gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
O que falta ao Linux?
Contribuído por vaf em 18-05-01 4:04
do departamento one-last-detail
perguntas CrLf escreve "Todos nós sabemos o quanto o Linux é bom ;) mas, como nada é perfeito, ainda tem alguns pontos fracos. O que seria interessante saber é o que é que os ilustres frequentadores do Gildot acham faltar ao Linux em termos de funcionalidades, software, usabilidade...

Seria curioso também, saber não só o que falta ao Linux mas aos Free Unices em geral."

Cluster de Mac's mais rápido do mundo. | Eazel vai-se, Nautilus fica  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • CrLf
  • Mais acerca perguntas
  • Também por vaf
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Jogos? (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 18-05-01 8:15 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    :)


    "Ford, you're turning into a penguin. Stop it." - Arthur Dent
    Re:Jogos? (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Dehumanizer em 18-05-01 9:28 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Não posso dizer que conheço todos os tipos de aplicações, porque há vários tipos (aplicações gráficas, CAD, bases de dados, etc.) com as quais não trabalho normalmente.

    Mas, de resto, não me faltam aplicações. Há mais clientes de mail do que dá para experimentar numa semana. Browsers, temos o Netscape, Mozilla, Konqueror, Opera, Lynx, Links (excelente), w3m e outros. O StarOffice até funciona relativamente bem, e tanto o Koffice como o Abiword + Gnumeric são usáveis, já para não falar do OpenOffice.

    Podia aqui continuar a dar exemplos, mas acho que não vale muito a pena. Só posso dizer isto: dos tipos de aplicações que eu uso normalmente (tanto para trabalhar como para "outros fins"), a única grande lacuna são mesmo os jogos. E isso porque eu não me contento com Quakes, Unreals e derivados...


    "Ford, you're turning into a penguin. Stop it." - Arthur Dent
    Re:Jogos? (Pontos:3, Informativo)
    por vaf em 18-05-01 13:08 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/users/vaf12086/
    E não esquecer, na área de produção de documentação (teses, livros, documentos em geral) a poderosíssima ferramenta que é o LyX. Para quem não sabe o LyX é um editor gráfico de LaTeX, que além de ser facílimo de usar, nos permite importar LaTeX ou txt, e exportar PS, txt, pdf, LaTeX, dvi e se calhar algum que me esqueço no momento.

    Podem dar mais olhadas aqui e aqui.

    Cumprimentos,

    Vasco Figueira
    Drivers, drivers, drivers e mais qq coisa (Pontos:3, Interessante)
    por Gimp em 18-05-01 9:28 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Por muito que se fale em jogos e aplicações, lembro-me sempre o que perguntam os win users: posso usar todos os meus brinquedos no linux? Qq device que compremos tem o seu driver para win. Posso estar enganado mas um dos grandes argumentos da Micro foi o de qq hardware ser reconhecido no Win(pudera, os fabricantes desenvolvem-nos...). Os jogos vieram depois. Em aplicações já se esteve pior mas há dois alvos que ainda não estão do nosso lado: AutóCáde(sempre ouvi maravilhas das versões unix do autocad) e Fótóchope. Qcad e o Gimp são alternativas válidas mas as pessoas são conservadoras e o mundo gráfico não é o mesmo que o das redes...
    Os meus 2 Paus zZzZz
    Re:Drivers, drivers, drivers e mais qq coisa (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 18-05-01 9:40 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Tenho hardware relativamente variado, incluindo uma GF2 GTS, uma WebCam III USB, rato USB, SB Live, uma placa de rede ISA de "linha branca", e uma velha Lexmark 1100.

    Tudo isto funciona em Linux.

    Curiosamente, a Lexmark NÃO funciona em NT ou W2K..


    "Ford, you're turning into a penguin. Stop it." - Arthur Dent
    Re:Drivers, drivers, drivers e mais qq coisa (Pontos:2)
    por Gimp em 18-05-01 14:03 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    A WebCam III já funciona no linux? Good:) Mas quero testar uma dum fabricante de Taiwan(SumPlus) que tiveram o interesse em fazer drivers e apos um mailzito so falta experimentar. Falta dizer que a camara é ao preço da Phillips XS so que esta nao vai ser suportada :)
    Os meus 2 Paus zZzZz
    Re:Drivers, drivers, drivers e mais qq coisa (Pontos:1)
    por ajpalace em 18-05-01 15:02 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Eu vejo esse problema de um modo completamente oposto:

    Com o windows acontece com frequência ter que reinstalar o sistema, não saber já onde pus as disquetes ou CD com os drivers e... fica-se com o brinquedo a não funcionar.

    No Linux, os drivers, se existirem (e já existem muitos), vêm na source do kernel. Não se perdem!

    Re:Drivers, drivers, drivers e mais qq coisa (Pontos:2)
    por bgravato em 18-05-01 18:06 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    Nem todos...

    No kernel não tens drivers para scanners por exemplo...

    Para pores o teu scanner a funcionar em linux precisas do sane (ou outro parecido).
    Infelizmente neste capítulo ainda não encontrei drivers para o meu scanner... :-(

    Nas placas de som também nem todas são suportadas no kernel, por vezes é necessário recorrer ao OSS ou ao ALSA.

    Cumprimentos,
    Bruno Gravato.

    Re:Drivers, drivers, drivers e mais qq coisa (Pontos:1)
    por RaTao em 19-05-01 4:04 GMT (#38)
    (Utilizador Info)
    errr,

    tenho uma board relativamente recente, e por isso cada vez que compilo um kernel novo tenho que:
    - recompilar os drivers para a placa de som (intel8x0) porque os que vêm com o kernel não funcionam
    - recompilar o driver para a eepro100, o driver da intel e100 (o eepro100 que vem com o kernel freeza a maquina com o meu modelo)
    - recompilar o modulo da nvidia para o kernel
    - recompilar os drivers da nvidia para o xfree86

    devo-me ter esquecido de qq coisa, mas mesmo assim já é uma lista interessante :)

    ... para mim não é nada demais e, nos bons velhos tempos, a coisa ainda era pior, mas para um user "desktop" não é pratico :)

    Regards,
    nuno aka ratao


    Regards, Nuno Silva aka RaTao
    Re:Drivers, drivers, drivers e mais qq coisa (Pontos:1)
    por ajpalace em 19-05-01 18:05 GMT (#44)
    (Utilizador Info)
    err bis,

    tenho uma placa de som antiga, num pc antigo, que so' funciona em Linux pois ja' nao sei onde pus a disquete com os drivers para windows...

    a ideia não era negar que há um pequeno problema com falta de drivers, sobretudo para hardware muito recente, (mas que com o tempo se vai resolvendo). Isso e' um facto conhecido. simplesmente quis mostrar que se podia ter duas perspectivas diferentes sobre o problema! Just food for thought, that all!

    Talvez terrorismo... (Pontos:2)
    por CrLf em 18-05-01 18:37 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    O problema com os drivers em Linux é que muitos fabricantes não libertam as especificações dos produtos, mesmo correndo o risco de os utilizadores de Linux (que não são poucos) irem comprar à concorrência (já o fiz bastantes vezes).
    Também ninguém me convence, conhecendo as práticas da Microsoft, que eles não fazem acordos terroristas com os fabricantes ao estilo "se só fizeres drivers para windows XP damos-te todo o apoio, se suportares qualquer outro SO és um fabricante morto!".

    -- Carlos Rodrigues

    - "I think my men can handle one little penguin!"
    - "No, Mr. Gates, your men are already dead!"
    Nada. (Pontos:1)
    por [WaR] em 18-05-01 10:04 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.GenHex.org/
    Eu acho q não falta nada. Pelo menos para mim :)

    -- [WaR]
    ACKnowledge my SYNs
    Estabilidade e Segurança (Pontos:2, Interessante)
    por joaobranco em 18-05-01 10:52 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Sim, eu sei que o Linux é bastante mais estável e seguro em geral que os competidores closed source.

    No entanto, uma tendencia preocupante desde que as aplicações "desktop" do Linux se teem vindo a desenvolver é falhas nessas áreas, a par com o aumento da complexidade dos programas.

    O Linux tem a sua própria versão do inferno dos DLL (dependencias de bibliotecas) e começa a ter os problemas comuns de S.O. bastante divulgados (virus, worms, exploits, etc.)

    Sendo assim, aquilo que eu gostaria bastante de ver no Linux de futuro, era maior trabalho nesta área. Não é possivel descansar perante o já alcançado...

    JB

    Re:Estabilidade e Segurança (Pontos:2)
    por leitao em 18-05-01 12:15 GMT (#8)
    (Utilizador Info)

        O problema e' simplesmente um: "branching".

        Aconteceu com o UNIX, criaram-se tantas sabores diversificados de *NIX'es que a compatibilidade sofreu muito. Quando o OpenGroup veio tentar salvar as coisas com o UNIX95 e UNIX98 ja' foi tarde.

        A solucao e' estabelecer-se uma so' distro de linux usando um conjunto de bibliotecas/aplicacoes estavel. Mas o pessoal ainda nao aprendeu...

    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias
    Re:Estabilidade e Segurança (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 18-05-01 12:59 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    "estabelecer-se uma so' distro de linux" é, desculpa dizer, a pior ideia que já vi nos últimos tempos.

    Porque não, então, um único sistema operativo? Ou um único partido político? A vida é muito mais simples quando não temos de tomar decisões...


    "Ford, you're turning into a penguin. Stop it." - Arthur Dent
    Re:Estabilidade e Segurança (Pontos:2)
    por leitao em 18-05-01 13:06 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    "estabelecer-se uma so' distro de linux" é, desculpa dizer, a pior ideia que já vi nos últimos tempos. Porque não, então, um único sistema operativo? Ou um único partido político? A vida é muito mais simples quando não temos de tomar decisões...

    Tens toda a razao, e' muito melhor para o futuro do Linux haver 35 distribuicoes, 18 versoes da libc, 43 pacotes the pthreads, 12 ambientes graficos e 7 pacotes tipo office a competir uns com os outros...

    E enquanto isto acontece a M$ apanha todo o mercado porque e' a unica empresa que apresenta produtos uniformes e compativeis...


    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias

    Re:Estabilidade e Segurança (Pontos:2)
    por nmarques em 18-05-01 13:14 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://nmarques.xpto.org
    Tsk tsk tsk, que falta de visao, Sr. Leitao... É simples, existem n distribuições, o que o Sr. deveria dizer é que era bom haverem standards em tudo para todas as distros, ou System5 ou SysV, a mesma raiz de directorios, o mesmo nome para os RPMS, nao é a suse por xfree-devel.rpm e a Red Hat XFree86-devel.i386.rpm, isto ajudava. Quanto as versoes de glibc, porque nao cada distro usar a que mais lhe apetecer, apetece á Red Hat por uma versao beta, força, a SuSE prefere uma versao antiga por nao ter confiança na nova versao, é algo que eles podem decidir... Nao vejo o pq a Microsoft ganhar terreno... E qual é o problema de haver n ambientes graficos e varios pacotes de Office ?? Isso prejudica o Linux ?? Claro que nao, apenas da mais opçoes... Porque por exemplo, suponha-se que a partir deste momento so existia Red Hat e OpenOffice, entao os programadores da SuSE faziam o kue ?? e o pessoal da QT ?? esquecia as suas apps ? Bah... Essa foi triste!

    --------------------------------------------
    If there is such a thing as too much power...
    I've not discovered it...
    Re:Estabilidade e Segurança (Pontos:2)
    por leitao em 18-05-01 14:51 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Imagina que tens 3 distribuicoes com 3 versoes ligeiramente diferentes da libc (o que ate' e' bastante comum) e de pthreads. Agora imagina que es um vendor comercial de software -- digamos a Oracle, e queres desenvolver um produto para a plataforma Linux. Tens as seguintes opcoes:

        1 - desenvolves para a distribuicao X que tem a libc mais estavel e funcional e suportas apenas essa plataforma.
        2 - desenvolves para as 3 distribuicoes e suportas o software em 3 distros diferentes (3x mais dinheiro para suportar o software).
        3 - achas que tudo e' uma grande confusao e desistes de desenvolver soft. para Linux.

        Agora diz-me qual das 3 vai acontecer mais frequentemente: ou 3, ou a 1. Em qualquer caso ou o linux fica a perder (3) ou entao consolida-se o linux 'a volta de uma distribuicao (1).

        Got it ?

        Obviamente es muito novo, e nao estavas por ca' quando os UNIX'es sofreram por haver tanta diversidade. Porque achas que nao existe um ambiente grafico consolidado em UNIX ? Porque achas, que nao existem os tais standards de que falas no Linux ?

        Podia-te explicar mas, prefiro que aprendas por ti quando fores mais crescidinho...

        Cheers,

    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias
    Re:Estabilidade e Segurança (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 18-05-01 15:00 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    O problema da tua argumentação (não vou comentar sequer o paternalismo) é que, levada ao limite:

    - acaba-se com as outras distros, afinal é mais simples se só houver um Linux, o RedHat

    - acaba-se com os outros free Unixes, afinal é mais simples se só ouver um free Unix, o Linux

    - acaba-se com o Linux (e HP-UX, etc.), afinal é mais simples se só houver um Unix, o Solaris

    - acaba-se com o Solaris, afinal é mais simples se só houver um SO, o Windows

    No, thanks...


    "Ford, you're turning into a penguin. Stop it." - Arthur Dent
    Re:Estabilidade e Segurança (Pontos:3, Interessante)
    por nmarques em 18-05-01 15:50 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://nmarques.xpto.org
    Hahaha, essa é de facto muito gira, agora vamos por isto pelo prisma da realidade:

  • Oracle, suportado pelo Red Hat de raiz e SuSE... porque ? Porque o maior mercado de Linux na Europa é na Alemanha e França onde o SuSE domina, basta ver por exemplo que SO o Deutsch´s BundesBank usa... nos EUA é supremacia absoluta Red Hat... Porque ?? Simples, pelo suporta, capacidade de resposta das duas empresas... Tudo é muito giro quando sao empresas pequenas e teem alguem para isso, quando se fala de grandes empresas, exije-se suporte, custa mais milhao, menos milhao, mas a Red Hat dá-o, a SuSE tambem, logo é com elas que os grandes distribuidores de Hardware trabalham, exemplo: Dell, Compaq e IBM, ou ja viste algum Dell com Slackware ou coisa do genero ?? nao me parece... Grandes produtores de software, produzem para as distros que sao utilizadas pelos clientes, imagina uma cena ficticia:

    A petrogal do Texas precisa de 500 servidores, vai á IBM e compra 500 servers, a IBM trabalha com a Red Hat, isso é facil de provar, qualquer Server superior ao Netfinity 6000 traz suporte unicamente de raiz para redhat, ai vao 500 Red Hats, os gajos querem Oracle, é logico que a Oracle ja tem produto e suporte... Agora a questao de todas as distros é importante porque existe mais gente a trabalhar para tudo em geral e a aperfeiçoar... É pá, cada 1 vê as coisas como quer... Sim estava por cá desde os tempos em que se usava SCO, ainda sou dos tempos do HP/UX e tb trabalhei com AIX... Mas também sou dos tempos em que concordo com a diversidade de produtos apresentada... Pessoalmente tambem penso que distros como o Slackware nao passam de um mito, sou contra os System5, tens a resposta nos Unixes comerciais que conheces, e se queres saber mais, os comerciais foram ao fundo porque o pessoal dos comerciais demorava 10x mais a por ca fora um produto pior ao equivalente nos clones nao comerciais, queres um exemplo ?? Lembras-te dos tempos em que se pagava x por um compilador por exemplo para um AIX e quando este era inferior ao gcc ??? Isto foi ha algum tempo, como pelo teu poste parece que já és mais velhinho entao conheces esta situaçao e muitas outras identicas... Os tipos dos unixes comerciais, com excepçao da SGI por outros motivos, nunca chegaram a ter nada melhor e por ca fora mais rapido um produto comercial no minimo igual em performance aos tipos dos nao comerciais... Por isso vês a Sun a render-se ao Linux e a pensar em c@g$r no Solaris, e outras como a Santa Cruz simplesmente a desaparecerem... Sh1t happens, life is unfair... Cada 1 tem direito á sua opiniao, esta é a minha :) (e qualquer coisa que tenha dito nao deve ser encarado como um ataque pessoal, porque nao o é).

    --------------------------------------------
    If there is such a thing as too much power...
    I've not discovered it...
  • Re:Estabilidade e Segurança (Pontos:2)
    por leitao em 18-05-01 17:23 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    Oracle, suportado pelo Red Hat de raiz e SuSE... porque ?

    Acho que acabas de responder 'a tua propria pergunta... porque sao distros que implementam um conjunto bem definido de standards contra os quais a Oracle pode desenvolver. Qual a razao do uso destes standards ? Porque a RedHat e a SuSE oferecem suporte logo nao podem brincar com qualquer inovacao semi-desenvolvida por alguem "just for the sake of it"...

    Sim estava por cá desde os tempos em que se usava SCO, ainda sou dos tempos do HP/UX e tb trabalhei com AIX...

    Ainda es do tempo do HP-UX ? E' o segundo UNIX comercial mais utilizado!!

    Pessoalmente tambem penso que distros como o Slackware nao passam de um mito, sou contra os System5, tens a resposta nos Unixes comerciais que conheces

    Sabes provavelment que o Linux, nomeadamente RedHat, SuSE e Debian "emulam" o modo de funcionamento dum System V -- nao sabias ?

    Lembras-te dos tempos em que se pagava x por um compilador por exemplo para um AIX e quando este era inferior ao gcc ???

    Tambem sabes que so' um maluco e' que vai compilar um produto comercial para um vendor X com um compilador nao nativo ao vendor X (e.g., gcc) nao sabes ? Achas mesmo que a Oracle usa gcc para compilar o software deles ?

    Por isso vês a Sun a render-se ao Linux e a pensar em c@g$r no Solaris

    Essa foi classica... yah, estou mesmo a ver Linux a correr numa E10000 com 32 processadores num banco... quer gostes quer nao, o Linux ainda tem muito que andar para chegar ao nivel do Solaris. Se nao percebes isso e' porque nunca correste uma base de dados com uns bons 4 Terabytes e 4 GB de RAM.

    Regards,


    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias

    Re:Estabilidade e Segurança (Pontos:2)
    por nmarques em 18-05-01 18:27 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://nmarques.xpto.org
    Yeaps... Ja que queres pesado mete ao lado um S390 da IBM com 32 CPUs e Linux e ja ves a diferenca... Queres mais ainda, SUN Sparkz sao lindas, elas e os 40Mb/s que sao capazes, contra os 160MB/s de discos SCSI Ultra 160, hip hip hurray... Vivas as Suns... Provo-te a qualquer altura que uma Sun e mais lenta que uma maquina equivalente intel com Linux... Quanto aos compiladores, so 1 maluco ?? e quem desenvolve apps e precisa de um compilador ?? Depende do uso que vais dar, se andas pelo mundo do Solaris, sabes muito bem que o Solaris ja tinha sido erradicado se fosse usado unicamente com os pacotes compilados que o acompanham, a versao intel nao conheco, a versao SPARC pelo menos e assim!!...

    --------------------------------------------
    If there is such a thing as too much power...
    I've not discovered it...
    Re:Estabilidade e Segurança (Pontos:2)
    por leitao em 18-05-01 19:06 GMT (#32)
    (Utilizador Info)
    Solaris ja tinha sido erradicado se fosse usado unicamente com os pacotes compilados que o acompanham, a versao intel nao conheco, a versao SPARC pelo menos e assim!!...

    Acabas de dizer que nao conheces nenhuma das versoes de Solaries, e na mesma thread dizes que me provas em qualquer dia que Linux em Intel e' mais rapido que Solaris... humm...


    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias

    Alhos com bugalhos (Pontos:2)
    por CrLf em 18-05-01 18:30 GMT (#29)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    Realmente comparar as diferenças entre distribuições de Linux com as diferenças entre os outros unixes é mesmo comparar alhos com bugalhos. Não estamos a falar de diferenças de system calls ou libcs radicalmente diferentes, todas são Linux e aplicações que quebram com versões ligeiramente diferentes da libc NÃO VALEM NADA! Normalmente a ABI e a API mantém-se a mesma por isso só dão barraca aplicações feitas por tipos que não sabem o significado de simbolos internos da biblioteca (como os do staroffice há uns tempos).
    Além disso ao nível da source as distribuições são basicamente a mesma coisa, as diferenças verificam-se ao nível dos scripts de inicialização mas mesmo assim parece que a maioria prefere o estilo SystemV.
    Óbviamente que não é assim tão mau que um vendor qualquer diga, isto foi feito para a distro X porque isso só indica que é para essa que dá suporte (e também não estou a ver como dar suporte para mais do que uma pode custar assim tanto a mais), não significa que não funcione nas outras e não significa que outros vendors não possam escolher outra distribuição e mesmo assim as aplicações interagirem.

    Podia-te explicar mas, prefiro que aprendas por ti quando fores mais crescidinho...

    Olha lá não tropeces nas tuas barbas... :)

    -- Carlos Rodrigues

    - "I think my men can handle one little penguin!"
    - "No, Mr. Gates, your men are already dead!"
    Re:Estabilidade e Segurança (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 18-05-01 13:15 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Haver só um window manager, por exemplo, pode ser atractivo para os "lusers", se o Linux quiser conquistar quota de mercado. Para mim é, obviamente, horrível - quem é que me garante que os designers do "One True Window Manager (TM)" têm gostos semelhantes aos meus? Posso preferir Window Maker, posso preferir KDE, posso até não ter nenhum bom gosto e preferir Gnome+sawfish. :)

    Qual é o problema, anyway, de fazer como, por exemplo, o Mandrake, que instala KDE por default e permite aos utilizadores mais avançados (tipo: conseguem andar na vertical sem grandes problemas) mudar o WM?

    Quanto a compatibilidade... se temos source, tudo compila. Se é um binário, ainda não vi nenhum que não funcionasse no meu Mandrake que uso no trabalho. Bolas, em casa uso FreeBSD e tudo funciona na mesma, por emulação! Onde é que estão as incompatibilidades? É claro que se puxar um binário que diga "RH 7.1" e tiver um RH 6.2, não funciona... assim como se em Windows puxar a versão de Windows NT, possivelmente essa não vai funcionar num Win95.

    A diversidade (e possibilidade de escolha) vai ser sempre um assunto de discussão. Uns têm horror a ela... eu, adoro-a.

    Não te estou a chamar nada pessoalmente, mas os teus argumentos fazem lembrar um ditador a dizer que "democracia provoca caos e anarquia, é tudo muito mais simples se só houver um partido e não chatearmos o povo com decisões".

    Compreendo que para o teu trabalho (e o de muita gente) seja mais simples usar um só SO, um só ambiente... mas não queiras impor isso, please.


    "Ford, you're turning into a penguin. Stop it." - Arthur Dent
    Re:Estabilidade e Segurança (Pontos:2)
    por leitao em 18-05-01 14:56 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    A diversidade (e possibilidade de escolha) vai ser sempre um assunto de discussão. Uns têm horror a ela... eu, adoro-a. Não te estou a chamar nada pessoalmente, mas os teus argumentos fazem lembrar um ditador a dizer que "democracia provoca caos e anarquia, é tudo muito mais simples se só houver um partido e não chatearmos o povo com decisões". Compreendo que para o teu trabalho (e o de muita gente) seja mais simples usar um só SO, um só ambiente... mas não queiras impor isso, please.

    Eu tambem adoro a diversidade, mas nesse caso entao nao venham com merdas a se porem a comparar o Linux com Windows e querer inocentemente fazer do linux um OS "mainstream"!! Nunca vai acontecer enquanto existirem 40 maneiras diferentes de fazer as coisas!!

    Regards,


    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias

    O Linux nunca vai ser mainstream (nem tem de ser)! (Pontos:2)
    por CrLf em 18-05-01 18:10 GMT (#27)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    Numa coisa tens razão, normalmente o pessoal costuma comparar o Linux com o Windows 9x o que está completamente errado porque não tem comparação. O Windows 9x é um SO estúpido e "mainstream" e é essa a sua vantagem, mais nenhuma. O Linux deve é ser comparado com o Windows 2000 para trabalho sério (e não só servidores).
    O Linux nunca vai ser "mainstream" no sentido de ser utilizado em massa pelos utilizadores domésticos. O unix nunca o conseguiu em 30 anos e não é agora que vai conseguir. O Linux é poder e configurabilidade, vantagem para quem trabalha a sério, desvantagem para quem "não pesca nada disto".

    -- Carlos Rodrigues

    - "I think my men can handle one little penguin!"
    - "No, Mr. Gates, your men are already dead!"
    Re:O Linux nunca vai ser mainstream (nem tem de se (Pontos:1)
    por Lowgitek em 18-05-01 19:38 GMT (#33)
    (Utilizador Info) http://www.ideiasdigitais.co.pt
    Tenho que discordar contigo e vejo a coisa a caminhar como a microsoft faz parecer como ideia deles ou seja "sistema vários usos", não quero dizer com isso que apartir de agora só haja uma dist. e quem quiser use quem nao quiser nao use as varias distribuições são precisas é preciso é que se siga e se crie se necessário novos standards.
    Re:Estabilidade e Segurança (Pontos:2)
    por Gimp em 19-05-01 0:53 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    UH??? É pá, não é para ofender mas este tipo de argumentos, "compatibilidade, standards etc,etc" é blábláblá comercial e dá-me logo vontade de pegar em papel higiénico. Como exemplo esta histórinha: quando explico ao comercial de uma empresa de software que nos fornece serviços que posso substituir todos os NT's em funções de rede com o samba ele diz-me que isso é bom para ter em casa por causa das compatibilidades...
    Os meus 2 Paus zZzZz
    Re:Estabilidade e Segurança (Pontos:2)
    por vaf em 18-05-01 13:11 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/users/vaf12086/
    Vírus, Worms, exploits, ...??

    Ou eu ando muito desactualizado e não reparo nas evoluções da saciedade da informação, ou não sei... Pela minha parte nunca vi um único vírus para Linux nem sequer Worm.

    Ou há?

    Cumprimentos,

    Vasco Figueira
    Groupware (Pontos:2, Interessante)
    por SIGT3RM em 18-05-01 16:43 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    Apesar de concordar com muitas das opiniões atrás mencionadas. É necessário também pensar no lado empresarial da questão.
    O que eu gostava de ver no Linux (o mais cedo possível) são aplicações de Groupware (tipo Outlook).
    claro que agora devem tar a pensar que "Bah! O Outlook não é mais do que um cliente de e-mail, calendário e livro de endereços num só!". E têm razão. Mas se o combinarmos com o Exchange Server 2000, a coisa muda de figura. Ficamos com uma ferramente poderosa (apesar de ser Microsoft) de colaboração, onde todos os membros de um grupo de trabalho, equipa de projecto ou mesmo toda uma organização podem partilhar conhecimento, marcar reuniões, partilhar "Inboxes" e muito mais. Já existe algo parecido para Linux como o phpGroupware e o TeamOffice, mas nenhum (pelo que sei e que vi), é tão poderoso e versãtil como o da MS.
    Gostaria de ver uma aplicação cliente/servidor deste tipo, porque sei que é muito procurada por empresas hoje em dia.
    Com uma solução Linux (ou outro UNIX free) do género, muitas empresas seriam atraidas para esta comunidade de que tanto gostamos.
    Re:Groupware (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 18-05-01 17:26 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Acho que o Evolution (p/ unix) é suposto ser a mesma coisa. Não, ainda não experimentei.


    "Ford, you're turning into a penguin. Stop it." - Arthur Dent
    Re:Groupware (Pontos:2, Interessante)
    por dbf em 18-05-01 17:51 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Perfeitamente de Acordo...
    Quanto ao Evolution já ando de olho nele desde a
    versão 0.6... e ainda é muito instavel, mesmo nesta ultima versão a 10.0 que saiu a uns dias, pois com servidores Imap a coisa não fica lá mt estavel.
    Quanto ao groupware, até ao momento, o melhor que
    encontrei dentro da GPL em termos de estabilidade
    e performance foi o TWIG, é bastante razoavel, depois existe o Lotus notes para Linux que a SuSE disponibiliza uma versão, so é pena é custar uma pipa de massa, e estar agarrado ao numero de licenciamentos..:-(
    Quanto ao mundo empresarial português (PMEs), depois de algum esforço para fazer entender ao Boss, as vantagens de usar linux, já a alguns meses que portei todas as aplicações inclusive as de gestão comercial para linux, e estou muito contente com o resultado, estavél, fiavél, e bastante tendo em conta as varias soluções
    da concorrencia.
    Agora o Groupware realmente é uma peça importante
    numa empresa, e tirando os webwares, a solução mais estavel e fiavel que encontrei para o desktop
    linux, foi o StarOffice.

    Um Abraço
    Nuno


    Re:Groupware (Pontos:2)
    por Gimp em 19-05-01 0:45 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    Adoro estes palavrões comerciais. Realmente a cultura comercial micro-like é uma autêntica virose. Insfelizmente a HP nunca teve tomates para promover o grande producto concorrente do Exchange(não me lembro do nome nem onde li o artigo). Posso tar enganado mas a Novell tem algo parecido(e quase de certeza há mais tempo) para Linux. Quanto ao Notes, também há uma versão para linux(mal tenha tempo vou por as minhas mãos nos cd's).
    Os meus 2 Paus zZzZz
    Re:Groupware (Pontos:1)
    por RaTao em 19-05-01 4:35 GMT (#39)
    (Utilizador Info)
    o software da HP é o openMail e é 99.9% uma emulação do exchange em termos de funcionalidades (até o outlook "pensa" que está a falar com um exchange)

    O outro, da Novell, é o groupWise e é bastante bom quando utilizado numa rede netware... basta ver que o "animal" utiliza bastante o NDS!

    Regards,
    nuno aka ratao
    Regards, Nuno Silva aka RaTao
    Re:Groupware (Pontos:1)
    por dbf em 19-05-01 17:47 GMT (#42)
    (Utilizador Info)
    >O outro, da Novell, é o groupWise e é bastante >bom quando utilizado numa rede netware... basta >ver que o "animal" utiliza bastante o NDS!

    Conheço, mas nem um cliente para desktop linux existe, só para solaris, quanto ao NDS, o unico produto que conheço para linux da novell é o e-directory, para autenticação a tree dos servers novell.

    Nuno
    Re:Groupware (Pontos:1)
    por RaTao em 19-05-01 18:04 GMT (#43)
    (Utilizador Info)
    yep, também não conheço nada feito de raiz para o groupwise em linux.

    em relação ao e-directory, nunca instalei, mas parece-me que é um auth-server/nds-server/ldap-server que funciona em linux... e não depende de mais nenhum servidor netware/novell.

    Um colega andou a testar isso como ldap-server e (aparentemente) com bons resultados... o azar são as licensas da netware que são bastante "dificeis de arranjar" (caras! :))) )

    ragards,
    nuno aka ratao
    Regards, Nuno Silva aka RaTao
    Re:Groupware (Pontos:1)
    por dbf em 20-05-01 0:45 GMT (#47)
    (Utilizador Info)
    >que são bastante "dificeis de arranjar" (caras!:)

    É pena, pois em termos de fiabilidade e estabilidade pela experiencia que tive o netware integrado com o groupwise é bastante razoavél, só peca pelo execessivo preço das licenças e pela falta de um cliente linux.

    Um Abraço
    Nuno

    hurd vs. linux (Pontos:3, Interessante)
    por bgravato em 18-05-01 18:40 GMT (#31)
    (Utilizador Info)

    Acabei há pouco de fazer o download da iso da debian Hurd.

    É um projecto que, pelo que li, tem andado um pouco devagar, mas que vai avançando, na medida do possível.

    Para quem não sabe, o Hurd é um projecto da GNU, para um novo kernel, que tem como base um microkernel, o Mach.

    Não é que eu seja um expert destas coisas de kernel's e afins, mas tenho a mania de andar sempre a experimentar coisas novas e diferentes.
    Mas acho que seria interessante discutir estas futuras alternativas ao linux kernel.

    Actualmente, penso que a única distribuição a participar no projecto do Hurd é a Debian e o seu Debian GNU/Hurd como alternativa ao Debian GNU/Linux.

    Há para aí alguém que já tenha experimentado o Hurd? Era interessante que manifestassem aqui a sua opinião.

    Quanto às vantagens do Hurd em relação ao Linux, podem ler no site do Hurd na GNU.

    Cumprimentos,
    Bruno Gravato.


    Re:hurd vs. linux (Pontos:1)
    por RaTao em 19-05-01 4:42 GMT (#40)
    (Utilizador Info)
    já experimentei e gostei bastante (dentro do razoavel)!
    quando instalei, à uns 3 meses, a instalação correu bastante mal, i.e. tive que instalar aquilo praticamente à mão e copiar os packages todos.. errr

    à parte disso e de ter que ler umas 5 páginas para conseguir fazer um mount ao cdrom, depois de estar instalado funcionou muito bem, praticamente identico a debian/linux do ponto de vista da shell e admin de software (apache, ftp's, etc é tudo igual). O azar é quando queres fazer admin de sistema... tipo ligar o forwarding ipv4... no linux toda a gente sabe fazer os echo "1" para o /proc... em hurd tens que ler 4 manuais... exactamente a mesma coisa que montar o cdrom :)

    Anyway, aconselho bastante a instalar isso numa máquina sobresselente (e com discos IDE - scsi não funcionava na altura...)


    Regards, Nuno Silva aka RaTao
    Re:hurd vs. linux (Pontos:2)
    por bgravato em 19-05-01 21:28 GMT (#46)
    (Utilizador Info)
    Este mês saiu uma "pre-release" (não sei bem o que lhe chamar...) nova, que já deve estar nos mirrors... Eu o sítio mais "perto" que encontrei foi no ftp.fsn.hu

    Provavelmente já deve ter uns quantos bugs corrigidos, e acho que já dá para instalar de cd, ou pelo menos arrancar com uma floppy e depois instalar do cd... (antes acho que era necessário ter linux instalado para depois fazer 1001 coisas para trocar para o Hurd...)

    Ainda não tive tempo para gravar a iso para cd, mas quero ver se ainda faço isso este fim-de-semana, depois só falta arranjar a "máquina sobresselente" :-)
    Tenho um 486 disponível, mas só tem 16MB de ram e 300MB + 200MB de disco(s), pelo que li numa FAQ do Hurd isso pode ser um problema (o autor aconselhava a ter uma swap de 256MB e 128MB de ram).
    Tu em que máquina é que instalaste?
    É que segundo o que o autor da FAQ dizia, parece que se a swap ficar cheia aquilo crasha... (pelo menos foi a ideia com que fiquei...)

    Cumprimentos,
    Bruno Gravato.

    Re:hurd vs. linux (Pontos:2)
    por CrLf em 19-05-01 14:54 GMT (#41)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    É um projecto que, pelo que li, tem andado um pouco devagar, mas que vai avançando, na medida do possível.

    Devagar é favor, o kernel Hurd começou a ser feito muito antes do Linux e ainda está muito longe de atingir a funcionalidade que este atingiu.

    -- Carlos Rodrigues

    - "I think my men can handle one little penguin!"
    - "No, Mr. Gates, your men are already dead!"
    Re:hurd vs. linux (Pontos:1)
    por bgravato em 19-05-01 21:20 GMT (#45)
    (Utilizador Info)
    Pelo que li nuns artigos na slashdot não foi assim muito antes... Se não estou enganado foi só 1 ano ou 2 antes...

    Cumprimentos,
    Bruno Gravato.

    Falta tempo! (Pontos:2, Interessante)
    por TarHai em 18-05-01 19:52 GMT (#35)
    (Utilizador Info) http://www.dilbert.com
    Linux e outros free OSs estao em constante evolucao. A meu ver essa evolucao e rapida mas nao rapida o suficente. Eventualmete todas as "features" que se elegerem nesta lista serao adicionadas no futuro. Temos e que esperar por esse futuro que nem e preciso ser um optimista para perceber que pode tardar mas com certeza nao vai falhar. Nota pessoal: Um office *totalmente* compativel com o MS Office que nao necessite de 128 Mb de ram para ser usavel ja me fazia feliz. Um gestor de bases bibliograficas funcionalmente equivalente ao endnote, com pesquisa automatica nas bases de dados da web (medline principalmente), com drag and drop e compativel com o bibtex seria a cereja no topo.
    --- O meu teclado n~ao tem as deadkeys activadas.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]