gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
TV Digital Terrestre
Contribuído por chbm em 07-05-01 13:23
do departamento mpegs
Televisão Anonimo Cobarde escreve "Foi finalmente aberto o concurso público para a atribuição de licensas a operadores de TVDT. Espanha, Suécia e Reino Unido já apanharam o comboio? vamos lá ver se Portugal não se atrasa muito. O artigo contém um erro, no entanto, pois é evidente que em 2007 os actuais televisores não vão para o lixo, pois uma simples set-top-box permite continuar a utilizá-los, embora nestes casos só em modo normal, sem alta definição disponível. "

kuro5hin, moderação, censura e gildot | Linux=Hype?  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • aberto o concurso público
  • Mais acerca Televisão
  • Também por chbm
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    TV Digital/TVAD (Pontos:3, Interessante)
    por TheLarch em 07-05-01 14:33 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Atenção que a TV Digital não é necessáriamente sinónimo de Alta definição (TVAD ou HDTV, se preferirem). Na verdade a TV Digital digital já é uma realidade via satélite de há uns anos a esta parte. No entanto, as emissões mantém uma resolução semelhante ao PAL (abaixo dos 800*600). A televisão de Alta definição, por comparação, começa nos 1600*1200, pois só assim se obtém resultados realistas nos monitores/televisores/projectores de dimensões cada vez maiores que invadem o mercado (para não falar de uma qualidade visual que acompanhe a envolvência de uma banda sonora em AC3 ou DTS)! A grande vantagem da TV Digital é que finalmente os seus sinais podem ser tratados como qualquer outro pacote de dados (e transmitidos sob TCP/IP, por exemplo) à semelhança dos MP3, DivX, ou uma simples "conversa" no IRC. Esta tecnologia (MPEG2), para além de permitir uma maior eficiência na utilização do espectro (um canal de TV analógico pode transportar 6 canais digitais), permite ainda os serviços interactivos (desde que exista um canal de retorno, por cabo ou telefone), maior eficácia nas emissões de acesso condicionado (codificadas) e "Video on Demand" ("lembram-se" do DVD?). Para tudo isso + acesso à internet, comércio electrónico, anúncios, existirá uma "Set-Top Box que será básicamente um PC feito à medida das fuções a que se destina. Poderá ter mesmo um disco rígido de 20/40/60/100GB conforme as versões, que permitirá gravar horas de emissão dos vários canais (mas não esperem demasiada flexibilidade dessa funcionalidade). Resumindo: por muita expectativa que tenha em relação à TVAD, receio que a grande aposta dos operadores começe pelos conteúdos interativos e "Video on Demand" A TVAD terá de esperar que a evolução do mercado dite que televisores a partir de determinada dimensão de ecrã sejam obrigatóriamente televisores de Alta Definição, sob pena de se compararem desfavoravelmente com os modelos mais pequenos em termos de conforto de visualização.
    uma duvida... (Pontos:1)
    por drdude em 07-05-01 15:17 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    O que significa isto (a nivel de concurrencia, etc.) para TVInteractiva da TVCabo?
    Re:uma duvida... (Pontos:2, Informativo)
    por TheLarch em 07-05-01 15:28 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    No início pouco, já que a TV Cabo tem a vantagem de ter já uma base importante de clientes, permitir o retorno (no serviço interactivo) por cabo (dispensando as ligações telefónicas e respectivos custos) e ainda um serviço directo (já 100% digital) via Hispasat. É claro que muito irá depender da qualidade da oferta dos concorrentes e das condições que estes criarem para a aquisição/aluguer das indispensáveis "Set-top Boxes".
    Atraso ? pouco ... (Pontos:2, Informativo)
    por taf em 07-05-01 21:49 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Também convém esclarecer que neste campo Portugal não tem um grande atrazo (!!) . Países como os EUA ou o Japão ainda não definiram o seu standart , ou ainda , países tipo a Grécia que nem sequer têm isso planeado (!!!) . Fora da Europa e da América do Norte só a Afríca do sul tem algo parecido com um projecto de tv digital. Já tinha vindo um artigo algo extenso na BIT sobre isso.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]