gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
BeOS GUB PT
Contribuído por npf em 30-06-01 12:39
do departamento BeOS-web-forum
Be Keelr escreve "Para os simpatizantes do Sistema Operativo BeOS deixo aqui um site deveras interessante com uma secção "á lá Gildot" a secção de News & Info aonde diariamente são actulizadas noticias sobre BeOS. Acho que vale a pena conferir aqui página "

Engenharia Informática em Portugal | Configuração gráfica Toshiba 4600  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Keelr
  • página
  • Mais acerca Be
  • Também por npf
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Mas ainda há resistentes? (Pontos:1)
    por elclip em 01-07-01 16:49 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://accao.net

    Eu sou uma das pessoas que comprou o BeOS 4 e o 4.5 - porque procurava uma coisa realmente rápida, eficiente e trivial de instalar.

    No entanto, a falta de coisas básicas como sockets de jeito e mmap() impediu-me de portar as coisas que precisava para trabalhar (logo à cabeça, o PHP, o ssh e o wget), e voltei rapidamente ao Linux (ainda não regressei definitivamente ao BSD, mas para lá caminho... ;)).

    Ainda por cima, as minhas visitas diárias ao BeNews e outros sites de entusiastas têm demonstrado um panorama triste: a Be sem capacidade para terminar o BeOS 5 (que saiu sem suporte para OpenGL e sem o stack de rede prometido), totalmente orientada para as appliances (que são um mercado duvidoso) e a perder gente todos os dias.

    Por isso, se quiserem mesmo um "*nix mais simples" para correr numa máquina fraquinha, sugiro que agarrem no CD do Windows 2000 (sim, vá, não liguem já o lança-chamas), instalem o mínimo absoluto, e depois ponham o cygwin por cima.

    Ficam com um desktop equivalente (sem bloatware), um cliente de mail e browser bastante bons, a bash, o gcc, e uma carrada de ports que funcionam (incluíndo OpenSSH).

    Ah, e suporte USB para a máquina fotográfica. Muito útil quando se leva o legacy laptop de férias. ;)


    http://accao.net - mais um dia, mais uma frag.
    Re:Mas ainda há resistentes? (Pontos:1)
    por jmce em 01-07-01 22:21 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://jmce.artenumerica.org/
    Sem ligar nenhum lança-chamas mas sim por curiosidade de quem nunca instalou um NT ou 2000 (e cuja última experiência fora de Unix/Linux com shells a la unix foi feita ainda sobre DOS): o que é considerado "máquina fraquinha" minimamente capaz de correr esse conjunto (Windows 2000 mínimo + cygwin)?
    Re:Mas ainda há resistentes? (Pontos:1)
    por monge em 02-07-01 18:18 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://go.to/monk
    Sinceramente, quando li, tambem nao percebi muito bem...

    Prefiro milhoes de vezes uma distro de GNU/Linux qq, do que um emulador por cima de uma API que deixa muitas duvidas...

    Mas enfim... Gostos nao se discutem...

    Cumps.

    It doesn't matter who made it... It matters who got the idea (monk)
    Mas ainda há resistentes? (Pontos:1)
    por elclip em 01-07-01 16:58 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://accao.net

    Eu sou uma das pessoas que comprou o BeOS 4 e o 4.5 - porque procurava uma coisa realmente rápida, eficiente e trivial de instalar.

    No entanto, a falta de coisas básicas como sockets de jeito e mmap() impediu-me de portar as coisas que precisava para trabalhar (logo à cabeça, o PHP, o ssh e o wget), e voltei rapidamente ao Linux (ainda não regressei definitivamente ao BSD, mas para lá caminho... ;)).

    Ainda por cima, as minhas visitas diárias ao BeNews e outros sites de entusiastas têm demonstrado um panorama triste: a Be sem capacidade para terminar o BeOS 5 (que saiu sem suporte para OpenGL e sem o stack de rede prometido), totalmente orientada para as appliances (que são um mercado duvidoso) e a perder gente todos os dias.

    Por isso, se quiserem mesmo um "*nix mais simples" para correr numa máquina fraquinha, sugiro que agarrem no CD do Windows 2000 (sim, vá, não liguem já o lança-chamas), instalem o mínimo absoluto, e depois ponham o cygwin por cima.

    Ficam com um desktop equivalente (sem bloatware), um cliente de mail e browser bastante bons, a bash, o gcc, e uma carrada de ports que funcionam (incluíndo OpenSSH).

    Ah, e suporte USB para a máquina fotográfica. Muito útil quando se leva o legacy laptop de férias. ;)


    http://accao.net - mais um dia, mais uma frag.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]