gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
ADSL da Telepac: ex-ce-len-te report
Contribuído por chbm em 28-03-01 23:33
do departamento estado-da-nação
News Anonimo Cobarde escreve "Oi! No forum de discussão do artigo página [recortes.org] está-se a discutir a qualidade de serviço do ADSL da Telepac. A discussão tem vindo a descer de nível (no bom sentido!) e já se está a chegar ao ponto de apresentar PINGs e TRACEROUTEs! Delicioso... " [chbm: e muito importante, linux :)]

Acessos à net sobe 320% em 2000 | Expresso On.line em "crise"  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • página
  • Mais acerca News
  • Também por chbm
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    First Post (Pontos:2, Interessante)
    por b0fh em 29-03-01 8:53 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Para variar, só em Lisboa... E o pessoal que vive no resto do país, não pode fazer mais nada senão babar-se...
    Re:First Post (Pontos:1, Interessante)
    por ThE_KiLLeR em 29-03-01 9:30 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    é o eterno problema.. eu muro nos arredores de lisboa mais propriamente na zona de sacavem e ainda nem netcabo tenho... ter acesso a 56k analógico com uma media de ligação de 49kbits ja nao é nada mau, o que é algo que vizinhos meus de ruas diferentes nem conseguem enfim.. :|
    Re:First Post (Pontos:2, Informativo)
    por SUp3rFM em 29-03-01 11:03 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Já há ADSL no Porto :)
    Re:First Post (Pontos:1)
    por bgravato em 29-03-01 20:50 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Já existe *DSL em muitos sítios, simplesmente não está disponível para o utilizador comum, nem a preços ao alcance deste.

    Cumprimentos,
    Bruno Gravato.

    Re:First Post (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 29-03-01 12:50 GMT (#4)
    Em principio todos os nºs de telefone com indicativo 22 e 21 estão prontos para receber ADSL
    Re:First Post (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 29-03-01 14:54 GMT (#5)
    Sim sim... in your dreams.
    Re:First Post (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 29-03-01 15:49 GMT (#7)
    Apenas me limitei a afirmar o exposto na página oficial do NET_not_so_fast
    Re:First Post (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 29-03-01 17:10 GMT (#8)
    WE%&/&"/!%&/" de pagina mais o flash player q a pariu faz o netscape deitar core.
    Re:First Post (Pontos:1, Interessante)
    por BladeRunner em 29-03-01 15:12 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org
    Viva!

    Eu vivo no "resto do país", mas por muito boa que seja a coisa, não me estou a babar para pagar 9 contos + aluguer equipamento por mês, mais vinte e tal mocas pela instalação.

    Isto para 256 kb downstream e 64 up, com limite de 2GB download.

    Com estes preços, podem ficar mesmo por Lisboa e Porto que para mim tanto se me dá.

    BladeRunner
    Re:First Post (Pontos:1)
    por bgravato em 29-03-01 22:00 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    O mal destas coisas é que uns pagam pelos outros... Não concordo que uma pessoa que tenha um tráfego mensal de vários GB's e que "entope" tudo e todos a fazer downloads de mp3's, divx's, jogos e afins pague o mesmo que uma pessoa que tem um tráfego mensal de 500MB e que usa a internet essencialmente para trabalhar. No entanto também compreendo que seja díficil para os ISP's fazerem correctamente esta distinção (em parte pq não estão dispostos a investir ($$) muito nesta área). Logo a solução mais prática é fazer a média e pôr uns a pagar pelos outros...

    Outra questão relacionada com isto é o facto de as pessoas não estarem dispostas a pagar um valor relativamente alto por um serviço que não sabem se vai funcionar bem ou não, e pela experiência que têm já é de esperar que, como sempre, as coisas funcionem mal, e ninguém está disposto a pagar por um serviço que é deficiente.

    Eu sou cliente netvisão e acho que o valor que pago pelo serviço nem é elevado, SE o serviço fosse REALMENTE BOM. Uma vez que está muito àquem daquilo que seria desejado, acho que o preço assim cobrado é exorbitante. Acho que é urgente as empresas fornecedoras de internet em portugal mudarem esta tendência.

    Se querem pessoas para fazer testes à rede, não acho correcto disponibilizarem logo o serviço a pagar a todos. E em segundo lugar devem criar diferentes preços para diferentes qualidades de serviço, e estas diferenças devem-se notar na prática e não apenas em termos teóricos.

    Cumprimentos,
    Bruno Gravato.
    Re:First Post (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 29-03-01 17:55 GMT (#9)
    no porto ja existe tb....ja ha quem tenha... nao parece mah!
    Progresso (Pontos:2)
    por Bandit em 29-03-01 20:11 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Bem eu também queria que viessem em forças todas essas tecnologias.. GPRS, Tv interactiva, *DSL; T carriers; OC-* enfim tudo do melhor... digam lá que na era bom...

    Infelizmente as coisas são memso assim tardam em vir e quando vêm ou não correspondem às espectativas como foi o caso dos acessos via cable, aos quais os users meterem mil e um problemas, ou é o preço como o BladeRunner referiu neste mesmo post, ou é o factor x ou o y. a Verdade é que nada surge prefeito dado a serem novas tecnologias... pelo menos para nós que tamos aqui no cantinho da europa meio esquecidos, ou seja as coisas vão com tempo e muita calma ao lugar, nomeadamente a qualidade e o preço. A qualidade por investimentos nas redes dos ISPs, por exemplo... o preço com o aparecimento da tão temida "concorrência". Acho de louvar que finalmente haja cable, ADSL, se fale em Flat Rate em portugal ao menos memso caro e com pouca qualidade HÁ!!!! e no futuro de certeza que melhora... não precebo a atitude céptica da generalidade de voçês.

    Hastas and behace :-)
    :::Bandit:::

    atitude passiva (Pontos:1)
    por bgravato em 29-03-01 20:48 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Eu acho que se todos nos conformarmos com serviços maus e tivermos uma atitude passiva face aos problemas, eles nunca serão resolvidos, regra geral (infelizmente), em Portugal pelo menos, as coisas só se resolvem depois de muitas reclamações, e quando os responsáveis o começam a sentir na pele.

    Infelizmente também, é que nestas coisas os consumidores são pouco defendidos. Se o fornecedor do serviço não o presta, ou se o presta de forma deficiente, dificilmente este virá a ser obrigado a recompensar o consumidor, pelo mau serviço, ao passo que se o consumidor se recusar a pagar o serviço enquanto este não estiver de acordo com os termos do contrato, leva logo com um processo em cima que é um mimo.

    A maioria das empresas também peca por alguma falta de ética profissional, e em vez de compensar os seus clientes por maus serviços prestados (como a telecel/netc fez há uns tempos quando houve aquele problema com o email), retribui normalmente com respostas agressivas e uma enorme ineficiência por parte dos serviços de suporte técnico.

    Cumprimentos,
    Bruno Gravato.

    Re:atitude passiva (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 30-03-01 3:10 GMT (#15)
    Infelizmente em Portugal os consumidores estão muito mal amparados legalmente.
    Re:Progresso (Pontos:2)
    por Bandit em 30-03-01 11:45 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Até aposto que se por acaso a telepac prestasse um serviço prefeito para ti.. haveria sempre alguém a dizer que na prestava, acho que o serviço prefeito não existe, ou peca por qualidade ou por preço. Eu pessoalmente tou ligado infelizmente ainda a RDIS no entanto pelo que vi tanto do serviço por cabo (netcabo - a minha irmã é assinante) e netvisao (varios amigos da região de palmela são assinantes) alem dos downtimes que uma vez por outra ocorrem, é um serviço bastante melhor que RDIS, pois pagam menos por uma ligação melhor. Estes pacotes de serviços , o cable e a ADSL... são para uso doméstico não para montar uma network à base destas ligações, ok.. ADSL teoricamente bem que poderia permitir que o pudesses fazer. enfim não precebo qual o vosso problema "ADSL é muito caro" hey!! nothing´s free!!! à uns anitos atraz tb era bastante mais caro aceder-se por ligação analogica tinhamos de pagar ao ISP e tinhamos de pagar à PT. De certeza que a PT teve de investir $$ para arrancar com os estudos e com as renovações das linhas para nós podermos usufruir deste serviço.

    Como já disse esperem pela concorrência e depois iram ver que as coisas melhoraram.
    :::Bandit:::

    Re:Progresso (Pontos:1)
    por MavicX em 30-03-01 14:18 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Se vais esperar pela concorrência é melhor esperares sentado ( ou melhor deitado ) é irrisório pensar que vai haver concorrençia á PT nos proximos anos alem de a PT ter já a estrutura montada, não estou a ver os operadores fixos a fazer investimentos que possam mudar a situação. Preferem fazer milhoes de Investimento na UMTS e noutras areas bastante mais atractivas que a ultrupassada rede fixa que no futuro vai tender a desaparecer ou alterar-se significativamente. Com o aperecimento da UMTS e da Internet barata de Banda Larga atraves da Rede electrica niguem está com muita motivação para fazer elevados investimentos.
    ADSL em Linux... (Pontos:1)
    por Hvm em 01-04-01 16:41 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    Bem...para começar, como se tem vindo a dizer até aqui, o serviço de ADSL da Telepac tem tido um salto positivo, pela minha parte e de outras pessoas que eu conheço que tambem já utilizam á algum tempo. O problema é o seguinte: Ainda não conheci ninguem que consegui-se por a ADSL da telepac a funcionar em Linux. O problema depara-se com a autenticação do PPP ao Modem (Alcatel TouchHome, via ethernet portanto), visto que, quanto ao protocolo utilizado, PPPoE, é completamente suportado pelo Linux...em varias versões do Kernel, inclusive. Gostaria de saber se alguem já consegui por a ADSL a funcionar em Linux, e que podesse dar algumas dicas. Já percorri a Internet toda (ehehehe)...e nada! :) ... a sério, já li muita coisa, experimentei muita coisa...e no syslog o que me dá é "connection closed my other peer"...ou seja Modem...visto que enquanto não me conseguir autenticar não "ganho" o IP, que o modem já têm. NOTA: Um dos pontos negativos do serviço da Telepac, é em relação ao modem. Este já vem configurado pela Telepac e têm o IP interno mudado, ou seja, não se consegue aceder ao Modem, para o poder (des-)configurar... e tirar a porcaria da validação que não está a lá fazer nada... Resumindo....O modem é nosso, mas está bloqueado pela Telepac...é a mesma coisa que comprar um carro, e não ter acesso ao motor! Hvm
    Re:ADSL em Linux... (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 01-04-01 20:24 GMT (#19)
    No artigo da Recortes é mencionando um tipo (XIS) que instalou o ADSL em Linux. Pergunta-lhe a ele.
    Re:ADSL em Linux... (Pontos:1)
    por XIS em 01-04-01 20:41 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Embora não tenha use o Alcatel, penso que não deve fazer especial diferença, desde que a ligação seja por ethernet. Estou a usar o software (EnterNet) que a Telepac mandou, recompilei e pronto. Pontos importantes: a placa de rede que liga ao modem
      não
    pode ter IP; o pppd tem de estar vivo; os pap-secrets (que eu de resto linko aos chap-secrets) têm de estar preenchidos; e o modem tem de estar em modo bridging (o que significa que não tem IP, na óptica do pppoe). Para optimizar a ligação, activei o SYNC mode, mas para efeitos de debug é melhor comessar em ASSYNC.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]