gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
A morte de uma geracao - Alpha vai ser descontinuada
Contribuído por scorpio em 25-06-01 22:10
do departamento sigterm
Digital leitao escreve "Sad but true... A Compaq (que comprou a Digital em 1997) vai parar a produção do processador Alpha.
O processador Alpha ainda e' o CPU mais escalavel e performante que existe em producao, e foi durante anos ponto de admiracao para qualquer pessoa que perceba de arquitecturas digitais.
Infelizmente este e' mais um processador RISC a morrer, depois da HP e SGI terem anunciado a transicao de servidores PA-RISC e MIPS para IA-64. "

Spam é liberdade de expressão? | Juiz Processa ISP ...  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • parar a produção
  • Alpha
  • Mais acerca Digital
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Triste (Pontos:2)
    por TarHai em 25-06-01 23:42 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.dilbert.com
    Ainda tenho no coracao a Julieta, uma alpha AXP a 233MHz com 32 Mb de ram e um disco de alta-luxuria SCSI com 1Gb.

    Ela, (ja desactualizada), arrancava o redhat em swap com (X e windowmaker) e ainda assim batia o meu novissimo p2@266 com 64 Mb de ram em velocidade.

    E pena antever-se que "como essa" ja nao se farao mais.
    ---
    Ué? (Pontos:2)
    por Gimp em 26-06-01 8:29 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Mas onde raio é que eu li que a Compaq tinha vendido o negócio para a Intel?
    Os meus 2 Paus zZzZz
    Re:Ué? (Pontos:1)
    por raxx7 em 26-06-01 9:38 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Tenta na ZDnet por exemplo.
    Contudo, esta' previsto que a Compaq lance mais uma versao ainda dos Alpha. A Intel parece mais interessada no conhecimento da equipa dos Alpha. Ao que parece, principalmente ao nivel de compiladores, uma vez que os Itanium vao ser bastante (mais do que qualquer outro processador) da qualidade do codigo.
    Por outro lado, aproveitam e acabam com o processador que mais concorrencia lhes podia fazer (ler elogios no artigo para saber porque :-) )!
    Decididamente, os Itanium vao bem lancados!

    Remember to be the Killer, not the Victim! (Nuklear Girl)
    e os outros ? (Pontos:2)
    por MavicX em 26-06-01 11:02 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Agora só fica o ultra sparc III da Sun (e os da IBM mas esses não contam para os mortais) como o unico processador de jeito na guerra contra a Intel que não vais só dominar nos processadores pessoais como nos servidores. E a AMD será que se vai posicionar no mercado dos servidores ?
    Re:e os outros ? (Pontos:2)
    por Gimp em 26-06-01 15:46 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Bem, se a malta que tá na Compaq/Alpha fugir toda para AMD who knows?:)))
    Os meus 2 Paus zZzZz
    Re:e os outros ? (Pontos:2)
    por CrLf em 26-06-01 18:29 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    Parece que pelo menos estão a tentar. A AMD está para lançar Athlons SMP e prepara a arquitectura x86-64 para a sua linha "Hammer" de processadores. Vamos lá ver se conseguem fazer aquilo que dizem acerca do x86-64 (um x86 de 64bits compatível com ia-32 com boa performance em ambos os modos) a um preço razoável. Se conseguirem podem ser um perigo para Intel.

    -- Carlos Rodrigues

    - "I think my men can handle one little penguin!"
    - "No, Mr. Gates, your men are already dead!"
    Re: e os outros? (Pontos:1)
    por raxx7 em 27-06-01 17:29 GMT (#10)
    (Utilizador Info)

    O x86-64 é CISC e, diga a AMD o que disser, ter de lidar com um instruction set complexo é um obstáculo quando se quer conceber um processador rápido.
    Os Pentium e AMD K5 (e sucessores) são a prova disso: eles convertem instruções x86 em instruções elementares que são depois executadas.
    Não é dificil de ver que pode ganhar velocidade se não se tiver de converter instruções complexas em instruções simples.

    Por outro lado, os Itanium têm um instruction set inovador (EPIC - Explicit Parallel Instrucion Code) que tenta minorar alguns dos problemas que afectam a prestação dos processadores actuais. E, embora prometa dar dores de cabeça a que escreve compiladores e transformar a vida de quem escreve assembly num inferno, creio que consegue fazê-lo.

    Por outro lado, embora os Itanium também tenham suporte para IA-32, a verdade é que eles são destinados a um mercado onde as prestações normalmente contam mais do que compatibilidade com outros processadores.


    Remember to be the Killer, not the Victim! (Nuklear Girl)
    Re:e os outros ? (Pontos:2)
    por MavicX em 26-06-01 17:52 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Sim mas o ultra III é uma pequena fortuna não tem comparação com o itanium em termos de preço nem de suporte de marcas é ai que a porca troçe o rabo. Duvido que alguem normalmente precise mais do que 24 processadores que é o maximo que os servidores Ultra III suportam de momento . Vale mais a penas por uma cluster ficam bem mais economicas que maquinas de 64 processadores a custarem 1 milhão de dolares da Sun.
    Re:e os outros ? (Pontos:1)
    por raxx7 em 27-06-01 16:37 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    A SGI deverá construir sistemas MPP até 512 CPUs baseados em Itanium (como já faz com os MIPS).

    Remember to be the Killer, not the Victim! (Nuklear Girl)

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]