPL. O que é certo é que o que um ano de negociações com o dono da patente não conseguiram, foi conseguido, por escrito, no espaço de uma semana.

    3. Concordo que o tom usado podia ter sido mais construtivo. Acho que ninguém põe em causa que as sugestões do MJ Ray são valiosas para a próxima vez...
    Re:Não acabaste a leitura (Pontos:2)
    por Strange em 14-11-01 1:40 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    1. Bem que podia ter-me informado de tal (pela própria mailing list, por exemplo) de que não tinha acesso ao meu email. Mas pronto... São coisas que acontecem.

    2. Vi a resposta, tenho andado a seguir a discussão. E o MJ Ray nunca defendeu a SourceForge, apenas achou que a forma achada pela FSF-Europe causou dano à imagem da própria FSF-Europe desnecessário, e que outra forma de protesto (ou a mesma forma, outro conteúdo) teria sido melhor.

    hugs
    Strange

    Re:Não acabaste a leitura (Pontos:0, Esclarecedor)
    por Anonimo Cobarde em 14-11-01 2:18 GMT (#12)
    1. Bem que podia ter-me informado de tal (pela própria mailing list, por exemplo) de que não tinha acesso ao meu email. Mas pronto... São coisas que acontecem.

    Fui eu que fiz a subscrição automática dos assinantes da fsfe-portugal na ansol. O que aconteceu é que eu não tenho a password do Mailman da GNU pelo que não conseguia aceder à lista dos assinantes "privados". Devia ter pedido essa lista a um dos administradores da fsfe-portugal ou ter avisado na própria lista como sugeres. Peço desculpa pelo lapso, não volta a acontecer.

    --
    Ruben


    Re:Não acabaste a leitura (Pontos:2)
    por Strange em 14-11-01 3:57 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    Não te preocupes com isso: acabei agora (4h da manhã) de ler as mensagens que falhei. :)

    hugs
    Strange

    OFF TOPIC: 4 da matina?!?!?... (Pontos:0, Despropositado)
    por Lameiro em 14-11-01 19:29 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Eu nao tenho nada contra o gildot, leio-o frequentemente mas,... não tens nada mais interessante para fazer às 4 da matina?!... Eu tenho...
    Re:OFF TOPIC: 4 da matina?!?!?... (Pontos:3, Engraçado)
    por Strange em 14-11-01 20:51 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    ???? Estive até às quatro da matina a ler as mensagens na mailing list da ansol que não recebi! Achas que estaria até essa altura a ler sempre os meus artigos no Gildot??

    hugs
    Strange

    Resposta (incompleta) da VA Systems (Pontos:3, Informativo)
    por jneves em 14-11-01 0:46 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://silvaneves.org/
    Para quem quiser ver a resposta da VA Systems, o responsável pelo projecto sourceforge, Pat McGovern, respondeu ao post inicial deste texto aqui (façam um pouco de scroll para baixo).

    Na minha opinião, ele não responde à pergunta mais importante que é se o próprio sistema da sourceforge se vai manter software livre ou não.

    Cuidado com a FSF! (Pontos:2, Informativo)
    por mlemos em 14-11-01 1:39 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.ManuelLemos.net/

    Pessoalmente acho que todas as manifestações da FSF devem ser analisadas com precaução!...

    De qualquer modo, se alguém tem algum problema com o Sourceforge, recomendo o Tigris.


    Re:Cuidado com a FSF! (Pontos:2, Redundante)
    por pls em 14-11-01 1:48 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    Pessoalmente acho que todas as manifestações da FSF devem ser analisadas com precaução!...

    Nem mais...
    Re:Cuidado com a FSF! (Pontos:1)
    por jmce em 14-11-01 10:47 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://jmce.artenumerica.org/
    Porquê?
    Re:Cuidado com a FSF! (Pontos:2)
    por pls em 14-11-01 22:18 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    A FSF promove a sua própria agenda. Com uma dose de protagonismo e fundamentalismo perfeitamente desnecessária.

    Francamente as pessoas que produzem código precisam muito pouco quer da agenda da FSF quer do fundamentalismo que que é promovida. Eu diria que precisam muito mais da sourceforge, slashdot e a freshmeat, etc.

    Se a VA linux precisa de fazer dinheiro para manter a sourcefourge (slashdot, etc) vender código parece-me altamente apropriado. A FSF pode falir que eu nem noto (i.e. as licenças e práticas que promovem não desaparecem), falir a slashdot e a sourceforge (i.e. va linux) por outro lado afecta-me muito mais.
    Re:Cuidado com a FSF! (Pontos:2)
    por Strange em 15-11-01 1:26 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    A FSF promove a sua própria agenda. Com uma dose de protagonismo e fundamentalismo perfeitamente desnecessária.

    Que agenda? A de fornecer aos programadores uma licença que lhes permita contribuir o seu código à comunidade sem medos de serem roubados desse código? A de fornecer 100% do software necessário para um Sistema Operativo funcional? A de analisar os casos de quebra de confiança, abuso de poder e violação da Lei?

    Quem te ouvir pensa que a FSF gosta de bater nas pessoas e que não teria nada mais interessante que fazer....

    Francamente as pessoas que produzem código precisam muito pouco quer da agenda da FSF quer do fundamentalismo que que é promovida. Eu diria que precisam muito mais da sourceforge, slashdot e a freshmeat, etc.

    Tanto quanto sei, as pessoas apenas precisam de uma dose de felicidade e de realização. E também me parece que as pessoas que produzem código precisam da liberdade para o produzir. Liberdade essa em que a FSF é paladina.

    A OSDN/VA fornece várias ferramentas úteis à comunidade, mas a partir do momento em que restringem a liberdade da comunidade (e do programador), deixam de ser úteis e passam a ser um cancro...

    Se a VA linux precisa de fazer dinheiro para manter a sourcefourge (slashdot, etc) vender código parece-me altamente apropriado.

    Certo. Nunca ninguém na FSF se opôs à venda de programas. Opõem-se neste caso à apropriação de código e à restrição da migração desses serviços para outros não ligados à OSDN por parte dos programadores.

    FSF pode falir que eu nem noto (i.e. as licenças e práticas que promovem não desaparecem),

    A FSF é uma comunidade sem fins lucrativos, não me parece que se possa falar muito em falir. À parte isso, enoja-me o modo como ridicularizas os esforços de toda uma comunidade como a ao redor do Linux, *BSD (e mais propriamente o OpenBSD), KDE, Apache, etc, que antes da VA te fornece o software para poderes exercer a tua própria actividade comercial. Não fosse estes preocuparem-se com as suas licenças e com a liberdade do uso do código por parte de outrem e nunca teriam chegado onde chegaram.

    falir a slashdot e a sourceforge (i.e. va linux) por outro lado afecta-me muito mais.

    Aqui, embora não o compreendas, concordas com a crítica da FSF à VA/OSDN/SourceForge, pois aceitas o facto de que ficas dependente de uma única empresa, que pode levar toda uma comunidade ao extermínio; e a necessidade de alternativas ou à possibilidade de continuação por outrem, ambas as hipóteses impedidas pelas últimas acções da VA.

    hugs
    Strange

    Re:Cuidado com a FSF! e não só (Pontos:3, Interessante)
    por jneves em 14-11-01 1:52 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://silvaneves.org/
    Eu sempre achei que qualquer manifestação deve ser analisada com precaução. Habitualmente nem tudo é claro, nem óbvio. Não percebo porque a FSF ou, neste caso a FSF Europa, devam merecer atenção especial...
    Re:Cuidado com a FSF! (Pontos:2, Interessante)
    por fsmunoz em 14-11-01 2:16 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Sem dúvida, sempre com precaução. Eu pessoalmente fico sempre meio nervoso... porque quando a FSF alerta para alguma coisa que parece a todos (eu próprio incluindo) demasiado remota e improvável... normalmente algum tempo depois vem-se a saber que afinal sempre havia motivos para preocupação.
    Pessoalmente creio que boa parte dos comunicados da FSF têm um teor mais preventivo que outra coisa, e a esse nível têm funcionado bem (ver o exemplo do RTLinux já comentado qui).
    Nada seria tão confortável como saber que o que a FSF diz não apresenta motivos reais para preocupação.

    fsmunoz
    Cuidado com a FSF! O perigo pode estar neles! (Pontos:1)
    por mlemos em 14-11-01 19:38 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://www.ManuelLemos.net/

    Quando digo "Cuidado com a FSF!" quero dizer que o cuidado deve ser tido com o que a FSF diz e faz e não com os outros.

    Noto que para muitos o que a FSF promove não está muito claro, mas para mim o perigo está neles e nas teorias deles. Chego a pensar se as pessoas não estão a confundir a FSF com a EFF, esses sim quanto a mim têm intenções claras e mais dignas.

    Passo a explicar: não sei quantos de vocês pensaram nisto, mas o que a FSF faz é promover a teoria do "Comunismo" aplicado ao desenvolvimento do software. Quer dizer, eles defendem que todos deverão poder obter o software que precisam da comunidade e em contra-partida todos membros da comunidade devem contribuir com o seu trabalho partihando com a comunidade.

    Tal como o comunismo como teoria política, esta teoria aplicada ao desenvolvimento de software é conceptualmente linda e maravilhosa.

    O problema é que na prática a história o comunismo não funciona porque degenera em coisas horríveis como ditaduras, exclusão de pessoas com pontos de vista diferentes, repressão, arrogância e prepotência dos líderes da comunidade, abuso da boa vontade e ingenuidade dos membros da comunidade e outras formas de abuso de poder.

    Isto acontece muito dentro das comunidades de desenvolvimento de software dito livre. Poderia referir inúmeros casos de incidentes que reflectem o que acabo de explicar. Deixo isso para os que querem a continuar a discutir com mentalidade aberta este assunto sob esta perspectiva.

    Voltando apenas a este caso, o que me parece é que sendo a VA uma empresa que investiu pesadamente no desenvolvimento de uma plataforma para estimular a produção de software de código fonte aberto, vêem-se confrontados com uma situação de liquidez financeira que não estão a conseguir alcançar.

    A VA teve de sair do idealismo de desenvolver tudo quase sem proveito comercial e começar a rentabilizar o investimento que têem vindo a fazer neste últimos anos.

    Uma solução é criar um produto baseado na plataforma do Sourceforge e vendê-lo a quem quiser pagar por ele.

    Não vejo mal nenhum nisso. Uma empresa por definição é um instituição com fins lucrativos. Não têem de fazer caridade e como não vivem do ar, até estranho porque não fizeram isto há mais tempo.

    Quanto às reclamações do individuo da FSF, ele pode até ficar indignado com a proposta de cedência de copyright, mas a verdade é que VA precisava de fazer isso porque só o legítimo dono do copyright pode mudar a licença do software que usam. Isso é necessário porque a licença GPL não permite incorporação de software com essa licença em produtos de código fechado, como o que eles querem passar a vender.

    Como diria o "poeta", o software é como as vaginas, quem quiser dar, dá-las. Se o indivíduo da FSF não o quer dar, paciência, a VA vai ter que continuar o seu produto sem isso.

    Agora este facto não dá legitimidade ao pessoal da FSF ou do quer que seja, de reclamar sobre a mudança da licença da plataforma Sourceforge. Na verdade, esse software esteve fechado até há cerca de um ano atrás, pelo que quem quer que reclama devia antes agradecer à VA e parar com lamentações pedantes. A VA é uma empresa que precisa de sobreviver. Quem não entende isto, deveria, tentar viver apenas do ar que respira para ver se é suficiente para sobreviver.

    De qualquer modo, o que importa e o que muitos talvez não saibam é que as versões anteriores da plataforma Sourceforge continuam com licenças de código fonte aberto. Portanto, a mudança de licença só se aplica nas versões futuras que a VA vai comercializar.

    Claro que a FSF é contra isto porque eles usam a plataforma do Sourceforge no savannah.gnu.org. Isto significa que eles não poder beneficiar das melhorias que a VA vai fazer na versão comercial. Paciência. O facto de já terem beneficiado do que têem já foi bom. Portanto, estão a reclamar de barriga cheia.

    Agora o que é lamentável, é esta tentativa repugnante de virar a comunidade Open Source contra a VA. Isto é típico dos regimes comunistas. Por isso é que continuo a dizer, "Cuidado com a FSF!".


    Re:Cuidado com a FSF! O perigo pode estar neles! (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Strange em 14-11-01 22:23 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    Foi a FSF e a sua insistência no que acreditam e não se "dobrarem" para um lado ou outro em certos casos que permitiu esta onda de "Open Source". Sem a FSF e o seu trabalho o Open Source não passaria de um mito...

    A comparação da FSF/GNU/GPL com o comunismo é absurda e rídicula. Isso é conversa da Microsoft... Já muitas pessoas responderam melhor do que eu poderia a essa questão.

    Poderia referir inúmeros casos de incidentes que reflectem o que acabo de explicar. Deixo isso para os que querem a continuar a discutir com mentalidade aberta este assunto sob esta perspectiva.

    Mentalidade aberta? Podes referir inúmeros casos de incidentes.... Mas eu posso (e não preciso) de referir ínúmeros casos de sucesso do Software Livre. Se achas poder desconsiderar todos esses casos, não tens uma mente tão aberta como dizes.

    De qualquer modo, o que importa e o que muitos talvez não saibam é que as versões anteriores da plataforma Sourceforge continuam com licenças de código fonte aberto. Portanto, a mudança de licença só se aplica nas versões futuras que a VA vai comercializar

    Não, o que realmente importa é que embora as versões actuais encontram-se sobre uma licença de código aberto (ou assim o dizem), NÂO TA DÂO! A versão mais recente que poderás sacar tem mais que um ano e está incrivelmente desactualizada. O Loic fartou-se de pedir a versão actual(delicadamente, penso eu), mas a VA fez-se de surda.

    Claro que a FSF é contra isto porque eles usam a plataforma do Sourceforge no savannah.gnu.org. Isto significa que eles não poder beneficiar das melhorias que a VA vai fazer na versão comercial. Paciência. O facto de já terem beneficiado do que têem já foi bom. Portanto, estão a reclamar de barriga cheia.

    Eles são contra isso porque existe a possibilidade (não remota) de a VA fechar as portas e se perder a SourceForge toda e toda a informação que se encontra lá.

    E também são contra a impossibilidade de um developer com o seu projecto na sourceforge obter todos os dados relativos ao seu projecto (mailing lists e mensagens arquivadas, bug reports, etc).

    E também são contra a actitude monopolista e um pouco hipócrita que a VA está a tomar. Ou apenas não permitimos essas atitudes à Microsoft? Todos os outros são anjos do bem?

    Agora o que é lamentável, é esta tentativa repugnante de virar a comunidade Open Source contra a VA. Isto é típico dos regimes comunistas. Por isso é que continuo a dizer, "Cuidado com a FSF!".

    Para dizer a verdade, isso é típico de todos os regimes... O americano incluído. Mas ignorando politiquisses sem sentido, no caso específico, não se trata de virar a comunidade Open Source contra a VA, mas de abrir os olhos à comunidade Open Source. Quem se quiser precaver, que preste atenção.

    hugs
    Strange

    Re:Cuidado com a FSF! O perigo pode estar neles! (Pontos:1)
    por mlemos em 15-11-01 1:07 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://www.ManuelLemos.net/
    Foi a FSF e a sua insistência no que acreditam e não se "dobrarem" para um lado ou outro em certos casos que permitiu esta onda de "Open Source". Sem a FSF e o seu trabalho o Open Source não passaria de um mito...
    Na verdade o conceito de Open Source é evolução do conceito de Free Software no sentido de as licenças são mais flexíveis ao ponto de não impedirem outros de usarem o software em desenvolvimento de código fechado.
     
    A comparação da FSF/GNU/GPL com o comunismo é absurda e rídicula. Isso é conversa da Microsoft... Já muitas pessoas responderam melhor do que eu poderia a essa questão.
    Não estou a ver porque é absurda quando na verdade espelha o mesmo conceito, apenas aplicado ao desenvolvimento de software. A Microsoft nada tem a ver com a analogia.
     
    Poderia referir inúmeros casos de incidentes que reflectem o que acabo de explicar. Deixo isso para os que querem a continuar a discutir com mentalidade aberta este assunto sob esta perspectiva.

    Mentalidade aberta? Podes referir inúmeros casos de incidentes.... Mas eu posso (e não preciso) de referir ínúmeros casos de sucesso do Software Livre. Se achas poder desconsiderar todos esses casos, não tens uma mente tão aberta como dizes.

    Quando digo mentalidade aberta, quero dizer ter capacidade de compreender mais a fundo o que os outros te dizem mesmo quando não se concorda.

    Ninguém questionou o sucesso do Software Livre. O que eu acho é que as pessoas da FSF têem cometido abusos que me deixaram de pé atrás sempre que aparecem a acusar alguém que não concorda com algo ditado por eles. As acusações graves que têem sido feitas à VA parecem-me mais um acesso de ambição desmedida de alguém da FSF.

    Acho que as coisas precisam ser melhor esclarecidas antes de começar a acusar uma empresa que teve e tem um papel vital para o sucesso de milhares de projectos Open Source como a VA. Parece-me mais uma tentativa da FSF de tirar o controlo de algo que está em mãos de outros para as suas mãos fazendo acusações de meras hipóteses de algo que em teoria pode acontecer mas ninguém disse que iria acontecer.

    Vários membros da FSF já demonstraram aquilo que são capazes para derrubar outros. Apenas dois exemplos:
     

    1. Richard Stallman é acusado de tentar apoderar-se do controlo do desenvolvimento do glibc
    2. No Brasil, colaborador da FSF acusa membros de instituição que promove software livre de aproveitamento pessoal
    Bem, não sei até que ponto estes relatos são rigorosos. O que sei é que sempre alguém da FSF está envolvida em assuntos que inspiram cuidados com o que eles dizem ou fazem.
     
    De qualquer modo, o que importa e o que muitos talvez não saibam é que as versões anteriores da plataforma Sourceforge continuam com licenças de código fonte aberto. Portanto, a mudança de licença só se aplica nas versões futuras que a VA vai comercializar

    Não, o que realmente importa é que embora as versões actuais encontram-se sobre uma licença de código aberto (ou assim o dizem), NÂO TA DÂO! A versão mais recente que poderás sacar tem mais que um ano e está incrivelmente desactualizada. O Loic fartou-se de pedir a versão actual(delicadamente, penso eu), mas a VA fez-se de surda.

    O que eu entendi é que a VA está a desenvolver uma versão fechada do Sourceforge baseada na versão do site. Obviamente essa versão não vai estar disponível ao público. A versão aberta foi copiada para um novo projecto alojado no SourceForge onde podes achar o código todo.
     
    Claro que a FSF é contra isto porque eles usam a plataforma do Sourceforge no savannah.gnu.org. Isto significa que eles não poder beneficiar das melhorias que a VA vai fazer na versão comercial. Paciência. O facto de já terem beneficiado do que têem já foi bom. Portanto, estão a reclamar de barriga cheia.

    Eles são contra isso porque existe a possibilidade (não remota) de a VA fechar as portas e se perder a SourceForge toda e toda a informação que se encontra lá.

    E também são contra a impossibilidade de um developer com o seu projecto na sourceforge obter todos os dados relativos ao seu projecto (mailing lists e mensagens arquivadas, bug reports, etc).

    Não me parece que isso vá acontecer. Não vejo o interesse da VA prejudicar dezenas de milhares de projectos. Tudo isso me parece uma calúnia para virar a comunidade Open Source contra a VA.
     
    E também são contra a actitude monopolista e um pouco hipócrita que a VA está a tomar. Ou apenas não permitimos essas atitudes à Microsoft? Todos os outros são anjos do bem?
    Monopolista? A empresa tenta sobreviver tornando um projecto seu Open Source em algo comercial deixando mesmo assim a versão anterior disponível para quem quiser continuar a trabalhar nela. Não estou a ver em que aspecto está a ser monopolista.
     
    Agora o que é lamentável, é esta tentativa repugnante de virar a comunidade Open Source contra a VA. Isto é típico dos regimes comunistas. Por isso é que continuo a dizer, "Cuidado com a FSF!".

    Para dizer a verdade, isso é típico de todos os regimes... O americano incluído. Mas ignorando politiquisses sem sentido, no caso específico, não se trata de virar a comunidade Open Source contra a VA, mas de abrir os olhos à comunidade Open Source. Quem se quiser precaver, que preste atenção.

    Precaver contra o quê? Contra a VA tentar ganhar dinheiro para continuar a suportar a infraestrutura gigantesca que mantém dezenas de milhares de projectos Open Source activos?

    Acho esta atitude do pessoal da FSF de mau gosto e de extrema ingratidão contra quem só tem feito coisas boas pela comunidade Open Source. Na verdade a FSF cada vez vai mais se queimar com o fogo que lançam contra os outros.

    Pessoalmente, não quero ter qualquer associação com a FSF. Tenho desenvolvidos inúmeros projectos Open Source e nenhum deles deverá ter a licença GPL porque inibe outros de ter real proveito daquilo que eu à partida já estou a dar de livre e espontânea vontade. Se eu não quero ganhar dinheiro com o meu software, não tenho problema em que outros consigam isso. Para mim isto é que é software livre.

    O máximo que eu posso esperar é que outros retribuam com algo como consequência do benefício proporcionado pelo software que eu dei. Isso pode não acontecer, mas não quero inibir à partida que isso aconteça um dia usando uma licença GPL porque muitos não querem ter o seu software contaminado por software com essa licença. A FSF não concorda? Azar! Existem muitas licenças Open Source por causa disso. Acho que existiram muito mais projectos Open Source não com a licença GPL se os programadores tivessem consciência das oportunidades que perdem por usarem uma licença contaminadora como GPL.
     

    Re:Cuidado com a FSF! O perigo pode estar neles! (Pontos:0, Esclarecedor)
    por Anonimo Cobarde em 14-11-01 23:57 GMT (#22)
    > Noto que para muitos o que a FSF promove não está muito claro, mas para mim o perigo está neles e nas teorias deles.
    Nota-se que para ti, as coisas estao extremamente obscuras.

    > Chego a pensar se as pessoas não estão a confundir a FSF com a EFF, esses sim quanto a mim têm intenções claras e mais dignas.
    Eles teem principios e intencoes base muito proximas e semelhantes. Em particular, a FSF dirige a sua atencao para a liberdade com o software e assuntos relacionados, tal como por exemplo, copyrights

    > Passo a explicar: não sei quantos de vocês pensaram nisto, mas o que a FSF faz é promover a teoria do "Comunismo" aplicado ao desenvolvimento do software.
    Ok, ja percebi que es um daqueles anti-comunistas ferrenhos, que mal ve algo que associa a um ideal que o comunismo partilha, decide enfiar palas nos olhos da compreensao.

    > Quer dizer, eles defendem que...
    Nao. Eles defendem conceitos de liberdade que habitualmente escapam a concepcao dos regentes das famigeradas ditaduras comunistas, entre eles a liberdade, e meios de assegurar a sua existencia.
    Nao se trata aqui de teoria, mas de luta pela liberdade, que esta a ser-te removida em nome dos interesses economicos de alguns.
    O software livre nao e controlado por ninguem e por isso os seus ideais nunca podem degenerar em ditaduras, dado que tu podes mudar o projecto (como a FSF esta a fazer com o codigo livre da SourceForge), nao exclui ninguem, dado que qualquer um pode ter o seu projecto variante, com os seus pontos de vista diferentes, nao reprime nem manda em ninguem, ha pessoas que coordenam projectos, e se surgir litigios que nao se resolvam a bem, ha sempre o fork. Nao se abusa da boa vontade, isso esta a faze-lo a VA, etc etc.

    > Isto acontece muito dentro das comunidades de desenvolvimento de software dito livre. Poderia referir inúmeros casos de incidentes que reflectem o que acabo de explicar.
    Entao e bom que comeces a enunciar um por um, dado que e facilimo. Sao zero. Isto e mentira. Seja ela inventada por ti, ou por quem to disse.

    > (...) que me parece é que sendo a VA uma empresa que investiu pesadamente no desenvolvimento de uma plataforma para estimular a produção de software de código fonte aberto, vêem-se confrontados com uma situação de liquidez financeira que não estão a conseguir alcançar.
    A VA teve de sair do idealismo de desenvolver tudo quase sem proveito comercial e começar a rentabilizar o investimento que têem vindo a fazer neste últimos anos.

    Se a VA quer fazer software proprietario, que o faca. Mas que nao se aproveite da boa vontade e da ingenuidade dos que ate agora colaboraram com a VA.

    Uma solução é criar um produto baseado na plataforma do Sourceforge e vendê-lo a quem quiser pagar por ele.
    A questao nao e tanto o ter feito isto, mas o ter tentado aproveitar o trabalho de quem, com boa vontade, investiu em software livre, e ainda por cima estar a tentar criar um efeito de lock-in nos developers que albergam os seus projectos la atraves de features que so existem em software proprietario.

    > Isso é necessário porque a licença GPL não permite incorporação de software com essa licença em produtos de código fechado, como o que eles querem passar a vender.
    Exactamente. Porque ai estariam a abusar do esforco feito pelos developers sem retribuir nenhum conhecimento de volta.

    De qualquer modo, o que importa e o que muitos talvez não saibam é que as versões anteriores da plataforma Sourceforge continuam com licenças de código fonte aberto. Portanto, a mudança de licença só se aplica nas versões futuras que a VA vai comercializar.
    Claro que a FSF é contra isto porque eles usam a plataforma do Sourceforge no savannah.gnu.org.
    Creio que sem querer respondeste-te a ti proprio, com o que o proprio texto do Loic fala. Aposto que nem leste nem o texto do Loic, nem a resposta da VA.

    > Isto significa que eles não poder beneficiar das melhorias que a VA vai fazer na versão comercial.
    Quem sentir falta delas, e for capaz de ajudar a implementa-las em software livre, esta convidado pelo proprio anuncio da FSF para participar. E quem te disse que vao ser melhorias? Ja olhaste para o codigo da Sourceforge? Melhorar e um rewrite desde o inicio!

    > Agora o que é lamentável, é esta tentativa repugnante de virar a comunidade Open Source contra a VA. Isto é típico dos regimes comunistas. Por isso é que continuo a dizer, "Cuidado com a FSF!".
    Isto e tipico de um regime fascizoide, desinformacao. Se isto e intencional da tua parte e grave. Se foste convencido, caiste na maquina de propaganda e desinformacao nazi.

    E ridiculo o que acabei de dizer? Pois, e evidente, o que tu disseste e tao ridiculo como isto.

    A serio, acho que precisas de ler um pouco.
    Podes comecar por ler:
    Free Software for Freedom: Why ``Free Software'' is better than ``Open Source''
    What is Free Software (e muitos mais links em Philosophy of the GNU Project

    Podes terminar lendo o Diario de Anne Frank, o Mein Kampf e o Capital, assim, entenderias o que, na realidade, sao os regimes fascistas e os ideias comunistas, que foi deturpado pelas ditaduras.

    Re:Cuidado com a FSF! O perigo pode estar neles! (Pontos:1)
    por fsmunoz em 15-11-01 1:39 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Quando digo "Cuidado com a FSF!" quero dizer que o cuidado deve ser tido com o que a FSF diz e faz e não com os outros.
    Eu percebi.
    Noto que para muitos o que a FSF promove não está muito claro, mas para mim o perigo está neles e nas teorias deles. Chego a pensar se as pessoas não estão a confundir a FSF com a EFF, esses sim quanto a mim têm intenções claras e mais dignas.
    Para muitas pessoas o significado de um sinal de STOP não é claro. Seja como fôr "digno" e "claro" são considerações que se têm que fundamentar (como fazes a seguir).
    Passo a explicar: não sei quantos de vocês pensaram nisto, mas o que a FSF faz é promover a teoria do "Comunismo" aplicado ao desenvolvimento do software.
    Do "Comunismo"?!?! NÃO!!!!!!! FUJAM!!!!!! CORRAM!!!!!. O argumento do "Comunismo" (com ou sem aspas) é extrmamente contraproducente... podia-te dizer que tentava promover o "Cristianismo" com a entreajuda, etc. Até do "Capitalismo" com a questão do código estar acessível, cada um faça o melhor possível. Ficava melhor?
    Quer dizer, eles defendem que todos deverão poder obter o software que precisam da comunidade e em contra-partida todos membros da comunidade devem contribuir com o seu trabalho partihando com a comunidade.
    Criminoso, sem dúvida
    Tal como o comunismo como teoria política, esta teoria aplicada ao desenvolvimento de software é conceptualmente linda e maravilhosa.
    Conceptualmente é sem dúvida linda e fantástica - e lógica. É também a base de qualquer filosofia humanista.
    O problema é que na prática a história o comunismo não funciona porque degenera em coisas horríveis como ditaduras, exclusão de pessoas com pontos de vista diferentes, repressão, arrogância e prepotência dos líderes da comunidade, abuso da boa vontade e ingenuidade dos membros da comunidade e outras formas de abuso de poder.
    Coisas que felizmente nunca vimos acontecer em lado nenhum hoje em dia!
    Mas isto não tem nada a ver... a tua tentativa de dedução lógica está errada á partida... "A FSF quer entreajuda na comunidade" E "O comunismo quer entreajuda entre a comunidade" LOGO "A FSF vai mandar pessoal para a Sibéria". Brilhante. Tenho uma também. "O Hitler desconfiava de comunistas" E "tu desconfias da FSF" LOGO "vais fundar o teu próprio Campo de Concentração".
    Isto acontece muito dentro das comunidades de desenvolvimento de software dito livre. Poderia referir inúmeros casos de incidentes que reflectem o que acabo de explicar. Deixo isso para os que querem a continuar a discutir com mentalidade aberta este assunto sob esta perspectiva.
    Estás a dizer que "repressão, arrogância e prepotência dos líderes da comunidade, abuso da boa vontade e ingenuidade dos membros da comunidade e outras formas de abuso de poder" acontece muito dentro da comunidade de software livre? Era bom dares exemplos... e o mlehor de tudo é que a comunidade que produz software livre não está directamente relacionada com comunicados da FSF, pelo que o que estás a dizer é que desconfias em geral da forma como o software livre é produzida e do próprio software livre. E isso já é uma questão totalmente diferente.
    Voltando apenas a este caso, o que me parece é que sendo a VA uma empresa que investiu pesadamente no desenvolvimento de uma plataforma para estimular a produção de software de código fonte aberto, vêem-se confrontados com uma situação de liquidez financeira que não estão a conseguir alcançar.
    Situação infeliz, sem dúvida.
    A VA teve de sair do idealismo de desenvolver tudo quase sem proveito comercial e começar a rentabilizar o investimento que têem vindo a fazer neste últimos anos.
    ... e que devido a ser software livre contou com a colaboração de milhares de pessoas a testarem e entregarem código (o custo disto por si só não é mensurável)
    Uma solução é criar um produto baseado na plataforma do Sourceforge e vendê-lo a quem quiser pagar por ele.
    Algo que a VA já faz com o SF... sabes de certeza que podes vender produtos GPL por quanto quiseres...
    Não vejo mal nenhum nisso. Uma empresa por definição é um instituição com fins lucrativos. Não têem de fazer caridade e como não vivem do ar, até estranho porque não fizeram isto há mais tempo.
    Mas a questão nem está ai! A questão é informar as pessoas que lá têm os projectos de que o sítio onde colocaram o código e que pensavam ser software livre pode deixar de o ser (se já não é). É apenas isso.
    Quanto às reclamações do individuo da FSF, ele pode até ficar indignado com a proposta de cedência de copyright, mas a verdade é que VA precisava de fazer isso porque só o legítimo dono do copyright pode mudar a licença do software que usam. Isso é necessário porque a licença GPL não permite incorporação de software com essa licença em produtos de código fechado, como o que eles querem passar a vender.
    Claro. Mas essa é a razão do aviso. A VA mudou a licença para software proprietário, e isso é o cerne da questão. É incomcebivél que o maior repositório de software livre corra numa aplicação não-livre. Muitas pessoas fecharias os projectos que lá colocaram, e é para isso que server o aviso.
    Como diria o "poeta", o software é como as vaginas, quem quiser dar, dá-las. Se o indivíduo da FSF não o quer dar, paciência, a VA vai ter que continuar o seu produto sem isso. Agora este facto não dá legitimidade ao pessoal da FSF ou do quer que seja, de reclamar sobre a mudança da licença da plataforma Sourceforge. Na verdade, esse software esteve fechado até há cerca de um ano atrás, pelo que quem quer que reclama devia antes agradecer à VA e parar com lamentações pedantes. A VA é uma empresa que precisa de sobreviver. Quem não entende isto, deveria, tentar viver apenas do ar que respira para ver se é suficiente para sobreviver.
    A SF pode estar a correr em software proprietário. Isto é importante para quem o utiliza. Para isso serviu o aviso. A viabilidade financeira da VA não é o que está em causa aqui. A VA pode prosperar ou falir, a questão de princípio mantem-se e é o que de facto importa aos utilizadores do SF.
    De qualquer modo, o que importa e o que muitos talvez não saibam é que as versões anteriores da plataforma Sourceforge continuam com licenças de código fonte aberto. Portanto, a mudança de licença só se aplica nas versões futuras que a VA vai comercializar.
    ... e pôr a correr no SF.net. *É esta a única questão*! A Alladin produz uma versão próprio do Ghostscript proprietária. Há problema com a FSF? Não, porque toda a genete sabe que assim é. O caso da SF.net é informar que a aplicação que tem o código dos projectos pode ser não livre.
    Claro que a FSF é contra isto porque eles usam a plataforma do Sourceforge no savannah.gnu.org . Isto significa que eles não poder beneficiar das melhorias que a VA vai fazer na versão comercial. Paciência. O facto de já terem beneficiado do que têem já foi bom. Portanto, estão a reclamar de barriga cheia.
    Achas mesmo que a FSF está minimamente interessada no que a VA pode pôr no SF? A FSF se quiser tem genete suficiente para fazer o SF 3 vezes... além do mais nem se põe o caso porque o Savannah *vai mudar* de infraestrutura (vê o Savannah NG).
    Agora o que é lamentável, é esta tentativa repugnante de virar a comunidade Open Source contra a VA. Isto é típico dos regimes comunistas. Por isso é que continuo a dizer, "Cuidado com a FSF!".
    Voltamos ao comunismo... Reparar que o que se trata aqui é de informar as pessoas do que se passa. A verdade é que muitos utilizadores não faziam a mínima ideia, e na verdade já houve projectos fechados no SF desde que se soube. Quando tudo ficar clarificado tenho a certeza que se a VA colocar a versão comercial no SF.net muitos mais irão fechar. É que para muitas pessoas isto de entreajuda da comunidade e a questão da liberdade são realmente importantes.
    cumprimentos,

    fsmunoz
    Re:Cuidado com a FSF! (Pontos:3, Informativo)
    por ajc em 14-11-01 11:31 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    Já reparei que muitas das preocupações da FSF tem uma característica curiosa: poderão ser ignoradas como extremismo, excepto quando as coisas correm mal.

    Especificando: se a VA continuar mais ou menos como está toda a gente se lembrará deste incidente como um fanatismo da FSF; se a VA falir, ou for comprada por alguém menos bem intencionado, então vamos todos a correr ver o que se pode salvar e reler os "fanatismos" para perceber os perigos da situação e as formas de lhes tentar escapar

    Re:Cuidado com a FSF! (Pontos:1)
    por Lowgitek em 14-11-01 19:41 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    Na situação actual, qualquer compania que se "apodere" de algo é sempre comprometedor. No caso da VA parece estar de boa saúde assim como todas as outras que entretanto foram compradas e resumidas ao pó ou lá perto, a maquina que fez mover todo esse processo sabemos bem nós bem todos quem é. Portanto causa me um pouco de calafrios este tipo de avisos até porque a situação original agradava-me muito mais mas enfim como o comentário ao qual respondo já o diz há sempre alternativas talvez não com a estrutura e a dimensão iguais nem com o destacamento de algumas outras como é o caso do Sourceforge.

    Esperamos que isso acabe bem.

    (p.s. Ainda não tive tempo para ler os artigos todos.)

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]