gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Softwares livres administrativos para Linux
Contribuído por scorpio em 26-05-01 22:27
do departamento GEST_*
GNU slyz escreve "O site UnderLinux.com.br em apoio ao software livre, tenta dar uma pequena ajuda a comunidade: Temos recebidos alguns e-mails de usuários pedindo indicações de softwares livres de gestão administrativa.
Gostariamos de pedir à Comunidade Linux que contribuisse com a criação de um índice desses softwares.

A idéia é o seguinte: Vá até a pagina da UnderLinux, e a notícia estará lá, ou cliquem em "Comentários" e deixe um, dizendo a URL do software e o que ele faz.

Inicialmente os usuários necessitavam nas áreas: tributárias, patrimonial, orçamentária, recursos humanos, compras e licitações, geoprocessamento e os setores sociais básicos.

Vamos dar apoio ao Software Livre. "

Uptime | Universidade de Coimbra barra acesso a pornografia  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • "Comentários"
  • slyz
  • Mais acerca GNU
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Linux e Gestão (Pontos:2)
    por MavicX em 28-05-01 9:32 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    São duas coisas que não combinam. Simplesmente não existe software para Gestão em Linux e o que existe é extremamente basico e simples e não responde as necessidades dos clientes. Principalmente quando se sobe na escala hierarquica de especialização. A maior parte do software de gestão é feito segundo as necessidades do mercado, por exemplo um software de IRS ou IRC só funciona em Portugal devido ao enquadramento juridico, e a hipotese de existir uma versão para Linux não vale a pena devido à necessidade reduzida dos utilizadores de verem esses produtos em Linux.

    Segundo e mais importante ponto, o dinheiro. As aplicações de gestão não só não são free ou GPL nem nunca vão ser por duas razões. Em primeiro lugar o elevado custo de desenvolvimento e uma especialização muito elevada dos seu programadores. Não podemos ter estudantes univesitários a desenvolver produtos para gestão como para o resto das areas. Porque esse software é desenvolvido em parcearia com empresas do ramo em equipas multidisciplinares (programadores, gestores, contabilistas etc..). A segunda razão é que devido á falta procura e a especialização de mercados estas aplicações não interessam as grandes "empresas" que desenvolvem software para Linux.

    Por isso e muito mais Linux e Gestão não combinam nem vão combinar durante muitos anos.
    Re:Linux e Gestão (Pontos:2, Interessante)
    por dbf em 28-05-01 14:44 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Bem ,
    software sobre a GPL não conheço também, mas existe alguma coisa caso queiras pagar, um bom exemplo disso é o mysap e passo a transcrever:
      "SAP has also joined forces with Linux distributor Red Hat to support Red Hat 6.1 Enterprise Version 1.0, certified by the company's own SAP LinuxLab."
    Quanto a realidade portuguesa, conheço software de gestão comercial para linux (aliás trabalho com um deles), e recomenda-se....
    Software feito por portugueses e para a realidade portuguesa..(PME's)
    Quanto as questões que em cima levantas-te da incompatibilidade entre software de gestão comercial e a GPL estou de acordo com a incompatibilidade, pelos motivos que acima apresentas:
    "....elevado custo de desenvolvimento e uma especialização muito elevada dos seu programadores.... esse software é desenvolvido em parcearia com empresas do ramo em equipas multidisciplinares (programadores, gestores, contabilistas etc..)."
    Mas vamos ser um pouco realistas, se queremos que o Linux entre dentro do mercado empresarial e que lute com outros so's que para ai andam, é necessario que exista oferta para aquilo que as empresas necessitam, ou seja além dos servidores de mail, http, file server, etc.. etc.. é necessario que existam soluções de gestão comercial.
    Para finalizar, pela experiençia que tenho tido, não estou minimamente arrependido, de ter mudado em termos de gestão comercial para a plataforma linux, aliás em termos de estabilidade/rentabilidade, penso que o resultado, foi bastante positivo.

    Um Abraço
    Nuno


    Re:Linux e Gestão (Pontos:2)
    por MavicX em 28-05-01 11:48 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Infelizmente sim, só quando o seu peso no mercado aumentar é que as empresas pensaram em portar aplicações muito especificas e muito dispendiosas para o Linux. O que ainda é capaz de demorar um tempo.
    *Nao* Existe? (Pontos:1)
    por slyz em 28-05-01 17:37 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    SAGU - Sistema Aberto de Gestao Unificada
    http://sagu.codigoaberto.org.br

    Dizer que nao existe e' uma pretensao. Existem algumas solucoes atualmente para gestao. Sao poucas, e como foi dito pelo comentario anterior, um programa de gestao, precisa ser bem detalhado de acordo com a necessidade do cliente. Pois existem diversas particularidas aplicadas sobre niveis de empresas, regioes, paises, ...

    Porem, o crescimento do software livre nao pode ser parado. O que se ve no SAGU e' a uniao de pessoas para desenvolver uma aplicacao desejada por muitos. O apoio de uma empresa e' interessante, mas nao e' tudo. Existem outros exemplos de softwares livres. O DiretoGNU tambem é interessante: http://www.diretognu.org.br

    Re:*Nao* Existe? (Pontos:1)
    por dbf em 28-05-01 18:27 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Como acima afirmas existe, mas dentro deste genero existem outras projectos, como o TWIG por exemplo que é muito semelhante ao diretognu, e também em GPL, mas penso que no que toca gestão comercial, e nomeadamente, em funções que são muito repetivas, como facturas, encomendas, etc... não é muito viavél o interface web.
    Existe por exemplo, o FlagShip e o Harbour Project, um semi-pago e outro GPL, que compilam linguagens xbase, usadas durante muitos anos para aplicações deste genero.
    Quem ainda tem as velhinhas aplicações feitas em clipper, dbase, foxpro, tem agora uma exelente opurtunidade de reactiva-las em cima de um SO que lhes dá uma serie de vantagens que o DOS não permitia.
    (Multitasking, Telnet, ligações encriptadas, email,utilização de MySQL, Postgres, etc...
    E não, não é emulado, corre nativo em linux...)

    Um Abraço
    Nuno

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]