gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Velocidade da luz ultrapassada
Contribuído por vaf em 06-06-01 16:50
do departamento boa-ficagem
Ciência mvalente escreve "Pois é, afinal parece que se pode ultrapassar o actual limite de velocidade da luz. Segundo este artigo do Sunday Times cientistas nos EUA conseguiram acelerar partículas a uma velocidade 300 vezes maior que a velocidade da luz.

Vai uma viagem no tempo? Que implicações é que acham que isto pode ter, não só no domínio da ficção cientifica ou na área espacial, mas também na area da computação (comunicações em fibra óptica, chips ópticos, etc) ?

Cumprimentos

Mario Valente "

Teleweb viola a lei se encerrar o serviço | AutoBiografia do Linus Torvalds  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • mvalente
  • este artigo
  • Sunday Times
  • Mais acerca Ciência
  • Também por vaf
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Será que submeti o artigo? (Pontos:2)
    por Gimp em 06-06-01 17:08 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Li um artigo semelhante em que usavam uma nuvem de gás para o efeito. O feixe de luz era acelerado de tal maneira que saía antes de entrar!!! eheheheh Foi pena não ter submetido...
    Os meus 2 Paus zZzZz
    Re:Será que submeti o artigo? (Pontos:1)
    por André Simões em 06-06-01 17:30 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://hesperion.catus.net
    Pois, também li esse mesmo artigo há uns bons meses, no Público. Na verdade o feixe de luz pareceu ter saído antes mesmo de ter sido enviado. Será que foi mesmo? Aqui tenho de confessar a minha supina ignorância no campo da física. Como diria o outro, eu é mais latins. Mas sim, é um tópico de discussão interessantíssimo.
    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    fim das viagens no tempo (Pontos:1)
    por gc em 06-06-01 17:47 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Acho que isto vem provar que nao sao possiveis viagens no tempo, porque isso tambem dependia da teoria da relatividade, que parece ser deste modo invalidada (acho, que eu nao percebo muito de fisica). Na verdade, eu nunca acreditei em viagens no tempo, pois nao fazem sentido nenhum.

    Mas nas comunicaçoes, isto pode vir a ter um grande impacto...

    Re:fim das viagens no tempo (Pontos:1)
    por Czar em 06-06-01 17:56 GMT (#4)
    (Utilizador Info)

    Nao percebo muito de fisica, mas tambem acho que as viagens no tempo, se baseavam na teoria da relatividade, ora pelo que parece esta ira deixar de ter validade, mas pode abrir caminho para novas teorias, e, quem sabe, aperecer uma nova teoria para viajar no tempo !

    Mas talvez estejamos mais proximos do famoso "beam me up Scott" ...

    Czar

    Re:fim das viagens no tempo (Pontos:1)
    por Strange em 06-06-01 22:01 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    Quanto a mim, os "beam me up Scotty", transmissoes de materia instantaneas, sao ilogicas e nunca passarao de ficcao cientifica. Faz mais sentido um buraco de verme que uma dessas coisas...

    hugs
    Strange

    Re:fim das viagens no tempo (Pontos:0, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 07-06-01 9:24 GMT (#16)
    Pelo contrário. Li há algum tempo teorias sobre teletransporte de matéria que assumem a possibilidade de desintegrar um corpo em partículas minúsculas e por alguma tecnologia avançada, daqui a muito tempo, colocar essas partículas anexadas a partículas de transporte, por exemplo fotões. A agregação da matéria seria então baseada numa espécie de gigantesca base de dados que possuía o conhecimento da desintegração e assim podia reintegrar o corpo transmitido. Possível? Em teoria, parece-me muito viável. Outra teoria prende-se com a clonagem. Transportar matéria não seria nada mais nada menos que "digitalizar" a informação tridimensional das partículas de um corpo e replicá-las remotamente. Fica a questão do "espírito" ou "karma" ou o que lhe quiserem chamar, que todos supostamente temos. Para já não falar do conhecimento que o cérebro possui. Ao chegarmos ao outro lado, seríamos na realidade nós mesmos ou perderíamos aquilo que nos faz únicos? Tenho mesmo muita pena de nunca lá chegar para ver :-) ~~avalon~~
    Re:fim das viagens no tempo (Pontos:2)
    por Strange em 07-06-01 14:46 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    Por isso mesmo e' que discordo com a teleportacao. Nao tenho vontade nenhuma de ser completamente destruido, e depois confiar um software qq para me reconstruir...

    Se alguma vez tivessemos essa tecnologia, entao a economia como existe atualmente ruiria. Seria possivel nao apenas clonar, mas mesmo copiar exactamente qualquer coisa...

    hugs
    Strange

    Re:fim das viagens no tempo (Pontos:3, Informativo)
    por MavicX em 06-06-01 18:14 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Tambem não sou fisico mas penso que as viagems no tempo tem a ver com os buracos negros e com a quarta dimensão, o tempo ( da teoria da relatividade). Algums cientistas acreditam que existem buracos negros que se passarmos para outro lado estamos noutro local do universo (logo não passou nenhum tempo e viajamos anos de luz). Acho que a historia da maquina do tempo e de irmos visitar a nossa avózinha quando era nova não tem nada a ver.

    Mas tambem posso tar a meter o pé na poça.
    Re:fim das viagens no tempo (Pontos:2, Interessante)
    por BlueNote em 07-06-01 18:44 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Enfim, não interessa se as viagens no tempo são possíveis, pelo simples mas muito esquecido facto de que um corpo não consegue manipular mais dimensões do que os graus de liberdade que tem, ou seja sendo nós seres capazes de manipular apenas no espaço (3 dimensões) não podemos manipular a 4.a dimensão (o tempo), ou seja mesmo que seja possível a viagem no tempo, a humanidade não as pode fazer. Somos seres que dependem do tempo. A nossa vida é absolutamente determinada pelo tempo cronológico, tal como as nossas máquinas.. não se esqueçam que toda a nossa tecnologia actual é baseada... em clocks! Vibrações de cristais de quartzo que comandam os ciclos de processadores...
    não quer dizer nada (Pontos:3, Interessante)
    por joao em 06-06-01 18:03 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Esta notícia já é do seculo passado (2000) :). Na altura isto foi muito discutido e o que se disse foi que:
  • isto não viola a relatividade
  • não implica que seja possivel viajar no tempo
  • não implica que seja possível transmitir informação mais depressa do que a luz, logo não parece que tenha grande interesse para redes de informação ou computadores.

    Mas o melhor é lerem a FAQ sobre esta experiência.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura

  • Re:não quer dizer nada (Pontos:2)
    por Gamito em 06-06-01 19:13 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Sim, isto já tem mesmo barbas.
    Aqui há tempos houve uma outra descoberta que envolvia a luz, mas já não me lembro bem o que era.
    Acho que tinha algo a ver com "teleportação".

    Mário Gamito
    educação, ensino
    Re:não quer dizer nada (Pontos:2)
    por joao em 06-06-01 19:33 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    A experiência mais recente que envolvia luz foi aquela em que a luz parou artigo no New York Times (pode ser preciso inscrição gratuita). Mas se calhar não é disso que estás a falar.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    Re:não quer dizer nada (Pontos:2)
    por Gamito em 06-06-01 20:54 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Nop!
    Essa é outra.
    Aliás, cheguei a meter aqui um artigo com essa.

    Não me consigo lembrar bem.
    Acho que tinha algo a ver com alguém ter conseguido que automagicamente um feixe de luz passase informação a outro (ou qq coisa assim longe disto), de modo que no fundo era uma teleportação.

    Confesso a minha falta de memória.

    Mário Gamito
    educação, ensino
    Re:não quer dizer nada (Pontos:2)
    por mvalente em 06-06-01 19:20 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Esta notícia já é do seculo passado (2000) :).

    Eh pá, desculpa lá, pronto :-) Mas só li isso hoje. E o artigo do jornal tb é recente.

    não implica que seja possível transmitir informação mais depressa do que a luz

    Nao é isso que subentendi do artigo. Mas vou ler a FAQ. Há no entanto outras experiencias e teorias (nomeadamente a do Universo holografico que parecem apontar nesse sentido. Nao deixa de ser uma possibilidade interessante.

    Cumprimentos

    Mario Valente

    Re:não quer dizer nada (Pontos:2)
    por joao em 06-06-01 22:07 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Eh pá, desculpa lá, pronto :-) Mas só li isso hoje. E o artigo do jornal tb é recente.

    Não foi minha intenção reclamar, aliás detesto que as pessoas reclamem das noticias. A minha intenção foi informar. Talvez seja coincidência, talvez não, mas a notícia é de 4 de junho, só que do ano passado.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura

    Re:não quer dizer nada (Pontos:1)
    por André Simões em 08-06-01 16:27 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://hesperion.catus.net
    Sem querer meter-me onde não sou chamado, creio que se trata de duas notícias. Também li a notícia de Junho de 2000, mas pareceu-me ter um teor ligeiramente diferente desta. Pode muito bem tratar-se de duas notícias relatando experiências independentes.
    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    Detalhes... (Pontos:3, Esclarecedor)
    por MacLeod em 06-06-01 22:16 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    conseguiram acelerar partículas a uma velocidade 300 vezes maior que a velocidade da luz.

    É melhor ter cuidado, não houve nenhuma partícula acelerada a uma velocidade supraluminosa, o que aconteceu foi que a velocidade de grupo de um pacote de ondas é que foi maior que c. E nunca a velocidade de fase.

    Re:Detalhes... (Pontos:1)
    por Strange em 06-06-01 22:48 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    Anyway, o efeito tambem devia estar limitado 'a velocidade da luz (ou seria igual 'a velocidade da luz), como a gravidade, magnetismo, ondas, etc.

    hugs
    Strange

    Lembro-me de ler qq coisa deste género há uns anos (Pontos:1)
    por mlopes em 07-06-01 9:31 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Tinha ideia que um grupo de investigação de uma unversidade (estranhamente) portuguesa, não me lembro qual, já tinha conseguido acelerar uma particula a uma velocidade superior à da luz.
    Re:Lembro-me de ler qq coisa deste género há uns a (Pontos:2)
    por Strange em 07-06-01 14:47 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    Nope, a equipa conseguiu acelerar um fotão, mas não chegou a ultrapassar a barreira da velocidade da luz no vácuo, pois a luz propaga-se mais lentamente no ar da atmosfera, água, etc.

    hugs
    Strange

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]