gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Internet banida no Afeganistão
Contribuído por jmce em 21-07-01 17:22
do departamento info-exclusão
Internet NT escreve "Li na Reuters que a Internet foi banida do Afeganistão pelos Taliban's por conter coisas obscenas, vulgares e anti-islâmicas (caso alguém seja apanhado a 'surfar' em ordem crescente os castigos são: 3 dias de prisão, 100 chicotadas, pena de morte). É de referenciar que essa medida não prejudica minimamente o resto do mundo mas apenas aos habitantes daquele país. O artigo completo está aqui. E para ser um bocado irónico com o assunto... já não podem ouvir a rádio Al-Islam nem ler o Coran aqui :]. "

MetaL - Uma linguagem de meta-programação | ADLS da Novis/IP  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • NT
  • Reuters
  • aqui
  • Al-Islam
  • aqui
  • Mais acerca Internet
  • Também por jmce
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    O que é que se podia esperar dali ? (Pontos:2, Informativo)
    por Lowgitek em 21-07-01 19:14 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    Enfim ... atrevo a me dizer só agora? a medida não se aplica aos chefes máximos de certeza anyway se formos a ver bem os maiores preujudicados serão os jornalistas e os estrangeiros que por lá num acto de loucura temporária passe por la. Não tou haver a internet a fazer muita falta aquela gente de lá.
    A medida peca por não ser original mas prontos e sempre ponto de nota. Eu não gosto muito dos americanos mas eles la tem razões para não ir com a cara dos gajos mas quem é que mandaram os estados unidos darem $$$, armas e etc aqueles gajos?

    Só me apetece dizer viva a america! *g*

    Depois vem la aquele armado em cowboy doido para dar uns tiros e o resto do mundo que aguente com as consequencias.


    Re:O que é que se podia esperar dali ? (Pontos:0, Engraçado)
    por Anonimo Cobarde em 22-07-01 0:16 GMT (#3)

    Os USA deram $$$ e armas ao Afeganistão para lhes ajudar na luta contra o invasor comunista, a URSS... (Como também a URSS deu $$$ e armas aos Vietcongs contra os intrometidos capitalistas...)

    Parece que nunca viste o Rambo... :)

    Re:O que é que se podia esperar dali ? (Pontos:3, Esclarecedor)
    por higuita em 22-07-01 3:00 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://raff.fe.up.pt/~eq92025
    pois, mas o feitico virou-se contra o feiticeiro...

    depois da saida da URSS os taliban conseguiram controlar grande parte do pais gracas ao armamento americano... o melhor e' que logo depois eles comecaram a considerar que o seu maior enemigo eram os USA e a sua politica...

    ora toca a usar os conhecimentos que a CIA tinha dado, o armamento que o governo dos USA tinha vendido para atacar alvos americanos...

    por outras palavras, eles criaram um monstro e quando ele saiu so seu controlo, eles encolhem os ombros e dizem que eles sao terroristas, mas nada fazem contra aqueles que criaram o monstro

    Higuita
    by Afeganistan Wallace (Pontos:1)
    por monge em 22-07-01 0:22 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://go.to/monk
    They can take our net...

    ... but they'll never take our FREEDOM!!!


    It doesn't matter who made it... It matters who got the idea (monk)
    O que se podia esperar ? (Pontos:1, Informativo)
    por Anonimo Cobarde em 22-07-01 0:56 GMT (#5)
    O que é que podias esperar de um pais onde por exemplo as mulheres são obrigadas a serem circuncisadas ?? SIM as MULHERES :) Para quem não conhece o conceito, check it out in Circuncisão Feminina
    Re:O que se podia esperar ? (Pontos:2)
    por joao em 22-07-01 11:12 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    O que é que podias esperar de um pais onde por exemplo as mulheres são obrigadas a serem circuncisadas ??

    São?? Qual é a fonte dessa informação?

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura

    Re:O que se podia esperar ? (Pontos:2)
    por joao em 22-07-01 12:07 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Acho que tens que aprender a ler. Nenhum em nenhum desses links está escrito que a circuncisão feminina é uma pratica comum no Afeganistão. O que os documentos dizem é que a circuncisão é um problema em alguns países africanos. O afeganistão é mencionado a propósito de outros problemas. Eu sei que tu não te deste ao trabalho de ler os documentos. Vai lá ler, vai ...

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    Re:O que se podia esperar ? (Pontos:2, Esclarecedor)
    por André Simões em 22-07-01 16:16 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://hesperion.catus.net
    A excisão (o termo circuncisão e incorrecto ao falar-se de mulheres) é praticado em África. Ora, o Afeganistão fica muito longe da África... Nenhum dos links que referes fala do Afeganistão (nem podia). Leste-os com atenção? Consultaste algum mapa antes? Nunca ouvi falar de excisão no Afeganistão... Mais: não é uma prática exclusivamente muçulmana, pois também é praticada por crentes de outras religiões (os animistas, por exemplo). Parece-me que há aí alguma ponta de preconceito... A excisão é de facto uma prática cruel e condenável, mas calma lá: não generalizemos, e não consideremos que é praticada em todos os países muçulmanos, visto que uma coisa não tem nada a ver com a outra.
    Repara bem no que diz o link do público:

    " A circuncisão feminina - excisão do clitóris - é aplicada em 28 países africanos, sendo que em apenas 25 por cento destes esta prática é considerada crime. Por ano, cerca de dois milhões de raparigas sofrem mutilações genitais. Em todo o mundo existem 130 milhões de mulheres que já sofreram uma excisão. "

    O Afeganistão não é em África... Vai lá ver bem o mapa do Mundo.

    A reportagem da Globo também refere a excisão como sendo uma prática africana (mesmo quando praticada fora de África, é-o por descendentes africanos)... Ora o Afeganistão nunca foi em África.


    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)

    Re:O que se podia esperar ? (Pontos:1)
    por André Simões em 22-07-01 16:04 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://hesperion.catus.net
    Não se fala de "circuncisão" para as mulheres, mas sim de "excisão". Não vejo é a relação de tal prática com a proibição da internet. Também não vi nunca escrito em lugar nenhum que tal prática existisse no Afeganistão. Nem na página que recomendas como link.
    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    Re:Neurónio Atleta (Pontos:1)
    por ajpalace em 24-07-01 16:14 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Proponho banirmos os comentários obscenos, vulgares e anti-islâmicos. Não é uma boa solução? Pois, tinha certeza que estariam de acordo. Não é preciso dizer que, aos Talibans será permitido ler o obsceno, vulgar e anti-islão. Afinal, alguém precisa levantar tais proibições para o caso do mundo tornar-se «melhor».

    Felizmente também há weblogs onde não são os editores (a.k.a. Talibans) a classificarem (i.e., censurarem) os comentários, mas são os próprios utilizadores do weblog (afegão) a o fazerem, bastando para isso que criem o hábito de utilizarem o weblog como utilizadores registados em vez de anónimos. Além disso, não é só aos Talibans que está reservado o privilégio de lerem o melhor do pior dos insultos gratuítos, do calão, do xenofobismo e do discurso vazio em geral: esse privilégio é também partilhado com os tais utilizadores registados a quem periodicamente é atribuída a nobre tarefa de decidirem moderar para cima essas jóias que por cá vão passando, para deleite de toda a audiência, evitando assim que comentários como "fulano é gay" ou "f*dam-se os brasileiros" se percam irremediavelmente.

    Queria ainda congratularmente por saber que afinal a situação no Afeganistão não está assim tão má (i.e., eu imaginava-a ainda pior!!!). Afinal o Afeganistão apenas funciona como um weblog onde é feita uma triagem dos comentários por uma percentagem dos seus leitores e onde até uma ou outra crítica pode passar sem censura. A imagem que eu fazia do Afeganistão (demasiado pessimista, percebo agora) era a de um lugar onde meios de comunicação como a internet, por exemplo, eram pura e simplesmente banidos, independentemente da forma como eram usados, uma vez que era a própria ideia de comunicação com o exterior que era considerada subversiva!

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]