gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Indústria musical lança "protecção digital"
Contribuído por scorpio em 03-05-01 21:40
do departamento cdlock-(Tm)
News Hugo Gonçalves escreve "Segundo o site BBC News estão a ser criadas protecções digitais contra a criação de MP3. Ao que parece os CDs têm incorporado software que impede a criação de MP3 das faixas usando "rippers". Segundo o mesmo site, quem tentar criar um MP3 de alguma faixa será redirecionado para um site onde poderá adquirir a faixa em formato Windows Media! Ainda bem que usamos Linux! :) Podem ler o artigo aqui. "

Microsoft e as inúmeras tentativas de monopólio | Golpadas na Net  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • aqui.
  • Mais acerca News
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    ganda treta... (Pontos:2)
    por Cyclops em 03-05-01 22:14 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Se os cd's funcionam mesmo segundo os moldes descritos no artigo, e mesmo uma granda barretada para ver quem e pato...

    Entao o cd toca normalmente nos players antigos? Hello? O cd nao executa codigo, e ler o raw audio que la vem...

    Estes romanos sao doidos...
    Re:ganda treta... (Pontos:2)
    por chbm em 03-05-01 22:48 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://chbm.nu/
    Isto tem sempre implicito a morte do cd-audio actual e toda a gente começar a editar em dvd-audio(ou qq coisa do genero).
    Mas da teoria à practica ..

    Re:ganda treta... (Pontos:1)
    por taf em 04-05-01 9:52 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Fixe !! É da maneira que o pessoal começa a ripar a 265 kbits e sampling a 96khz ... que chatice !!! Acho que vou meter um leitor de MP3 no carro ...
    E Ogg Vorbis ??? (Pontos:1)
    por faustino em 03-05-01 22:31 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    E se riparmos para ogg vorbis ele abre um site com ficheiros em que formato?
    Estupidez (Pontos:3, Esclarecedor)
    por CrLf em 03-05-01 22:42 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    Isto é completamente estúpido, mesmo para quem não use Linux ou qualquer outro Free (Speech) OS o que é que impede de por o CD a tocar e gravar para .wav ao mesmo tempo? Qualquer placa de som recente faz isto!
    Quem propõe estas medidas às editoras deve ser um símio qualquer que ainda não compreendeu que quem mais ripa mp3 não se vai intimidar com estas protecções rídiculas. Mais valia imprimirem no CD "protegido contra cópia" e esperar que toda a gente acreditasse!

    -- Carlos Rodrigues

    - "I think my men can handle one little penguin!"
    - "No, Mr. Gates, your men are already dead!"
    Re:Estupidez (Pontos:2, Interessante)
    por joaobranco em 04-05-01 10:58 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Não conheço sufeciente das placas de som que referes para ter a certeza do que digo, mas assumo que não é propriamente a placa de som que grava o WAV, mas sim o driver da mesma...

    Isso pode vir a ter implicações no futuro em sistemas operativos de código fechado porque uma certa empresa de software encontra-se em posição de "abençoar" os drivers a instalar no sistema, e eventualmente de não dar a sua benção a drivers que permitam tal tipo de coisa... Leiam com atenção as caracteristicas do driver model do Windows XP, sff.

    JB

    Re:Estupidez (Pontos:2)
    por CrLf em 04-05-01 14:37 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/~cer09566
    Por acaso até cometi uma incorrecção, não são apenas as mais recentes, são todas aquelas fabricadas posteriormente à idade da pedra.
    Quanto ao que tu dizes, não, não são os drivers que gravam para wav, são as aplicações, o formato wav não é mais do que o stream de bytes que a placa debita, com um cabeçalho. Além disso gravar um wav com o CD como fonte não é diferente de gravar um wav a partir do microfone... É claro que pode ser feito, sempre se pode ver se o CD está activo e recusar a gravação, mas assim, nenhum CD poderia ser gravado(!), a questão é, até onde estão eles dispostos a ir para evitar a cópia ilegal.
    PS: Mesmo assim, bastaria ligar o leitor de CD da aparelhagem à entrada da placa de som e gravar. Enfim, um milhão de possibilidades.

    -- Carlos Rodrigues

    - "I think my men can handle one little penguin!"
    - "No, Mr. Gates, your men are already dead!"
    Tenho serias duvidas... (Pontos:1)
    por monge em 03-05-01 23:25 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://go.to/monk
    Nao ha nenhuma lei q proiba "ripar" cds para mp3 ou outro formato qualquer...
    A lei proibe sim, a distribuicao ilegal dessa copia...

    Por exemplo: sabendo que a validade maxima de um cd e' de 20 anos (isto e' verdade), quer dizer que nao posso fazer backups de forma a nao perder uma coleccao de uma vida inteira??? I doubt it!


    It doesn't matter who made it... It matters who got the idea (monk)
    Re:Tenho serias duvidas... (Pontos:2)
    por joao em 03-05-01 23:58 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Por exemplo: sabendo que a validade maxima de um cd e' de 20 anos (isto e' verdade), quer dizer que nao posso fazer backups de forma a nao perder uma coleccao de uma vida inteira??? I doubt it!

    Também não há nenhuma lei que proiba quem vende um produto de o vender no formato que bem entender.

    ----
    joao
    nonio.com

    Countdown 3..2..1 *cracked* (Pontos:2, Engraçado)
    por lucipher em 04-05-01 5:45 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.unsecurity.org/
    Quanto tempo dão p'ra sair um novo 'descrambler' feito pelos alunos do MIT ?
    unsecurity.org
    "Reality is merely an illusion, albeit a very persistent one." -- A. Einstein
    Re:Countdown 3..2..1 *cracked* (Pontos:1)
    por MavicX em 04-05-01 10:03 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    E porque não por alunos de uma Universidade Portuguesa, vamos por mãos á obra.
    A noticia não é nova... (Pontos:2, Informativo)
    por joaobranco em 04-05-01 10:50 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Na realidade isto trata-se simplesmente do voltar a pegar numa noticia que o slashdot já referiu aqui e aqui

    Trata-se de uma tecnologia que impede aparentemente o ripping por leitores de CD de computadores (conformante com os standards do Red Book) e não por leitores de CD mais antigos (antigo standard, Yellow Book?) porque os novos leitores de CDs aparentemente são mais sofisticados e vão ler coisas como a TOC que os antigos não usavam (nesse formato).

    Pode não ser realmente impossivel levar um CD reader novo a ler os CDs protegidos (pode ser dificil se ele depender de coisas que estão armazenadas em firmware para ler, mas se for controlável por software, é possivel). No entanto, a questão mais problemática para os consumidores é que muitos dos CD-Readers recentes (e DVD-readers) são baseados no Red-Book e como tal não podem de facto ler esses discos "danificados". Em suma, parece mais um paliativo que vai dar mais dores de cabeça às empresas que tentem usar esses CDs protegidos que aos "horriveis piratas".

    Aliás, parece-me é que vai aumentar a procura por versões piratas (i.e., não protegidas) dos CDs que sejam criados com essas tecnologias.

    JB

    JB

    Re:A noticia não é nova... (Pontos:3, Interessante)
    por chbm em 04-05-01 14:54 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://chbm.nu/
    Suponho que os leitores de cd das aparelhagens consigam ler cds RedBook não ? :) Mais especificamente os das aparelhagens com saída s/pdif optica :)

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]