gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Open Cola
Contribuído por Xmal em 27-04-01 21:10
do departamento will-explode-in-my-kitchen
And now for... :-) mvalente escreve "A dar umas voltas por ai (its a slow day...) a testar coisas P2P tipo Napster ( Gnutella, Jabber, JXTA (diz-se Juxta), Infrasearch e, sim, porque não dize-lo, prOnster) encontrei uma coisa só por si fantástica: o OpenCola.

Mas o que é utterly mindboggling (sempre me apeteceu dizer isto...) é que os tipos TÊM MESMO Coca^H^H^H^H Cola em open source !. Uma receita para fazer Cola em casa... Este fim de semana prolongado ainda vai dar maus resultados... Cumprimentos Mario Valente "

RIAA vs Academia | Primeira Consola com Linux Morre Antes de Nascer !  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • mvalente
  • Gnutella
  • Jabber
  • JXTA
  • Infrasearch
  • prOnster
  • OpenCola
  • receita
  • Mais acerca And now for... :-)
  • Também por Xmal
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Aviso (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 28-04-01 1:15 GMT (#1)
    É caso para dizer:

    Mário não largues a cola não! IdC
    Brincadeira(?) (Pontos:1)
    por BladeRunner em 28-04-01 18:35 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org
    Isto tem piada como brincadeira.

    Agora...
    Eu não sou médico, mas (tento ser) químico e recomendaria muita precaução a quem passar pela cabeça experimentar a receita.

    Algumas coisas como ácido cítrico, ácido fosfórico e goma arábica por exemplo, não são para brincar e utilizar de qualquer modo.

    BladeRunner

    BladeRunner
    educação, ensino
    Re:Brincadeira(?) (Pontos:1)
    por Strange em 28-04-01 19:37 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    Eu não sou nem médico nem químico, e também não vi a receita nem me interessa (se a Coca-Cola ou Pepsi-Cola são grande coisa...), mas há muitos (pelo menos alguns) produtos químicos perigosos que quando juntados se tornam inofensivos e até saudáveis. Também há o caso contrário...

    Já agora, um exemplo é o sal comum, que é apenas cloreto de sódio (se não estou em erro), que se pode criar juntando ácido clorídrico e uma base que não me lembro o nome, formando então o sal e água.

    De qq modo, não endorso quaisquer experiências químicas. :)

    Já agora, alguns ingredientes de Lipton® Ice Tea®:

    • reguladores de acidez;
    • ácido cítrico;
    • citrato de sódio;
    • antioxidante;
    • ácido ascórbico;

    hugs
    Strange

    Re:Brincadeira(?) (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 28-04-01 20:52 GMT (#4)
    HCl + NaOH -> NaCl + H2O

    ;)

    Re:Brincadeira(?) (Pontos:1)
    por BladeRunner em 28-04-01 20:59 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org
    "e uma base que não me lembro o nome, formando então o sal e água"
    Hodróxido de Sódio (NaOH).
    A reacção completa é HCl + NaOH -> NaCL + H2O

    No entanto o teu argumento não colhe...
    Experimenta beber um copo de ác. clorídrico e um de hidróx. de sódio e vais ver (ou se calhar já nem vais) o resultado.

    Também há outros exemplos engraçados, como a trinitroglicerina que tanto serve para fazer bombas como... comprimidos para o coração.

    Sem esquecer as dosagens:
    O ác. cítrico que está na receita por exemplo é uma vitamina e vitaminas em excesso provocam hipervitaminoses.

    BTW, e só por curiosidade e cultura geral :-) : as vitaminas são as únicas moléculas que o metabolismo humano não consegue sintetizar, tendo por isso que ser ingeridas. Algures durante o processo de evolução, por qq motivo o organismo humano perdeu essa funcionalidade.

    Tudo o resto pode ser produzido internamente.

    BladeRunner

    BladeRunner
    educação, ensino
    Re:Brincadeira(?) (Pontos:1)
    por Strange em 28-04-01 22:04 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    Obrigado pelo esclarecimento sobre a fórmula!

    Apenas uma coisa, nunca disse para se tomar os ingredientes em separado, nem tal está subjacente no meu comentário. É normal em receitas e fórmulas obter o produto final apenas no fim. :)

    hugs
    Strange

    Re:Brincadeira(?) (Pontos:2)
    por joao em 28-04-01 23:59 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    as vitaminas são as únicas moléculas que o metabolismo humano não consegue sintetizar, tendo por isso que ser ingeridas.

    Embora essa tua afirmação possa ser compreensivel se adoptares um determinado ponto de vista, o que é certo é que a maior parte das molélulas produzidas pelo corpo humano necessitam de matéria prima. Por exemplo, para produzires proteinas precisas de comer os aminoácidos sob a forma de proteinas. Os aminoácidos ainda são moléculas bastante complexas. Mas com as plantas já é diferente: elas produzem tudo a partir de CO2, água, fosfatos, nitratos e pouco mais.

    ----
    joao
    nonio.com

    Re:Brincadeira(?) (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 29-04-01 17:15 GMT (#8)
    Mas com as plantas já é diferente: elas produzem tudo a partir de CO2, água, fosfatos, nitratos e pouco mais.

    E, já agora, fotões.

    Re:Brincadeira(?) (Pontos:1)
    por BladeRunner em 29-04-01 18:33 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org
    Viva!

    É óbvio que é preciso matéria prima.
    O organismo humano consegue produzir todas os outros tipos de moléculas, independentemente de haver matéria prima em abundância ou não, e consegue "em tempos de vacas magras" recorrer a vias metabólicas alternativas para produzir essas mesmas moléculas.
    Por exemplo, em jejum, o fígado metaboliza glucose a partir dos triglicerídeos à custa de ATPs.
    A glucose é a fonte de energia do cérebro, mas que não é lá produzida. Se não fosse esta via alternativa, no final de cada digestão, se não voltássemos a comer entravamos em hipoglicéma -> coma -> morte em menos de um piscar de olhos.

    Portanto...
    O que eu disse foi que o organismo consegue de um modo ou de outro sintetizar as moléculas de que necessita, excepto as vitaminas e que por isso elas têm de ser obrigatoriamente ingeridas por via alimentar, ou em caso de doença, administradas directamente.

    Já agora, as avitaminoses estão na origem de algumas das doenças de efeitos mais perversos que existem.
    Isso é fácil de se ver ao pensar-se que as vitaminas desempanham quase sempre o papel de co-enzimas e que a diferença de velocidades das reacções metabólicas catalizadas e não catalizadas chega a ser de 10^9 / 1.

    Em África e em países do extremo ambiente cuja dieta é basicamente arroz existem milhões de seres humanos que sofrem de doenças incríveis por falta de vitaminas quando 5 contos chegavam para "vacinar" com leque completo de vitaminas populações inteiras.

    Mas isso é outra conversa.

    BladeRunner

    BladeRunner
    educação, ensino

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]