gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
`Software Livre, uma questão de justiça social'
Contribuído por jmce em 14-06-01 10:27
do departamento Vstavaj, prokljat'em zaklejmennyj, ...
GNU Michele Rangel escreve "Recentemente foi publicado um artigo que comparava o movimento Software Livre ao comunismo. Era bastante divertido, pois percebemos que trazia duas informações claras: o autor não entende de comunismo e muito menos o movimento SL. Leia este artigo de Anderson Moreira (GU OpenSystem) e Cláudia Moreira em LinuxBrasil." [jmce: a que artigo se referem?]

TV Linux Alliance | O Cartão ÚnicoComum  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Michele Rangel
  • em LinuxBrasil
  • Mais acerca GNU
  • Também por jmce
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Hummm... Cuba ? (Pontos:2, Lança-chamas)
    por leitao em 14-06-01 11:06 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://linuxfreesite.com/~nunoleitao/
    Contudo, andando pelas ruas de Curitiba (aquela mesma de uma certa parceria), a indignação aflora ao ver pessoas sem teto, analfabetas, desempregadas. Em Cuba não existem analfabetos, sem tetos, desempregados e ninguém precisa pagar por segurança porque a justiça social é realidade. Obviamente há os que discordam, mas escolher um modelo social implica em arcar com suas consequências, que extrapolam a esfera econômica individual e atingem a sociedade como um todo.

    O que raio e' um "teto" ? Uma "teta" sei o que e'... mas um "teto"...

    Quanto ao facto de "Em Cuba não existem analfabetos, sem tetos, desempregados e ninguém precisa pagar por segurança porque a justiça social é realidade.", isso nao foi a impressao que tive quando la' estive de ferias... O emprego mais comum que vi foi vender "lembrancas" a turistas (incluindo o proprio corpo), a maioria das pessoas vivia em condicoes miseraveis, e em geral metade do pais estava em ruinas... se esta e' a tua opiniao de "justica social" entao fica la' com ela.

    Este artigo para mim e' mais politico do que uma justificao do movimento open-source... quem o escreveu obviamente esta registado no partido comunista brasileiro.

    Regards,


    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias

    Re:Hummm... Cuba ? (Pontos:2, Esclarecedor)
    por joao em 14-06-01 12:08 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    O emprego mais comum que vi foi vender "lembrancas" a turistas (incluindo o proprio corpo), a maioria das pessoas vivia em condicoes miseraveis, e em geral metade do pais estava em ruinas... se esta e' a tua opiniao de "justica social" entao fica la' com ela.

    Justiça social é quando todos são igualmente ricos ou igualmente pobres, independentemente de qualquer outro factor. Por exemplo, o cemitério é um dos locais onde há mais justiça social, porque apesar de uns terem uns jazigos mais bonitos e mais arranjados do que outros, isso não interessa para nada. Estão todos igualmente mortos.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura

    Re:Hummm... Cuba ? (Pontos:2)
    por leitao em 14-06-01 12:22 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://linuxfreesite.com/~nunoleitao/

    Humm... preferes viver num pais onde sao todos pobres, ou um pais onde sao todos ricos ?

    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias
    Re:Hummm... Cuba ? (Pontos:2, Esclarecedor)
    por joao em 14-06-01 12:32 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    A questão não é essa, porque essa tem resposta facil. A questão é "Preferes viver num pais onde são todos pobres, ou num pais onde uns são pobres e outros são ricos?" Eu prefiro viver num pais onde uns são pobres e outros são ricos. Não gosto da igualdade dos cemitérios. Já agora, o que é que o meu post anterior tem de redundante?

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    Re:Hummm... Cuba ? (Pontos:2)
    por leitao em 14-06-01 13:44 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://linuxfreesite.com/~nunoleitao/

        Nao me perguntes... nao o moderei...

    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias
    Re:Hummm... Cuba ? (Pontos:1)
    por cao_negro em 14-06-01 23:36 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Leitão, já agora o que foste fazer a Cuba? administrar alguma(s) "servers" e assim tirares proveito proprio da miseria que lá viste e que criticas, ou foste ensinar os cubanos algo que lhes propocione o futuro menos miseravel? Cãoprimentos Cubanos
    Esqueci-me... (Pontos:3, Lança-chamas)
    por leitao em 14-06-01 11:11 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://linuxfreesite.com/~nunoleitao/
    A adoção de SL tem como consequência a criação de empregos e a geração de tecnologia aqui mesmo no Brasil, contendo a evasão de divisas e possibilitando a reaplicação de nosso capital, já bastante escasso, realimentando a cadeia produtiva.

    Uma maneira melhor do Brasil evitar a evasao de divisas:

    • Livrem-se dos politicos corruptos (90% deles)
    • Livrem a populaca de novelas que detorpem a realidade
    • Vao menos 'a praia
    • Livrem-se da policia militar

    Regards,


    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias

    Re:Esqueci-me... (Pontos:1, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 14-06-01 19:50 GMT (#10)
    Para compreender um país é preciso mais que olhar à televisão ou tirar conclusões superficiais a partir de conceitos preestabelicidos. Não que eu concorde com o artigo original, pois tem o problema de estar é muito mal fundamentado.

    Alias, outro artigo que discutia a mesma coisa já apareceu por aqui muitos meses atrás. O que faz lamentar as remodelações do gildot terem dado cabo das mensagens antigas. Aqui o tema foi abordado com muito mais lucidez.

    Os problemas no Brasil passam muito mais por um ensino de qualidade para TODOS e por um povo participativo, que exija e exerça sua cidadania. Sem isso não há democracia que resulte. Pricipalmente se estamos a falar de um país que muitas vezes precisa se sujeitar as regras impostas pelo bloco de países mais ricos. Te dou a liberdade para extrapolar esta linha de raciocínio a outras nações em vias de desenvolvimento.

    Re:Esqueci-me... (Pontos:2)
    por joao em 14-06-01 20:30 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Os problemas no Brasil passam muito mais por um ensino de qualidade para TODOS

    ensino de qualidade para todos é outro problema, não é uma solução. Como é que se consegue ensino de qualidade para todos?

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura

    Re:Esqueci-me... (Pontos:1)
    por jpgm em 15-06-01 16:47 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Este homem é o delirio! Ele sabe de servers, ele sabe de cuba! ele sabe do brasil! ele sabe evitar que divisas saiam de um pais! É um autentico Nuno Rogeiro aqui do GilDot! É um profeta! ainda se há de dizer no futro: que pena ninguem ter prestado atenção aquele grande mestre!
    Reparem como afinal é facil melhorar um pais! tão facil que as quatro maneiras até podem ser enumeradas numa lista! e reparem como agora sabemos que 90% dos politicos brasileiros são corruptos (ou serão 89%? ou 91%?)!
    Força leitao! continua a iluminar-me a mim e a todos os iludidos que julgamos que para melhorar o mundo é preciso mudar a sociedade! quando afinal é só seguir uma lista!
    abraços!
    zp
    Re:Esqueci-me... (Pontos:2)
    por leitao em 15-06-01 17:13 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://linuxfreesite.com/~nunoleitao/

        A sociedade que falas e' feita de individuos, logo, para melhorar a sociedade tens que melhorar *individuos*...

        A desculpa do "as coisas estao mal, porque a sociedade e' uma **rda" e' uma forma de fugir 'as responsabilidades do cidadao comum.

        Regards,

    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias
    Re:Esqueci-me... (Pontos:2)
    por MacLeod em 16-06-01 1:27 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    LOL. Fartei-me de rir com este post, está mesmo muito bom. I praise you... Temos de fazer um clube de fans do Leitão ;)

    Mas neste assunto até lhe dou razão. O mundo *é* a sociedade. E para se melhorar a sociedade tem de se remover os seus elemenos menos eficientes de lugares de destaque. E isso sim, envolve tirar montes (pronto, nao digo 90%) de políticos corruptos. É claro que é só uma primeira iteração para eliminar o problema.

    A estética da recursividade... (Pontos:1)
    por jmce em 14-06-01 11:47 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://jmce.artenumerica.org/

    Como comentário a um artigo, o artigo parece-me um bocadinho auto-referente... :-)

    A verdadeira questão é outra (Pontos:3, Interessante)
    por jneves em 14-06-01 13:34 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://silvaneves.org/
    Começando por umas noções básicas de negócio:
    1. a lei de mercado existe e não é possível pensar em economia sem mercado (até Octávio Teixeira, deputado do PCP já disse que o erro do comunismo russo foi tentar tirar o mercado da economia).
    2. Um mercado obedece apenas a uma lei: a lei da oferta e da procura.
    3. O objectivo de uma empresa é ganhar dinheiro (exceptuando algumas empresas de origem estatal cujas administrações ainda não perceberam o que é uma empresa, como a RTP e a CP).

    Daqui a conclusão que podemos tirar é que há duas formas de aumentar a margem de dinheiro num determinado mercado, e as empresas seguirão sempre a mais barata e menos arriscada. As duas estratégias são:

    • Aumentar a procura, produzindo produtos que as pessoas querem ou que lhe são úteis, ou que simplesmente são mais baratos.
    • Controlar a oferta, limitando a existência de produtos concorrentes.

    A existência de software proprietário resultou da aplicação directa da estratégia de controlar a oferta. O objectivo do movimento de software livre é que as empresas apostem num modelo de aumentar a procura, ou seja, que as empresas que sobreviverão no mercado serão as que realmente trazem valor, e não as que criam uma escassez artificial.


    O artigo original (Pontos:3, Interessante)
    por grumbler em 15-06-01 8:22 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Presumo que se esteja a falar de um post que sai numa thread do slashdot aqui há algum tempo atrás.

    Intitulava-se "All Linux Users are Communists" e uma cópia do mesmo post pode ser encontrada neste URL: http://thirdgeek.com/bigthoughts/042101.linux.shtml

    Para o pessoal que como eu ainda acha alguma piada ás teorias da conspiração (hello, mvalente? :-)) ainda tem a sua piada. Agora perder tempo a contra-argumentar uma coisa que é claramente uma flamebait ou o produto de uma mente claramente com excesso de LSD, acho um exercicio de estilo particularmente inútil..

    --
    What, Me Worry?

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]