gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Astroturfing
Contribuído por Xmal em 01-10-01 11:15
do departamento real-politiks
perguntas Airegin escreve "É possível saber se algum utilizador do Gildot faz astroturfing? No caso de alguém fazer astroturfing, seria aceitável? "[Xmal: Junto no desenvolvimento uma definição de Astroturfing. Em poucas palavras, consiste em mascarar um esforço de marketing/lobbying sob a capa de iniciativas expontâneas de uma comunidade.]
Após um google(astroturfing) temos:

astroturfing n.

The use of paid shills to create the impression of a popular movement, through means like letters to newspapers from soi-disant `concerned citizens', paid opinion pieces, and the formation of grass-roots lobbying groups that are actually funded by a PR group (astroturf is fake grass; hence the term). This term became common among hackers after it came to light in early 1998 that Microsoft had attempted to use such tactics to forestall the U.S. Department of Justice's antitrust action against the company.

This backfired horribly, angering a number of state attorneys-general enough to induce them to go public with plans to join the Federal suit. It also set anybody defending Microsoft on the net for the accusation "You're just astroturfing!".

Novo recorde de alarvidades batido pelo Portugaldiario | Quanto vale um site?  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Mais acerca perguntas
  • Também por Xmal
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    É desonesto... (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 01-10-01 11:37 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    ... e, como tal, nojento.


    "Prepare to be seduced by my Psycho-Power!"
    - M. Bison, Street Fighter Alpha 3
    Astroturfing tb conhecido como reverse marketing (Pontos:1)
    por Vx em 01-10-01 11:48 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Bom, é mais antigo que tudo. Uns chamam-lhe mau marketing ou publicidade enganosa, mas no fundo praticamente todos, de uma forma ou de outra, o fazem.

    Dando um exemplo simples, a banda de musica Stone Roses (não está em causa se é boa ou não) durante duas semanas percorreram Londres pelas pontas pintando o nome da banda e colando cartazes ditos de fans. Resultado.. quando o disco foi posto à venda, já todos conheciam ou ouviram falar mesmo sem nunca ter ouvido. O disco esgotou.

    Se é ético ou não, julgo que o conceito é ético, o que não é ético é a forma como é utilizado. Tornar algo maior do que na realidade é através de testemunhos forjados. Todos os fazem. Acho que quando usado com moderação é uma poderosa arma de marketing e que sim, deve ser usada. Como todas as armas, tem duas formas de ser usado. À que escolher a forma certa.


    Vx
    ----------------------------------------
    Accept that some days you are the pigeon and some days the statue.
    ------------------------------

    Re:Astroturfing tb conhecido como reverse marketin (Pontos:2, Interessante)
    por Myke em 01-10-01 16:07 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Permita-me que discorde.
    Ou é ético ou não é ético agora isso de, é ético se for em pequenas quantidades e não der muito nas vistas não me parece um bom argumento.
    Quanto à nalogia, uma dada tecnologia pode ser usada de várias formas inlusivé para fazer armas mas, quanto às armas, só servem para fazer mal a alguém.
    O que está aqui em causa não é dizer bem ou mal do produto, é dizer algo (normalmente do nosso "peixe") fazendo-se passar por outro(s) e isso, do ponto de vista moral, é errado.
    o problema não é o astrosurfing (Pontos:3, Interessante)
    por joao em 01-10-01 11:55 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    O problema não é o astrosurfing. O problema é a falta de pensamento crítico. O astrosurfing (que eu não sabia que se chamava assim) funciona porque as pessoas valorizam a quantidade de opiniões a favor de uma determinada ideia acima da qualidade. Por exemplo, uma pessoa sem capacidade crítica que lê 20 comentário a favor de uma determinada posição e 1 contra vai achar que a posição do comentarista contra está errada. Uma pessoa com pensamento crítico analisa os argumentos e procura determinar quem tem razão a partir dos méritos dos argumentos.

    Quanto ao facto de existirem pessoas no Gildot que fazem astrosurfing, acho que não há problema nenhum porque normalmente os pontos de vista contrários ficam bem representados nas discussões.

    Normalmente o que as pessoas fazem aqui, no pior dos casos, é defenderem os pontos de vista das instituições onde trabalham. Mas isso é natural.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura

    Astroturfing (Pontos:2)
    por joao em 01-10-01 12:03 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Afinal é Turfing,Astroturfing...

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    no mbnet (Pontos:2)
    por buffer em 01-10-01 13:01 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://xpto dot org
    Basta ir ao forum da recortes sobre o mbnet para encontrar lá mensagens pro-MBNet, de pessoal dentro da rede da SIBS ..
    Aplica-se ?

    -- what was my problem with man You ask? No.. I ask you what was man's problem with me..
    etimologia ? (Pontos:1)
    por biduxe em 01-10-01 14:26 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Já agora alguém tem uma explicação para a etimologia da palavra? É que não consigo entender mesmo.
    ------ EOFim.
    Re:etimologia ? (Pontos:1)
    por RS em 01-10-01 15:21 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Esta' explicado na definicao... Astroturf e' o nome de um erva ("grass") artificial. "Grass-root movement" e' uma expressao para designar uma associacao expontanea de varios individuos que apoiam/defendem uma determinada causa, producto, etc. Quando este fenomeno tem uma origem totalmente artificial (p.ex. um groupo de pessoas e' pago para dizer bem de determinado produto) chama-se entao "astroturfing".
    Pode ser muito mau para a empresa (Pontos:2)
    por jneves em 01-10-01 17:29 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://silvaneves.org/
    Para quem não lê a RISKS, recentemente passou por lá o problema de uma empresa muito conhecida que foi apanhada a enviar cartas a alguns procuradores-gerais nos EUA, assinadas por pessoas que já morreram. Parece que um deles não gostou da brincadeira...

    Segue a notícia original:

    Date: Fri, 24 Aug 2001 10:19:27 -0400
    From: "Jeremy Epstein" <jepstein@webmethods.com>
    Subject: Even dead people use Microsoft software

    Computerworld reports that a Microsoft letter-writing campaign opposing the anti-trust actions used the names of dead people. The Utah Attorney General, who received the letters, was not amused. Other Attorneys General received duplicate letters with similar problems. MSFT says they didn't do it, but pointed to "Citizens Against Government Waste" which is a leading the effort.

    (http://www.computerworld.com/storyba/0,4125,NAV47_STO63256,00.html)

    The risk is that any sufficiently automated letter writing system is going to eventually screw up and get caught. Dead people don't handwrite letters.

    yet another example (Pontos:1)
    por Xf em 06-10-01 2:04 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    tipo o Jacques Costeau a defender as experiências francesas no atol da mururoa...por ter sido o governo a pagar o barco (Calypso II, se não me engano)
    Shake dreams from your hair my pretty child, my sweet one...
    Re:Claro que existe por aqui! (Pontos:0, Despropositado)
    por joao em 01-10-01 12:08 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Não cabe na deinição. As ligações entre o Lamego e a PTLink são óbvias. Segundo a definição, o Astroturfing pretende criar a ideia de que um determinado produto está a gerar movimentos expontâneos de apoio. A ideia é a de que esses movimentos "expontâneos" geram ainda mais apoios por efeito de manada.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]