gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
"Back doors" já!
Contribuído por scorpio em 17-09-01 14:34
do departamento agora-têm-desculpa-:/
Cifragem karlus escreve "«The horror of Tuesday's coordinated attacks on the commercial and military centers of America has prompted the U.S. Congress to call for a global ban on "uncrackable" encryption products. The attacks in New York and Washington prompt Senator Judd Gregg to call for encryption software makers to create a 'back door' in their tools that would let government authorities gain access.»

Sim... era só o que nos faltava!
Estas e outras perolas podem-se ler aqui. "

KDE 2.2.1 | Mozilla 0.9.4  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • ZDNet
  • aqui
  • Mais acerca Cifragem
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    As I said before: (Pontos:2, Engraçado)
    por asoares em 17-09-01 15:09 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Vamos todos fazer rapidamente o upgrade para a versão com backdoors...

    antonio soares
    antonio soares -- Windows has stopped. Press CTRL+ALT+DELETE to restart your computer.
    Publicidade (Pontos:2, Engraçado)
    por SUp3rFM em 17-09-01 15:13 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://phalanx-ut.com
    Nunca a publicidade subliminar à Microsoft atingiu tamanha dimensão. Bolas, até há senadores a defender software deles... e ainda por cima, por uma caraterística, que até agora era escondida pelos senhores de Redmond: O software MS tem backdoors! :)

    - Let's flood the Echelon!
    Bomb strike murder assassination president america
    whitehouse explosive terrorism Saddam Iraq FBI CIA NSA DOJ
    Pfffff! (Pontos:3, Engraçado)
    por Gimp em 17-09-01 15:15 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Esse senador pediu um backdor com ou sem tapete vermelho de boas-vindas?


    "Os meus 2 caragos" Ferrenho Gomes zZzZz

    aham.. (Pontos:3, Informativo)
    por [WaR] em 17-09-01 16:15 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Claro que os terroristas comprariam rápidamente software com backdoors... o bin laden nem é milionário nem nada... nem pode pagar a meia dúzia de programadores para desenvolverem cripto para ele.

    Há pessoal que simplesmente não tem noçao...

    -- [WaR]
    "making rumours true since 1994"
    On other news.. (Pontos:1, Engraçado)
    por Anonimo Cobarde em 17-09-01 16:16 GMT (#6)
    O mesmo senador impediu a criação de qualquer texto aleatório que possa ser utilizado como 'one-time pad'.

    Devido ao seu algoritmo de encriptação, 'solitaire' (http://www.counterpane.com/solitaire.html ), todas os proprietários de baralhos de cartas deverão registá-los e substitui-los por uma versão que permite ao governo saber quantas vezes foram embaralhados...

    !TRUE

    JP
    Ter o cão e não ter as carraças (Pontos:2, Esclarecedor)
    por js em 17-09-01 16:28 GMT (#7)
    (Utilizador Info)

    Queremos ter riqueza, mas não queremos ter poluição. Queremos ter automóveis, mas não queremos CO2 na atmosfera. Queremos dominar o átomo, mas não queremos proliferação nuclear. Queremos antibióticos e combate às doenças, mas não queremos armas bacteriológicas.

    E queremos privacidade ao mesmo tempo que queremos que a polícia consiga antecipar os movimentos dos terroristas.

    Será que sabemos o que queremos?

    Re:Ter o cão e não ter as carraças (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Gimp em 17-09-01 17:10 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Espiolhar email e outras coisas não é a solução de todos os males. Que impediria os terroristas deste mundo usarem o snailmail codificado? Ou até sinais de fumo. Medidades de segurança coerentes ajudam. Privar-nos de direitos não é panaceia. Exemplo: os inspectores da aviação civil americana resolveram testar a segurança dos aeroportos na década de 90. Aconteceu que se tivessem levado uma bazooca tinham-na conseguido introduzir no avião. Após entrega de relatórios nova experiência. 6 em cada 8 inspectores conseguiram furar as novas regras de segurança. Chama-se a isto incompetência. E ouvi um zum-zum de que a Mossad teria avisado atempadamente os CIAIEIS e os ÉFEBÊIS. É fácil praticar demagogia.


    "Os meus 2 caragos" Ferrenho Gomes zZzZz

    Re:Ter o cão e não ter as carraças (Pontos:1)
    por js em 17-09-01 19:19 GMT (#16)
    (Utilizador Info)

    É evidente que espiolhar o email não resolve nada disto. A questão não é essa.

    Temos, já e cada vez mais, acesso a meios tecnológicos mais e mais poderosos, que como tudo são bons e maus. Um avião porreiro que nos permite viajar depressa e confortavelmente também pode ser usado como míssil. Uma barragem que irriga terras e gera energia também pode inundar cidades. Um laboratório que produz medicamentos capazes de salvar milhões também pode produzir venenos que assassinam em escala colossal. E cada vez é mais fácil para um simples indivíduo ter acesso a formas mais ou menos criativas de usar mal e devastadoramente as coisas que foram feitas para o bem de todos.

    O reverso da medalha é inevitável: Se cada vez é mais fácil a um indivíduo intervir em larga escala, cada vez é mais necessário controlar os movimentos desse indivíduo. Ou seja, de todos os indivíduos.

    De resto qualquer um que pare para pensar descobre que concorda com isto. O que dizes da segurança nos aeroportos é isso mesmo: Queres que os indivíduos, lá, onde podem causar grande estrago, sejam controlados. Repara que não questionas a perda de direito à privacidade nos aeroportos: Segurança implica raios-X, revistas, etc., tudo coisas que violam brutalmente a privacidade. O que digo é que, associada ao desenvolvimento, há uma tendência normal para que as áreas da vida em que é possível causar grandes estragos se vão alargando, e portanto também se terão que alargar as áreas em que o controle terá que ser exercido, com o consequente recuo dos mais variados direitos.

    Re:Ter o cão e não ter as carraças (Pontos:2)
    por jmce em 17-09-01 20:06 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://jmce.artenumerica.org/
    Convém não confundir (convenientemente) inconveniências e violações de direitos.
    Re:Ter o cão e não ter as carraças (Pontos:1)
    por js em 18-09-01 0:33 GMT (#29)
    (Utilizador Info)

    "Inconveniências"?? Consideras que ser obrigado deixar a bagagem passar por raio-X é uma mera "inconveniência"?? Consideras que ter que aceitar revistas aleatórias apenas porque calha o gajo de guarda desconfiar que levas coca no saco, no bolso ou nas cuecas é simples "inconveniência"?? E se calhar ao lado disto consideras que ter email vigiado é uma "gravíssima violação de direitos", não? Radiografar e revistar um gajo é uma violação de privacidade muito maior do que gravar comunicações. Não me parece que seja eu quem está a fazer confusões, convenientes ou não.

    Re:Ter o cão e não ter as carraças (Pontos:1)
    por HiTek DeVil em 18-09-01 5:04 GMT (#33)
    (Utilizador Info)
    Sinceramente prefiro que me revistem, simplesmente porque o excelentissimo agente da autoridade está de mau humor, do que andarem a bisbilhotar informações pessoais ou profissionais, ou terem a oportunidade de poder aceder a algo que não lhes diga respeito... uma coisa é segurança... é poderem "vigiar" um suspeito, outra é terem total poder para bisbilhotar tudo o que não lhes diz respeito... e isso é voyerismo... quem me garante a mim que não se vão lembrar, por o trabalho estar a ser monotono, bisbilhotar a minha vida? Tudo bem, prevenção é uma forma de combater o crime, mas o direito deles acaba à porta da minha casa (e digo casa, mas neste caso, à minha informação), até terem motivos para bisbilhotarem... quem me garante que não o vão fazer sem motivo? para isso continuem a fazer o trabalho de vigia normal... e que comecem a preocupar-se mais na segurança real, que neste caso em concreto, os egocentristas dos americanos não souberam tratar, mesmo com todos os avisos que tiveram das autoridades competentes (por exemplo, a falta de segurança nos aeroportos)... se nem os inspectores conseguiram regular o que tinham de regular, como irão os "inspectores" desta nova "lei" conseguir com que essa "lei" se mantenha para o que foi planeada? (pode abrir precedentes para espionagem industrial... ou qualquer coisa parecida :P )


    HiTek DeVil
    Re:Ter o cão e não ter as carraças (Pontos:1)
    por mlopes em 18-09-01 12:18 GMT (#40)
    (Utilizador Info)
    Já para não falar em confundir a utilização de um serviço prestado por uma companhia com o uso de um computador na privacidade das nossas casas, ao utilizarmos esses serviços estamos sujeitos às regras das diversas companhias ou que o estado lhes impôs para que pudessem existir, o mesmo não acontece quando enviamos um e-mail.
    Re:Ter o cão e não ter as carraças (Pontos:2)
    por joao em 17-09-01 18:07 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com

    Podemos ter automóveis e não ter CO2, é apenas uma questão técnica que mais tarde ou mais cedo será resolvida.(mas o CO2 na atmosfera até não é assim tão mau como o pintam)

    Podemos dominar o átomo e podemos impedir a proliferação nuclear: é uma quetão de adoptar boas medidas de segurança.

    Podemos ter antibiótico e não ter armas bacteriológicas (idem)

    Podemos ter ao mesmo tempo privacidade e segurança. As medidas de segurança mais inteligentes não são aquelas que violam a privacidade.

    Em resumo, podemos ter tudo. Somo uma espécie inteligente.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura

    Re:Ter o cão e não ter as carraças (Pontos:1)
    por js em 17-09-01 19:19 GMT (#17)
    (Utilizador Info)

    "Podemos dominar o átomo e podemos impedir a proliferação nuclear: é uma quetão de adoptar boas medidas de segurança."

    Compreendo, é só uma questão de prever o imprevisto. Como é que nunca ninguém se lembrou disso?

    "Em resumo, podemos ter tudo. Somos uma espécie inteligente."

    Esta frase contradiz-se sózinha. Se somos uma espécie inteligente, sabemos que não podemos ter tudo.

    Mais interessante ainda era saber se uma espécie como a nossa, que é constituida por seres individualmente inteligentes, é por causa disso colectivamente inteligente.

    Os US ai, ai..., estes gajos so inventam (Pontos:1)
    por lfrodrigues em 17-09-01 18:41 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Pois, nao basta as estupidas leis que eles tem em relacao a algorimos de encriptacao:
    1-um qualquer algoritmo que nao tenha sido criado nos US e que seja importado de la numca mais vai poder sair
    2-e preciso pedir uma autorizacao qualquer para utilizar algoritmos com uma chave superior a 128 bits(n tenho a certesa deste valor).

    Agora querem que o pessoal so use algoritmos com backdoors, so para eles poderem seguir os terroristas, so a ideia de conseber isto e absolutamente ridicula, se eles fisessem o trabalho deles como devia ser nao pressisariam disto.
    E depois esquecem-se de outra grande desvantagem, se vao ser banidos todos os algoritmos que nao tem backdoors as comunicaçoes enviadas por eles tambem nao vao ser seguras(como a esperiencia ja nos demonstrou se existe uma maneira de vencer um algotimo de encriptacao alguem mais cedo ou mais tarde descobre como-temos o exemplo do DCSS).
    E se esta proposta for aceite o que vai acontecer a concurrencia entre as empresa, um funcionairo de uma empresa x concurente da empresa y pode subornar uma pessoa dentro do aperelho de estado para lhe fornecer informacao soubre o algoritmo de encriptacao, ler as mensagens que sao enviadas entra os trabalhadores da empresa y, robar-lhes as ideias, registar a patente e a empresa y fica a ver navios.


    --------
    _LR_

    Re:Os US ai, ai..., estes gajos so inventam (Pontos:2)
    por Strange em 17-09-01 19:33 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    1. Importado de lá? Ou antes importado para lá? E o que interessa se pode sair ou não, já que existe fora?

    Anyway, os limites de exportações relativamente à criptografia já foram reduzidos. Já se pode buscar software criptográfico que use chaves superiores a 40 e tal bits.

    "funcionairo de uma empresa x concurente da empresa y pode subornar uma pessoa dentro do aperelho de estado para lhe fornecer informacao soubre o algoritmo de encriptacao"

    Todos os algoritmos de encriptação decentes são divulgados ao público (o uso é que pode ser restricto), e são analisados por criptoanalistas independentes. Portanto, bastará usar algortimos que tenham sido analisados por esses analistas e implementações open source das mesmas para verificar se não existem backdoors nessas implementações.

    hugs
    Strange

    Back doors já (Pontos:1)
    por Abdula X em 17-09-01 18:45 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Pois pois !!!! Não faltava mais nada, já agora um pequeno spyware recomendado pelo congresso para ser instalado remotamente em todos os pc's e sem o conhecimento do utilizador.
    Re:Back doors já (Pontos:1)
    por Lowgitek em 17-09-01 18:49 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    Eu acho piada até parece que o software da microsoft ja não ta cheio de portas de entrada principais.... e não backdoors :)) É pena é que os terroristas não sejam tão lerdos a ponto de comerem o que os US dão.
    Knowledge (Pontos:0, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 17-09-01 18:50 GMT (#13)
    Este senhor, assim como muitos, nao faz ideia do que esta' a falar.
    No que diz respeito a seguranca informatica, assim como a tudo o resto no mundo, quem esta disposto a seguir a lei dispoe apenas de meios licitos. Mas quem esta disposto a cometer actos ilegais, dispoe de meios licitos e ilicitos (sim, porque nao e' ter de usar software de encriptacao ilegal que vai parar pessoas dispostas a tirar a vida a outras). Medidas como esta apenas aumentam a vantagem de quem esta disposto a cometer actos ilegais.
    Alem do mais, na Internet tem-se revelado impossivel de impedir a proliferacao de software ilegal. Sites com gigabyes e mais gigabytes de software pirateado sao o melhor exemplo.
    De qualquer maneira, nao esquecamos que a Internet e' internacional. Duvido muito que outros paises vao na cantiga.
    Contudo, e' verdade que a cifragem de mensagens tem vindo a fazer a vida dificil a' NSA (No Such Agency).

    Re: "Back doors" já! (Pontos:1)
    por Devils_Advocate em 17-09-01 18:55 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Eu sou favorável a que as autoridades tenham ao seu dispor todos os meios possíveis para investigação e prevenção. E obviamente as “backdoors” também estão incluídas. Afinal os meios disponíveis para investigação também têm de evoluir com o resto da tecnologia. Perguntem a um investigador da Polícia Judiciária quantos crimes não teriam ficado por resolver sem escutas telefónicas ou outras, vigilância oculta, etc,etc .. Eu sei que esta é uma questão polémica, mas ainda bem que alguém a colocou nesta altura do campeonato, já que só com estes tristes acontecimentos é que a generalidade dos puristas da privacidade poderá perceber um pouco do que está em jogo. Ainda aqui há poucos meses li um artigo de jornal onde após uma decisão da Carris de colocar câmaras de vídeo nalguns autocarros críticos veio logo a cambada habitual de intelectuais de esquerda mandarem bocas sobre privacidade. O problema é que esta gente não anda nesses autocarros, tal como neste subject, as pessoas querem que os crimes não aconteçam ou que sejam solucionados rapidamente, mas não querem nada com a privacidade delas. O meu ponto de vista: Acho que ser contra as autoridades terem acesso a todos os meios disponíveis é uma luta absurda e completamente egocêntrica (o mal só acontece aos outros). A luta da privacidade tem que ser canalizada para o controlo de quem, quando e em que condições se podem usar esses meios. Esse é o caminho para mim, e não perder tempo com ser contra ou a favor de backdoors. Elas vão existir ou já existem, não tenham dúvidas, e estar a discutir a existência delas é inútil, devemos sim é criar mecanismos de controlo e fiscalização.
    Re: "Back doors" já! (Pontos:2)
    por Strange em 17-09-01 20:49 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    O exemplo dos autocarros é disparatado neste contexto. Usando mesma analogia, não se trata de colocar câmaras em autocarros públicos, mas sim de as colocarem dentro do teu carro, dentro de tua casa, no teu quarto, na tua casa-de-banho, etc.

    A carris tomou a decisão (e penso eu bem) de colocar câmaras, pois isso veio aumentar a segurança por dissuadir eventuais malfeitores e para oferecer informações no caso de que algo aconteça. Neste caso serás um dentro de dezenas de milhares de pessoas, e essas gravações serão analisadas por pessoas mal pagas com coisas mais interessantes que fazer. Alem do mais, o mais chocante que talvez faças num autocarro será babares-te por uma rapariga mais jeitosa que entre.

    Transpondo para a Internet, esse exemplo seria o de analisarem os fóruns públicos, tipo Gildot, Slashdot e a UseNet, o que podem fazer há vontade e nem se precisam de preocupar em gravar a informação, já o fazemos por eles (a polícia).

    Pelo contrário, o de instalarem backdoors nos software de criptografia seria equivalente à polícia introduzir câmaras nos teus aposentos privados, e isso seria muito diferente pois esses sempre têm a motivação de realizarem alguma apreensão, os conteúdos serem mais estimulantes, e depois aparecerem no jornal devido a uma apreensão apenas possível devido ao uso das novas tecnologias...

    hugs
    Strange

    Re: "Back doors" já! (Pontos:0, Engraçado)
    por Anonimo Cobarde em 17-09-01 20:51 GMT (#21)
    Eu sou favorável a que as autoridades tenham ao seu dispor todos os meios possíveis para investigação e prevenção.

    Quando é que podemos instalar o telecran no teu quarto? Não te preocupes, nas cenas mais comprometedoras nós olhamos para o lado.

    Afinal os meios disponíveis para investigação também têm de evoluir com o resto da tecnologia. Perguntem a um investigador da Polícia Judiciária quantos crimes não teriam ficado por resolver sem escutas telefónicas ou outras, vigilância oculta,etc,etc ..

    Escutas autorizadas por um juiz, espero eu... não sei como funciona.

    Ainda aqui há poucos meses li um artigo de jornal onde após uma decisão da Carris de colocar câmaras de vídeo nalguns autocarros críticos veio logo a cambada habitual de intelectuais de esquerda mandarem bocas sobre privacidade. O problema é que esta gente não anda nesses autocarros, tal como neste subject, as pessoas querem que os crimes não aconteçam ou que sejam solucionados rapidamente, mas não querem nada com a privacidade delas.

    As câmaras criam um falso sentimento de segurança. De que valem muitas câmaras se depois não há polícias em número suficiente e bem equipados para responderem às situações? Além disso, quem quizer fugir às câmaras usa uma máscara (ui, alta tecnologia).

    Eu ando todos os dias de comboio, metro, etc. e não gosto das câmaras. Algumas estão colocadas em sítios muito discutíveis, e isto sem falar daquelas dentro das empresas, para alguém poder contar o número de vezes que um funcionário vai à casa de banho.

    A luta da privacidade tem que ser canalizada para o controlo de quem, quando e em que condições se podem usar esses meios. Esse é o caminho para mim, e não perder tempo com ser contra ou a favor de backdoors. Elas vão existir ou já existem, não tenham dúvidas, e estar a discutir a existência delas é inútil, devemos sim é criar mecanismos de controlo e fiscalização.

    Primeiro, não interessa se existem backdoors ou não, mas não me obrigues é a utilizá-las sff. Isto já é uma discussão diferente, e acho que vale a pena falar sobre isso.

    Depois, falaste em controlo e fiscalização. Qualquer jornalista de meia-tijela pode "pedir emprestada" uma cassete de qualquer câmara de vigilância para a passar no telejornal das 20:00. Disseste fiscalização? Era uma piada não era?

    [se isto era um troll eu não vi a placa "Don't feed the trolls" >:]

    Re: "Back doors" já! (Pontos:1)
    por asoares em 17-09-01 22:05 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    <ironia>

    Já agora porque não obrigar os fabricantes de fechaduras a criarem uma fechadura especial que seja possivel abrir com uma chave mestra?

    Assim qualquer casa poderia ser revista por suspeita de crime e nem tinham que tocar à campainha! Qualquer carro poderia ser aberto para verificar o conteúdo!

    Ou vamos lá abolir o envelope fechado - apartir de agora só é permitido o uso de postais!

    Ah, e as encomendas enviadas por correio devem ser de embrulhadas em material plástico transparente para se poder ver o que contêm.

    Já agora, porque não colocar-nos um código de barras a todos e um sinal transmissor. Afinal, nada temos a esconder!

    </ironia>

    antonio soares
    antonio soares -- Windows has stopped. Press CTRL+ALT+DELETE to restart your computer.
    Re: "Back doors" já! (Pontos:1)
    por HiTek DeVil em 18-09-01 5:15 GMT (#34)
    (Utilizador Info)
    Hummm... eu não tenho telefone em casa... já o tirei há muito tempo, por isso escutas de telefone, bem, krida PJ, esqueçam :P se quiserem metam um carrito daqueles bonitos que se reconhecem ao longe :P

    Fora brincadeiras, tu não te importavas em ter então uma camâra de filmar em casa 24 horas por dia pois não? ou um mecanismo de localização em ti, para eles saberem a todas as horas onde estás, pois não?
    Pergunta fulcral, já leste o "Big Brother"? não? aconselho-te a ler... não é umas questão de combater a criminalidade ou não... basicamente não vai servir de nada... quem usa sistemas de encriptação para passar as suas mensagens entre células terroristas ou entre células de grupos de crime organizado, não vai de certeza usar esse software... simplesmente quem vai pagar é o "povão" que vai ver tudo que não quer que seja divulgado em publico (já que é encriptado), ainda mais vulnerável...

    (já agora, o conselho de ler o "Big Brother" não é brincadeira... como tudo na vida, há que saber onde parar, saber escolher um meio termo, e não optar por um extremo... nem desleixar na segurança, nem tomar medidas absurdas em prol dessa segurança, ainda por cima falsa segurança)


    HiTek DeVil
    Re: Big Brother (Pontos:1)
    por biduxe em 18-09-01 11:37 GMT (#39)
    (Utilizador Info)
    Acho que o livro a que te referes é "1984" e não "Big brother". Se aconselhas a leitura dá o título correcto:
    1984 de Georges Orwell
    ------ EOFim.
    Esse gajo é um génio! (Pontos:1)
    por m3thos em 17-09-01 19:06 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://mega.ist.utl.pt/~mmsf
    O que é giro.. é que sera que o gajo nao percebe que assim.. nem as comunicações confidenciais do proprio estado estariam seguras.. bastava um hacker topar a backdoor!

    Estes gajos são mta giros.. já agora.. vamos abolir a encriptação.

    Acerca dos carros e do CO2.. o co2(dioxido de carbono) na faz mal grande mal uma vez que as plantas comem disso e cospem O2! :).. mal faz o co(monoxido de carbono)!

    Mas nada melhor que uma boa guerra para avançarmos tecnológicamente.. não fossem as necessidades de calculadores potentes durante a 2ª guerra mundial para o calculo de projecteis.. e nem Pc's teriamos. Não fosse a guerra fria e ninguem teria a ideia de criar a arpanet, que dpois como já sabemos.. descambou nesta ceninha chamada internet.

    Haverá sempre possibilidade de executar uma comunicação segura.. e de esta mais tarde vir a ser quebrada! NO MATTER WHAT.

    e sim.. let's flood the echelon .. como era o resto? :)

    Miguel Filipe
    More Human than Human.
    Re:Esse gajo é um génio! (Pontos:3, Informativo)
    por Strange em 17-09-01 20:54 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    "Acerca dos carros e do CO2.. o co2(dioxido de carbono) na faz mal grande mal uma vez que as plantas comem disso e cospem O2! :).. mal faz o co(monoxido de carbono)!"

    O monóxido de carbono é tóxico em quantidades pequenas, mas o dióxido de carbono é também tóxico em grandes concentrações e é o responsável pelo efeito estufa/aquecimento global.

    É preciso também não esquecer que as plantinhas precisam de O2 para respirarem... (Por isso não aconselham ter plantas nos quartos.)

    hugs
    Strange

    Re:Esse gajo é um génio! (Pontos:3, Informativo)
    por joao em 17-09-01 22:53 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    mas o dióxido de carbono é também tóxico em grandes concentrações

    O oxigénio também é tóxico em grandes concentrações. A questão é: essas concentrações podem ocorrer no mundo real?

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura

    Re:Esse gajo é um génio! (Pontos:2)
    por Strange em 17-09-01 23:15 GMT (#25)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    É mais provavél alguém morrer por intoxicação por CO2 do que por O2.

    Pessoas já morreram por intoxicação por apenas CO2, outras por CO2+CO e algumas poucas acredito que por O2.

    Existem cidades (tipo tóquio?) em que a poluição é tal que andam todos "mascarados", e por tal deve-se fazer um esforço para reduzir as emissões de gases poluentes. (Claro que essa poluição não é toda CO2, mas grande percentagem é CO2 sim.)

    hugs
    Strange

    Re:Esse gajo é um génio! (Pontos:2)
    por joao em 18-09-01 0:13 GMT (#27)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Qualquer livro de poluição te dirá que os poluentes relevantes para a saúde humana são: CO, NOx, SO2, partículas, ozono, chumbo e outros muito específico e extremamente raros. O CO2 não é um poluente relevante para a saúde humana.

    Já agora, que máscaras é que eles usam? Máscaras simples podem ser eficazes contra partículas, mas não contra gases como CO, NOx, SO2, e ozono.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura

    Re:Esse gajo é um génio! (Pontos:1)
    por HiTek DeVil em 18-09-01 5:23 GMT (#35)
    (Utilizador Info)
    hummm... can't you see the big picture? tradução para portugues: "poxa pá, mas tu nun consegues ber a pintura grande???"

    agora a sério... não se trata só dos seres humanos, o ecosistema também é afectado... e nós por muito egocentristas que possamos ser, não somos assim tão cegos para ver que o centro do ecosistema não somos nós... são varios milhoes de espécies... tiras uma, o resto começa a morrer... podes ir já contando as varías espécies de seres, desde microscopicos a macro, que já desapareceram ou mutaram.... uma coisa digo:

    O ECOSISTEMA ESTÁ DOENTE.... IS THERE ANY DOCTOR IN THE HOUSE????? :P


    HiTek DeVil
    Re:Esse gajo é um génio! (Pontos:1)
    por k em 18-09-01 8:52 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    Deixa lá, esse tipo ainda não percebeu porque é que o protocolo de Quioto é benéfico para a saúde (não a financeira) de todos nós.

    Enfim, esperamos que não haja mais como ele (de repente lembrei-me de um presidente comprado pela industria que mora numa casa branca...)!
    --
    k

    Re:Esse gajo é um génio! (Pontos:2)
    por joao em 18-09-01 11:01 GMT (#38)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Eu não sou daquelas pessoas que nasce a saber que o "o protocolo de Quioto é benéfico para a saúde".

    Para mim ele é benéfico se os dados objectivos o demonstrarem. Os dados objectivos mostram que o efeito de Quioto no ambiente é quase nulo.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura

    Re:Esse gajo é um génio! (Pontos:1)
    por HiTek DeVil em 21-09-01 1:37 GMT (#43)
    (Utilizador Info)
    Quase nulo? erm... 'tás a dizer o que o bush disse não foi? mas os ambientalistas americanos diziam o contrário... ele dizia que as concentrações de gases não ficava acumulado nos states, true... true... vão girando à volta do mundo... o que é verdade é que cada vez temos menos verão, e cada vez temos menos inverno... e já leste o "biliões e biliões" de carl sagan? basta uma mudança de poucos graus para uma nova era glaciar (foi a conclusao objectiva a que se chegou ao estudar as várias camadas de gelo e não sei mais o que... que bastava uma variação global de alguns 5 graus ou coisa parecida... :P )
    Mas o "sinhor" Bush tem razão... a concentração de gases não ficam parados nos states, a concentração de gases aumentou pouquissimo... verdade sim senhor... a nivel global é que aumentou bastante... mas para o senhor bush, o unico céu que lhe interessa é o que está por cima dos states.... and god bless america (*g*)


    HiTek DeVil
    Re:Esse gajo é um génio! (Pontos:2)
    por joao em 18-09-01 10:58 GMT (#37)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Em que é que isso contraria o que eu disse?

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    Re:Esse gajo é um génio! (Pontos:1)
    por mlopes em 18-09-01 13:09 GMT (#41)
    (Utilizador Info)
    Oxygen is a very toxic gas and an extreme fire hazard. It is fatal in
    concentrations of as little as 0.000001 p.p.m. Humans exposed to the
    oxygen concentrations die within a few minutes. Symptoms resemble very
    much those of cyanide poisoning (blue face, etc.). In higher
    concentrations, e.g. 20%, the toxic effect is somewhat delayed and it
    takes about 2.5 billion inhalations before death takes place. The reason
    for the delay is the difference in the mechanism of the toxic effect of
    oxygen in 20% concentration. It apparently contributes to a complex
    process called aging, of which very little is known, except that it is
    always fatal.

    However, the main disadvantage of the 20% oxygen concentration is in the
    fact it is habit forming. The first inhalation (occurring at birth) is
    sufficient to make oxygen addiction permanent. After that, any
    considerable decrease in the daily oxygen doses results in death with
    symptoms resembling those of cyanide poisoning.

    Oxygen is an extreme fire hazard. All of the fires that were reported in
    the continental U.S. for the period of the past 25 years were found to be
    due to the presence of this gas in the atmosphere surrounding the buildings
    in question.

    Oxygen is especially dangerous because it is odorless, colorless and
    tasteless, so that its presence can not be readily detected until it is
    too late.
                    -- Chemical & Engineering News February 6, 195
    Re:Esse gajo é um génio! (Pontos:2)
    por Strange em 19-09-01 14:22 GMT (#42)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/
    ROTFLOL! Brilhante!

    hugs
    Strange

    Re:Esse gajo é um génio! (Pontos:1)
    por Airegin em 18-09-01 0:07 GMT (#26)
    (Utilizador Info)

    Realmente a probabilidade dessas concentrações ocorrem no mundo real a médio prazo é pequena. Mas a questão não é essa, não se trata agora de discutir se será possível que por efeito de túnel eu passe para o quarto da vizinha.

    A questão é que tudo indica que a temperatura do planeta está a aumentar porque nós estamos a aumentar a concentração de CO2 na atmosfera.

    Ainda tem uma pergunta minha sem resposta.


    Airegin
    Re:Esse gajo é um génio! (Pontos:2)
    por joao em 18-09-01 0:23 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    O primeiro passo?

    Há muitos primeiros passos possíveis. Algumas ideias:

  • Uma fracção minima do dinheiro necessário para reconverter toda a indústria para cumprir Quioto pode ser utilizada para dar educação, água potável e saúde a milhões de pessoas no Terceiro Mundo. Educação e saúde significa desenvolvimento mais rápido e significa que os países do terceiro mundo vão adoptar tecnologias limpas mais cedo.
  • Outro primeiro passo alternativo consiste em combater os perigos ambientais mais imediatos. Nos países ricos, devemos combater a poluição no interior dos edificios. Nos países pobres, devemos combater a péssima qualidade da água e devemos melhorar o saneamento básico.

    Este são apenas duas vias que são de certeza mais lucrativas do que combater o aquecimento global. Os impactos do aquecimento global podem ser resolvidos mais tarde.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura

  • Re:Esse gajo é um génio! (Pontos:1)
    por Airegin em 18-09-01 1:07 GMT (#30)
    (Utilizador Info)

    É verdade. Tudo o que disseste está certo: educação, água potável, saneamento básico e tecnologias limpas no primeiro mundo são questões urgentes. Mas é verdade também que aqueles que viram as costas a Quioto também não vão meter dinheiro no 3º mundo para coisas dessas. Irão um dia fazê-lo quando o 3º mundo não lhes der alternativa.

    É também verdade que, com a desculpa de que há coisas mais urgentes para fazer, nunca se faz nada: há sempre problemas mais urgentes para resolver. Os EUA são reponsávei por 40 por cento das emissões de CO2, mas há problemas mais urgentes para resolver. E assim continuarão: por resolver.

    Eu ficaria muito feliz se um décimo das alternativas que sugeres fossem implementadas (eu sou de um desses países pobres), mas que conhece realmente o mundo subdesenvolvido sabe que nem daqui a 50 anos os países ricos vão fazer qualquer coisa pelos probres. Quando se pediu aos EUA para intervirem em Timor, a primeira resposta deles foi que os EUA não tinham interesses naquela zona. O espírito é esse: só se mete dinheiro onde há petróleo ou diamantes, o resto é conversa. Se se puder vender umas armas pelo meio ainda melhor.

    Espero que um dia consigam provar que o meu pessimismo está errado.


    Airegin
    Re:Esse gajo é um génio! (Pontos:2)
    por joao em 18-09-01 1:29 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Mas o teu pésimismo está errado. Os problemas não se vão resolver porque os países ricos vão ajudar os pobres. Vão-se resolver porque melhorar a vida faz parte da natureza humana. Todos os indicadores actuais de qualidade de vida são melhores do que eram há vinte anos ou do que eram há trinta e vão continuar a melhorar.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    Vergonha (Pontos:2)
    por CrLf em 18-09-01 1:09 GMT (#31)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    É vergonhoso que se aproveitem de catástrofes para tentar aprovar lei ranhosas. Além disso, software de encriptação existe por aí aos pontapés, vão fazer o que? Obrigar o pessoal a largá-lo em favor de software com backdoors? Yeah... right!

    Além disso quem propôe uma coisa dessas não só não percebe nada do assunto como ainda é burro e ignorante e não conhece a história da caixa de Pandora que uma vez aberta...

    -- Carlos Rodrigues

    - "I think we can handle one little penguin!"
    - "No, Mr. Gates, your men are already dead!"

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]