gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
StuffIt para Linux
Contribuído por BladeRunner em 01-05-01 19:33
do departamento mais-um-ponto-para-o-pinguim
Linux Quem trabalha com Macs certamente conhece o StuffIt.
Para os que não lidam com a maçã, o dito é um software de compressão que está para os Macs como o Winzip para o Windows ou o gzip e o bzip para o *nix.
Pois bem precisamente, a empresa que o produz - a Aladdin Systems - anunciou o lançamento das versões beta para Linux e Solaris.
Ao que parece não há open source para ninguém, mas mesmo assim, o StuffIt deu um passo importante para vir a tornar-se no produto deste género mais multi-plataforma (também já havia para Windows).
Pormenores aqui.

SGI lança XFS 1.0 | Linux: Comunicação wireless a km de distância  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • StuffIt
  • Aladdin Systems
  • aqui
  • Mais acerca Linux
  • Também por BladeRunner
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Multi-Plataforma?? (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 01-05-01 21:05 GMT (#1)

    O formato zip ha' mto tempo que se encontra disponivel em varias plataformas diferentes.

    O formato tar+gzip|bzip e' o formato de eleicao da internet e tambem se encontra disponivel em varias plataformas.

    Como se pode dizer que o Stuffit, criado para os Macs, e dependente da arquitectura exotica desses, esta' em vias de se tornar no protudo desse genero mais plataforma?

    Re:Multi-Plataforma?? (Pontos:1)
    por BladeRunner em 01-05-01 21:25 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org
    Viva!

    Eu escrevi que o produto é que podia estar em vias de se tornar no mais multi-plataforma e não o formato que ele utiliza por defeito.
    Basta um bocadinho de atenção a ler as coisas.
    É óbvio que o formato nativo do StuffIt (sit) não é nada multi-plataforma.

    Já agora...
    Essa do formato de eleição para a internet (o que quer que isso queira dizer), ser o tar + gzip/bzip só é verdade para *nixs.

    BladeRunner

    BladeRunner
    educação, ensino
    Re:Multi-Plataforma?? (Pontos:2)
    por vaf em 02-05-01 0:44 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/users/vaf12086/
    Temos sorte que o Winzip trabalha com o formato gz. Senão estávamos feitos... :-)

    Bzip2 ainda não experimentei. Sabem se dá?

    Cumprimentos,

    Vasco Figueira
    Re:Multi-Plataforma?? (Pontos:1)
    por higuita em 02-05-01 1:50 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://raff.fe.up.pt/~eq92025
    o winzip nao sei, mas nos windows que me passam pelas maos meto sempre o powerarchiver

    e' gratis, muito parecido com o winzip, tem suporte para mais formatos (ler ACE, RAR, nao os pode criar por terem patentes) e pode abrir ou criar TAR.BZ2...
    o unico problema e' a toolbar original que eu acho uma bosta, mas da' para mudar para outras

    depois de descobrir o powerarchiver nunca mais usei o winzip (e sempre que me pedem o "registro" do winzip, indico-lhes o site 8)


    Higuita

    Re:Multi-Plataforma?? (Pontos:1)
    por SlickFox em 02-05-01 4:38 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Que saiba o Winzip não reconhece o Bzip2.

    O único programa que conheço que o faz em win é o winimp ... mas só experimentei uma vez e não gostei muito ..

    No entanto sei que oficialmente (aqui) até existe suporte para win9x/NT/2k, mas também ainda n experimentei.

    Alguém já viu se funciona?

    Re:Multi-Plataforma?? (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 02-05-01 12:17 GMT (#7)

    Eu consegui compilar a versão 1.0.0 (se bem me lembro) com o MingW e com o Cygwin, out-of-the-box, sem erros, e funciona. Também testei alguns binários disponíveis, sem problemas.

    O bzip2 é o melhor prog de compressão de dados que encontrei até hoje. Se houvesse um GUI bom para windows (que tratasse tar/gzip/bzip), poderia ser uma boa alternativa ao WinZip.

    Questões linguísticas (Pontos:1)
    por bgravato em 02-05-01 1:57 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    > (...) que ele utiliza por defeito.

    Tem defeito?? Então já não quero... :-P

    Desculpa o preciosismo, eu sei que a palavra "defeito" é foneticamente muito semelhante à inglesa "default", mas a primeira não é a tradução mais correcta da última (embora não esteja totalmente errada). O termo mais correcto em português seria "por omissão" (ou "por falta"/"por ausência").

    Se bem que neste caso talvez fosse ainda mais correcto falar em formato "standard" [usado pelo produto], cuja tradução normalmente é "padrão", mas que, olhando para o dicionário, também poderia ser "estandardizado" (palavra pouco bonita) ou "normal"/"corrente"/"de referência"

    Talvez esta não seja a thread mais indicada para estas discussões linguísticas, mas ainda à pouco ao ler no barrapunto (no seguimento de um outro artigo aqui no gildot), a discussão sobre a possibilidade de se escrever comentários em português no barrapunto e em espanhol no gildot,
    vi um comentário interessante de alguém que chamava a atenção para o facto de no gildot a maioria dos tópicos dos artigos serem em inglês.

    Todos nós sabemos que os espanhois gostam de traduzir tudo o que é inglês para espanhol (inclusivé nomes de bandas, como "las piedras rolantes" ou "las puertas"), e também sabemos que os portugueses gostam muito de usar estrangeirismos, especialmente termos do inglês.
    Seria interessante discutir até que ponto não será um exagero, quer por um lado quer pelo outro...
    Deveriam os espanhois usar mais termos em inglês? Ou deveriamos nós usar mais termos em português? Já diz o povão que no meio é que está a virtude... Será que também aqui se aplica esse dito popular?

    Cumprimentos,
    Bruno Gravato.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]