gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Servirá a Internet para escrever livros ?
Contribuído por chbm em 08-07-01 13:51
do departamento ebook
Internet jneves escreve "Apesar de não ser exactamente uma novidade, estranho não ter visto nenhuma referência no gildot. O escritor Rui Zink (mais conhecido do grande público pela presença na "Noite da Má Língua"), está a escrever um livro na Internet, de seu título "O Surfista". "
jneves continua :"
O livro vai sendo escrito com a intervenção dos visitantes do site, que respondem regularmente a questões que definem o rumo que o escritor tem de dar à história. Para além do desafio ao escritor, que comentou que "parece que eles querem o caos e eu a ordem" e que "há pessoas que tentam ajudar-me e outras que parece que só me querem estragar a vida".

O livro será lançado em papel pela D. Quixote. Qual é a vossa opinião sobre este tipo de experiências, especialmente numa altura em que se discute tanto formas alternativas de pagar por conteúdos ? "

Empresas de recolha de equipamento obsoleto | window$ xp será um problema para a aceitação do Gnu  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • jneves
  • jneves
  • um livro na Internet
  • Mais acerca Internet
  • Também por chbm
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    É fixe! (Pontos:1)
    por k em 08-07-01 14:30 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Perdoem-me o comentário simples mas esta é a minha opinião muito resumida :)
    --
    k
    suportes digitais (Pontos:2, Interessante)
    por André Simões em 08-07-01 14:37 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://hesperion.catus.net
    Meus caros, eu continuo muito céptico acerca de livros em suporte digital. É fisiologicamente impossível a leitura prolongada em suporte digital (pelo menos nos moldes actuais), por questões que têm a ver com a inclinação do corpo e do suporte, bem como com a luminescência própria dos monitores actuais.
    Não se trata, como pode parecer à primeira vista, de uma tomada de posição conservadora. Até há cercade 2000 anos, o suporte (no mundo ocidental) para a escrita era o livro de papiro, em forma de rolo (que se lia na horizontal e não na vertical, como aparece nos filmes). Também esse suporte era anti-natural, e só quando se optou pelo actual formato (o chamado códice) é que de facto se parece ter achado a forma fisiologicamente ideal de ler e escrever.
    Assim, os livros digitais não me convencem. Desafio alguém a ler durante 2 ou 3 horas seguidas num monitor. Sim, que não considero leitura no verdadeiro sentido da palavra ler algumas dezenas de linhas num monitor, mas sim ler algumas dezenas de páginas. Que é isso, no fim de contas, a leitura de um livro.


    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)

    Re:suportes digitais (Pontos:0, Esclarecedor)
    por Anonimo Cobarde em 08-07-01 17:34 GMT (#5)
    >Meus caros, eu continuo muito céptico acerca de livros em suporte digital

    "O livro será lançado em papel pela D. Quixote."

    >Desafio alguém a ler durante 2 ou 3 horas seguidas num monitor.

    been there, done that.

    Re:suportes digitais (Pontos:1)
    por André Simões em 10-07-01 21:14 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://hesperion.catus.net
    Ainda bem que será publicado então. Vem dar razão às minhas observações.
    Entenda-se por estar 2/3 horas seguidas a ler: ler um mesmo texto, sem bonecos, com o monitor 100% preenchido de caracteres, sem intervalos (isto é que é ler a sério). Não conta, por exemplo, ver páginas durante 2/3 horas. Se ainda assim a tua afirmativa se mantiver, aconselho-te a contactares um médico o mais depressa possível, pois és um fenómeno da ciência.


    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)

    Re:suportes digitais (Pontos:2, Interessante)
    por sonigs em 08-07-01 18:43 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.litux.org
    Verdade. Alguns documentos em .pdf até se lêem bem, mas para quem já de si tem o monitor À frente quase 24h por dia, chega a um ponto onde descansar a vista sobre o papel é um "must".

    Em todo o caso, a técnica do Rui Zink, no meu entender e poderá não corresponder nem a isto ou não somente a estes pontos, trata-se de:

    - aumentar a popularidade;

    - conquistar novos leitores pela interacção (directa) que tem com eles;

    - sondar junto das pessoas (mais fácil do que andar na rua a tentar descobrir quem é quem e o que é cada um tem a dizer) e absorver as necessidades, gostos e preferências de cada leitor;

    - O mundo já sabe que Stephen King e outros autores estão igualmente presentes online a fazer algo de "semelhante";

    - É uma experiência que o pode enriquecer, tal como à editora e aos leitores;

    - É um conceito relativamente recente que nalguns casos pode mudar muito na literatura contemporânea;

    - Quem escreve, é normalmente uma pessoa super sensível a tudo e penso que qualquer escritor só pode ganhar por estar tão perto de tantos leitores em simultâneo.

    Muitas vezes imprimo docs para ler mais tarde, com mais calma, sem a agressividade que sinto da "luminiscência" do ecrãn. Um abraço

    Re:suportes digitais (Pontos:2)
    por GdoL em 09-07-01 9:38 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://www.gazetadolinux.com
    De noite só consigo ler papel, depois de passar horas a escrever e ler no monitor, imprimo as coisas e levo o trabalho para casa (nem sempre lhe pego...). Mas realmente sabe muito bem ler, pegar num livro, deitar num sofá e ler.
    Re:suportes digitais (Pontos:1)
    por Dowd em 11-07-01 0:17 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Por acaso estive durante alguns dias (varias horas de cada vez) a ler este livrinho ha algum tempo atras...


    -Dowd

    ficção colaborativa (Pontos:3, Informativo)
    por joao em 08-07-01 15:41 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Eu também tenho um projecto de literatura na internet. Os leitores são convidados a iniciar ou a continuar uma história. Chamei-lhe provisoriamente ficção colaborativa. O site já tem algumas histórias prometedoras como Uma ilha numa garrafa

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    Re:ficção colaborativa (Pontos:1)
    por sonigs em 08-07-01 18:33 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.litux.org
    Devias entrar em contacto com a Associação Portuguesa de Ficção Cientifica e Fantástico. Acho esse projecto interessante e que poderia ter muitos contributos dos fãs de Ficção Científica Nacional. A Simetria tem boa gente e esforça-se muito, dentro das suas capacidades, para manter vivo este ponto de encontro de para os amantes da ficção. Sejam eles escritores ou somente leitores. Muito interessante e parabéns!

    "Checkem" SIMETRIA

    formas alternativas de pagamento (Pontos:2)
    por joao em 08-07-01 16:28 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    . Qual é a vossa opinião sobre este tipo de experiências, especialmente numa altura em que se discute tanto formas alternativas de pagar por conteúdos ?

    O Rui Zink ganha sempre com isto porque faz publicidade ao livre que depos vai vender através das livrarias. Vai poder dizer que este é o primeiro "Cyberlivro português" o que provavelmente é falso, mas não interessa. A ideia fuciona porque o Rui Zink é conhecido e consegue a atenção dos media apesar de a ideia nada ter de inovador.

    Por outro lado, o projecto não está adequado ao meio nem respeita os leitores. Os leitores perdem os direitos de autor das suas participações como se pode ler no site:

    O utilizador garante à CLIXGEST que, quaisquer direitos de autor que existam sobre os conteúdos enviados lhe pertencem ou que, caso não seja o autor dos conteúdos que está a enviar, os direitos de autor que existam sobre esses conteúdos lhe foram totalmente transmitidos pelo autor dos mesmos.

    O utilizador, desde já, autoriza a CLIXGEST, a utilizar e explorar os conteúdos enviados, tendo em vista a sua publicação ou divulgação, reprodução, adaptação e comercialização, através dos meios e suportes actualmente existentes ou através de quaisquer meios ou suportes que possam vir a existir.

    Ou seja, o que tu escreveres pode ser publicado em nome do Rui Zink. Um projecto deste género tem que respeitar os autores/leitores conservando os seus direitos ou utilizado uma licença tipo GPL que impede a apropriação dos conteudos por uma única empresa.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura

    Re:formas alternativas de pagamento (Pontos:2, Interessante)
    por sonigs em 08-07-01 19:01 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://www.litux.org
    Teria de ser o próprio autor a ter um espaço semelhante que não o condicionasse, nem aos leitores.

    Penso que a ClixGest está realmente a explorar o que não devia. Claro que vai conquistar o seu espaço publicitário na obra.

    Face a isto, estou certa que muitos dos presentes não se importariam de criar um espaço similar, sem as ondas dos direitos - visto que este é um espaço livre - onde autores e leitores se podessem reunir livremente sem que lhes acabassem por sugar a privacidade e boa vontade.

    Depois, se isto acontece é por falta de comunicação. O autor e outros poderiam entrar em contacto com pessoas que acreditassem nesses projectos e oferecessem o seu apoio contra a exploração comercial, que se estende além do software e das TI.

    A literatura pode ser só um exemplo, entre um rol de áreas de actividade intelectual, que está sujeita à exploração. Depois as editoras independentes, que não obrigassem nos acordos e contratos a este tipo de atrocidades, são poucas.

    O conceito do opensource, deveria de se espalhar a outras áreas. Aliás, pessoas não técnicas quando conhecem o opensource, defendem-no. É um conceito que assenta na sociedade, na liberdade (e liberdade de expressão). Que por sua vez faz com que a evolução se dê naturalmente sem obstáculos (interesses individuais ou de grupos).

    Eu estaria disposta a oferecer uma área semelhante num domínio. E sei que muitos dos presentes também o fariam.

    Re:formas alternativas de pagamento (Pontos:2)
    por joao em 08-07-01 19:23 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    O conceito do opensource, deveria de se espalhar a outras áreas.

    O conceito de opensource está a ser alargado a outras áreas. A nupedia é um excelente exemplo.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura

    Re:formas alternativas de pagamento (Pontos:2)
    por buffer em 13-07-01 9:58 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://xpto dot org
    Ou seja, o que tu escreveres pode ser publicado em nome do Rui Zink. Um projecto deste género tem que respeitar os autores/leitores conservando os seus direitos ou utilizado uma licença tipo GPL que impede a apropriação dos conteudos por uma única empresa.


    A GNU.org tem algumas licenças para documentação ( nao necessariamente manuais de software ).. Talvez alguma coisa se aplique a projectos do genero .. lista aqui..

    -- what was my problem with man You ask? No.. I ask you what was man's problem with me..

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]